A Epidemia De Solidão

Dr. Michael LaitmanNas Notícias (Time): “A solidão mata. Essa é a conclusão de um novo estudo realizado por pesquisadores da Universidade Brigham Young que dizem estar soando o alarme sobre o que poderia ser a próxima grande questão de saúde pública, junto com a obesidade e o abuso de drogas.

“O sentimento subjetivo de solidão aumenta o risco de morte em 26%, de acordo com o novo estudo publicado na revista Perspectivas na Ciência Psicológica. Descobriu-se que o isolamento social — ou a falta de conexão social — e viver sozinho são ainda mais devastadores para a saúde de uma pessoa do que se sentir sozinho, aumentando o risco de mortalidade em 29% e 32%, respectivamente.

“Os pesquisadores enfatizaram a diferença entre o sentimento subjetivo e auto-relatado de solidão, e o estado objetivo de estar socialmente isolado. Ambos são potencialmente prejudiciais, encontrou o estudo. As pessoas que dizem que estão sozinhas, mas se sentem felizes, têm um risco aumentado de morte, assim como aquelas que têm muitas conexões sociais mas dizem que são solitárias. Pessoas que estão objetivamente isoladas e subjetivamente solitárias podem estar em maior risco de morte, diz Julianne Holt-Lunstad, uma autora do estudo, apesar dela observar que seriam necessários mais dados para saber com certeza”.

Meu Comentário: Este problema irá se manifestar cada vez mais na medida em que o mundo se torna mais amarrado com conexões externas, mas as pessoas se tornam cada vez mais solitárias. Há uma discrepância constante entre nossas conexões negativas e positivas no mundo, e a magnitude desse descompasso traz todo o sofrimento ao mundo.

Comente