Trabalhando Com O Nível Inanimado Da Natureza

laitman_741_02O trabalho espiritual é o cumprimento da natureza egoísta do homem, a fim de atingir a meta superior: a unidade com os outros e, por meio dela, a unidade com o Criador.

Cada nível de seus desejos pertence a isso, incluindo o nível inanimado da natureza. Esta é a razão que, se eu anseio pela conquista da meta da criação, pela revelação do meu movimento rumo ao Criador, primeiro eu preciso me concentrar em todos os meus desejos no nível inicial, no nível zero.

Eu devo me ver como um zero total e constantemente manter e me segurar a esse nível. Isso significa que eu faço uma restrição (Tzimtzum) em mim mesmo e exibo o padrão inicial.

Depois, o Criador começa a trabalhar comigo ao mudar continuamente diferentes parâmetros, condições e relações em mim, e eu devo segurar e manter este padrão.

Quando eu me mantenho por um tempo sob estas condições, eu mesmo posso começar a mudar a mim mesmo e passar para o nível vegetal, sem esperar que Ele me jogue e me balance de um lado para o outro. Ao mesmo tempo, eu devo manter as intenções certas. Agora, eu mesmo mudo as diferentes condições dentro de mim, a fim de avançar.

Em outras palavras, eu posso avançar não de acordo com a velocidade, mas de acordo com o seu derivado, a aceleração, transcendendo-me a um nível de ordem superior, que é multiplicado por dez.

O nível inanimado da natureza é o nível em que eu me mantenho totalmente focado no objetivo da criação, não importa quais parâmetros externos me influenciam. Este é o lugar onde tudo começa, como é dito, tudo cresce a partir da terra.

Uma pessoa cresce a partir da terra. Se eu não quero mais ser um egoísta nas minhas relações mútuas com o ambiente, este é o nível da natureza inanimada, porque eu me seguro a ele ao determinar a qualidade através dele. Não importa o que é feito comigo, eu me seguro a minha linha.

Meu amigo e eu, por exemplo, mantemos continuamente relacionamentos bons e imutáveis, apesar das tempestades globais humanas, tragédias familiares e as mudanças sociais que atravessamos. Além disso, essas alterações podem estar em diferentes níveis: inanimado, vegetal, animal ou falante.

Nós temos que nos segurar a isso, apesar do impacto de diferentes fatores externos que nos mantêm separados: calúnia, conspiração, e assim por diante. O amor cobre todos os nossos problemas.

Este é o nível da natureza inanimada em que nos deparamos com todas as interrupções dos níveis inanimado, vegetal, animal e falante da natureza. No entanto, apesar de todos os tipos de interrupções, nós ainda permanecemos conectados permanentemente, e, graças a elas, ascendemos e completamos o nosso trabalho no mundo de Assia.

Não é simples. A pessoa é fortemente afetada por todos os lados, mas ela sempre deve trabalhar elevando a grandeza da meta, pois, caso contrário, não será capaz de mantê-la. Os estados que ela deve enfrentar vai jogá-la de um lado para o outro.

Pergunta: Será que isso significa que eu me apresento como um zero total e digo ao Criador: “Você não pode me forçar a aceitar mais do que este nível. Eu posso tomar apenas 20%”?

Resposta: Não, eu não posso tomar nada. A terra não aceita nada, exceto no caso em que algo deve crescer a partir dela. Este já é o próximo nível, o nível vegetal, que pertence a terra.

Aqui, nós estamos diante de um dilema. Será que eu corrijo a terra para que ela produza o nível vegetal, ou será que eu quero trabalhar no nível vegetal, e, portanto, uso a terra?

Eu estou no mundo de Assia usando o mundo de Yetzira em prol do mundo de Assia, ou no mundo de Yetzira usando o mundo de Assia, a fim de subir acima dele. Baal HaSulam fala sobre isso na Introdução ao Livro do Zohar.

Esse é o nosso trabalho com a terra, com o nível inanimado da natureza.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 16/07/14

Comente