Saltando Sobre A Quebra

Pergunta: Como é que precisamos perceber o Talmud Eser Sefirot, lendo sobre alguns fenômenos, conceitos, nomes dos Partzufim de mundos?

Resposta: O Talmud Eser Sefirot descreve o sistema que cuida e nos gere a partir do mundo de Ein Sof. No mundo de Ein Sof está todo o plano de criação do começo ao fim, e o sistema dos mundos divide isto em etapas, para a ordem seguinte de ações através das quais nós crescemos.

Pergunta: Como é que isto age em nós, como isto nos limpa, assim vamos estar mais ligados ao grupo?

Resposta: O sistema superior trabalha em nós na condição de que você concorda que ele funcione em você, a fim de trazê-lo para a unidade com o Criador, o que significa que você escolhe o caminho da Torá, o caminho da Luz ou o caminho do sofrimento, um dos dois caminhos.

Mas neste sistema não existem dois caminhos; existe apenas uma seqüência de forças que atuam de uma forma precisa, determinada a partir do início da correção até o fim da correção. Tudo depende de como você recebe a influência dessas luzes que vêm para você através de todos os Partzufim.

O sistema dos mundos outorga às criaturas de uma forma organizada, clara. Mas as criaturas podem receber essa doação de uma forma correta e progredir de uma forma agradável e rápida, e com isso trazer contentamento ao Criador, e se não, elas encontram-se no caminho do sofrimento. O sistema exibe sempre as ordens que são obrigadas a vir de dentro dele.

Pergunta: O que significa receber essa outorga de forma correta?

Resposta: Em uma forma correta, é para conexão. Depois de tudo precisamos ligar o nosso vaso geral que saltará sobre a ruptura e levará toda esta ruptura internamente. No início, houve apenas um desejo; mais tarde a Luz veio e dividiu-o em dois, entrando entre nós. Agora, entre os nossos desejos há luz ou o Criador, mas com um sinal de menos, de forma negativa.

Há uma criatura, e há outra criatura, e entre elas o Criador de uma forma negativa, ou seja, o Faraó, a Luz com o sinal de menos. E nós precisamos reverter isso para “mais”, ao mesmo tempo reconhecendo e determinando, em cada ação, que é revelado que não há outro além Dele e Ele é o bem que faz o bem.

Entre você e eu um grande “menos” é revelado e nós o revertemos para “mais”, revertemos a escuridão para a luz. Finalmente, entre nós, em todo esse sistema, a Luz se revela. E isto significa que nós vestimos no Criador, que estamos em adesão com Ele.

A principal coisa é não esquecer, que todo o mal é simplesmente o Criador que é revelado em uma forma invertida. Pela quebra, a Luz entrou no interior do vaso, e se agora vamos reverter isto, do mal para o bem, então vamos chegar a adesão da Luz e dos vasos, sobre o que se diz: “Ele e Seu nome são um”.

[149246]

Da 3º parte da Lição Diária de Cabala de 8/12/14, O Estudo das Dez Sefirot.

material relacionado:
A Oração Coletiva
O Humano É A Parte Mais Interna No Sistema Dos Mundos

Comente