Textos na Categoria 'Trabalho em Grupo'

Guia Para Formar Uma Equipe, Parte 6

laitman_938.07Princípios De Formação Da Equipe: “Compre Um Amigo”

Pergunta: Quinta regra: cada membro do grupo deve tentar “comprar amigos”. Este é um princípio antigo sobre o qual sábios de todas as gerações escreveram muito.

Como alguém deve comprar um amigo? Sua atenção, concessões, cancelamento de interesses pessoais? Ou existem outros princípios?

Resposta: No entanto, você pode comprá-lo, compre-o. Presentes, palavras, ações. Qualquer coisa.

Pergunta: Isto é, é uma ferramenta. E o resultado? O que isso vai me dar?

Resposta: Você o atrai para você. Afinal, um amigo é alguém que pode apoiá-lo, concordar com você. Mesmo com base em interesses puramente egoístas.

Pergunta: Isto é, pela minha atenção eu o compro e, assim, compro seu apoio?

Resposta: Naturalmente.

De KabTV, “Habilidades de Gerenciamento”, 18/06/20

Quando Vou Sentir O Criador?

laitman_963.8Pergunta: Eu sou um aluno do primeiro ano das aulas de Cabalá online. Quando posso sentir o Criador em um grupo?

Resposta: Não depende de qual curso você está estudando, mas de quanto você deseja dominar esse método. Tente se aproximar o máximo possível de algum grupo e, juntamente com seus amigos, faça esse contato onde você para de sentir o egoísmo separando você deles.

Ou vice-versa, você o sentirá cada vez mais, mas ao mesmo tempo o superará. Assim, você começará a avançar em direção à revelação do Criador.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 10/05/20

Realize-Se Onde Quer Que Esteja

Laitman_632.3Pergunta: Eu estudo a sabedoria da Cabalá. Eu tenho um grupo com o qual posso compartilhar nosso objetivo comum, mas sinto que ninguém me entende no grupo e que eles não são fortes o suficiente para mim. O que devo fazer?

Resposta: Ainda assim, vale a pena estar em um grupo. É melhor estar em um grupo fraco do que trabalhar sozinho.

Pergunta: Mas a liberdade pode me ajudar a escolher um ambiente diferente? Tudo depende de mim?

Resposta: Não, um indivíduo não pode fazer nada. Ele tem que escolher um ambiente de qualquer forma. Se você acha que o ambiente é muito fraco para você, mude para outro ambiente, mas eu não acho que essa seja a escolha certa. Realize-se no ambiente em que se encontra e verá que o que lhe foi dado é a coisa certa.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 17/11/19

Mesclando-se Com A Dezena

laitman_530Pergunta: O Criador está entre nós. Eu preciso pedir ao Criador que me corrija ou corrija toda a dezena, toda a dezena mundial? O Criador me ouve onde quer que eu esteja ou apenas quando estou na dezena?

Resposta: O Criador sente o ser criado apenas na medida em que ele se assemelha a Ele.

O atributo do Criador é a doação, enquanto o atributo de uma pessoa é a recepção. Nesse estado, uma pessoa não sente o Criador. Podemos ver isso em nós mesmos.

Se o desejo de revelar o Criador aparecer em uma pessoa, ela poderá realizar esse desejo apenas se criar as condições certas para isso, como estar em um grupo e trabalhar seriamente na conexão com os amigos.

Se uma pessoa se unir aos amigos do grupo, ela começará a sentir o Criador através da dezena. A pessoa realmente sente a conexão com o Criador na medida em que se funde com a dezena, e de nenhuma outra maneira.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 01/12/19

Aprecie A Comunicação Com Os Amigos

laitman_530Pergunta: Todo o trabalho do grupo é para perceber nossa insignificância e incapacidade de se unir. Mas cada reunião deve terminar em alegria. Que alegria há em perceber sua própria insignificância?

Resposta: Sim. Mas vocês estavam juntos! Vocês se sentiram. Você falou sobre um objetivo comum que brilhou em parte para você através dos amigos. Se você não tinha atração pelo objetivo, eles o ajudavam a atraí-lo um pouco.

Portanto, qualquer comunicação é muito útil para avançar. Aconselho que você saia de qualquer estado apenas através da comunicação com os amigos.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 26/04/20

Torre Flutuando No Ar

935Precisamos tentar construir o conceito de centro em cada dezena. Antes do coronavírus, nossos centros eram físicos.

A maioria delas pertencia a grupos físicos que organizavam uma casa para si, o centro; elas alugavam um quarto onde poderiam se reunir e estudar juntos. Tudo estava claro. Era um lugar onde havia livros, comunicações e onde era possível organizar refeições, lições.

Mas agora o Criador quer nos transferir para um centro mais espiritual. Sentamos em casa com nosso corpo físico e devemos nos conectar com corações, desejos e aspirações no centro.

O centro é um conceito espiritual. Estes não são muros de concreto, mas os muros de nossos corações. Precisamos cuidar deste centro e ver se estamos unidos pelos corações. Afinal, este não é o concreto que permanecerá, mesmo que você o esqueça, e não um centro de material que possa ser alterado ao se mudar para outro prédio.

Agora estamos nos transformando em um vaso espiritual (Kli), e o Criador propositadamente nos abençoa com um coronavírus para nos obrigar a construir um centro espiritual em nossos corações. Onde fica esse centro?

Essa é uma torre flutuando no ar; não tem lugar. Portanto, precisamos seguir em frente, todos os dias preservando o centro espiritual, fortalecendo as paredes de nossos corações, a fim de nos aproximarmos, sentirmos e entendermos mais, sentirmos uma preocupação mútua em nos conectarmos com os corações.

Então esse centro voltará à vida e começará a agir. Sentiremos o mecanismo de dez Sefirot e o Criador preenchendo nosso centro. A partir de agora, nosso centro se transforma no Templo, no lugar do Criador, onde O revelamos. Cada um revela o Criador um pouco no pequeno centro da dezena e, em seguida, todas as dezenas se unem e apoiam um grande centro, que será chamado de Terceiro Templo.

Portanto, agora precisamos tomar cuidado, nas dezenas, sobre como construir nosso centro, colocar mais esforço nele, discutir o que todos devem fazer, como construir uma conexão entre nós e como pedir ao Criador que nos conecte. Afinal, apenas o Criador pode ser a cola que conecta coração com coração. Cada coração é egoísta e apenas um poder superior pode conectá-los. Caso contrário, os corações nunca se unirão porque o coração humano é mau desde o nascimento.

Temos um trabalho especial e sublime nesta construção. Eu espero que vocês reconheçam sua responsabilidade, sintam a necessidade e nós faremos isso.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 19/06/20, Baal HaSulam, Shamati, 33 “Os Lotes em  Yom Kippurim  e com Haman”

Um Estado Dinâmico

laitman_934Pergunta: Como exatamente é sentida a conexão na dezena? Quão constante ela é?

Resposta: Se uma pessoa sente a dezena, sente que está conectada a todos como um único corpo, um único desejo, uma aspiração. No entanto, esse estado é dinâmico, muda constantemente porque é necessário se desenvolver. É por isso que ela constantemente se sente se afastando de seus amigos, vendo-os de maneira diferente. Ela é jogadafora, distraída do objetivo e, no entanto, se força a voltar à conexão com os outros.

Da KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 19/04/20

Fé Acima Da Razão: Aceitar A Opinião De Um Amigo

laitman_238.01Pergunta: É possível chamar a aceitação da opinião de um amigo, mesmo que seja o oposto da sua, “fé acima da razão”? Se sim, como faço isso sem desconsiderar minha própria opinião?

Resposta: Fé acima da razão significa contrário à minha opinião, eu aceito a opinião de um amigo e a sigo 100%. Estou tentando fazer com que a opinião dele, mesmo que seja o oposto da minha, se torne minha. Você precisa experimentar por conta própria e gradualmente será capaz de entender o que é.

A fé acima da razão é um sistema de percepção espiritual, quando você começa a ver o mundo espiritual acima do nosso mundo ou através dele. Não é fácil. Você precisa gastar muito tempo e esforço até começar a perceber tudo dessa maneira.

Este é um sistema completamente diferente do universo, como se você tivesse uma mente, sentimentos e pensamentos completamente diferentes.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 16/06/20

Anseio Por Conexão

945Pergunta: É necessário ter uma estrutura para alcançar o Criador?

Resposta: Sim, uma estrutura é vital. Elas se referem ao Tzimtzum, Masach e a diferentes restrições que impomos a nós mesmos para sentir o Criador, porque não sentimos nada que não tenha limites.

Quando estamos em um grupo e nos ligamos aos amigos, chegamos a um estado em que podemos sentir através de quais conexões e laços podemos alcançar o Criador.

Pergunta: De que é feita a conexão e a barreira entre o Criador e nós?

Resposta: Essa conexão é feita da resistência ao egoísmo. As forças do desejo de se conectar com os amigos e o Criador precisam ser maiores do que as forças do desejo de prazer pessoal, e são elas que constroem a restrição dentro de nós para que possamos sentir o Criador.

Pergunta: Com quais desejos podemos sentir a conexão entre o Criador e nós?

Resposta: Com um desejo voltado aos amigos. Inconscientemente, eu rejeito o Criador por minha atitude negativa em relação aos amigos. Aproximo-me de sentir o Criador quando quero me aproximar dos amigos.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 18/12/19

A Quem Se Refere O Mandamento “Ama Teu Amigo Como A Ti Mesmo”?

laitman_528.03Pergunta: A quem se refere o mandamento “ama teu amigo como a ti mesmo”? Refere-se a todos os que estão ao meu redor ou aos amigos da dezena?

Resposta: Em primeiro lugar, refere-se a você pessoalmente. Quando você trabalha na dezena, tenta amar os outros, o que significa que tenta amar seus amigos na dezena como a si mesmo, e as tentativas de tentar obter esse atributo levam todos a um estado chamado alma.

Em outras palavras, quando dez pessoas revelam o atributo espiritual de se conectar como se fossem um corpo comum, o que não é comum, é claro, porque existe o ego entre elas, mas elas tentam se conectar acima do ego, suas tentativas de unir cria um imenso poder potencial.

Portanto, por um lado, o ego é revelado entre eles e, por outro, uma poderosa unidade é revelada. Esses dois atributos coexistem um acima do outro, o que significa que se trata de criar um objeto chamado Partzuf, no qual existe um grande ego e acima dele existe a imensa força espiritual do Criador que o conecta.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 29/12/19