Textos na Categoria 'Trabalho em Grupo'

A Primeira Compreensão Da Espiritualidade

530Quando muitos grupos se aproximam da transição do mundo corpóreo para o espiritual e cada dezena quer se unir e realizar isso dentro delas, este já é um grande evento, o nascimento da alma.

Sabemos pela vida corporal que o principal é o início da gravidez, sua retenção para que não haja aborto e depois o parto. Este é um processo muito complexo no qual todos os tipos de complicações são possíveis. Mas quando tudo isso passa e uma pessoa nasce, ela começa a crescer.

A coisa mais difícil no trabalho espiritual é a primeira compreensão da espiritualidade: conexão em torno do ponto espiritual, que é um para todas as dezenas. Se todos nós o compreendermos, começaremos a nos desenvolver, receberemos cada vez mais satisfação.

O processo de crescimento espiritual consiste em altos e baixos, o crescimento alternado da qualidade de recepção e da qualidade de doação. Afinal, não podemos receber o poder de doação sem sentir a falta dele. Então devemos primeiro descer ao egoísmo, sentir todo o seu mal e a necessidade de corrigi-lo para doação.

Portanto, continuamos oscilando para frente e para trás como um pulso batendo ou os processos que ocorrem em um embrião. Mas isso já é o trabalho da força de doação em nossa força natural de recepção de acordo com nosso desejo de nos movermos sob a autoridade da força de doação.

É aqui que começa o nascimento no mundo espiritual; ele começa com o desejo de anular a si mesmo na dezena para que a força superior aja sobre nós e faça conosco o que quiser. Estamos prontos para nos separar completamente de nosso egoísmo para nos tornarmos como o Criador.

Se uma pessoa tentar fazer isso sozinha, certamente acabará abortando, porque está sozinha. Mas se ela estiver incluída na dezena, nos amigos, ela não vai desistir. Se nos unirmos e nos esforçarmos pelo mesmo objetivo, pelo mesmo poder de doação mútua e apoio mútuo, começaremos a nos desenvolver corretamente.

E assim que me separo da dezena, eu morro, como um órgão cortado do corpo, e certamente haverá um aborto. Afinal, a espiritualidade, ao contrário da corporeidade, é perfeita e não pode haver nada parcial. Se alguém sai, isso cria um problema para todos.

Portanto, é necessário proteger a conexão entre nós e a conexão com o Criador de todas as maneiras possíveis. Na medida em que todos se anulam perante os outros e todos se anulam perante o Criador, damos ao Criador a oportunidade de cuidar de nós, como uma gota de sêmen no ventre materno doando-se à autoridade da mãe.

Da Lição Diária de Cabalá 11/01/21, “Ibur (Concepção) e Preparação para o Nascimento”

O Mestre Ama Seu Trabalho

528.03Precisamos atingir tal atmosfera na dezena que desfrutemos do trabalho contra nossos desejos egoístas como uma arte especial. Um verdadeiro mestre ama seu trabalho, não importa com que material ele trabalhe, seja madeira ou metal. Ele gosta quando cria.

Cozinhar o jantar pode ser uma arte, tudo depende do desejo da pessoa envolvida no trabalho. Precisamos ter certeza de que começamos a desfrutar do trabalho espiritual e que ele não nos causa sofrimento. Precisamos desfrutar da resistência do egoísmo e devemos superá-lo.

Afinal, a cada momento em que supero meu egoísmo, sinto que sou um artesão no processo de criação e posso ser um parceiro do Criador, transformar o egoísmo em doação e me elevar acima dele. Ao fazer isso, trago contentamento ao Criador.

Elevar-se acima do egoísmo é uma arte e me sinto um mestre igual ao Criador porque tento ser Seu assistente. Eu me movo do lado do meu egoísmo para o lado do Criador e trabalho em mim mesmo, no material embutido em mim, para que junto com o Criador eu possa me esculpir em um homem, Adam.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 10/01/21, “Capítulo Shemot

Uma Tábua De Salvação No Fluxo Da Vida

934Precisamos construir em nossas dezenas proteções, como uma rede de segurança, uma corda de segurança ou um cinto de segurança, que apoie a todos. Então, a pessoa sentirá que sempre tem algo em que se agarrar para que os desejos estranhos não a desviem do caminho.

Deve haver um sentimento no grupo de que estamos caminhando juntos em direção ao mesmo objetivo, de acordo com um método confiável, tentando nos aproximar uns dos outros e do Criador.

O principal é não esquecer que qualquer situação vem diretamente da força superior. Basta lembrar isso para que não cometamos erros em nenhum estado. Se eu me lembrar que recebo tudo do Criador, então sou guiado para o lado correto, do qual obterei todas as qualidades para transformar este estado em um bom estado e avançar através dele.

Portanto, você deve estar sempre com o sentimento de que “Não há outro além Dele”. É assim que me dirijo corretamente no fluxo da vida, que vem como uma onda e se espalha pelo mundo inteiro.

Veja a perplexidade e confusão no mundo de hoje. Ninguém sabe o que acontecerá com a pandemia e o que acontecerá com o mundo em geral. Se entendermos que estamos sob a influência da força superior que controla todo o sistema e pode mudar tudo de uma só vez, só precisamos estabelecer uma conexão com essa força e aprender com Ele porque Ele fez tudo isso e qual é a razão. Isso ajudará a todos nós a alcançarmos o propósito da criação juntos.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá, 10/01/21, “Capítulo Shemot

Conexão Com O Criador Por Meio Dos Amigos

938.03Pergunta: Como posso invocar sofrimentos dentro de mim porque não tenho conexão com o grupo?

Resposta: Você não precisa invocar nada em nenhuma circunstância. A única coisa que você deve fazer é buscar uma conexão com o Criador por meio da conexão com os amigos.

O avanço dessa forma é gradual porque temos que sair de uma natureza, parar de sentir o eu e começar a sentir o grupo e o Criador dentro dele.

Há uma troca de mundos aqui: quando eu sinto a mim mesmo, é o meu mundo, e quando sinto o grupo e o Criador dentro dele, é o mundo superior.

Este é um trabalho prático. Você não pode se sentar em casa e imaginar tudo teoricamente. Você deve implementar o método e se envolver na disseminação.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 18/11/18

Em Que Se Baseia as MAN (Oração) Corretas?

Pergunta: Em que se baseia as MAN (oração) corretas? Como podemos sentir seus fundamentos?

Resposta: É muito simples, as MAN não podem ser para você. Podem ser para um amigo, e melhor ainda para todo o grupo. Em vez do meu desejo, pego o seu desejo e começo a pedir por você, só isso.

É bom que todo o grupo faça isso. Dizem que uma pessoa não pode se libertar da prisão, mas apenas seus amigos podem libertá-la. É o mesmo para cada um de nós, pois cada um de nós tira todos os outros da prisão. Podemos nos livrar da prisão egoísta apenas se os amigos orarem por nós.

Orar significa pedir ao Criador para corrigir meu amigo, e cada um deve fazer isso. Se eu pedir por nove amigos entre dez, necessariamente serei o décimo. Não preciso pedir para mim mesmo, porque as nove Sefirot determinam tudo e Malchut é derivada delas.

Portanto, tudo o que é dado a uma pessoa não é dado para que ela peça, mas para que ela não peça. Isso é chamado de “elevar-se acima de si mesmo”, restringindo-se (tzimtzum). Em vez disso, devo aceitar as primeiras nove Sefirot, ou seja, todos os desejos de meus companheiros. Se eu me reconstruir dessa maneira, crio um bloqueio de mim mesmo que pode se voltar ao Criador. É chamado de Partzuf .

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 06/02/19

Por Que É Possível Adquirir O Atributo De Doação Apenas Em Um Grupo?

527Pergunta: Por que neste mundo podemos trabalhar internamente, apenas em grupo? Afinal, nossa atitude para com as outras pessoas também não foi corrigida.

Resposta: O mundo espiritual é o atributo de doação, o ato de doar de si mesmo, de seu egoísmo. Se você não está em um grupo e não cria esse atributo dentro de você através da conexão entre vocês, você não pode doar.

Além de doar no grupo, você também precisa estar conectado à luz superior, o que permitirá que você faça isso. Para fazer isso, você precisa trabalhar em si mesmo verdadeira e seriamente, e encontrará estados muito complicados se não quiser.

Você pode se envolver apenas no estudo da sabedoria da Cabalá sem usá-la na prática. Este tipo de estudo explicará muito sobre o mundo e lhe dará uma certa sensação de paz, independência e a atitude certa em relação aos diferentes eventos da vida. Você vai revelar e saber muito, mesmo sem atingir a luz superior, e sua vida será interessante.

Mas, se você deseja ser um participante ativo no sistema do mundo superior, você deve estar entre amigos e tentar com todas as suas forças alcançar o atributo de doação.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 25/11/18

Castelos No Ar

935Pergunta: Você disse recentemente que tudo está se desenvolvendo tão rapidamente que se deseja desacelerar o ritmo desse desenvolvimento. Como isso pode ser expresso em um grupo?

Resposta: Às vezes, ouço de você que o movimento para a frente tornou-se tão rápido que é como cavalos incontroláveis galopando. Mas é realmente assim que tem que ser porque esses “cavalos” são administrados pelo Criador, e cada novo estado é totalmente inesperado, enquanto devemos alcançar conexões na fé acima da razão em cada novo estado apenas através de nosso movimento comum, de modo que abaixo uma superfície clara será criada, na qual podemos ficar, mesmo se de repente nos encontrarmos no ar.

O atributo de Bina é o atributo do ar. Existe um conceito como um castelo, voando no ar. Quando percebemos e absorvemos o atributo de doação dentro de nós, sentimos que estamos suspensos no ar, e é a isso que estamos sendo ensinados a nos acostumar. Não temos mais nenhuma base egoísta e não podemos contar com nada. Não há presente, passado ou futuro e não há apego a nada ou a ninguém. Estamos simplesmente suspensos sem saber onde, como e o que está acontecendo conosco.

Você aceita este estado e ainda mais, mas com uma condição: que você não saiba como isso vai acontecer e você também não queira saber. Você só quer saber que, como resultado dessa condição, todo o estado correto na forma de prazer irá para o Criador.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 06/02/19

O Criador Por Trás Do Muro

931.01Pergunta: Hoje as nações estão misturadas na Europa como na antiga Babel. Se a conexão entre as pessoas estiver errada, grande crueldade será gradualmente revelada. O que devemos fazer para que as pessoas na Europa saibam disso?

Resposta: Precisamos subir acima das contradições e diferenças entre nós e não prestar atenção a elas, e pedir à luz superior para nos unir. Como? Esse é o seu negócio, é sua força. Precisamos simplesmente ser constantemente atraídos a ela a partir do centro da dezena.

Tente não perceber o mundo pessoalmente em seu trabalho espiritual, “Eu, eu, eu”. Livre-se do “eu” e se restrinja apenas ao “nós” por meio da dezena. Então, se você se sentir bem ou mal, irá constantemente se voltar ao Criador e receber Sua resposta de acordo.

Tudo precisa ser construído sobre isso, sem quaisquer aspirações pessoais ou pedidos do Criador. Esse é o problema, porque você constantemente se pegará pedindo para si mesmo, falando por si mesmo, tentando receber para si mesmo, enquanto tudo isso precisa ser apenas emocionalmente na dezena.

Você deve se voltar ao Criador enquanto está emocionalmente na dezena, uma vez que Ele também está lá. É como se você estivesse entre a dezena contra um muro e o Criador estivesse atrás do muro.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 06/02/19

O Princípio Básico Do Desenvolvimento Espiritual

938.07Pergunta: O princípio básico do desenvolvimento espiritual é lembrar do Criador a cada segundo ou isso não é obrigatório?

Resposta: O princípio básico do desenvolvimento espiritual é ligar tudo de forma não excepcional ao Criador, porque “não há outro além Dele”, e tudo em nós foi criado e é administrado por Ele.

Temos contato direto apenas com o Criador, e essa conexão nos afeta. Mas, para nos conectarmos a Ele, precisamos nos unir na dezena, e a partir dela seremos capazes de agir com Ele de forma mútua e interativa.

Pergunta: Como podemos medir o crescimento espiritual do grupo?

Resposta: O crescimento espiritual do grupo é medido de acordo com o nível de garantia mútua, conexão mútua e apoio mútuo entre os amigos, e o nível de lealdade entre eles. Vocês precisam entender que no mundo espiritual vocês são um todo único. É assim que vocês se examinam.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 25/11/18

“Eu Vi Um Mundo Oposto”

934Pergunta: Que ações práticas devemos realizar se não podemos anular o ódio quando sentimos repulsa um pelo outro?

Resposta: Se julgarmos de acordo com o que nossos sábios Cabalistas disseram, vemos que existem apenas duas ações que podemos realizar.

Em primeiro lugar, os amigos não devem parar de falar entre si e devem pelo menos permanecer no nível das conexões verbais. Eles devem tentar compreender e apoiar uns aos outros e saber que toda a orientação que recebem vem do Criador. Não devemos descer ao nível em que somos expulsos da ação espiritual e acreditar que tudo o que vemos é realmente verdade e não que é apenas o Criador que organiza as coisas desta forma para fins de correção.

Em segundo lugar, precisamos trabalhar em nós mesmos juntos, enquanto cada um tenta ajudar o amigo, não importa como e por quê. É porque não posso sair deste pântano puxando-me pelos meus próprios cabelos.

Em princípio, é assim que a dezena funciona voltando-se ao Criador. Precisamos fazer a mesma coisa que os Cabalistas fizeram 2.000 anos atrás.

Se começarmos a nos envolver nisso seriamente, logo sentiremos como isso nos afeta positivamente e gradualmente compreenderemos e sentiremos o trabalho da luz superior sobre nós, não em nosso sentimento atual, mas em nosso entendimento atual. Emoções e percepções adicionais aparecerão em nós, tanto integrais quanto globais. As emoções do Criador e da dezena habitarão em nós e começaremos a ver o mundo de forma diferente.

Como dizem: “Eu vi um mundo oposto”, um mundo que opera de acordo com diferentes leis e regras nas quais os opostos se apoiam, um mundo no qual o ódio gera amor que é na verdade apoiado e sustentado pelo ódio.

Baal HaSulam nos diz em seus artigos que na verdade é graças ao fato de que somos todos diferentes, que podemos atingir altos níveis de desenvolvimento, mas, ao mesmo tempo, não devemos matar ou anular nada, porque quanto maior a diversidade de pontos de vista na sociedade, mais ela pode atingir níveis superiores de desenvolvimento.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 06/02/19