Textos na Categoria 'Lição diária de Cabala: Zohar'

O Incorruptível Ponto No Coração

Dr. Michael LaitmanPergunta: O que significa sentir que ninguém no mundo é capaz de ajudá-lo?

Resposta: Nós precisamos descobrir que somos nada sozinhos, zeros que são gerenciados cem por cento pela Luz. A Luz influencia o desejo, o desejo desperta e é atraído para a Luz. Isto é o que acontece em nós egoisticamente.

Mas nós precisamos mudar a direção para que a Luz não influencie o desejo para que o desejo não inflame e não siga a Luz. Quero construir uma barreira (Machsom) entre eles, fazer uma restrição sobre o meu desejo para que ele não seja exposto à influência direta da Luz, para que ele não me obrigue a correr atrás da Luz como uma besta.

Eu não quero ser um servo corrupto. Eu não concordo em estar em submissão, escravizado pela Luz sem meu próprio exame e decisão, fazendo tudo o que ela me mandar. É como se eu olhasse para o meu desejo e a Luz de fora e visse como eles se comunicam. Eu não faço nada em absoluto, não tenho o direito de falar e decidir.

Antes que a Luz influencie o desejo, não estou pronto para fazer ou ver qualquer coisa. Isto é chamado de psicologia porque eu aprendo como meu corpo e desejos são despertados pela influência do prazer, que é a Luz.

Se não quero estar num estado assim, isso significa que eu sinto a escravidão. Eu adquiro um ponto independente de exame, a posição de um juiz, um investigador, e vejo que não existo nesta imagem. O Criador me deu um ponto no coração, e a partir disso, eu posso seguir meu coração, meus desejos, minhas características; eu posso ver quanto sou gerenciado de Cima. A Luz pode me influenciar da forma que quiser, e eu farei tudo.

Há um período de reconhecimento do mal, onde eu vejo, entendo e gostaria de resistir a essa influência, para me tornar uma barreira à Luz, um mecanismo que reflete e envia a Luz de volta e não a deixa passar para o desejo. Não quero que meu desejo seja inflamado pela Luz o tempo todo. Eu quero ser o mestre do direito de falar, a independência que o meu ponto no coração exige. No entanto, eu vejo que não estou pronto para fazê-lo.

Estas são as etapas do reconhecimento do mal, 400 anos de exílio. Exílio significa ser escravizado pelo nosso ego, que é chamado de Faraó, Haman.

Se eu chegar a um estado onde não concordo com a Luz influenciando meu desejo, eu dou à luz a uma oração. A oração deve ser na direção correta e ter suficiente intensidade. Ela deve ser de acordo com uma forma, condições e grau que resultam apenas da minha conexão com o ambiente.

Eu vejo do meu ponto no coração que não sou capaz de ser o adaptador entre a Luz e o desejo e de decidir nada. Assim eu vou a um grupo porque quero fortalecer o ponto no coração.

Eu estou unido com o grupo, desejando aumentar o ponto no coração, ter mais forças para permitir que ele fique como uma tela entre a Luz e o desejo de prazer. Mas eu vejo que não sou capaz de fazer isso num grupo e não quero me conectar com eles.

Disso resulta que eu não tenho a capacidade de proteger meu desejo da influência da Luz, e estou entregue à supremacia absoluta da Luz e do prazer como um animal que está sob o controle do desejo egoísta. Do lado do desejo de doar, eu quero entrar num grupo, mas não sou capaz; há essas duas linhas.

O sentimento de exílio é construído com dois componentes. Por um lado, os Egípcios têm controle sobre mim, isto é, que eu dependo completamente da influência da Luz sobre o desejo. Por outro lado, eu não sou capaz de me conectar com o meu povo, estar integrado em um grupo. Tudo se resume a isto; os filhos de Israel são separados no Egito e não podem se unir como um. Os Egípcios, que são o desejo geral por prazer, têm controle sobre eles. Em última análise, este desejo torna-se insuportável sem uma gota de esperança. Só um milagre pode nos salvar!

Da 4ª parte da Lição Diária de Cabalá 06/04/14, Escritos do Rabash

Contato Direto Com o Alto

Não há outro caminho, mas seguir a linha da direita com o melhor de nossa capacidade, seguindo a “fé acima da razão.” Minha experiência pessoal abrangente mostra que muitos dos meus alunos acham difícil entender o que é a linha da direta, uma vez que requer a anulação de si mesmo, permanecendo alegre e observando “fé acima da razão”. Nosso vocabulário convencional nem mesmo contem palavras precisas para descrever isto.

Talvez seja mais claro para você, se eu tivesse explicado isto de uma maneira diferente. Enquanto estamos em um nível inferior, recebemos ajuda do superior no grau do nosso desejo de tornar-se semelhante com o superior. Este processo ocorre em cada etapa: inanimado, vegetal, animal e falante, tanto neste mundo como nos superiores. Na medida dos esforços aplicados pelo inferior em seu esforço para se tornar semelhante com a parte superior, o inferior extrai energia do superior e obriga-o a cuidar dele. É assim que as leis materiais e espirituais de física trabalham. [Leia mais →]

Entregue-se Ao Criador

Pergunta: O que significa “adesão ao Criador” ?

Resposta: A adesão é de acordo com a equivalência de forma. O Criador é o nível de Bina. Isto é como Keter se apresenta a nós através de Bina, que é totalmente em doação. Isto significa que a fim de alcançar o Criador eu também terei que ser aquele que doa.

Como faço esta doação? Eu entrego meus vasos, meus desejos a Ele, e assim Ele irá influenciá-los. Eu devo ter a intenção correta aqui, “Por favor, doa sobre mim uma vez que através deles eu quero dar-Te prazer, trazer-Te alegria, e fazer-Te sentir bem.” Assim eu me ponho ao Seu serviço.

Antes eu queria receber a bondade para mim, mas agora, em vez disso, eu me restrinjo (Tzimzum Aleph – ZA), coloco um Masach (tela) para criar a Luz que Retorna, e tudo isto por me preocupar e pensar sobre Ele, sobre aquele que dá. Depois disso eu já tenho a intenção correta, e, nesta medida, eu estou pronto para receber tudo do Criador.

É porque o Seu desejo é que eu receba, que eu quero receber tudo de forma a que Ele goste. Eu saberei isso se eu descobrir alegria Nele. Este é meu objetivo – trazer a alegria ao Criador, tal como Ele quer ser bom e benevolente para mim.

Isso significa que apenas uma coisa é exigida de nós – entregar-Lhe o vaso para a influência e revelação do Criador. É por isso que nós ansiamos pela Sua revelação.

Então pergunte-se: Por que todos anseiam pela revelação do Criador? É a fim de trazer-Lhe alegria ou para lhe trazer a si alegria? Esta é toda a ideia.

Da 4ª parte da Lição Diária da Cabala 30/01/13, “Um discurso para a conclusão do Zohar”

O Perigo da Cabeça Em Oposição à Natureza

O mundo está entrando em um novo período de desenvolvimento qualitativo, e Israel está se tornando o líder nele. Não aconteceu antes porque nós estávamos no período do “exílio“. Agora que entramos no tempo da “redenção”.

“Redenção” significa semelhança com o Criador, ficar mais perto Dele e revelando-o, descobrindo as leis da natureza, e alcançando a harmonia com ela. Revelar a natureza significa aceitar todas as leis Superiores, a fim de observá-las.

Todas essas leis devem começar a ser realizadas pela sociedade humana e dentro de nós através dos nossos próprios esforços. Em outras palavras, agora, não precisamos trabalhar em qualquer coisa além da nossa semelhança com a natureza, o Criador.

Enquanto isso, nós estamos indo na direção oposta, e nós não queremos ouvir. Esta é a fonte de todas as catástrofes. Antes, o sofrimento era revelado de uma forma simples, apenas um pouco nos empurrava para frente. No entanto, hoje, trabalhamos em uma direção oposta a nossa, contra nós.

Antes, o sofrimento era como pequenas picadas por trás, que nos mudava para a  direcção certa e nos estimulava a desenvolver mais rápido, mas eles trabalhavam em conjunto com suas próprias aspirações. Eles simplesmente apressavam você, como um burro, que é tocado com uma vara afiada. Agora, qualquer lugar que você tentar avançar no desenvolvimento, a natureza está voltada para você de frente e bate diretamente no rosto. Você quer continuar a sua jornada de anos? De jeito nenhum! Ao fazer isso, você vai atrair mais problemas. Como está escrito: “Sente-se e não faça nada que é melhor.”

Em outras palavras, devemos começar a correção, e  neste mundo, Israel é o maestro da correção, porque ela possui o método. É por isso que Israel vai continuar a experimentar mais e mais problemas, se não avançar de forma adequada.

Aqui, tudo depende de nós. Primeiro, como vemos as catástrofes que estão acontecendo, nós precisamos tirar as conclusões corretas. Elas não são “eventos acidentais.” Na natureza, tudo está conectado, e tudo tem uma razão.

Se nós estamos indo com uma cabeça em oposição à natureza, tornando-se oposta a ela, o qual nunca aconteceu antes, devemos nos apressar na correção. Ao invéz de sermos opostos, precisamos chegar a similaridade e fazer o que o Criador, a natureza, quer que façamos: alcançar harmonia, a ligação entre nós como um homem com um coração, e alcançar amor fraternal.

Quando conseguirmos isso, todos os desastres desaparecerão, e todas as nações começarão a apoiar Israel. Vamos tornar o centro da correção do mundo. Se há ódio de Israel no mundo, é só porque temos o método da correção, mas não somos rápidos o suficiente para realizá-la e divulgá-la ao redor do mundo.

[28608]
Da 4 ª parte da Lição Diária de Cabala de 03/12/10, Conversa Especial Sobre a Tragédia no Norte de Israel e o Equilíbrio na Natureza

Material Relacionado:
Vá Com O Fluxo Da Natureza
Eu Estou Pedindo Pelo Bem De Todos, Incluindo Nós Mesmos

O Benefício Da Pretensão

Pergunta: O que devo fazer se eu não quiser fazer parte do grupo e estou só fingindo, porque me disseram que é necessário para alcançar o objetvo?

Resposta: Eu não deveria fingir porque eu preciso, mas a fim de ajudar os amigos, dar-lhes força. Na verdade, eu jogo contra meu egoísmo e o confundo. Eu coloquei todas as minhas forças, mas é insuficiente. Entretanto, percebo que se o grupo irradia toda a sua força para mim, vou me inspirar e ser capaz de superar a mim mesmo. Então, como faço para incutir “tal” iluminação no grupo?

Para conseguir isso, eu realizo doação aos amigos. Eu passo meu despertar para eles, envolvendo-os no calor, e os inspiro apesar da falta em mim mesmo. Eu intencionalmente fingo, a fim de receber o mesmo dos amigos, em resposta, apenas cem vezes mais. Afinal, a minha pretensão os inflama, quer eles gostem ou não. E não importa o que eu estou mentindo, eles se inspiram e no entanto eles irradiam de volta para mim.

Assim, verifica-se que o meu sopro artificial da faísca torna-se uma chama real. Eu comecei com pretensão, mas como resultado, ficou realmente inflamado. E todo esse fogo que vem do desejo é o meu. Ao utilizar o ambiente, eu consego o objetivo de transformar o egoísmo em doação.

O grupo, como um amplificador, multiplicou as minhas humildes inspirações muitas vezes. E agora, com esse duro desejo ganho, eu me ligo muito a sério com o Criador e sem falsidade.

[28899]

Da primeira parte da Lição Diária de Calaba de 6/12/10, ,”Introdução do Livro do Zohar”, artigo ” Quem criou Estes”.

Esta Vida É Um Sonho

Pergunta: Como alcançamos a revelação para que possamos ver o mundo espiritual tão realisticamente quanto vemos nossa realidade agora?

Resposta: Eu não sei se as coisas que eu vejo agora são realidade ou não. E se eu estivesse sonhando e não pudesse acordar?

Parece-me que estou agora dentro de certa realidade, mas como eu realmente sei se essa realidade é ou não somente um sonho comparada com a próxima realidade? Talvez exista tal nível de vigília esperando por mim que tudo o que senti no passado me parecerá como um sonho?

Dentro da minha realidade atual também há períodos quando eu me desligo e vou dormir. Assim, como eu sei: talvez eu esteja dormindo agora também.

Em outras palavras, eu tenho que discernir como ir de um estado a outro e adquirir uma nova consciência. E por isso os Cabalistas nos deram os meios.

Até que você adquira uma nova consciência, você permanecerá dentro de um sonho e não descobrirá que é possível despertar e começar a viver! Nós todos entendemos o que significa sonhar. Eu estava dormindo, eu acordei, e agora eu me considero desperto. E é isso exatamente como existimos em relação ao mundo espiritual, o mundo por vir.

Existem muitos estados como este um sobre o outro. A Cabalá nos dá os meios para continuar ascendendo de um estado ao próximo. Se você usar corretamente os meios que lhe são dados em seu estado atual, então você será capaz de ascender ao estado que é chamado “vida” em relação ao nosso atual estado, e o que você sente hoje será chamado um “sonho”. Está escrito: “Somos sonhadores”.

[27688]
Da Quarta Parted a Lição Diária de Cbala, 25/11/10, “Corpo e Alma”

Querer Não É Suficiente

Pergunta: O que significa pedir correção à Luz, dirigir-se a ela?

Resposta: Nós precisamos entender que a verdadeira correção não depende de nós. Nós somos o desejo de prazer, e se somos capazes de fazer qualquer coisa, é somente evocar a ação desde o Alto.

Todo nosso trabalho é elevar MAN, o pedido por correção, mas o Criador faz todo o trabalho. Por isso nosso caminho é chamado “o trabalho do Criador”. Nós nos esforçamos no grupo e estudamos somente para convencer a cada um da necessidade de desenvolver uma única aspiração descrita como: “Israel, a Tora, e o Criador são um”.

Não devemos nos esquecer, mesmo por um segundo, que precisamos pedir pela correção. Tudo é somente dado através da prece, um apelo, a revelação da necessidade. Eu não só quero algo abstrato, eu quero corrigir os Kelim (vasilhas), eu quero ser como Você, eu quero ser grande. [Leia mais →]

Cabalá: Sabedoria Ou Conhecimento?

Quando nos dirigimos nossa atenção às palavras dos Cabalistas, nós podemos também estudar a ciência ou a Torah (método de correção). “Ciência” indica ciências regulares tais como física, química, história, geografia, etc.. Isso é o que os acadêmicos pensam da Cabalá. De acordo com eles, O Zohar foi escrito na Espanha na Idade Média, e não 2000 anos atrás em Israel.

Os cientistas estão tentando atrair conhecimento e informação das fontes Cabalistas. Eles discutem o estilo, analisam textos, e tentam extrair uma correlação entre o texto e os eventos históricos.

Essa abordagem racional não tem nada que ver com o “estudo da Tora”. Porque a Tora é um método para a correção da nossa natureza e para nos tornar semelhantes ao Criador em nossas propriedades. O Criador se revela dentro de nós na medida dessa semelhança. [Leia mais →]

Peça Que Um “Condutor De Burro” Te Ajude

Tudo depende do apoio do ambiente, sem ele, é impossível avançar espiritualmente. Quando você adquire um ambiente espiritual, todos os grandes cabalistas que atingiram o mundo espiritual durante a sua vida neste mundo, toda a sua alma se tornará o seu grupo.

Você vai entrar na “Assembléia Superior” de Rabi Shimon (o nível espiritual conhecido por esse nome). Você pode se conectar a fontes superiores, mas apenas na medida em que é necessário! Agora você simplesmente não precisa desse poder.

Se você precisar no grupo que inclui Baal HaSulam, Rabash, o Ari, Rashbi, e outros grandes cabalistas do passado, desde Abraão até hoje, então você irá recebê-lo. No entanto, agora você não precisa dele. Assim que você precisar, você irá revelar o grupo espiritual, além do um material. Talvez você nem vai precisar de um grupo material porque o espiritual será o suficiente.

Se as almas começam a ajudá-lo diretamente é chamado de “condutor de burro”. O Criador envia uma alma elevada chamada “condutor de burro” então ela vai sempre ajudar uma pessoa. Mas esta ajuda vem em resposta ao seu apelo que você precisa de ascensão espiritual.

É similar ao modo como Rabi Abba e Rabi Yossi, que O Livro do Zohar fala, no caminho em que eles abrem a Torá e descobrem que eles não podem chegar a correção por si próprios. Eles precisam da revelação de uma força especial que irá ajudá-los a subir.

[26713]
Da 4a. parte da Lição de Cabala Diária  16/11/10, “A essência Da Religião e o Seu Propósito”

Os Benefícios De Estar No Grupo

Quando uma pessoa é digna do avanço espiritual para o benefício do sistema comum das almas, a Luz a guia em direção à auto realização. Dessa forma, a pessoa é trazida ao grupo, e tem que acreditar que o grupo lhe foi dado do Alto.

Desse momento em diante, a pessoa tem a liberdade de escolha para se estabelecer entre os amigos. Estabelecer-se no grupo causa vários pontos positivos:

1 – A pessoa abandona o egoísmo. A Luz desenvolve a pessoa, a eleva sobre o egoísmo, e a faz retornar à Origem para que ela possa ser incorporada na rede comum e lá revelar o Criador.

Nós precisamos entender que agora nós também estamos interconectados e uma única rede. Porém, não somos capazes de senti-la uma vez que somos excessivamente conectados com a terra. Nós carecemos de pureza e sensibilidade para sermos capazes de ver o sistema onde nós também existimos nesse momento.

De acordo com o Zohar, nossos olhos são diretamente voltados para si mesmos, e nós não vemos a verdadeira realidade e não entendemos onde estamos. E, além disso, nós mesmo depreciamos essa sensibilidade fina. Nos a rejeitamos e não nos permitimos nos tornar só um pouquinho mais sensíveis da conexão entre nós. Porém, a conexão está presente dentro de nós. Nós somente precisamos estar atentos e olhar, e iremos revelá-la. Então, devido a essa revelação, começaremos a receber a Luz que Reforma. [Leia mais →]