Textos com a Tag 'Criador'

O Que Significa Fazer Algo Contra O Criador?

Laitman_507.05Pergunta: “Fazer algo contra o Criador” significa contra o desejo Dele de agradar os seres criados?

Resposta: Você poderia dizer isso, ou poderia dizer que significa discordar da unicidade Dele. Ele existe e você existe. É aqui que ocorre uma divisão em ateus absolutos, que afirmam que ninguém existe, exceto o homem, e as pessoas que dizem que não há ninguém além do poder mais elevado, e entre eles está todo o resto. O próprio homem não compreende realmente onde está nisso. Todas as religiões e crenças estão concentradas entre esses dois pontos.

A Cabalá diz que nós existimos inconscientemente.

Como a humanidade desenvolveu, considerou-se que só nós existimos, e o Criador é um quadro puramente psicológico. Mas agora estamos gradualmente nos aproximando da necessidade de revelar o Criador, de compreendê-Lo e alcançá-Lo.

Da Lição de Cabalá em Russo, 09/02/18

Revelando A Deficiência Pela Grandeza Do Criador Entre Nós

laitman_237A criação é um desejo, um simples desejo de viver, existir, uma força constante. No entanto, há outro desejo que tem a ver com o esforço para conseguir algo, me tirando do meu lugar e não me dando descanso. Estamos sempre carecendo desse tipo de unidade. Gostaríamos que fosse o maior possível, mas a questão é como despertar um impulso tão direcionado que nos impulsiona e nos impele a um objetivo?

Dentro de tal desejo, há um poder que nos permite sacrificar muito para alcançar um objetivo, superar todos os obstáculos no caminho, examiná-los, classificá-los e transformá-los de perturbações em ajuda. Esse desejo é o que constrói uma pessoa. Sem isso, a pessoa está morta.

Naturalmente, o desejo está nas mãos do Criador porque Ele é quem criou o bem e o mal. Mas em todos os estados: nos altos e baixos, no desapontamento, na aspiração, devemos procurar como despertar o Criador para que Ele nos desperte. Todo o estudo da ciência da Cabalá é sobre como despertar esse mecanismo do sistema superior, chamado Criador, para que Ele comece a trabalhar conosco, seletiva e propositadamente.

Como resultado, o Criador muda o nosso desejo. Há dois desejos: o desejo de desfrutar e o desejo de doar, a linha esquerda e a linha direita, um contra o outro, e ambos estão nas mãos do Criador. E ambos são entregues a uma pessoa se ela atingiu o grau sobre o qual é dito: “Meus filhos Me derrotaram”. O principal é saber como despertar a força superior, o Criador, para que Ele cuide do nosso despertar.

O Criador nos coloca através de diferentes estados para que possamos esclarecer nossos desejos, lidar com eles; Ele nos dá razão e sentimentos, nos dá o ambiente e todos os meios necessários. No final, tudo vem Dele. Na medida em que nos envolvermos neste trabalho em Sua cozinha espiritual, onde Ele prepara a ferramenta certa para alcançarmos o propósito da criação, é até onde avançaremos e alcançaremos o sucesso.1

O desejo é uma palavra mágica que abre todas as fechaduras em nosso caminho. É a única chave que pode abri-las. 2

Não importa o quanto tentamos imaginar que pensamos no Criador sem qualquer conexão com nós mesmos, não seremos capazes de romper completamente com nosso interesse próprio sem esperar nada Dele. Talvez estejamos dispostos a fazer tudo, mas apenas para obter pelo menos alguma coisa Dele em troca. Caso contrário, é impossível sem este tubo fino se estender Dele para nós. Nós estamos prontos para dar tudo, toda a nossa vida, apenas para obter algo Dele através deste fino tubo capilar.3

A única questão é, o que exatamente eu recebo do Criador através deste tubo: as forças de doação ou as forças de recepção?4

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá de 03/01/19, “Revelando a Deficiência Pela Grandeza do Criador Entre Nós“
1 minuto 00:20
2 minuto 07:30
3 minuto 19:05
4 minuto 42:40

Como Você Sente O Criador Como Seu Parceiro?

232.1Pergunta: Como eu posso sentir que o Criador é meu parceiro no trabalho espiritual?

Resposta: Eu tenho que aceitá-lo a priori e, assim, apelar a Ele. Então verei que Ele responde imediatamente aos meus pedidos. O Criador não é uma pessoa viva, mas um sistema que responde aos meus pedidos corretos.

E meus pedidos são corretos apenas se eu tirar Dele o que o mundo precisa e abnegadamente passar para todo o Kli (alma/vaso) através de mim mesmo. E cada um de nós deveria fazer o mesmo.

Em essência, eu quero me tornar um condutor Dele para o mundo e do mundo para Ele. Para isso, tenho que sofrer todos os sofrimentos do mundo e formá-los em mim mesmo corretamente para que todos eles tenham como objetivo unir-se a Ele.

Eu registo novamente em mim todos os desejos egoístas do mundo, envolvo-os com a intenção em prol do Criador e apelo a Ele. Então recebo certas propriedades e conhecimento Dele, e posso, reformando-os, entregá-los ao mundo de tal maneira que o mundo avance um pouco mais através de seu egoísmo para o Criador.

De KabTV “A Última Geração”, 06/06/18

Se Não Há Outro Além Do Criador, Quem Sou Eu?

laitman_276.02Pergunta: Se não há outro além do Criador, quem sou eu e onde estou?

Resposta: Você não existe. Você precisa alcançar um estado onde não há diferença entre você e o Criador e você absolutamente não sente que tem o seu próprio “eu”. Você se funde com Ele em pensamentos, desejos e ações.

Pergunta: O Criador também não tem o seu “eu”?

Resposta: O Criador não tem ideia de Seu “eu”, já que este é o único poder existente, inicialmente eterno, que está além do tempo, espaço e movimento. Portanto, não há tais perguntas sobre o Criador porque não podemos imaginar em quais coordenadas Ele existe.

Da Lição de Cabalá em Russo 02/09/18

Podemos Entender A Linguagem Do Criador?

232.1Pergunta: Qual é a linguagem do Criador?

Resposta: A linguagem do Criador é a linguagem da doação, a chamada “linguagem sagrada”, que significa a linha média do Partzuf.

Pergunta: É possível entender como o Criador fala com uma pessoa?

Resposta: Na linha média. Quando você chega à interação correta entre as propriedades de recepção e doação, adquire a linguagem de doação, porque as propriedades egoístas começam a se transformar em propriedades altruístas. Então, através da propriedade de doação que você alcança, você começa a entender a linguagem do Criador de dentro de si (um egoísta), e começa a falar com Ele.

Você vê tudo o que acontece no mundo como acontece com base em que razões, por quais consequências.

Pergunta: Qualquer mudança global, por exemplo, aquecimento ou crise, também é a linguagem do Criador?

Resposta: Absolutamente tudo.

Pergunta: Como eu posso entender o que Ele quer me dizer?

Resposta: Você deve estar no nível do Criador. Em nosso mundo você pode ouvir o que eles dizem, isto é, captar as ondas. No entanto, no mundo espiritual, captar ondas significa estar na frequência dessas ondas.

Se você quer entender as ações do Criador, deve subir ao nível Dele.

Pergunta: O Criador não poderia falar conosco para que pudéssemos compreendê-Lo?

Resposta: E por que revelamos a lei da gravidade no século XVIII e não há cinco mil anos? O desenvolvimento é necessário para entender o Criador. Você pode conseguir isso agora. Tudo depende da pessoa. Se ela subir a este nível, alcançará isto hoje, ultrapassará o tempo. Hoje, você pode viver em tais estados que as pessoas alcançariam, digamos, em outros 200 anos.

É o mesmo que em nosso mundo – uma criança, um adulto, uma pessoa sábia – pessoas diferentes entendem de forma diferente.

Pergunta: A correção final é quando eu entendo tudo o que está acontecendo comigo?

Resposta: Você não apenas entende, é tudo seu, está tudo em você!

Da Lição de Cabalá em Russo 12/08/18

Como O Criador Nos Desenvolve?

laitman_527.03Pergunta: O Criador nos desenvolve através do prazer ou do sofrimento?

Resposta: Ele faz isso através do sofrimento porque eu sofro quando não sei, mas desejo poder saber, alcançar, sentir e ver! O Kli (vaso), que está sofrendo, é a base para a realização. Entretanto, o sofrimento pode ser sofrimento de amor e aspiração pelo desejável, o que o torna mais doce do que a realização real.

Quando você aspira a algo que deseja, o vaso no qual você recebe a realização é ilimitado. Você não sabe o que é e, portanto, existe em uma busca, em um voo. Quando você alcança algo, acaba sendo muito limitado. Isso é porque você colocou uma limitação nisso. No final, chegamos à correção completa, onde o Kli não é limitado por nada.

Pergunta: A palavra “sofrimento” é a chave para o nosso mundo e o espiritual?

Resposta: Sim, mas depende de que tipo de sofrimento: necessário para a obtenção de prazer, a realização da realidade ou o sofrimento não respondido.

Da Lição de Cabalá em Russo 12/08/18

Por Qual Algoritmo O Criador Opera?

laitman_264.01Pergunta: Um computador tem uma linguagem, uma tarefa, um algoritmo e um programador. Qual é a linguagem do Criador, qual é a Sua tarefa e por qual algoritmo Ele age em relação à realidade?

Resposta: O Criador opera de acordo com um algoritmo: Ele quebrou toda a criação (desejo) em diferentes partes. Existem apenas cinco níveis de desejo, cada um dos quais consiste em mais cinco. E eles estão todos separados em níveis.

Além disso, cada parte é dividida em 620 partes e 600.000 níveis. Assim, os desejos que são quebrados em todas as direções devem ser gradualmente combinados nesta imagem estérea para que se complementem. Este é o nosso trabalho.

A combinação ocorre de acordo com um programa específico. Podemos avançar sendo conduzidos por ele, como dizem: “sob ele”. Podemos avançar junto com ele. E podemos ir além disso, à frente deste programa. Dependendo disso, sentiremos falta e sofrimento, ou relativamente confortáveis, ou felizes.

Da Lição de Cabalá em Russo 12/08/18

Implementando O Plano Do Criador

laitman_938.04Pergunta: A disseminação em massa que você lançou baseia-se no fato de termos alcançado a última geração?

Resposta: As palavras dos meus professores de que estamos na última geração são o meu ponto de partida; eu devo agir sobre esse fato. Portanto, eu ajo. O que sairá disso não é o meu fazer, mas o do Criador. Eu também não sei como isso funcionará, mas isso não me interessa particularmente. Eu tenho que fazer o que puder.

Não há segredos da Torá, nem segredos do universo, forças secretas, magias e outras coisas. Existe um sistema de união de todas as pessoas do mundo no mesmo sistema de Adão, no qual já estivemos. Portanto, não vejo nada de errado nisso. Não tenho nada do que me envergonhar e nada a temer.

Observação: Mas há apenas um segredo para o qual sempre voltamos: não podemos nos unir sozinhos. Só podemos fazer esforços, e tudo o mais é feito pela Luz que retorna à fonte.

Meu Comentário: Isso já é um método! Mas chamar todas as nações para realizar o plano do Criador é o nosso dever. Chegamos a este estado e não podemos ignorá-lo se quisermos estar um pouco conectados com o Criador. Portanto, estabelecer essa base é exatamente o que eu queria em minha vida.

De KabTV “A Última Geração”, 09/05/18

Revelando O Criador Na Conexão Entre Nós

laitman_294.2O tema do estudo da sabedoria da Cabalá são as ações do Criador, que nos dão a oportunidade de reuni-Lo de partes: de nossos pensamentos, desejos, toda sorte de ações, diferenças irreconciliáveis, erros e sucessos. O principal é que, de todo esse trabalho de desmontagem e montagem, chegamos a compreendê-Lo, a senti-Lo e ser como Ele. Esta é a singularidade do nosso trabalho em oposição aos diferentes esforços deste mundo.

Talvez neles haja algo semelhante à análise e à síntese, também um entendimento. De fato, é assim que estudamos toda a natureza inanimada, vegetativa e animada: dissecamos, examinamos, compreendemos e registramos. No entanto, na Cabalá, não estamos dissecando a nós mesmos, nosso corpo animal. Em vez disso, nos conectamos e desconectamos uns dos outros. Somente através das conexões entre nós seremos capazes de entender quem é o Criador, porque Ele é revelado apenas dentro deles.

Este é um trabalho especial que não tem um análogo em nosso mundo. É chamado de trabalho do Criador. Afinal, Ele nos confiou para que pudéssemos conhecê-lo e se tornar como Ele. O caminho para isso reside apenas na conexão entre as pessoas. No entanto, a conexão é impossível sem desconexão: a realização da unidade não acontece sem resistência. É assim que acontece em todas as ações: subidas – descidas, aproximação – distanciamento, inspiração – expiração.

A Cabalá é a ciência da conexão, a obtenção da unidade. Não há Criador fora de nós. Ele é revelado na conexão entre nós. Essa conexão não existe na natureza por si só, apenas se a montarmos. Nós aprendemos que houve uma restrição e uma segunda restrição e assim os graus foram formados até este mundo: os mundos superiores, Partzufim e Sefirot espirituais. No entanto, tudo isso existe apenas em potencial, caso os seres criados venham e comecem a atingir essas qualidades.

Nós descobriremos os graus descendo de cima para baixo se quisermos despertá-los de baixo. Se não os despertamos, é como se eles não existissem de forma alguma. Não há nada para falar sem aquele que alcança. O Criador é revelado apenas dentro de nossa conexão, que não é corpórea ou forçada, quando sentimos nossa dependência um do outro ou temos sentimentos especiais um pelo outro.

Essa conexão acontece de uma maneira completamente não natural, até anti-natural. Apenas na medida em que eu descubro minha própria natureza, o mal que está oculto em mim, a falta de vontade de me conectar com os outros, na parte que consegui purificar do meu “eu” com a Luz que reforma, há uma medida de doação revelada. Não é doação ainda, mas uma prontidão para isso, o grau de Bina, Chanucá.

Uma vez que eu reconheço meu mal, começo a odiá-lo, e posso usar meu desejo em benefício dos outros. Não pode haver bem sem a revelação do mal e sua correção. O bem é revelado apenas acima do mal, e a partir disso eu começo a entender e sentir o que o Criador é: a força do bem absoluto que preenche todo o universo e a mim também. Isso me ajuda a substituir todo o mal em mim pelo bem. Meu trabalho reside apenas nesta escolha: descobrir minha natureza má e substituí-la pela boa, e tudo isso através da conexão com os amigos.1

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá, 10/12/18, Lição sobre o tópico “Revelando o Criador na Conexão entre Nós” (Preparação para a Convenção Virtual de 2018)
1 minuto 0:20

Jogando Com O Criador Pelas Suas Regras

Laitman_183.04Pergunta: A vida é um jogo. Nós também brincamos com o Criador?

Resposta: O jogo com o Criador está no fato de eu concordar em fazer qualquer coisa que Ele queira para que Ele me avance neste jogo. É por isso que quero fazer do jeito Dele. Eu não controlo a Luz, mas concordo em jogar pelas Suas regras.

Pergunta: Por que é chamado de “um jogo”?

Resposta: Porque eu não tenho forças para perceber nada, e apenas expressando meus desejos posso fazer o Criador agir. Eu finjo, mas não realmente, sabendo com absoluta clareza que isso é o que levará às Suas ações.

Então, qual é o significado de orações e pedidos? Eu estou em um estado enquanto imagino outro. Isso já é um jogo. Eu jogo como se já estivesse no próximo nível, no estado desejável. Eu quero mudar para ele.

Pergunta: No estágio atual do desenvolvimento do nosso grupo, para que devemos nos unir?

Resposta: Para jogar o tipo certo de grupo.

De KabTV “A Última Geração” 30/05/18