Textos com a Tag 'Criador'

Ocultação E Proximidade Do Criador

laitman_962.6Voltar-se à força superior, o Criador, é a coisa mais importante que temos. Um trabalhador do Criador, isto é, uma pessoa que quer avançar no caminho espiritual mais rápido do que o habitual, distingue-se pelo fato de que pede para avançar. Todo mundo avança, toda criatura, tudo está retornando à sua raiz, à completa adesão que já existe, mas que está oculta de nós e precisa ser revelada. O curso natural do desenvolvimento requer muito tempo, sofrimento e golpes ao longo do caminho. No entanto, uma pessoa tem a oportunidade de buscar o progresso por si mesma.

Inicialmente, ela não sente tal necessidade em si mesma; caso contrário, todo mundo estaria pedindo e implorando por isso. Devemos procurar a deficiência correta e, se descobrirmos essa deficiência pelo Criador, estaremos avançando mais rápido do que pelo caminho habitual do sofrimento. Este caminho de aceleração (Achishena) não depende do tempo, mas apenas de nossos esforços, de nosso desejo de nos conectar e revelar o próximo estado desejado, de querer que ele seja revelado.

Ao elevar nossa oração, nosso pedido, aceleramos o tempo, e é por isso que somos chamados de Israel; de outra forma, somos considerados nações do mundo. Essa é toda a diferença entre Israel e as nações do mundo. Israel é apontar diretamente para o Criador (Yashar-El), ansiar por revelá-Lo e aderir a Ele acima do tempo, isto é, mais rápido do que foi estabelecido pela natureza. Ao acelerar o tempo, nos tornamos obreiros do Criador.

Há períodos de tais descidas quando concordamos com tudo o que vai acontecer, perdendo qualquer esperança. Nós caímos no estado de uma pessoa comum, mas depois acordamos novamente pela influência de cima. Então, nos movemos através de descidas e subidas, isto é, uma relativa desconexão e conexão com o Criador. Na descida, chegamos a um acordo com tudo o que temos, caindo no grau de uma besta. No entanto, durante a subida, assim que o Criador nos desperta, estamos preparados para investir esforços, buscando como nos fortalecer e avançar mais.

Os estados estão mudando constantemente: uma faixa preta, depois uma branca. O Criador aparentemente nos ajuda mais, depois menos, e precisamos elevar nossa oração. Em todas as descidas e subidas, nossa participação é minúscula, mas é precisamente o que está incluído na correção e nos desenvolve. Na espiritualidade, não importa quão grande ou pequeno você seja, mas o quanto você adicionou aos seus desejos e os desenvolve.1

A verdade não é como imaginamos de acordo com nossa mente e sentimentos. “Eles têm olhos e não veem; eles têm ouvidos e não ouvem”. Acontece que nunca seremos capazes de descobrir o Criador diretamente, mas somente através da ocultação, pela fé acima da razão.

De fato, o Criador está mais próximo de nós exatamente quando sentimos sua ocultação. Ele se aproxima de nós e descobrimos que não O sentimos, não entendemos e não sabemos. Afinal, uma certa força se aproxima, evasiva e inatingível pela nossa percepção.

Mas este não é um estado de pessoa comum que simplesmente sente e não entende nada. Sentimos a ocultação diante de nós e nossa incapacidade de revelá-lo através de nossos órgãos sensoriais. É precisamente porque o Criador está se aproximando que eu descubro que sou incapaz de alcançá-Lo. O que chamamos de ocultação, descida, é o tempo de maior proximidade com o Criador.2

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 09/07/19, Oração
1 Minuto 0:20
2 Minuto 11:00

Abra O Caminho Para O Criador

laitman_963.1As leis da perfeição devem operar na dezena, em HaVaYaH: igualdade, integração mútua, doação mútua, anulação de um perante o outro. É muito importante construir relações de igualdade na dezena de todas as formas possíveis. Todas as diferenças que vemos hoje entre nós, distinguindo algumas como mais bem-sucedidas, mais inteligentes, mais rápidas, na verdade, não significam nada. Como está escrito: “Eles têm olhos, mas não veem”. Eu posso dizer isso por experiência própria.

São as pessoas que dificilmente percebem qualquer palavra associada ao trabalho espiritual, mas, ao mesmo tempo, persistentemente se esforçam para continuar a todo custo que alcançarão o maior sucesso. Elas se elevarão acima de todos, não daqueles que receberam habilidades excepcionais de cima: intelecto, inteligência e sensibilidade elevados. Esses atributos corpóreos não ajudam a entrar na espiritualidade, mas, pelo contrário, estão no caminho. Há histórias sobre como os discípulos choraram, implorando ao Criador para tirar seus talentos naturais e reduzi-los a um nível comum.

Portanto, com o entendimento, devemos relacionar os amigos que têm dificuldade em se sentar na dezena, estudar, associando uma palavra a outra para entender o material. No final, eles terão mais sucesso na espiritualidade do que outros; levará mais tempo e esforço. Portanto, não podemos negligenciar ou desistir de nenhum amigo porque ele não entende nada. Se o Criador trouxe alguém para o grupo, devemos tomar cuidado para garantir que ele seja tratado da mesma maneira que todos os outros.

Não pode haver negligência ou preferência por ninguém na dezena – todos devem ser totalmente iguais, não apenas externamente, formalmente, mas eu devo realmente sentir internamente que percebo todos dessa maneira. Dificuldades de compreensão não se relacionam com a espiritualidade. Não é um exame.

Construir a igualdade na dezena é ainda mais importante do que desenvolver uma deficiência pela revelação do Criador. Se não houver igualdade, a deficiência para o Criador também será distorcida, porque estaremos nos voltando a Ele de um Kli imperfeito.1

Não devemos negligenciar nenhum amigo na dezena. O coração deve doer por todos que não alcançam. Devemos orar por ele e trabalhar nisso, sentindo que tudo depende de nós. 2

A igualdade entre os amigos na dezena é construída pelo fato de eu compensar minha atitude. Um parece mais esperto, o outro mais devotado, o terceiro perspicaz, o quarto astuto, e eu tenho que completar minha percepção de todos para que cada um seja perfeito e perfeito.

Cada um é a perfeição em si, não há nada a acrescentar – é assim que eu deveria perceber os amigos. Desta forma, eu me corrijo para não ver falhas neles. Eu trago todos para um nível geral e eles se tornam uma dezena perfeita para mim, elevada e corrigida aos meus olhos. Quanto mais me integro na dezena, mais fundo penetro no Criador, que está nos amigos. Afinal de contas, é o Criador que os desenvolve e apoia.

Ao conectar os amigos juntos em um nível igual, eu abro o caminho para o Criador por mim mesmo, para a Sua revelação. A dezena é como uma visão de uma arma através da qual eu vejo o Criador, ou como binóculos que precisam ser focados.3

Na dezena, é necessário investir todas as nossas forças na unidade e na conexão para que todos se tornem tão unos que se torna claro que isso – a conexão entre nós – é o Criador, não o grupo, não simplesmente uma conexão. Ao penetrar mais profundamente no interior, começaremos a sentir a essência de nossa conexão, e isso será o Criador. Não há outro caminho.

Há pessoas para quem é muito difícil ouvir isso, mas é especificamente porque elas têm uma alma muito alta e isso ainda está distante delas. Pode levar mais dez anos de persistência e esforço, mas elas conseguirão mais do que qualquer outra pessoa. Portanto, não deve haver diferença para nós de que maneira percebemos e compreendemos. Dizem que “não se aprende com a mente”, mas através da igualdade. Aquele que pode perceber todos como iguais e como o menor de todos, como o único que precisa de correção, está no caminho certo.4

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá,  27/06/19, “Deficiência Pela Grandeza do Criador”
1 Minuto 16:00
2 Minuto 1:22:30
3 Minuto 1:23:00
4 Minuto 1:35:00

Pensar No Criador

119Pergunta: O que significa pensar no Criador?

Resposta: Pensar no Criador significa ver a força única que se apresenta a você por trás de todos os objetos, ações, pensamentos e eventos.

O mundo inteiro, tudo o que afeta seus cinco sentidos, tudo o que você tem diante de seus olhos, é tudo o Criador. Ele simplesmente se revela a você deste modo para sintonizar você a Ele através de todos os seus sentidos.

Da Lição de Cabalá em Russo 02/03/19

Como Responder Aos Abalos Do Criador

laitman_527.02Pergunta: Como alguém responde adequadamente aos choques internos que são despertados pelo Criador? Devemos discordar do que Ele enviou? Afinal, Ele é “o bom que faz o bem”. Como posso ser contra o que Ele despertou em mim?

Resposta: De jeito nenhum! Você deve reagir apenas na direção de uma conexão ainda maior entre nós. Só assim você pode forçar que a influência Dele sobre nós seja mais positiva e gentil. Na medida de nossa conexão entre nós, nós O influenciamos de tal forma que mudamos positivamente o Seu governo.

Pergunta: Como reconheço que Ele me empurra precisamente para isso, exatamente para o que Ele está corrigindo?

Resposta: Para isso, você tem que ouvir os Cabalistas. Até você entrar no sistema, não reconhecerá nada.

Da Lição de Cabalá em Russo, 17/03/19

Torne-Se Parceiro Do Criador

laitman_527.03Pergunta: O Criador me controla através dos prazeres ou inserindo um desejo em mim, como um novo lingote em uma máquina, e começa a processá-lo?

Resposta: O segundo é verdadeiro. Cada vez que o Criador coloca um novo desejo em você, Ele é quem o processa.

No entanto, você ainda precisa participar desse processo e se tornar um parceiro do Criador. Então você descobre como você trabalha junto com Ele em sincronia. Este é o estado espiritual mais correto.

Da Lição de Cabala em Russo 10/02/19

O Criador É Uma Força Sem Nome

laitman_567.04Pergunta: Quais são os nomes do Criador?

Resposta: Existe um Criador e Ele tem muitos nomes. Porquê muitos? Quem Lhe deu esses nomes?

Geralmente os nomes são dados por mães e pais. Mas aqui são os nomes do Criador. Eles indicam algo ou não? Nós damos nomes a crianças arbitrariamente em nosso mundo, dependendo de qual nome está na moda. Eu me lembro quando Gagarin voou no espaço; ficou muito na moda nomear os garotos de “Yuri”.
Ainda assim, quais são os nomes do Criador?

Primeiro de tudo, o Criador é um. Então, por que Ele precisa de muitos nomes? Pode ser porque Ele realiza muitas atividades diferentes? Pode ser porque Ele tem uma personalidade muito diversa e nós lhe damos nomes diferentes? É por isso que precisamos entender de onde tudo isso vem.

De fato, o Criador é uma força totalmente sem nome, que não tem propriedades, nuances, nada. Ele é Ele mesmo, existindo isolado de tudo. É impossível dizer que Ele existe e porque não podemos detectá-Lo.

No entanto, quando Ele começa a se referir a algo material e alguma ação vem Dele, nós O chamamos pelo nome desta ação: bondoso, bom, grande, sombrio, cruel, etc. Isto é, nós O chamamos de acordo com Suas manifestações específicas em relação a nós.

Se não for em relação a nós, não podemos dizer nada. Nós O conhecemos quando O percebemos em nossas sensações e de nenhuma outra forma. Mas por Si mesmo, o que Ele realmente é, não percebemos. O que eu sinto no momento, não importa o que eu sinto, tudo vem para mim do Criador.

Da Lição de Cabalá em Russo 24/02/19

Eu Quero Para O Bem Deles

laitman_423.01Pergunta: Nós recebemos uma sociedade para nos tornarmos semelhantes ao Criador. Vários bilhões de pessoas andam ao meu redor. A única coisa que eu preciso fazer é me envolver em altruísmo para com elas? Então me tornarei semelhante a esse ser superior?

Resposta: Não existe ser superior! Existe uma propriedade superior de doação e amor. Este é o poder da emanação, desenvolvimento, doação e influência positiva.

Pergunta: É uma força semelhante à gravidade que age em todos, quer queiramos ou não?

Resposta: Não existe tal força em nossa natureza como a que estamos falando. A natureza espiritual é o desejo de fazer algo apenas em prol de alguém, para o bem completo do outro, sem qualquer conexão consigo mesmo. Eu faço um ato espiritual quando me separo de mim mesmo (esse estado é chamado de “Tzimtzum” – a redução do meu desejo) e quero dar tudo aos outros para o bem deles, sem qualquer conexão comigo.

Pergunta: Então, eu preciso dar algo para as pessoas ao meu redor? Por quê? Eu não tenho nada.

Resposta: Você não tem nada para dar e elas não têm nada para receber. Nós devemos apenas direcionar nossos desejos. Se eu direcionar todos os meus desejos para os outros, vou me transformar em um transmissor, em um tubo através do qual a mais alta abundância, a luz, passará. Mas minha direção para eles deveria ser totalmente altruísta.

Pergunta: Então, trata-se da intenção, não da ação?

Resposta: Claro.

Pergunta: Agora estou preso dentro de mim mesmo; eu automaticamente penso em como melhorar meu estado a cada segundo em todos os níveis. Então, uma pessoa cuidará dos outros da mesma maneira?

Resposta: Sim. Neste caso, ela será chamada estando no mundo espiritual e na ação espiritual, e verá o mundo inteiro de um modo completamente diferente.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 26/11/18

Como Usar O Criador Para Ajudar Os Outros

laitman_938.02Pergunta: Como podemos usar o Criador para ajudar os outros?

Resposta: Para fazer isso, devemos primeiro nos conectar com os outros, com seus desejos e necessidades, internalizar esses desejos e necessidades, absorvendo-os em nós mesmos como se fossem nossos.

Só depois podemos apelar ao Criador para preenchê-los.

Então, através de mim mesmo, através dos meus desejos estranhos recém-adquiridos que agora se tornaram meus, eu já os cumpri. É assim que funciona.

Da Lição de Cabalá em Russo 10/02/19

Por Que Não Podemos Sentir A Essência Do Criador?

laitman_260.01Pergunta: Por que não podemos sentir a essência do Criador?

Resposta: Não podemos compreender a essência do Criador, pois não temos as ferramentas para isso.

Semelhante a um animal que não pode compreender o nível humano, um ser humano não pode compreender o nível do Criador. Para fazer isso, carecemos das ferramentas necessárias, isto é, qualidades.

Nossas propriedades, construídas em mais e menos, são criadas pelo Criador em tal volume e em tal nível que podemos compreendê-Lo, mas somente com base nas qualidades nas quais Ele nos criou. Acima delas, não podemos compreender.

Pergunta: Este é realmente o caso ou talvez algo mais?

Resposta: Talvez haja outra coisa.

Quando no final dos 6.000 anos, e talvez até antes, nós corrigirmos completamente nossas qualidades e usarmos corretamente as propriedades positivas e negativas, então finalmente alcançaremos o nível que o Criador estabeleceu para nós: alcançá-Lo nestes 6.000 anos.

Então é bem possível que descubramos o próximo volume, o próximo vazio, que podemos compreender, pois nós mesmos ainda não sabemos nada sobre ele. Existem algumas suposições, mas são apenas suposições.

Da Lição de Cabalá em Russo 24/02/19

Liberando Espaço Para O Criador

laitman_962.7O avanço espiritual depende da medida em que nos anulamos até um zero completo diante do grupo. Toda vez que volto a pensar na necessidade da autoanulação, fico novamente horrorizado. Eu mesmo nunca teria pensado em tal ideia; é claro, ela vem do Criador, seja diretamente de cima ou através do ambiente por todos os meios.

Eu mesmo não posso querer me anular medindo meu avanço espiritual com essa medida de autoanulação. Eu me vejo cada vez mais longe da espiritualidade e meus amigos cada vez mais bem-sucedidos. Isso realmente me desencoraja, dissuade e me irrita.

No entanto, por outro lado, eu tenho de entender que isso precisa ser assim. Se eu não me retirar de tais estados e se agradeço ao Criador a cada vez por me lembrar repetidamente do meu trabalho, então “cada centavo se acumula até uma grande quantia”, eu avancei e algum dia serei bem-sucedido.

Não importa se eu vejo ou não o meu sucesso, mas toda vez que consigo um despertar para a verdade, para minha anulação diante do grupo, dou outro passo adiante para o palácio do Criador e, portanto, devo estar alegre.1

Antes disso, eu tinha o desejo de desfrutar, um conhecimento egoísta. Então este lugar se esvazia; é esta pobreza completa que torna possível não exigir satisfação na compreensão e no sentimento, mas elevar-se acima deles e pedir a capacidade de preencher esse vazio com uma dedicação ao Criador através do grupo. Acontece que eu me desconecto do estado corpóreo, subo acima dele e preencho meus desejos com a grandeza do Criador. Isso é subir para o andar superior, para a fé acima da razão.

É impossível sequer comparar esses dois estados: razão e fé acima da razão. Tudo que eu entendo e sinto está dentro da razão, e acima da razão há algo que eu não quero entender e sentir: quero apenas doar ao Criador e sentir como meus amigos do grupo doam ao Criador. Portanto, estamos construindo um novo estado chamado “mundo superior”.2

É bom que eu sinta o vazio e a falta de anseio e de sentido da espiritualidade. No entanto, ao mesmo tempo, eu imagino a grandeza do Criador e o prazer que Lhe doo precisamente fazendo o trabalho para Ele sem qualquer recompensa. Isto deve ser muito importante para mim.

O Criador constrói propositadamente um estado para mim onde eu não O sinto e não O entendo, não sinto nenhum gosto Nele. Por isso, Ele libera um lugar em mim, limpando-o do lixo deste mundo, para que eu comece a preenchê-lo com a grandeza do Criador.3

Da 1a parte da Lição Diária de Cabalá 06/06/19, Lição sobre o tópico “O Zero Absoluto”
1 Minuto 0:20
2 Minuto 5:30
3 Minuto 8:10