Textos com a Tag 'Criador'

Um Microscópio Para Revelar O Criador

530Está escrito: “Não há outro além Dele”, e com respeito à dezena, isso significa que toda a dezena se conecta com a força superior única que deve revelar. Nós estabelecemos um relacionamento entre nós para que esta força superior única possa ser revelada dentro de nós.

Todos na dezena ajudam uns aos outros nisso, cada um apoia os outros e existe apenas para fazer avançar a dezena.

Afinal, toda a minha vida espiritual está apenas na dezena, e meu dever é conectar todos juntos de tal forma que, de acordo com essa conexão, o Criador seja revelado dentro de nós. É como se tivéssemos um microscópio ou uma câmera que precisa ser focada girando o botão para ajustar a lente objetiva. Se o configurarmos corretamente, todos os nossos focos estarão conectados e poderemos ver uma imagem clara e nítida.

Isso é o que precisamos fazer na dezena: girar cada um, cada “lente” que está no grupo para que possamos ver o Criador que está dentro de nós. Claro, assim que conseguimos capturá-lo em nosso foco, ele imediatamente desaparece e temos que procurá-lo novamente e ajustar o foco. E assim sempre, mas a cada vez avançamos aumentando a resolução e subindo para um nível mais alto de exame e implementação.

Esse é o trabalho que devemos fazer todos os dias e mesmo a cada momento. Todo o trabalho é trazer a dezena a um estado onde eu não vejo dez pessoas, mas dez qualidades, e ao conectá-las com mais e mais precisão, eu sinto o Criador em um nível cada vez mais elevado do NRNHY .

Então começaremos a perceber O Estudo das Dez Sefirot  em nossos sentidos – como algo acontecendo no coração e na mente de uma pessoa. Vamos entender o que a tela e o Kli são em nossos sentimentos. Começaremos a viver no mundo espiritual, mesmo que por enquanto como crianças que não entendem muito bem, mas já percebem e sentem as mudanças que ocorrem nele.

Este será um verdadeiro estudo da sabedoria da Cabalá. Começaremos a entender sua linguagem dos ramos, a linguagem na qual os Cabalistas escreviam para passar informações espirituais de geração em geração usando as palavras deste mundo.

O mais importante é manter a atitude correta em relação à espiritualidade, nossa conexão dentro da qual o Criador é revelado como se através de uma lente devidamente focalizada. Nós a ajustamos focalizando nossos amigos cada vez mais precisamente em um ponto comum: todas as nossas intenções, sentimentos e pensamentos a fim de nos tornarmos como um homem com um coração. Isso significa que encontramos um foco comum no qual revelamos o Criador.

É claro que cada vez nossa lente sai de foco e nos encontramos mais longe da espiritualidade. Mas tudo isso é para que possamos nos concentrar mais na dezena, apesar de todas as perturbações, e alcançar a imagem correta. Quanto maior a diferença entre a descida, quando não vemos nada além deste mundo, e a subida, quando nos vemos como um e o Criador entre nós, mais alto é o nosso nível espiritual.

Da Lição Diária de Cabalá, 10/04/21, “Reforçando-nos com Não Há Outro Além Dele”

Por Que O Criador Tem Muitos Nomes?

583.01Pergunta: Se o Criador é um, único e distinto, por que Ele tem tantos nomes?

Resposta: De acordo com a maneira pela qual uma pessoa percebe o Criador, ela Lhe dá nomes. E quando O alcança em sua verdadeira forma, o nome desaparece completamente e apenas um símbolo de quatro letras permanece, que fala sobre a maneira como O percebemos em nossos sentimentos.

Em outras palavras, existe um discernimento raiz, ou zero, junto com os discernimentos 1, 2, 3 ou 4.

Além da raiz, cada um deles é um nome do Criador, o que significa uma revelação do Criador dentro de nós. A raiz é o atributo de doação, que vem do Criador, e entra em nosso desejo.

Pergunta: Mesmo quando sinto que o Criador é cruel e digo isso sobre Ele, esse também é um nome para o Criador?

Resposta: Sim, tudo o que você sente é o nome do Criador. Além disso, mesmo o que você está sentindo agora em sua vida cotidiana é o Criador e Sua revelação dentro de seus desejos. Ou seja, mesmo agora, “Não há outro além Dele” (Deuteronômio 4:35).

Surge uma pergunta: Como é possível imaginar o Criador separado do que está acontecendo ao nosso redor no nível do inanimado, vegetativo e animado do mundo? É uma revelação de Seus atributos em relação a nós. Se absorvermos tudo isso dentro de nós corretamente, atingiremos apenas uma única raiz de doação.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 27/01/19

O Criador Terá Prazer Em Nos Ajudar

528.02É claro que não somos capazes de mudar nossa natureza de egoísta para altruísta. É como subir do nível do ser criado ao nível do Criador. Claro, não está em nosso poder porque somos apenas seres criados e bastante inferiores.

Obviamente, temos a chance de crescer, mas isso ainda está à nossa frente. Quanto mais tentamos nos elevar à realidade espiritual, mais fundo mergulhamos no mundo corpóreo, porque o Criador criou um oposto ao outro. É devido a ambas as forças, Faraó e Criador, e aprendendo como usá-las corretamente para que possamos subir entre ambas, na linha média, em direção ao Criador.

Claro, não podemos nos unir na dezena sozinhos, mas podemos pedir ao Criador para nos ajudar a conectar. Mas é impossível pedir até que tenhamos tentado fazer por nós mesmos. Ou seja, nos esforçamos para nos conectar e descobrir o quão diferentes somos, que não nos aceitamos, o quão preguiçosos somos e não entendemos o que é a conexão, ou o que significa ser um homem com um coração.

Quando caímos em desespero com nossas tentativas, nos voltamos ao Criador. Agora temos algo para mostrar a Ele: “Olha, tentamos de tudo e nada funciona. Você deve nos ajudar!”

Mas se não começarmos a tentar por conta própria, o Criador não será capaz de nos ajudar. Ele sempre faz correções em nossas tentativas malsucedidas. Todo o nosso trabalho é tentar fazer algo, e depois disso temos o direito de nos voltar ao Criador e Ele nos ajudará com grande alegria. Depois de nossas próprias tentativas, percebemos onde ocorreu a quebra e como corrigi-la, e que nós mesmos não somos capazes disso.

Quando uma pessoa tenta alcançar a unidade por si mesma, ou seja, o nível espiritual em que está unida aos outros, ela revela seu desamparo. Ela entende que não tem sentimentos, nenhuma compreensão de como fazer isso, e que precisa receber a força superior, o desejo superior para isso. Ou seja, falta-lhe trabalho na mente e no coração.

O Criador faz tudo, mas devemos ir a Ele com o desespero do trabalho que tentamos fazer e não tivemos sucesso. Até que tentemos nós mesmos, não sabemos o que pedir.

Da Lição Diária de Cabalá 04/04/21, “Pessach

Parceria Criativa Com O Criador

938.04Pergunta: O que é uma parceria criativa com o Criador? Como devemos desenvolver este atributo na prática?

Resposta: Precisamos alcançar um estado em que nos tornamos parceiros do Criador. Isso é verdade. Uma parceria criativa com o Criador se resume ao fato de que tentamos transmitir a atitude do Criador para o mundo. Isso significa que atraímos as pessoas para reconhecer o Criador, para participar na criação de tais relações entre as pessoas nas quais o Criador aparecerá e será revelado.

Criamos um lugar onde Ele possa aparecer, se revelar a nós, e nisso, somos parceiros. Juntos, criamos um lugar onde o Criador pode ser revelado e nos tornamos parceiros, unidos em uma ideia. Quanto mais O revelamos a nós mesmos e ao mundo inteiro, mais nos aproximamos do estado espiritual absoluto.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 20/01/19

Construa Um Sensor Para O Criador

963.8Pergunta: Nós falamos sobre o desejo de alcançar o que está escrito no Prefácio à Sabedoria da Cabalá em nossas sensações. No momento, sentimos muito pouco. Compreendemos muito pouco e estamos em um estado que não entendemos.

O que está acontecendo conosco? Como a luz opera em nós e quando entenderemos que nos tornamos um Partzuf espiritual? Isso virá gradualmente ou de repente?

Resposta: Vocês precisam se unir e ser um todo único para se tornar um Partzuf espiritual (um corpo espiritual).

Esse é o motivo pelo qual vocês precisam separar uma seção do grupo que é composta por dez pessoas, que será o seu núcleo interno, e seu ego permanecerá na parte externa.

O que quer que você possa separar de si mesmo para dar à dezena, irá conectá-lo na parte interna e no todo será o grupo.

Na unidade do grupo, você começará a adquirir o atributo daquele que é chamado de Criador e a senti-Lo. Você vai criar o Criador por si mesmo.

Você O criará a partir de seus atributos de doação. Você começará a sentir que o que você fez é o Criador. Assim como em nosso mundo não sentimos o que está acontecendo, mas apenas nossas respostas a algo, é o mesmo aqui.

O Criador, Bore, é chamado de “venha e veja”, “Bo – re” (em hebraico).

Venha significa fazer, como se diz, “você Me fez”. Isso é o que o Criador diz quando Se volta para aqueles que se aproximaram Dele.

Existe uma força na criação chamada Atzmuto, que significa por Si mesmo, e para expressá-la dentro de nós precisamos construir um sensor, construir nosso vaso, assim como um receptor de rádio que receberá esta onda e este será o Criador Dentro de nós. Só dentro de nós! Ele não existe fora de nós! Fora de nós já existe o Atzmuto, algo que não sabemos o que é e não temos o direito de falar.

Portanto, nosso primeiro objetivo é formar um grupo de nós mesmos, e o que é sentido entre nós já é o Criador. Quanto à parte egoísta que resta, também começará a se conectar gradualmente a nós até que o Criador preencha tudo.

Pergunta: A que parte devemos atribuir a família, nosso trabalho e todo o mundo externo?

Resposta: Devemos atribuir isso à parte bestial de quem você deve cuidar. Por exemplo, você precisa lavar, alimentar e colocar seu corpo para dormir. Você precisa se relacionar com ele como algo estranho. Você também deve se relacionar com sua família, seu trabalho e tudo o mais da mesma maneira.

Você precisa fazer tudo isso, mas o principal é que você tenha outra vida no lado espiritual.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 04/04/19

Por Que O Criador Endureceu O Coração Do Faraó?

294.3Pergunta: O Criador endurece constantemente o coração do Faraó. Por um lado, ele diz: “Venha até mim”. E por outro lado: “Eu endurecerei seu coração.” Por quê?

Resposta: Porque o propósito do nosso desenvolvimento egoísta é ter certeza de que é impossível existir no egoísmo e pedir ao Criador para nos libertar dele.

Esse é o propósito de estarmos na escravidão egípcia, na escravidão do egoísmo, para ter certeza de que isso é apenas em nosso detrimento e que somente o Criador pode nos tirar de lá.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 26/03/21

Alcançar O Criador

294.4Pergunta: Qual é a diferença entre o sentimento de que o Criador me governa e o sentimento de que somente Ele me governa?

Resposta: À medida que nos aproximamos do Criador, devemos constantemente nos direcionar a essa força criativa única – “Não há outro além Dele” – e somente com ela nos solidarizar e atribuir tudo a ela.

Se fizermos isso, seremos finalmente capazes de realmente começar a perceber tudo ao nosso redor como o resultado de uma força única, o que significa percebê-Lo por meio de todos os seus diferentes resultados opostos.

Como resultado das infinitas revelações do Criador, começaremos a senti-Lo como a força por trás de tudo. Isso significa que a realização do Criador como o único acontece graças ao fato de que O percebemos como presente em todos os diferentes atributos, forças e ações opostas.

Pergunta: E ao mesmo tempo quem percebe permanece?

Resposta: Claro. Uma pessoa não desaparece de forma alguma, e esta é a sua singularidade: ela foi criada desta forma, de modo que quando a pessoa atingir o Criador, se tornará equivalente a Ele. É por isso que ela não desaparece de forma alguma, não se destrói nem se anula. Na medida em que pode aumentar o Criador e ver Sua singularidade em todas as revelações opostas da natureza e de nós mesmos, a pessoa pode se tornar semelhante, equivalente ao Criador.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 27/01/19

As Letras São A Atitude Do Criador Para Com Os Seres Criados

526Pergunta: Um dos capítulos mais interessantes do Livro do Zohar é o capítulo “As Letras do Rabino Hamnuna Saba”. Por que ele é tão importante?

Resposta: Esse capítulo é sobre a criação das letras e como as pessoas podem descrever a revelação do Criador ao homem.

Pergunta: O texto descreve como cada letra veio ao Criador e disse: “Ó Senhor do mundo, é bom para Você criar o mundo comigo”. O que isso significa?

Resposta: Embora cada letra seja a revelação egoísta mais baixa em relação à luz do Criador, ela acredita que é realmente nesta manifestação que pode expressar a essência interna da atitude do Criador para com os seres criados. Esta é a razão pela qual elaafirma: “É adequado que o mundo seja criado comigo”.

Pergunta: O Criador responde: “Você é formosa e justa, mas não está apta para criar o mundo com você…. Além disso, você é o selo da morte, já que Tav também é a última letra na palavra ‘Mavet’ [morte]”. Por que o Criador primeiro elogia cada letra?

Resposta: Porque não pode haver nada de ruim no mundo.

Existe algum fenômeno ou revelação na criação que não tenha o direito de existir? Não existe tal coisa. Pode haver vida sem uma das letras? Não. Pode haver vida sem morte? Não. Sem ódio, sem mais nada? É impossível. Ou seja, tudo é construído na combinação certa.

Por que o mundo não pode ser criado por qualquer uma das letras além da letra “Bet”? Porque essa letra não está relacionada a nada e só há bênção nela. É a isso que se resume a doação do Criador ao mundo.

Pergunta: Então, se uma pessoa finalmente der lugar ao Criador, tudo fará sentido?

Resposta: Sim, bem colocado.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 06/01/19

A Missão Dada Pelo Criador

239Toda a humanidade está se movendo em direção à correção global e está começando a sentir a conexão universal, pertencendo a um sistema, e a influência mútua como benéfica ou prejudicial. Toda a humanidade é uma pessoa, Adão, que deve ser semelhante ao Criador.

Portanto, quando trabalhamos na dezena, não devemos esquecer de toda a humanidade que somos obrigados a puxar conosco. Recebemos do Criador o desejo de nos conectarmos com Ele para atrair o mundo inteiro atrás de nós. Esta é a nossa missão, para a qual o Criador deu um anseio espiritual para nós e não para os outros.

Não há nada de excepcional em nós, exceto esta tarefa dada pelo Criador. Ele poderia ter dado esta tarefa a outras pessoas, mas visto que Ele a confiou a nós, somos obrigados a cumpri-la tanto quanto possível, a ligar todas as pessoas deste mundo a ela. Cada parte do sistema geral é tão importante quanto todas as outras porque este sistema é perfeito.

Espiritualidade é perfeição, e se o vaso comum carecer de pelo menos uma célula, não estará mais completo. Portanto, a meta é chamada de fim da correção (Gmar Tikkun), e devemos orar por todo o mundo e apenas no final por nós mesmos. Depois de incluir toda a humanidade, todas as pessoas, em sua oração, você tem o direito de adicionar a si mesmo e pedir ajuda ao Criador. Caso contrário, sua oração não será perfeita e não alcançará o Criador.

Da Lição Diária de Cabalá 22/03/21, “Pessach

Peça Ao Criador Para Brilhar Sobre Nós

934Pergunta: Suponha que nos elevemos acima dos conflitos e diferenças entre nós na dezena, a fim de nos unir. Quando acontecerá a nossa conexão direta e a compreensão de “O Prefácio à Sabedoria da Cabalá”?

Resposta: Quando você pedir ao Criador para começar a brilhar sobre você. Só então. Leva muito tempo. Tudo depende do esforço comum.

Se você fizer esforços comuns, poderá subir muito rapidamente, como se estivesse lançando um míssil. Existe o fusível inicial que eleva o míssil acima do solo até uma certa altura, e então o motor do míssil liga e o míssil continua seu vôo.

É possível acender rapidamente esse fusível e elevar-se acima do seu ego. Aí, a máquina é ligada e você segue em frente.

Pergunta: Suponha que eu já tenha me elevado acima de mim mesmo, me conectado aos amigos e agora não estou pedindo que Ele brilhe sobre mim. O que significa implorar ao Criador para brilhar sobre mim?

Resposta: Você já está em um estado em que ninguém se diferencia dos amigos? Você já ascendeu acima do nível do ego que você tem agora? Você está conectado internamente para se sentir como um todo? Você sente o mesmo nível geral de unidade interna que não sentia antes? Ele aparece apenas como resultado da conexão entre vocês.

Ou seja, na medida em que cada um se anulou, todas as partes individuais anuladas se conectam como uma, e o resultado é a anulação comum. Isso é chamado de se elevar acima de si mesmo. É nesta parte comum que o Criador opera. Você pode se conectar ao Criador, o Criador se conecta a você e começa a agir.

Você sentiu essa parte comum entre vocês que cada um aparentemente extraiu de si mesmo e conectou com os outros? Eu desisto disso, quero existir nela, separar-me do meu “eu”, estar naquela parte extraída de mim e quero me conectar a outros nela. Você sente esse estado?

Você sente como essas partes se conectam em uma parte comum e como você quer sentir o Criador nessa parte comum que foi extraída de todos? Você quer doar um ao outro, conectar-se a fim de doar ao Criador e senti-Lo? Você precisa cultivar todas essas experiências e constantemente discuti-las, trabalhar nelas e senti-las. Finalmente, você vai passar por isso.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá” da KabTV, 04/04/19