Causa E Efeito

Dr. Michael LaitmanPergunta: A ilha do Haiti demonstra muito bem a irreversibilidade das leis da natureza. Durante muitos anos, ela foi um país florescente com um clima maravilhoso e uma infra-estrutura relativamente desenvolvida. No entanto, cinco anos atrás o terremoto a atingiu, e a comunidade internacional investiu trilhões de dólares na restauração da ilha.

A ONU organizou ajuda global, e parecia que tudo ia ficar bem e a vida na ilha iria voltar ao normal. Mas descobriu-se que mesmo os enormes recursos que foram dirigidos a ela não puderam evitar o caos e a destruição.

Este é um exemplo claro que uma vez passado certo ponto, a natureza humana torna-se irreversível.

Resposta: Isso confirma mais uma vez que, antes de tudo, é necessário educar a população. Somente então, dependendo da extensão da formação, dirige-se mais a população no sentido da formação da nova interação social. O problema da ilha do Haiti não pode ser resolvido apenas com a injeção de dinheiro. Se esses fundos não tivessem sido fornecidos, os habitantes da ilha teriam saído sozinhos dessa situação.

Comentário: Nem toda a ilha sofreu danos com o terremoto. Mas aqueles que ainda tinham casas e podiam se alimentar da pesca se mudaram para cidades de tendas da ONU onde o alimento era dado gratuitamente. Clãs controlados pela máfia colocaram toda a ilha sob seu poder. Tropas da ONU se movem apenas a luz do dia em tanques porque os bandidos estão por toda parte. Esses bandidos aniquilam cada tentativa da ilha de sair da situação atual.

Resposta: É o que já foi feito na África.

Vou repetir de novo: a educação, um sistema de educação universal, deve preceder todas as transformações. Se não quisermos que a humanidade avance através de brutais crises e guerras mundiais, nós temos que primeiro organizar um sistema de educação por nós mesmos!

Você diz que a causa de tudo é a crise. Portanto, nós devemos mudar a sociedade e a natureza humana, torná-las integrais e interconectadas. Eu acho que aqui as nossas opiniões diferem sobre qual é a causa e qual é o efeito.

Do meu ponto de vista, a causa é o movimento da força da natureza que está constantemente empurrando-nos para o novo estado evolutivo. Uma vez que já passamos por todos os nossos estágios evolutivos anteriores, agora estamos nos movendo em direção ao próximo. A próxima etapa da humanidade é a globalidade, a integralidade. A natureza está movendo tudo para a integração, para a equivalência consigo mesma.

Assim como tudo na natureza (como, por exemplo, os diferenciais de pressão e temperatura) está se movendo em direção à coordenação e entropia, o mesmo processo está acontecendo com a humanidade. Ela tem que se mover em direção à integração, porque a natureza está nos forçando e, assim, causando em nós a crise que temos hoje.

Não fomos nós que causamos isso, mas o contraste do nosso estado atual da sociedade com o estado que devemos alcançar. Isto é o que nós sentimos como crise.

Do programa de TV “Cidade Experimental: Saindo da Crise” 03/02/12

Comente