Manifestantes Contra Wall Street Acusados De Anti-Americanismo

Nas Notícias (da CBS News): “O candidato republicano à presidência Herman Cain acusou os manifestantes anti-Wall Street de fazer o ‘papel de vítima’, e sugeriu que os participantes nos protestos em todo o país contra a ganância corporativa e a falta de postos de trabalho estão apenas fazendo isso por ‘inveja’.

“Cain argumentou que os recentes protestos contra o setor financeiro foram ‘anti-americanos’, e que tinham a intenção de ser ‘uma distração para as políticas fracassadas da administração Obama’.

“‘O sistema de livre mercado e o capitalismo são duas das coisas que permitiram que esta nação e essa economia se tornasse a maior do mundo’, acrescentou. ‘Mesmo que tenhamos os nossos desafios, acredito que os protestos são mais anti-capitalismo e anti-livre mercado do que qualquer outra coisa’.

“O candidato republicano à presidência Newt Gingrich… apontou os protestos como um exemplo de ‘luta de classes’ travada pelo presidente contra os ricos.

“O ex-presidente da Câmara culpou uma recente ‘hostilidade à livre iniciativa’ no sistema educacional dos Estados Unidos. …’Eu respeito os manifestantes de Wall Street como resultado natural de um sistema de educação ruim ensinando-lhes idéias realmente estúpidas'”.

Comente