Textos com a Tag 'natureza'

Reconhecendo A Maldade Da Nossa Natureza

521Comentário: Quando uma pessoa reconhece seu egoísmo como mal, a qualidade de Moisés (da palavra Limshoch, puxar) é revelada nela e começa a puxá-la para fora de seu ego.

Minha Resposta: Moisés foi criado pela filha do Faraó, Batya. Ele cresceu neste ambiente, adquiriu a sabedoria do Faraó e tornou-se como o Faraó com toda a sua atitude egoísta perante a vida.

Pergunta: Isso significa que até mesmo nossas inclinações altruístas são baseadas no egoísmo e se desenvolvem a partir dele?

Resposta: Bem, vemos o que está acontecendo, toda a humanidade está se desenvolvendo de forma egoísta. Só agora brotos de nossas poderosas atividades egoístas estão gradualmente começando a aparecer: as coisas que fizemos para esta Terra, como tudo é sem sentido e apenas para o nosso detrimento. Nós vivemos essa vida, a estragamos um para o outro e morremos. Essa é a nossa existência.

É esse reconhecimento da maldade da nossa natureza egoísta que devemos revelar nesta geração.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 26/03/21

Entenda A Natureza Um Do Outro

961.2Comentário: Hoje, as pessoas não querem obrigações umas com as outras e por isso não se casam.

Minha Resposta: Uma pessoa é egoísta. Se ela entendesse que o casamento realmente a preencheria e que foi criado para que ela pudesse dar e receber no casamento, veria que não há nada melhor.

Mas para isso, uma forma de comunicação precisa ser criada para que um homem seja satisfeito por sua esposa, filhos e família para que ele tenha exatamente essas necessidades, qualidades, desejos que não são alterados artificialmente para que ele seja forçado a fugir à noite em algum lugar para clubes, bares.

É o mesmo com uma mulher. Ela deve estar determinada a criar para sua família, seu marido e seus filhos as condições das quais ela própria desfrutará. Portanto, uma educação adequada é necessária aqui. Não importa que nos tornemos mais egoístas. O egoísmo maior, na verdade, deve nos levar ao próximo nível.

Devemos educar meninos e meninas adequadamente, ensiná-los a interagir uns com os outros e não dar-lhes apenas aulas sobre sexo nas escolas. Acontece que estamos apenas ensinando aos animais as relações sexuais corretas, mas não ensinamos as pessoas como se conectarem adequadamente, como se compreenderem e se complementarem.

Se não lhes dermos essa educação, a próxima geração será miserável. Eles chegarão a alguma interação mecânica, a algo incompreensível.

A Cabalá diz que tudo na natureza é construído com base na reposição, na harmonia. Essa reposição depende da compreensão da natureza de cada um.

Lembro quando estava no primeiro ano do instituto, tínhamos um professor, Svyadoshch Avraam Moiseevich. Ele nos levou a diferentes hospitais para cirurgias para nos mostrar as condições extremas em que as pessoas se encontram imediatamente após um acidente, durante um parto difícil ou após um transplante de coração.

E nós, meninos de dezoito ou dezenove anos, ficamos muito abalados com isso. Quando saímos da maternidade, foi um choque: como é difícil dar à luz, quanto sangue, quanta dor. Quase choramos, olhando para as mulheres em trabalho de parto. Nossa atitude em relação a muitas coisas mudou. Começamos a tratar até mesmo as meninas de nosso grupo de maneira diferente.

Com base no que vivi, levaria todas as crianças em idade escolar a hospitais, maternidades e necrotérios para explicar e mostrar às crianças o que significa a vida, quando você passa por todos os estados, desde o nascimento, passando por vários problemas, ferimentos, morte, até o cemitério, tudo isso é necessário. E eu faria isso com uma preparação preliminar muito séria, para que as crianças não tivessem traumas psicológicos. É assim que se constrói uma compreensão e uma atitude adulta perante a vida.

De KabTV, “Close-up”, 11/08/09

Adapte-Se Ao Programa Da Natureza

570Comentário: Os jovens deixam a escola, entram em um novo mundo, e o que eles recebem, eles não querem, e não lhes é oferecido mais nada.

Minha Resposta: Nosso mundo é o mundo do egoísmo. As pessoas têm um poder egoísta umas sobre as outras, e esse poder prefere operar com força. Você não pode fazer nada aqui. O poder não pergunta se é bom ou ruim, é possível ou não. Se ele pode vencer, ele imediatamente se realiza.

Claro, eu entendo as direções multifacetadas dos jovens em seu desejo de ver o mundo pelos outros. Mas eles devem perceber que, antes de tudo, depende de quanto eles podem se preparar para isso.

Na verdade, por exemplo, para mudar a vida no Irã, ou escrever um bom livro para os chineses, ou fazer outra coisa em qualquer país do mundo, eles devem entender o que é a lei básica da natureza e para onde a natureza nos conduz visto não podemos agir contra ela.

Nós vemos como, por milhares e milhares de anos, a humanidade tem tentado seguir o caminho que inventou para si, acreditando que esse é um caminho supostamente bom e correto. Na verdade, estava sempre errado. Escolher um novo caminho dá errado, outro novo caminho, errado de novo. Como um grupo de pessoas pequenas em uma enorme floresta. Estamos em tais condições até hoje.

Mas agora a sabedoria da Cabalá nos é revelada, o que explica as leis do desenvolvimento do mundo, seu programa e a meta de desenvolvimento. Portanto, devemos primeiro estudar tudo isso, e depois, entender mais sobre este programa e nos adaptar a ele, não ele a nós, mas eu a ele! Como este é o programa da natureza, não podemos quebrar a natureza. Ela nos destrói, se necessário.

Depois de dominarmos esse programa e entendê-lo, precisamos nos adaptar a ele de alguma forma para que possamos viver nele, nos desenvolver em relação a ele. Assim, nos aproximaremos da natureza e realmente veremos e sentiremos em que curso de vida estamos inseridos e como ela deseja nos mudar.

Agir na mesma direção em que a natureza nos afeta – esse será nosso estado mais confortável e correto. Isso deve ser ensinado.

De KabTV, “Mundo Integral”, 13/07/18

Aja De Acordo Com A Fórmula Da Natureza

599.02Comentário: Em fontes Cabalísticas, está escrito que sem a revelação do Criador, não podemos ser iguais.

Minha Resposta: Não seremos capazes de fazer isso porque precisamos de um denominador comum para o qual fazemos isso. O bem da sociedade não pode nos interessar. Nosso egoísmo está além disso.

A igualdade só é possível se nos unirmos em nossa raiz superior, da qual viemos. Então, ao chegarmos lá, entenderemos porque somos diferentes. Precisamente essa diferença na soma integral nos dá a sensação de igualdade.

Comentário: Ao longo da história da humanidade, nós existimos em uma sociedade onde não havia igualdade. Ainda hoje, a luta pela igualdade de oportunidades continua. As mulheres tentam ser como os homens e vice-versa.

Você, como um Cabalista, diz que não pode haver igualdade e que a própria humanidade nunca chegará a isso.

Minha Resposta: Não precisamos lutar pela igualdade mecânica. Devemos agir de acordo com a fórmula da natureza, e então nos tornaremos iguais. Embora sejamos diferentes, seremos iguais.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 29/04/19

Existe Igualdade Na Natureza?

551Pergunta: Existe algo como igualdade na natureza?

Resposta: Não há igualdade na natureza e não pode haver. Nesse caso, ela seria completamente nivelada.

Ao contrário, deve haver diversidade na natureza, ou seja, dissimilaridade, desigualdade e todos os tipos de contradições entre objetos e fenômenos. É isso que dá a riqueza de todas as cores e propriedades que existem na natureza. Caso contrário, não teria havido nada.

Se um fosse idêntico ao outro, como eles se conectariam e se complementariam?

Pergunta: Então, igualdade não é idêntica à equalização, como foi tentado em alguns países?

Resposta: Não. É por isso que não deu certo. Além disso, a própria igualdade é extremamente contrária à natureza humana. Por alguma razão, todos nós queremos ser iguais, mas não entendemos isso.

Se todos fossem totalmente idênticos em algo ou em tudo, não seria vida. Não seríamos capazes de trocar, receber e dar um ao outro. Não poderíamos nos desenvolver.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 29/04/19

O Mundo Inteiro Rumo Ao Desafio Da Natureza

259.02Pergunta: Como a humanidade pode enfrentar o desafio da natureza que agora enfrenta? É claro que cada um toma uma decisão por si mesmo. Os médicos vão aos hospitais para salvar vidas. Os cientistas estão desenvolvendo vacinas. Como isso pode acontecer com toda a humanidade?

Resposta: Somente se realmente houver um grande problema que absolutamente todas as pessoas na Terra enfrentam, e todos sintam sua total dependência de alguma ameaça superior, então, muito possivelmente, todas as pessoas do mundo se levantarão e se unirão para superar essa ameaça. Isso seria bom!

Por enquanto, não vejo isso. Tudo depende do surgimento de uma ameaça externa universal. Mesmo se algo ressoar em algum lugar, como o tsunami no Japão ou a usina nuclear de Chernobyl, o resto pode não saber disso. Precisamos que algo tão extremo aconteça que todos na Terra estremeçam e comecem a pensar sobre o que fazer com nossas vidas.

Pergunta: A sensação de tal problema traz em si alguma força de conexão entre as pessoas? Talvez seja algum tipo de mudança psicológica, um abalo psicológico?

Resposta: Não. Acho que algo muito sério deve acontecer, como, digamos, um terremoto mundial, para que a Terra seja devidamente abalada. Então haverá a necessidade de se unir em face de uma ameaça global externa.

Mesmo a queda de um meteorito não seria capaz de trazer tanto medo à humanidade, pois apenas uma parte da Terra seria danificada por ela. Se um continente inteiro ficar submerso, não será uma perda para toda a humanidade. É necessário que todos experimentem o horror da perda a tal ponto que estejam prontos para agir corretamente depois disso.

Eu tenho visto pessoas assim que foram libertadas das prisões soviéticas. Elas estavam dizendo: “Só pão e água, é tudo de que precisamos. Estamos prontas para viver assim o tempo todo: trabalho, pão e água. E se tivermos uma família e um prato de sopa com pão e água, então é o paraíso”. Esse é o choque que todos devem experimentar para ter a oportunidade de corrigir a humanidade. Uma pessoa é suavizada pelo sofrimento.

De KabTV, “Expresso de Cabalá”, 12/01/21

O Que 2020 Queria Nos Dizer?

963.6Comentário: A conhecida e respeitada revista Time dedicou uma capa para 2020 e chamou-o de “O pior ano de todos”.

A capa exibia o número “2020” em preto com um enorme “X” desenhado em um marcador vermelho riscando-o para ilustrar a reportagem “2020, O Pior Ano De Todos”.  Nele, o autor escreveu: “O resto de nós não teve rodinhas para isso – para a recorrência de desastres naturais que confirmam o quanto traímos a natureza; para uma eleição disputada com base na fantasia; para um vírus que se originou, possivelmente, com um morcego apenas para virar a vida de praticamente todos no planeta e acabar com a vida de cerca de 1,5 milhão de pessoas em todo o mundo0.”

Ou seja, vamos riscar este ano, excluí-lo da história da humanidade, este pior ano de todos.

Minha Resposta: As pessoas não entendem. Elas não entendem que é a natureza que toca o homem, mas o homem toca a trombeta.

Comentário: Esse ano caiu forte sobre nós… o vírus!

Minha Resposta: O coronavírus, a natureza reage à nossa interferência com ele, o que simplesmente não é mais aceitável

Pergunta:  Então, nós bagunçamos tanto que agora …?

Resposta: Claro! Estamos em um sistema enorme e fechado da natureza. Cientistas falam sobre isso. A revista Time relata que este ano foi muito ruim. A revista tem que vender, eu entendo. Mas, na verdade, não é assim que deve ser apresentado à humanidade.

Devemos explicar seriamente às pessoas onde estamos, em que tipo de sistema, um sistema fechado da natureza! Essas são leis! Se as quebramos em um mínimo grau, elas reagem.

Comentário: Mas ninguém me disse que isso é uma lei.

Minha Resposta: Volte para a escola e aprenda. Crie outras disciplinas na escola para que você não aprenda nenhum “ismo”, mas sim seriamente – biologia, zoologia, botânica, ciências naturais, física, química e assim por diante – para que seja explicado que existimos em um sistema em que tudo está conectado de forma muito clara e rígida.

O fato de a revista Time estar indignada só mostra que há idiotas sentados ali. Estou falando sério. Por que eles não podem abrir esta revista para fins educacionais: “Gente, estamos aqui … vocês sabem, estávamos perdidos”.

Comentário: Vamos olhar para este ano. Não vamos riscá-lo. Tenho a sensação de que este é para você o melhor ano da história da humanidade.

Minha Resposta: Um ano maravilhoso! Este é o ano da mudança! Este é o primeiro ano em que a natureza nos mostra de uma forma mais aberta do que antes como ela reage às nossas distorções impossíveis de suportar em seu sistema.

Pergunta: Você colocaria outro artigo lá?

Resposta: Claro! Eles não entendem que sua tarefa é ensinar as pessoas como reagir corretamente e mudar a humanidade.

Eu diria o seguinte sobre o resultado deste ano: em todos os bilhões de anos do universo e milhões de anos da humanidade, nunca houve um ano melhor do que o último ano que está terminando.

Este é o primeiro ano em que o Criador se mostra a nós com mais clareza. O Criador significa natureza, o sistema da natureza. Quando ele se mostra mais claro e diz: “Meus filhos, se vocês continuarem a se comportar assim, terei que ensiná-los como uma mãe amorosa que não tem outra escolha. Vou puni-los, bater em vocês e ao mesmo tempo ajuda-los, mostrar-lhes o que fazer e como fazer.

Mas não tenho outra escolha porque vocês não percebem isso de uma maneira boa. Por quê? Bem, olhe o que vocês escreveram de volta para mim. Seus representantes, a mídia, veja o que eles estão fazendo, como expressam minha atitude – a atitude da natureza!” Falo em nome da natureza.

Minha atitude para com a humanidade, para com vocês, para com todos. Veja como dizem que não estamos felizes com a natureza, que o que ela tem feito conosco ultimamente é a pior coisa que poderia ter acontecido conosco. Isso é chamado de mãe amorosa? É como uma criança batendo os pés e gritando: “Mãe má!”

E a natureza não tem outra escolha. Tem apenas uma condição: levar-nos ao melhor resultado. Como uma mãe. Ela quer que o filho tenha sucesso em sua vida. Ela terá que de alguma forma empurrá-lo, ajudá-lo e, ao mesmo tempo, torcê-lo e tentar colocá-lo nesse sistema, nesse formato do qual ele obterá o melhor resultado.

Devemos nos solidarizar com a natureza, o Criador: que trabalho difícil Ele tem com essas crianças!

De KabTV, “Notícias com o Dr. Michael Laitman”, 10/12/20

Cabalá – Mergulhar Na Natureza

219.01Pergunta: As visões da Cabalá são próximas ao Budismo e em muitos aspectos à ioga, ao catolicismo e à alquimia europeia, aparentemente, de acordo com os métodos de alcançar um futuro mais brilhante. Mas, até onde eu entendo, o futuro mais brilhante só pode ser alcançado por meio da unidade na Cabalá. Por quê? Se outras escolas oferecem isso, por que não contam?

Resposta: Os Cabalistas não rejeitam ninguém. Mas, aparentemente, existem várias maneiras de unir a humanidade. Hoje entendemos que sem unidade iremos simplesmente perecer, destruiremos uns aos outros. Por tudo o que acontece conosco, vemos que esse é o único caminho para a salvação. Nem o desenvolvimento da tecnologia nem qualquer outra coisa nos ajudará. Precisamos desenvolver uma pessoa para a comunicação, para uma maior boa conexão com os outros.

A Cabalá explica como fazer isso. Ela conta com uma boa força oculta na natureza que pode nos unir. O homem não tem esse poder. Não importa quantas meditações façamos ou como empreguemos vários métodos com todos os tipos de exercícios, isso não nos ajudará, porque o egoísmo nos permeia literalmente de cima a baixo.

A metodologia Cabalística é construída sobre a união da humanidade com a ajuda de uma boa força que existe na natureza, mas está oculta de nós. Portanto, a Cabalá é chamada de ciência secreta porque revela esse poder e, então, usando-o, podemos nos unir. Isso é o que torna a Cabalá diferente de outros ensinamentos.

Mas isso não é meditação, não é um exercício físico. Isso é realmente mergulhar na natureza. Mas é diferente. Você só precisa entender o que é.

Em princípio, a Cabalá não nega nada, na verdade, nem todos os outros métodos. Nem eles se negam, mas cada um tem uma abordagem diferente.

Na humanidade existem diferentes grupos de pessoas com diferentes inclinações e preparações psicológicas da natureza. Portanto, é necessária uma abordagem diferente. A propósito, na Cabalá é dito que existem muitas maneiras de alcançar a unidade.

Mas o fato de que a unificação entre todos é o objetivo e o modo de existência verdadeiramente correto, isso não pode ser negado hoje. A pessoa deve verificar por si mesma se o método da Cabalá lhe convém. E se não, ela pode escolher outra coisa.

Mas, ao mesmo tempo, você precisa se esforçar para unir as pessoas. Acredito que essa seja uma tarefa e responsabilidade de todos.

De KabTV, “Pergunte ao Cabalista”, 20/03/19

Unificação É Uma Tendência Da Natureza

632.3Pergunta: Internamente, estamos constantemente nos afastando um do outro. Vemos que o pensamento egocêntrico cresce o tempo todo e se manifesta em diferentes situações.

Chegamos ao ponto final do distanciamento social ou continuaremos a nos distanciar uns dos outros antes de começar a nos unir? Qual é a tendência da natureza?

Resposta: A tendência da natureza é direcionada para a unificação absoluta de todas as pessoas; portanto, ela nos obriga a nos aproximarmos o tempo todo. Por mais que queiramos nos distanciar uns dos outros com o nosso egoísmo, a natureza, ao contrário, vai nos unir e nos forçar a nos aproximarmos até entendermos que esse movimento deve ser sentido.

Pergunta: Existem duas tendências aqui. Por um lado, a natureza, que fomenta o egoísmo em nós, nos afasta uns dos outros. Por outro lado, a mesma natureza nos empurra para a unificação. A natureza tem duas forças, por assim dizer?

Resposta: Naturalmente. Essas são as forças egoístas que estão na base de nosso mundo e a força altruísta é a força de atração, amor mútuo e doação, que está na base do mundo espiritual. Ambas as forças, especialmente em nosso tempo, estão cada vez mais se manifestando em nós.

É bom se entendermos para onde tudo isso vai levando e começarmos a caminhar junto com a natureza. Nesse caso, não sentiríamos contradições, problemas ou golpes do destino.

Se não quisermos isso e agirmos apenas de acordo com nossa força egoísta, teremos muitos problemas, incluindo todos os tipos de guerras, problemas com vírus, como agora, e assim por diante.

De KabTV, “Habilidades de Comunicação”, 30/10/20

Deixe O Gentil Vencer, Não O Forte

552.02Pergunta: Multiculturalismo é um conceito que reconhece que todas as culturas são iguais e têm o mesmo direito de existir. Você concorda com esta afirmação?

Resposta: Depende de quais culturas e para onde elas nos levam. Não acredito em palavras bonitas. “Multi” não existe na natureza. Existe apenas uma força superior na natureza. Se quisermos ser assim, chegamos a um bom denominador. Se não, chegamos ao mau denominador.

Comentário: Mas há tanta variedade na natureza!

Minha Resposta: Essa variedade só existe na natureza humana, na qual os fortes sempre vencem. Se quisermos nos elevar acima de nossa natureza para não nos devorarmos uns aos outros, precisamos que o gentil (amável) vença, não o forte. Só então seremos capazes de sobreviver.

De KabTV, “Habilidades de Comunicação”, 16/10/20