Textos com a Tag 'CABALISTAS'

Saber Onde Pisar

laitman_760_2Pergunta: Uma pessoa que vive sabiamente precisa saber como dar o próximo passo para não falhar ou cair. Uma pessoa que vive no mundo corpóreo segue seu coração e não importa onde vá, seu próximo passo é sempre em terreno sólido. E os Cabalistas?

Resposta: A sabedoria da Cabalá é destinada apenas a dar à pessoa a oportunidade de onde dar o seu próximo passo e como avançar o mais rápido possível.

Da Lição de Cabalá em Russo 01/01/17

Um Cabalista É O Amigo De Outro

laitman_565_01Pergunta: Quem um Cabalista considera um amigo, e será que ele tem muitos amigos?

Resposta: Um Cabalista não tem amigos. Para ele, toda pessoa que se engaja na busca do atributo de amor e doação junto com todo o grupo é um amigo.

A raiz da palavra “amigo” - “Haver” em hebraico, vem da palavra “Hibur” – “conexão, unidade”: aqueles com quem eu posso me conectar em unidade para descobrir o sentido da minha vida são chamados de meus amigos.

Pergunta: Isso significa que um Cabalista não tem amigos com quem possa, digamos, ir a um jogo de futebol uma vez por semana?

Resposta: Não, quando eu era jovem, eu tinha muitos amigos com quem estava perto até a idade de 20 a 22 anos. Depois, nos separamos, e cada um seguiu seu próprio caminho. Alguns foram para o exército e outros para a universidade.

Hoje, eles me convidam para suas reuniões, mas eu não encontro tempo, energia e desejo de estar com eles porque somos totalmente diferentes e não temos metas ou desejos comuns. Não temos nada para conversar, exceto talvez lembrar como as coisas costumavam ser há 50 anos ou como a vida passou, mas não temos um presente ou futuro comum.

Da Lição de Cabalá em Russo 12/11/16

Atravessar o Muro

Walking through the WallNo passado, os Cabalistas tinham que fazer com que seus corpos passassem por tormentos físicos, a fim de revelar a espiritualidade, como é dito: “Coma pão com sal, beba água pura, durma no chão, estude a Torá, e então você vai ter sucesso!” Hoje em dia você pode dormir em um colchão de pena, como uma princesa, comer o que quiser e quanto quiser.

A questão é: onde estão nossas intenções? Nós chegamos a um estado onde não devemos nos concentrar em nossas ações, mas sim em nossas intenções. Afinal, as ações são fáceis, ao passo que corrigir a intenção é o ato mais terrível e difícil. Esse é o destino da nossa geração, é o grau final da correção.

Agora estamos diante de um muro. Nós devemos mudar nossa atitude em relação ao Criador, a força única da Natureza. Esse muro entrará em colapso somente quando decidirmos, pelo menos em uma das dezenas, atravessá-lo. Então, o mundo corpóreo começará a desaparecer de nossa percepção.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 19/9/16

Grandes Cabalistas São Almas Especiais

laitman_740_02Pergunta: Como grandes Cabalistas como o Ari, Baal HaSulam, Rabash e outros puderam perceber sozinhos o mundo superior, sem um grupo, sem um professor? Hoje, há muito material que não estava disponível antes e boas condições que não existiam no passado. No entanto, apesar de tudo, é muito difícil atravessar a fronteira entre o nosso mundo e o mundo espiritual.

Resposta: Em primeiro lugar, não podemos nos comparar com o Ari, o Ramchal e o Baal HaSulam. Há almas especiais que vêm a este mundo porque ocupam lugares particulares na alma coletiva, como o coração, os pulmões ou o fígado no corpo humano, por exemplo. São partes sem as quais o corpo não pode se sustentar.

Existem também órgãos de importância secundária cuja função não é imperativa para a operação de todo o corpo que basicamente executam as instruções do resto dos órgãos.

Nós aprendemos que o nosso corpo é construído e organizado como uma alma. Ele tem um cérebro, ossos, nervos, carne e pele, em geral, todas as partes do corpo de cima para baixo, e dentro e fora, precisamente de acordo com a estrutura da alma.

Assim, há almas que descem ao nosso mundo e são desenvolvidas nele de acordo com leis especiais para elas. Se considerarmos como um feto se desenvolve no útero de sua mãe, primeiro uma parte se desenvolve, depois outra, depois outra parte, depois a primeira parte novamente. Geralmente, é uma ordem muito interessante.

A sabedoria da Cabalá examina essa ordem e a explica. A medicina simplesmente indica os fatos que vê, mas não mais do que isso, enquanto a sabedoria da Cabalá fornece uma explicação precisa para a razão pela qual diferentes partes do corpo se desenvolvem de tal maneira em diferentes momentos e seguindo uma ordem sequencial particular.

Assim, o Ari, o Baal HaSulam, o Rashbi, o Rabash e outros grandes Cabalistas são almas especiais que vieram ao nosso mundo para deixar sua continuidade nela na forma dos fundamentos da alma coletiva, enquanto não podemos nos considerar como estes.

Se tivéssemos as mesmas pré-condições que eles tinham, nos comportaríamos e sentiríamos esse mundo de forma completamente diferente. Nós somos simplesmente partes da alma coletiva, e todo o nosso trabalho pode ser resumido em estarmos mutuamente conectados como foi descrito por Moisés.

Está escrito na Torá que Moisés se desenvolveu de uma maneira especial. Batya, a filha do Faraó, o encontrou num berço flutuando na água. Portanto, ela o chamou de “Moisés” da palavra “tirar”, tirando-o do Nilo. Ela o levou para o palácio real, e ele foi criado como um príncipe, o neto de Faraó.

Quando Moisés cresceu, se tornou um enorme Cabalista e tirou seus irmãos do Egito. No momento em que fez isso, o seu sogro, Jetro, rei de Midiã, o grande líder e sacerdote dos midianitas, veio a ele. Ele ensinou a Moisés como reconstruir todo o sistema, e Moisés ouviu e dividiu todo o povo em dezenas, centenas, milhares e assim por diante. Cada um tinha que conhecer seu lugar e trabalhar em uma conexão com os outros. Desde então, tem sido costume fazer isso.

Indivíduos especiais como Moisés alcançaram uma saída para o mundo superior de uma maneira completamente especial na qual a descoberta do Criador existia, enquanto que nós trabalhamos como a Torá ordena, reunindo-os como dezenas, as dezenas reunindo-se como centenas, as centenas em milhares e assim por diante. Dessa maneira, atraímos a Luz Superior para nos influenciar. Ela nos eleva e nos purifica, e nós alcançamos a descoberta do mundo superior.

Da Lição de Cabalá em Russo 30/10/16

Quem Quiser Me Ouvir, Ouvirá

laitman_284_03Pergunta: Você é a única pessoa que recebeu permissão de Cima para ensinar a sabedoria da Cabalá?

Resposta: Eu ensino e quem quiser me ouvir, ouvirá. Eu não tenho uma autorização que foi enviada do “escritório espiritual”, que certifica que sou o único autorizado a ensinar a sabedoria da Cabalá.

Comentário: Seria bom se houvesse tal certificado.

Resposta: Isso não é verdade. Isso obrigaria as pessoas. Onde estaria seu livre arbítrio?

Da Lição de Cabalá em Russo 07/08/16

Cabalistas E O Tempo

Dr. Michael LaitmanPergunta: Nos escritos de “A Última Geração”, Baal HaSulam explica trinta milhões de anos de desenvolvimento do planeta Terra, esfriamento, aquecimento, e assim por diante. Por um lado, os Cabalistas não falam sobre o tempo e, por outro lado, é o que ele escreveu. O que ele quer dizer com as palavras: “trinta milhões de anos”?

Resposta: Baal HaSulam quer dizer que, dentro de nossas sensações, em pulsos, na reflexão de tempo, tais condições não foram criadas de uma só vez; elas foram construídas através de um processo de ações contrastantes, calor e frio, mais e menos, até que chegaram a um denominador comum.

Como resultado, nas profundezas da Terra, em um fogo extremo, todos os elementos da tabela periódica ferveram e, acima, nós vivemos calmamente sobre a crosta fina que nos separa do inferno fervente abaixo. E tudo depende dessa crosta fina.

Pergunta: Antes de  Baal HaSulam, nenhum Cabalista havia descrito esses processos?

Resposta: Sim, mas isso não significa que eles não soubessem sobre eles. É justamente que eles não puderam expressar em uma linguagem até então. Visto que Baal HaSulam viveu no século XX, quando começamos a nos corrigir, e o mundo começou a se mover para o fim da correção, uma linguagem acessível ao nosso entendimento apareceu.

Da Lição de Cabalá em Russo 14/08/16

Por Que Os Cabalistas Esconderam Seus Livros?

laitman_527_07Pergunta: Por que foi necessário esconder a sabedoria da Cabalá?

Resposta: Só assim a humanidade não ficaria confusa. No nosso tempo, se as pessoas lerem um livro de Cabalá, não vão entender nada nele porque, para entendê-lo, a pessoa deve ascender a um nível superior e começar a usar as forças que operam lá. Portanto, os Cabalistas esconderam seus livros.

Não há razão para revelar o que a própria natureza esconde. Por exemplo, a natureza revelou sua energia nuclear há 2.000 anos, mas foi somente no século passado que as pessoas começaram a usá-la. Imagine o que teria acontecido se isso tivesse ocorrido mais cedo!

Pergunta: Para equilibrar o egoísmo, a pessoa precisa atingir a força positiva na natureza. Como ela descobre essa força?

Resposta: Somente se ela age de acordo com o sistema integral: trabalhando em um grupo, anulando-se corretamente em relação aos amigos, e estudando a sabedoria da Cabalá junto com eles. Dessa forma, ela desperta e atrai para si a influência dessa força positiva escondida na natureza.

Em nosso mundo, tudo se baseia na cooperação mútua entre o positivo (força positiva) e o negativo (força negativa), mas o nível positivo da natureza humana está oculto; nós devemos obtê-lo da natureza. Para fazer isto, a pessoa deve ansiar em alcançar a força positiva.

Isso só é possível se uma pessoa mantiver todas as condições que eu indiquei anteriormente. Então ela desperta a revelação da força positiva sobre si mesma. Através do equilíbrio com a força negativa, ela constrói a si mesma.

Da Lição de Cabalá em Russo 03/07/16

Ouçam As Palavras Dos Cabalistas

laitman_214Baal HaSulam diz em seu artigo, “A Última Geração”, item 17:”Se eu vivesse em uma ilha de selvagens que não podem ser organizados de acordo com a lei, mas pela religião, eu duvidaria e os deixaria se destruir?

“Da perspectiva altruísta todos são selvagens e não há como eles aceitarem qualquer solução a menos que seja pela religião. Quem vai hesitar em deixá-los sozinhos até se destruírem com bombas de hidrogênio?”

Nós vemos que toda a humanidade se comporta como selvagem, e ninguém entende a situação terrível e inevitável para onde o mundo está avançando: rumo a uma guerra iminente, uma crise sistêmica e desastres climáticos. Apesar da gravidade da situação, as pessoas não entendem que um sistema único para sair da crise geral lhes é oferecido aqui.

Baal HaSulam sugere que devemos agir e não esperar “até que se destruam com bombas de hidrogênio”.

A sabedoria da Cabalá fala de duas opções: as pessoas vão ouvir o que os Cabalistas dizem ou uma guerra de hidrogênio vai acontecer, como diz o Baal HaSulam, e só depois, como resultado dos terríveis choques que a humanidade vai sofrer, as pessoas vão ser capazes de perceber o método de conexão geral em um sistema no qual devemos ser como partes integrantes que compõem um único vaso, um sistema chamado Adão, ou alma.

Da Lição de Cabalá em Russo 10/07/16

Os Cabalistas Sabem Tudo

Laitman_712_03Pergunta: Como é que os Cabalistas que viveram há 5.000 anos sabiam detalhes impossíveis e precisos sobre o corpo feminino? Afinal de contas, eles não eram médicos.

Resposta: Em primeiro lugar, na nossa época, têm-se encontrado provas em escavações arqueológicas de que há milhares de anos as pessoas faziam inclusive cirurgias no cérebro.

Em conexão com a sabedoria da Cabalá, os Cabalistas sabem disso não a partir do nosso mundo. Os Cabalistas não estavam envolvidos com a pesquisa fisiológica de homens e mulheres. Eles atingiram as características superiores da natureza, de que somos o resultado. A este respeito, os Cabalistas tinham conhecimento absoluto e podiam falar sobre o corpo masculino e feminino a partir de uma consciência fundamental.

Para aqueles que estão começando a estudar a sabedoria da Cabalá, não é fácil conectar o nosso mundo imediatamente com o mundo superior, com as forças que nos governam. As forças que criam o corpo humano moldam seu estado externo e seus órgãos internos, organizando-os em seus lugares, conectando entre eles, forçando-os a funcionar corretamente e, depois disso, o acoplamento de homens e mulheres, a fim de dar à luz, cuidar, etc.

Tudo isto acontece sob a influência de forças mais elevadas. Quando atingimos o sistema superior, já não precisamos sequer saber o que está acontecendo em nosso mundo porque sabemos exatamente o que está acontecendo nele a partir de uma compreensão de como o sistema superior organiza tudo e traz isso para baixo em nosso mundo.

Assim, em nosso mundo, nós absolutamente executamos as instruções das forças superiores, não temos possibilidade de operar de outra forma. Um Cabalista que tem uma conexão com o mundo superior vê o que está acontecendo naquele altura e imediatamente também sabe o que está acontecendo em nosso mundo. Não é segredo para ele e não há o que duvidar.

Da Lição de Cabalá em Russo 24/04/16

Atributos De Um Cabalista

laitman_222_0Pergunta: Um Cabalista pode às vezes ficar irritado e impaciente com aqueles que o rodeiam?

Resposta: Se uma pessoa se engaja na disseminação da sabedoria da Cabalá e quer conseguir algo, ela certamente sente tensão e raiva, tem dúvidas e perguntas diferentes: como deve agir da melhor maneira possível, e se deve fazer seu trabalho de uma forma ou de outra. Embora ela já esteja incluída na força superior, ela tem liberdade de escolha para usá-la da melhor maneira, e por isso há espaço para todos os sentimentos humanos.

Pergunta: Como Cabalista você nunca foi insultado por alguma coisa?

Resposta: Não, pelo que eu posso ser insultado? Eu só posso ser insultado pela força superior que toma tudo sobre si mesma.

Pergunta: É típico de um Cabalista se sentir responsável?

Resposta: Um Cabalista sente o maior sentido de responsabilidade porque nada o obriga a trabalhar para o bem-estar dos outros, exceto o sentido de responsabilidade e compromisso que ele tomou sobre si. O sentimento de responsabilidade que ele tem é apenas em relação ao Criador e não qualquer outra pessoa. Na medida em que o Cabalista se desenvolve espiritualmente, ele se torna cada vez menos ganancioso. Ele ensina as pessoas a descobrir o Criador na conexão correta entre si; ele serve como um professor para seus alunos, um conselheiro, um mentor e um treinador, até que seus estudantes possam avançar de forma independente. Depois, ele sente que não precisa de nada e está apenas feliz que eles não precisam mais dele e que podem avançar por conta própria.

Pergunta: Será que um Cabalista tem que ser corajoso?

Resposta: Todo mundo tem que ser corajoso e, especialmente, um Cabalista. Ele tem que entender claramente que está em um conflito com o Criador, que é revelado a ele de diferentes maneiras. A pessoa sofre tais transformações que precisa ser persistente, teimosa, corajosa e firme. Um Cabalista não pode ser covarde sob quaisquer circunstâncias, mas deve ser capaz de manter a sua opinião quando se depara com o Criador, quando o Criador está testando-o e tentando desviá-lo do caminho certo, invocando nele diferentes dúvidas, que, assim, fortalece-o. Esse reforço é alcançado graças à resistência muito forte de uma pessoa.

Pergunta: Será que é típico de um Cabalista sentir medo? Do que ele tem medo?

Resposta: Não, o medo desaparece. Um Cabalista só pode temer uma coisa: não poder fazer corretamente o que tem que fazer.

Pergunta: Em que medida o senso de humor é importante para um Cabalista?

Resposta: O senso de humor é muito importante no trabalho de um Cabalista. Eu realmente aprecio o humor e piadas, assim como o Rabash, meu professor, que costumava ouvir as piadas que eu dizia com grande prazer. O humor é um pensamento brilhante que vem à mente quando a pessoa encontra várias situações embaraçosas que se contradizem e sabe como conectá-las.

Pergunta: Será que um Cabalista sente vergonha, e em caso afirmativo, de que?

Resposta: Um Cabalista só sente vergonha se ele não usa a oportunidade de atribuir tudo ao Criador; não é vergonha de ter sido capaz de fazer algo e não o fazer porque tudo é cumprido de cima, mas vergonha de ter tido a oportunidade de atribuir o que aconteceu ao Criador e perdê-la. Isso também é arranjado para ele pelo Criador para que ele atribua tudo a Ele.

Pergunta: O que aconteceria se eu descobrisse de repente que fiz algo 20 anos atrás que me sinto envergonhado?

Resposta: O passado será revelado a você como terríveis transgressões e você tem que entender que tudo foi feito pelo Criador, não por você. Uma pessoa não tem culpa de nada. Mesmo a pessoa mais cruel não faz nada por si mesma. É tudo arranjado dessa maneira pelo Criador de propósito.

Pergunta: O que é ser nobre para um Cabalista?

Resposta: Ser nobre é estar comprometido, ser responsável.

Pergunta: Será que um Cabalista já sentiu um sentimento de vingança ou raiva?

Resposta: O sentimento de vingança é uma correção. A pessoa se sente naturalmente irritada quando não pode cumprir as correções que dependiam dela, mas o fato de que ela não se corrigiu é intencionalmente organizado dessa maneira pelo Criador. Um Cabalista é uma pessoa que está em um estado não corrigido e cada vez sobe desse estado para um estado mais corrigido, e assim tem todos esses sentimentos.

Pergunta: A avareza é típica de um Cabalista?

Resposta: Se você está se referindo ao dinheiro, ele pode economizar dinheiro para gastar em disseminação.

Pergunta: Um Cabalista pode ser infiel?

Resposta: Ele tem um conjunto diferente de valores e, portanto, tais coisas não são típicas dele.

Pergunta: Será que ele pode ter inveja?

Resposta: A inveja é um atributo positivo que motiva a pessoa. Nós temos que desenvolver o nosso sentimento de inveja por aqueles que avançam mais rápido e mais longe ao longo do caminho espiritual.

Da Lição de Cabalá em Russo 17/04/16