Textos com a Tag 'CABALÁ'

Pesquisa Cabalística

632.3Pergunta: Em que pesquisa a Cabalá se baseia quando fala da relação entre um homem e uma mulher?

Resposta: Eu acredito que nenhuma ciência, exceto a Cabalá, tem a base para falar sobre um homem, uma mulher, seu relacionamento, sua natureza, de onde vêm, por que foram criados desta forma e existem neste relacionamento.

Tudo isso vem do fato de que a Cabalá se abre para nós no mundo superior, em nossas raízes. Com base nelas, já podemos falar sobre algo.

Por que a Torá diz: no início, um homem foi criado e então ele foi dividido em dois? Por que existem dois gêneros e nenhuma criatura que se reproduz ou não se reproduz? Tudo isso é revelado pela ciência da Cabalá.

Ela explora nossas raízes espirituais, ou seja, as forças a partir das quais os mundos espirituais se desenvolveram gradualmente. No processo de seu desenvolvimento, essas forças desceram, e uma pequena centelha, a energia do mundo espiritual, irrompeu no volume do universo então vazio e começou a criar matéria nele: estrelas, galáxias, nebulosas, planetas, até que, no final, criou a Terra. Então a vida começou a se desenvolver em nosso planeta.

Esses processos são estudados na Cabalá. E se estamos falando do fim da criação, que vai de cima para baixo, então um homem, uma mulher, seu desenvolvimento histórico, sua relação um com o outro, e a que eles chegaram hoje, tudo isso vem das mesmas raízes espirituais. Portanto, ao fazer uma pergunta sobre o relacionamento entre um homem e uma mulher no nível terreno, não podemos entender a resposta.

Embora eu tenha grande respeito por psicólogos, sociólogos, sexólogos e outros cientistas, posso dizer que eles têm apenas um pequeno conhecimento fragmentário de observações em nosso mundo, que estão constantemente mudando e se contradizendo. E a Cabalá responde a isso de uma única raiz.

Mas o problema é que a Cabalá estava escondida até agora porque o mundo ainda não tinha condições adequadas para as pessoas começarem a praticá-la. Eles não precisavam dela.

Portanto, por muito tempo, a Cabalá não se desenvolveu apegada ao nosso mundo. Só agora está começando a se envolver nisso.

De KabTV, “Close-up”, 11/08/09

Entrar Em Contato Com A Cabalá

281.02Pergunta: Por que as pessoas que entram em contato com a Cabalá, mesmo que apenas um pouco, começam a mudar para melhor em poucos meses? Elas saem da depressão, interagem melhor com o mundo ao seu redor, fazem as pazes com seus inimigos e assim por diante.

Resposta: O fato é que isso lhes dá esperança, mostra a luz no fim do túnel, que a vida tem sentido, tem uma continuação.

Ou seja, elas revelam um quadro amplo, um painel de toda a natureza da interação humana e como tudo sobe para a próxima dimensão.

De KabTV, “Mundo Integral”, 13/07/18

Estados De Um Cabalista

963.1Pergunta: Por que não vemos mudanças no comportamento externo do professor em estados de subidas e descidas, enquanto vemos essas mudanças nos amigos? Como você consegue estar tão cheio de energia o tempo todo, enquanto os outros estão em estados de subidas e descidas?

Resposta: Já passei pelos estados em que você se encontra. Há muito tempo eu reconheci que esses estados são passageiros, e que depois do entardecer vem a noite, que depois da noite vem a manhã e depois o dia, e que eles são todos estados úteis.

Eu entendi que devo abaixar minha cabeça e esperar, e que posso até apressar o amanhecer, a luz espiritual. Esta é a razão pela qual estou sempre em um estado em que posso me ocupar fazendo algo.

Há estados em que devo assistir a um programa de TV político ou social que me ajude a pensar para que eu possa construir o vocabulário e a terminologia necessários e entender melhor o que está acontecendo no mundo, etc.

Fora isso, escrevo posts no Twitter, tenho reuniões com os redatores, que escrevem artigos para a imprensa, várias vezes por semana. Participo de sessões de filmagem de programas sobre uma variedade de tópicos diferentes relacionados à sabedoria da Cabalá, psicologia, etc., e dou aulas noturnas sobre O Livro do Zohar. Então, você pode ver que eu trabalho o tempo todo.

Quero compartilhar um segredo com você: eu me envolvo em diferentes partes da sabedoria da Cabalá de acordo com o estado em que estou. Não há necessidade, por exemplo, de sensibilidade especial para estudar “O Prefácio à Sabedoria da Cabalá” ou O Estudo das Dez Sefirot. Então, quando meus sentimentos ficam entorpecidos e me torno como um tronco, volto-me para essas partes. Por outro lado, quando meus sentimentos ganham vida, eu me dedico ao estudo dos artigos do Shamati ou do Rabash.

Todos os dias eu preciso me preparar para a lição do dia seguinte. Se a aula começar às três da manhã, acordo duas horas antes da aula, tomo um banho quente, me esquento e cuido para não adormecer. Tenho vivido de acordo com essa programação por mais de quarenta anos e, portanto, desenvolvi esse hábito.

Eu levo meu trabalho muito a sério. Embora eu conheça o material, eu o repasso antes da aula para entrar no assunto, para chegar a um estado em que eu possa me conectar com os alunos, e estar pronto para o contato com eles, para senti-los, então que eles poderão me sentir.

No início de cada lição, eu apresento o tópico a eles por dez a quinze minutos e tento apresentá-lo a eles de uma nova maneira. Isso significa que é um trabalho altamente criativo que exige um esforço mental constante, por isso, mesmo quando durmo, esses pensamentos não me deixam, e eu vivencio tudo dentro de mim.

Os alunos são a coisa mais importante que tenho. Eu me identifico com eles com grande admiração. Eles são a base da minha vida.

Acho que quem vem para a aula fisicamente ou que vê virtualmente sente isso e avança de um dia para o outro.

Eles recebem uma porção de conhecimento espiritual a cada dia, sentimentos e uma nova perspectiva, etc. Além disso, não é apenas um evento ou um fenômeno, mas uma verdadeira renovação interna, é um trabalho real.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 02/12/18

Por Que A Cabalá É Revelada?

214Pergunta: Na tradição judaica, acreditava-se que é proibido para uma pessoa despreparada ler O Livro do Zohar. Existe algum perigo nisso?

Resposta: É proibido não porque O Livro do Zohar seja perigoso e possa prejudicar uma pessoa, mas porque as pessoas ainda eram subdesenvolvidas. Afinal, uma pessoa e toda a humanidade evoluem com o tempo.

Houve um período em que a humanidade ainda não havia chegado ao estado em que desenvolveu a necessidade de entrar na sensação do mundo superior.

Hoje é esse o caso. Existimos em um mundo que não conhecemos e não entendemos. É essa falta de compreensão do mundo que nos oprime hoje e nos leva a quem sabe onde. Temos que revelar o mundo superior. Portanto, a Cabalá é revelada.

Pergunta: Uma pessoa encontra um livro ou um livro encontra uma pessoa?

Resposta: Basicamente, o homem é um ser totalmente controlado. Simplesmente não podemos saber o que vai acontecer no próximo momento de nossa existência, mas na verdade, está determinado. Para ver isso com antecedência, a Cabalá existe.

De KabTV, “Perguntas sobre Livros Cabalísticos”, 22/10/19

O Que É A Morte Do Ponto De Vista Da Cabalá?

712.03Pergunta: O que é a morte do ponto de vista da Cabalá? É o fim da vida ou o começo de algo novo?

Resposta: A morte do corpo bestial não tem relevância para sua verdadeira vida, que, é claro, não começa nem termina com isso. Você simplesmente começa a se sentir em outro estado. Portanto, você não deve pensar na morte e na preocupação. É melhor se pensarmos em como continuaremos nossa existência.

Pergunta: Mas o próprio desejo está de alguma forma conectado ao medo da morte?

Resposta: Não. Na verdade, o desejo de viver é um desejo eterno e absoluto. É o desejo de se conectar com a fonte da vida, com o Criador, e existir em conexão com Ele.

E nosso estado bestial, que chamamos de “vida”, é em suma uma pequena condição para nossa existência, a fim de começarmos a sentir algo mais elevado, o próximo nível.

Pergunta: Existe um registro da eternidade no homem?

Resposta: Certamente, há um registro do estado eterno. Sem ele, não o desejaríamos.

De KabTV. “Fundamentos de Cabalá”, 15/12/19

Na Cabalá, Não Há Lugar Para O Individual

547.05Pergunta: Por um lado, dizem que tudo está dentro da pessoa, mas por outro lado, você diz que preciso começar a trabalhar com outras pessoas. Não basta estudar, meditar e orar? Ainda tenho que entrar em contato com outras pessoas?

Resposta: É impossível para uma pessoa alcançar a revelação do Criador sozinha. Ela deve entender que isso é alcançado apenas em grupo e não há outra maneira. O indivíduo, o eremita, não tem lugar na Cabalá.

Ao tentar de alguma forma se unir a outras pessoas, você começa a “entrar no Egito” (egoísmo). Juntos, vocês cultivam a dezena, que, em conexão uns com os outros, estão tentando reunir em tais propriedades que serão semelhantes ao Criador.

De acordo com a lei da equivalência, o que existe entre você e as propriedades do Criador, as propriedades de doação mútua, amor, conexão, unidade, você começará a sentir o Criador dentro de você.

A Quem Se Destina A Sabedoria Da Cabalá?

49.01Comentário: Tio Peter, que trabalha como limpador de ruas, mora em nosso prédio. Ele é uma pessoa muito gentil e boa, cuja integridade e honestidade são absolutas. Posso deixar as chaves de minha casa para ele e ficar fora por dois ou três dias, e posso contar com ele para acompanhar meu filho onde ele precisar e assim por diante.

Posso dizer que a luz é revelada por meio dele desta forma, e ele certamente não precisa de nenhum conhecimento especial, uma dezena ou qualquer outra conexão para estar no estado de luz e pureza.

Minha Resposta: Claro que ele não precisa de nenhuma dessas informações se ele for tal pessoa por natureza. A sabedoria da Cabalá se destina a pessoas que têm um ego enorme, corrupto e não corrigido e que desejam corrigi-lo por si mesmas. Elas entendem que querem alcançar algo.

O tio Peter não quer nada e está tudo bem para ele, ele tem tudo. Ele está totalmente satisfeito, independente, e é por isso que se comporta dessa forma. Mas um cachorro no quintal que está feliz com o que tem também pode se comportar assim. Essas pessoas são, sem dúvida, gentis, mas não são benéficas na correção da humanidade porque não têm inclinação para fazer isso.

Somente egoístas não corrigidos que desejam algo e não podem encontrar paz em sua vida comum alcançam a sabedoria da Cabalá. Eles se sentem mal neste mundo e não podem suportar isso ou eles próprios. Eles acham que seus atributos não são corrigidos e, portanto, devem ser corrigidos. Essa é realmente a razão pela qual este mundo nos foi dado.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 25/11/18

Como Tudo Vai Acabar?

232.05Pergunta: A sabedoria da Cabalá destrói o equilíbrio de nossa natureza egoísta. Seria interessante saber como isso pode acabar para a natureza humana?

Resposta: Isso pode acabar de uma forma bastante previsível e eu espero que a solução esteja próxima.

Tudo terminará com o fato de que o egoísmo, como a parte negativa da natureza, será equilibrado pelo altruísmo, a parte positiva da natureza, e ambas as partes trabalharão em harmonia uma com a outra. E estaremos entre eles.

Devemos usar egoísmo e altruísmo. Tudo deve estar com moderação e equilíbrio. E uma pessoa terá essas duas forças.

De KabTV, “Pergunte ao Cabalista”, 20/03/19

Por Que A Cabalá Ignora As Práticas Espirituais?

559Pergunta: A abertura de zonas de energia, chakras, viagens astrais e meditação são práticas espirituais fundamentais. Por que a Cabalá se limita e as ignora, como se tudo relacionado à magia fosse especialmente removido dela?

Resposta: Aquilo que existe apenas em sua cabeça, no misticismo, em suas ideias e pensamentos, não está na Cabalá.

A Cabalá deve dar um resultado à pessoa. Além disso, esse resultado deve ser testado pela experiência, na prática. Se isso estiver faltando e houver apenas ideias rebuscadas, isso não é ciência.

A Cabalá fala sobre como devemos mudar nossos sentidos, e faz isso claramente, de uma maneira regulada, passo a passo. E de acordo com isso, sentiremos um novo mundo neles.

Você pode dizer: “Isso também é misticismo”. Não! Isso não é misticismo porque aqui você calcula: o quanto eu mudo meu egoísmo, o quanto me elevo acima dele, a que nível, como e o que sinto ao mesmo tempo no próximo nível do universo, que é revelado a mim acima do meu egoísmo.

E eu posso voltar e subir novamente. E o outro faz o mesmo, e nós descrevemos isso um para o outro. Isso é totalmente real. Mas tudo isso deve ser sentido.

Muitas ciências estão em um nível em que você não pode transferir nada para outro indivíduo, todos devem, de alguma forma, experimentar em si mesmos.

Pergunta: Não precisamos de viagens astrais, meditação e abertura do terceiro olho?

Resposta: De jeito nenhum! Pessoalmente, sou uma pessoa muito realista por natureza. Minha primeira ocupação, mesmo antes da Cabalá, foi a cibernética médica biológica. Não consigo me imaginar fazendo meditação: sentar-se com os braços cruzados, olhos fechados e mergulhar em alguma coisa.

De KabTV, “Pergunte ao Cabalista”, 31/12/18

O Que A Ciência Da Cabalá Oferece

632.3Pergunta: A Cabalá é realmente baseada em uma pessoa que acredita nela. Sem fé, não há Cabalá? Se sim, a Cabalá é uma obra do homem?

Resposta: Só posso dizer uma coisa: comece a aprender. As lições começarão a despertar todos os tipos de impressões e sentimentos em você, e você começará a ver o mundo de uma maneira totalmente nova.

Isso não é autopersuasão ou algum tipo de confusão; pelo contrário, é a revelação de uma nova mente. Você simplesmente se tornará mais sábio e inteligente, será explicado como você foi criado, o que está acontecendo com você, etc.

Depois disso, você verá que uma possibilidade completamente nova se abre diante de você para se elevar ao próximo nível de sensação, para analisar e sintetizar tudo o que acontece com você e ao seu redor.

Você será capaz de se tornar mais objetivo, escapar de seus limites e ver o mundo como se estivesse fora de você. Você não estará deixando este mundo, como dizem no misticismo, mas uma percepção conceitual do mundo independente de seus cinco sentidos e de seu egoísmo.

Você terá a oportunidade de se distanciar mais de seus sentidos animalescos, de seus hábitos. Então você pode realmente ver que a Cabalá não o escraviza, mas lhe dá a oportunidade de olhar para o mundo com uma mente clara.

Pergunta: Para ser objetivo, isso significa ter a mesma atitude para com o mundo que o Criador?

Resposta: É para isso que devemos nos esforçar: escapar do controle de nossa natureza animal e estar acima dela.

De KabTV, “Pergunte ao Cabalista” 31/12/18