Textos com a Tag 'CABALÁ'

O Que A Ciência Da Cabalá Revela

226Pergunta: Por que você sempre diz que a Cabalá dá a uma pessoa uma resposta sobre qual é o sentido da vida e outros métodos não?

Resposta: Porque ela eleva a pessoa ao nível de compreensão clara e explícita tanto da questão do sentido da existência quanto da resposta a ela nesta vida. Ela revela a uma pessoa a linha entre a vida presente e a vida após a morte; ela empurra essa fronteira, e a pessoa continua a ver sua existência além da fronteira da morte animal.

Pergunta: Isso também pode ser fantasia?

Resposta: Não, isso não é fantasia.

Essa é a mesma fantasia de nossa vida hoje. Exatamente na forma em que a percebemos, também percebemos claramente o que a Cabalá revela.

Já que a Cabalá nos revela o mundo superior e nos dá toda a perspectiva da transição deste mundo para o espiritual, ou seja, uma perspectiva de transformação, desenvolvimento, correção e elevação, podemos falar do próximo estágio de forma tão razoável, clara e científica como podemos falar de nossa vida.

De KabTV, “Close-Up. Frankl Está Certo?”, 08/08/10

Do Chão Para Cima

610.2Pergunta: Se a Cabalá é uma ciência, por que ela opera com tal conceito como o Criador? Como é compatível?

Resposta: O Criador é a força geral da natureza. Era isso que Einstein queria revelar como físico. Muitos cientistas entendem que há uma única força na natureza que se manifesta em relação a nós como muitos fenômenos e forças físicas, químicas e cósmicas diferentes, incluindo aqueles que ainda não conhecemos.

Em princípio, por trás de todos esses fenômenos e leis particulares que revelamos em relação aos nossos sentidos, existe uma única força, uma única fonte. Gradualmente, à medida que estudamos a natureza, chegamos a essa conclusão.

Esta única força na Cabalá é chamada de Criador porque ela nos criou. Somos uma criação da natureza. A Gematria da palavra “Teva – natureza” é idêntica à palavra “Elokim – o nome do Criador”. Isso indica que o Criador ou natureza é a mesma coisa.

A teoria do campo unificado que Einstein procurava é apresentada de forma bem clara na Cabalá para quem quiser entendê-la e, com base nisso, determina seus movimentos nesse campo, assim como uma carga elétrica se move em um campo eletromagnético até sua fonte para entrar em harmonia consigo mesma.

Digamos que uma carga elétrica tenha massa e exista algum tipo de campo gravitacional no qual ela encontra um estado de equilíbrio. A massa e o campo gravitacional o puxam, como o egoísmo, para o nosso mundo, e o potencial elétrico nele e a fonte do campo eletromagnético são de cima, e dependendo da diferença dessas forças, ele reside, como dizem, entre o céu e a terra.

Então, nós também devemos nos desenvolver para que nosso potencial espiritual nos puxe cada vez mais alto do chão. Portanto, toda a metodologia de nossa ascensão, nosso desenvolvimento, pode ser descrita em fórmulas físicas claras.

A Cabalá opera com termos totalmente reais: espessura, atração, tela, rigidez da tela, força de reflexão, luz vinda de um certo ângulo, interferência, etc.

Junto com isso, certas sensações surgem em uma pessoa, porque ao usar esses fenômenos, ela os aplica em si mesma, em suas próprias forças. Então, através de suas forças, ela sente tudo o que a cerca, que é chamado de mundo superior.

Pergunta: Como é possível que através desses termos aparentemente áridos, uma pessoa de repente chegue às sensações?

Resposta: É possível! Por exemplo, quando você olha para as notas, parece que alguns rabiscos estão desenhados no papel. E o músico olha, chora, ri e canta. Para ele, isso é um registro de informações.

O Cabalista vê esta linguagem! Para ele, essa linguagem está viva! Sentimentos e forças começam a operar nele.

De KabTV, “Close up. Além da Última Linha”, 03/05/10

A Cabalá É Uma Ferramenta Para Alcançar A Felicidade

214O método da Cabalá veio até nós de um passado distante, da Antiga Babilônia, quando estávamos todos lá na mesma situação de hoje. Mas sua crise global foi pequena porque havia apenas alguns milhares de pessoas na Terra. Eles também descobriram uma conexão e ao mesmo tempo ódio mútuo entre eles. E também não sabiam o que fazer. Foi quando a Cabalá apareceu.

Pergunta: Por que não podia ser consertado naqueles dias?

Resposta: Porque seu egoísmo não estava suficientemente desenvolvido. Além disso, eles tinham um lugar para se mudar para se afastar um do outro e, como insetos, se espalharam por toda a terra. Hoje não há para onde ir.

Comentário: Mas hoje, há muitos que também estão tentando encontrar uma saída e dizem que voaremos para outro planeta, para Marte, ou para outro lugar para não nos unirmos.

Minha Resposta: Não trará nada. Precisamos nos estabelecer aqui. Os outros planetas não são para nós. É uma fantasia dizer: “As macieiras florescerão em Marte” e, embora isso seja bom, ninguém precisa disso. Se Deus quiser, eles ainda florescerão na Terra.

Pergunta: Por que a Cabalá fala apenas do propósito da criação e do programa da criação?

Resposta: Sobre o que mais uma pessoa pode falar? Apenas sobre o dia seguinte e o que ela deveria conseguir. Simplesmente dê a ela a ferramenta para alcançar a felicidade. Aqui está o seu estado, aqui está a sua ferramenta e aqui está o seu objetivo. Olha que lindo! Vá em frente!

Pergunta: Mas por que nenhum outro método leva a pessoa a um nível superior?

Resposta: A Cabalá nos conecta com a força superior que nos criou, nos governa e pode nos corrigir e nos puxar para si. Outros métodos não têm esse poder.

Além disso, a Cabalá é uma ciência. Não tem nada a ver com crenças, religião ou qualquer outra coisa. Simplesmente dá a uma pessoa a oportunidade, força e conhecimento para se elevar ao nível do Criador. É real.

A ciência da Cabalá descreve em termos físicos e matemáticos e ações progressivas como uma pessoa deve mudar constantemente a si mesma. Ela lhe dá uma conexão com a fonte da vida de onde a luz superior que nos governa desce até nós e que devemos atrair mais fortemente para nós mesmos para que ela nos corrija. Ela nos revitaliza, nos dá um propósito para a existência e espera que comecemos a aplicá-la para correção.

De KabTV, “Close-up. Acordo de Parceria”, 07/04/10

Especulações Em Torno Da Cabalá

49.01Pergunta: A palavra “Cabalá” é percebida por muitos como algo místico. Todas as pessoas gritando que estão engajadas na Cabalá, de Madonna a quem sabe quem, elas estão realmente engajadas na Cabalá ou no show business?

Resposta: Claro que é show business. A Cabalá é um ensinamento sobre a revelação do Criador a um homem neste mundo. Qualquer um pode praticar Cabalá. Mas para realmente alcançar resultados, é preciso levar muito a sério.

Pergunta: Se é assim, então por que todos os judeus, sem exceção, não estudam Cabalá?

Resposta: Em primeiro lugar, já foi proibido se envolver nela porque as pessoas não eram suficientemente desenvolvidas. Mas a partir dos séculos XIV a XV, a Cabalá já tinha permissão para ser praticada. Grandes cabalistas como Rambam e Ari escreveram sobre isso. E no século XX a Cabalá foi revelada a todos, então hoje qualquer um pode estudá-la.

Mas o fato é que existem muitos impostores que criaram o show business em torno da Cabalá e fizeram um monte de trapaças: Cabalá e medicina, Cabalá e feitiços, Cabalá e o pulso de de-nur, ou qualquer outra coisa. Isso não faz sentido! Eles são contos de fadas para as pessoas, para mantê-las na linha.

Pergunta: Então as pessoas inventaram por si mesmas?

Resposta: Não foram as pessoas que inventaram, mas seus líderes.

De KabTV, “Encontros com a Cabalá”, 05/01/22

Em Que A Cabalá Se Envolve?

243.01Pergunta: Como podemos nos conectar e se anular perante amigos que não aderem ao nosso método?

Resposta: Não há necessidade de se conectar com eles ou se anular diante deles. O que você anulará e conectará? Vocês devem ter um objetivo comum e uma metodologia comum para atingir esse objetivo.

Rabash escreve: Nós nos reunimos aqui para estabelecer uma sociedade para todos que desejam seguir o caminho e o método do Baal HaSulam, o caminho pelo qual subir os graus do homem e não permanecer como uma besta…”

Ou seja, assumimos a condição de nos aproximarmos do Criador de acordo com o método que Baal HaSulam e Rabash descrevem para nós. Você pode dizer: “É possível fazer isso através de outras técnicas”. Por favor, você pode estar com eles, mas não conosco. Você não pode combinar um com o outro! Com qualquer coisa! De jeito nenhum!

A ciência da Cabalá não é filosofia e nem qualquer outra ciência ou metodologia! Você não pode entrar aqui e começar a descobrir como fazer dieta, como fazer algum exercício ou qualquer outra coisa!

Não há nada na Cabalá que diga respeito ao corpo terreno. E não há nada a ver com o seu espírito! Porque também não existe. Ela lida apenas com a obtenção do Criador e pronto! Descarte todo o resto. Você pode fazer isso, é claro, mas saiba que é no nível corpóreo, que está no nível do seu corpo e nada mais! Não um corpo espiritual, mas um animal.

Pergunta: Existe uma diferença entre parceria e conexão espiritual?

Resposta: Claro que existe!

Mas a parceria é como uma empresa. E a conexão espiritual é a unificação interior que só pode ocorrer sob a influência da luz superior sobre a qual não tenho controle. Ao mesmo tempo, meus amigos e eu pedimos ao Criador que nos una.

Da Convenção Internacional “Elevar-se Acima de Nós” 06/01/22, “Aproximar-se do Criador por meio da rede de conexões entre nós” Lição 1

A Base Da Metodologia Cabalística

947Pergunta: O que é um vaso espiritual? Como ele quebra? Como podemos juntar os pedaços quebrados em dez?

Resposta: Digamos que você teve um bom relacionamento com alguém e depois se separou, ou seja, vocês de alguma forma se separaram, não podem mais estar juntos e não têm a ligação que tinham antes. Este é um exemplo de antes e depois.

Agora tente ver como você pode restaurar os antigos laços acima do ódio, até o amor. É assim que funciona. O Criador deliberadamente nos separou, nos separou e nos distanciou, para que tentássemos superar essa distância, oposição e contradições, e assim retornar ao estado anterior de unificação, mas 625 vezes mais forte.

Então a pequena luz que tivemos uma vez se multiplicará por cinco, por outros cinco e por outros cinco para se tornar 125 vezes maior do que a pequena iluminação que nos sustenta agora. Ela se transformará na luz de Yechida  que nos reúne e nos une.

Devemos passar por todas essas etapas. Não há nada a temer; o principal é o princípio do nosso trabalho. A parte mais difícil é o primeiro grau. Então tudo começará a se mover; O princípio é o mesmo.

Pergunta: Onde exatamente sentimos a existência do Criador, a realidade do Criador, a mão do Criador? Em que ponto?

Resposta: Isso é sentido no coração de uma pessoa que realmente quer ter uma conexão sincera com seu amigo, com seu grupo.

Da Convenção Internacional “Elevar-se Acima de Nós” 09/01/22, “Pedir ao Criador para preencher o lugar entre nós” Lição 7

Em Que Se Baseia A Cabalá

013.01Comentário: Existem muitos métodos para atingir a meta. A psicologia é tanto observação quanto auto-observação, estudos de laboratório, pesquisas, conversas e assim por diante.

No entanto, em princípio, tudo isso pode ser tendencioso porque estamos dentro de nossa natureza egoísta e não vamos além dela.

Minha Resposta: Não consigo conectar uma pessoa a algum tipo de dispositivo. Afinal, apenas um dispositivo, isto é, algo que existe fora de nós, pode dar uma avaliação objetiva da condição de uma pessoa e de sua reação. E não temos isso.

Além disso, não apenas os sujeitos, mas também aqueles que leem os resultados dos dispositivos estão dentro de suas qualidades egoístas.

Pergunta: Como a Cabalá examina a realidade para que possa ser considerada objetiva?

Resposta: A Cabalá nos dá uma oportunidade muito interessante que nos permite explorar nossas qualidades relativas às qualidades opostas, egoísmo versus verdadeiro altruísmo, quando vamos além do ego e alcançamos a qualidade de doação, amor e conexão. Então, dentro de nós mesmos, construímos um certo sistema de dois estados opostos e podemos existir neles e entre eles no estado intermediário.

A psicologia, entretanto, mede tudo muito claramente, mas apenas dentro da estrutura da natureza egoísta, sem ir além dela. Portanto, é impossível dizer exatamente onde estamos.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 15/10/21

A Realização Original Da Cabalá

933Pergunta: No artigo “É Tempo de Agir”, Baal HaSulam escreve que muitos livros do povo judeu foram escritos por pessoas que eram reconhecidas como Cabalistas e tinham compreensão dos mundos superiores. Entre outros povos, tudo girava em torno do cotidiano: cultura, pintura, literatura. Por quê?

Resposta: Porque por 1.500 anos o povo judeu existiu em um nível espiritual. Depois de deixar a Babilônia, os judeus desceram ao Egito, passaram pelo deserto do Sinai, e dali para a terra de Israel, então houve o exílio na Babilônia, onde Nabucodonosor reinou, o retorno à terra de Israel, a construção do Segundo Templo, e outros 800 anos de existência até o exílio de 2.000 anos.

Por 1.500 anos, da Babilônia até o último exílio, vivemos no sentido do mundo espiritual.

Pergunta: O método Cabalístico, que agora é oferecido a toda a humanidade, já foi implementado uma vez em sua vida?

Resposta: Sim, mas naquela época o egoísmo ainda era pequeno. Portanto, uma grande massa de pessoas não poderia entender que é precisamente a ascensão acima do nosso mundo que é um método necessário de existência, que o nosso mundo é necessário para que você entre no reino espiritual a partir dele. O homem não percebeu isso.

Ele acreditava que deveria viver neste mundo de forma prática, desenvolvendo a si mesmo, a sociedade, a família, as ciências, os ofícios, etc. Ou seja, o egoísmo ainda não sobreviveu a si mesmo, e não se expôs, como em nosso tempo.

De KabTV, “Close-Up”

Técnica Universal

226Pergunta: Por que você só aceita a Cabalá como o conhecimento do universo? O universo é um, o Criador é um. Por que você é tão categórico?

Resposta: Quanto mais você estuda a Cabalá, mais vê que ela inclui todos os outros métodos. A natureza não os rejeita, mas simplesmente explica como a humanidade os ultrapassa em diferentes níveis de seu desenvolvimento.

Todos eles acontecem até que a pessoa chegue a um estado em que possa absorver uma imagem universal do universo, do mundo, da humanidade, seu desenvolvimento acima de seu egoísmo, e ela chega à Cabalá.

Portanto, a Cabalá estava oculta até o nosso tempo e só agora está se desenvolvendo gradualmente de modo que, como resultado da busca, a humanidade passa por muitos estágios diferentes de desenvolvimento sob a influência de outros métodos privados que são estudados dentro do egoísmo, e não por se elevar acima dele, chega à conclusão de que dentro do próprio egoísmo não há nada a procurar – apenas saindo dele, elevando-se acima dele.

Depois de passar por todos esses estágios e estudá-los, eu pessoalmente vejo as raízes de todos os métodos e teorias possíveis e, portanto, ensino apenas Cabalá. Eu insisto que é a natureza que é o sistema universal para mudar uma pessoa neste mundo e elevá-la ao mais alto nível.

Existem duas forças na natureza: recepção e doação. A Cabalá visa garantir que uma pessoa, trabalhando com o egoísmo, possa se elevar acima do poder de recepção e dominar o próximo nível da natureza – o poder de doação.

De KabTV, “Videoconferência”

A Hora Da Revelação Da Cabalá

254.02Em todas as nossas fontes primárias, está escrito que toda a humanidade deve se unir em uma única imagem coletiva chamada Adão. Então subiremos e alcançaremos o nível da força superior, o Criador. Devemos existir neste estado.

Nosso estado terreno leva apenas um curto período de nossa existência histórica. Não mais do que isso.

Se uma pessoa deseja compreender o sentido da vida, é impossível detê-la. Ela vê que sua existência, não importa o quão sublime e gratificante possa ser, termina. É temporária, limitada, o que significa que inicialmente não custa nada. Ela sente que o escopo de seu horizonte é mais alto e mais amplo do que essa vida e, portanto, não pode mais olhar para esse pequeno círculo.

As pessoas que acreditam compreender algo e, portanto, limitam seus pedidos, mostram elas mesmas sua inconsistência. A propósito, eu não diria que a oposição da Cabalá prevalece agora. Claro, em algum lugar ainda existem homens inteligentes que dizem isso, mas em geral, já superamos isso.

Os antigos oponentes da Cabalá perceberam que era impossível falar sobre isso publicamente, e agora eles próprios ensinam Cabalá e vendem livros. Hoje, em qualquer loja religiosa, você pode comprar livros sobre Cabalá, e há quarenta anos eu não conseguia encontrá-los.

Comentário: Por um lado, os judeus devem apresentar o método de correção ao mundo e, por outro lado, hoje as nações do mundo estão mais interessadas na Cabalá.

Minha Resposta: Se uma pessoa tem uma aspiração pelo Criador, não importa quem ela seja. Mas, é claro, haverá mais não judeus neste negócio. Em termos de massa, deve ser assim, porque tudo acompanha a pirâmide.

De KabTV, “Close-Up”