Textos com a Tag 'CABALÁ'

Uma Cabalá Diferente

laitman_570Pergunta: Eu posso entender algumas das queixas que as pessoas religiosas têm contra você, mas por que você também é criticado por estudiosos que estudam Cabalá nas universidades?

Resposta: Os estudiosos que estudam Cabalá sentam-se nas universidades e ninguém tem qualquer problema com eles, enquanto que conosco, o Bnei Baruch, todo mundo nos ataca e todos estão insatisfeitos conosco. Portanto, a questão não é que estamos estudando Cabalá, mas precisamente o quanto esse tipo de estudo da Cabalá não é tolerado pela religião e por pessoas religiosas e seculares.

Os acadêmicos da universidade escrevem sobre o que cada um pensa da Cabalá. Isto veio dos gregos antigos que estudaram a Cabalá dos profetas, mas a compreenderam em um nível puramente superficial e assim é como começaram a escrever sobre ela. Depois, as gerações seguintes escreveram sobre as gerações precedentes dos filósofos e o que acreditavam.

Em outras palavras, a Cabalá acadêmica não segue o objetivo de alcançar o Criador e o mundo superior e de fazer Cabalistas de seus alunos, apenas visa estudar pesquisadores universitários anteriores.

Talvez essas pessoas também venham a nós com um desejo de estudar a Cabalá na superfície como nas universidades, e assim saem insatisfeitas conosco, por supostamente estarmos estudando a “coisa errada.” Da mesma forma, os cientistas que nos estudam nas universidades não nos entendem e internamente se ressentem de nós por sermos diferentes, não como eles.

Eles não podem compreender que a nossa Cabalá é DIFERENTE da deles: nós temos a realização do mundo superior a partir dos Cabalistas que a percebem na prática, enquanto que o que eles têm é estudar as opiniões de seus antecessores que não atingiram o mundo superior.

Por Que Muitas Pessoas Preferem A Religião À Cabalá?

Laitman_507.03Pergunta: A Cabalá diz que o propósito da nossa vida é descobrir a força superior. Uma vez que eu a revele, recebo a capacidade de controlar minha vida e me livrar de todas as ansiedades. Isso parece muito atraente, então porque as pessoas evitam a Cabalá?

Por que elas preferem a religião, que promete uma recompensa somente após a morte em um futuro mundo do qual ninguém ainda retornou?

No entanto, as pessoas estão prontas para dedicar suas vidas inteiras à religião. A Cabalá lhes oferece alcançar a mesma coisa, mas durante a vida delas neste mundo. No entanto, elas rejeitam a Cabalá. Eu não entendo o porquê?

Resposta: Na religião, a pessoa engana a si mesma. Na verdade, ela não receberá nada. Não há nada após a morte! A pessoa morre, e como qualquer animal, o corpo se decompõe e nada permanece.

Por que, então, a abordagem religiosa está prosperando? Porque a religião não só promete uma recompensa e um paraíso após a morte por realizar ações não muito complexas neste mundo, mas mesmo agora, no processo de realização das ações rituais, a pessoa recebe prazer. Mesmo quando sofre, a religião proporciona uma compensação egoísta por esse sofrimento. Na religião, não é necessário anular seu egoísmo como na sabedoria da Cabalá.

É por isso que as pessoas estão dispostas a realizar ordens religiosas, se casar, jejuar e se sujeitar a todos os tipos de restrições. Elas recebem ainda mais prazer com isso. Quanto mais sofrimento os mandamentos religiosos trazem, mais a pessoa valoriza o mundo futuro e é ainda mais dedicada à religião.

A sabedoria da Cabalá não pede para a pessoa se esgotar e realizar algum tipo de ação. Ela só precisa fazer uma coisa: subir acima de seu egoísmo, de sua natureza. Isso, no entanto, é um desafio!

Acontece que, quando a pessoa cumpre as ordens religiosas nesse mundo, ganha uma recompensa para si e sua família neste mundo e no mundo futuro. Ela sente como se tivesse recebido uma apólice de seguro e que uma força superior cuidará dela e a protegerá de todos os males, e depois da morte tem garantida uma vida no céu.

A Cabalá, no entanto, diz que nada disso existe! Acontece que é oposta à religião, porque a desmantela, e é por isso que as pessoas religiosas são contra a Cabalá e não querem ouvi-la. Elas veem isso como uma ameaça porque pode afastá-las da religião. Esta é a razão pela qual os Cabalistas ocultaram a Cabalá e não falaram a verdade, de acordo com o que está escrito: “Não coloque obstáculos diante de um cego”.

Na Cabalá, a regra sempre se aplica: “Mil entram em uma aula, e apenas um sai para a Luz”. Em outras palavras, 999 daqueles que vieram partirão, e depois de sair, vão crescer para odiar a Cabalá porque ela é oposta a nossa natureza.

Muitas delas se tornam religiosas. Elas ainda não têm um ponto suficientemente grande, ardente e forte no coração capaz de segurá-las apesar de todas as dificuldades, problemas e decepções que a pessoa tem que passar durante o estudo prático da Cabalá.

De KabTV “As Razões para a Atitude Negativa em Relação à Cabalá” 19/07/17

Qual É A Fonte Do Conhecimento Que Sustenta A Sabedoria Da Cabalá?

Laitman_514.02Pergunta: Que tipo de profundidade está por trás da sabedoria da Cabalá?

Resposta: Não há nada na natureza inanimada, vegetal, animal e humana em todas as suas formas e possibilidades que não seja explicado pela sabedoria da Cabalá.

A explicação é científica e precisa, dependendo de um único critério: existem apenas duas forças na natureza, uma força positiva e uma força negativa, e elas criam entre si todos os elementos, todas as características e todas as leis da criação. O uso da sabedoria da Cabalá nos dá um controle sobre o sistema universal e concreto de conhecimento através do qual podemos abordar tudo.

Pergunta: A ciência da física tem sido estudada e investigada há algumas centenas de anos, enquanto a sabedoria da Cabalá existe há mais de 5.000 anos, mas não é ensinada em nenhum lugar. Por quê?

Resposta: A ciência da física está incluída na sabedoria da Cabalá, mas é uma ciência relevante para o nível mais baixo da matéria, o nível inanimado do nosso mundo, e não há nada nele; não há espírito, não há gerenciamento. Ele é apenas o resultado inanimado de forças superiores.

Pergunta: É possível dizer que a sabedoria da Cabalá é a base para todas as ciências mundanas?

Resposta: A base de todas as ciências é HaVaYaH. Essas são as quatro fases da expansão da Luz superior desde a fase superior, Keter.

Da Lição de Cabalá em Russo 17/03/17

Cabalá Em Uma Sentença

Dr. Michael LaitmanPergunta: Você pode explicar sua metodologia em uma sentença?

Resposta: Eu penso que é melhor falar da Cabalá como um método para expandir a consciência ao combinar desejos, e nessa consciência expandida, a pessoa começa a perceber não a nossa realidade, mas a força que dá origem a ela.

Isso dá à pessoa a possibilidade de saber mais sobre o mundo em que ela existe, sua causa e efeito, relações, etc. Além disso, a pessoa torna-se mais gentil, mais acessível e sua participação na sociedade melhora.

Um Em Mil

laitman_219.01Pergunta: O que provoca reações negativas à Cabalá? Ao ouvir palavras como “Cabalá, O Livro do Zohar, conhecimento oculto e dez Sefirot“, muitas pessoas no mundo e, especialmente, em Israel, ao longo da história e até o presente dia, estremecem de medo, sentem repulsa, resistência, e até mesmo ódio. De onde vem isso?

Resposta: Essa é uma reação natural que vem da natureza humana. Obviamente, isso não se baseia em diferenças ideológicas, mas em uma profunda discordância enraizada em nossa essência.

Mesmo a pessoa mais simples, um vendedor em um mercado e um professor universitário sentem o mesmo em relação à palavra “Cabalá”, vendo-a como misticismo, magia negra ou algo incompreensível que pode prejudicar e não vale a pena tocar ou mesmo chegar perto.

Essa é uma reação humana natural, completamente sem relação com a Cabalá. Isto é, essa resistência foi originalmente colocada em nossa natureza, que rejeita completamente a sabedoria da Cabalá, mesmo antes de aprendermos alguma coisa sobre isso. Nós somos repelidos pelas palavras “Cabalá”, “Sefirot”, “Partzuf”, “Mundo Superior”.

Além disso, na minha própria experiência ensinando Cabalá nos últimos 35 anos, posso dizer que muitos, mesmo indivíduos muito especiais e únicos, que se destacaram entre o resto que são atraídos para a Cabalá e vêm a estudá-la, esses indivíduos realmente queriam compreender a profundidade dela, e em dois-três anos, de repente, sentem repulsa.

Isso não acontece em nenhuma outra ciência. Estudando com fontes originais, estudantes sérios, especialistas reais em Cabalá, as pessoas de repente sentem que não a aceitam e não querem continuar. E assim deixam o estudo e ainda mais, saem com uma impressão negativa da Cabalá.

Pergunta: É interessante que outras formas de Cabalá, onde há misticismo e magia, atraem um grande interesse das pessoas. Por que essas formas são tão apreciadas?

Resposta: Mas não há “outras formas de Cabalá”, elas não são Cabalá de forma alguma. Quaisquer ensinamentos místicos onde também mencionam palavras como “Partzufim” e “Sefirot” se vestem com o nome “Cabalá”. Em essência, toda a filosofia saiu da ciência da Cabalá como um produto de entendimento impreciso.

A própria natureza da pessoa resiste à ciência da Cabalá. Mesmo quando ela começa a se familiarizar com essa ciência, há muitos, a maioria, que de repente descobrem uma resistência dentro de si, que rejeitam e deixam o estudo. Eu vi muitos exemplos semelhantes, assim como está escrito, “mil entram na sala de aula e apenas um sai para a luz”.

Isto é, essa reação é natural; não é um caso especial e não significa que o professor é ruim. As pessoas deixam não porque lhes ensinaram mal, mas porque 999 de 1.000 foram feitas para sair e uma para ficar.

Pergunta: Mas por que as pessoas não apenas saem, por que elas se tornam hostis e inimigas da Cabalá?

Resposta: Na verdade, por que a ciência da Cabalá não é como física ou matemática, onde uma pessoa perde o interesse e simplesmente sai? A questão é que a Cabalá toca a essência interior de uma pessoa, centra-se em seus desejos, prazeres, repulsas, sentimentos, e sobre o fato de que ela deve subir acima de suas sensações, estudar-se, e realizar uma “cirurgia cardíaca aberta” em si mesma.

Ela deve abrir seu coração, sentimentos e razão e começar a dissecar-se com um bisturi, como se isso estivesse sendo feito por um estranho, examinando seus desejos e pensamentos de forma completa e objetiva, como um observador externo. Esses tipos de coisas não são intrínsecos à nossa natureza e é por isso que não é fácil de aceitar.

De KabTV “Origens das Reações Negativas à Cabalá”, 19/07/17

Como Se Familiarizar Com A Sabedoria Da Cabalá

laitman_283.01Pergunta: Como podemos nos familiarizar corretamente com a sabedoria da Cabalá?

Resposta: Eu acho que, para fazer isso, você deve ler o livro que escrevi, Alcançando Os Mundos Superiores.

Eu o escrevi em 12 dias. Eu me lembro de ter ficado sozinho quando meu professor faleceu. Eu me senti tão mal que não sabia para onde ir. Eu percebi que tinha que continuar, mas não sabia como e de que forma, então me sentei e escrevi este livro.

Eu sugiro que você comece com este livro e, ao mesmo tempo, faça cursos no Centro de Educação de Cabalá porque nada pode substituir esses cursos. Se você começar a ler de forma independente, será constantemente jogado de um lado para o outro, e este não é um estudo sistemático. Você deve receber uma preparação completa de um professor do curso; caso contrário, é impossível.

Da Lição de Cabalá em Russo 12/03/17

Blitz De Dicas De Cabalá – 19/02/17

Laitman_510_01Pergunta: Às vezes, nas Convenções, eu sinto que estou com uma armadura: todos ao meu redor estão felizes e cheios, enquanto eu me sinto vazio. O que devo fazer?

Resposta: Você deve “desligar a mente”, se integrar com os outros, começar a dançar ou fazer outra coisa. Se nada ajudar, então vá para a cozinha descascar vegetais.

Pergunta: Como se pode ascender ao desejo comum?

Resposta: Você deve descobrir o anseio pelo Criador dentro de você. Deixe o corpo físico abaixo e eleve o anseio pelo Criador, unindo-se com todos os amigos.

Pergunta: Eu sou uma pessoa prática, não um teórico ou místico. Se eu não me anular e aniquilar meu egoísmo, não realizarei o trabalho prático. Como posso anular meu ego dentro do próprio ego?

Resposta: Primeiro, você não anula o ego; a Luz superior que você desperta é que faz isso. Em segundo lugar, o ego é necessário para nós e de forma alguma deve ser aniquilado. É proibido aniquilar qualquer coisa na natureza! Depende somente de nós a superação do egoísmo na direção da conexão e do amor.

Pergunta: Por que é impossível derrotar uma cidade de malvados que estão juntos como uma só pessoa?

Resposta: É impossível vencê-los porque eles também têm o poder da conexão, o qual atrai a Luz superior até eles; enquanto a Luz superior estiver entre eles, é impossível vencê-los. Eles estão sob a proteção do Criador mesmo que sejam completamente opostos a Ele. O Criador é a lei geral da natureza.

Pergunta: Por que as pessoas que se reúnem em grandes concentrações de pessoas, como, por exemplo, em concertos de rock ou jogos de futebol, experimentam um êxtase?

Resposta: Elas experimentam isso porque seus desejos estão reunidos, mas isso não tem nada a ver com a espiritualidade.

Pergunta: Baal HaSulam escreveu aos seus sete alunos que bastava reunir suas centelhas em um único lugar para descobrir os mundos espirituais. Em caso afirmativo, por que é necessário reunir tantas pessoas em uma Convenção?

Resposta: Nós estamos vivendo em um período diferente onde é necessário reunir quantidades cada vez maiores de pessoas. Eu espero que o grande número de pessoas atinja a intensidade de um poder comum, que será verdadeiramente de acordo com o primeiro nível espiritual, para que possamos começar a sentir o poder compartilhado dentro de nós já, na conexão entre nós.

Para o Baal HaSulam, havia outros alunos e outras circunstâncias. Era muito mais simples e fácil para eles, enquanto para nós é muito mais complicado e difícil.

Da Lição de Cabalá em Russo 19/02/17

O Que A Sabedoria Da Cabalá Sugere?

laitman_245_09Pergunta: A sabedoria da Cabalá sugere que aumentemos o egoísmo dentro de nós, para que finalmente entendamos que ele é inútil?

Resposta: A sabedoria da Cabalá não sugere que nos comprometamos em aumentar o nosso egoísmo. Ela somente sugere como podemos nos parecer com o Criador.

Isso significa que, se minha natureza é o desejo de receber em prol de mim mesmo, eu só poderei receber com a intenção de doar aos outros. Se eu não tenho essa intenção, não recebo nada.

Eu posso, portanto, maximizar minha semelhança com o Criador conforme a minha intenção de doar aos outros. Se eu não tiver essa intenção, isso significa que eu não faço nada.

Da Lição de Cabalá em Russo 26/02/17

Não Existe Conhecimento Superior À Cabalá

Dr. Michael LaitmanPergunta: Minha esposa está se perguntando por que é necessário que eu estude Cabalá e não outra coisa?

Resposta: Você está estudando Cabalá porque gosta, e não pode viver sem esse estudo. Você quer descobrir e conhecer a estrutura do mundo superior e atingir o sentido da existência. Isso é muito importante para você. Explique isso a ela. Se ela lhe ama, ela deve entendê-lo.

Não há nada superior ao estudo da sabedoria da Cabalá, e não há conhecimento que seja maior.

Da Lição de Cabalá em Russo 22/01/17

Quem Está Predisposto À Sabedoria Da Cabalá?

Dr. Michael LaitmanO homem é criado com absoluta maldade e baixeza, como está escrito: “Quando a cria do burro selvagem nascer homem”. E todos os vasos do corpo da pessoa, ou seja, seus sentidos e qualidades, e especialmente o pensamento, servem-lhe apenas de maldade e insignificância o dia todo. (O Livro do Zohar, “VaYera”).

É assim que somos criados desde o nascimento, e hoje isso é revelado em toda a humanidade.

Nós temos estudantes na Austrália, Nova Zelândia, África, América do Sul e do Norte, Europa, Rússia, China, Japão e outros países. Isso mostra que o mundo já chegou a um estado em que as pessoas são realmente capazes de perceber uma elevação espiritual. O egoísmo material delas alcançou o nível a partir do qual a pessoa pode se afastar e se elevar.

Os Kelim (vasos) que tiverem as maiores deficiências tornaram-se os mais importantes. Isso significa que a medida da revelação neles é a maior.

Isso é natural. Se uma pessoa tem um grande egoísmo, ela irá revelar mais. No entanto, nós precisamos entender o que isso significa. Por exemplo, uma pessoa que aspira a tornar-se um bilionário geralmente não está predisposta à sabedoria da Cabalá.

Ela atrai a pessoa que tem um ponto interno exaltado, com a ajuda do qual ela pode dizer imediatamente se vale a pena fazer isso em sua vida ou não. Ela detecta isso não em sua mente, mas nas sensações internas, nos sentimentos.

A pessoa chega à Cabalá porque entende que precisa procurar algo muito interno; ela está preocupada com o sentido da vida e não com dinheiro, fama ou honra. Isso já requer uma resposta completamente diferente.

Da Lição de Cabalá em Russo 26/02/17