Textos na Categoria 'televisão'

Os Feriados Judaicos São Revelações Das Leis Da Natureza

294.4Pergunta: Parece que os feriados de outono, que são chamados de feriados judaicos, são na verdade feriados mundiais. Especialmente agora durante o coronavírus, estou começando a entender isso cada vez mais.

Rosh Hashaná (o início do ano) simboliza a descoberta da lei de amor e doação. Este é o ponto de partida da humanidade e é aqui que começa a contagem do tempo. Por que este não é um feriado mundial? Por que chamamos os feriados de outono de judaicos?

Resposta: Esses feriados não se aplicam especificamente aos judeus. Esses são feriados cósmicos que se referem à força superior que governa nosso mundo à medida que ele entra em novos estágios de sua influência sobre nós.

Pergunta: O que este novo ano exige de nós?

Resposta: Devemos mudar, nos conformar com a natureza e não destruir uns aos outros. Devemos parar de ser controlados pelo nosso egoísmo como pequenos animais. Você pode imaginar se o mundo animal tivesse tanto egoísmo quanto nós? Eles teriam nos consumido e a si próprios; tudo teria sido devorado. Então apenas os humanos otêm. O ser humano está gradualmente consumindo tudo. Já chegamos a um beco sem saída! Devemos perceber que nosso egoísmo é mau!

Esse ano é um momento decisivo. Eu espero que ele seja tal que percebamos nossa natureza maligna e desejemos mudá-la.

Pergunta: É este o seu desejo para toda a humanidade? Perceber sua natureza maligna?

Resposta: Sim, este é o meu desejo para o ano novo.

Pergunta: Não é o desejo usual de que tudo dê certo, que em casa haja o suficiente, que todos tenham saúde?

Resposta: Não, não há necessidade de desejar isso porque não vai acontecer de qualquer maneira. Qual é o sentido de todos os tipos de sonhos impossíveis, sofrimento e assim por diante?

Pergunta: Você acha que vai ser ruim?

Resposta: Vai ser ruim, mas o principal é que percebamos rapidamente a causa desse mal em nós. Exclusivamente em nós! Além de encontrar a causa, ter capacidade de corrigi-la e transformá-la no oposto. A humanidade não precisa de mais nada.

Pergunta: Você acha que isso é viável para executar este ano?

Resposta: Se não fizermos isso, essa compreensão virá por meio de um grande sofrimento sem precedentes! É melhor fazer isso rapidamente. Porque quando chega um período de sofrimento, você não pode pará-lo. Ele vem por muitos anos e com ele traz tanta destruição e cataclismos, tanto ecológicos quanto sociais, com pandemias e assim por diante; seria simplesmente terrível.

Pergunta: Digamos que eu ouvi você, e até mesmo a ameaça de que o sofrimento pode ser grande, o que eu faço agora?

Resposta: Diga a todos como podemos evitar isso, como impedir que aconteça. Isso só pode ser feito por meio de boas conexões entre nós. Assim como as pessoas se agarram umas às outras como animaizinhos em tempos de grande sofrimento, é isso que temos que fazer agora.

Pergunta:  Pensamentos calorosos e gentis, aproximação um do outro, conexão e unidade, é isso que deveria ser?

Resposta: Sim. Se não for pelo bem, então para evitar o mal, mas temos que fazer.

Pergunta: O próximo feriado é Yom Kippur (o Dia da Expiação). O que isso significa para o mundo?

Resposta: Para o mundo, o Dia da Expiação é a manifestação de um grande mal dentro dele, que nos faz sentir completamente impotentes. Não há nada que possamos fazer a não ser pedir que a força superior nos ajude a compreender, nos ajude a lidar com nosso egoísmo interior.

Afinal, não há nada externo. Tudo o que existe no mundo é apenas um eco do que está acontecendo dentro de nós.

Pergunta: Então, eu já estou revelando o mal dentro de mim? Eu revelo que isso é a coisa mais terrível possível? O que eu peço?

Resposta: Eu renuncio, não desejo usá-lo. Esse é o significado do Dia da Expiação (Yom Kippur). Ou seja, eu não uso nenhum dos meus desejos egoístas. Nenhum! Eu faço uma restrição sobre eles. Externamente, é definido como as cinco proibições.

Pergunta: O que eu alcançaria se fizesse isso?

Resposta: Você teria parado de trabalhar com o seu egoísmo. Então você pode começar a construir sua atitude em relação ao mundo apenas do ângulo da bondade e da conexão. Isso é caracterizado pelo fato de que você está construindo uma cabana.

Pergunta: Então, chegamos ao terceiro feriado de outono: Sucot. O que é a construção de uma cabana chamada Sucá?

Resposta: Isso é chamado de “Sukkat Shalom” — cabana de paz. Ela representa a tela, ou seja, a força antiegoísta que cobre todos nós, toda a humanidade. Isso é o que precisamos construir.

Nós podemos nos esconder sob esta força. Podemos nos reunir e, dessa forma, queremos viver.

Isso é tudo que precisamos fazer para o ano novo. Se passarmos por esses estados, estamos prontos para o novo desenvolvimento que é o novo ano. Este desenvolvimento visa a unificação completa de toda a humanidade sob esse cobertor mundial.

Pergunta: Se isso acontecer, não devemos ter medo do vírus e tudo isso?

Resposta: O vírus desaparecerá assim que desejarmos começar a nos mover nessa direção.

De KabTV, “Notícias com o Dr. Michael Laitman”, 14/09/20

Quem O Vírus Atinge Mais: Homens Ou Mulheres?

198Comentário: O coronavírus atingiu quase todos: presidentes, pessoas comuns, de pescadores a acadêmicos. Milionários, sem entender o que está acontecendo, ficam todos trancados.

Por outro lado, as estatísticas mostram que duas vezes mais homens do que mulheres morrem de coronavírus. Existem muitas explicações diferentes. As mulheres supostamente têm um sistema imunológico melhor e são menos viciadas em maus hábitos. Como você explicaria isso?

Minha Resposta: Eu acho que os homens são mais ligados e mais responsáveis ​​por corrigir o mundo do que as mulheres. Eles se opõem mais à natureza integral do que as mulheres. Eles são mais egoístas. Portanto, nessa medida eles são mais afetados pelo vírus.

Pergunta: Os homens são mais egoístas do que as mulheres?

Resposta: Claro. Em suas manifestações em relação à natureza, à sociedade envolvente, etc. As mulheres têm ainda mais probabilidade de compartilhar, de alguma forma equilibrar. Sua essência animal interior é assim. Não é assim com os homens. Ele é um conquistador, tudo se resume à competição e assim por diante. Então, o vírus se refere mais a eles. Portanto, eles são mais suscetíveis a vírus, mais fracos. Mulheres são mais fortes. Acho que isso está claro para todos. O corpo da mulher é muito mais forte, muito mais resistente.

Pergunta: É porque eles têm esse calor, casa, nascimento?

Resposta: sim.

Pergunta: E os homens têm beligerância, ódio e desejo de matar, capturar?

Resposta: Este é um tipo diferente de egoísmo. Claro.

Comentário: Você disse algo muito importante. Os homens têm uma responsabilidade maior para com o sistema superior, para com a natureza.

Minha Resposta: Sim, para se tornar igual a ela, precisamente porque eles são mais egoístas. Este é um sistema muito complexo, e é impossível começar a examinar agora em que medida as mulheres e os homens são o oposto de uma natureza altruísta, cada um à sua maneira.

De KabTV, “Notícias com Michael Laitman”, 20/04/20

Criminosos De Dez Anos. Punição – Prós E Contras

laitman_552.03Pergunta: No Reino Unido, de acordo com a lei, uma pessoa é criminalmente responsável a partir dos dez anos de idade. “Responsabilidade criminal a partir dos dez anos de idade – não é cedo demais?” – pergunte a pesquisadores, pais, sociólogos e psicólogos.

Quando você tem dez anos e é britânico, a lei restringe severamente seus direitos. Você não pode beber, fumar, votar ou se casar. Você não pode nem pegar um cachorro ou gato sozinho. Você é menor de idade.

No entanto, quando se trata de assassinato, crianças de dez anos são julgadas como adultos. Na Inglaterra e no País de Gales, a idade da responsabilidade criminal começa aos dez anos.

Uma pessoa tão jovem pode entender o que é assassinato se cometer em estado de fervor ou paixão?

Resposta: Para isso, ela deve ser educada de um certo estilo. A educação na Grã-Bretanha costumava ser muito séria. Mesmo agora, nas universidades, você pode ver em que bancos comidos por insetos eles se assentam e em quais pratos eles comem – esses são pratos de barro rachados de 200 anos atrás. De manhã, eles tomam banho e, se de repente a água quente é desligada, eles devem tomar um banho frio.

Se eles criassem seus filhos dessa maneira, e especialmente nos últimos anos antes do 13º aniversário (dez anos é muito cedo), seria possível tratar uma pessoa como um adulto a partir dos 13 anos.

Pergunta: O que significa educar adequadamente crianças menores de 13 anos?

Resposta: Significa explicar a elas com muita seriedade o que significa a responsabilidade de uma pessoa em todos os aspectos de sua vida.

Eu me lembro que nós, como estudantes de cibernética médica biológica, éramos levados para o necrotério, para a maternidade, para cirurgias, para lugares não muito agradáveis. Eles abriam um cadáver, nos mostravam algo, e tudo isso não deixa uma impressão muito agradável. Uma mulher dá à luz e você vê como tudo acontece. Lembro-me que com18 e 19 anos fiquei muito impressionado com isso.

Leve-os também para as prisões, tudo isso é necessário. E é após esse treinamento prático que você pode exigir algo de uma pessoa. Tudo isso não é simples.

Observação: Existem casos de abuso infantil por parte dos pais, seus filhos são espancados.

Baseado em casos reais na Grã-Bretanha, foi filmada uma série de TV na qual eles mostram o abuso dos filhos pelo pai e seu tratamento cruel com a mãe. Na história, em um ponto da noite em que o pai estava bêbado e dormindo, as crianças infligiram-lhe várias facadas nele, e devem ser julgadas.

Os pesquisadores estão se perguntando: mesmo fora da estrutura do filme, as crianças são capazes de assumir a responsabilidade por suas ações nesses casos?

Resposta: É difícil dizer. Não são nem crianças nem adultos. Nem crianças nem adultos! Não se trata de idade, mas de qual treinamento e educação elas receberam.

Pergunta: Então, como podemos julgá-las corretamente?

Resposta: Não há como julgá-las se elas não estiverem prontas para serem julgadas, e julgadas corretamente.

A sociedade é responsável por não lhes dar treinamento adequado, por não educá-las da maneira correta, por se comportarem dessa maneira e por seu pai se comportar dessa maneira. É a sociedade! Não devemos culpar os pais, e é isso que acontece.

A sociedade permite filmes, internet, influências nas crianças e depois reclama: “Como isso pode ser? Vamos perguntar à sociedade. Vamos colocar a sociedade na cadeia.

Pergunta: Com que idade uma pessoa pode ser criminalmente responsável?

Resposta: Depende da educação! Da educação! Não na idade.

Pergunta: Mas o que isso implica?

Resposta: Isso inclui tudo. Implica criar uma nova pessoa! Do jeito que queremos. Do jeito que pensamos que ela deveria ser. A sociedade deve decidir. “Aqui está, aqui está uma imagem da pessoa correta. Queremos fazer essa imagem de cada um”.

E não pense que as pessoas serão semelhantes umas às outras. Elas não serão. Nós não padronizamos pessoas. Mas, com relação ao comportamento mútuo, à responsabilidade com a sociedade, aos pais e a todos, elas se comportarão da maneira que decidirmos. E aqui tudo depende do que decidirmos. Mas depois disso, isso será nossa responsabilidade.

E hoje também é nossa responsabilidade! Como você pode responsabilizar uma criança de dez anos? Mostramos a ela todo tipo de deformidades na TV, ela vê o que sabe na família. Como elas podem agir de maneira diferente? Não tem jeito.

Quem deve ser punido? Os responsáveis ​​pela educação nem são os pais. E esses pais pobres? Que tipo de pais eles podem ser? Precisamos colocar o ministério da educação e formação na cadeia.

Pergunta: Você disse que descreveremos a imagem de uma nova pessoa e educaremos a geração de acordo com esta imagem. Você pode nos mostrar uma imagem de uma nova pessoa?

Resposta: A imagem de uma nova pessoa é muito simples. É alguém que entende sua responsabilidade pessoal por toda a sociedade e vive a vida da sociedade. Em outras palavras, o principal é apoiar a sociedade para que ela esteja sempre em bom estado.

É isso. Quando houver uma atmosfera assim, tudo ficará bem.

Mas isso deve ser monitorado! A polícia, o ministério da educação e o ministério da formação ainda devem existir. Formação! Afinal, formação não é a mesma coisa que educação.

E tudo, a partir de jardins de infância, deve estar subordinado a isso. Então as pessoas serão saudáveis, tanto mental quanto fisicamente.

De KabTV, “Notícias com Dr. Michael Laitman”, 17/12/19

Yom Kippur (Dia Do Julgamento)

laitman_288.2Yom Kippur é o dia do julgamento. Quem julga? Quem está sendo julgado? O que a pessoa precisa fazer neste dia? O que acontecerá se a pessoa fizer tudo corretamente?

No Dia do Julgamento, a pessoa julga a si mesma, subindo acima do egoísmo pessoal e revelando o mundo como um sistema unificado. Não é por acaso que o povo judeu sempre foi criticado pelo cosmopolitismo – embora todos os limites sejam arbitrários, nosso núcleo interno e inato sempre nos fez estranhos entre eles.

Hoje, quando o mundo precisa desesperadamente da unidade, a nação judaica é destruída. No entanto, outras nações não podem mentir para nós – instintivamente, mesmo sem a sua própria consciência, elas exigem que assumamos a responsabilidade pela missão de unificação, que derretamos todos os corações em um só coração.

Nisso se encontra a essência do nosso Dia do Julgamento.

Dia Dos Direitos Humanos

Laitman_414Comentário: No dia 10 de dezembro de 1948, a Assembléia Geral das Nações Unidas adotou a Declaração Universal dos Direitos Humanos, e desde 1950 esse dia tem sido observado como o Dia dos Direitos Humanos.

Essa declaração, que foi adotada quase imediatamente após a terrível Segunda Guerra Mundial, que pisoteou todos os direitos possíveis, incluindo o direito à vida de milhões de pessoas, tornou-se o primeiro documento mundial que formou o estado dos direitos humanos.

Resposta: Sessenta e seis anos se passaram e o que a ONU fez para implementá-la em nossas vidas? Será que ela educa as pessoas em todos os países a se relacionar de forma humana, ou faz o contrário? Eu não vejo nada de positivo acontecer. Eles só falam sobre isso e nada mais do que isso.

As pessoas estão muito desapontadas com todos os dias internacionais declarados: Dia dos Mineiros de Carvão, Dia dos Veteranos, etc. É o mesmo em relação ao Dia dos Direitos Humanos.

Pergunta: O que são os direitos humanos para você?

Resposta: Os direitos humanos são para compreender e alcançar o sentido da vida. Uma pessoa pode realmente alcançá-lo! Todos os caminhos estão abertos para esse propósito e eu posso fazer isso. Afinal, os direitos humanos não dizem respeito a uma pessoa que não está com fome, tendo um teto sobre a cabeça, tendo uma família, filhos, educação, um fundo de pensão, etc. Estas são coisas básicas que podem ser facilmente fornecidas hoje para todos.

Se as pessoas compreendessem hoje o sentido da vida, viveriam uma vida muito melhor, independentemente da ONU.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 05/12/16

Por Que Precisamos Corrigir O Homem Se Ele Foi Criado À Imagem Do Criador?

Dr. Michael LaitmanO Criador criou o protótipo espiritual de um homem chamado Adão. Ele estava no nível da qualidade de doação completa e amor, isto é, estava em equivalência de forma com o Criador.

Nós somos chamados de “filhos de Adão” e há uma parte dele em cada um de nós. Hoje, somos completamente opostos ao Criador e nossa tarefa é redescobrir a qualidade de doação e amor na conexão entre nós e subir ao nível da força superior.

Pegue Pokemon, Alcance O Criador

laitman_527_03Nas Notícias (Pravda.ru): ” Para mim, uma experiência muito interessante é o Pokemon Go. Até recentemente, houve um período de imersão no mundo virtual, e isso agora está se movendo para um desejo de sair para o mundo real. E esse Pokemon Go – trata-se apenas de querer um verdadeiro diálogo, reações reais, e sair com alguém é uma forma de atrair a atenção e uma maneira de dizer que não fiz algo como um Avatar, mas que sou um homem e quero ser visto, ouvido, quero interagir com os outros, mesmo que de forma tão estranha.

“As pessoas também não têm emoções positivas suficientes e um propósito, um sentido na vida”.

Meu Comentário: Uma pessoa está jogando o tempo todo, visto que está procurando o sentido da vida e a realização pessoal. Eu não sou contra o jogo Pokemon, porque tudo o que aparece em nosso mundo, em última análise nos leva à correção.

Pergunta: Uma pessoa pode encontrar o sentido da vida através de um jogo?

Resposta: Claro! Toda a sabedoria da Cabalá é um jogo. Está escrito que o Criador joga (brinca) com o Leviatã, então nós também jogamos (brincamos) uns com os outros. O jogo é uma atividade em que eu imagino um estado no qual ainda não me encontro, como em um teatro. Nós nos reunimos e começamos a simular nossos estados espirituais que são especificamente descobertos na conexão entre nós. Mesmo que ainda não tenhamos atingido essa conexão, imaginamos a nós mesmos como ela será, como uma sociedade futura parecerá onde todos estão conectados juntos, para começar a sentir o início dos estados espirituais. Deste modo nós atraímos uma energia única em nós mesmos que nos move para a frente fisicamente.

Pergunta: Será que somos crianças?

Resposta: Certamente! Se percebemos que somos crianças e realmente somos como crianças que há muito tempo já se tornam adultos sérios. Nós crescemos gradualmente quando entramos no jogo, porque no futuro a vida em um nível superior é esperada para nós, uma vida muito boa e calorosa em que já não estamos apenas jogando um jogo, mas um Pokemon real.

Isso ocorre porque a busca do Pokemon é a busca para descobrir o Criador! É nisso basicamente que a sabedoria da Cabalá se envolve. Dentro de nós e em nossa conexão com os outros, estamos constantemente nos dirigindo para uma maior revelação do Criador. Nós perseguimos isso até chegar a um estado em que o Criador começa a ser revelado cada vez mais. Estes são 125 níveis de realização e a descoberta de um estado superior perfeito e ilimitado; não é a busca de algum tipo de imagem fantasmagórica. Pelo contrário, é um estado que muda nossas vidas e nos leva para outra dimensão.

Pergunta: O que nos faz avançar neste jogo?

Resposta: Quando uma pessoa se dirige à conexão interna entre ela e os outros, dessa maneira ela muda todos os seus sentidos. Nós entramos cada vez mais em uma outra realidade. É impossível comparar isso a correr em um parque em busca de algo.

Comentário: Apesar de tudo, este é um pequeno passo adicional para a humanidade.

Resposta: Sem dúvida! Vários fenômenos em nosso mundo sempre nos dão algum tipo de avanço. Portanto, vamos nos dirigir a uma busca real.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 21/07/16

Paz É Só Um Sonho

 Pergunta: Como podemos parar de invejar aqueles que vivem vidas muito melhores, mas se recusam a ouvir a sabedoria da Cabalá ou sobre o trabalho espiritual?

Resposta: Eu não posso imaginar viver uma vida pacífica. Já tenho cerca de 70 anos de idade, estou aposentado, mas por que se acalmar… ?! E então? Se alguém está prestes a morrer, não há nada a ser feito sobre isso, mas e se você quiser viver mais, o que então? Você deve se esquecer do sentido da vida, não se desenvolver, não alcançar nada, nem crescer como um ser humano? A pessoa deve ter certo grau de respeito próprio. Eu sou um ser humano ou um animal?

Pergunta: Será que isso significa que a vida para você é uma busca contínua?

Resposta: Eu acho que isso não é só para mim. A pessoa precisa de um bom ambiente que a levará a isso, a apoie e concorde com ela. Então, a vida vai ser interessante e agradável e ela realmente vai fazer algo significativo na vida.

Comentário: Parece que você não será um entusiasta da pesca que pesca toda a noite até o amanhecer.

Resposta: Eu tentei uma vez me juntar a um amigo que realmente amava pesca e saímos para pescar um par de vezes, mas não consegui encontrar nada que me satisfizesse nisso.

Pergunta: É possível combinar atividades?

Resposta: Você pode combinar qualquer coisa. A questão é se a pessoa encontra a paz nisso. Eu não encontrei. Eu realmente amo música, bons e astutos filmes de comédia e boas piadas. Gosto de aprender coisas novas. Tenho visitado muitos lugares em todo o mundo e achado interessante, embora, por outro lado, esse mundo é como um ponto que desaparece no fundo da sabedoria da Cabalá. A principal coisa é que a pessoa tenha um objetivo que a leve para a frente e a faça crescer. A pessoa deve fazer isso uma vez que teremos que cumprir o plano da criação de qualquer forma.

Da Lição de Cabalá em Russo 13/03/16

Risco Indevido: Contagioso

laitman_945_0Comentário: Os cientistas das universidades de Melbourne e da Califórnia provaram que o comportamento excessivamente arriscado é contagioso. Nós vemos o quanto o jogo, a condução imprudente nas estradas, e até mesmo organizações terroristas atraem muitas pessoas porque o ambiente nos influencia muito fortemente.

Resposta: A ideia não está na influência do ambiente, mas que assim a pessoa entra em contato com o desconhecido. Ela sente que há algo desconhecido que a governa; existe algum tipo de força acima dela. Na monotonia da vida diária ela não consegue entrar em contato com esse poder. Somente se ela tenta avançar até ele é que ela pode estar sob sua influência e sentir uma conexão com ele.

Essa é uma necessidade muito forte e interna. Qual é o jogo? Se soubesse desde o início o benefício ou a perda, isso poderia se tornar um negócio. O jogo está no fato de que eu não sei o resultado, e é meu prazer, e é desejável, porque quando eu passo por cima do desconhecido, eu subo sobre o egoísmo e começo a sentir a força que está acima de nós, que controla o nosso mundo.

Isto é o que atira as pessoas para os braços dos jogos de azar e organizações terroristas. Eu não estou falando daqueles que são atraídos para um “paraíso” futuro após a morte, mas especificamente daqueles que estão à procura de aventura ou desafiando cientistas que conduzem experimentos em si mesmos, etc.

Mas tudo isso é muito pequeno. Um homem infeliz não tem outra maneira de se conectar com a gestão superior, o propósito superior, de subir acima de si mesmo, de escapar de si mesmo. Que tipo de benefício uma pessoa extrai do bungee jump?

Eu tinha um conhecido que gostava muito de saltar sem paraquedas e seu amigo tinha que pegá-lo no ar. Isso lhe dava uma satisfação interior. O medo impede as pessoas comuns de fazer isso, enquanto ele explicava tudo muito simples, “eu recebo um prazer que é maior do que o medo; eu não consigo parar!”

Pergunta: É possível direcionar essas pessoas a buscar a espiritualidade?

Resposta: Esse é um problema, porque buscando a espiritualidade coloca a pessoa em situações que ela cria com o seu próprio esforço. Quando ela compreende sua dependência da força superior, ela descobre esses estados, e o poder superior é revelado a ela. Mas isso acontece em uma luta interior muito complexa, com uma preparação séria.

Esse não é um grande avanço, não é uma aventura; é a vida. Quando a pessoa vive a sua dependência, se eleva ao nível da força superior que governa e começa a trabalhar em parceria com ela. Assim, um “segundo fôlego” se desenvolve nela. Ela se encontra simultaneamente no presente, passado e futuro. Tudo se funde em um único conjunto. A sensação que a preenche remove todas as impressões de tempo, espaço e movimento e ela sente que flui permanentemente nesse estado.

Portanto, quando você olha para as tentativas infantis de obter um sentimento de “agarrar o tigre pela cauda”, você percebe que as pessoas querem tanto se preencher por um instante, enquanto esse sentimento puder ser testado constantemente. Na espiritualidade é possível sentir essa sensação de forma permanente.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 20/03/16

Nova Vida # 638 – Os Bons

Nova Vida # 638 – Os Bons
Dr. Michael Laitman em conversa com Oren Levi e Tal Mandelbaum ben Moshe

Resumo

A sabedoria da Cabalá nos obriga a alcançar o “ama teu amigo como a ti mesmo”.  A garantia mútua vai encher nosso país com um bom espírito. Quando a conexão entre nós é boa, nós somos compatíveis com a boa força geral da natureza e podemos aproximá-la.

Antigamente éramos como um homem em um só coração, e quando o ódio infundado eclodiu fomos destruídos. Agora precisamos nos reconstruir. O nosso bom futuro depende apenas da conexão entre nós através da qual nosso senso de segurança irá melhorar e os nossos inimigos serão neutralizados. Nossos líderes espirituais explicaram que se estivermos conectados ninguém vai querer nos prejudicar.

Além da ajuda mútua, o projeto “Os Bons (HaTovim)” também inclui uma campanha de relações públicas, círculos de discussão, reuniões em casa, e muito mais. Se pararmos de querer nos matar em potencial, nossos vizinhos já não vão querer nos matar na prática. Seremos bons uns com os outros e o mundo inteiro vai ser bom para nós. É uma equação pela qual tudo funciona.

Nós temos que irradiar um espírito de conexão e dar um bom exemplo com os nossos vizinhos, no trabalho, na estrada e na mídia. Existe o potencial de bondade em cada israelense; está no nosso DNA, e é assim que nos reunimos em torno Abraão. Os “Bons” é uma onda positiva com a intenção de despertar o amor adormecido que está oculto em nós. A ajuda mútua, além de uma campanha de relações públicas sobre por que é importante se conectar, vai construir uma zona de segurança em torno de nós. Se nos conectamos, estimulamos a boa força na natureza e equilibramos o mal em nós.

Nós dizemos aos nossos filhos que eles devem se comportar muito bem com os outros, mas realmente nos esquecemos disso. Vamos criar boas ondas de conexão entre nós, e elas vão se espalhar como ondulações de Israel para o mundo.

De KabTV “Nova Vida # 638 – Os Bons”, 25/10/15