Textos com a Tag 'Desejo'

Examinando Desejos

549.01Comentário: Quando uma força que revela o ponto no coração aparece em uma pessoa, ela começa a procurar algo. Este ponto tira todos os seus outros desejos do egoísmo.

Em princípio, ocorre aqui uma divisão e interconexão entre diferentes desejos, como egípcios, israelenses e Faraó.

Minha Resposta: Tudo existe dentro de uma pessoa. Ela deve examinar a si mesma, quais de seus desejos estão no nível do nosso mundo e não a levarão a lugar algum, ela ficará com eles como um animal e morrerá assim. Ou seus desejos são capazes de puxá-la para o próximo nível, e lá ela existirá no sentimento do mundo superior.

Pergunta: Quando uma pessoa sai do Egito, ela trabalha conscientemente com seus desejos, ou isso acontece automaticamente, como em uma criança que se desenvolve e só então entende do que se trata?

Resposta: Gradualmente, uma pessoa começa a entender cada vez mais conscientemente que existem desejos nela que podem elevá-la acima da natureza do nosso mundo.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 19/04/22

Energia Dos Desejos

962.3Comentário: Os cientistas chegaram à conclusão de que algumas palavras não têm apenas energia, mas também, antes de tudo, um efeito informativo no DNA humano. Digamos que uma velhinha está sentada e dizendo palavras incompreensíveis com uma energia negativa que afeta uma pessoa como uma maldição.

Minha Resposta: Todos os encantamentos, calúnias e todos os tipos de feitiços têm um certo significado. Eles podem nos afetar porque são desejos claramente direcionados de uma pessoa para outra. Nossa influência mútua foi testada por centenas de anos.

Algumas pessoas afetam outras com mais força, outras com menos. Estes não são apenas feiticeiros, xamãs e magos. Realmente existem tais forças no mundo.

No entanto, não há necessidade de ceder ao medo e correr para vários conjuradores ou pagar dinheiro para ser purificado, etc. Você só precisa entender que tudo existe na natureza e precisamos estar acima disso. Se desejarmos que o bem traga a conexão entre as pessoas a fim de se elevar acima do mal, seremos capazes de diminuir todo o mal e cobri-lo com o bem.

Pergunta: Você está dizendo que todos esses fenômenos existem apenas na percepção egocêntrica de uma pessoa e quanto mais ela se afasta de tal percepção do mundo, mais a influência dessas forças sobre ela diminui?

Parece que existem diferentes tipos de energia negativa. Por exemplo, o mau-olhado é quando uma pessoa influencia outra com seu desejo, e a maldição é quando ela precisa dizer certas palavras além. É claro que há desejos por trás disso, mas há algum poder nessas palavras?

Resposta: Tudo isso está no desejo e não nas palavras. Uma pessoa não pode dizer nada e ainda afetar a outra.

Pergunta: Não há nenhum significado especial nas palavras pronunciadas?

Resposta: Se aquele que fala coloca algum esforço interior nisso, é claro que ele também dá um efeito a essas palavras.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 22/02/22

Tudo Depende Do Desejo Sincero

3Pergunta: É possível ajudar uma pessoa que não vê a grandeza de seus amigos que acredita que está sentada há décadas sem conseguir nada?

Resposta: Só podemos ajudar uma pessoa fazendo tudo o que depende de nós, além disso, tudo está nas mãos do Criador. Se fosse necessário acelerar nosso trabalho, o Criador o teria feito. Mas se Ele não fizer isso, precisamos nos esforçar para avançar em direção à meta dentro de nossa estrutura. Quando isso não acontece, temos que concordar com isso também.

No entanto, em nosso tempo ainda estamos avançando. Vejo que estamos avançando de congresso em congresso, e fazendo isso bem. Estou feliz por vocês. Em geral, já estamos falando sobre passos positivos à frente, sobre ações uns para com os outros e para o Criador. Acho que vocês estão fazendo um ótimo trabalho.

Se vocês desejam obter a correção final (Gmar Tikkun), eu apoio, mas não posso ajudá-los de forma alguma. Depende do seu desejo sincero, mas ainda não existe um desejo sincero porque a cada dia ele precisa se formar cada vez mais dentro de vocês.

Um desejo sincero de correção está entre nós da mesma forma que a qualidade do Criador está no amor e na doação. Isso é tudo. Não há necessidade de imaginar a correção final de qualquer outra forma.

Da Convenção Internacional “Elevar-se Acima de Nós Mesmos” 08/01/22, “Obter a grandeza da meta dos amigos” Lição 4

A Que Leva O Desejo De Sentir O Grupo

938.03Anular-se em relação à dezena significa que vocês têm que definir seu objetivo comum, perceber que estão no mesmo barco, e não resta mais nada além de se tornar tão dependentes uns dos outros que todos se sentirão como um todo comum.

Então, à medida que vocês se aproximam cada vez mais e trabalham constantemente nisso, serão capazes de sentir como o Criador habita em tudo isso.

Todo amigo deve pensar que quer sentir o grupo, apenas este sistema, e viver dentro dele. Então vocês começarão a sentir que há uma força superior dentro dele, o Criador que os puxam, os guiam e os moldam dentro da dezena. E a dezena se torna um sistema comum. Você têm que sentir isso.

Da Convenção Internacional “Elevar-se Acima de Nós Mesmos” 08/01/22, “Ir com Fé Acima da Razão”, Lição 5

O Que É Restrição Do Desejo?

622.01Uma pessoa pode restringir-se apenas na medida em que substitui seus desejos e intenções pelos do grupo, por desejos intencionais.

Restringir-se não significa simplesmente bloquear algum desejo. Você deve sempre substituí-lo por algo que seja superior e mais preferível. Se for desejável para você restringir seus desejos egoístas, você conseguirá isso. Caso contrário, não pode ser feito. Somente se o grupo lhe der uma compreensão de que esta é a coisa mais importante, você será capaz de restringir seu ego.

Pergunta: Essa lei funciona assim onde quer que um grupo seja formado?

Resposta: Esta lei funciona na medida em que você deseja segui-la. Por isso se diz que a espiritualidade está oculta. Está oculta porque temos que revelá-lo com nossos anseios.

Da Convenção Internacional “Elevar-se Acima de Nós Mesmos” 08/01/22, “Obter dos Amigos a Grandeza da Meta”, Lição 4

O Propósito De Quebrar Um Único Desejo

237Congresso Internacional “Elevar-se Acima de Nós Mesmos” – Lição 1

O amor aos outros só pode ser através da revogação de si mesmo (Rabash, Artigo 1, Parte 1, “Propósito da Sociedade—1”)

A abnegação é a aniquilação de si mesmo em relação aos outros. Ao mesmo tempo, uma pessoa não apenas desaparece, mas está envolvida precisamente no fato de que tudo o que está nela – em sentimentos, pensamentos, ações – ela faz apenas para o bem do outro. Isso se chama amor. Você existe apenas para o bem de outro.

Por um lado, cada pessoa deve se sentir humilde e, por outro, orgulhar-se de que o Criador nos deu a chance de estar em uma sociedade onde cada um de nós tem apenas um objetivo: que a Shechiná [Divindade] esteja entre nós.

Ou seja, para que voltemos ao estado original do qual fomos criados quando o Criador começou a desenvolver dentro de Si o desejo de receber, o oposto de Si mesmo, para criar as criações. E as criaturas devem ser opostas a Ele. Portanto, gradualmente dentro do Criador, dentro da luz superior, foi criado um desejo de receber, que então se dividiu em muitas partes, subpartes, sub-sub-subpartes, e assim por diante, ao longo de 125 graus de descida de um único desejo primordial, que chamamos Malchut de Ein Sof (o mundo do infinito) até o nosso estado e até mesmo abaixo dele.

Tudo isso acontece dividindo um único desejo em uma série de desejos, para que possamos começar a jornada de retorno, nossa evolução, nosso desenvolvimento para começar a revelar o Criador a partir dos opostos.

Da Convenção Internacional “Elevar-se Acima de Nós” 06/01/22, “Aproximar-se do Criador por meio da rede de conexões entre nós”, Lição 1

Desejo Mágico

226Comentário: Muitos filósofos e psicólogos escreveram que precisamos mudar a nós mesmos.

Minha Resposta: Mas eles escreveram do ponto de vista da moralidade. Isso não é a mesma coisa. A ciência Cabalística fala sobre mudar a natureza de uma pessoa, não apenas de uma boa atitude em relação a outras pessoas.

Nós mesmos não podemos mudar nossa natureza. E os filósofos tinham em mente algum tipo de correção das relações entre as pessoas: “Nós nos limitaremos lindamente, nos colocaremos em algum tipo de estrutura”. Isso é o chamado egoísmo educado.

E aqui a ideia é completamente diferente. Aqui precisamos de uma força especial que nos mudará. A força que criou o nosso egoísmo de uma forma tão rígida: para desfrutar, receber, governar, nos preencher e absorver, é essa força que deve nos tornar o inverso, simplesmente nos virar. Nada mais é necessário.

Pergunta: Por que a natureza não nos criou assim em primeiro lugar? Por que foi necessário nos inverter?

Resposta: Para que possamos nos convencer de que a base egoísta da vida é falha, prejudicial e má e queremos passar dela para sua marca, para a próxima forma reversa.

Isso é o que nosso desejo fará. Não temos a quem pedir, não há nada ao nosso redor. Só que na natureza existe esse gatilho, um interruptor, que fará esse trabalho em nós. Se realmente reconhecermos nosso mal e quisermos passar para o próximo nível de existência, isso acontecerá.

Esta lei existe na natureza. É sobre isso que a Cabalá e os Cabalistas falam. A Cabalá é a ciência que revelou essa lei. É a base de todo o seu método: como fazer a natureza nos transformar de pequenos seres egoístas em seres altruístas (apenas verdadeiramente altruístas, não pseudoaltruístas como em nosso mundo). Então, realmente começaremos a sentir uma natureza completamente diferente, um “nós” diferente e um mundo diferente.

De KabTV, “Close-up”

Desejo De Frutificar

509Pergunta: O que significa “comeram do grão da terra”?

Resposta: O desejo que você corrige se torna um desejo produtivo. Dá a você a oportunidade de existir.

Você recebe a luz do Criador. As partes da luz que entram em seu desejo, o preenchem, corrigem e desenvolvem são chamadas de “o grão da terra de Israel”.

Israel significa “direto ao Criador”. Desta forma, a pessoa estabelece uma conexão entre ela e o Criador.

De KabTV, “Segredos do Livro Eterno”, 20/09/21

Desejo E Intenção

610.2De acordo com a sabedoria da Cabalá, inicialmente, apenas o Criador existia – o desejo de doar e realizar. Para que Ele pudesse realizar esse desejo, Ele criou o desejo de receber, de ser realizado. Esta é a matéria da criação.

Como resultado, todo o universo consiste em duas qualidades opostas: o desejo de doar, de preencher, de amar, as qualidades do Criador, e o desejo de receber, de preencher apenas a si mesmo, mesmo às custas dos outros, das qualidades de criação.

O desejo de receber não precisa doar para mudar e se tornar semelhante ao Criador. Não pode emanar nada de si mesmo. Mas pode receber a fim de doar como uma criança comeria para agradar sua mãe, e embora ela receba fisicamente em ação, ela está na verdade doando enquanto age a fim de agradá-la. Fazemos o mesmo com relação ao Criador.

Recebemos tudo Dele, mas se nos restringirmos e concordarmos que receberemos apenas a fim de Lhe trazer contentamento, nos tornamos os doadores, iguais ao Criador. Ele nos doa porque Ele é a própria qualidade de doação, nós recebemos com a intenção de trazer-Lhe contentamento e, então, somos iguais a Ele.

A equivalência de qualidades com Ele revela o Criador para nós, e começamos a sentir, compreender, explorá-Lo e estar em contato absoluto com Ele.

Então, o Criador tem apenas o desejo de doar. A criação tem um desejo e uma intenção: o desejo de receber e a intenção “para meu próprio bem” ou “para o bem dos outros”, incluindo “para o bem do Criador”.

Ao alterar os desejos de uma pessoa de maior para menor e suas intenções “para o seu próprio bem” ou “para o bem dos outros”, uma pessoa pode se elevar ou se abaixar em relação ao Criador, aproximar-se ou afastar-se Dele. Nesse caso, a intenção muda a essência da própria ação. Esse é o ponto de nossa correção.

Não podemos mudar a ação, mas mudando a intenção de “para nosso próprio bem” para “para o bem dos outros”, o significado de nossa ação pode mudar para o oposto e se tornar doação em vez de recepção. Se eu recebo do Criador a fim de Lhe trazer contentamento, sou considerado aquele que Lhe dá prazer, isto é, o doador.

É assim que começamos a entender o nosso trabalho: combinando corretamente o desejo de receber com a intenção de doar, uma pessoa se forma corretamente, ajusta-se em relação ao Criador. Isso é chamado de trabalho em três linhas.

De KabTV, “Conversa sobre O Livro do Zohar

Quanto Mais Forte É A Conexão, Mais Forte É O Desejo

528.02Pergunta: Onde podemos encontrar a força para criar a Hisaron (desejo, anseio) correta para nossos amigos?

Resposta: Você deve desenvolvê-la entre vocês. A questão é que tanto a força quanto o desejo não vêm de algum lugar, mas apenas de cima, do Criador. Mas tudo depende de quanto precisamos disso.

Às vezes, exigimos: “Dê-nos o desejo!” Mas não podemos lidar adequadamente com o que temos, e é por isso que todos os nossos gritos, pedidos e orações não dão em nada. Portanto, você precisa entender que apenas na extensão de sua conexão os impulsos corretos para um pedido ou um desejo de cima surgirão em você, para um desejo de se elevar à força que irá desenvolver e elevar você.

Somente a identificação de um pedido comum entre nós e o direcionamento ao Criador depende de nós.

De KabTV, “Videoconferência”