Textos com a Tag 'Conexão'

No Sistema De Conexão Comum

557Pergunta: Eu vivo neste mundo e estou conectado com outras pessoas. Quanto minhas ações erradas influenciam as punições de outras pessoas?

Resposta: Eles influenciam. Eu não posso explicar o quanto, mas influenciam. E as ações incorretas delas influenciam você.

Pergunta: Digamos que eu compreendo as leis da natureza, procuro observá-las, faço esforços. No entanto, existem vários bilhões de pessoas que, consciente ou inconscientemente, não querem cumpri-las. Eu recebo punição por elas?

Resposta: Claro. Estamos todos conectados em um único sistema.

Pergunta: O que podemos fazer nesta situação?

Resposta: Tente corrigir a si mesmo e aos outros através de você.

Pergunta: Então, não para corrigi-los, mas a mim mesmo?

Resposta: Claro.

Pergunta: Mas eles existem de qualquer maneira. Qual é a conexão se eu me corrigir e eles não forem corrigidos?

Resposta: Você deve orar por eles.

Pergunta: Por que deveria haver tal responsabilidade?

Resposta: Porque é um sistema comum.

Comentário: Mas todas essas punições coletivas aparentemente sobreviveram à sua utilidade. Uma pessoa deve ser responsável por si mesma.

Minha Resposta: Nada sobreviveu à sua utilidade. Esse sistema existe e sempre existirá. O Criador criou um único Kli, desejo, e esse desejo deve atingir o nível do Criador.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 31/05/22

Esforçando-se Por Uma Boa Conexão

254.01Pergunta: O mundo está em constante evolução e não precisamos mais explicar às pessoas que o mundo é global. Elas mesmas veem isso. Mas a pergunta delas é: “O que vem a seguir?” Como podemos compensar isso?

Resposta: Não precisamos pensar no mundo inteiro, não somos capazes de compreendê-lo.

Nossas equipes em todos os continentes estão realizando atividades de disseminação. Mas a ação principal deve ser em Israel porque aqui está aquela parte da humanidade na qual os Reshimot, os genes espirituais, estão exatamente na superfície. Essas pessoas já os perceberam uma vez e caíram deles.

Portanto, devemos ativar definitivamente a parte da humanidade chamada “Isra-el”, direto ao Criador, que carrega a qualidade de doação e amor.

Se fizermos isso, praticamente o mundo inteiro sentirá um forte abalo espiritual: de repente as pessoas correrão para a frente, de repente descobrirão o significado do motivo pelo qual viver.

Elas vão parar de lutar por várias bobagens. De repente, serão levadas a realizar essa ideia: uma boa conexão entre elas para revelar a força superior, a próxima dimensão.

Mas para isso precisamos trabalhar a plena capacidade. Eu espero que façamos isso nos próximos anos. Pelo menos eu vejo isso como minha missão. Espero que possamos fazer isso. Caso contrário, o estado será muito deplorável para todos: primeiro para os judeus, depois para o mundo inteiro.

De KabTV,Eu Recebi uma Chamada. Desemprego Mundial”, 15/09/11

Trabalhando Em Conexão

547.01Comentário: Em 1945 ocorreu a terrível explosão nuclear em Hiroshima e Nagasaki no Japão. Mas exteriormente, este país se recuperou muito rapidamente e atingiu um nível ainda mais alto.

Minha Resposta: Os japoneses podem se recuperar muito rapidamente porque têm um desejo sério de trabalhar juntos, acima de si mesmos, em conexão. A comunidade, a sociedade, a dependência dela e o valor da opinião da sociedade estão em primeiro lugar para eles.

Isso vem daqueles antigos deveres que uma pessoa tinha em seus clãs ancestrais. Vemos todos os sacrifícios que eles estão dispostos a fazer em nome de algo comum, em nome da palavra de honra.

Não existe tal coisa no Ocidente. No Ocidente, pegar, trapacear, arrebatar, vender, até mesmo o próprio pai e a mãe, são coisas aceitáveis.

De KabTV, “Close-Up. Ramo de Sakura”, 15/05/11

Vinculado Por Conexão Mútua

264.01Comentário: Hoje o mundo assumiu uma dimensão global, onde as pessoas sentem que estão de alguma forma interconectadas.

A Cabalá é chamada a mudar completamente os valores e prioridades e organizá-los de tal forma que as relações humanas sejam construídas sobre o princípio do “ame o próximo como a si mesmo”, apoio mútuo e assim por diante.

Minha Resposta: Não temos para onde fugir disso! Chegaremos a essa decisão de qualquer maneira. A Cabalá simplesmente nos dá a oportunidade de fazer isso.

Quando os chamados G8s, G20s, e não apenas os fóruns políticos ou econômicos, mas quaisquer outras organizações públicas se reúnem, eles falam sobre a necessidade de colaboração.

Hoje, todos entendem que a colaboração é necessária, caso contrário o mundo explodirá ou se espalhará.

Pergunta: Se todos entendem isso, o que a Cabalá oferece de novo?

Resposta: A Cabalá não está oferecendo nada. Ela diz: “Amigos, vocês entenderam corretamente que o mundo é um e que estamos à mercê de alguma força mundial comum que age de forma centrípeta sobre nós, sempre nos aproximando da interdependência mútua. Ano após ano, nos tornamos mais dependentes um do outro e, mais do que provavelmente, nem podemos quebrar essa conexão”.

Esse fato não mudaria se algum Estado quisesse se separar, retirar-se da comunidade mundial, ou tentar prover-se de algum tipo de economia de subsistência e assim isolar-se dos demais. Não vai ajudar.

Hoje, todos os Estados, todas as pessoas na Terra estão conectadas internamente pela própria natureza com alguns laços invisíveis para que não sejam capazes de se isolar de forma alguma. Cientistas, cientistas políticos e sociólogos falam sobre isso, e todos entendem isso muito bem.

A única coisa que ninguém tem é a força ou sabe como chegar a esta unificação, ou onde obter o poder que é oposto ao nosso egoísmo que está tentando nos dividir, nos separar e nos direcionar a suprimir uns aos outros.

Como podemos ter certeza de que, em vez dessa força centrífuga, revelaremos a força centrípeta?

Comentário: Mas as pessoas não sentem essa conexão.

Minha Resposta: Não estamos falando de uma pessoa comum. Estamos falando de pessoas que estão administrando o Estado, a sociedade e o desenvolvimento tecnológico. Elas entendem aonde o mundo está chegando, que hoje nenhum país pode se separar um do outro porque somos pequenas partes da natureza.

A natureza nos trouxe a um estado em que estamos interconectados. E não podemos quebrar essa conexão mútua.

De KabTV, “Close-Up. Europa Hoje”, 26/01/11

Por Que Estamos Juntos?

528.01Pergunta: Com o que podemos preencher o nosso próximo? O que podemos conceder?

Resposta: Só há uma coisa que podemos fazer pelo nosso próximo. Ele está se esforçando para se elevar à espiritualidade e é isso que desejamos para ele e queremos ajudá-lo nisso.

Eu não preciso levá-lo a um restaurante! Eu preciso ajudá-lo em sua ascensão espiritual porque é tudo o que ele quer. E isso é tudo que eu quero. É por isso que estamos juntos.

Da Convenção Internacional “Elevar-se Acima de Nós” 06/01/22, “Aproximar-se do Criador por meio da rede de conexões entre nós” Lição 1

A Experiência Cara Do Cazaquistão

627.2Pergunta: Estima-se que a recente interrupção da Internet custou US$ 189 milhões à economia do Cazaquistão. A perda de conexão cobra um preço enorme para a humanidade e esse é apenas um país.

E se acontecesse em escala global, uma perda repentina da Internet? Podemos quantificar a soma que refletiria o custo das conexões interrompidas entre nós, entre países, entre pessoas?

Resposta: Acho que seria um ganho líquido de alguns bilhões de dólares, não uma perda.

Eu acho que a humanidade não perdeu com isso, mas apenas seguiu em frente. Eles perceberam o que significa perder a conexão entre eles. Eles perceberam o que significa quando não há conexão entre as pessoas, quando os sistemas de suporte à vida não estão funcionando e assim por diante. Isso é inestimável.

Pergunta: Você quer dizer que a percepção de que não podemos sobreviver sem a conexão compensa todas as perdas monetárias? É isso?

Resposta: Claro.

Pergunta: Então, vamos perceber que a conexão entre nós é simplesmente indispensável, que é vital, e que não conseguiríamos sobreviver sem ela apenas se continuarmos sujeitos a tais interrupções de rede?

Resposta: Só se não aprendermos. É bem possível que fiquemos espertos e não tenhamos que passar por tais interrupções.

Pergunta: Então você acha que veio de cima, que esse tipo de experiência vem do Criador?

Resposta: Tudo vem de cima.

Pergunta: Esta experiência foi dada à humanidade para que pudéssemos sentir que não há conexão entre nós?

Resposta: Sim, claro.

Pergunta: O que vai acontecer quando sentirmos isso?

Resposta: Começaremos a nos relacionar com isso de uma maneira completamente diferente. Começaremos a entender a importância da conexão entre nós, a importância de fornecer a todos as necessidades, a maneira como devemos construir nossa sociedade e assim por diante.

Basicamente, uma sociedade deve ser organizada de tal forma que, aconteça o que acontecer, cada indivíduo ou família receba seu próprio pacote de itens essenciais.

Uma boa conexão recíproca entre nós resolverá todos os problemas.

De KabTV, “Notícias com o Dr. Michael Laitman”, 10/01/22

À Conexão Absoluta

530Pergunta: Eu não menosprezo meus amigos se pedir correção para eles?

Resposta: De jeito nenhum. Porque nenhum de nós pode pedir por si mesmo. Isso não funcionará, mas apenas afastará do Criador uma pessoa que ora por si mesma. E quem pede pelos outros recebe primeiro.

Pergunta: Quando vejo meus amigos não corrigidos, como posso exaltá-los? É apenas jogando, anulando e orando, ou há algum outro meio?

Resposta: Assim que vejo os amigos como não corrigidos, devo ficar horrorizado com minhas propriedades nas quais os vejo como tais, e imediatamente, procedendo disso, peço correção ao Criador, não para me corrigir, mas para ver meus amigos como corrigidos em minhas propriedades corrigidas. Me machuca.

Pergunta: Como posso saber se estou me esforçando o suficiente para me conectar na dezena?

Resposta: Inclua-se na dezena e a dezena em si mesmo para que não haja distância, não falte pensamentos, não falte desejos, e não falte conexão entre nós, para que nossa conexão seja absoluta, “face a face” (Panim le Panim).

Então, curiosamente, neste estado encontraremos o Criador porque Ele não precisa de um lugar.

Da Convenção Internacional “Elevar-se Acima de Nós Mesmos” 07/01/22, “Aderir aos Amigos” Lição 3

A Conexão Em Que O Criador É Revelado

963.8Pergunta: Que papel a propriedade da devoção desempenha em alcançar a fé acima da razão, a fim de implementar inquestionavelmente todas as instruções dos Cabalistas?

Resposta: A devoção ao grupo é a parte mais importante e necessária do nosso desenvolvimento espiritual. Caso contrário, não teremos um Kli, ou seja, um lugar que criamos para revelar o Criador.

O Criador é chamado de lugar. A coisa mais importante que precisamos é criar um desejo (lugar), como se diz: “Os mandamentos do homem com relação ao lugar”.

Se de vários desejos que estão entrelaçados tecemos nosso desejo comum, obtemos um tecido que será chamado de Kli ou Shechiná comum.

Pergunta: Devo amar meus amigos primeiro e depois alcançar a garantia mútua, ou devo tentar estar em garantia mútua e então chegarei ao amor dos amigos?

Resposta: Tente estar em garantia mútua através da qual esse amor é alcançado, ou seja, essa interconexão, contato e comunicação onde você pode substituir completamente um ao outro. É quando surge a qualidade chamada Shechiná, a conexão entre nós na qual o Criador pode ser revestido.

Fazemos de nós mesmos tal fundamento, tal Kli, em nosso tear (máquina de tecer) onde entrelaçamos todos os nossos desejos de ajudar uns aos outros. Esta é a garantia mútua na qual o Criador é revelado.

Da Convenção Internacional “Elevar-se Acima de Nós Mesmos” 09/01/22, “Trabalhar em Responsabilidade Mútua” Lição 6

Graças À Conexão Com Os Amigos

938.07A resposta é que ele deseja alcançar Dvekut [adesão] com o Criador, chamada “equivalência de forma”, ou seja, não pensar em seu próprio benefício. Assim, por que subjugar é uma coisa difícil? A razão é que ele deve revogar seu próprio valor, e toda a vida que ele deseja viver será apenas com a consideração de sua capacidade de trabalhar para o benefício dos outros, começando pelo amor ao próximo, entre homem e homem, por meio do amor do Criador (Rabash, Artigo n.º 30 (1988) “O Que Procurar Na Assembleia De Amigos”).

Se eu quero alcançar a adesão com o Criador, e a adesão com Ele pode ser de acordo com a forma, eu devo anular completamente o meu “eu”, e fazer tudo o que faço na vida com a intenção de amar tudo o que me rodeia. Só assim alcançarei o amor ao Criador e gradualmente O revelarei na medida do meu amor pelos outros e poderei alcançar a adesão a Ele.

Entendemos que a substituição do nosso egoísmo pela qualidade oposta a ele é obrigatória, necessária. Portanto, nosso trabalho no grupo é a salvação para nós! Se não fosse pelo grupo, não teríamos um estado de transição – do amor dos seres criados ao amor do Criador. Eu não seria capaz de fazer nada. Eu seria totalmente oposto ao Criador sem qualquer capacidade de me aproximar Dele e começar a me mover em direção a Ele de qualquer maneira.

O grupo existe justamente para que eu possa começar a me conectar a ele, entrar nele e me anular em relação a ele. Nessa medida, eu começo a me aproximar do Criador.

Tenho todas as possibilidades de me controlar e estar ciente de como estou me aproximando e o que estou fazendo com isso. E tudo isso graças à minha conexão com os amigos.

Da Convenção Internacional “Elevar-se Acima de Nós Mesmos” 07/01/22, “Anulação diante dos Amigos” Lição 2

Preferência Pela Conexão

528.04Pergunta: Que fatores podem nos prejudicar em avançar na dezena?

Resposta: Absolutamente tudo. O único fator que pode beneficiá-lo é elevar-se acima de tudo que é prejudicial à conexão entre vocês. Isso é tudo.

Tudo o que aparece em você é contra a conexão, contra a dezena, contra o Criador. E tudo isso é para que vocês se elevem em conexão mútua um com o outro.

Da Convenção Internacional “Elevar-se Acima de Nós Mesmos” 08/01/22, “Obter dos Amigos a Grandeza da Meta”, Lição 4