Textos com a Tag 'Conexão'

Com Quem Se Juntar?

525Pergunta: Poucas pessoas são capazes de se conectar com seu próprio povo, como pais, cônjuges e seus próprios filhos. Como posso me unir com os filhos de outras pessoas se não posso me unir com os meus?

Resposta: Nós nos unimos, não com filhos e pessoas de outras pessoas, mas com pessoas que pensam como nós, que têm o mesmo objetivo que nós: para nos elevarmos acima de nossa natureza egoísta e começarmos a sentir poderes superiores. “Superior” não significa forças místicas. Elas estão simplesmente acima do nosso egoísmo.

Tudo o que sentimos agora são forças egoístas nos níveis inanimado, vegetal, animal e humano na natureza. Precisamos nos elevar acima de tudo isso. Então, realmente começaremos a sentir toda a matéria, toda a natureza e toda a criação.

Para isso, precisamos de mais algumas pessoas com cuja ajuda possamos trabalhar para sair de nós mesmos e para fora do nosso egoísmo, a fim de sentir tudo o que existe fora de nós. É assim que funciona.

Pergunta: Como a força superior se manifestará? O que é esse sentimento?

Resposta: Esta é a propriedade de doação e amor que nos ligará a tudo e a todos e, dessa forma, incluiremos todo o universo, ou seja, todos os mundos e todos os universos. De repente, tudo se reunirá em um sistema específico e será sentido dentro de nós.

De KabTV, “Pergunte ao Cabalista”, 31/12/18

Na Rede De Conexão

943Pergunta: Se a linha direita (o poder da luz) e a linha esquerda (o poder do meu ego) derivam do Criador, o que significa gerenciá-las?

Resposta: Você só pode gerenciá-las se estiver conectado aos amigos e não de outra forma. Não há nada além dessa rede e é somente dentro dela que revelamos o mundo superior.

É simplesmente incrível. Saímos de nós mesmos, deixamos de nos sentir e só sentimos o que está entre nós, que é o Criador, o mundo superior.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 18/11/18

A Ocultação É Um Lugar Para Revelar As Ações De Conexão

276.04Devemos examinar constantemente onde a ocultação está agindo. Afinal, todo o nosso mundo é uma ocultação da força superior, a força de conexão e unidade, que precisamos revelar.

A revelação do Criador nada mais é do que a revelação da unidade, da conexão, uma atitude calorosa, amor, conexão entre os pedaços quebrados da alma comum e o desejo de trazê-los para mais perto de mim, bem como de aproximá-los.

Aqui temos ações que uma pessoa realiza em si mesma e ações que uma pessoa realiza em relação a outras pessoas para que se integre com todos e se desenvolva. Como resultado, todos entendem que ela é a mensageira do Criador. Por meio desse trabalho, ao servir de exemplo de conexão para os outros e ajudando-os a se aproximar, ela realiza a correção da criação.

O mundo entrou em uma era de correção, que ficou clara com o início da pandemia do coronavírus. Gradualmente, está se tornando cada vez mais aparente que a conexão é a única coisa que nosso mundo precisa. Todos os estados pelos quais passamos, por um lado, ocultam de nós a força da conexão e, por outro, revelam a necessidade dela. É assim que iremos revelar gradualmente o Criador.

Não devemos esperar que o Criador se revele. Essa força de conexão só pode ser revelada se nós mesmos prepararmos uma plataforma para ela, estabelecermos o lugar onde ela deve ser revelada, como é dito “Tu me fizeste”.

Está escrito: “Eles ajudaram a todos seus amigos”, ou seja, todos mostram aos outros o quanto se preocupam e anseiam por uma conexão. Assim que alcançamos um certo sentimento de unidade, ele imediatamente desaparece e se transforma em uma desconexão ainda maior do que antes, a fim de nos dar uma oportunidade de nos conectarmos com ainda mais força. Dessa forma, podemos passar rapidamente por todos os estados, pelos inícios e paradas contínuas, juntar todas as desconexões e conexões, e chegar ao fim da correção.

Isso não requer muitas palavras; todo mundo só precisa fazer seu próprio trabalho interno. Portanto, o trabalho de um Cabalista é chamado de Torá oculta porque não é visível aos outros. No entanto, ele tenta se comportar em qualquer situação como se o Criador fosse revelado diante dele.

Precisamos constantemente despertar nossos amigos para buscar qualquer oportunidade de nos conectarmos ainda mais, como formigas trabalhadoras. É assim que vamos descobrir a rede de nossas conexões, Divindade (Shechina), e começar a trabalhar de forma organizada, vendo o que cada um está fazendo para conectar todos a este campo comum, ao sistema de Adam HaRishon.

O principal é tratar a ocultação como um lugar para revelar as ações de conexão.

Imagine-se em um mundo onde uma força da natureza chamada conexão existe entre todas as partes da criação; ela une átomos, moléculas, organismos vivos, matéria inanimada, plantas, animais, pessoas, gases, líquidos e objetos sólidos. Tudo isso está conectado por uma força, e as pessoas também estão internamente conectadas umas às outras.

Queremos revelar essa força de conexão geral. Não precisamos de mais nada. Se começarmos a descobrir essa força que liga todas as partes da realidade, entenderemos a lei geral pela qual todo o universo opera e por quais estados ele está passando: o que foi, o que é e o que será.

De acordo com a nossa conexão, poderemos influenciar a velocidade de desenvolvimento de toda a criação e vê-la como um único sistema, cada vez mais saudável e gentil, bom para todos, de onde cada um recebe energia e força.

Tudo isso depende apenas de revelar a conexão entre todas as partes, e nós somos os responsáveis ​​por isso. O mundo parecerá mais dividido, fragmentado e quebrado a cada dia. E tudo isso para que possamos mostrar ao mundo os caminhos da conexão até o seu ponto mais alto, que é o amor.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 27/12/20, “Ocultação”

Essa É A Razão Principal!

530Todos nós estamos conectados pelo vínculo definitivo e perfeito. Ele foi criado desde o início, mas essa conexão é revelada a nós apenas de uma forma corrompida e quebrada, de forma que ansiamos por nos ver conectados, dependentes, ajudando uns aos outros e trabalhando em um sistema integral e perfeito.

Nós mesmos devemos desejar isso e então revelaremos a luz a partir da escuridão (trevas), e um sistema perfeito será revelado a nós de acordo com nosso consentimento, desejo e inclinação para a correção. Precisamos apenas fazer a correção dentro de nós e em nenhum outro lugar. Nada precisa ser corrigido, exceto nossa percepção.

Se apenas uma parte da máquina não estiver funcionando corretamente, a máquina inteira não funcionará. Portanto, cada um de nós precisa corrigir sua dezena de acordo com o conselho dos Cabalistas. Se corrigirmos a conexão entre nós, encontraremos nossa conexão com o Criador. Nós pedimos ao Criador para nos corrigir e ver se Ele nos conectou ou não.

Ao estabelecer relacionamentos uns com os outros e corrigir o sistema geral, entramos em contato com o Criador. Afinal, devemos sempre nos voltar a Ele e pedir ajuda. Assim, estamos cada vez mais conectados com o Criador, e isso é o mais importante! O principal não é a conexão entre nós, mas que precisamos do Criador para isso e que nos conectamos com ele. Esse é o ponto principal!

Ao corrigir a conexão entre nós, basicamente revelamos o Criador, descobrimos que a força superior existe e determina tudo, que tudo depende dela e que só precisamos pedir. E eu também não sou eu mesmo, mas o que essa força superior me dita. E minha atitude para com meus amigos e a atitude de meus amigos para comigo também é determinada não por mim ou por eles, mas pelo Criador.

Assim, vemos que apenas o Criador existe em toda a realidade e não há outro além Dele.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 23/12/20, “Eu Habito No Meio Do Meu Povo”

Como Podemos Aumentar Uma Boa Conexão?

75.01Pergunta: Como podemos aumentar uma boa conexão?

Resposta: É apenas quando nos integramos uns aos outros que continuamente revelamos o quão dependentes somos uns dos outros, porque é apenas por meio de conexões corretas, por meio de contatos mútuos, que a revelação do mundo superior e do Criador ocorre. Não em cada um de nós, mas entre nós.

Uma rede espiritual é uma dimensão em que não vemos as pessoas e seus desejos, mas as conexões entre os desejos. Esses nós de comunicação são o vaso da alma geral.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 25/11/18More

O Maior Valor Da Conexão

261Comentário: A unidade é um dos princípios mais básicos da comunicação. Ela inspira as pessoas a se conectar, mas contra outra pessoa.

Minha Resposta: Naturalmente, caso contrário, as pessoas não têm motivo para se conectar com ninguém. Essa é uma falsa unidade que planeja com antecedência destruir alguém para se elevar.

Pergunta: Eu sei por experiência própria que é muito difícil explicar o propósito da conexão às pessoas se não for contra alguém. Mas para quem?

Resposta: Para a própria conexão, pois representa o valor mais alto. Na própria conexão está o valor mais alto.

De KabTV, “Habilidades de Comunicação”, 11/09/20

Por Que Precisamos Do Método Da Conexão?

627.2Pergunta: Em tempos de guerra, sempre há cooperação porque há um objetivo comum de sobreviver e terminar a guerra. Que objetivo comum pode haver entre todos os setores da sociedade em tempos de paz?

Resposta: Não vejo muita diferença entre tempos de guerra e tempos de paz porque hoje estamos em guerra uns com os outros e com a natureza, o que é pior do que uma guerra nuclear.

Não vemos como nos libertar das contradições ou do ódio mútuo. Essas contradições estão presentes em todos os lugares, desde os níveis mais altos de nossa sociedade e governos até famílias e indivíduos.

Nosso egoísmo domina em todos os níveis e atinge um estado em que somos incapazes de ouvir uns aos outros. Portanto, precisamos de um método de conexão.

Pergunta: Pode um objetivo comum ser conquistar a natureza, que está constantemente nos pressionando?

Resposta: É possível que esse objetivo nos organize e nos guie corretamente uns aos outros. Começaremos a dar os passos certos para nos unirmos e evitarmos perecer nos cataclismos que a natureza está preparando para nós.

De KabTV, “Habilidades de Comunicação”, 25/09/20

O Trabalho É A Conexão De Uma Pessoa Com A Sociedade

200.04Pergunta: Você diz que uma pessoa é obrigada a trabalhar mesmo que tenha meios de subsistência. Por quê?

Resposta: É óbvio que a sociedade precisa de seu trabalho. Ela trabalha por dinheiro ou para dar à sociedade o que pode dar? Não vemos o trabalho como uma necessidade. Consideramos que é uma participação humana necessária na vida da sociedade.

Pergunta: Então, uma pessoa que tem um meio de vida deve trabalhar para se conectar com outras pessoas?

Resposta: Claro! O trabalho é uma conexão com outras pessoas, com a estrutura geral da sociedade, da humanidade. Ela é obrigada a fazer isso precisamente para ser um ser humano, para fazer parte da sociedade, não para ganhar dinheiro. O trabalho é um meio de ser incluída na comunidade humana.

De KabTV, “A Era Pós-Coronavírus”, 04/06/20

Tudo É Voltado Para A Conexão

557Pergunta: O resultado do trabalho humano é um produto, serviço ou informação. Antes de um produto chegar ao consumidor, ele passa por dezenas, senão milhões de mãos. Por exemplo, para eu tomar uma xícara de café, provavelmente milhões de pessoas investiram seus esforços em sua coleta e produção. Isso pode nos conectar de alguma forma? [Leia mais →]

A Conexão Entre As Pessoas Mudará No Futuro?

592.01Pergunta: Hoje o mundo se tornou mais complexo e eu posso desfrutar de todos os bens e serviços, mesmo por meio de uma conexão egoísta. Isso mudará no futuro?

Resposta: A própria conexão mudará. Ela não deve ser coagida para ganhar dinheiro uns com os outros, mas consciente para sustentar uns aos outros.

Pergunta: Digamos que milhões de pessoas que produziram café trabalharam apenas para ganhar dinheiro. Elas não estavam pensando em mim, mas em seus salários. Mesmo assim, eu recebi este produto.

Você está dizendo que no futuro nossa intenção vai mudar: para que estamos trabalhando? O que vai acontecer? Vou sentir isso de alguma forma quando beber café?

Resposta: Em primeiro lugar, não se trata de café. A Terra pode alimentar não apenas 8 bilhões, mas 30 a 40 bilhões de pessoas. Além disso, alimentá-los bem. Ela também pode vesti-los e dar-lhes sapatos, dar a todos uma casa normal à qual estão acostumados, dar um sistema de educação e criação para seus filhos, e assim por diante. Podemos prover tudo a nós mesmos isso sem problemas.

O problema é não produzir coisas desnecessárias, não esgotar a Terra e trabalhar para nos deixar todos confortáveis, bons e seguros. É isso que devemos almejar, e nisso devemos investir tremendas forças internas, não físicas, mas morais.

Aqui nós começamos a esbarrar em nosso egoísmo, que nos coloca uns contra os outros e não nos permite ser gentis uns com os outros. Portanto, precisamos de uma educação comum, um movimento comum em direção a um objetivo comum – fazer da humanidade um sistema integral.

De KabTV, “A Era Pós-Coronavirus”, 04/06/20