Textos com a Tag 'Conexão'

Mente: Conexão Entre Partículas De Sentimentos

Pergunta: A consciência são nossos pensamentos e sentimentos. Um pensamento é um produto da mente.

A Cabalá acredita que existe apenas o pensamento da criação, ou seja, o campo da informação. Nesse sentido, o pensamento e o coração se complementam. O mecanismo que impulsiona é o desejo do coração, e o resultado do processamento desses sentimentos é o pensamento. O pensamento também é uma sensação?

Resposta: Se estamos falando da base de toda a nossa natureza, então é sensação. Apenas um sentimento. Em outras palavras, o desejo e o que é percebido nele. A mente é a conexão entre essas partículas de sentimentos.

Pergunta: Quando você diz “deixe sua mente”, você está falando sobre uma mente externa que está desligada do sentimento? Se é baseado no sentimento, já é algo diferente?

Resposta: Para sentirmos corretamente, precisamos nos afastar da mente e depois voltar a ela. Deve haver razão entre os sentimentos: sentidos – razão, sentimentos – razão. No entanto, quando estão juntos, eles realmente interferem um no outro e não permitem que um ao outro se desenvolva.

Digamos que eu senti algo. Agora posso processá-lo em minha mente e, então, como se o desligasse de mim mesmo e tentasse expandir o alcance dos meus sentimentos novamente.

De KabTV, “Encontros com a Cabalá”, 03/01/19

Não São Fantasias, Mas Uma Correção Real

232.08Se uma pessoa simplesmente anseia intuitivamente pelo Criador e parece que sente a força superior, isso ainda é apenas fantasia e autoengano. Isso não é suficiente para a concepção espiritual.

Para me tornar um embrião espiritual, eu preciso de alguma forma me separar do meu egoísmo. Isso só pode ser feito conectando-se com os amigos. No ponto de minha conexão com os amigos, o próprio lugar de anulação do meu egoísmo é formado, no qual o embrião espiritual começará a crescer.

Não estamos falando de fantasias, mas de desejos reais que existem na natureza, que precisamos corrigir a fim de sentir a força superior neles. Caso contrário, essa força não será revelada para nós.

Da Convenção Mundial de Cabalá, “Descobrindo a Vida na Dezena” 27/02/21, “Ibur na Dezena”, Lição 5

Últimos Da Fila

767.4Pergunta: A Islândia é considerada um dos países mais seguros do mundo. Você estava lá e viu que a taxa de homicídios lá é menor do que na maioria dos outros países. As pessoas não trancam seus carros, e isso é especialmente verdadeiro nas áreas rurais. As pessoas lá se conhecem.

Talvez devêssemos tomar um exemplo de tais países e tentar adotar seu modo de vida?

Resposta: Não, você não pode fazer isso porque a Islândia é uma ilha. Eles vivem apenas da criação de pássaros, ovelhas e não têm uma indústria massiva.

O turismo lá é bem desenvolvido e eles têm as condições ideias para isso. Não podemos nos comparar a eles. É impossível viver de acordo com seu estilo de vida. Além do mais, são pessoas com um estado de espírito totalmente diferente.

Você pode ver uma fila de oitocentos metros para comprar pão, e não estou exagerando. Uma pessoa lá pode ficar na fila por meia hora ou até mais.

Pergunta: Ela não fica zangada com isso?

Resposta: Não, ela espera pacientemente

Pergunta: Como pode ser isso?

Resposta: É porque eles não estão conectados ao resto da humanidade. Não faz diferença para eles que tenham tantos turistas e todos os meios de comunicação. Em espírito, eles são tão…. não europeus. A distância de uma casa a outra é de vários quilômetros.

Pergunta: Mas é possível viver assim e ser feliz? Estar desconectado um do outro e viver?

Resposta: Mas não podemos. É impossível para todas as pessoas no mundo viver dessa maneira. Quem iria querer isso hoje? Você precisa ter um caráter especial para viver assim.

Na Islândia, a própria terra é tal que não torna as pessoas sociáveis. É porque tudo é feito de pedras! Apenas pedras.

Pergunta: Qual é o futuro da humanidade?

Resposta: O futuro da humanidade é a unidade, é claro. A natureza nos dará tais condições que nos obrigarão a nos unir. Mas as pessoas na Islândia serão as últimas a sentir o desejo de se unir.

Pergunta: Isso te incomoda? Não te incomoda que eles estejam felizes e satisfeitos com a vida e não tenham necessidade de se unir?

Resposta: Não. Desejo alegria às pessoas.

A Cabalá está se abrindo para o mundo agora que a evolução está chegando a um beco sem saída. Então a Cabalá diz: “É isso, agora é a minha vez”.

Pergunta: E você está dizendo que eles serão os últimos da fila?

Resposta: Sim. E eles permanecerão. Uma fila de um quilômetro – eles permanecerão.

De KabTV, “Notícias com o Dr. Michael Laitman”, 04/12/18

Conexão E Símbolos: Marcas

263Pergunta: Existe algo como “branding” (marca). Os cientistas dizem que isso reflete o estado da humanidade.

Seis mil anos atrás, nossos ancestrais, ao tentarem unir as pessoas, começaram a desenvolver símbolos concisos, uma espécie de marca para representar suas crenças, para definir o pertencimento a grupos.

Hoje, existem símbolos distintos, marcas, de empresas que procuram vender coisas às pessoas. Também existe um “branding” que vem da sociedade. Eles reúnem as pessoas para encorajá-las a praticar boas ações.

Por que as pessoas precisam expressar sua união usando vários símbolos?

Resposta: De que outra forma se pode criar coordenação entre as pessoas para algum propósito, de acordo com uma certa direção, movimento, ensino, metodologia, teoria ou prática? Tudo precisa ser descrito de alguma forma. Afinal, é preciso se comunicar com outras pessoas, ensiná-las, desenvolvê-las, reunir comunidades e criar direções. Só então você pode avançar em direção a uma meta.

A humanidade sempre fixou algumas metas para si, mas, em geral, elas eram irracionais. Agora, tudo se move para garantir que entendamos o sentido da vida, que o apresentemos de uma forma mais ou menos correta e nos esforcemos por isso.

Isso é impossível de fazer aqui sem “brainstorming” (debate), aprendizado e conexão entre nós. Portanto, precisamos de todos os tipos de instituições sociais, blocos montados de acordo com diferentes tipos de pessoas e outros parâmetros para que possamos atingir esse objetivo.

Acho que a humanidade ainda terá muito o que criar e trabalhar nesse sentido. Afinal, na verdade, ela é parte integrante do desenvolvimento humano.

Pergunta: Existe poder de conexão nos próprios símbolos da marca?

Resposta: Não. Só pode ser em uma pessoa. Mas ela precisa descrever suas aspirações, dar-lhes uma forma completa para que possa estar na comunicação certa com as pessoas, línguas, estados, etc., até que resulte na implementação correta.

De KabTV, “Expresso de Cabalá”, 12/01/21

Como Alcançar Uma Conexão Espiritual

537Caro Michael Laitman, 

Às vezes tenho a sensação de que ainda estou dentro da minha mãe, como um feto. Então eu me sinto tão bem, todas as preocupações vão embora, todos os problemas são resolvidos, você está seguro, está sendo cuidado. Eu realmente me lembro disso? Poderia ser assim? Ou é uma ilusão?

Resposta: Em geral, isso é uma ilusão, embora muitas pessoas considerem essa sensação de desenvolvimento intrauterino confiável. Como diz o ditado: “Mãe, leve-me de volta”.

Mas, em princípio, não é por isso que devemos lutar.

Precisamos nos esforçar para perceber a força geral da natureza, que se chama mãe, para que nos coloquemos nela corretamente e passemos por todas as etapas do desenvolvimento espiritual, que também são chamadas de: concepção, desenvolvimento intrauterino, nascimento, amamentação e assim por diante, até nosso estado mais elevado.

Pergunta: O que é um embrião espiritual? É uma sensação de estar seguro, em paz?

Resposta: Sim. Quando você se dissolve completamente na natureza, quando se entrega completamente a ela e assim progride em seu desenvolvimento.

Pergunta: A pessoa começa a sentir espiritualmente que está dentro da natureza?

Resposta: Sim.

Pergunta: As sensações de uma pessoa são muito semelhantes às sensações do feto dentro da mãe? Só é preciso seguir em frente?

Resposta: Os Cabalistas falam sobre o avanço.

De KabTV, “Notícias com o Dr. Michael Laitman”, 26/11/20

Em Prol Da Conexão

284Pergunta: Se não há nada desnecessário no mundo, então as mentiras também devem existir?

Resposta: Diferentes opiniões entre as pessoas são ótimas. O problema é que elas não sabem como trabalhar essa diferença de opinião para chegar a um denominador comum.

Pergunta: Que conselho podemos dar a elas?

Resposta: Não há conselho. Devemos aprender a nos elevar acima de nosso egoísmo em prol da conexão, o que deve ser a coisa mais importante para nós.

Aqui nem a verdade nem a falsidade são importantes. Elas não existem de forma alguma! Essas são minhas inclinações naturais. Posso considerá-las como verdadeiras, posso considerá-las como falsas, e isso não importa. Mas, acima de tudo, deve haver conexão.

Pergunta: Então, é justificado mentir para conectar a sociedade?

Resposta: Sim. Deve-se levar em conta apenas a conexão. Se eu me anular diante de todos, me curvar diante de todos, acabo alcançando o melhor estado para mim e para a sociedade.

Pergunta: Está escrito que a verdade nasce da terra. Por quê?

Resposta: Porque venho do nível mais baixo, o egoísmo, e quero atingir o nível mais alto, o altruísmo. Este movimento ascendente deve ser estritamente vertical e constante. É assim que você deve se educar. Então, realmente alcançaremos uma boa conexão uns com os outros no nível superior.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 22/04/19

A Única Maneira De Chegar Mais Perto

565.01Pergunta: Como a ideologia intercultural ajuda o desenvolvimento espiritual pessoal de cada indivíduo?

Resposta: Ela nos ajuda a superar todas as diferenças. Eu dei aulas com alunos em Los Angeles e me perguntei como eles se comunicam entre si. Um deles é preto, o outro é amarelo, o terceiro é branco, este está envolto num lenço de cabeça muçulmano e aquele anda com a estrela de David. Eles responderam às minhas perguntas dizendo: “Sabe, não notamos isso”.

Hoje, pode não ser mais o caso. Mas, naqueles anos, eles disseram: “Nos tornamos tão acostumados um com o outro e nos comunicamos tão intimamente que todos esses atributos externos não nos incomodam”.

Comentário: Uma das vantagens desse tipo de sociedade é que os emigrantes são fonte de conhecimento e mão de obra qualificada. Eles trazem novos gostos, estilos, música, cultura, bem como a oportunidade de aprender diferentes línguas e religiões.

Mas todos esses interesses culturais e científicos dentro de diferentes nações desaparecem assim que o conflito surge. O que interfere com eles? Parece que houve uma formação na qual bilhões foram investidos e, no entanto, podemos ver o que está acontecendo agora, por exemplo, na América.

Minha Resposta: Essa educação está errada. Nada vai ajudar. O erro é que eles não aprenderam a se aproximarem da maneira certa. Todos têm liberdade em todos os aspectos e eles acreditam que encontraram a maneira certa de se aproximarem uns dos outros dessa forma. Isso está errado.

A natureza só tem uma maneira de se aproximar, que é a pessoa se elevar acima de sua natureza e preferir estar em conexão com seu próximo, acima de seu egoísmo. Isso deve ser ensinado. Isso deve ser introduzido gradualmente.

Sem mudar a natureza humana, é impossível resolver nada. Estamos nos aproximando dessa eventualidade hoje. Devemos compreender a natureza humana, caso contrário não sobreviveremos.

De KabTV, “Habilidades de Comunicação”, 16/10/20

Com Quem Se Juntar?

525Pergunta: Poucas pessoas são capazes de se conectar com seu próprio povo, como pais, cônjuges e seus próprios filhos. Como posso me unir com os filhos de outras pessoas se não posso me unir com os meus?

Resposta: Nós nos unimos, não com filhos e pessoas de outras pessoas, mas com pessoas que pensam como nós, que têm o mesmo objetivo que nós: para nos elevarmos acima de nossa natureza egoísta e começarmos a sentir poderes superiores. “Superior” não significa forças místicas. Elas estão simplesmente acima do nosso egoísmo.

Tudo o que sentimos agora são forças egoístas nos níveis inanimado, vegetal, animal e humano na natureza. Precisamos nos elevar acima de tudo isso. Então, realmente começaremos a sentir toda a matéria, toda a natureza e toda a criação.

Para isso, precisamos de mais algumas pessoas com cuja ajuda possamos trabalhar para sair de nós mesmos e para fora do nosso egoísmo, a fim de sentir tudo o que existe fora de nós. É assim que funciona.

Pergunta: Como a força superior se manifestará? O que é esse sentimento?

Resposta: Esta é a propriedade de doação e amor que nos ligará a tudo e a todos e, dessa forma, incluiremos todo o universo, ou seja, todos os mundos e todos os universos. De repente, tudo se reunirá em um sistema específico e será sentido dentro de nós.

De KabTV, “Pergunte ao Cabalista”, 31/12/18

Na Rede De Conexão

943Pergunta: Se a linha direita (o poder da luz) e a linha esquerda (o poder do meu ego) derivam do Criador, o que significa gerenciá-las?

Resposta: Você só pode gerenciá-las se estiver conectado aos amigos e não de outra forma. Não há nada além dessa rede e é somente dentro dela que revelamos o mundo superior.

É simplesmente incrível. Saímos de nós mesmos, deixamos de nos sentir e só sentimos o que está entre nós, que é o Criador, o mundo superior.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 18/11/18

A Ocultação É Um Lugar Para Revelar As Ações De Conexão

276.04Devemos examinar constantemente onde a ocultação está agindo. Afinal, todo o nosso mundo é uma ocultação da força superior, a força de conexão e unidade, que precisamos revelar.

A revelação do Criador nada mais é do que a revelação da unidade, da conexão, uma atitude calorosa, amor, conexão entre os pedaços quebrados da alma comum e o desejo de trazê-los para mais perto de mim, bem como de aproximá-los.

Aqui temos ações que uma pessoa realiza em si mesma e ações que uma pessoa realiza em relação a outras pessoas para que se integre com todos e se desenvolva. Como resultado, todos entendem que ela é a mensageira do Criador. Por meio desse trabalho, ao servir de exemplo de conexão para os outros e ajudando-os a se aproximar, ela realiza a correção da criação.

O mundo entrou em uma era de correção, que ficou clara com o início da pandemia do coronavírus. Gradualmente, está se tornando cada vez mais aparente que a conexão é a única coisa que nosso mundo precisa. Todos os estados pelos quais passamos, por um lado, ocultam de nós a força da conexão e, por outro, revelam a necessidade dela. É assim que iremos revelar gradualmente o Criador.

Não devemos esperar que o Criador se revele. Essa força de conexão só pode ser revelada se nós mesmos prepararmos uma plataforma para ela, estabelecermos o lugar onde ela deve ser revelada, como é dito “Tu me fizeste”.

Está escrito: “Eles ajudaram a todos seus amigos”, ou seja, todos mostram aos outros o quanto se preocupam e anseiam por uma conexão. Assim que alcançamos um certo sentimento de unidade, ele imediatamente desaparece e se transforma em uma desconexão ainda maior do que antes, a fim de nos dar uma oportunidade de nos conectarmos com ainda mais força. Dessa forma, podemos passar rapidamente por todos os estados, pelos inícios e paradas contínuas, juntar todas as desconexões e conexões, e chegar ao fim da correção.

Isso não requer muitas palavras; todo mundo só precisa fazer seu próprio trabalho interno. Portanto, o trabalho de um Cabalista é chamado de Torá oculta porque não é visível aos outros. No entanto, ele tenta se comportar em qualquer situação como se o Criador fosse revelado diante dele.

Precisamos constantemente despertar nossos amigos para buscar qualquer oportunidade de nos conectarmos ainda mais, como formigas trabalhadoras. É assim que vamos descobrir a rede de nossas conexões, Divindade (Shechina), e começar a trabalhar de forma organizada, vendo o que cada um está fazendo para conectar todos a este campo comum, ao sistema de Adam HaRishon.

O principal é tratar a ocultação como um lugar para revelar as ações de conexão.

Imagine-se em um mundo onde uma força da natureza chamada conexão existe entre todas as partes da criação; ela une átomos, moléculas, organismos vivos, matéria inanimada, plantas, animais, pessoas, gases, líquidos e objetos sólidos. Tudo isso está conectado por uma força, e as pessoas também estão internamente conectadas umas às outras.

Queremos revelar essa força de conexão geral. Não precisamos de mais nada. Se começarmos a descobrir essa força que liga todas as partes da realidade, entenderemos a lei geral pela qual todo o universo opera e por quais estados ele está passando: o que foi, o que é e o que será.

De acordo com a nossa conexão, poderemos influenciar a velocidade de desenvolvimento de toda a criação e vê-la como um único sistema, cada vez mais saudável e gentil, bom para todos, de onde cada um recebe energia e força.

Tudo isso depende apenas de revelar a conexão entre todas as partes, e nós somos os responsáveis ​​por isso. O mundo parecerá mais dividido, fragmentado e quebrado a cada dia. E tudo isso para que possamos mostrar ao mundo os caminhos da conexão até o seu ponto mais alto, que é o amor.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 27/12/20, “Ocultação”