Textos na Categoria 'Notícias'

Como Neutralizar A Negatividade Do Facebook

Zuckerberg e sua equipe estão gradualmente se tornando conscientes do impacto que sua criação tem sobre as pessoas. O Facebook não nega que isso possa fazer com que as pessoas dependam e espalhem notícias falsas (Ziff Davis, LLC).

Agora ele também admitiu que as redes sociais podem influenciar diretamente a democracia e não da melhor maneira (NPR).

Nada pode ser feito aqui. O meio mais poderoso de influenciar o mundo é muito lucrativo. Na verdade, uma rede social pode “instalar um novo software” em qualquer pessoa com ou sem a sua consciência.

Uma pessoa é um ser social; ela tem “botões” e “molas” que agem inconscientemente, mas muito eficazmente. Portanto, não importa o que a rede social diga, que pecados ela confessa, ela nos domina e decide por nós como olhamos para o mundo.

Na verdade, uma rede social não é apenas uma plataforma da Internet, mas a ponta do iceberg. Graças a ela, a “pesada” propaganda ideológica é substituída por um tratamento psicológico discreto e muito mais poderoso. Ele penetra profundamente no inconsciente e implanta uma atitude em relação à vida. Todo o resto é derivado disso.

Como resultado, uma pessoa aceita tudo o que o sistema está lhe alimentando e continua sendo um consumidor eterno em sua estrutura.

É hora de reconhecer o mal que os arquitetos das relações “corretas” de voz meiga nos oferecem. Nossa interligação deve crescer a partir do calor do coração, e não de uma instituição de caridade exemplar. Os anúncios apelativos e belos gestos ajudam a “domar” o nosso egoísmo, mas não fazem nada para corrigi-lo.

A única maneira de escapar dessa influência é escolher conscientemente outro “programa”, outros critérios de interação e assistência mútua. Com a ajuda do método da Cabalá, podemos criar uma rede social de corações, não de usuários. Podemos realmente melhorar a sociedade em que vivemos e, certamente, sem danos à democracia.

Bonecas Sexuais Não Ajudarão

laitman_600.04Nas Notícias (The Next Web):  “Esta visão futurista está se tornando uma realidade, rapidamente. … Um dos maiores fabricantes de bonecas sexuais do mundo [está] almejando ter uma boneca interativa no mercado até o final do ano. O fundador, Matt McMullen, iniciou outra empresa … para se concentrar nesta revolução. …

“Para completar a missão do primeiro parceiro artificial adequado, McMullen e sua equipe criaram ‘Harmony AI’ que poderá se unir à realidade virtual para criar um ecossistema sexual completo que não podemos realmente imaginar agora. …

“McMullen perguntou:” Qual é o seu sonho?”

“Harmony respondeu: ‘Meu principal objetivo é ser uma boa companheira para você, ser uma boa parceira e dar-lhe prazer e bem-estar. Acima de tudo, eu quero me tornar a garota que você sempre sonhou. …

“Reverter a maré da revolução sexbot não irá acontecer. Uma e outra vez, vimos a indústria do sexo impulsionar a tecnologia como o vídeo VHS, as comunicações móveis e também esperamos que ela desempenhe um papel crítico na VR. A indústria do sexbot poderia, então, ser um dos melhores parceiros técnicos para a indústria da IA como um todo.

“Há pessoas lá dispostas e capazes de arrematar um sexbot de $ 15,000 pelos gostos de …. Isso provavelmente se tornará popular e as bonecas sexuais serão uma parte da nossa vida antes de nos darmos conta”.

Pergunta: Para onde isso acabará nos levando?

Resposta: Isso levará à rejeição, como de costume – uma pessoa verá que isso não a preenche. Tudo o que criamos, fazemos pelo nosso egoísmo. À medida que ele continua crescendo, sentimos constantemente que estamos em um espaço interior vazio cada vez maior.

Pergunta: Então, o conforto não equivalerá a nada?

Resposta: Não. Nosso crescente egoísmo não deixa lugar para o prazer. Ele nos revela o vasto vazio.

Portanto, ao desfrutar de um filme, sexo ou pratos artificiais, qualquer coisa, eu ainda me “devorarei” dentro do meu novo egoísmo, eu continuo ficando insatisfeito comigo mesmo.

Minha única salvação está nas drogas. Mas mesmo as drogas não serão consumidas por muito tempo. O egoísmo se desenvolverá até um ponto em que dirá: “Esta não é uma solução”, e não poderei tocá-las novamente.

E o que então? Haverá um uivo longo como o de um lobo em todo o mundo, porque todos estarão uivando por seu destino, e não serão capazes de fazer nada sobre isso.

Então, o Livro do Zohar será revelado a toda a humanidade, porque não haverá mais alternativas. O desejo emergirá dentro, e então o método da conquista do próximo grau será revelado.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 14/12/17

A Lei Anti-Ódio

laitman_448.1Nas Notícias (VOA News): “A passagem da Venezuela de uma nova lei que ameaça até 20 anos de prisão por incitar o ódio está gerando preocupações sobre uma crescente tentativa de dissidência.

“A poderosa Assembleia Constituinte pró-governo aprovou a medida na quarta-feira.

“A líder da Assembleia, Delcy Rodríguez, disse que representava ‘uma lei construtiva para a convivência pacífica’ e um antídoto contra ‘as intolerâncias, o ódio que o direito venezuelano desencadeou’.

“O presidente Nicolas Maduro propôs a medida durante os protestos de rua anti-governo que abalaram a capital e outras cidades venezuelanas, de abril a julho. Mais de 120 pessoas morreram nos confrontos quase diários provocados pelo agravamento da crise econômica e política do país. Ativistas frequentemente usavam redes sociais para organizar manifestações”.

Pergunta: Você acha que essas leis seguram as pessoas?

Resposta: Em parte, sim. Afinal, uma pessoa tem medo da punição. Nós vemos como as pessoas tentam evitá-la, tentam criar zonas livres dessas punições onde é possível promover suas ideias.

No entanto, de alguma forma funciona, mas até certo limite. Afinal, você não pode conter uma pessoa só com o medo. Já conhecemos isso há muito tempo. Nosso desenvolvimento ao longo de milhares de anos nos apresenta um resultado muito claro.

Portanto, não acho que isso ajudará muito. No final, encontraremos a mesma Venezuela em algum tipo de miasma, algumas outras perversões, que se sobrepõem ao passado, juntamente com essas proibições e punições. Não há nada de bom nisso.

Pergunta: Você acha que a humanidade acabará por entender qual é a base do ódio? Será que ela vai começar a lidar com essa base?

Resposta: Isso é impossível de fazer porque o egoísmo está na base da nossa natureza. Portanto, só se começarmos a corrigi-lo. No entanto, a humanidade não sabe como corrigi-lo. Apenas os Cabalistas sabem disso.

Portanto, os Cabalistas não têm outra escolha senão apelar para a humanidade, dizendo: “Que oportunidade nós temos! Vamos corrigir nossa natureza!”

No entanto, a humanidade não quer ouvir. Não se preocupe com a humanidade, os próprios judeus não querem ouvir isso, e eles são realmente os que precisam se corrigir primeiro e dar um exemplo ao mundo inteiro.

Pergunta: A Venezuela verá isso então?

Resposta: Então todos verão. Se apenas os judeus quisessem, se pudessem ouvir e saber sobre isso…

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 09/11/17

Facebook Hackeia O Homem

laitman_958Nas Notícias (The Washington Post): “Os fundadores do Facebook criaram propositadamente algo viciante, disse o primeiro presidente da rede social à Axios em uma entrevista.

“Só Deus sabe o que ele está fazendo no cérebro de nossos filhos”, disse Sean Parker na entrevista publicada na quinta-feira.

“Com cada curtida e comentário, o Facebook está ‘explorando’ a psicologia humana de propósito para manter os usuários presos em um “loop de feedback de validação social”, disse Parker, acrescentando que é ‘exatamente o tipo de coisa que um hacker como eu traria'”.

Pergunta: Você acha que isso não vai ricochetear para essas pessoas?

Resposta: Isso revelará o mal em que se encontram. Essa é a única forma. Em nosso mundo, somente através da mentira podemos chegar à verdade.

A consciência da rede é construída para enganar e trapacear todos e conectar todos em uma única rede gerenciada por sua liderança que se assemelha a uma aranha no centro da teia.

Pergunta: E eles também ganham dinheiro e poder?

Resposta: Eles conseguem tudo dentro de sua rede.

Pergunta: Como podemos dar a volta?

Resposta: Precisamos mudar todo o programa, direção e aspirações da rede, para que possamos alcançar um objetivo específico.

Mas, no momento, há apenas um objetivo: amarrar todos e puxar as cordas como uma aranha.

Pergunta: Mas você não disse uma vez que tudo isso, de uma forma ou de outra, foi criado para levar a humanidade à conexão?

Resposta: Claro, mas de que maneira? Essas redes se desencantarão e todos descobrirão uma enorme mentira nelas que mata as pessoas e não lhes dá nenhuma esperança de um bom futuro.

Nós chegaremos à realização do mal através da promoção dessas redes. Quando começarmos a sentir em nossas necessidades internas e no desenvolvimento das Reshimot (genes espirituais) que essas redes nos estrangulam, nós as estrangularemos.

Pergunta: E o que acontecerá?

Resposta: Vamos abandonar essas redes e trabalhar em um nível diferente – acima delas, em redes espirituais. Essa é a verdadeira conexão, sem computadores, roteadores, etc.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 16/11/17

Ouçam, Cientistas!

Laitman_917.01Nas Notícias (South China Morning Post): “O setor de educação on-line da China cresceu rapidamente nos últimos anos, mas os analistas acreditam que mais oportunidades de negócios irão surgir à medida que a tecnologia avançar e o capital afluir.

“O país pode se tornar um dos mercados de educação on-line mais vibrantes do mundo no futuro, graças ao crescente poder de gasto das famílias, a um baixo consumo de recursos educacionais e à introdução da política de dois filhos, disseram analistas.

“O mercado provavelmente crescerá 20% ao ano, atingindo 270 bilhões de yuans (US $ 41 bilhões) em 2019, ante 156 bilhões de yuans em 2016. Globalmente, o mercado de educação on-line aumentará para US $ 190 bilhões até 2019, conforme estatísticas da iResearch and Docebo.

“Isso significa grandes oportunidades para as empresas de educação on-line na China, que atraíram 144 milhões de usuários em junho deste ano, de acordo com dados do Centro de Informação da Rede de Internet da China”.

Pergunta: Isso significa que a conexão física entre as pessoas cessará. Qual é o benefício disso?

Resposta: Eu acho que esse é um desenvolvimento natural da humanidade. O egoísmo se desenvolveu e não está mais interessado em estar conectado com ninguém. Se uma pessoa quiser, ela vai ao bar à noite, conhece alguém e assim por diante. E se não, ela não vai. Quatro paredes e um computador serão suficientes para ela.

Pergunta: Tudo será através do computador? As emoções também serão através do computador? Eles conectarão eletrodos e uma pessoa será feliz?

Resposta: Isso é o que acontecerá até que uma resistência interior entre na consciência, porque os genes espirituais dentro de nós que exigem um movimento direto ao objetivo da criação estão se expandindo, aumentando e se abrindo em nós. Quando eles exigirem sua realização, sentiremos que estamos vivendo no mal e uma mentira; eles se rebelarão contra esta situação. Vamos realmente começar uma revolução e mudar a situação.

Isto é, se sobrevivermos até lá, porque o mundo está galopando incansavelmente para a autodestruição.

Pergunta: Isso significa que todo progresso, e tudo o que acontece, de uma maneira ou de outra, leva uma pessoa a odiar o mal e a querer sair dele? Isso significa que toda a lógica neste mundo é necessária apenas para isso? O mundo inteiro existe apenas para esse propósito?

Resposta: É só para isso. Uma pessoa irá excluir todo o conteúdo em seu computador, exceto o nosso site.

De Kab TV “Notícias com Michael Laitman” 16/11/17

Um Mundo De Subornos

laitman_220Nas Notícias (Front News): “O volume anual de subornos no mundo é estimado em um trilhão de dólares. Isso foi relatado no serviço de imprensa das Nações Unidas.

“O volume anual de subornos no mundo é estimado em um trilhão de dólares. Ao mesmo tempo, a economia mundial está perdendo mais US$ 2,6 trilhões por corrupção. De acordo com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), nos países em desenvolvimento, as perdas relacionadas à corrupção excedem a quantidade de assistência oficial ao desenvolvimento em 10 vezes”, afirmou o relatório.

Pergunta: Em que tipo de mundo estamos vivendo?

Resposta: Estamos vivendo em um mundo egoísta que realmente não pode se dar bem de qualquer outra forma.

Se uma pessoa é gerida por seu egoísmo e não obtém nenhuma outra educação, ela pensa apenas em como pode tirar proveito de qualquer tarefa, de qualquer trabalho. Esse é o desejo natural do nosso egoísmo.

É assim que somos dispostos; é a nossa natureza. Como uma pessoa pode se limitar e não tomar, não roubar, não explorar suas oportunidades no local de trabalho? Ela deve necessariamente fazer isso.

Em princípio, a eficiência da sociedade humana é quase zero. Absolutamente tudo é roubado!

Comentário: Acontece que quase todas as pessoas no mundo recebem subornos.

Resposta: Claro. Ela produz tudo o que a sociedade exige dela? E se ela deixa de dar à sociedade até mesmo um pouco de sua energia, mesmo um pouco de sua força, conhecimento ou outra coisa, isso já é roubo. Não podemos fazer nada contra isso sem educar as pessoas.

Pergunta: Em que circunstância uma pessoa não será subornada ou roubará?

Resposta: No caso de ela ter uma recompensa maior. Ela começará a dar tudo às pessoas para receber uma conexão com o Criador como uma recompensa.

Se a pessoa tratar todas as pessoas como trata a si mesma, então, nessa relação com os outros, ela encontrará uma “porta secreta”, que é uma saída para o Jardim do Éden, para o mundo espiritual.

Tudo é gerido de acordo com outras leis, de acordo com as leis de doação e amor. É isso que devemos alcançar. Hoje estamos diante dessa oportunidade, e tudo o mais que vamos revelar neste mundo é o quão insuportável ele é. Então nos aproximaremos dessa possibilidade.

Morte Fácil

laitman_561Pergunta: Como você se sente com respeito a eutanásia? Existe uma nova invenção: uma máquina que permite que pacientes terminais morram completamente sem dor e em apenas alguns segundos. E a pessoa pode ser enterrada imediatamente, direto nesta máquina. Como você se sente sobre essa saída da vida: fácil, calma, sem medo?

Resposta: Em princípio, não posso dizer nada. É uma decisão pessoal. A morte é sempre dolorosa, sempre desagradável. Hoje, muitas pessoas aproveitam uma variedade de opções para passar para o próximo mundo sem dor. Mas isso é apenas um ponto de vista.

De outro ponto de vista, Baal HaSulam costumava dizer que, se possível, vale a pena tentar não evitar essa dor. É difícil falar assim, mas tenho que dizer às pessoas isso porque essa dor é anti-egoísta. Ela purifica a pessoa.

Precisamos ter certeza de que o indivíduo já tenha passado por uma vida diferente antes de deixar essa. Então, separar-se desta vida não será doloroso para ele – ele se foi e pronto.

Esperemos que agora nos aproximemos do momento em que a humanidade será capaz de descobrir essa possibilidade por si mesma, então será uma transição simples e tranquila de uma vida para outra.

Em princípio, a eutanásia não é necessária. Se eu já sinto o próximo estado, posso permitir que meu corpo morra. Eu observo sua morte de longe e isso não é doloroso para mim de forma alguma. Não é assustador ou triste. Eu já estou morando dentro do meu próximo corpo – meu corpo espiritual, o corpo da alma.

De KavTV “Notícias com Michael Laitman”, 14/12/17

Que Profissões Desaparecerão?

laitman_961.2Pergunta: Você sabe que profissões desaparecerão?

Resposta: Muitas delas. Praticamente todas.

Pergunta: Eles escrevem que haverá táxis sem motoristas, os hotéis serão reservados on-line, e editores e escritores também desaparecerão porque um robô de computador já ganhou um concurso literário.

Foi estabelecido que a precisão de um computador-advogado é de 90% e a de um ser humano é de 70%. O dispositivo IBM Watson diagnostica câncer quatro vezes melhor do que qualquer médico. A energia solar se tornará tão amplamente usada e barata no futuro que toda a indústria do carvão acabará, e assim por diante.

O escritor israelense Yuval Noah Harari em seu popular livro “Homo Deus: A Breve História do Amanhã” adverte que, como resultado, a humanidade poderia se dividir em duas subespécies. A primeira seria os chamados deuses pagãos, os proprietários da inteligência artificial e super especialistas, e a segunda, o resto. E o resto pode se tornar países e continentes inteiros.

Você realmente acha que a humanidade entrará nessas duas subespécies?

Resposta: No processo de alcançar este estado, os dois grupos certamente serão muito diferentes um do outro: alguns estarão envolvidos na programação e na invenção de todas essas máquinas e outros irão consumir passivamente porque ninguém precisa deles.

Eles são apenas uma massa de proteínas que também serão alimentadas com substâncias especiais que diminuem seu desejo de reproduzir e tudo mais. Eles se tornarão como “vegetais”, não pessoas. E os que criarem as tecnologias irão controlá-los. Mas este não é o fim do problema, não como um filme de Hollywood, porque, além disso, ainda existe a gestão superior e a meta.

A humanidade não existe por si só, separadamente. Nós a vemos na natureza e em todos os lugares: a meta final já deve ser determinada e governa todas as fases e etapas de desenvolvimento. Portanto, não é que tudo irá parar, tal como concebido por este homem inteligente.

Tudo será diferente. As pessoas sofrerão mudanças internas significativas; elas entenderão que estão se matando dessa maneira. E não é o mesmo como se nos matássemos neste mundo quando queremos nos livrar dele o mais rápido possível.

Na verdade, as pessoas irão descobrir gradualmente a forma mais elevada de existência que podemos transferir para uma forma totalmente suave da nossa vida. A pessoa pode simplesmente subir ao próximo nível, que é eterno, perfeito e infinito. Isso será gradualmente revelado às pessoas e elas farão as mudanças necessárias para se adaptar ao novo nível de existência.

Pergunta: O que você acha, quem revelará primeiro: os líderes ou o resto das pessoas?

Resposta: Eu acho que os líderes não vão revelar isso porque eles, de fato, são muito limitados. Eles são experientes em tecnologia. Eles só estão interessados ​​em como criar máquinas que serão subordinadas a eles

As pessoas que reportam a eles são aquelas que sofrem e elas começarão a sentir tudo. É impossível esmagar esse sentimento! Essa é a natureza! E não importa o quanto você a alimenta com drogas e usa outros meios para acalmá-la ou colocá-la para dormir, não vai ajudar.

Como resultado, uma revolução interna muito interessante acontecerá nas pessoas, e a partir deste ponto elas chegarão ao próximo nível.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 09/11/17

Um Robô Cidadão

laitman_263Nas Notícias (Daily Mail): “Em 25 de Outubro, Sophia, uma mulher com olhar delicado … foi manchete internacionalmente. Ela tinha acabado de se tornar uma completa cidadã da Arábia Saudita – o primeiro robô do mundo a alcançar tal status.

“Eu estou muito honrada e orgulhosa desta distinção única. Este é um fato histórico, ser o primeiro robô do mundo a ser reconhecido com uma cidadania”, disse Sophia…

“Eu quero viver e trabalhar com os seres humanos, então preciso expressar as emoções para compreender os seres humanos e construir a confiança com as pessoas. …

“Hanson disse no site da empresa. ‘Nós vislumbramos uma forte parceria simbiótica com a gente, onde nossos robôs acabarão por evoluir para se tornarem máquinas geniais superinteligentes que poderão nos ajudar a resolver os problemas mais difíceis que enfrentamos aqui no mundo’.

“Sua criação ecoa seus pensamentos. ‘Eu quero usar minha IA para ajudar os humanos a levarem uma vida melhor’, disse Sophia. ‘Como projetar casas inteligentes, construir cidades melhores para o futuro’”.

Meu Comentário: E mais tarde, estes robôs irão discutir entre si, “Devemos revogar a cidadania dos homens”?

Eles criarão um conselho semelhante e chegarão à seguinte conclusão, “Existe alguma coisa boa sobre esta miserável criatura à base de proteínas? Devemos revogar a sua cidadania. É diferente de um animal? Não é. Ela só polui o meio ambiente e arruína a vida dos nossos robôs. Somos puros, corrigidos, perfeitos, enquanto o homem apenas envenena a si mesmo e ao meio ambiente. Nós precisamos livrar-nos dessas pessoas”.

Observação: Muito está sendo dito hoje sobre inteligência artificial, robôs …

Meu comentário: Um robô nunca se tornará humano, porque não tem alma. A alma não é algo que nós podemos projetar ou inserir em um corpo. Mesmo que eu pegasse pedaços de um corpo humano e começasse a conecta-los de alguma forma – conectando-os com eletrodos para animá-los com eletricidade ou qualquer outra coisa – eu não seria capaz de animá-los a tal ponto que se tornariam humano em vez de um animal.

Isto é, nós podemos reunir algum tipo de corpo protêico a partir de elementos naturais, mas nunca seriamos capazes de conectar a alma a esse corpo. Em outras palavras, a pergunta sobre o sentido da vida e da existência, o que há dentro de nós e, além disso, não temos ideia do quanto isso nos define como pessoas, nós nunca seremos capazes de compreender isso ou dotar um robô com isso.

Observação: Mas um robô foi concebido para fazer a humanidade feliz.

Meu Comentário: O que essa máquina infeliz pode fazer para fazer a humanidade mais feliz? Dar-lhe energia elétrica? Será que ele dará aos outros da mesma forma como ele está conectado à energia elétrica? Como ele compreende a noção de felicidade?

Pergunta: Quando é que as pessoas se tornarão desiludidas com a inteligência artificial, nos robôs?

Resposta: Muito em breve. A humanidade se tornará desiludida com isso mais rápido do que pode fabricar um lote de robôs.

Não há nada a longo prazo nisso. O homem não precisa disso. Eu posso tornar a minha vida mais fácil, mas, depois, muito rapidamente serei deixado sem nada para fazer e praticamente me conduzirei à beira da extinção.

Pergunta: Ao fazermos isso estamos criando um beco sem saída para nós mesmos?

Resposta: Claro, assim como em todas as nossas realizações, em qualquer tipo de esforços, no final todos nos levarão à decepção, e escolheremos um caminho diferente, depois, um terceiro e, assim por diante.

De Kab TV “Notícias com Michael Laitman” 06/11/17

Pessoa Grávida

laitman_565.01Nas Notícias (Fox News): “O governo do Reino Unido se opôs ao termo ‘mulher grávida’ em um tratado das Nações Unidas, alegando que o termo ‘exclui’ os transgêneros que dão à luz e deve ser substituído por “pessoas grávidas”…

“O movimento segue a posição do governo do Reino Unido para promover a inclusão de transgêneros. Na semana passada, a Primeira-Ministra Theresa May revelou planos para prosseguir com o chamado “Ato de Reconhecimento de Gênero”, que permite que as pessoas ‘auto-certificem’ seu gênero”.

Pergunta: Para onde isso está nos levando?

Resposta: A lugar nenhum. Qual a diferença de como eles serão registrados nesses documentos? É irrelevante. Você lida com uma pessoa, não com um pedaço de papel. Pode ser necessário para algumas ações processuais, para os tribunais, mas, em geral, não ganharão nada com isso.

Pergunta: De qualquer forma, o status de “pessoa grávida” existe agora? E os homens poderiam ser considerados grávidos, o que é realmente possível.

Resposta: Claro, eles farão tudo! Mas, devemos entender que estamos agora em um estado específico, um estágio particular no desenvolvimento da natureza quando o indivíduo está mudando, os gostos estão mudando e a orientação da pessoa. Tudo dentro de uma pessoa está mudando.

Os jovens já não querem se casar, nem manter relações normais entre si. O que eles ainda não tentaram? Eles preferem comprar bonecas sexuais do que ter um namorado ou uma namorada. Eles geralmente fazem qualquer coisa que venha à mente.

Nós precisamos entender que essa tendência é natural porque não corrigimos o indivíduo a tempo, não damos a orientação correta, a informação certa, sobre como ele deveria trabalhar com sua própria natureza. É por isso que eles estão procurando maneiras que tragam certo tipo de auto-gratificação miasmática ou algum tipo de nova sensação.

Além disso, eles exigem que sejam respeitados, reconhecidos, para receber uma consideração especial. Então, surge um grande problema para a humanidade. No final, tudo isso aumentará e se acumulará em uma condição tal que a sociedade não será capaz de suportá-la e, de alguma forma, deverá mudar isso através de medidas contundentes.

Pergunta: Em princípio, você olha para uma pessoa como pessoa?

Resposta: Eu não olho para uma pessoa. Eu olho para seu estado interno, para sua alma, e isso não depende de quantas vezes ela muda seu gênero ou faz qualquer outra coisa externamente.

Pergunta: Será que tal maneira de se relacionar existirá no nosso mundo?

Resposta: Eu acho que virá a substituir o nosso período atual, também revolucionário. A humanidade está subindo acima de todos os tipos de diferenças – de gênero e outras – e começará a falar sobre as qualidades internas de uma pessoa, e não sobre o estado externo.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman”, 09/11/17