Textos na Categoria 'Notícias'

Residentes Do Sul De Israel Exigem Tranquilidade

Dr. Michael LaitmanDa Minha Página No Facebook Michael Laitman 15/11/18

Moradores do sul de Israel estão certos em protestar. Eles exigem tranquilidade e eu concordo com a dura crítica deles à liderança de Israel. Sua disposição de permanecer em seus abrigos para permitir um ataque temporário que traga sua vida normal de volta atesta como eles estão cansados.

Israel deve dar um golpe decisivo na infraestrutura do terror na Faixa de Gaza: exigir que o Hamas desmonte suas armas e pare seu domínio no solo. Esmagar o terror completamente e impedir que ele levante a cabeça. Assim, no mínimo, obteremos relativa tranquilidade nos próximos anos e permitiremos que as crianças do sul durmam sem medo.

Infelizmente, a atual rodada de foguetes provou mais uma vez o que aprendemos ao longo da história: uma organização terrorista jihadista entende apenas a força. Eles não estão interessados ​​em chegar a um acordo ou reconciliação conosco. Não importa se levantamos o cerco, abrimos a fronteira, permitimos a infraestrutura, pressionamos por ajuda internacional ou injetamos milhões de dólares em dinheiro. Assim, não temos escolha a não ser responder com tanta força que vai paralisar a capacidade do Hamas de nos prejudicar.

Eu não peço guerra, e certamente não quero prejudicar a população inocente de Gaza. Mas enquanto estivermos no meio de uma batalha contínua, devemos responder com toda a severidade e manter a vantagem; como está escrito: “quem vem para matar você, levanta cedo para matá-lo primeiro”.

A fraqueza de nossa liderança revela até que ponto sua visão foi distorcida, tentando continuamente convencer o mundo de que Israel é moral e justo. O mundo, no entanto, não está impressionado. Pelo contrário, a mídia internacional continua a pintar uma imagem falsa da realidade em Israel. Só é preciso olhar para a imprensa europeia, por exemplo, para notar as manchetes que retratam Israel como o agressor, depois de um dia com quase 500 foguetes disparados contra civis israelenses. Portanto, o que o mundo pensa não pode ser levado em consideração por nossos líderes.

Não há dúvida de que a próxima rodada será mais dolorosa. Demos um passo sério para trás, contra nós mesmos e contra a segurança de nossos filhos. O Hamas, por outro lado, está comemorando seu sucesso em provocar um terremoto político em Israel, após a renúncia do ministro da Defesa. Eles – e o mundo inteiro – concluíram que Israel é fraco.

No entanto, eu relaciono nossa fraqueza a um único fator: a falta de alicerce espiritual no povo de Israel. Ao contrário de qualquer outro povo ou nação do mundo, somos obrigados a lutar em duas frentes: a física e a espiritual. Temos que proteger a segurança de nossos moradores e defender nossas fronteiras com grande fervor; e ao mesmo tempo, devemos atacar nossa divisão a todo custo. Esta é a verdadeira guerra para Israel.

Todos nós tomamos parte na frente espiritual, e agora fomos pegos de surpresa. Nós devemos alcançar um cessar-fogo entre nós. Este é o fogo que convida nossos inimigos a entrar em nossa casa e fazer o que quiserem.

Todos nós sem exceção – líderes e soldados, políticos e cidadãos, direitistas e esquerdistas, religiosos e seculares – devem estar vigilantes contra o inimigo dentro de nós, a serpente que nos separa uns dos outros. Somente quando unirmos forças contra nossa própria divisão, despertaremos a base espiritual de nosso povo.

De acordo com a sabedoria da Cabalá, a conexão espiritual entre nós é a nossa única salvação. Ela irá construir um muro contra nossos inimigos. E o mundo inteiro está inconscientemente esperando pelo poder que reside na unidade de Israel. Até mesmo o Hamas.

Como Falar Com Seu Coração

laitman_963.7Observação: O coração de uma mulher bate um pouco mais rápido que o de um homem: 70 batidas para homens e 78 para mulheres. No entanto, em casais que vivem juntos, os ritmos cardíacos e a respiração tornam-se semelhantes, especialmente se o relacionamento estiver próximo. Assim afirmam os cientistas.

Mas mesmo que as pessoas simplesmente façam algo entusiasticamente juntas, seus corações se sintonizam um com o outro.

Meu Comentário: Essa é a influência das pessoas umas sobre as outras. Elas ficam sintonizadas se trabalham na mesma equipe, mesmo que não haja laços estreitos ou hobbies compartilhados, uma única tarefa ou atmosfera.

A influência da pessoa no ambiente é multifacetada. Vemos que as pessoas que vivem em um país adquirem uma mentalidade comum, e se vivem lá por muito tempo, até adquirem as características daqueles que habitam este país. Isso não depende das pessoas, mas da própria terra onde vivem.

Pergunta: Como isso acontece na Cabalá?

Resposta: É uma história muito diferente na Cabalá. O fato é que estudando a Cabalá, nos conectamos uns com os outros não no nível terreno, onde vivemos na mesma terra, respiramos o mesmo ar e somos afetados pelo mesmo, digamos, ambiente radioativo ou alguns outros parâmetros sobre os quais nem sei.

Somos apaixonados pelo nosso objetivo comum e é aí que nos vemos. Além disso, podemos nos ver nesse objetivo comum apenas quando nos dissolvemos em nossos amigos.

Portanto, na Cabalá, essa união e interconexão se desenvolve e não existe em nenhuma outra forma de interação humana. Na Cabalá, verifica-se que não nos parecemos simplesmente, criamos um sistema juntos, no qual nos tornamos partes conjuntas, e um não pode existir sem o outro. Portanto, tudo é um grau superior aqui.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman”, 02/10/18

Trump Ajuda Os Judeus?

laitman_763.3Pergunta: A decisão da administração Trump de dotar os judeus com o status de um grupo étnico sugere que enquanto os judeus eram anteriormente considerados uma comunidade religiosa, e o Estado americano não interfere em conflitos religiosos, agora quaisquer ações dirigidas contra seu país étnico, isto é, Israel, serão vistas como manifestações de racismo e uma violação dos direitos constitucionais. Isso significa responsabilidade criminal?

Resposta: Tudo isso é vantajoso e bom. A grande questão é familiar e eterna: como será para os judeus?

Eu acredito que nada vai mudar. Em última análise, o ódio só aumentará.

Observação: Mas os judeus acreditam que este é um passo tão grande!

Meu Comentário: Eles sempre pensam assim. É um povo que não entende o significado de sua existência, o objetivo de sua existência e absolutamente não aprende com a história de forma alguma.

Eles são muito espertos e, na verdade, muitos os invejam: seu desenvolvimento, aptidão para tecnologia, ciência e arte – para tudo que não seja o propósito de sua vida. Nada os ensina: nem as catástrofes que acontecem, nem espancamentos, destruição, pogroms – nada!

Além disso, nada pode ensiná-los porque eles não desejam ver o seu propósito. Se começassem a perguntar: “Qual é a verdadeira razão para o ódio de todas as nações em relação a nós?”, eles iriam encontrá-la, a desenterrariam. Encontra-se precisamente no ideal do judaísmo, na unificação geral de um e de todos.

Os judeus devem dar o exemplo para essa unificação. Eles devem viver para se unir entre si com relações positivas. Então, essa conexão positiva entre eles será transferida a todas as outras nações.

Afinal, os judeus não são uma raça ou nacionalidade. Esta é a “multidão mista” que Abraão reuniu de toda a Babilônia e criou um grupo baseado em um único atributo: eles queriam alcançar a revelação do Criador, a revelação da força oculta da natureza, para conhecer o significado da criação, o seu propósito através da unidade entre eles. E ele conseguiu isso.

Portanto, se os judeus se unissem, mesmo em nosso tempo, uma vez que são representantes de todas as nações do mundo que remontam àqueles dias, o mundo imediatamente começaria a se unir com calma após eles. O mundo começaria a perceber: “Oh! Então, é deles que depende o nosso destino!” Para melhor também, não só para pior. Oito bilhões de pessoas dependem de 15 milhões.

Observação: Me espanta que tenhamos feito milhares de videoclipes sobre esse assunto, e cada vez você explica isso detalhadamente até o fim.

Meu Comentário: Isso vive em mim, sinto que é o tópico mais relevante. Além disso, cada vez torna-se mais e mais relevante. Eu, no entanto, espero que, apesar de milhares de vezes termos falado sobre isso, num certo momento e pela primeira vez ele irá, finalmente, “ligar”.

De KabTV “Noticias com Michael Laitman” 18/09/18

O Dalai Lama, Não É Fácil …

laitman_600.04Nas Notícias (The Earth Chronicles of Life): “’O Dalai Lama revelou o segredo da felicidade’:

“Menos inveja e raiva, mais amor e compaixão – somente através disso o homem pode chegar à harmonia na alma, disse o 14º Dalai Lama em Riga durante os ensinamentos espirituais para budistas da Rússia e dos Estados Bálticos.

“O homem é destruído pela raiva, inveja, o senso de competição, medos e outras emoções negativas que levam ao sofrimento, enquanto a felicidade é alcançada não através da implementação de desejos desenfreados, mas através da ‘paz de espírito’. Compaixão e altruísmo ajudam a chegar até ele.

“Já foi cientificamente provado que a raiva literalmente destrói o sistema imunológico, enquanto a compaixão e a paz de espírito o fortalecem. Se você trata os outros com compaixão e altruísmo, então a malícia, a inveja e a competição em você serão muito menores, e a felicidade – muito maior”, disse o Dalai Lama.

“Um sistema materialista de valores faz da pessoa um investidor de dinheiro.

“Desejos descontrolados destroem tanto o homem quanto o meio ambiente, e isso não traz felicidade a ninguém. A felicidade vem quando a mente está em paz, quando há paz na alma. Portanto, é tão importante treinar sua mente ”, disse ele.

Meu Comentário: Ele está certo, mas como isso pode ser realizado?

Observação: Em princípio, fica claro para o que o Dalai Lama está levando: é uma visão específica do mundo, meditação…

Meu Comentário: Esse método é bom para pessoas com muito pouco egoísmo, que costumava se manifestar na humanidade há milhares de anos. Além disso, hoje também se aplica, mas apenas em algumas partes do mundo onde realmente pode ser oferecido e aceito.

Pergunta: Como o estado de felicidade pode ser alcançado?

Resposta: Para fazer isso, você precisa mudar a pessoa para que ela mude o mundo para que o mundo não persiga metas artificiais, mas tudo esteja em equilíbrio com a natureza e com o outro.

É possível, mas não através de uma técnica de apenas sentar-se e sentir-se feliz.

Pergunta: Você disse que o ego irá se desenvolver e crescer e que não há como fugir dele. O que pode ser feito com o egoísmo que cresce e me mata?

Resposta: Eu falei sobre isso muitas vezes. Até que mostremos às pessoas que este estado final nos leva à destruição e que, em vez disso, existe um estado eterno e perfeito que podemos alcançar neste mundo hoje, até que convencamos a humanidade dessa possibilidade, não podemos fazer nada.

Pergunta: Como isso pode ser feito?

Resposta: Somente trabalhando em nós mesmos, levando-nos a um estado em que podemos realmente nos tornar um exemplo de relacionamentos humanos corretos, encontrar a felicidade e a mais alta qualidade entre nós.

Pergunta: Como devem ser nossos relacionamentos?

Resposta: Amem um ao outro. O Dalai Lama também fala sobre isso; só precisa ser alcançado. Não é fácil e é realizado através de um tremendo esforço e por um método confiável que conecta o impossível com o desejado.

É necessário chegar a isso? É necessário. Existe uma oportunidade? Existe, mas é difícil. Aqui, devemos remodelar a natureza humana, mudá-la.

Pergunta: Como a natureza humana muda?

Resposta: Apenas sob a influência da revelação da força superior. Nas tentativas de nos unir, revelamos essa força. Queremos que esse poder nos mude, mas apenas essa força! E não que eu queira ser bom, e eu já sou bom.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman”, 20/06/18

Sobre A Vida Com Bonecos, Solidão Absoluta E Workaholismo

laitman_543.02Observação: No Japão, as pessoas passam muito tempo no trabalho. E as pessoas lá estão substituindo pessoas reais por bonecos como parceiros.

Alguém, após a morte de sua esposa, começou a juntar bonecos que imitam uma pessoa. Outro esfriou sua relação com sua esposa e comprou uma boneca. Ou seja, as pessoas estão substituindo pessoas por bonecos. Eles cuidam delas, lavam, etc.

E essa tendência é observada tanto nos homens quanto nas mulheres. As mulheres também compram bonecas, convivem com elas, conversam com elas. Alguns usam máscaras de bonecas para serem belezas perfeitas. Totalmente absurdo!

Meu Comentário: Um homem odeia sua aparência, quer abandoná-la e entrar no mundo dos sentimentos, o mundo da comunicação interna, não externa – não entre corpos, mas em um nível superior. Ele sente que não está em demanda e não sabe o que exigir dos outros. Portanto, uma substituição artificial ocorre. O que pode ser dito sobre isso?

Estamos em um período de transição, e não apenas os japoneses “desafortunados”, mas todos os outros também. Eu não acho que a era dos bonecos virá e substituirá maridos, esposas, filhos ou até animais de estimação. Isso tudo não é mais do que jogos. De fato, não pode haver substituto.

Eu espero que a atual grande crise, como um tsunami, acabe com toda essa indústria suja, incluindo todas as coisas excessivas que o homem inventa e produz. Tudo será varrido e só o essencial permanecerá.

Tudo o mais que não fosse essencial seria espiritual, isto é, tudo o que usamos para nos elevarmos espiritualmente. Isso só pode surgir da comunicação correta entre as pessoas, quando um estado chamado “espírito” surge entre elas. As pessoas então se elevarão juntas neste espírito: “Eu não posso viver sem você e você não pode viver sem mim”.

Eu não me refiro a homens e mulheres. Eu quero dizer tudo. Tal adição mútua gradualmente nos eleva mais e mais. Este é o elevador espiritual. É isso que devemos alcançar.

É isso que a ciência da Cabalá ensina. Espero que esta seja a solução para todo o problema. É assim que será.

Quanto aos substitutos plásticos, eles são brinquedos temporários. É precisamente porque não encontramos a combinação certa, a conexão certa entre nós.

Pergunta: Os pesquisadores afirmam que as pessoas são movidas pelo medo, pelo desejo de estarem seguras. Como você pode superar esse medo?

Resposta: Eles não vão encontrar isso um no outro também.

Eles encontrarão isto somente se se conectarem corretamente uns com os outros e, neste contexto, irão de repente revelar o poder superior que os criou, os mantém, e do qual dependem completamente. Então o medo desaparecerá.

Que medo pode haver se você estiver em contato com a força superior que determina tudo: como você nasceu, como você existe e morre, e depois disso, você estará novamente em outros estados diferentes! Quando você está em contato com a força superior, não há medo.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman”, 31/07/18

Vício Em Videogame

laitman_959Pergunta: A Organização Mundial da Saúde incluiu o vício em videogames em sua lista de doenças e distúrbios. Uma pessoa é considerada viciada em videogames se dedicar cada vez mais tempo a eles “ao ponto de os jogos prevalecerem sobre outros interesses da vida”.

Qual é a razão pela qual uma pessoa adere ao jogo tanto que este se torna sua vida?

Resposta: E o que é o nosso mundo? Também é um jogo.

Então, não há mais nada, uma pessoa troca um pelo outro. O jogo em que ela entra lhe obedece, ela existe nele, recebendo feedback e influenciando-o. Para ela, esse é um espectro mais próximo de conexões, eventos e reciprocidades.

Ela participa ativamente disso. As pessoas gastam muito dinheiro e estão prontas para viver apenas nisso.

Pergunta: Você considera isso uma doença?

Resposta: Eu acredito que qualquer passatempo, se não desviar do propósito da criação, pode ocorrer como um lazer, mas além disso, já é uma doença.

Pergunta: É possível vencer esta doença?

Resposta: Eu não acho que uma pessoa desistirá de bom grado. É porque substituir um mundo de conto de fadas por um real é simplesmente roubar a vida de si mesmo.

Pergunta: Para ela, a vida é um jogo?

Resposta: Na verdade, não é um jogo, mas a sua vida! E a nossa vida é um jogo bobo.

Observação: Você sempre fala apenas sobre uma coisa: somente quando uma pessoa chegar ao verdadeiro sentido da vida, tudo isso se tornará uma brincadeira de criança para ela.

Meu Comentário: Tudo isso desaparecerá por si só, porque a perspectiva de revelar o mundo verdadeiro, a eternidade e a perfeição obscurecerá todos os jogos, tudo o que ela tem hoje.

Pergunta: Talvez seja por isso que existem jogos. É para aproximá-la disso?

Resposta: Não para aproximá-la, mas simplesmente para iluminar o tempo até que a humanidade perceba em que estado final e sem esperança ela está.

Pergunta: E quando esta hora chegará?

Resposta: Depende de dois fatores: quando a humanidade tiver sofrido o suficiente e quando os Cabalistas forem capazes de abordar isso e explicar qual é o problema.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 20/06/18

A Geração Da Selfie

laitman_549.02Observação: Nossa geração é chamada de “Geração da Selfie”. Pessoas caem de pontes, rochas, se metem em acidentes e querem capturar esses momentos.

Meu Comentário: Em princípio, muitas pessoas trabalham pela morte. A morte é um ponto querido em nossa existência quando eu deixo depois de mim algo que desejo que permaneça relacionado ao meu nome para sentir algum tipo de existência eterna.

Pergunta: Para onde esse narcisismo leva?

Resposta: Ele leva a entender que tudo isso não tem importância, nenhum valor.

Pergunta: O que acontecerá quando chegarmos a isso?

Resposta: Começaremos a entender que existe um vazio no mundo! Vai ser muito ruim! Então, começaremos a buscar a realização real da vida: eterna, perfeita, duradoura, existir fora da estrutura em que existimos hoje antes da morte ou após a morte.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman”, 03/07/18

Bill Gates E Mosquitos

Laitman_701Pergunta: O fundador da Microsoft, Bill Gates, investiu mais de quatro milhões de dólares em um projeto para criar mosquitos geneticamente modificados que matarão sua própria espécie. É assim que ele pretende matar todos os mosquitos que espalham a malária. Esta é uma abordagem correta? Afinal, estamos violando o equilíbrio da natureza.

Resposta: Claro, pode haver consequências irreversíveis aqui. Este é um problema muito sério porque estamos interferindo no sistema interno da natureza.

Para onde isso leva? Como tudo mais – para o reconhecimento do mal: precisamos mudar a nós mesmos e tudo na natureza mudará.

Se pararmos de picar um ao outro, os mosquitos vão parar de nos picar.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman”, 26/06/18

Futebol 2018

Laitman_124Observação: O futebol é a religião da humanidade. Os meninos correm e perseguem a bola no Irã, em Israel, na França, na Turquia e na Alemanha. Existe algum tipo de unidade em torno do futebol.

Meu Comentário: As pessoas precisam disso. Melhor futebol que guerra.

Sou a favor de que as pessoas joguem em vez de se engajarem em guerras e brigas. Mas teremos que adicionar uma relação diferente a isso, para tornar esse jogo não-egoísta, para que as pessoas comecem a se comunicar porque ainda há muito espírito competitivo no futebol.

Parece-me que, se os próprios jogadores, após a derrota ou a vitória mútua, organizassem um bom jantar festivo todos juntos, num abraço, isso seria um bom exemplo para o mundo de como ele deveria se desenvolver.

Como dizem, a amizade ganhou. Espero que, de alguma forma, algum dia, cheguemos a isso, e então as pessoas verão que há uma base para o bem nesses jogos.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman”, 26/06/18

Cruzando A Linha Entre A Vida E A Morte

Laitman_137Pergunta: O suicídio é um dos problemas da humanidade. A cada 40 segundos, alguém no mundo comete suicídio (800.000 por ano). Nos EUA, a taxa de suicídio aumentou 30% desde 1999. Algumas celebridades que recentemente cometeram suicídio incluem Anthony Bourdain, o famoso chef e apresentador de TV da CNN, e a irmã mais nova da rainha da Holanda. Você pode explicar isso?

Resposta: Eu posso explicar isso como vazio. É um vazio que esmaga, dilacera e não deixa a pessoa dormir. Até mesmo as drogas são ineficazes para aliviá-lo. A pessoa simplesmente sente como se não tivesse outras opções. Nós precisamos olhar para a vida corretamente e começar a nos educar.

Pergunta: O que uma pessoa deve alcançar?

Resposta: O sentido da vida. Ela pode entender o sentido da vida quando atravessa a fronteira entre a vida e a morte. Somente quando a vida vale menos para você do que a própria vida, você pode pesar corretamente para que viver e superar seu egoísmo e sua vida egoísta.

Pergunta: É quando eu não me apego a ela? Quando não me apego a todo desejo?

Resposta: Você não apenas não se apega, mas vive do fato de que a cada minuto você desiste do seu egoísmo e se eleva acima dele. Cada minuto você está acima da morte, como se estivesse experimentando-a. Esta é a separação do nosso mundo e a entrada no mundo superior.

Observação: Isso é muito difícil.

Resposta: Não é difícil, é uma oportunidade feliz para todos nós.

Pergunta: Então, eu não deveria valorizar minha vida egoísta?

Resposta: Uma pessoa que quer compreender a verdadeira existência tem que desprezar esta vida e apreciá-la apenas porque é a base para construir uma vida mais elevada nela. E a vida superior é a morte, e quando você morre em uma forma animal a cada minuto, cresce espiritualmente.

Crescimento na forma espiritual é a vida não para si mesmo, mas para algo fora de si: em prol do Criador, do sistema, da humanidade, não importa o que – o principal é sair do seu “eu”.

De KabTV “Notícias em Russo com Michael Laitman”, 12/06/18