Textos na Categoria 'Música'

Notas, Cores E Sete Sefirot

234Pergunta: É possível dizer que as sete notas musicais correspondem às sete Sefirot?

Resposta: Certamente, porque do contrário nada teria existido. Existem dez Sefirot, e começando de Bina em diante, correspondendo a elas, existem sete sons que são construídos de acordo com a mesma tendência, de acordo com o mesmo sistema.

Todos eles são o mesmo sistema de reconstrução, uma nova criação, uma nova percepção. É o mesmo com as cores do arco-íris. Não faz diferença se são notas ou cores, tudo é construído de acordo com a mesma estrutura de cooperação mútua entre Zeir Anpin e Malchut.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 10/03/19

A Vida É Uma Canção Para O Mundo Inteiro

944Os cientistas estão tentando entender como o canto afeta o estado de nosso corpo e alma. Foi notado que quando uma pessoa canta ou ouve cantar, sua pressão arterial e o nível de hormônios no sangue podem mudar. Qual é o segredo do canto que pode curar uma pessoa?

A questão é que cantar não exerce nenhuma pressão violenta sobre nós. Não a sentimos como a vontade de outra pessoa querendo nos subjugar, mas nos conectamos a ela e queremos nadar junto com a agradável melodia. A música encontra uma resposta em nossa alma, em nossas experiências interiores, nas aspirações do coração.

Portanto, todos nós amamos canções. O canto já existia antes mesmo das pessoas começarem a falar. Animais e pássaros também cantam. As canções podem expressar muito mais pensamentos, desejos, esperanças e aspirações para as quais não há palavras e evocam uma resposta muito mais correta e gentil no coração das pessoas que me compreenderão e concordarão. A música é uma linguagem de comunicação especial suave e gentil.

Uma canção é capaz de gerar em nós todo um mundo de sensações porque vem do fundo do coração, das aspirações mais íntimas. Não posso cantar com o que discordo totalmente, não posso fazer isso. Você pode dizer palavras falsas, mas não será capaz de cantá-las.

As pessoas adoram cantar juntas porque isso leva à conexão dos corações, a uma experiência comum sobre a qual a canção canta, à esperanças comuns para o presente e o futuro, à memórias do passado e uma história comum. A música pode incluir um oceano de sentimentos e esperanças de toda a nação ou até mesmo de todo o mundo.

Cantar dá à pessoa uma força adicional que não estava nela antes de começar a cantar. Cantar pode até ser sem palavras e ainda ressoará no coração de outras pessoas. Todos vão apresentar suas palavras por trás dessa melodia.

Na tradição de muitas nações, existe o canto coral, a polifonia, que evoca o sentimento de uma conexão especial entre as pessoas, um poder especial que é superior a nós. Essa força surge da união de corações em canções, desejos comuns, decepções e esperanças, ou seja, uma vida comum.

Portanto, existe uma peça tão elevada como o “Cântico dos Cânticos”. Cantar é o apelo mais poderoso possível de pessoa a pessoa e de uma pessoa ao Criador.

Na verdade, uma pessoa canta o tempo todo se dirigindo ao Criador. Qualquer experiência de uma pessoa em cada momento de sua existência é uma canção dirigida à força superior.

Se todo o povo de Israel cantasse junto, isso melhoraria nossas relações mútuas e melhoraria o estado do país. Vamos todos nos sentar juntos e cantar: “Como é bom e agradável para irmãos sentar-se juntos”. Afinal, só quando nos sentamos juntos como irmãos podemos nos sentir bem e agradáveis. Esse canto em si já será uma mudança ao lado do qual nada seria necessário.

Se queremos mudar nosso país, nosso povo e o mundo inteiro para melhor, então vamos nos sentar e cantar sobre como é bom e agradável estarmos juntos. Isso pode mudar nosso destino.

De que outra forma podemos influenciá-lo? Fizemos muito para corrigir, mas a única forma é nos unir. Se estamos falando sobre como alcançar a unidade e nos voltar para a força superior, como existir juntos e espalhar o poder de doação e amor nascido desta unidade para toda a humanidade, isso em si é uma bênção do alto. O mundo inteiro aceitaria este poder e se uniria em um coração.

De KabTV, “Olhe desde Dentro”, 08/03/21

“Por Que A Música Cura Nossa Dor?” (Quora)

Dr. Michael LaitmanMichael Laitman, no Quora: Por que A Música Cura Nossa Dor?

A música atua em nosso sentido de audição, que é o mais sensual dos cinco sentidos.

Quando há uma harmonia devidamente ajustada, ela nos afeta quase que instantaneamente. Algumas batidas bastam para nos atrair.

Da mesma forma, a música tem a capacidade de elevar nosso humor, nos acalmar e nos curar.

No entanto, ainda é apenas um meio terreno para fazer isso, e não devemos ser enganados de que é algo mais do que isso.

Muito de como a música nos afeta tem a ver com a forma como fomos criados. Temos que entender a música que ouvimos. Por exemplo, culturas indígenas normalmente não entendem música clássica, e aqueles criados estritamente com música clássica não entendem música contemporânea.

No entanto, apesar dos diferentes tipos de música, ela continua a ser um acompanhamento muito poderoso para a história da humanidade. De acordo com a sabedoria da Cabalá, a música está no nível de Bina, que é o sentido da audição.

Baseado no programa de TV “Notícias com o Cabalista Dr. Michael Laitman” em 18 de janeiro de 2021. Escrito/editado por alunos do Cabalista Dr. Michael Laitman.

O Poder Da Música

932Pergunta: Os psicólogos têm um ponto comum para todos os problemas – música pura, sem palavras. A música é um remédio para o estresse, a dor, a depressão. O que há na música que cura, limpa e eleva?

Resposta: A música afeta o ouvido. Essa é a coisa mais sensual em uma pessoa, não cheirar, não tocar, não provar, mas ouvir. Quando a harmonia está devidamente ajustada, ela afeta você quase que imediatamente. Algumas batidas e uma pessoa já está nela.

A música é capaz de elevar, acalmar e curar. Mas todos esses são meios terrestres pequenos e fracos.

Não se deixe seduzir por isso, porque o fato é que depende do preparo de uma pessoa, da sua formação. Ela deve entender essa música. Os papuas não entenderão Bach. E os clássicos não vão entender a música contemporânea.

Mas não importa que tipo de música seja, ainda é um acompanhamento muito forte de toda a história da humanidade, porque está no nível de Bina, e esse é o sentido da audição.

A música é muito poderosa.

De KabTV, “Notícias com o Dr. Michael Laitman”, 18/01/21

Melodias De Baal Hasulam

627.2Pergunta: Por que Baal HaSulam começou a escrever música?

Resposta: O grupo de Baal HaSulam consistia em menos de dez pessoas, e todos vieram de lugares diferentes. Cada um tinha suas próprias melodias que eles faziam na hora das refeições ou durante as orações, especialmente no dia da expiação (Yom Kippur).

Portanto, Baal HaSulam compôs suas próprias melodias e ensinava aos estudantes a não cantarem orações estranhas às palavras do livro de orações. Foi assim que surgiram as melodias dos textos do Ari e “Bnei Eichal“, “Kel Mistater“, etc.

Pergunta: Essas melodias e sua letra de alguma forma podem afetar a pessoa que as escuta?

Resposta: Elas possuem certas forças espirituais. Uma melodia tem um grande poder, mas só pode ser alcançada na medida em que a pessoa esteja habitando nela.

Da Lição de Cabalá em Russo 16/10/16

Nova Vida # 361 – Músicos E Inspiração

Nova Vida # 361 – Músicos E Inspiração
Dr. Michael Laitman em conversa com Oren Levi e Nitzah Mazoz

Resumo

A música é parte da nossa vida e uma poderosa expressão de nossos sentimentos. Como podemos participar de seu efeito sobre nós? O que caracteriza os músicos e qual a sua contribuição para a sociedade?

A música é uma composição especial que expressa a harmonia e as conexões entre opostos. Um ouvinte com o mínimo de experiência na vida pode ficar impressionado com a composição.

Compositores têm uma audiência interna. Eles sentem seu mundo interno através dos sons. Existem diferentes estilos de música e compositores. Às vezes os compositores se isolam para se ouvir; no entanto, um compositor é realmente o resultado da sociedade como um todo.

A diferença entre um compositor medíocre e um brilhante é o quanto ele pode sentir a tristeza e esperança da sociedade como um todo. Isso não tem nada a ver com o seu nível espiritual. Um compositor genial também pode ser um selvagem.

Um compositor tem que tentar aprender o segredo da vida, a fim de atingir o mais alto nível de composição.

De KabTV “Nova Vida # 361 – Músicos E Inspiração”, 21/07/14

Nova Vida # 360 – A Música Conecta Os Corações

Nova Vida # 360 – A Música Conecta Os Corações
Dr. Michael Laitman em conversa com Oren Levi e Nitzah Mazoz

Resumo

Qual é a essência da conexão entre um músico e o público para quem ele toca? Como isso nos conecta com uma sensação de harmonia e como podemos usar essa essência no ensino da educação integral?

O som da música que uma pessoa executa é um meio de conectar seu coração com o coração dos ouvintes. Grandes músicos podem sentir como o público diante deles digere os sons e os sentimentos que transmitem.

A disposição dos assentos em uma performance ao vivo é importante, a fim conectar o público; essa é a razão de um anfiteatro ser construído do jeito que é. Antes do músico começar sua performance ele precisa se ajustar ao fato de que vai conectar todos como um só.

De KabTV “Nova Vida # 360 – A Música Conecta Os Corações”, 27/04/14

Nova Vida # 359 – O Efeito Da Música Nas Pessoas

Vida Nova # 359 – O Efeito Da Música Nas Pessoas

Dr. Michael Laitman em conversa com Oren Levi e Nitzah Mazoz

A música é uma linguagem universal que dedilha diretamente as cordas de nossas emoções. O que faz com que ela nos afete tão fortemente e como ela cria a sensação de harmonia, alegria e conexão entre nós?

Resumo

A música é uma linguagem que expressa nossos sentimentos mais íntimos ; ela pode mudar nosso humor.

A música lembra imediatamente uma pessoa de algo e desperta certos sentimentos como se ignorasse a mente. A música é uma linguagem emocional. É diferente da linguagem comum que exige a compreensão, a mente, a memória e a capacidade de comparar.

Quando ouço sons, meus sentimentos começam a funcionar ao ritmo dos sons, eles me controlam. Nós temos um entendimento e sentimento. Nossa vista opera na compreensão; nossa audição opera em sentimentos

Para ouvir melhor, por vezes, fechamos os olhos para que a nossa visão não interfira com a nossa tentativa para concentrar-nos na música. A audição pertence à nossa visão.

Os sons que percebemos dá-nos uma sensação de harmonia e equilíbrio. Eu desfruto da totalidade dos sons.

Há algo na harmonia musical que é semelhante à totalidade superior da natureza. Esta é a razão que a música exalta-nos. Não há nada de ameaçador na música e ela traz alegria tranqüila, lágrimas e algo que é muito interno, pessoal e profundo.

Toda a natureza toca música e música pode curar.

[147486]

Atenção: Áudio/Vídeo em idioma inglês
icon for podpressVideo: Reproduzir Download
icon for podpress Audio: Reproduzir | Download

De KabTV “Nova Vida # 359 O Efeito Das Musica Nas Pessoas”, 27/4/14

 

O Mundo Da Música

laitman_932Pergunta: A música é uma parte significativa das nossas vidas. Eles dizem que a música é uma linguagem universal que não requer palavras. É mais forte do que as palavras e penetra diretamente no coração; ela abre o coração e conecta as pessoas. Então, o que é música?

Resposta: A música é uma linguagem que pode expressar os mais profundos sentimentos de uma pessoa. Ela pode estimular e elevar uma pessoa, alterar o estado de espírito e a direção do pensamento.

A música pode nos transportar de um lugar para outro, dependendo do seu estilo. De acordo com alguns sons ou acordes, nós já sentimos de onde ela vem: esta música é europeia, indiana ou sul-americana?

Nos Estados Unidos, estilos nacionais de musica de todo o mundo se misturaram, produzindo uma espécie de “salada” musical que se espalhou por todo o mundo porque é adequado para a maioria da humanidade.

A música desperta imediatamente memórias numa pessoa e produz sentimentos especiais nela. As palavras penetram em nós através da mente, e somos obrigados a ativar um mecanismo de comparação, de memória. E a música, ao contrário, imediatamente extrai a emoção da memória e desperta dentro de nós, quer queiramos ou não. Ela penetra numa pessoa sem pedir permissão.

A música nos conecta com as condições do ambiente em que é ouvida: com o tempo, espaço, movimento e eventos; tudo isso é imediatamente despertado em nossa memória juntamente com os sons que ouvimos. A música é o mundo e tudo o que o preenche.

Todos os nossos sentidos, exceto a visão e a audição, são muito escassos, como se fossem subdesenvolvidos. Mesmo que o sentido do olfato tenha grande significado; ele se desenvolveu em nós quando ainda vivíamos nas árvores. Quando descemos das árvores e nos tornamos seres humanos, começamos a nos envolver com todos os tipos de trabalho que não são típicos de animais e estragamos nosso sentido do olfato.

Nosso sentido do paladar também foi estragado porque não somos mais animais. Houve um tempo em que, de acordo com cheiro e o paladar, poderíamos distinguir se a nutrição era apropriada para nós ou não. Mas hoje já não somos capazes de fazer isso. Nós criamos muitos produtos alimentares com sabores e cheiros que nos atraem; no entanto, na verdade, eles são veneno para nós.

Até mesmo o sentido do tato tem possibilidades limitadas e nos confunde muito. Nós paramos de viver num ambiente de coisas naturais simples que são apropriadas à nossa natureza. Nós criamos tantos produtos e fenômenos artificiais que confundem nossa visão, audição, tato, olfato e paladar, de modo que não há nada de verdade neles que possamos confiar.

Mas da grande variedade de sons que ouvimos, a música nos impressiona ao máximo. Somente o choro de um bebê ou uma sirene que imediatamente nos desperta é mais forte do que a música.

De KabTV “Uma Nova Vida” 27/04/14

Uma Marcha Em Honra Dos Poucos!

laitman_576_01Baal HaSulam escreveu uma marcha em honra dos poucos que atingiram o fim da correção, a subida completa acima de seu ego, e o altruísmo absoluto, o atributo de amor e doação para todos.

Esta marcha é dedicada a muito poucos que conseguiram chegar ao fim de sua correção pessoal (Gmar Tikkun) em cada geração ao longo da história.

A marcha louva e glorifica as grandes pessoas que alcançaram o sistema superior da natureza. É o reconhecimento da singularidade, da persistência e da capacidade de ascender acima de si mesmos e que durante a sua vida se tornaram hóspedes nos salões superiores do Criador.

De KabTV “Conversas com Michael Laitman” 02/09/14