Textos na Categoria 'Economia'

Para Quem Deixar Bilhões?

laitman_600.01Observação: As dez pessoas mais ricas do mundo não vão deixar sua fortuna para seus filhos.

Meu Comentário: O costume de deixar as posses para a próxima geração ficou desatualizado. As pessoas entendem que isso não dá felicidade às crianças.

Isto é, uma criança precisa receber uma boa educação e um direito mínimo e normal de existir, um pouco acima da média. Mas não mais que isso. Dessa forma, a criança fará esforços para conseguir mais. Ela também aprenderá a salvar a si mesma e sua família para se proteger de todos os problemas. Sem isso, ela estará em todo o lugar e não saberá o que fazer e para onde fugir.

Isso corrompe as pessoas. A propósito, a Torá diz que um pai não deve contar ao seu filho sobre sua riqueza e que ela irá para seu filho.

Pergunta: E quanto ao fato de que os ricos deixam seus milhões para instituições de caridade?

Resposta: Onde mais poderia ser deixado? As pessoas doarão para a pesquisa e para a ecologia e, pouco a pouco, tudo desaparecerá. Haverá todos os tipos de organizações que irão aconselhar sobre como dividir o dinheiro, dissolvê-lo em partes, e isso é tudo.

Pergunta: Dar tudo para caridades é um ato egoísta? Algumas pessoas ganharam muito dinheiro.

Resposta: Sim, elas ganharam dinheiro, mas agora, no final de suas vidas, entendem que esse dinheiro não pode ser levado com elas, que nada pode ser feito, e ninguém é eterno. Elas esperam que assim possam deixar seu nome e a si mesmas com a humanidade. É algum tipo de redenção.

Observação: Há uma palavra: “perpetuar”.

Meu Comentário: Perpetuar, sim. Mas eu não as invejo. Se elas ainda esperam que isso as proverá com algum serviço depois que elas já se separaram desta vida, então, é claro….

Pergunta: Não as serve? O que serviria então?

Resposta: Eu não quero falar sobre isso. Deixe-os deixar seu dinheiro para instituições de caridade.

Um homem não tem mais nada! Absolutamente nada além de boas ações. Boas ações são apenas poder empurrar este mundo para se unir. Isso é tudo, apenas isso!

Só isso pode de alguma forma ser gravado na alma de uma pessoa. Quando o homem se empenha em unir o mundo, ele se envolve com sua alma, com sua propriedade interior. Portanto, isso permanece nele e a morte não tem poder sobre ele.

Pergunta: Que tipo de ação é para a unificação do mundo?

Resposta: É um desejo mútuo das pessoas se ajudarem mutuamente, mesmo no nível terreno. O mais importante é unir-se para revelar a mente superior, a propriedade mais elevada, o poder supremo, o Criador, a propriedade de amor e doação.

Se eles dirigirem as pessoas para isso, então, de fato, permanecerá com eles e será sua grande contribuição eterna para o desenvolvimento de suas próprias almas.

De KabTV, “Notícias com o Dr. Michael Laitman”, 19/03/19

Tela Espiritual E Dinheiro

laitman_232.06Comentário: Em nosso mundo, o dinheiro determina e controla tudo.

Meu Comentário: No mundo espiritual, o dinheiro também controla tudo.

“Dinheiro”, em hebraico “Kesef, vem da palavra “Kisuf“, que significa “cobertura”. Em hebraico, os nomes de objetos e fenômenos são dados por uma razão e provêm do conteúdo, das propriedades das quais derivam.

Na medida em que você pode cobrir o egoísmo com a qualidade de doação e amor, a qualidade egoísta da recepção se transforma na qualidade de doação. É assim que você ganha capital espiritual, isto é, revela a Luz.

Portanto, a tela espiritual também é chamada “Kisuf” (“Kesef”), assim como o dinheiro na vida cotidiana. Claro, as pessoas não sabem de onde veio, mas o hebraico é uma linguagem Cabalística.

Da Lição de Cabalá em Russo 25/11/18

A Riqueza E A Pobreza Interferem Na Cabalá?

laitman_566.02Pergunta: Você disse uma vez que o Criador dá riqueza para Se distanciar. Mas a pobreza também afasta as pessoas da espiritualidade, porque toda a força e pensamentos vão para alimentar a si mesmos e suas famílias. A riqueza e a pobreza interferem na Cabalá?

Resposta: Não. Tudo depende de como uma pessoa, apesar da riqueza ou da pobreza, se relaciona com o mais alto governo, percebendo que o Criador lhe dá exatamente o que é necessário para sua alma. Mesmo que eu não entenda por que Ele me dá condições como riqueza ou pobreza, que em princípio me impedem no meu movimento suave em direção ao objetivo, eu justifico isso porque o recebi do Criador. Além disso, provavelmente, do ponto de vista da raiz da minha alma, é justificado, natural e totalmente equilibrado.

Pergunta: Então, tal entendimento me ajuda a afastar pensamentos constantes de onde conseguir dinheiro?

Resposta: Não, eu também considero isso como um trabalho espiritual.

Da Lição de Cabalá em Russo 25/11/18

Os Ricos Choram

Laitman_421.01Nas Notícias (Bloomberg): “As pessoas mais ricas do mundo perderam US $ 511 bilhões em 2018”. “As pessoas mais ricas da Terra perderam US $ 511 bilhões este ano, depois que ganhos recordes no primeiro semestre foram eliminados por uma sucessão de vendas contundentes no mercado”.

Meu Comentário: O fato é que elas devem entender se têm uma oportunidade de impedir o progresso das pessoas. Quanto mais você oferece às pessoas novos brinquedos para a conexão humana, para sua satisfação, para qualquer informação, etc., mais elas se tornam exigentes e seletivas.

Elas não estão mais interessadas ​​no Facebook como ele é. Elas simplesmente não podem ver anúncios. As pessoas estão tão cansadas que nem sequer podem ser forçadas a ter os filhos.

Isto é, tudo o que os ricos fizeram nos últimos 20 anos está começando a diminuir cada vez mais. Apesar de toda a sua sofisticação, isso passa. O período de acumulação egoísta terá que apodrecer.

A humanidade ainda está se desenvolvendo. Portanto, eu vejo que a hora chegará, e muito rapidamente, quando esses dólares que eles acumularam não terão valor, e não haverá mais oportunidade de ganhar dinheiro.

Acho que as pessoas geralmente se esforçam para obter maior simplicidade. Elas vão querer sentar na grama, beber um pouco, fazer um lanche, ouvir música normal, o chilrear dos pássaros e o riso das crianças correndo por aí. Vão querer algo muito próximo e agradável ao coração, e não incomodar suas cabeças, cérebros, alma e sentimentos com algo muito artificial.

Eu espero que seja assim.

De KabTV, “Notícias com Michael Laitman” 25/12/18

Por Que Coca-Cola É Mais Acessível Que Água?

laitman_547.05Pergunta: Por que uma lata de Coca-Cola fria é mais acessível que um copo de água fresca?

Resposta: A coca-Cola está mais próxima, mais acessível e mais disponível para nós do que um copo de boa água pura porque alguém lucra com isso.

Mais uma vez, o egoísmo de uma pessoa, de uma empresa de manufatura, a empurra para tornar seu produto mais acessível a todos. Ela não pode ganhar tanto com um copo de água como com uma lata de Coca-Cola, então a Coca-Cola se promove a ganhar dinheiro com a gente.

No entanto, se por meio da consciência planetária, percebêssemos o que é útil para nós, usássemos apenas coisas boas para nós e desprezássemos o resto, se eliminássemos tudo o que não precisamos e usássemos apenas as coisas necessárias, então, é claro, durante a vida de uma geração, seríamos capazes de criar uma geração que ficaria desgostosa com a Coca-Cola e todos os tipos de alimentos não saudáveis, doces sem fim, etc.

Então, nós criaremos uma geração nova e saudável sem comida genética e sem tais venenos como Coca-Cola e tal.

Afinal, se o egoísmo desaparecer do mundo, ninguém se beneficiará de fazer comidas venenosas. Ninguém sentiria nenhum benefício disso. Pelo contrário, a sociedade deve condenar todas as empresas que agem dessa maneira. A sociedade deve cuidar para proteger todos os seus membros da distribuição de alimentos venenosos.

Porém, como não nos amamos, não nos importamos com a saúde um do outro. Como resultado, é claro, há aqueles que vendem venenos, anunciam venenos, e há aqueles que, sob a influência desse anúncio, começam a comprá-los, usá-los: eles tomam esse veneno.

Nosso egoísmo nos empurra para todas as coisas ruins. Até nos restringirmos, beberemos venenos e não alcançaremos uma vida saudável.

Da Mesa Redonda De Opiniões Independentes, Berlim 09/09/06

Como Os Países Subdesenvolvidos Devem Se Desenvolver?

laitman_963.4Pergunta: Como deve ocorrer o desenvolvimento dos países subdesenvolvidos? O que é uma abordagem melhor: microfinanças ou macrofinanças?

Resposta: Somente desenvolvendo a educação tradicional, que é inerente a todas as pessoas no mundo, para que a educação e a cultura correspondam à natureza da nação, estaremos efetivamente desenvolvendo cada nação.

Devemos entender que, em geral, existem 70 nações do mundo e todas são desiguais. Semelhante aos órgãos corporais, elas precisam se complementar. Portanto, se mostrarmos uma atitude igual e gentil para com todos, mas de acordo com a natureza de cada um, veremos que elas realmente podem dar uma contribuição notável para a humanidade.

Então conseguiremos extrair o máximo benefício de cada nação. Tudo isso depende de uma atitude benevolente e calorosa para com todos, para que a pessoa possa servir à humanidade precisamente na medida que corresponde a ela.

Devemos entender que toda a natureza é dividida entre países e nações de tal forma a levar a pessoa a um estado em que cada um complementa o outro. Como resultado, podemos realmente nos encontrar em um mundo igual e perfeito, onde cada um preenche o outro e alcança um mundo que é todo bom.

Teremos então o privilégio de ver que cada nação tem uma participação notável na humanidade. Além disso, somente porque elas se complementam, somos recompensados ​​com uma vida perfeita em toda a sociedade humana – com amor, perfeição, respeito e honra para todos.

Antes de mais nada, precisamos revelar que toda nação tem seu lugar, assim como os órgãos do corpo têm seus lugares. Precisamos disso, e até vermos que precisamos disso, não seremos capazes de avaliar e elevar isso à sua própria realização distinta.

Mesa Redonda de Opiniões Independentes. Berlim 09/09/06

Pobreza E Riqueza

laitman_566.02Pergunta: O dinheiro governa o mundo corpóreo. Pessoas ambiciosas possuem mais e exploram as outras. Qual é a raiz espiritual desse fenômeno? Além disso, por que as pessoas pensam que uma pessoa espiritual tem que ser pobre? Eu não vejo espiritualidade entre os pobres. Pelo contrário, vejo mais inveja, falta de cultura, pouca educação e assim por diante.

Resposta: De acordo com a Cabalá, ser pobre tem um significado totalmente diferente. Uma pessoa espiritual sente que é pobre porque não tem o alcance do Criador e do mundo superior. Ela constantemente aspira a isso.

A noção de “pobreza” em si não vem da falta de dinheiro, mas das religiões que chamam as pessoas que constantemente pensam sobre a espiritualidade de carentes e pobres.

Não há dúvida de que a riqueza acima das necessidades comuns também escraviza uma pessoa. Essas pessoas são incapazes de estudar a Cabalá, pois estão ocupadas demais cuidando de sua riqueza.

Pergunta: Qual é a raiz espiritual do dinheiro?

Resposta: A raiz do dinheiro é a tela. “Dinheiro (Kesef)” vem da palavra “Kisuf” e significa cobertura.

O dinheiro é uma força que cobre nosso egoísmo e permite que se aja acima de seu desejo egoísta. Se eu agir corretamente, posso fazer muitas coisas benéficas em nosso mundo com a ajuda do dinheiro. No entanto, geralmente, uma pessoa sucumbe ao poder do dinheiro e vende-se a ele.

Da Lição de Cabalá em Russo 01/04/18

Depressão De Um Economista

Laitman_514.02Nas Notícias (Project Syndicate): O Prêmio Nobel de Economia, Joseph Stiglitz, escreve:

“Eu tenho participado da conferência anual do Fórum Econômico Mundial em Davos, Suíça – onde a chamada elite global se reúne para discutir os problemas do mundo – desde 1995. Nunca saí mais desanimado do que este ano. …

“Os CEOs de Davos ficaram eufóricos este ano com o retorno ao crescimento, os lucros fortes e a alta remuneração dos executivos. Os economistas lembraram que esse crescimento não é sustentável e nunca foi inclusivo; mas tais argumentos têm pouco impacto em um mundo onde o materialismo é rei.

“Então, esqueça as trivialidades sobre valores que os CEOs recitam nos parágrafos iniciais de seus discursos. Eles podem carecer da franqueza do personagem de Michael Douglas no filme Wall Street, de 1987, mas a mensagem não mudou: “A ganância é boa”. O que me deprime é que, embora a mensagem seja obviamente falsa, muitos no poder acreditam que seja verdade”.

Meu Comentário: Ao contrário de Joseph Stiglitz, não me sinto deprimido porque entendo o egoísmo da humanidade e, desde o início, não espero boas ações da elite econômica. Além disso, desejo-lhes boa sorte. Porque quanto mais eles descerem à sua própria ganância, mais rapidamente o mundo verá a verdade e finalmente se tornará maduro o suficiente para aplicar a sabedoria da Cabalá.

A sabedoria da Cabalá diz que precisamos nos unir e exigir a realização do método para a correção do mundo a partir do povo de Israel. Mesmo nos tempos antigos, o Faraó egípcio entendia que os judeus estavam fugindo dele para a verdadeira unidade, para a ascensão acima do egoísmo. Isso tem que ser entendido pelas nações hoje ainda mais claramente.

A essência do método da sabedoria Cabalística, inerente ao povo de Israel, é a seguinte: conectem-se de tal forma que o egoísmo não mais nos separe ou nos perturbe. Demonstrando essa possibilidade para todos, os judeus cumprirão aquilo que o mundo espera deles, mesmo que inconscientemente.

Tendo se encontrado em um beco sem saída, as pessoas vão sentir isso. A humanidade começará a perceber que a solução para o problema está escondida no povo de Israel.

E tudo depende de como o povo de Israel é capaz de perceber a ideia de unidade dentro de si – depois mostrando e apresentando ao mundo.

Hoje, os judeus são odiados, sem um claro entendimento do porquê. Em vez de uma causa inerente, razões e desculpas são oferecidas para esse ódio. Portanto, esse ódio requer uma orientação correta na consciência, de modo que todos juntos se concentrem no que interessa: por um lado, aqueles que aspiram à correção interna – o “povo de Israel”, por outro lado, todos os outros.

Na realidade, essas duas partes juntas resolvem um problema mútuo. É simplesmente necessário começar com alguém e é por isso que a união começa com aqueles que já estão maduros para isso. Então, numa base voluntária, baseada no desejo, por meio de exemplos positivos, círculos mais amplos se conectam a eles.

Desta maneira, é totalmente desnecessário expulsar os judeus de sua terra; não é necessário matá-los. É necessário motivá-los a criar uma sociedade forte e entrelaçada, espalhando a Luz superior para o mundo inteiro.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman”, 13/02/18

A Vaca De Bill Gates

laitman_543.02Nas Notícias (Business Insider): “Bill Gates financiou a pesquisa genética de como criar a vaca perfeita – uma que vai produzir mais leite e ser capaz de resistir a temperaturas além do que é capaz a vaca comum”.

Meu Comentário: Eu acho que o problema não está em quanto leite é produzido, mas como é distribuído e comercializado. Por exemplo, Israel é o primeiro no mundo na produção de leite, mas o leite aqui não é de nenhum modo barato, porque o mercado está completamente regulamentado.

Há muitos obstáculos na comercialização do leite, que inclui o dumping, costumes, deveres, monopólios, e assim por diante. Eles minam quaisquer esforços dos “benfeitores”. Por causa das relações mutuamente corruptas, a humanidade é incapaz de cuidar de qualquer coisa útil e realmente eficaz para aqueles em necessidade.

Tentativas têm sido feitas, mas o interesse pessoal estraga tudo e se apega a tudo. É por isso que, mesmo se em algum momento, supervacas produzirem quatro vezes mais leite, isso não vai fazê-lo chegar aos seus destinatários africanos e asiáticos. Como último recurso, ele será despejado de forma a não derrubar os preços do mercado.

Antes de investir nesse tipo de projeto, precisamos investir na conexão da humanidade. Sem ela, as nossas boas intenções são impotentes.

Não é necessário inventar algo novo se as condições adequadas para isso não forem criadas primeiro. Apenas salvando o excesso de produção, que vai para os lixões, poderíamos prover a um grande número de pessoas que estão morrendo de fome. No entanto, com as nossas atuais relações económicas e sociais, isso não é realista.

Portanto, o problema não está na produção, mas nas pessoas. Mais especificamente, na sua dissociação e desrespeito para com o outro. Ao unirmo-nos, veremos como utilizar os recursos de forma adequada, que agora realmente temos em abundância. Se a humanidade se tornar uma família, encontrará maneiras reais para distribuir produtos e, em seguida, será possível pensar em produção. Até então, o leite, como tudo o mais, desaparecerá no poço sem fundo do nosso egoísmo.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman,” 30/01/18

Queixe-se De Quem Nos Criou

laitman_272O mundo está começando a sentir que atingiu um beco sem saída. Acontece que não há democracia, nem liberalismo. A que ponto chegamos ao permitir que os meios de comunicação e os oligarcas funcionem livremente e desenfreados?

Depois de uma década, eles se reunirão novamente em Davos e proclamarão: “Agora, 99% do capital total é de propriedade de 1% da população, e logo todos os 100% estrarão em nossas mãos. Todo o resto pode morrer de fome. Nós, é claro, sentimos pena deles, mas não podemos fazer nada sobre isso. Este é um caminho egoísta de desenvolvimento. Se você não gosta disso, reclame ao Criador “.

Os próprios ricos dirão: “Você quer mudar, mas isso não está em nossas mãos. Não temos culpa; somos os mesmos egoístas como todos os outros. Você teria feito o mesmo em nosso lugar. Todo o dinheiro acumulou conosco porque o desejo de desfrutar obrigou-nos a agir desta maneira. Queixe-se de quem nos criou. “Talvez, as pessoas infelizes que não têm uma única migalha entendam que precisam se voltar ao Criador.

Da 3ª parte da Lição Diária de Cabalá 25/01/18, Escritos do Baal HaSulam, “Introdução ao Livro do Zohar“, Item 60