Textos na Categoria 'Crianças'

Quando O Professor Se Torna Desejável

514.04Observação: Hoje, o respeito pelos professores está caindo rapidamente. No ensino médio, os alunos são violentos com os professores. Relata-se que uma alta taxa de ameaças chega aos professores por parte dos alunos. Muitas delas até se tornam ações. Todos procuram um exemplo de professor que uma pessoa possa respeitar e seguir, mas não o encontram.

Meu Comentário: As crianças veem o professor como um bode expiatório: “O que você está nos ensinando? Que tipo de mundo você está nos dando? O que você quer de nós?” e assim por diante. Ou seja, há muita raiva nelas em relação a este mundo.

Elas não podem receber realização, saturação e satisfação do mundo e, portanto, acontece que elas jogam isso nos professores como representantes deste mundo, que estão na frente delas todos os dias por muitas horas. E os professores as fazem fazer alguns exercícios, resolver problemas e passar em exames desnecessários.

Pergunta: As crianças entendem que nunca usarão isso na vida?

Resposta: Claro. Hoje, o professor representa o ser mais odiado do mundo para a criança, que a obriga e restringe. Este é um carcereiro legal.

Observação: Não é preciso dizer que isso é terrível. Lembro-me dos meus professores, não tive esse sentimento. Parecia que um dia seria útil. Agora tudo de repente desabou com grande força.

Meu Comentário: As pessoas não precisam de nada do que acontece na escola, do que aprendem na escola. Elas não precisam de nada disso e não usarão nada.

Pergunta: Para que uma pessoa precisa de um professor? Que sabedoria?

Resposta: Conexão com outras pessoas. Uma conexão boa e correta um com o outro. Só isso deve ser ensinado na escola. E “dois mais dois são quatro” é adicionado para o desenvolvimento do cérebro. Portanto, não há nada que possamos fazer sobre isso, teremos que refazer tudo isso.

É preciso ensinar, claro. No entanto, ensinar o que uma pessoa precisa na vida em primeiro lugar. Esta é apenas a conexão correta entre as pessoas.

Pergunta: Podemos continuar a fornecer uma educação com base nessa conexão?

Resposta: Dê educação, dê o que quiser. Mas o principal é a educação certa. Caso contrário, a educação com essas ciências exatas levará as pessoas a construir armas e tudo o mais que conduza a meios de ferir uns aos outros.

Observação: Em outras palavras, dê a ela física, e ela fará uma bomba nuclear. Dê química, ela criará armas químicas.

Meu Comentário: Claro. O que você quer delas? Você ensinou isso a elas. Você não resistiu ao fato de que a natureza sempre aumenta o egoísmo nelas. Levando em consideração o fato de que o egoísmo está constantemente se desenvolvendo nelas, você deu-lhes conhecimento para que elas pudessem usar esse egoísmo em seu próprio detrimento. Involuntariamente, o professor se torna uma fonte do mal.

Pergunta: Se a mensagem do professor for: eu estou ensinando você a se conectar com as pessoas, a se conectar com a natureza, esse ódio irá embora?

Resposta: O professor deve explicar que somos todos um sistema, que devemos estar conectados uns com os outros de boas maneiras, e não de más. Não importa no que estejamos conectados. No entanto, nossa tarefa é transformar uma conexão má em boa. Então começaremos a sentir um mundo completamente diferente nesta conexão boa entre nós.

Pergunta: As crianças sentirão isso?

Resposta: Precisamos fazer isso para que aqueles que já estão na escola sintam isso. Então o professor será desejado, o único.

De KabTV, “Notícias com o Dr. Michael Laitman”, 03/08/20

Blitz De Dicas De Cabalá – 21/05/20

281.02Pergunta: O que ou quem muda uma geração: eventos históricos, desastres naturais, tecnologias, valores sociais ou um plano interno?

Resposta: Um programa interno.

Pergunta: O que a geração mais jovem deve receber da geração mais velha?

Resposta: Eles devem ter uma atitude em relação ao propósito da criação a fim de continuar. Tudo muda, exceto a tendência de evolução em direção ao objetivo da criação; isso não muda.

Pergunta: É possível na geração moderna de consumo elevar a autoridade e a importância dos pais aos olhos dos filhos?

Resposta: Se os filhos começarem a se relacionar corretamente com o propósito da vida, com a descoberta do próximo nível de existência, com a descoberta do mundo superior, e os pais os apoiarem nisso, então, desta forma, eles fortalecerão seus autoridade e significado aos olhos das crianças.

Pergunta: Como você pode caracterizar em uma única palavra ou frase a nossa geração após o coronavírus?

Resposta: É como uma geração que recebeu uma tarefa especial e espero que eles percebam isso.

Pergunta: Os mesmos princípios universais que você expressa em seus livros e palestras devem ser adaptados para cada geração e em particular para a nossa geração?

Resposta: Certamente. Eu estou trabalhando nisso.

Pergunta: Quem ou o que deve moldar a geração?

Resposta: A geração é moldada por pessoas que entendem o que está diante da geração. Elas descobrem os problemas que a geração enfrenta, os métodos de realização e tentam direcionar a humanidade para uma solução.

Pergunta: Cada geração é mais inteligente e mais adaptada à vida. Você concorda com esta afirmação?

Resposta: Não. Cada geração tem o potencial de resolver os problemas que a natureza lhes apresenta. Mas, simultaneamente, requer uma mão diretora muito forte.

Pergunta: A que geração você considera pertencer?

Resposta: Eu me considero entre a velha e a nova geração, uma geração que ainda não se formou, que eu estou ajudando a vislumbrar o caminho.

Pergunta: A geração determina a experiência coletiva. Que tipo de experiência coletiva você consegue se lembrar de sua vida?

Resposta: A experiência coletiva em minha vida não me deu nada, exceto um grande sinal negativo. Enquanto que tudo que foi positivo, eu recebi apenas do meu professor.

De KabTV, “A Era Pós-coronavirus”, 21/05/20

Resolvendo O Conflito Geracional Atual

627.2Pergunta: O conflito entre pais e filhos já se arrasta há gerações. Qual é a principal característica do conflito atual?

Resposta: O conflito atual é que os filhos devem subir a um nível de existência muito diferente daquele de seus pais. Eles devem, em conexão uns com os outros, revelar o próximo estágio de desenvolvimento, o mundo superior, que os pais ainda não alcançaram. Seus pais estavam inconscientemente lutando por isso, mas não sabiam exatamente como definir e formar esse estágio. E as crianças de hoje têm essa oportunidade.

Pergunta: O que ou quem pode conectar pais e filhos?

Resposta: A meta que está diante de todos, pela qual devemos passar e alcançar o estado absoluto.

De KabTV, “A Era Pós-Coronavírus”, 21/05/20

Como Compensar As Contradições Entre Gerações

571.03Pergunta: Como os conflitos intergeracionais afetam todo o sistema em um mundo global e interconectado? Essa diferença aumentará ou diminuirá?

Resposta: A diferença aumentará dependendo de como as gerações resolverem problemas de interação entre si e dentro de si. Nesse estado, elas afetarão o quadro geral da natureza, que, por sua vez, as afetará.

Eu espero que, ao mesmo tempo, a inteligência da humanidade cresça e, assim, compense as contradições entre as gerações.

De KabTV, “A Era Pós-Coronavírus”, 21/05/20

Relacionamentos Íntimos Tornaram-Se Traição De Estado

627.2Observação: A Coreia do Norte declarou guerra às relações íntimas entre adolescentes. O chefe da Coreia do Norte, Kim Jong Un, declarou que relacionamentos íntimos na adolescência eram traição e anunciou planos de torná-los uma ofensa passível de punição.

De acordo com o chefe da Coreia do Norte, sexo entre adolescentes é “desvio sexual imoral” e é causado por “influências capitalistas decadentes”. O controle começou nas escolas.

Meu Comentário: A boa educação não se baseia na violência. Além disso, hoje os jovens entre 14 e 15 anos são tão adolescentes, se você pode chamá-los de adolescentes, que em nossa época as pessoas tinham 20 anos de idade. Claro, é muito difícil separar os jovens de hoje de todos os tipos de relações sexuais porque tudo está aberto. Eles têm a Internet, mas as pessoas ainda são pessoas.

Pergunta: O que deve substituir o fervor que naturalmente os empurra um ao outro?

Resposta: Acho que isso não pode ser substituído porque o desejo de satisfação sexual é muito forte no homem, principalmente no adolescente. Claro, eu daria a eles uma educação muito séria.

Pergunta: O que você ensinaria a eles?

Resposta: Tudo! Anatomia, fisiologia, psicologia, sexologia, o que são um homem e uma mulher, o que é o nascimento. Eu definitivamente ensinaria e mostraria tudo em todos os tipos de filmes. Não há nada a esconder. Isso só piora as coisas. Eles estarão ainda mais ocupados com isso e adquirirão todos os tipos de conceitos errados. O fruto proibido é doce. Eu definitivamente abriria tudo isso.

Pergunta: Para onde eles iriam como resultado?

Resposta: Para onde estão agora, mas em uma forma normal, sem qualquer distorção. Eles saberiam como são construídos, o que a natureza exige de nós, qual é a nossa psicologia, para que nos comportemos bem, que sejamos pessoas agradáveis ​​para nós e para os outros, para que não tenhamos vergonha de tudo isso.

Basta elevar isso do nível de sigilo para o nível de franqueza. Você verá que tudo isso tem um sabor completamente diferente, uma atitude completamente diferente.

Pergunta: Eles chegariam à conexão correta?

Resposta: Sim, deve haver uma conexão correta. Ela ainda não existe hoje. Ainda hoje, sexologia, anatomia, fisiologia e psicologia da relação sexual correta não são ensinadas corretamente.

Pergunta: Você incluiria neste entendimento o que é amizade e o que é amor?

Resposta: Sim, ela se “veste” nele. Então, amizade e amor serão componentes humanos. Humano, não animal! Se estou com fome, devo comer? Então, eu deveria ter isso também. Isso é o que meu corpo exige, o que posso fazer?! Eu penso apenas nisso. Comida e sexo, isso é tudo.

Pergunta: Será que a amizade e o amor se revestem dessa base?

Resposta: Isso não se relaciona muito com a fisiologia. Então você precisa entender como montá-la.

De KabTV, “Notícias com Dr. Michael Laitman”, 13/07/20

As Escolas Farão Um Exame Mundial Unificado

632.4Pergunta: Uma citação de uma mãe de quatro filhos se tornou viral na Internet: “Se o coronavírus não nos matar, a educação virtual o fará”.

Por que ela disse isso? Instituições educacionais foram fechadas para um bilhão e meio de alunos, o resto será fechado de uma forma ou de outra. Cerca de 50% dessas crianças não têm acesso a computador em casa, 43% nem têm conexão com a Internet. Nos países do terceiro mundo, 80% não podem estudar remotamente.

Sempre dizemos que isso é o futuro, que é assim que tudo vai se desenvolver. Como as crianças que não têm computador podem ser atendidas?

Resposta: Haverá um computador para dez famílias – não importa. De todos os modos, gradualmente assim será.

Pergunta: Você ainda acha que este é o futuro?

Resposta: Sem dúvida. As pessoas precisam se acostumar com a educação virtual. Além disso, em algum lugar da África, não se sabe que tipo de professor as ensina e o que está sendo ensinado.

Deve ser um sistema muito claro, uma rede virtual que levará a humanidade à unidade. Qualquer criança em qualquer país começará a receber treinamento e ensino educacional de acordo com o programa geral. Ela vai estudar o que todos estão estudando. No mundo todo!

Você pode imaginar a que isso vai levar?! As pessoas começarão a se entender, serão espiritualmente conectadas umas às outras.

Pergunta: Este sistema educacional e de treinamento unificado as conectará. Como resultado, pode-se perguntar: um idioma aparecerá?

Resposta: Claro. No final, sim. Mas isso não é tão importante.

Pergunta: Você acha que não há mentalidades diferentes: para as crianças africanas – uma coisa, para os americanos – outra, etc.?

Resposta: Não há mais mentalidades hoje. Praticamente tudo isso foi quebrado há muito tempo.

Pergunta: Este programa educacional e de treinamento virtual será voltado especificamente para a conexão?

Resposta: Para consolidação, unificação, fusão na mente, nos sentimentos, nas forças, em tudo, em todos os assuntos de estudo. Todas as crianças aprenderão a mesma coisa. Haverá um único exame mundial. Este é um novo nível.

Observação: Depois de suas palavras, quero começar a pensar nessas crianças, que elas têm um computador, que têm tudo. É necessário que os líderes tenham esse pensamento. Não só entre os líderes, mas também entre as pessoas.

Meu Comentário: Qual é o problema de ter um computador para 10 crianças? Deixe esses bilionários desembolsar e pronto.

Observação: Há um problema aqui, não existe tal treinamento e programa educacional de que você está falando.

Meu Comentário: Esse programa existe! Que haja computadores em todos os lugares e comecemos a estudar.

Observação: O que você disse é importante. Ou seja, o objetivo principal e constante é apenas conectar.

Meu Comentário: As crianças devem começar a absorver através de todas as ciências, exemplos, através de tudo, que o mundo é uma única força.

De KabTV, “Notícias com Dr. Michael Laitman”, 13/07/20

Nova Vida 1142 – Integração Para A Paz

Nova Vida 1142 – Integração Para A Paz
Dr. Michael Laitman em conversa com Oren Levi e Nitzah Mazoz

A educação global para a paz exige a prática diária de cada cidadão. Primeiro, precisamos aprender o que a paz realmente é e como o egoísmo humano a afeta. Depois, precisamos explorar a nós mesmos, nossos próprios limites e nossas motivações. Quando fazemos esforços para nos unir, descobrimos as diferenças entre nós e a maneira de nos elevarmos acima de todas elas.

Grupos menores precisam se conectar antes de integrá-los a outros grupos para formar grupos maiores e conectados. Quando cada detalhe visa beneficiar os outros através da realização do método de conexão, ocorre uma integração pacífica.

De KabTV “Nova Vida 1142 – Integração para a Paz”, 23/07/19

Cem Anos De Sabedoria Judaica

557Observação: Existem várias sabedorias judaicas que mudam o futuro de nossos filhos. A primeira: “’Experiência’ é a palavra que uma pessoa usa para chamar seus próprios erros”.

Meu Comentário: Sim. A experiência tem que vir, nascer, dos próprios erros. Se não houver erros, não haverá experiência. Não pode ser que uma pessoa chegue a conclusões corretas se não cometeu erros.

Pergunta: É possível que uma pessoa não cometa erros?

Resposta: Não. Uma pessoa não pode fazer a coisa certa se não cometeu um erro antes.

Pergunta: Ela lamenta ter cometido um erro?

Resposta: É esse arrependimento que produz uma ação correta.

Pergunta: Nós passamos essa experiência para nossos filhos?

Resposta: Você quer passá-la para seus filhos, mas eles devem cometer erros.

Pergunta: Eles terão sua própria experiência?

Resposta: Claro.

Pergunta: Isso significa que nossa experiência não os ajudará?

Resposta: Não há necessidade. Cada geração deve cometer erros e chegar à conclusão correta e, assim, seguir em frente.

Comentário: Ou seja, cada um tem sua própria experiência. É a experiência de erros.

Meu Comentário: Sem isso, você não recebe informações claras, dados, sensações, nada, se não vivenciou isso em todas essas situações.

Comentário: Citação: “Se você acidentalmente ficar com raiva, dê à raiva uma chance de passar a noite – apenas fique quieto até de manhã”.

Meu Comentário: Pela nossa vida, vemos que isso é bom. Isso é chamado de “aquele que cala a boca durante o conflito com o outro”.

Pergunta: Como uma pessoa pode fazer isso?

Resposta: Por meio de exercícios.

Pergunta: O que acontece de manhã? Não vou ficar tão zangado como estava antes com essa pessoa?

Resposta: Não, pelo contrário, talvez você seja grato a ela.

Comentário: Citação: “Existem dois métodos para se elevar acima do seu próximo: o primeiro é superar a si mesmo e o segundo é rebaixar o seu próximo. Não é aconselhável usar o segundo método. Em vez de cavar um buraco para outra pessoa, use essas forças para criar uma colina para você”.

Meu Comentário: Sempre vale a pena se elevar acima de si mesmo. Você está crescendo dessa maneira. Assim, não há necessidade de prestar atenção ao outro, mesmo do ponto de vista egoísta. Em vez disso, eleve-se a um estado novo e mais perfeito.

Pergunta: É possível subir acima de mim mesmo?

Resposta: Claro, a cada minuto.

Comentário: Normalmente, fazemos algo muito diferente, colocamos o outro de lado.

Meu Comentário: Você usa o outro para se elevar acima de si mesmo, aceitando o ponto de vista dele.

Pergunta: Isso se chama que eu me anulo?

Resposta: Eu anulo meu eu anterior para fazer de mim um eu superior.

Pergunta: Esta citação tem um final interessante. Ela diz que se você usar o segundo método, ou seja, eliminar o outro, estará construindo uma colina para si mesmo. Isso significa um túmulo?

Resposta: claro.

Pergunta: Em outras palavras, se você desprezar o outro, isso é de fato sua morte?

Resposta: Sim. Pelo contrário, eleve-se acima dos outros, use esta oportunidade. Use o outro, sua crítica, sua atitude para com você, deixe-se levar, curve-se e você se elevará acima de si mesmo.

Observação: Citação: “Não seja doce demais ou eles vão te comer. Não seja muito amargo ou eles vão te cuspir”.

Meu Comentário: Eu digo o que acho certo. Isso é o que tenho “em uma bandeja”, como dizem, é isso que eu dou a vocês. Você escolhe: isso é doce ou amargo para você ou você pode jogá-lo fora. Deixe as pessoas verem que isso é quem eu sou.

Pergunta: E quanto ao fato de que as pessoas querem ver você doce e você é amargo? Uma pessoa precisa seguir alguém. Elas estão procurando alguém para seguir.

Resposta: Bem, não é necessário me seguir. Em todo caso, eu sou assim, não vou mudar! Acredito que o que digo qualquer um pode entender.

Se ele concorda ou não é com ele, mas pelo menos ele vai entender. Eu falo a minha opinião, não altero a opinião dele para que ele me ouça ou me respeite e se certifique de que está certo. Eu não faço isso.

De KabTV, “Notícias com o Dr. Michael Laitman” 22/06/20

Amor Próprio

565.01Pergunta:  A citação atribuída a Buda, “Se você realmente se ama, nunca faria mal a ninguém”, parece ser uma sabedoria simples. O que você pode dizer sobre isso?

Resposta: Se você realmente ama a si mesmo e entende em que tipo de mundo vive, o mundo integral, o quanto tudo está interconectado, você não prejudicará os outros porque, dessa forma, indiretamente prejudicará a si mesmo.

Pergunta: Por que você acabou de conectar “amar a si mesmo” com “o mundo integral”? Afinal, amar a si mesmo é um desejo egoísta.

Resposta: Mas se o mundo é integral e você influencia o mundo negativamente, isso volta para você.

Pergunta: Ou seja, eu sinto que isso volta para mim? Então, se eu me amo, não vou fazer o mal a outra pessoa porque isso vai voltar para mim?

Resposta: sim. Se o mundo é integral, ferir a si mesmo ou aos outros é a mesma coisa.

Pergunta: E ao amar a mim mesmo, ainda faço mal a outra pessoa?

Resposta: Eu também me prejudico dessa forma.

Pergunta: Isso significa que tudo volta? O efeito bumerangue existe?

Resposta: Porque o mundo é fechado. É redondo.

Pergunta:   O que você tem a dizer sobre outra citação atribuída a Buda: “A felicidade nunca virá para aqueles que deixam de apreciar o que já têm”.

Resposta: Em princípio, isso também é verdade.

Pergunta: Portanto, devo ser grato, não importa o que eu tenha. Mesmo se eu estiver na pior condição, ainda devo subir ao nível de gratidão?

Resposta: A gratidão é um pré-requisito para receber o sentimento de felicidade, o sentimento da luz.

Pergunta: Como posso ser grato se me sinto tão mal? É simplesmente impossível!

Resposta: Depende da sua percepção de mundo. Por que ele é tão ruim? Tente se elevar de qualquer maneira.

Pergunta: Mesmo neste estado, sou obrigado a alcançar a gratidão?

Resposta: A gratidão deve estar presente em qualquer estado. Mesmo um segundo antes da morte.

Pergunta: Todas as orações começam com gratidão?

Resposta: Claro. E se não houver tal atitude, a quem você ora?

Pergunta: O estado é alto, é claro! Então, seja qual for a minha condição, eu primeiro agradeço?

Resposta: Sim. Mas isso ocorre porque você se divide em duas partes: escuridão e luz, sofrimento e ação de graças.

De KabTV, “Notícias com Dr. Michael Laitman”, 15/06/20

O Que Preencherá A Lacuna Entre As Gerações?

598Pergunta: O que pode fechar a lacuna entre as gerações?

Resposta: Eu espero que a geração passada seja mais sábia e gentil com a nova geração e que a nova geração perceba que enfrenta uma tarefa muito séria para decidir qual é o sentido da vida. Eles precisam decidir por si próprios, porque a geração passada não será capaz de lhes mostrar o caminho, mas irá apoiá-los.

Estamos em uma fase em que uma nova geração deve adquirir uma nova metodologia, uma nova ideologia, uma nova atitude em relação ao mundo e à vida. Eu desejo isso a eles.

De KabTV, “A Era Pós-Coronavírus”, 21/05/20