Textos na Categoria 'Ciência'

Como Os Cabalistas Definem O Amor?

237Pergunta: Os neurofisiologistas dizem que uma pessoa é apenas um animal confuso, e que sentir amor é resultado de um coquetel de feromônios, dopamina e oxitocina.

Os psicólogos não concordam com isso. Dizem que sentir amor é algo mais do que a soma de seus componentes: mental, social e assim por diante.

Os filósofos não discutem com ninguém. Dizem que o amor confunde uma pessoa e é a causa de toda a estupidez e de todas as descobertas que a humanidade fez.

Como os Cabalistas definem o amor?

Resposta: Os Cabalistas definem o amor como a conexão mais elevada de uma pessoa com tudo fora dela e a torna semelhante ao Criador.

O amor é um meio de se tornar como o Criador. O amor é algo que existe fora de nós. Não há amor em um indivíduo. Portanto, nenhum fisiologista e nenhum psicólogo podem saber nada sobre isso. Eles pensam em tudo apenas com base em feromônios e afins.

O amor é propriedade exclusiva do Criador que nos foi dada, e com sua ajuda podemos nos elevar do nível animado ao humano. O homem é Adão. “Adão” da palavra “Edomeh – semelhante ao Criador.

De KabTV,“Expresso de Cabalá”, 06/12/21

O Que Não Pode Ser Repetido No Mundo?

610.2Apenas a possibilidade de fazer uma cópia é o verdadeiro critério de originalidade. Só a verdade autêntica pode ser objeto de imitação ou paródia (atribuída a Jacques Derrida).

Pergunta: Existe alguma coisa no mundo que não possa ser repetida?

Resposta: A única coisa que não pode ser repetida no mundo é a criação de algo do nada. Essa é a prerrogativa do Criador. Todo o resto pode ser repetido porque você já estará fazendo a partir do que foi criado do nada.

Pergunta: Existe um ponto interno disso em uma pessoa?

Resposta: Cada pessoa tem seu próprio ponto que rompe com seu egoísmo e lhe dá a oportunidade de criar de si mesmo uma semelhança com o Criador. Na medida dessa semelhança, ela será chamada de homem – Adão. “Adão” – da palavra “Domeh” (semelhante).

De KabTV, “Expresso de Cabalá”, 06/12/21

A Luz Superior É O Remédio Para Todos

570Hoje estamos no último momento de nosso exílio do espiritual quando todo o mal que só pode existir na humanidade se manifesta. Como é dito nos Profetas, eventos terríveis ainda são possíveis. Vamos tentar que eles não aconteçam. Vamos começar a nos corrigir antes que eles nos obriguem a ir para a correção com grande sofrimento.

Ao mesmo tempo, não há necessidade de culpar ninguém. Só precisamos dizer às pessoas qual é a nossa missão e não fazer um cálculo especial de quem está aqui ou quem é o culpado. Estamos todos em um estado de isolamento do espiritual. Somos todos egoístas, todos não corrigidos, todos terrivelmente doentes de egoísmo. Somos um tumor canceroso porque estamos completamente desconectados uns dos outros.

Portanto, devemos chegar à conexão, ao amor mútuo no nível das almas, e invocar a luz superior para nos corrigir. Isso é chamado de Torá.

Dizem: “Eu criei a inclinação ao mal, criei a Torá como um tempero”. Você precisa ver que você é um egoísta. E a educação religiosa esconde isso de uma pessoa, encoraja-a a se considerar perfeita, justa. Somente revelando o egoísmo a pessoa entenderá que é obrigada a corrigi-lo e atrair a luz superior, porque a luz corrige. É quando ela sentirá a correção.

Eu espero que a Cabalá seja revelada a todo o povo de Israel e ao mundo inteiro. Nós nos ajudaremos mutuamente na correção geral e chegaremos a um estado perfeito. E não adianta começar a descobrir quem é melhor, quem é pior. Estamos todos doentes e precisamos do mesmo remédio: a luz superior.

De KabTV, “Close-Up. Voltando”, 22/03/10

“Redefinindo O Progresso” (Linkedin)

Meu novo artigo no Linkedin: “Redefinindo O Progresso

O espelho do telescópio espacial James Webb é visto durante uma revelação da mídia no Goddard Space Flight Center da NASA em Greenbelt, Maryland, 2 de novembro de 2016.REUTERS / Kevin Lamarque /

Neste sábado, a NASA está planejando lançar seu tão aguardado telescópio espacial de última geração, o James Webb Space Telescope. O telescópio, que está em construção há décadas, é o mais complexo observatório de ciências espaciais já construído. De acordo com a NASA, “Webb observará mais de 13,5 bilhões de anos atrás na história cósmica, até uma época em que os primeiros objetos luminosos estavam evoluindo. É o primeiro observatório capaz de explorar as galáxias mais antigas … Webb também estudará a atmosfera de planetas orbitando outras estrelas e observará luas, planetas, cometas e outros objetos em nosso próprio sistema solar”.

Tecnologia é uma coisa maravilhosa. Ela nos deu energia abundante e barata, aparelhos que tornam nossas vidas mais fáceis e viagens agradáveis ​​e seguras. A tecnologia nos deu medicina avançada, longevidade, conhecimento além de nossos sonhos e “olhos” que podem ver os limites do universo.

Sim, durante séculos, depositamos nossas esperanças na tecnologia para nos dar algo que ela não deveria nos dar: felicidade. Achávamos que tornar a vida mais fácil e longa nos deixaria mais felizes, mas estávamos errados. É por isso que desde os dias em que extraímos luz e calor de um fogo que acendíamos batendo pedras umas nas outras, até os dias em que ligamos um dispositivo elétrico energizado por painéis solares, não fomos capazes de satisfazer nossa necessidade mais básica: sentir-se feliz.

A felicidade não vem da tecnologia, mas do bom relacionamento com as pessoas ao nosso redor. Se continuarmos depositando nossas esperanças na tecnologia para nos fazer felizes, estaremos nos condenando a uma vida de miséria. No entanto, se nos concentrarmos em cultivar bons relacionamentos com as pessoas ao nosso redor, certamente seremos felizes.

Assim que tivermos uma base sólida de bons relacionamentos e nos sentirmos felizes e contentes, a tecnologia pode ser uma grande adição. Nesse caso, saberemos como usar a tecnologia para melhorar e fortalecer nossos relacionamentos, e não seremos induzidos a pensar que a própria tecnologia pode, ou deve, nos deixar felizes.

Atualmente, quando pensamos em progresso, pensamos em progresso tecnológico. Mas o verdadeiro progresso não está em mudar a energia do fogo para a energia solar, mas na construção de melhores conexões que gerem calor entre nós. Precisamos redefinir o “progresso” para refletir a melhoria em nossas relações, em vez de em nossa capacidade de gerar mais energia por meio da fissão nuclear ou da produção de combustível fóssil.

Quando nossos corações forem iluminados pelas pessoas ao nosso redor, saberemos que tipo de energia usar, quanto dela realmente precisamos e como usar a tecnologia da melhor forma para nosso bem e para o bem de todos os outros.

Natural E Sobrenatural

510.01Pergunta: Como os Cabalistas veem os fenômenos sobrenaturais na natureza?

Resposta: Não existem fenômenos sobrenaturais. O que significa “sobrenatural”? De qual ponto “natural” começa e de qual ponto “acima da natureza” começa? Tudo o que está dentro da estrutura de nossos fenômenos egoístas é chamado de natural porque estamos nesta natureza. E tudo o que é superior às nossas propriedades egoístas é chamado de sobrenatural.

Toda a natureza, seja ela qual for, que se reflete em nossas ideias, em nossas propriedades, forças, qualidades e sentimentos é dividida em natural, o que está em nós agora, e o sobrenatural, o que ainda não está em nós hoje, mas amanhã estará. Ou algumas pessoas já têm e para elas é natural, enquanto outras ainda não têm e para elas ainda é incomum. Tudo é determinado em relação a uma pessoa.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 30/11/21

A Maneira Como A Verdade É Revelada

283.02Pergunta: Por que a busca da verdade, mesmo que seja errada, é restringida pela censura? Basicamente, o mundo inteiro é censurado.

Resposta: O mundo inteiro é um campo totalmente egoísta apenas envolvido em plantar ervas daninhas no nível inanimado, vegetativo, animal e humano, tentando criar algo a partir deles para conquistar o mundo, vencer, derrotar e quebrá-lo. É natural. Todo o nosso mundo é construído em uma natureza completamente diferente.

Se alguma empresa criar um site onde as pessoas defendam uma direção ideologicamente correta para o desenvolvimento humano, então, é claro, elas terão que vir para a Cabalá.

Pergunta: Pode haver disputas e opiniões divergentes?

Resposta: Claro. Pode haver disputas para revelar a verdade. Mas essas disputas não são sobre quem está certo e quem está errado, mas sobre o que é a verdade. O principal é ter a ideologia correta. Não importa para mim quem está certo ou errado. Precisamos descobrir a lei da natureza que está fora de você e fora de mim. Nós a examinamos e nos esforçamos juntos por isso.

Pergunta: Nós sabemos que os Cabalistas do passado sempre tiveram opiniões diferentes. Essas disputas tinham como objetivo identificar um nível superior?

Resposta: Claro! Eles encorajavam muito a diferença e variedade de opiniões. É assim que a verdade é revelada. Como se diz: “A verdade nasce da disputa”. Mas não em disputas que ocorrem atualmente em parlamentos de diferentes países.

De KabTV, “Expresso de C abalá”, 06/12/21

“Robôs Vivos: Más Notícias Para A Humanidade” (Linkedin)

Meu novo artigo no Linkedin: Robôs Vivos: Más Notícias Para A Humanidade

Há alguns dias, o Instituto Wyss da Universidade de Harvard, em colaboração com cientistas da Universidade de Vermont e da Universidade Tufts, publicou um artigo mostrando que eles desenvolveram robôs biológicos que podem se mover por conta própria, “alimentar-se” e até mesmo se autorreplicar e reproduzir. Com este feito, esses robôs cumpriram os três requisitos básicos para a ciência defini-los como seres vivos. No entanto, são robôs vivos e não organismos que evoluíram naturalmente. Como robôs, eles fazem o que seu operador os instrui a fazer. Como organismos vivos, eles podem ser colocados em qualquer lugar e se reproduzir de forma independente e indefinida.

É uma má notícia para a humanidade. Não consigo imaginar nada de bom saindo disso. Esses nossos jogos, quando “brincamos” com novas invenções, nunca levam a nada de bom. Agora, além das armas nucleares e das inúmeras outras maldições que a ciência causou em nossas cabeças, teremos outra dor de cabeça.

Sabe-se desde os tempos bíblicos que: “A inclinação do coração do homem é má desde sua juventude” (Gen. 8:21). Infelizmente, saber o mal que somos nunca nos impediu de nos comportarmos de acordo com nossa natureza. Apesar dos horrores do século XX, com suas duas Guerras Mundiais, o Holocausto e vários genocídios em grande escala, a humanidade não parece ter melhorado nem um pouco, ou que até tenta melhorar.

O homem não deve receber mais do que uma pedra e uma vara. Na verdade, você pode confiar nele para usar indevidamente até mesmo estes, sem mencionar nada mais sofisticado e potencialmente prejudicial.

Mesmo nos tempos antigos, era claro que pessoas indignas não deveriam ter acesso ao conhecimento. Em seu livro Phaedrus, Platão escreveu: “Quando [discursos (ensinamentos)] já foram escritos, eles são derrubados em qualquer lugar entre aqueles que podem ou não entendê-los, e não sabem a quem devem responder, ou a quem não. E se eles são maltratados ou abusados, eles não têm pais para protegê-los, e não podem proteger ou defender-se”.

Mas quem ouve o sábio? Ninguém. Ouvimos apenas nossos próprios caprichos egoístas, e é por isso que nosso mundo está em um estado tão pobre.

Não estou sendo pessimista. Eu sei que no final seremos sábios e aprenderemos a usar o conhecimento para o bem comum. No final, perceberemos que estamos todos conectados e não podemos machucar os outros sem nos machucar. A única questão é quanta agonia teremos que suportar antes de aprendermos.

Pense na Alma

115Comentário: Uma pessoa procura sua individualidade e tenta expressá-la através de objetos deste mundo e do seu corpo. Por exemplo, muitas religiões são contra o transplante de órgãos. Dizem que se os órgãos de uma pessoa forem substituídos, ela perderá sua individualidade.

Minha Resposta: Isso, é claro, é um absurdo. Se acreditamos que a pessoa em nós é nosso corpo animal, então somos. Se, por exemplo, eu precisasse de uma parte de algum órgão e pudesse tirá-lo de um animal ou de algum outro objeto, e daí? Vou ter suas qualidades? Estas são as mesmas ideias bárbaras de “Você deve beber o sangue do inimigo e se tornará mais forte”.

Pergunta: Então os Cabalistas não veem nada fora do comum no transplante de órgãos?

Responder: Nosso corpo é um animal absoluto. Que diferença faz o que fazemos com ele: eles cortarão um metro dos meus intestinos se necessário ou costurarão a perna de alguém em mim? Se eu ando com ela normalmente, por que não?

Uma pessoa deve pensar na alma, e o corpo físico só precisa ser mantido, cuidado como um animal, de modo que lhe dê a oportunidade de se desenvolver no nível humano.

De KabTV, “Close-Up”

Desejo Mágico

226Comentário: Muitos filósofos e psicólogos escreveram que precisamos mudar a nós mesmos.

Minha Resposta: Mas eles escreveram do ponto de vista da moralidade. Isso não é a mesma coisa. A ciência Cabalística fala sobre mudar a natureza de uma pessoa, não apenas de uma boa atitude em relação a outras pessoas.

Nós mesmos não podemos mudar nossa natureza. E os filósofos tinham em mente algum tipo de correção das relações entre as pessoas: “Nós nos limitaremos lindamente, nos colocaremos em algum tipo de estrutura”. Isso é o chamado egoísmo educado.

E aqui a ideia é completamente diferente. Aqui precisamos de uma força especial que nos mudará. A força que criou o nosso egoísmo de uma forma tão rígida: para desfrutar, receber, governar, nos preencher e absorver, é essa força que deve nos tornar o inverso, simplesmente nos virar. Nada mais é necessário.

Pergunta: Por que a natureza não nos criou assim em primeiro lugar? Por que foi necessário nos inverter?

Resposta: Para que possamos nos convencer de que a base egoísta da vida é falha, prejudicial e má e queremos passar dela para sua marca, para a próxima forma reversa.

Isso é o que nosso desejo fará. Não temos a quem pedir, não há nada ao nosso redor. Só que na natureza existe esse gatilho, um interruptor, que fará esse trabalho em nós. Se realmente reconhecermos nosso mal e quisermos passar para o próximo nível de existência, isso acontecerá.

Esta lei existe na natureza. É sobre isso que a Cabalá e os Cabalistas falam. A Cabalá é a ciência que revelou essa lei. É a base de todo o seu método: como fazer a natureza nos transformar de pequenos seres egoístas em seres altruístas (apenas verdadeiramente altruístas, não pseudoaltruístas como em nosso mundo). Então, realmente começaremos a sentir uma natureza completamente diferente, um “nós” diferente e um mundo diferente.

De KabTV, “Close-up”

Atingir Sua Essência Interior

36Pergunta: A ciência moderna faz descobertas relacionadas a processos no cérebro humano. Como você explica, no contexto do egoísmo, que as conexões neurais formam os princípios comportamentais de uma pessoa?

Resposta: Mas essa é apenas uma manifestação externa do que vemos. O próprio egoísmo é uma propriedade espiritual de uma pessoa, forças internas em nós. Existem ainda mais forças internas por trás delas, que não podemos definir ou mesmo sentir de qualquer forma. Sentimo-nos apenas em alguma manifestação externa.

Eu sinto meu corpo, calor, movimento e assim por diante, e é assim que me percebo. No entanto, ainda não posso atingir minha essência interior. É assim que existimos. O egoísmo é nossa força mais interna.

A força superior, que é doação e amor absolutos, criou dentro de si a propriedade oposta a ela, o egoísmo. É por isso que existimos desta forma.

De KabTV, “Conversas”, 01/11/21