Textos com a Tag 'Amor'

Transitoriedade Do Amor Terreno

laitman_564Pergunta: O nosso amor terreno pode ser um obstáculo no caminho da revelação do Criador e da espiritualidade?

Resposta: Ele é realmente um obstáculo, mas o amor em nosso mundo não dura muito tempo. Qualquer tipo de amor, mesmo o mais apaixonado, desaparece em dois a três anos. No entanto, a pessoa pode sempre equilibrá-lo com o seu trabalho no grupo.

Da Lição da Cabalá em Russo 12/11/16

Dinheiro Ou Amor

laitman_565_01Pergunta: Será que um líder governará o mundo inteiro no futuro?

Resposta: Um líder lidera todo o mundo agora: dinheiro, ganância e poder. O amor gerencia o outro mundo. Nós temos que escolher quem vai nos guiar: o amor ou o dinheiro.

Da Lição de Cabalá em Russo 01/01/17

Amor: Uma União De Desejos

laitman_938_02Pergunta: Por que eu deveria amar? Quem devo amar? O que é o amor?

Resposta: O amor é a conexão do meu desejo com outros desejos. Visto que todos nós viemos de um único desejo chamado Adão, a descoberta do mundo superior é resumida pela combinação de desejos separados e isolados que se rejeitam. Assim, conforme a união desses desejos, nós começamos a perceber o mundo superior.

Comentário: Muitas vezes, é muito difícil para uma pessoa definir um sentimento de amor ou ódio. Enquanto ela não está no mundo superior e se encontra dentro da estrutura do nosso mundo, todos os estereótipos, rotinas e modelos deste mundo a influenciam.

Resposta: Portanto, uma pessoa não pode ir ao mundo superior até superar a sua rejeição de outras pessoas.

Da Lição de Cabalá em Russo 27/11/16

Amor, Ao Invés De Todos Os Problemas

laitman_624_05_0Pergunta: Existe alguma coisa útil nesse tesouro da sabedoria da Cabalá para jovens casais que, por causa do crescimento do ego, se deparam com problemas para manter a sua relação?

Resposta: Vamos adaptar a sabedoria da Cabalá para o nosso mundo e usá-la! Afinal, uma competição acontece no mundo desde a infância até a idade adulta. Pois toda a nossa vida é um inferno, uma luta contínua da qual não temos nenhum benefício, apenas o regozijo do nosso ego quando revelamos nossa superioridade sobre o outro.

Nós devemos usar a vida terrena que nos foi dada para tentar equilibrá-la, mudá-la. Nós geramos, criamos e educamos uma criança não para satisfazer o seu próprio ego, mas para transformar crianças em pessoas que possam aproveitar a vida em paz e não estar constantemente na defensiva.

A sabedoria da Cabalá explica como fazer isso.

Para fazer isso, devemos usar um sistema de conexões entre as pessoas, e acima de todas as nossas rejeições e contradições egoístas, podemos construir pontes de conexão mútua para o amor.

Nós podemos fazer isso enquanto somos egoístas como a natureza nos criou; acima dessa natureza, podemos construir conexões altruístas mútuas. Depende apenas da educação! Se educarmos uma geração como essa, ela será feliz e forte.

Parece-nos que o altruísmo poderia nos enfraquecer e que, em última instância, poderíamos ser devorados ou aniquilados, mas é exatamente o contrário. O amor é o sentimento mais poderoso do mundo, e proporciona às pessoas que o realizam uma imensa força interior.

Os Estados Unidos podem servir de exemplo de como o crescimento do ego e se contrapor aos outros enfraquece e leva à crise.

Se o nosso método de unificação estivesse na Europa, hoje ela seria mais forte e avançada do que todos os outros.

Uma aspiração à unidade, à atração mútua, reside na natureza e nós devemos aproveitar esse poder. Ele cria formas cada vez mais novas de matéria e de tudo o que existe, enquanto a separação só destrói e mata.

Portanto, a sabedoria da Cabalá é imperativa para nós.

Da Lição de Cabalá em Russo 02/10/16

Amor Materno

laitman_566_02Pergunta: No primeiro ano de desenvolvimento de uma criança, a mãe deve prestar atenção a algo mais do que amor e preocupação?

Resposta: A mãe deve prestar atenção a todos os estados que recebe do Criador, principalmente por meio de seu amor por seu filho, e por meio de seu filho também.

Eu Desejo Amor A Todos!

Laitman_632_1Pergunta: Não está claro o que é amor para com os amigos e o amor para com o Criador. O que é o amor?

Resposta: O amor é o desejo de preencher outra pessoa com algo que é bom para ela.

Tudo o mais é o puro uso egoísta dos outros. Tudo o que vemos à nossa volta é o uso de uma pessoa por outra. Nós o chamamos de amor.

Na verdade, o amor é um estado quando você toma os desejos de outra pessoa acima dos seus próprios e começa a satisfazê-los sem parar, sem dar a si mesmo. Isso faz você feliz porque você a satisfez.

Tente e veja que vale a pena fazer isso! O prazer que vamos receber quando fizermos isso será perfeito porque não estará conectado ao egoísmo. Eu desejo isso a todos.

Da Convenção Em Praga, Dia Um 10/09/16, Lição 2

Amor E Poligamia

laitman_570Pergunta: Como é possível que uma mulher que ama um homem não queira ser dependente dele, viver com ele, ou estabelecer uma família com ele?

Resposta: Se assim for, o que é o amor? A mulher, que ama um homem, quer estar com ele o tempo todo, constantemente; essa é uma emoção natural.

Com um homem é simplesmente o mesmo, mas não a tal ponto, porque ele tem uma conexão com o Criador, e deve ser conduzido por essa conexão. Somente quando existe a conexão correta entre ele e o Criador, e com uma mulher que está pronta para estar em conexão com ele, ele pode dedicar tempo a ela.

Existem várias situações adicionais que podem ser mencionadas, como o harém de reis, amantes, poligamia, etc. Este é um sistema de conexão mútua, que não é muito simples, porque não se trata de um homem e uma mulher em nosso mundo, mas da conexão entre o desejo de receber, que é a inclinação feminina, e a intenção de doar, que é a inclinação masculina.

Pergunta: Qual é a explicação espiritual das mil esposas do Rei Salomão?

Resposta: A intenção é que o Rei Salomão fosse capaz de corrigir desejos com uma intenção a fim de receber em desejos com a intenção a fim de doar no nível milésimo, o que quer dizer que isso era uma arte e habilidade muito elevada no nível de Arich Anpin.

Pergunta: Então, ele realmente não teve mil esposas?

Resposta: Não, embora houvesse a poligamia. Naqueles tempos a poligamia era considerada um fenômeno normal e as mulheres se relacionavam a ela com calma porque, por um lado, era a natureza humana e, por outro lado, era um costume, a base da sociedade.

Além disso, nós devemos compreender que as pessoas não estavam envolvidas com relações físicas, sexuais, porque estavam em um nível de desenvolvimento espiritual. Portanto, não atribuíam grande importância às relações físicas, como se pudessem resumir tudo. Especialmente em relação a tudo quanto dissesse respeito à continuação da geração e construção de uma família, a atitude era como uma obrigação às raízes superiores, que devemos nos comportar em nosso mundo de acordo com o nível das raízes superiores, e nada mais do que isso.

Da Lição de Cabalá em Russo 24/04/16

Nova Vida # 757 – Terminologia do Amor

Nova Vida # 757 – Terminologia Do Amor
Dr. Michael Laitman em conversa com Oren Levi e Yael Leshed-Harel

Resumo

A Torá nos diz sobre as forças internas que são reveladas em uma pessoa que se corrige. Os homens representam a capacidade de atrair essa Luz que Reforma, a força que corrige o ego no atributo de amor e doação. A conexão entre um homem e uma mulher representa um sistema corrigido, ou seja, o desejo de receber sobre o qual foi aplicada uma intenção de doar. A parceria espiritual é um sistema em que as duas forças da natureza estão conectadas, a força que recebe e a força que dá.

O heroísmo é a capacidade de superar a si mesmo, o ego, e em vez de atrair para si mesmo mover-se para amar a todos. O amor é o desejo egoísta mais forte imprimido em nós resultante da raiz espiritual superior. O amor em nosso mundo é o amor-próprio, enquanto no mundo espiritual, é exatamente o oposto, o amor ao próximo, ama teu amigo como a ti mesmo.

O termo, “Eu estou doente de amor”, refere-se ao grande desejo de preencher os outros que ainda é impossível de implementar. A sabedoria da Cabalá nos permite atrair a Luz que Reforma que desenvolve o desejo de amar e a capacidade de alcançar o amor incondicional.

Quando uma pessoa que ama os outros não precisa receber nada em troca da pessoa amada, já que o amor é pleno nas duas inclinações – o bem e o mal -, todo o nosso ego trabalha para o benefício dos outros. Tudo isso acontece em um grupo de Cabalistas que estabelece uma conexão que atrai a Luz que Reforma e constrói o atributo de amor e doação.

A fórmula para isso é “o amor cobre todas as nossas transgressões”; o ego e o ódio crescem, e acima deles nós construímos o amor entre nós. A alma de uma pessoa é construída de duas camadas, o ódio infinito e acima dele o amor infinito; nosso processo evolutivo, na verdade, nos leva ao ódio, a fim de nos forçar a aprender a amar.

De KabTV “Nova Vida # 757 – Terminologia Do Amor”, 09/08/16

Amor À Primeira Vista

Laitman_089Comentário: De acordo com psicólogos americanos, não existe tal coisa como amor à primeira vista. Eles afirmam que o amor surge à quarta vista. Eles também dizem que, a fim de formar uma memória emocional, deve haver pelo menos três encontros que levam ao surgimento do amor no quarto encontro (Deacon Chronicle).

Resposta: Eu não sei o que os psicólogos querem dizer exatamente quando se referem ao amor e se é uma atração emocional, hormonal, intelectual ou a união de dois corações.

Comentário: Eles também afirmam que o verdadeiro amor fica mais forte e é sustentado apenas por pensamentos agradáveis e positivos sobre o parceiro. Isso significa que aimpressão desejada de uma determinada pessoa deve ser criada. Portanto, eles acreditam que isso é criado no quarto encontro.

Resposta: Isso é o que eles dizem hoje; amanhã eles vão dizer de forma diferente. No que se refere aos sentimentos humanos, é apenas uma reação química que ocorre em níveis mais profundos do nosso inconsciente.

É um jogo de hormônios, que chamamos de amor. Há muitas razões e condições diferentes que fazem certa pessoa de repente ser atraída por outra, enquanto a própria pessoa não pode explicar isso porque não entende como e o que está acontecendo com ela.

Portanto, é impossível chegar a quaisquer conclusões científicas sérias sobre essa questão. Há apenas uma coisa que posso dizer: O amor é um compromisso, uma dependência, um sentimento de gratidão. É uma condição comum entre as pessoas que entendem o grau em que estão ligadas, o que têm feito uma para a outra, e quanto mais podem fazer.

Essa dependência e apoio mútuo, uma proximidade tão grande, como se ambas aparentemente continuassem uma a outra, chama-se amor.

Não tem nada a ver com sexo, paixão ou qualquer tipo de atração mútua. Isto é exatamente o que a sabedoria da Cabalá nos diz, e nós, os Cabalistas, temos educado a humanidade em conformidade durante anos.

O amor é um estado em que a pessoa aceita os desejos da pessoa amada, em vez de seus próprios desejos, e os satisfaz de acordo com os desejos da pessoa amada. No amor absoluto, a pessoa inclusive aceita e satisfaz os desejos da pessoa amada mesmo que eles possam ser o oposto de seus próprios desejos. Essa é uma relação em um nível totalmente diferente.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 24/08/16

Nova Vida # 761 – O Amor Me Completa

Nova Vida # 761 – O Amor Me Completa
Dr.
Michael Laitman em conversa com Oren Levi e Yael Leshed-Harel

Resumo

Naturalmente nós só queremos receber e damos apenas quando dar nos traz prazer. Se eu amasse as pessoas como amo meus filhos, eu poderia dar a elas e também desfrutar a minha doação. Quando eu não posso dar à pessoa que amo o que ela precisa, tal amor é doloroso.

Portanto, nós tememos perder o amor, pois ele é a fonte de prazer para nós, e sem sentir-se amado a pessoa sente que não existe.

A imagem humana em nós é construída a partir da soma das impressões que temos de outras pessoas, incluindo nossos cônjuges. Nós somos como uma unidade absorvendo impressões de outras pessoas.

As pessoas geralmente não podem se sentir plenas si só, ou seja, sem um parceiro na vida. É assim que a natureza nos fez. O nosso parceiro deve nos complementar na imagem de um ser humano pleno, embora hoje tudo esteja quebrado.

Em uma conexão perfeita, um casal sente que, embora o mundo à sua volta esteja em crise, eles são como um homem em um só coração. No auge da nossa evolução como seres humanos vamos sentir amor entre todos nós, uma conexão perfeita, e depois vamos sentir o mundo superior.

De KabTV “Nova Vida # 761 – O Amor Me Completa”, 16/08/16