Textos na Categoria 'Torá'

A Principal Coisa Que Uma Pessoa Deve Fazer

507.05A história da saída do Egito inclui toda a história da humanidade, que ainda está inacabada e, até hoje, praticamente ainda não começou.

Na Torá, esta é apenas uma história curta. No entanto, a própria Torá é uma instrução. É preciso entender como está escrita. Ou seja, sair da escravidão de suas sensações egocêntricas é a coisa mais fundamental de toda a Torá que uma pessoa deve fazer.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 19/04/22

A Torá: Todos Os Estados

209Pergunta: Por que o Faraó ordena que todos os meninos primogênitos sejam mortos jogando-os no Nilo e deixando as meninas vivas?

Resposta: Porque os meninos representam a intenção e as meninas representam o desejo. Um desejo sem intenção pode ser desviado para todas as direções; o principal é matar a intenção.

Pergunta: Por que tudo é codificado assim? Por que não poderia ser dito claramente “intenção” sem “meninas” e “meninos”?

Resposta: O fato é que a Torá foi escrita para todos os tempos para todas as pessoas sem exceção e não apenas para os Cabalistas. Deve ser mais ou menos compreensível sempre e para todos, para cada um no seu nível.

Uma criança pequena, começando a ler, estuda o que está escrito na Torá. A Torá é lida por homens e mulheres, velhos e jovens, que compreendem nosso mundo pelo menos de alguma forma e revelam o mundo espiritual em seu estado mais elevado. Para tudo isso há apenas um texto. Ela descreve em detalhes, de forma clara e resumida, todos esses estados pelos quais toda a humanidade deve passar nos próximos 5.000 anos.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 14/04/22

O Propósito Da Torá

209A verdadeira natureza do ser humano nos encerra em nosso mundo, e não vemos nada além do que sentimos com nossos cinco sentidos corpóreos. Ao passo que a saída disso para sentimentos mais amplos, mais elevados e expandidos exige que expandamos as sensações e a consciência.

Para isso, recebemos o manual chamado “Torá” (da palavra “Ohr – luz”), que explica como acionar a força superior sobre nós mesmos, a força da luz, que nos elevaria ao próximo nível de sentir o universo.

A Torá está escrita em detalhes e inclui todos os aspectos de nossa existência, de nossa vida. No entanto, este manual não é simples e, portanto, não é fácil de perceber e implementar.

Mas este manual existe. Temos lutado por séculos por ele para sair da sensação de nosso mundo, expandir as fronteiras da realização e vir a existir em um universo global que não é limitado pela percepção de nosso egoísmo.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 14/04/22

“Porque O Rosto Triste Melhora o Coração”

543.01Um bom nome é melhor do que um unguento precioso, e o dia da morte é melhor do que o dia do nascimento.

É melhor ir a uma casa onde há luto do que a uma casa em festa, pois a morte é o destino de todos; os vivos devem levar isso a sério!

A tristeza é melhor do que o riso, porque o rosto triste melhora o coração.
(Eclesiastes 7:1-3).

Em geral, a Cabalá ensina que uma pessoa deve pensar sobre o que significa sua vida. O rei Salomão chegou à resposta. Ele estava em um nível Cabalístico muito alto.

Eclesiastes (Kohelet) é um grande livro escrito por ele a partir do que é chamado de lado esquerdo da criação (kav pequeno, linha esquerda). O Rei Salomão revela as perguntas que devemos fazer a nós mesmos e a necessária busca de respostas, caso contrário a vida não teria sentido.

Quando o rei Salomão diz: Um bom nome é melhor do que um unguento precioso, e o dia da morte é melhor do que o dia do nascimento, significa o dia da morte do ego em uma pessoa e sua ascensão ao próximo grau. O rei Salomão conseguiu isso, portanto, ele é considerado o mais sábio de todos. Ou seja, ele absorveu toda a luz da sabedoria justamente porque se preparou para a ascensão espiritual.

O Livro do Zohar tem um capítulo inteiro dedicado ao Eclesiastes. Revela o que está escrito à luz da Cabalá, a luz de toda a estrutura do universo, e explica como uma pessoa deve entrar em Eclesiastes para ver este mundo, esta ascensão e esta perspectiva através dos olhos do Rei Salomão.

Perspectivas verdadeiras estão sendo reveladas diante de nós. Acontece que Salomão estava certo ao dizer que a tristeza é melhor do que o riso, porque nisso a pessoa abandona sua antiga superficialidade, orgulho e realização vazia para chegar à devastação total. Antes disso, ela nunca questionou o verdadeiro sentido da vida. Ela simplesmente existia como um pequeno animal. Mas uma vez que chega a essa pergunta, ela deve encontrar uma resposta para ela.

De KabTV, “Close-Up. Resumindo”, 07/04/10

Torne-se Um Escravo Da Casa De Israel

186Pergunta: O que significa se tornar um escravo da casa de Israel?

Resposta: Significa sujeitar-se à qualidade de doação e amor. A casa é um vaso (Kli), e Israel (“Yashar Kel“) significa “direto ao Criador”.

Pergunta: O que significa que uma pessoa instrui o Criador a fazer algo?

Resposta: Às vezes, isso pode acontecer porque o Criador quer. Como se diz: “Meus filhos Me derrotaram”. Se a própria pessoa, por meio de seus próprios esforços, se esforça pela correção, pelo propósito da criação, e acrescenta tudo de si mesma que é possível, é assim que parece.

De KabTV, “Segredos do Livro Eterno“, 27/09/21

Pela Lei Das Raízes E Ramos

627.2Pergunta: Como você se sente a respeito dos milagres bíblicos: a divisão do mar, dez pragas, maná do céu e assim por diante? Nas fontes primárias, está escrito que se trata de milagres.

Há pessoas que acreditam e há outras que tentam provar que esses eventos realmente aconteceram. Qual é a sua atitude em relação a eles?

Resposta: Eu trato isso da mesma forma que os Cabalistas: não existem milagres no mundo. Tudo o que nos parece milagres são fenômenos naturais que podem ocorrer em circunstâncias especiais, mesmo dentro da estrutura do nosso mundo; a Bíblia (Torá) não fala do mundo material, mas das propriedades do mundo superior.

Toda a Torá fala apenas do que acontece às pessoas quando elas alcançam essas propriedades.

Pergunta: De acordo com a lei da raiz e do ramo, esses eventos podem ocorrer?

Resposta: Sim. A raiz superior deve se manifestar pelo menos uma vez em seu ramo inferior terreno.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 30/11/21

Nascimento Paralelo

562.02Pergunta: O que significa quando não nascem filhos, mas filhas?

Resposta: Na Torá, como regra, há um nascimento paralelo de filhos e filhas. Não pode haver um sem o outro, pois a intenção sempre vem acima do desejo. A filha simboliza o desejo e o filho simboliza a intenção.

Mas nos Profetas, é dito alegoricamente que uma das tribos não tinha filhos. As filhas foram a Josué e receberam dele um lote de terra. Isso significa que não há fundamento para as ações justas. Há um desejo de receber, mas não há uma intenção correta.

Pergunta: Por que a distribuição é dada apenas aos homens?

Resposta: O homem simboliza a qualidade de doação. Ele recebe uma cota porque é capaz de usá-la corretamente. A mulher nem sabe usá-la. Ela personifica o desejo de receber sem qualquer intenção de dar.

Tudo isso acontece em uma pessoa. O desejo de receber é a mulher em nós e a intenção de doar é o homem.

De KabTV, “Segredos do Livro Eterno“, 27/09/21

Por Que Não Há Descanso Para Israel?

507.03Pergunta: O que significa endurecer o coração dos inimigos para a guerra com Israel?

Resposta: Isso acontece quando o Criador aumenta as qualidades egoístas em uma pessoa e, assim, dá a oportunidade e a necessidade de lutar contra o egoísmo. Caso contrário, a pessoa adormece. O Criador enfatiza deliberadamente as qualidades egoístas em nós, tanto que começamos a odiá-las.

Exatamente como se diz: “Vou endurecê-los, vá e lute com eles”. Pela qualidade do amor, pelo desejo de empurrar Israel para frente, o Criador faz isso com seus inimigos: Ele endurece, fortalece e não deixa Israel ter descanso.

Pergunta: Os inimigos odeiam Israel por causa do Criador?

Resposta: Claro. Podemos ver o que está acontecendo no mundo. Tudo isso é para forçar Israel a melhorar e se elevar acima de sua natureza egoísta.

De KabTV, “Segredos do Livro Eterno“, 27/09/21

Milagres Bíblicos: Mito Ou Realidade?

514.02Comentário: Parece que os milagres descritos na Torá são contra as leis da natureza. Essas são coisas sobrenaturais. O mar pode se separar? Claro que pode haver marés, mas não tanto.

Minha Resposta: No entanto, às vezes algo acontece em algum lugar. Não há necessidade de buscar todo tipo de explicação, como se isso fosse uma condição ou incidente natural. Claro, não foi natural uma vez, mas aconteceu. Poderia ter acontecido.

No entanto, não estou interessado no mar em si ou em como um grupo de judeus caminhou ao longo do mar Vermelho. Estou interessado no significado interno do que está acontecendo. Eles passaram a fronteira exatamente entre a terra do mal e a terra do bem, entre o Egito e a terra prometida.

Portanto, a travessia do Mar Vermelho, as dez pragas egípcias e todo o resto não são fenômenos sobrenaturais. Eles simplesmente aconteceram dentro da estrutura de nosso mundo em um determinado momento.

Mas, em princípio, toda a Torá fala sobre algo completamente diferente – como tudo isso acontece dentro de uma pessoa. A Torá geralmente fala apenas sobre o mundo interior de uma pessoa. Egito, Faraó, Moisés, o deserto e o Monte Sinai, tudo isso está dentro de uma pessoa, em suas experiências, realizações, descidas e subidas espirituais.

Portanto, não tento puxar toda a história bíblica pelas orelhas e tentar, como um diretor de teatro, incorporá-la no palco.

Comentário: Mas se essas ações aconteceram, tudo o mais que está escrito lá também é verdade. Afinal, a pessoa quer saber se isso é verdade ou não.

Minha Resposta: Não estou tentando provar isso baixando a Torá de seu nível espiritual para um nível material.

Pergunta: Então qual é a verdade para você do que está escrito aí?

Resposta: O fato é que eu mesmo posso elevar-me a este grau e alcançá-lo, realizar essa ação de uma forma espiritual, em minha visão interior, e não para que seja incorporada novamente na travessia do Mar Vermelho quando suas águas se separaram.

Pergunta: Então, para você, um milagre é a saída do Egito (egoísmo), quando uma pessoa vai além de seus pensamentos e desejos egocêntricos?

Resposta: Exatamente este é o milagre.

Pergunta: Não é que alguns eventos aconteceram lá ou poderiam ter acontecido?

Resposta: Não importa se eles poderiam ter acontecido ou não. Para mim, toda a história da Torá é a história de uma ascensão espiritual interior de uma pessoa do grau de egoísmo ao grau de doação e amor ao próximo.

De KabTV, “Estados Espirituais” 30/11/21

O Que É Circuncisão Em Um Sentido Espiritual

747.01Pergunta: O que é circuncisão em um sentido espiritual?

Resposta: Circuncisão significa que os desejos de uma pessoa devem ser estritamente diferenciados e aqueles desejos que não podem ser corrigidos para doar são removidos de qualquer uso.

Dizem: “Corte a borda do seu coração”. O coração representa o desejo.

Pergunta: Por que as pessoas nascidas no deserto não foram circuncidadas?

Resposta: Porque todos os desejos com os quais elas trabalhavam eram naturais. Ou seja, todos os quatro estágios de luz influenciaram o ponto inicial do desejo, que surgiu em nós do nada, e o desenvolveu ao longo de todos os quatro estágios da gravidade (peso) do desejo.

Pergunta: Então, não havia desejos que, como você diz, precisassem ser eliminados?

Resposta: Havia. Mas eles tiveram que ser isolados sob a influência da luz superior, separados e retirados do uso.

Pergunta: Enquanto vagavam pelo deserto, esses desejos estavam apenas emergindo e ainda não haviam sido corrigidos?

Resposta: Em geral, a circuncisão existe desde a época de Abraão. Portanto, é impossível dizer algo sobre o que aconteceu ao povo durante os tempos da escravidão egípcia e a saída do Egito.

Mas, à medida que se aproximavam da terra de Israel, eles ficaram cada vez mais preocupados em usar apenas desejos corrigidos. Sem isso, você não pode começar a fazer nada.

Você deve contar sete dias a partir do nascimento e ser circuncidado no oitavo. Isso significa que quando começa o recebimento em nossos desejos egoístas (a partir do oitavo estágio), devemos claramente usá-los apenas para doação.

Pergunta: Acontece que a jornada no deserto não é um processo de correção, certo?

Resposta: O deserto é uma manifestação de desejos e um apelo gradual ao Criador, uma abordagem gradual à propriedade chamada terra de Israel.

De KabTV, “Segredos do Livro Eterno“, 27/09/21