Tomar A Correção Com Nossas Próprias Mãos

laitman_962.3Assim, se Israel for recompensado e adotar a lei do desenvolvimento pela qual seus maus atributos devem passar, a fim de invertê-los em bons, eles a colocarão sob seu próprio governo. Em outras palavras, eles definirão suas mentes e corações para corrigir todos os maus atributos neles e transformá-los em bons por si mesmos. Então, “eu apressarei”, ou seja, que eles serão completamente libertos das correntes do tempo. E a partir de agora, esse fim depende de sua própria vontade, ou seja, apenas da grandeza do ato e da atenção. Assim, eles apressam o fim. (Baal HaSulam, “Paz no Mundo”)

Nosso avanço depende apenas da conexão entre nós, de quão próximos nos aproximamos. Quanto mais avançamos para o propósito da criação, mais precisamos nos aproximar. No ponto final do nosso caminho, todos nós, sem exceção, nos fundiremos em um único todo, em um único Kli (vaso). Isso significa que toda vez devemos acelerar nossa aproximação, tentando nos elevar acima de discordâncias cada vez maiores, e assim, gradualmente, chegaremos ao estado de equivalência entre nós e o Criador.

Mas se eles não são recompensados ​​com o desenvolvimento de seus maus atributos sob sua própria autoridade, mas a deixam sob a Autoridade do Céu, eles também certamente alcançarão o fim de sua redenção e o fim de sua correção. Isso ocorre porque existe total certeza no Governo do Céu, que opera pela lei do desenvolvimento gradual, grau a grau, até que torne qualquer mal e prejudicial em bem e benéfico como o fruto de uma árvore. (Baal HaSulam, “Paz no Mundo”)

Mesmo que deixemos este trabalho e não estudemos mais Cabalá, deixemos que tudo siga seu próprio curso, sigamos o fluxo, vivamos o quanto vivermos e morramos se for a hora de morrer, de forma alguma isso ajudará a encurtar ou prolongar o período do nosso desenvolvimento.

Visto que, se avançarmos pelo caminho da luz, aceleraremos nosso desenvolvimento e, ao mesmo tempo, o tornaremos bom e gentil. No entanto, isso só é possível se estabelecermos constantemente relacionamentos no grupo acima do nosso egoísmo.

Sem isso, avançamos no caminho do sofrimento, onde receberemos todos os tipos de bofetadas, chutes e doenças em cada centímetro, sem mencionar as catástrofes maciças que se aproximam.

Da Lição de Cabalá em Russo 14/07/19

Comente