Quem É O Rabash?

rabash-2_100_wpHoje, no dia em que se comemora o aniversário da morte de nosso professor, o Cabalista Rav Baruch Shalom Ashlag, o Rabash, não nos aprofundamos nas memórias. Não colocamos ênfase especial nas datas do aniversário da morte, pois é habitual entre aqueles que estão longe da verdade. Simplesmente nos relacionamos com esses dias como sinais para se conectar e aderir mais, ou pelo menos, nos aproximar de nossa raiz.

Por quê? Porque quem realmente é Rabash? Rabash é uma certa extensão da revelação do Criador em relação a nós.

Gostaríamos de expressar nossa gratidão ao Criador pelo Rabash. Ele nos enviou um mensageiro através do qual nos foi dada a oportunidade de nos aproximarmos do Criador: corrigir e adaptar-nos em equivalência de forma à força superior.

É assim que nos conectamos ao Rabash e ao Criador.

Rabash é um grau entre nós e o Criador. Nós recebemos tudo através do Rabash, toda a sua ascensão espiritual. Cada pessoa é criada e existe através de seus amigos e professores, mas o Rabash realmente surge como um sistema. Ele nos revela uma forma de conexão com o Criador, através da qual realmente nos realizamos e nos aproximamos da verdade.

Antes de mais nada, precisamos retratar essa imagem para nós mesmos, de que não estamos lidando com externalidades, ou seja, com os hábitos e comportamentos de uma pessoa. Primeiro precisamos ver essa revelação específica do Criador em relação a nós, que o Criador se revelou dessa maneira distinta.

Portanto, quanto mais apreciamos o Rabash, mais chegamos ao Criador.

Agradecemos o grau de revelação que Ele fez para nós através dessa força superior chamada “Rabash”. Isso se tornou importante para nós. Ele se conectou e nos aproximou do Criador.

Neste dia, leremos trechos discutindo esse tópico. Além disso, tentaremos nos calibrar com precisão a essa forma, que foi revelada em sua exterioridade até um certo ponto, e depois ficou oculta, ou seja, partiu.

Além disso, apesar de sua partida, sua purificação, precisamos nos elevar – para sermos purificados por nós mesmos, chegando a uma conexão com essa raiz espiritual única e vendo nosso grau mais elevado nela. Ao estabelecer tal conexão com nosso grau superior, podemos avançar ainda mais para o Criador.

Baseado na Lição sobre o tema “Dia em Memória do Rav Baruch Shalom Halevi Ashlag (Rabash)” – 3 de outubro de 2019

Comente