Textos com a Tag 'Progresso espiritual'

Mais Alto E Mais Alto

1.02O Criador teve uma difícil tarefa diante Dele de criar um homem que fosse semelhante a Ele, mas que ainda permanecesse uma pessoa, isto é, um ser independente do Criador. Ele não estaria dentro do Criador, como um feto no ventre da mãe, que não é considerado existindo por conta própria, pois toda a sua vida é por meio de sua mãe.

Uma vez eu escrevi Juntos Para Sempre: A História Do Mágico Que Não Queria Ficar Sozinho, que fala exatamente disso. O mágico estava sozinho e decidiu fazer um amigo. Ele tentou fazer um amigo de pedra, de uma flor, um cachorro, de algo que está em um nível inanimado, vegetal ou animal, mas percebeu que era impossível. Afinal, não há ser independente que se opusesse ao Criador.

Então Ele decidiu criar um homem com um grande desejo de desfrutar, que será oposto ao Criador, discordará Dele, resistirá e até ficará com raiva e O odiará.

Todo esse egoísmo deve existir em nossa base para que possamos sentir, compreender e nos conectar com o Criador por meio dele. Uma pessoa deve necessariamente combinar dois opostos: escuridão e luz, bem e mal.

Mas o mal deve aparecer antes que o homem queira se separar dele, para se elevar acima de sua natureza. É por isso que a preparação para a criação de um ser humano é um processo tão complexo e demorado. Era necessário criar algo oposto ao Criador, o desejo de desfrutar que se desenvolve gradualmente com a ajuda da luz, conectando-se e separando-se dela, ou seja, funciona com dois desejos: recepção e doação.

É assim que o Criador prepara a criação: construindo e quebrando-a, construindo e quebrando novamente. E como Ele construiu e quebrou todos os degraus, todos os mundos até o mundo do infinito, Ele preparou todos os estados um oposto ao outro para que o homem pudesse viver entre eles e se elevar acima do bem e do mal, como está dito: “ E vocês serão como anjos, conhecendo o bem e o mal”. Este é o ponto a partir do qual a criação começa, a qualidade comumente compartilhada de amor e unidade.

Podemos dizer que a longa preparação para a criação começar a se corrigir e revelar seu verdadeiro estado terminou em nossos dias, durante nossas vidas. Somos o primeiro grupo a tentar permanecer no caminho certo para a meta. Todos os preparativos necessários já foram feitos para iniciar a ascensão ao nível espiritual chamado fé acima da razão.

Queremos subir de nosso próprio entendimento ao entendimento do Criador, que é chamado de fé. Nossa própria opinião é chamada de conhecimento, razão. Cada passo começa com escuridão, com o que minha natureza exige, mas eu me esforço para compreender o Criador e, portanto, devo me elevar todas as vezes. Eu não ajo ou penso da maneira que quero pensar ou me comportar, mas faço o que o Criador quer que eu faça.

O Criador é a propriedade de amor e doação, e se eu preencher Seu desejo, eu construo uma estrutura espiritual, um Partzuf, um sistema de conexão entre eu e o Criador através do grupo, da dezena, e toda a humanidade.

Eu não penso nem peço para mim, apenas para os outros, para que não se esqueçam da meta, não se desviem dela. Eu invisto neles com toda a minha mente e coração para trazê-los para mais perto do Criador e, ao fazer isso, me torno Seu parceiro. Sinto cuidado e preocupação por toda a humanidade, trazendo-a para mais perto do Criador.

Gradualmente, cada pessoa no mundo descobrirá que deve trabalhar dessa maneira. Afinal, se todos cuidarem dos outros em vez de si mesmos, vamos passar do caminho do sofrimento para o caminho da Torá, o caminho da luz, e nos livraremos do coronavírus e de todos os outros problemas. Se começarmos a pensar em unificação, o mundo ficará melhor por si mesmo. Precisamos apenas corrigir nossos pensamentos, e “tudo se resolverá no pensamento”.

Isso colocará em equilíbrio todas as forças da natureza que agora estão deliberadamente confundindo nossas vidas, como se estivessem embaralhando cartas. Tudo depende do nosso desejo no nível humano, o nível mais alto deste mundo.

Sentiremos nossos verdadeiros poderes humanos, bem como tudo o que ainda está oculto de nós no universo: buracos negros, matéria escura e todas as forças que estavam ativas antes da criação do mundo e o trouxeram à existência. Ou seja, começaremos a entrar na criação e sentir onde estamos. Esta não é uma fantasia, mas a ciência real, a ciência da Cabalá.

E tudo começa com o fato de que todos pensam não em si mesmos, mas em seus amigos, em todos, e assim avançam ao mais alto grau. Sair de si mesmo já é entrar no Criador porque Ele está além de nossos pensamentos e desejos egoístas. A fé acima da razão é o caminho para alcançar o próximo nível espiritual, avançando cada vez mais alto.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 03/11/20, “Trabalho com Fé Acima da Razão”

Tudo Começa Com Uma Gota De Sêmen

232.07O corpo humano começa com uma gota de sêmen: uma única célula que se multiplica e forma novas células. Mas todos eles implementam o mesmo programa que foi estabelecido na primeira célula que deu início a tudo.

A gota de sêmen já contém todas as informações. Um dia os cientistas aprenderão a decodificar essa informação para que uma célula mostrará toda a pessoa que se desenvolverá dela, todo o seu destino e habilidades, seja ela um grande cientista ou um músico.

Está tudo aí, em uma gota de sêmen, mas apenas em potencial. Se essas forças potenciais conseguirem o material para trabalhar, elas começarão a construir o corpo humano de acordo com o programa colocado na primeira célula, onde cada órgão e cada célula de um grande organismo saudável são descritos. Precisamos apenas fornecer alimentos, o material para sua construção.

É o mesmo com nosso desejo. Em cada um de nós existe um ponto, a primeira gota obtida como resultado da quebra. Nosso corpo comum foi quebrado em muitas partes e, se nos juntarmos na dezena, restauraremos a gota de sêmen, o desejo. Além disso, vamos atrair a luz que reforma.

Precisamos de duas coisas: desejo e luz. Por um lado, existem nossas dez forças potenciais e, por outro, vem a luz que reforma, que irá conectá-las de volta em uma gota de sêmen. Nenhum de nós pode se tornar uma gota de sêmen, cada um de nós é apenas um décimo da semente da qual a alma se desenvolverá.

Nós atraímos a luz superior, que nos conecta e começa a formar uma estrutura espiritual cada vez maior, chamada de alma ou Partzuf.

Portanto, devemos tentar nos unir e a partir dessa unidade nos voltarmos ao Criador para que Ele nos envie a luz que reforma que nos desenvolverá. Essas são as duas áreas de nosso trabalho.

Parece-me que o Criador me dá pensamentos estranhos que me expulsam. Mas isso revela novas forças de desejos egoístas dentro da dezena, que devem ser adicionadas como combustível. Graças a isso, a dezena vai se fortalecer, engordar e se construir.

No entanto, quando recebemos esse combustível adicional, ele ainda não foi processado corretamente e, portanto, parece forças estranhas de separação. Se, apesar disso, nos unimos, então engolimos essa força dentro de nós e nos expandimos e crescemos às custas dela. É assim que os resíduos são transformados em alimentos.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 26/10/20, Escritos do Rabash, “O Que São Torá e Trabalho no Caminho do Criador?”

Caia, Mas Não Perca Sua Aspiração Em Avançar

249.03O principal é sempre avançar. Então eu caio e me levanto e novamente caio e me levanto como é dito: “Mil vezes os justos cairão e se levantarão novamente”.

Isso é verdade. Não é possível avançar sem erros, sem quedas, sem problemas. É por meio deles que a pessoa aprende. É impossível alcançar qualquer coisa de outra forma, como é dito: “Não se pode cumprir uma Mitzvah (mandamento) a menos que primeiro a quebremos”.

Um mandamento é uma ação de doação. É impossível alcançar a doação sem primeiro revelar o quão oposto você é a ela. Gradualmente, começaremos a nos integrar a este sistema. Não aprendemos apenas o material; nós o absorvemos e ele nos edifica. Os sistemas internos: o cérebro e o coração, os sentimentos e a mente, assumem a forma daqueles pensamentos que absorvemos dos artigos e constroem a nossa alma.

Acontece que o desejo de receber quebrado começa a conectar seus átomos e moléculas em todos os tipos de novas formas. Todas as suas partes estão se conectando, construindo um sistema que opera não de acordo com as leis do egoísmo, mas de acordo com as leis de doação. Isso significa que estamos começando a entrar em um mundo novo e oposto, um espaço espiritual.

Da 1a parte da Lição Diária de Cabalá 02/10/20, “Sucot”

O Que Leva Um Cabalista Para A Frente?

962.7Pergunta: Como a sabedoria da Cabalá determina o grau de sofrimentos e prazeres que foram estabelecidos para uma pessoa que está no caminho espiritual?

Resposta: O grau de sofrimento depende do reconhecimento de uma pessoa da grandeza da meta. Se quero atingir uma determinada meta e estou a certa distância dela, na medida em que a meta é grande aos meus olhos, a discrepância entre eu e a meta é sentida como sofrimento.

Mas é na verdade a magnitude do sofrimento que me impulsiona para a frente. Eu já vejo a meta e entendo que tenho um método para alcançá-la. Portanto, estou feliz com o que está acontecendo e, para mim, não é mais um caminho de sofrimento, mas um caminho de luz. Sinto que esses sofrimentos iluminam o caminho para mim.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 18/11/18

O Que É Necessário Para Nosso Desenvolvimento Espiritual?

630.2Pergunta: O que é necessário para nosso desenvolvimento espiritual?

Resposta: A condição básica para nosso desenvolvimento espiritual é o desejo de se desenvolver e compreender quem sou eu, para que vivo, como tudo gira em torno de mim e como posso participar disso, como devo alcançar algo eterno, completo e real na minha vida, e como posso revelar a rede de forças que impactam o mundo e os segredos do mundo.

Se uma pessoa vive de acordo com tudo isso, se ela tem o desejo de alcançar a natureza, o Criador, ela determinará mais tarde todo o seu desenvolvimento.

Depende de quanto uma pessoa pensa sobre o sentido da vida desde a infância, sobre por que existimos e por que outras pessoas não pensam nisso. Ela olha em volta e não entende por que as pessoas estão tão presas, tão envolvidas na comoção global, e que uso elas encontram nisso. Como uma pessoa pode não se envolver em algo tão superficial e corpóreo, mas em vez disso, se agarrar a algo completo e eterno?

Se uma pessoa tem esse desejo, ela anseia pela espiritualidade.

Pergunta: Como as perguntas sobre o sentido da vida se relacionam com a rede de forças espirituais? Afinal, é uma dimensão diferente.

Resposta: Elas estão diretamente relacionadas, já que a rede de forças é construída na doação, na participação mútua, no amor, na saída de si mesmo, mas opera com base nessas perguntas.

Isso significa que as questões permanecem as mesmas e você pode encontrar a solução para essas perguntas apenas se desenvolver o atributo de doação em você. Então você não se envolverá em engolir tudo o que existe, mas em vez disso, você sairá de si mesmo, fora de seu eu egoísta, onde todos os outros estão. É assim que você deve agir.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 25/11/18

Ascendendo Os Níveis Espirituais

613Pergunta: Uma pessoa tem que sentir a morte em 125 níveis antes de entrar totalmente na vida eterna?

Resposta: Não, não 125, mas 124 níveis, o 125º nível já é a vida eterna. Você precisa se separar do nível anterior 124 vezes para ascender ao próximo nível. Mas isso não é sentido como uma perda. É sentido como uma libertação necessária para se libertar para o futuro preenchimento. Esse processo também existe na ciência, e você precisa se esvaziar e se reabastecer constantemente.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 07/10/18

Para Sentir O Mais, Você Precisa Sentir O Menos

laitman_546.02Pergunta: Se tudo se torna absolutamente magnífico, como uma pessoa se move, para onde ou o que alguém pode desenvolver? Seria chato.

Resposta: Eu entendo que quando tudo é bonito, limpo e bom, é muito chato. Não há sujeira, palavrões, nada disso é sentido, nenhuma nobreza se destaca no contexto de algo desagradável.

Mas não se preocupe. Eu não posso explicar agora, mas você sempre terá a possibilidade de construir o bem acima do mal. E quando o mal se esgotar, tudo será preenchido com esse bem; infinito e eternidade serão revelados a você.

Quando estudarmos isso, você sentirá. Você está certo sobre uma coisa: para poder sentir o mais (+), você precisa se sentir o menos (-). Esses dois estados devem necessariamente se apoiar mutuamente em sua realização mútua.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 10/05/20

Jornada De 3.000 Anos

laitman_600.04Pergunta: Três mil anos atrás, as pessoas descobriram a lei da garantia mútua: ame seu próximo. Já estava escrito sobre isso naquela época. Esta é a mesma lei que existe no nível das partículas elementares.

Como é que conhecemos essa lei há milhares de anos, mas ela não nos ajuda? Será que ainda não podemos equilibrar nosso egoísmo de nenhuma maneira?

Resposta: Mas esta lei é contra a nossa natureza. Nossa natureza procura se exaltar, subjugar tudo a si mesma, absorver tudo em si mesma, sem dar nada a ninguém, sem considerar ninguém. Esta é a lei do egoísmo que existe em todas as pessoas.

Não sou como animais, arrastando uma carcaça para mim e não a compartilhando com ninguém. Quero subjugar a todos, para que todos sejam meus escravos, rastejando diante de mim. Eu quero poder absoluto sobre o mundo inteiro. Se alguém pensa que não é esse o caso, simplesmente não se conhece bem.

Pergunta: Se há alguns milhares de anos as pessoas já sabiam que o amor cobrirá todos os pecados e não conseguiram isso, será que talvez milhares de anos devam passar antes de chegarmos a isso?

Resposta: Talvez. Não estou dizendo que deve terminar hoje. Mas estamos chegando a isso. Estamos caminhando para a realização do mal de que não podemos viver dentro de nossa natureza. Com isso, estamos nos matando e colocando em risco a vida na Terra. De alguma forma, devemos nos elevar acima do nosso egoísmo, acima de nossos instintos, e chegar à interação integral.

De KabTV, “A Era Pós-Coronavírus”, 16/04/20

A Cada Momento Uma Pessoa Deve Ser Nova

laitman_744Comentário: Na Cabalá, existe uma fórmula para a vida: se você vive hoje porque viveu ontem, então está morto.

Minha Resposta: Não “porque”, mas exatamente como vivi ontem. Se você não está mudando, está morto. Todos os dias uma pessoa deve ser nova, nascer, por assim dizer, de novo.

Comentário: A Cabalá diz que uma pessoa é criada sempre nova.

Minha Resposta: Sim, todo momento uma pessoa é nova. Se ela apenas sentisse isso.

Pergunta: E o que significa “todo momento uma pessoa é nova”?

Resposta: Os Reshimot, seus dados naturais internos, são atualizados. Mas uma pessoa os adapta à sua vida? Ela os manifesta em si mesma? Ela sente sua renovação interior?

Pergunta: Como ela pode sentir isso?

Resposta: Sendo mais sensível ao que está acontecendo dentro dela. Eu tenho que sentir, ouvir, que o Criador está mudando em mim a cada segundo, o que Ele quer de mim.

Pergunta: O que está mudando em uma pessoa?

Resposta:  A atitude em relação ao mundo e ao Criador.

Pergunta: Está ficando melhor, pior?

Resposta: Mais próxima.

Pergunta: E como uma pessoa deve reconhecer isso e agir?

Resposta: Pelo sentimento de intimidade. O mundo e o Criador exigem as propriedades de doação e amor de uma pessoa, participação. É assim que uma pessoa deve se controlar, ou seja, se está cada vez mais nessa propriedade.

Pergunta: Como uma pessoa comum pode reconhecer esses novos desejos que a levam para mais perto do mundo, mais perto do Criador?

Resposta: Doação e amor. Ela precisa aprender isso.

De KabTV, “Notícias com Michael Laitman”, 04/02/20

O Hotel Em Que Devemos Permanecer

laitman_600.01Pergunta: Sou o proprietário de um pequeno hotel em Quebec. Você acha que terei clientes após o coronavírus, quando tudo voltar ao normal?

Resposta: É possível porque Quebec, onde você mora, é um bom lugar para relaxar, para autorreflexão para casais jovens e idosos. As pessoas vão lá para impressões especiais umas das outras ou da natureza circundante. Eu mesmo adoraria ficar lá com você.

Comentário: Mas hoje o negócio do turismo é uma indústria difícil para um maior desenvolvimento.

Minha Resposta: Nos últimos 20 a 30 anos, o turismo se desenvolveu a tal ponto que se tornou um setor industrial. Eu sei, porque eu próprio voei muito e viajei para diferentes países para me encontrar com meus alunos, não porque estou interessado em voos, embora também goste de aprender sobre novas cidades, um novo mundo.

Não acho que esse setor se recupere muito rapidamente porque as pessoas terão necessidades de vida mais sérias. Afinal, o turismo, incluindo esportes, é mais uma indulgência para o nosso modo de vida terrestre. Obviamente, eu desejo a todos os setores uma rápida recuperação, mas acho que as pessoas começarão a perceber que devem se preencher de outras impressões.

Fomos criados para nos envolver em um relacionamento entre nós tão profundo, a fim de descobrir a força interior da natureza, a fonte da vida. Quando nos unimos em boas relações e corremos um para o outro de uma maneira positiva, encontramos um poder comum entre nós que se aplica a você e a mim. Essa força comum, que externamente nos divide em “seu” e “meu”, é uma dentro de nós. É chamada nosso Criador porque nos dá nascimento. Revelando isso entre nós, começamos a sentir que estamos em um nível espiritual superior.

O fato é que, desde o mais alto nível espiritual até o mundo, tudo acontece através de uma reação em cadeia sem fim: divisão, divisão, divisão. Mas se, pelo contrário, nos unimos, unimos, unimos, então, no final, alcançaremos uma única força superior que nos deu nascimento e nos controla. Então entramos no estado de eternidade, perfeição.

Nós devemos alcançar esse estado e nos estabelecer nele. Será esse hotel, a casa real, eterna e perfeita em que precisamos ficar.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 12/04/20