Textos na Categoria 'Professor Espiritual'

Os Estados Internos De Um Cabalista

laitman_588.03Pergunta: Como um Cabalista analisa seus estados internos com o Criador? Como o ambiente do nosso mundo afeta isso?

Resposta: Não afeta de maneira alguma. Quando eu chego à lição matinal, você consegue dizer em que condição eu estou com o Criador? O que eu tive com Ele antes, qualquer conversa ou relacionamento? Esse é um nível diferente, um mundo diferente.

Portanto, o que sinto e o que dou aos meus alunos são duas etapas diferentes, e uma não afeta a outra.

Às vezes acontece que é muito difícil ensinar uma lição porque tudo foi “tirado” de você. Mas é tirado em seu próprio nível, e quando você muda para os alunos e usa os desejos deles enquanto está no nível deles, você está praticamente sendo realizado de acordo com eles, e eles não sentem isso.

A esse respeito, eu ganho e é mais fácil para mim. Eu me escondo, e os alunos não podem dizer em que estado espiritual eu estou. É impossível.

Da Lição de Cabalá em Russo 29/01/17

Um Verdadeiro Professor É Sentido Com O Coração

laitman_766.7Pergunta: Quando você veio ao seu professor, Rabash, você o invejou?

Resposta: Do ponto de vista do conhecimento e da compreensão, sim. Mas, do ponto de vista de uma pessoa comum, o que havia lá para invejar? Eu tinha 30 anos e ele tinha 70 anos. Na minha frente estava uma pessoa que sabia tudo, mas não dizia nada!

Pergunta: Quando você perguntou ao Rabash: “Como eu sei que estou no lugar certo?” Ele respondeu: “Um verdadeiro professor é identificado pelo coração”. Como você identifica pelo coração que esse é o seu professor?

Resposta: Isso não pode ser colocado em palavras. Você simplesmente sente que essa pessoa detém a verdade e que você precisa receber essa verdade dela. Ela está em suas mãos e está pronta para estender os braços a você se você estender os seus e pegá-la. Mesmo assim, o aluno ainda não entende o professor.

Pergunta: Como esse clique acontece, quando você sabe com certeza que esse é o seu professor, seu lugar, sua vida?

Resposta: Eu entendi isso nas suas palestras. Eu vi que praticamente todas as minhas perguntas tinham respostas. Senti que essa metodologia era para mim.

Na verdade, eu passei por muitos grandes Cabalistas, mas o método de ensino deles não era o ideal para mim. Só aqui eu senti imediatamente que esse é um conhecimento absoluto que eu queria receber dele.

Da Lição em Russo, 25/06/17

O Dia Em Memória Do Rabash

Laitman_917.01Baruch Shalom Levi Ashlag foi o elo mais próximo de nós da cadeia de grandes Cabalistas pela qual a força superior é revelada ao mundo, e a Torá é transmitida até nós. Ele é o nível mais elevado e o único Partzuf espiritual de que dependemos e, portanto, nosso estudo se baseia principalmente em seus artigos. O Rabash fez tudo para preparar as bases para a próxima geração.

Embora não tenha sido fácil, ele encontrou a força para se anular completamente perante seu grande pai e professor, Baal HaSulam, sem ter absolutamente nenhuma consideração por si mesmo. Por isso, ele subiu através de todos os níveis da realização espiritual. Ainda veremos em seus escritos a altura que ele alcançou. Seus ensaios são escritos de forma muito calorosa, com grande cuidado pelo leitor, o aluno.

Ele tinha um enorme coração ardente cheio de amor. No entanto, se fossemos capazes de compreender a profundidade de seus escritos, veríamos que ele estava nos estados de GAR de Atzilut ou mesmo mais alto, o que é impossível de imaginar.

Rabash abriu o caminho para nós, escrevendo seus artigos e estabelecendo costumes aos quais tentamos aderir. Ele nos deu a estrutura na qual um grupo Cabalístico deveria existir, e nós seguimos dessa maneira.

Baal HaSulam foi como o ARI, criando o método de ascensão espiritual, e Rabash trouxe-o para uma realização prática, e nisso ele se assemelhava ao Baal Shem Tov. Em nenhum outro escrito Cabalístico eu vi descrições tão detalhadas do trabalho espiritual: como uma pessoa deve se organizar em seu entorno imediato, em um ambiente mais amplo, no sistema dos mundos e em seu relacionamento com o Criador.

Todos esses sistemas, pelos quais uma pessoa tem que passar para conseguir a adesão com a força superior, não são explicados em nenhum outro lugar de forma tão sistemática quanto nos artigos do Rabash. Uma pessoa pode tomar esses artigos e avançar com eles, pois eles formam a atitude correta e os conceitos corretos dentro dela.

Não há outros livros como esses. Nos artigos de Rabash, não só obtemos o comentário, mas também instruções detalhadas sobre o que fazer, que reação esperar e como avançar. Ele explica todo o processo que temos que completar, a resposta que obtemos em troca e os estados internos que nossa alma atravessa.

Eu li esses artigos muitas vezes e certamente continuarei lendo-os, e posso atestá-los que estão ocultos e não revelados. Depois de muitos anos de estudo, você começará a descobrir uma grande profundidade neles.

Você verá de repente que o Rabash está escrevendo sobre algo que você não notou antes, não entendia e não sentia. Esses artigos não são diretos, mas são bem multifacetados que se revelam de acordo com o nível de compreensão do leitor. Eles oferecem tal apoio e ajuda aos iniciantes do caminho espiritual, que não podem ser encontrados mesmo nos escritos de Baal HaSulam.

Baal HaSulam é um Cabalista do mais alto calibre, um cientista, um pesquisador e Rabash é um treinador espiritual: gentil e amoroso, que o leva pela mão e o conduz a todos os estados. Somente quando subimos na espiritualidade podemos julgar sua verdadeira grandeza.

Escreva Na Tábuas Do Seu Coração

laitman_281.02Pergunta: No passado, era inaceitável e até mesmo proibido escrever as explicações dos professores que ensinavam a Torá; por que não nos comportamos assim hoje?

Resposta: Eles não registavam as palavras do professor no passado, mas aprendiam oralmente, não porque era difícil gravar em tábuas de madeira, por exemplo, mas porque os estudantes ouviam e alcançavam o mundo superior ao processar a profundidade das palavras do professor.

Agora a situação é diferente; nós ouvimos e gravamos para saber mecanicamente, não através da realização da vida. Quando um estudante segue seu professor como um Partzuf inferior que segue um Partzuf superior através da adesão com ele, um retrato vivo do mundo superior é revelado ao estudante. Portanto, o aluno recebe a sua realização “boca a boca” do nível superior, o que significa através da partilha de um Masach (tela) com o professor.

Isso é chamado de “escrever nas tábuas do seu coração” nos desejos corrigidos. E hoje as pessoas aprendem letras mortas e palavras porque não há Luz nelas; não há nenhuma característica de doação, somente conhecimento externo. Isto é chamado de exílio do mundo superior.

Assim, após a queda do nível de realização espiritual que aconteceu 2000 anos atrás, eles começaram a gravar as palavras dos sábios da Torá para que quando saíssemos do exílio no futuro, ascendêssemos ao amor e doação e pudéssemos revitalizar seus textos através da Luz superior.

A Dor E O Anseio De Um Professor

laitman_584.02Pergunta: O que você deseja para seus alunos? No que vale a pena prestar atenção?

Resposta: Meu coração dói por meus alunos. Eu já quero vê-los grandes, em uma conexão comum, boa e forte entre si, gradualmente retirados de toda a humanidade, escolhendo essas pessoas dela que podem ansiar pelo Criador, trabalhar em conjunto conosco, e expandir o grupo mundial de uma forma semelhante.

Isto é o que eu gostaria de ver, como todo pai quer ver seus filhos se tornarem pessoas mais bem-sucedidas do que ele.

Da palestra em uma videoconferência com os alunos do Centro de Educação, 21/05/17

Ajudar O Professor

Dr. Michael LaitmanPergunta: Como um aluno pode ajudar o professor?

Resposta: Isso só pode acontecer conforme o grau de sua devoção a uma ideia, ao estudo, à unidade e a ajudar o professor em seu trabalho com o grupo geral.

Quando encontrei meu professor em 1980, depois de algumas lições, não tive dúvida de que precisava me aproximar dele e fazer todo o possível para ajudá-lo. Na sua época, as condições eram diferentes, não havia Internet, os livros de Cabalá eram escassos, uma verdadeira raridade. Desde então, 37 anos se passaram; hoje há muitos livros traduzidos para vários idiomas.

Ajudar o professor é um incentivo muito sério para o avanço; para isso, o aluno precisa tentar se parecer com o professor. Isso ocorre porque a “face inferior” deve aspirar a se parecer com a “face superior”, da mesma forma que educamos crianças.

Tente sempre tirar um exemplo do superior e da sua atitude em relação ao mundo, às lições, à disseminação. Desta forma, você avançará. Este é basicamente o melhor incentivo para o avanço.

Da conversa em uma videoconferência com os alunos do Centro de Educação, 21/05/17

Descanso Para Um Cabalista

Laitman_521Pergunta: O que significa o descanso para um Cabalista? Afinal, estudar Cabalá é um belo estado de espírito quando você já está em um estado de descanso dos problemas externos.

Resposta: Não, um Cabalista precisa descansar; afinal, ele fica muito cansado porque a tensão que eu, por exemplo, suporto agora durante uma hora de conversa com vocês é enorme. Estas palavras, estes pensamentos que eu expresso a vocês, eu experimento dentro de mim em níveis diferentes, e, portanto, gasto uma enorme quantidade de energia nisso. Uma hora de conversa com vocês é a coisa mais difícil.

Quando eu falo com meus alunos e explico o material para eles durante as aulas diárias, então, pelo contrário, eu encontro força em mim porque eu interajo com as pessoas que querem receber e devolver essa energia e esse conhecimento para mim. Nós trabalhamos juntos, e é por isso que não me canso durante as aulas.

Da Lição de Cabalá em Russo 22/01/17

Avance Como A Alma Sugere

laitman_919Pergunta: Como uma pessoa pode entender que começou o caminho de seu desenvolvimento espiritual?

Resposta: Instintivamente. Na época, eu passei por várias pessoas e encontrei vários professores. Mas nenhum deles me satisfez. Eu encontrei Cabalistas, mas eles eram pequenos ou muito específicos.

Embora existissem grandes Cabalistas entre eles, eles não ensinavam em um estilo que eu estava pronto para entender. Continuou assim até que encontrei o meu professor.

Portanto, cabe a pessoa pesquisar. Se você não gosta de mim, pode ser que existam outros. Eu recomendaria verificar se alguém estava errado. Então você vai entender se deve voltar a estudar comigo ou continuar com outra pessoa. Isto é porque o mais importante é avançar da maneira que sua alma lhe diz.

Da Lição de Cabalá em Russo 29/01/17

Um Homem De Improviso

laitman_599_01Comentário: Eu conheço você há mais de vinte anos. Você sempre responde perguntas espontaneamente sem conhecê-las antecipadamente.

Minha Resposta: Eu sou um homem de improviso, não porque conheço tudo, mas porque não posso fazer as coisas de maneira diferente.

Quando alguém me pergunta de surpresa, um nível diferente de consciência é ligado em mim. De acordo com a sabedoria da Cabalá, não pode ser de outra forma. Não é só eu, mas é o mesmo para qualquer outro Cabalista. Cada vez uma imagem diferente nasce dentro de um Cabalista a partir da qual ele desenvolve seu pensamento.

Eu nunca digo nada que tenha lido em algum lugar. Eu posso trazer tais fatos para apoiar minhas ideias, mas sempre tenho que falar do que está nascendo dentro de mim nesse momento específico a partir de um novo Partzuf, 10 Sefirot, com todos os seus atributos e conexões internas. Se isso não existir, você está morto.

Às vezes, quando tenho que dar uma palestra diante de um público muito exigente, como por exemplo diante de professores, palestrantes e estudantes, um público de 1.500 pessoas, eu preparo antecipadamente. Mas ainda assim não leio as notas que preparei. As notas são apenas as diretrizes gerais da minha palestra.

Da Lição de Cabalá em Russo 22/01/17

Os Artigos Do Rabash

laitman_527_07O Rabash é uma alma especial. Em seus artigos, ele revelou à humanidade toda a metodologia para entrar no mundo superior.

Eu me lembro do que eu lhe disse sobre isso. Isso foi no começo de meus estudos. Ele me perguntou o que eu pensava sobre seus artigos, e porque os sentia profundamente, e a minha resposta foi: “Você está fazendo algo totalmente novo, algo que o mundo não viu antes”.

O Rabash entendeu a essência dessa enorme empreitada: as relações no grupo, o que também é evidente a partir de suas anotações, publicadas no terceiro volume de suas obras. Elas foram escritas antes de eu encontrar o Rabash, e introduziram brevemente os artigos que ele escreveu depois que eu lhes trouxe estudantes e ele começar a apresentar tudo de uma forma sistemática.

Ao ler suas notas, que ele basicamente escreveu para si mesmo, eu o sinto mais.

O Baal HaSulam é diferente. Ele está muito acima. Mesmo quando escreve para si mesmo, ou derrama seu coração para seus alunos, suas palavras vêm de tais alturas, como se você estivesse debaixo do céu. Seu amor é de ferro. E o Rabash é muito mais acessível, seu coração é muito terno.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 31/10/16