Textos na Categoria 'Perguntas e Respostas'

Blitz De Dicas De Cabalá – 16/06/19, Parte 2

laitman_281.02Pergunta: Como você pode entender que a alma nasceu e está se desenvolvendo?

Resposta: O fato é que você obtém uma sensação muito vívida, um preenchimento, uma consciência de sua existência, que não deixa dúvidas de que isso aconteceu e está acontecendo.

Pergunta: É possível se desenvolver muito rápido? Existe um limite de tempo recomendado?

Resposta: Não há limite, desenvolva-se o mais rápido possível.

Pergunta: Posso estudar Cabalá sozinho?

Resposta: Não, eu não recomendo isso. Você ficará confuso e não entenderá nada.

Pergunta: Quantas pessoas estão cientes dessas coisas na vida?

Resposta: Existem muito poucas. Mas em termos de qualidade, elas são muito mais elevadas e realizadas do que outros; elas ofuscam todos os outros.

Da Lição de Cabalá em Russo 16/06/19

Blitz De Dicas De Cabalá – 16/06/19, Parte 1

laitman_961.1Pergunta: O que é uma vida espiritual independente?

Resposta: É a capacidade de analisar e examinar todos os seus estados e escolher qual deles é o melhor e o mais correto.

Pergunta: O que significa assumir a responsabilidade por minhas ações se o Criador gerencia tudo? De acordo com a sabedoria da Cabalá, é minha responsabilidade entender e analisar o que o Criador está fazendo comigo?

Resposta: Você é responsável por suas ações dentro da estrutura da liberdade de escolha dada a você como se o Criador estivesse no seu lugar.

Pergunta: Quem são o pai e a mãe espirituais da alma?

Resposta: O pai e a mãe espirituais são sistemas no mundo espiritual, que também são chamados Aba ve Ima (pai e mãe). Os dois sistemas dão nascimento à minha alma e eu existo sob sua administração.

Pergunta: Quando a busca pelo conhecimento é corporal e quando é espiritual?

Resposta: Tudo depende do motivo pelo qual você busca o conhecimento. Se você se esforça para saber como se conectar com os outros e ajudá-los a alcançar a adesão ao Criador, é espiritual. Caso contrário, é físico.

Pergunta: Existe uma lei na natureza em que bons estados ajudam a esquecer os maus?

Resposta: Em princípio, sim. Mas não na Cabalá. Na Cabalá, tudo está conectado e, finalmente, você começa a entender isso como um bem, geral e integral. Além disso, não há nada de ruim. Se você pratica a Cabalá, cai e sobe repetidamente, e todas as suas descidas são consideradas subidas. Não há nada negativo.

Da Lição de Cabalá em Russo, 16/06/19

Blitz De Dicas De Cabalá – 12/05/19

laitman_281.02Pergunta: Você está no caminho da correção há tantos anos. Você pode dizer que é uma pessoa livre?

Resposta: Não sei se existe uma pessoa livre em nosso mundo no sentido que você está fazendo a pergunta. De fato, a liberdade como a entendemos não existe. Só é possível quando você sabe o que é a verdade e pode agir por causa dela.

Pergunta: Na medida em que me torno como o Criador, me torno livre?

Resposta: Sem dúvida, porque a influência do Criador sobre nós é a característica da doação. Se você a adquirir, entenderá que o Criador e o Criador o entenderá. Nesse grau, você se liberta do egoísmo e da influência do ambiente.

Pergunta: Existe um grau de liberdade como um estado de liberdade contra a violência e a coerção pelos desejos de outra pessoa ou grupo de pessoas?

Resposta: Não, quase sempre somos afetados por outras pessoas. A questão toda é em qual sociedade devo me colocar. Se eu me coloco em uma sociedade que está avançando em direção ao objetivo certo, me submeto a ela e a obedeço, é assim que alcanço esse objetivo. É assim que devemos realizar nossa liberdade.

Pergunta: Qual é a diferença entre liberdade de escolha e livre arbítrio?

Resposta: O livre arbítrio consiste em escolher como se comportar. A liberdade de escolha é a própria escolha.

Pergunta: Do ponto de vista da Cabalá, quão preciso é o postulado de Hegel de que “a liberdade é uma necessidade consciente”?

Resposta: Este é apenas um pequeno equívoco materialista.

Pergunta: Todos os pensamentos, desejos e ações que realizo são gerados pelo Criador?

Resposta: No momento, sim, mas quando você começar a adquirir um Masach (Tela), o Criador não fará o que Ele deseja dentro de você; em vez disso, você fará o que quiser com o Criador.

Pergunta: Todo mundo tem sua própria personalidade. O que é isso?

Resposta: A personalidade não nos incomoda. Mesmo assim, você está cumprindo suas exigências egoístas. Portanto, não importa qual é a sua personalidade. Uma pessoa gosta de comer, a segunda gosta de dançar, a terceira quer dormir. Que diferença isso faz? Em todos os casos, você está realizando seus desejos.

Da Lição de Cabalá em Russo 12/05/19

Blitz De Dicas De Cabalá – 12/05/19

laitman_281.02Pergunta: Você está no caminho da correção há tantos anos. Você pode dizer que é uma pessoa livre?

Resposta: Não sei se existe uma pessoa livre em nosso mundo no sentido que você está fazendo a pergunta. De fato, a liberdade como a entendemos não existe. Só é possível quando você sabe o que é a verdade e pode agir por causa dela.

Pergunta: Na medida em que me torno como o Criador, me torno livre?

Resposta: Sem dúvida, porque a influência do Criador sobre nós é a característica de doação. Se você a adquire, entende o Criador e o Criador o entende. Nesse grau, você se liberta do egoísmo e da influência do ambiente.

Pergunta: Existe um grau de liberdade como um estado de liberdade contra a violência e a coerção pelos desejos de outra pessoa ou grupo de pessoas?

Resposta: Não, quase sempre somos afetados por outras pessoas. A questão toda é em qual sociedade devo me situar. Se eu me coloco em uma sociedade que está avançando em direção ao objetivo certo, me submeto a ela e a obedeço, é assim que alcanço esse objetivo. É assim que devemos realizar nossa liberdade.

Pergunta: Qual é a diferença entre liberdade de escolha e livre arbítrio?

Resposta: O livre arbítrio consiste em escolher como se comportar. A liberdade de escolha é a própria escolha.

Pergunta: Do ponto de vista da Cabalá, quão preciso é o postulado de Hegel de que “a liberdade é uma necessidade consciente”?

Resposta: Este é apenas um pequeno equívoco materialista.

Pergunta: Todos os pensamentos, desejos e ações que realizo são gerados pelo Criador?

Resposta: No momento, sim, mas quando você começar a adquirir um Masach (Tela), o Criador não fará o que Ele deseja dentro de você; em vez disso, você fará o que quiser com o Criador.

Pergunta: Todo mundo tem sua própria personalidade. O que é isso?

Resposta: A personalidade não nos incomoda. Mesmo assim, você está cumprindo suas exigências egoístas. Portanto, não importa qual é a sua personalidade. Uma pessoa gosta de comer, a segunda gosta de dançar, a terceira quer dormir. Que diferença isso faz? Em todos os casos, você está realizando seus desejos.

Da Lição de Cabalá em Russo 12/05/19

Blitz De Dicas De Cabalá – 10/03/19

laitman_962.3Pergunta: Você fala sobre a educação de um único europeu, uma única pessoa. Qual será a base para a criação de um novo indivíduo? A Cabalá é o método que você propõe? Onde está a base, o conceito do seu caminho proposto?

Resposta: Você só precisa abrir os livros da sabedoria da Cabalá, onde tudo está escrito, e lê-los.

Pergunta: Quem é o Criador? Algo que não é deste mundo? Então, como alguém pode induzi-Lo para alguma coisa?

Resposta: O Criador não é deste mundo, isso é correto e preciso. Ele é o mais alto poder de doação e amor. Ele pode doar a você apenas na medida em que você deseja incutir as propriedades de doação e amor em você. Se você deseja adquirir a atitude de amor e doação para com os outros, deve recorrer ao Criador.

Pergunta: O que significa a realização de um desejo?

Resposta: A realização de um desejo significa conseguir o que quero. Em nosso estado, todos os nossos desejos são egoístas e, portanto, não recebemos sua realização. Mesmo se obtivermos satisfação, descobrimos mais tarde que nos tornamos ainda mais vazios. Isso nos ensina a não querer ser preenchido egoisticamente.

Pergunta: Os judeus poderiam ter despertado sem antissemitismo?

Resposta: Certamente não! É por isso que o Criador nos exorta a cumprir nosso destino, incitando o ódio contra Israel.

Pergunta: O que crianças pequenas de dois ou três anos de idade devem aprender em primeiro lugar?

Resposta: Aos dois ou três anos de idade, certamente é muito cedo para lhes ensinar qualquer coisa. Mas você pode tentar ensiná-las a se conectarem bem com os outros.

Pergunta: Como o Criador responde ao seu ensino? Você sente a resposta Dele?

Resposta: O Criador me aprova completamente, ele responde muito bem e eu sinto isso perfeitamente. Eu não estou brincando! Você pode fazer o mesmo e descobrir isso.

Pergunta: Eu sou um artista. Por favor, diga-me, por que as artes visuais são necessárias e serão importantes no futuro?

Resposta: Não, elas não são muito importantes e não serão importantes no futuro. Isso ocorre porque as pessoas descobrirão uma visão espiritual interna que não pode ser expressa de nenhuma maneira, mas unicamente e somente através de nossa alma.

Pergunta: Por que você deveria cuidar dos outros se precisa de amor? O que quero dizer é que não devo me preocupar antes de tudo?

Resposta: Nesse caso, você nunca será capaz de se satisfazer e nunca sentirá amor. Se você precisa de amor, precisa amar os outros. Então você começará a sentir amor por você.

De KabTV, “Respostas às Perguntas do Facebook”, 10/03/19

O Que Causa O Antissemitismo Na Esquerda? (Quora)

Dr. Michael LaitmanMichael Laitman, no Quora:O Que Causa O Antissemitismo Na Esquerda?

O antissemitismo surgiu junto com o surgimento do povo judeu na antiga Babilônia, cerca de 4.000 anos atrás. Da mesma forma, não há causas de antissemitismo provenientes especificamente da esquerda ou direita política, pois ambas se originam das próprias causas do fenômeno do antissemitismo em si.

O ódio ao povo judeu tem sido um fenômeno regularmente recorrente ao longo da história, começando na antiga Babilônia e ocorrendo de muitas maneiras adicionais à maneira como ele aparece de um ponto de vista político específico.

O que aconteceu na antiga Babilônia?

Foi uma época de grande turbulência social marcada pela destruição da Torre de Babel, onde os babilônios sentiram uma explosão do ego humano (desejos de benefício próprio) e deixaram de se entender.

Devido à vocação da época, um sacerdote babilônico, Abraão, descobriu uma maneira de superar as inclinações divisivas da humanidade para revelar a força única e unificada da natureza. Ele ensinou e promoveu esse método de união acima das divisões a quem estivesse interessado.

Abraão chamou as pessoas que se reuniram ao seu redor dele, o “povo de Israel”: “Israel” das palavras “Yashar Kel“, isto é, dirigido à força unificada da natureza, Deus (de acordo com a Gematria, “natureza” e “Deus” são a mesma coisa).

Basicamente, Abraão mostrou às pessoas um caminho para a descoberta da força única e unificada da natureza, exercendo-se relações de “ame o próximo como a si mesmo” e “o amor cobrirá todas as transgressões” na sociedade.

Depois de alcançar uma unidade recém-descoberta acima da divisão social da época, o grupo que se reuniu em torno de Abraão sofreu uma consequência adicional do ego nos 200 anos seguintes, o que rompeu sua unificação.

Esse período ficou conhecido como a “ruína dos Templos”.

O ego que cresceu naquela época dividiu novamente esse povo, pois eles não conseguiram superá-lo com uma conexão positiva.

O ódio deles aumentou tanto que o rabino Akiva, que era o líder do povo de Israel durante a ruína do Segundo Templo, solicitou o fim do ódio. Ninguém ouviu seu chamado, e por consequência o povo de Israel se dispersou.

Desde a sua dispersão, o povo de Israel viveu um período de exílio.

O povo de Israel não tem conexão biológica. Eles surgiram com base em uma conexão ideológica como um povo que percebeu o “ame seu amigo como a si mesmo” e “o amor cobrirá todas as transgressões” na divisão social da época. Sem se apegar a essa conexão ideológica, eles não sentem nada mantendo-os juntos.

No entanto, se eles são odiados por outras nações, eles se reúnem. Pelo contrário, se não são odiados por outras nações, continuam dispersando-se pelo mundo.

Hoje, o ego humano tornou-se exagerado em enormes proporções. Ele está por trás da crescente divisão e ódio nas sociedades, nações e entre nações, e se expressa como uma quantidade cada vez maior de grupos de interesse, partidos e facções.

À medida que a divisão social se intensifica, a crescente necessidade de unidade entre as nações do mundo se expressa como um sentimento de ódio contra o povo de Israel.

Por que esse ódio parece especificamente direcionado ao povo de Israel?

Ele surge de forma natural e justificável, porque, quando atingimos o estado elevado de unidade acima da divisão, mantemos inato o método para poder nos unir e, assim, acalmar as tensões abundantes no mundo.

Como ainda não conseguimos compreender esse método de nossa unificação, impedimos que a unidade se espalhe para outras nações. Elas sentem sua falta. Os inúmeros problemas e crises que borbulham no mundo devido ao aumento da divisão social intensificam ainda mais o ódio e a culpa que caem sobre o povo de Israel.

Aqui também o povo de Israel tem um problema adicional, por desconhecer o que não está trazendo ao mundo. Portanto, à medida que o sentimento antissemita aumenta, nem os antissemitas nem os judeus sabem como apontar a principal razão do fenômeno.

Eles apontam pontos de vista políticos de esquerda ou de direita, desde a opressão da Palestina pelo Estado de Israel até a influência desproporcional dos judeus nos governos e no setor financeiro, a fim de justificar seu ódio. Mas o próprio ódio precede o raciocínio que veste.

Se continuarmos nos desenvolvendo sem fornecer um método de união acima do ódio, seguiremos para outro holocausto que não será apenas na Europa, mas em todo o mundo.

Hoje temos a escolha de substituir a forma instigante e negativa do antissemitismo por uma nova forma positiva de unificação acima de nossas diferenças.

Ao implementar nosso método para conectar a nós mesmos e as pessoas ao redor do mundo, começaríamos a abrir novas sensações e percepções da realidade em que estamos, trazendo simultaneamente harmonia, felicidade e paz no mundo. Se deixarmos de fazer isso, continuaremos experimentando um crescente antissemitismo.

Eu espero que comecemos a perceber o tesouro imensamente valioso que temos em nossas mãos: um método para unir e trazer unidade à humanidade como um todo.

 

Blitz De Dicas De Cabalá – 28/04/19

Laitman_507.04Pergunta: A profundidade da conexão com o Criador é determinada pelo reconhecimento da minha insignificância?

Resposta: A profundidade da conexão com o Criador não é determinada apenas por esse parâmetro. Você está baseando esta suposição em: “Embora esteja nas alturas, o Senhor olha para o humilde; mas ao soberbo conhece-o de longe” (Salmos 138: 6). Mas o que significa “humilde”? Não é necessário reduzir-se; antes, é necessário elevar o Criador. Então, você O eleva e ascende diante Dele; esta é a coisa mais importante.

Pergunta: Estamos construindo um caminho entre o futuro e o presente. Depende de nossos esforços se esse caminho será um ladrão (egoísmo) ou um ajudante?

Resposta: Claro que depende de nós. A resposta está oculta na própria pergunta. Como devemos agir para que o egoísmo desapareça? Somente na medida de nossa unidade. O ladrão, que significa egoísmo, fica entre nós e não torna possível estar completamente conectado um ao outro. É aqui que começamos a perder, caindo em suas mãos.

Pergunta: Nas unidades militares onde as pessoas treinam sem parar, trabalham e lutam, sempre há uma conexão muito forte. Elas também têm uma iluminação superior? Como essa conexão é estabelecida?

Resposta: Não, não é nada disso. Não há razão para elas entrarem de alguma forma no mundo superior. Elas não estão construindo um sistema de si mesmas para se parecer com o Criador.

Pergunta: Pode haver uma fusão inconsciente e realização de estados únicos?

Resposta: Não. Nada acontece por acaso.

Pergunta: Às vezes, eu vejo que não vale a pena fazer algo no presente, porque pode causar desagrado no futuro, mas não consigo me conter. O que um Cabalista faz? Como ele se detém?

Resposta: Um Cabalista não para nada. À sua maneira, ele faz o necessário para direcionar o mundo inteiro à correção.

Pergunta: Em que estado estamos quando estamos dormindo?

Resposta: Você está em um estado bestial. Não há mais nada.

Da Lição de Cabalá em Russo 28/04/19

Blitz De Dicas De Cabalá – 21/04/19

laitman_963.6Pergunta: Como podemos influenciar os amigos para melhorar a conexão entre nós?

Resposta: Devemos mostrar a eles um exemplo de conexão correta e boa. É assim que os influenciamos.

Pergunta: Se eu tenho um desejo que não é preenchido pelo professor, como e com o que posso preenchê-lo? É necessário entender o professor?

Resposta: Você pode definir qualquer meta que desejar, alcançar o que quiser. No entanto, essa conquista deve ser na dezena, então não haverá limitações e você não cometerá um erro. Você alcançará o professor, alcançará o Criador, o que quiser, mas isso deve necessariamente ser na dezena.

Pergunta: Como saberei se meu nível atual de conhecimento corresponde ao nível da alma?

Resposta: Não. Seu nível atual de conhecimento ainda não corresponde à raiz da alma. A raiz de todas as almas está no mundo de Atzilut, e ainda não estamos sequer nos mundos de Beria, Yetzira e Assiya. Eu espero que, durante o próximo ano, comecemos a sentir que estamos nos aproximando do mundo de Atzilut.

Pergunta: Somos uma cópia ruim do Criador ou de Sua forma inversa?

Resposta: Não somos uma cópia ruim; pelo contrário, somos uma cópia completamente oposta, sua cópia completamente corrompida.

Pergunta: Um Cabalista olha para este mundo e para o que está acontecendo nele e vê fluxos de energia e inteligência, o pensamento do Criador?

Resposta: Certamente. Ele sente o pensamento do Criador se materializando gradualmente em nossa consciência. Nós somos o Seu pensamento.

Pergunta: Em nosso mundo, estamos no centro de um vazio?

Resposta: Depende de quem está sentindo isso. Mas, em princípio, sim, é verdade.

Pergunta: Com a ajuda de quais ferramentas e princípios o intelecto superior administra o mundo?

Resposta: A ferramenta é muito simples: luz e desejo. Eles são opostos um ao outro, mas o desejo tem a capacidade de receber a intenção da luz e, assim, tornar-se semelhante à luz. Então ele pode aproximar-se da luz até atingir um estado de fusão total com ela.

Pergunta: Haverá um fim para os nossos dias? Será um evento?

Resposta: O fim dos dias será quando você se elevar acima do nosso mundo. Então, em seu Kli espiritual, você sentirá o mundo sem tempo. Isso é chamado de fim dos dias.

Pergunta: Por que o objetivo da criação é oculto, inatingível e indesejável para mim?

Resposta: O objetivo da criação não está oculto para você; você está escondendo-o de si mesmo através de suas propriedades. O objetivo espiritual está acima do objetivo físico. Você não tem sentidos idênticos a ele; portanto, é dito que ele está oculto. Mas você é quem está escondendo-o. Adquira características idênticas e similares, equivalentes às do Criador, e você começará a sentir a espiritualidade.

Pergunta: Se nosso mundo não existe, o que é a eternidade nas palavras de um Cabalista?

Resposta: A eternidade é o mundo de Ein Sof, que alcançamos quando subimos pelos níveis de todos os mundos. Nosso mundo nem existe. É um ponto central imaginário de todos os mundos.

Da Lição de Cabalá´em Russo 21/04/19

Pense No Criador

laitman_962.2Pergunta: Existem muitos métodos de progresso espiritual que aparentemente falam da mesma coisa, mas discordam dos métodos de conquista do Criador. Cada nação deve ter seu próprio método de conquista da força superior?

Resposta: Isso é verdade, porque alcançar o Criador só é possível através da anulação e eliminação do egoísmo que separa uma pessoa do Criador. Este trabalho realmente depende da natureza da pessoa. A principal abolição completa do egoísmo é chamada de método de Israel, que Abraão recebeu. Existem métodos que ele deu como presente às setenta nações do mundo que naquele tempo viviam na antiga Babilônia.

É o mesmo princípio: a pessoa deve anular o egoísmo. Com essa anulação, ela começa a sentir a força superior. Toda nação tem seu próprio tipo de egoísmo e, portanto, os métodos de sua anulação diferem. No entanto, qualquer pessoa pode usar o método da Cabalá como o principal método que ajuda a todos. A ciência da Cabala é um caminho amplo e confiável, pronto para cada pessoa. Outras nações podem usar seus métodos, mas há uma diferença no tipo de realização espiritual que podem alcançar dessa maneira.

É desnecessário que todos estudem a sabedoria da Cabalá, porque estudamos não para saber, mas para atrair a luz que reforma. A anulação do ego é possível de diferentes maneiras. Por exemplo, eu sei de um caso em que, devido a um grande sofrimento, uma pessoa anulou tanto seu ego que recebeu certo sentido do Criador. O método da Cabalá é como a estrada principal. Mas existem todos os tipos de caminhos ao seu redor designados para diferentes tipos de almas.1

Se eu não penso em mim mesmo, sou capaz de pensar no Criador. Não pode haver dois mestres no mundo: sou eu ou o Criador. Eu não me importo comigo mesmo, mas apenas como não me desconectar do pensamento de que o Criador me molda a todo momento, implementando o pensamento da criação.

Eu vou trabalhar, cuido da família, penso em como atravessar a rua com segurança, mas, ao mesmo tempo, quero sentir como cada momento e cada situação foi organizada para mim pelo Criador. Isso significa não pensar em si mesmo, porque acho que tudo é feito pelo Criador, não que eu mesmo organize tudo.2

Da 2ª parte da Lição Diária de Cabalá, 24/08/19, Perguntas e Respostas com o Dr. Michael Laitman

1 Minuto 00:00
2 Minuto 16:20

A Natureza Nos Forçará

laitman_767.4Nas Notícias (archipreneur): “Até 2050, 90% das maiores cidades do mundo estarão expostas ao aumento do mar. A grande maioria das cidades costeiras será afetada pela erosão e inundação costeira, deslocando milhões de pessoas e destruindo casas e infraestrutura. Marc Collins Chen, co-fundador e CEO da OCEANIX, disse que os humanos podem viver em cidades flutuantes em harmonia com a vida debaixo da água. …

“Como parte da Nova Agenda Urbana da ONU-Habitat, as cidades flutuantes sem fins lucrativos OCEANIX, o Centro de Engenharia Oceânica do MIT, a BIG e parceiros propõem uma visão para a primeira comunidade flutuante resiliente e sustentável do mundo para 10.000 habitantes: Oceanix City. …

“Concebida como um ecossistema criado pelo homem, a Oceanix City está ancorada nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, canalizando fluxos de energia, água, alimentos e resíduos para criar um plano para uma metrópole marítima modular.

“Oceanix City foi projetada para crescer, transformar e adaptar-se organicamente ao longo do tempo, evoluindo de bairros para cidades com a possibilidade de escalar indefinidamente. Bairros modulares de 2 hectares criam comunidades prósperas e autossustentáveis ​​de até 300 residentes, com espaço de uso misto para viver, trabalhar e se reunir durante o dia e a noite”.

Pergunta: Em princípio, existem cada vez mais projetos desse tipo. Você acha que isso é realista?

Resposta: Eu não acho isso realista. Não creio que seja necessário, porque há tanto espaço desocupado na Terra que 200 bilhões de pessoas a mais poderiam habitar.

O futuro da humanidade parece ser mais ordenado para mim. As pessoas perceberão que seu equilíbrio com a natureza está principalmente em suas mentes e em suas atitudes em relação à natureza. Isso deve ser correto, equilibrado e em correspondência com as leis da natureza, não as leis do egoísmo humano, o que é oposto a tudo isso.

Pergunta: Você está dizendo que o nível do mar está subindo apenas porque, como você acabou de dizer, temos um problema em nossas mentes? Você quer dizer que tudo o que precisamos fazer é mudar alguma coisa em nosso cérebro e o mar recuará?

Resposta: Sim.

Observação: Isso é inacreditável!

Meu Comentário: Por que inacreditável? Não. Começaremos a tratar a natureza de maneira diferente. Nossos pensamentos e desejos são o nível mais alto de influência sobre ela.

Pergunta: Podemos medir isso?

Resposta: Não, é impossível medir.

Pergunta: Então, não há como provar isso?

Resposta: Então haverá uma chamada prova por contradição.

Pergunta: É possível provar por contradição que, em algum momento, quando a água avançar inevitavelmente, uma pessoa mudará alguma coisa em seu cérebro e o mar recuará?

Resposta: Em outras palavras, existe um limite entre a estupidez humana e a teimosia humana? Eu acho que existe, porque, embora a pessoa seja uma enorme egoísta, estúpida e teimosa, ao mesmo tempo, é um elemento sensível da natureza e, quando é picada, grita “Ai!”

Tudo depende da extensão da picada. Quando tudo lhe é tirado e a vida se torna tal que seria melhor não viver, ela começa a pensar. No entanto, este é um sofrimento enorme! Enorme! Do ponto de vista Cabalístico, é praticamente insuportável.

A natureza, de forma severa, precisamente em sua maneira legal, corrige uma pessoa. Ela não pode fazer isso de nenhuma outra maneira. No entanto, temos a oportunidade de fazer isso com antecedência de uma maneira positiva. Não resolveremos esse problema correndo de um canto do globo para outro.

Em tudo o que se refere à ecologia e à nossa interação com a natureza, precisamos ouvir os cientistas. Eles apresentam dados de especialistas nos quais você não pode acreditar nem desacreditar. É apenas informação, e precisamos agir de acordo com ela: o que devemos fazer para evitar isso?

Chegamos então à decisão de que tudo depende de uma pessoa, de sua atitude em relação a outras pessoas e à própria natureza. Para isso, é necessário corrigir a natureza humana de egoísta, quando a pessoa não sente nada além de si mesma, para altruísta.

De KabTV, “Notícias com Dr. Michael Laitman”, 25/06/19