Textos na Categoria 'Livre Arbítrio'

Qual É A Nossa Liberdade De Escolha?

Laitman_041.01Pergunta: Se o objetivo do livre arbítrio é se aproximar do Criador, como posso aproximar alguém do Criador porque, ao fazer isso, não o privaria de sua escolha?

Resposta: Não. O livre arbítrio não está em se mover em direção ao Criador. Para isso, você é despertado de cima.

Você quer dizer que você mesmo escolhe esse caminho? Por quê? Alguém de alguma forma influenciou você. De onde? Como? Você mesmo não sabe e não se lembra. Isso não importa. O fato é que hoje você sente que deseja isso. Mas a escolha não é sua.

Sua escolha não é selecionar o vetor de direção para onde ir, mas mostrar um reforço ainda maior da meta em todas as etapas do seu caminho. Quando seus braços enfraquecem, suas pernas cedem, quando você cai e precisa se levantar para avançar novamente, é quando seu livre arbítrio se manifesta.

O Criador organiza uma descida para você; você deve entender por que Ele organizou isso para você e, assim, implementá-lo corretamente e seguir em frente.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 18/08/19

Blitz De Dicas De Cabalá – 12/05/19

laitman_281.02Pergunta: Você está no caminho da correção há tantos anos. Você pode dizer que é uma pessoa livre?

Resposta: Não sei se existe uma pessoa livre em nosso mundo no sentido que você está fazendo a pergunta. De fato, a liberdade como a entendemos não existe. Só é possível quando você sabe o que é a verdade e pode agir por causa dela.

Pergunta: Na medida em que me torno como o Criador, me torno livre?

Resposta: Sem dúvida, porque a influência do Criador sobre nós é a característica da doação. Se você a adquirir, entenderá que o Criador e o Criador o entenderá. Nesse grau, você se liberta do egoísmo e da influência do ambiente.

Pergunta: Existe um grau de liberdade como um estado de liberdade contra a violência e a coerção pelos desejos de outra pessoa ou grupo de pessoas?

Resposta: Não, quase sempre somos afetados por outras pessoas. A questão toda é em qual sociedade devo me colocar. Se eu me coloco em uma sociedade que está avançando em direção ao objetivo certo, me submeto a ela e a obedeço, é assim que alcanço esse objetivo. É assim que devemos realizar nossa liberdade.

Pergunta: Qual é a diferença entre liberdade de escolha e livre arbítrio?

Resposta: O livre arbítrio consiste em escolher como se comportar. A liberdade de escolha é a própria escolha.

Pergunta: Do ponto de vista da Cabalá, quão preciso é o postulado de Hegel de que “a liberdade é uma necessidade consciente”?

Resposta: Este é apenas um pequeno equívoco materialista.

Pergunta: Todos os pensamentos, desejos e ações que realizo são gerados pelo Criador?

Resposta: No momento, sim, mas quando você começar a adquirir um Masach (Tela), o Criador não fará o que Ele deseja dentro de você; em vez disso, você fará o que quiser com o Criador.

Pergunta: Todo mundo tem sua própria personalidade. O que é isso?

Resposta: A personalidade não nos incomoda. Mesmo assim, você está cumprindo suas exigências egoístas. Portanto, não importa qual é a sua personalidade. Uma pessoa gosta de comer, a segunda gosta de dançar, a terceira quer dormir. Que diferença isso faz? Em todos os casos, você está realizando seus desejos.

Da Lição de Cabalá em Russo 12/05/19

Blitz De Dicas De Cabalá – 12/05/19

laitman_281.02Pergunta: Você está no caminho da correção há tantos anos. Você pode dizer que é uma pessoa livre?

Resposta: Não sei se existe uma pessoa livre em nosso mundo no sentido que você está fazendo a pergunta. De fato, a liberdade como a entendemos não existe. Só é possível quando você sabe o que é a verdade e pode agir por causa dela.

Pergunta: Na medida em que me torno como o Criador, me torno livre?

Resposta: Sem dúvida, porque a influência do Criador sobre nós é a característica de doação. Se você a adquire, entende o Criador e o Criador o entende. Nesse grau, você se liberta do egoísmo e da influência do ambiente.

Pergunta: Existe um grau de liberdade como um estado de liberdade contra a violência e a coerção pelos desejos de outra pessoa ou grupo de pessoas?

Resposta: Não, quase sempre somos afetados por outras pessoas. A questão toda é em qual sociedade devo me situar. Se eu me coloco em uma sociedade que está avançando em direção ao objetivo certo, me submeto a ela e a obedeço, é assim que alcanço esse objetivo. É assim que devemos realizar nossa liberdade.

Pergunta: Qual é a diferença entre liberdade de escolha e livre arbítrio?

Resposta: O livre arbítrio consiste em escolher como se comportar. A liberdade de escolha é a própria escolha.

Pergunta: Do ponto de vista da Cabalá, quão preciso é o postulado de Hegel de que “a liberdade é uma necessidade consciente”?

Resposta: Este é apenas um pequeno equívoco materialista.

Pergunta: Todos os pensamentos, desejos e ações que realizo são gerados pelo Criador?

Resposta: No momento, sim, mas quando você começar a adquirir um Masach (Tela), o Criador não fará o que Ele deseja dentro de você; em vez disso, você fará o que quiser com o Criador.

Pergunta: Todo mundo tem sua própria personalidade. O que é isso?

Resposta: A personalidade não nos incomoda. Mesmo assim, você está cumprindo suas exigências egoístas. Portanto, não importa qual é a sua personalidade. Uma pessoa gosta de comer, a segunda gosta de dançar, a terceira quer dormir. Que diferença isso faz? Em todos os casos, você está realizando seus desejos.

Da Lição de Cabalá em Russo 12/05/19

Escravo Do Criador

laitman_278.03Pergunta: Existe esse conceito, ser um “escravo do Criador”. Mas a qualidade do Criador é a qualidade de doação e amor. Se você está nela, é um estado livre ou não?

Resposta: Livre, é claro.

Pergunta: Por que então chama-se “escravo”?

Resposta: Porque você escolheu esse estado para si mesmo. Você, você mesmo, escolheu.

Da Lição de Cabalá em Russo, 12/05/19

O Que Fazer Com Um Sonho Se Tudo Estiver Predeterminado

laitman_527.03Pergunta: Se tudo é predeterminado, o que devemos fazer com os sonhos? Não devemos sonhar?

Resposta: Sonhe em alcançar rapidamente o estado mais perfeito do mundo.

O fato é que toda a natureza é predeterminada. Ela nos arrasta para a frente, seja por um caminho bom, ruim ou intermediário. A sabedoria da Cabalá discute isso. Leia os artigos do Baal HaSulam, tudo é explicado lá.

O único problema é acelerar esse desenvolvimento e torná-lo mais confortável. Não apenas acelere e ande pelos solavancos em uma estrada ruim, mas transforme a estrada em uma estrada para que você a passe rápida e confortavelmente.

O objetivo futuro já foi definido. Nós estamos dentro dele; apenas temos que revela-lo.

Da Lição de Cabalá em Russo 28/04/19

Na Gaiola Do Seu Egoísmo

Laitman_115.05Pergunta: Um homem, ao contrário de um animal, pode ver algum tipo de prazer no futuro, calcular os passos e chegar a ele, desistindo do prazer nos estágios intermediários.

Por que, com um intelecto tão grande, ele não consegue calcular racionalmente o estado de equilíbrio com a natureza? Por que todas as suas tentativas racionais de construir uma sociedade equilibrada fracassam constantemente?

Resposta: Porque ele está dentro de sua natureza egoísta. Ele não pode calcular nada.

Comparando um egoísmo em relação ao outro, no que ele ganha ou perde mais, ele ainda se encontra dentro de seu egoísmo. Ele não é livre. Ele não tem o segundo grau de liberdade. O que ele considera liberdade é a ilusão de permanecer sob a influência de uma força coercitiva externa.

Pergunta: Ele não pode calcular: “Se eu usar meu egoísmo, vou me sentir mal?”

Resposta: É assim que sempre tentamos nos afastar dos problemas. Mas isso não significa que somos livres. Eu estou constantemente fugindo de golpes egoístas: uma vara daqui, uma vara de lá, e é assim que caio de manhã à noite.

Veja o que está acontecendo nas ruas, nos ônibus, no metrô, nos escritórios, em todos os lugares. Olhe para todo esse formigueiro humano! Onde podemos falar de liberdade?

Não há liberdade. É possível escolher, a qualquer momento, no máximo, como me parece, o estado confortável de todas as possibilidades. Isso é tudo.

Eu escolho o que me é dado, mas sou sempre limitado. O Criador brilha sobre mim através do estado corrigido, mas ainda não estou corrigido. Naturalmente, não entendo a influência Dele sobre mim. Para onde ele está me levando? O que Ele quer de mim a cada instante? Se não sei isso, que tipo de livre arbítrio pode haver?

Da Lição de Cabalá em Russo 5/12/19

A Evolução Dos Desejos, Parte 10

laitman_423.03O Que Determina As Intenções?

Pergunta: A sociedade controla nossos desejos. Determina com o que eles serão preenchidos. Somente a força superior pode alterar as intenções?

Resposta: As intenções também são determinadas pela sociedade. Mas se uma pessoa deseja mudar suas intenções contrárias à sociedade em que se encontra, ou seja, não quer permanecer nela, mas quer se elevar acima dela, então ela praticamente não tem oportunidade.

Portanto, a pessoa deve ir além dos limites dessa sociedade, remover-se fisicamente de sua influência ou atrair a influência de outro poder superior sobre si mesma. Então, ela pode mudar a si mesma. Caso contrário, a pessoa falhará.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 03/12/18

Evolução Dos Desejos, Parte 4

laitman_423.03A Sociedade Dita Os Desejos

Pergunta: Nossos desejos são controlados pela sociedade. Por que isso é configurado dessa maneira?

Resposta: Nossos desejos são definidos pelos desejos da sociedade porque existimos em interação com ela, em constante interconexão com todos os desejos da sociedade: pessoal, privado, global, não importa o que aconteça. Portanto, meu desejo é definido pela sociedade que me rodeia.

Pergunta: Isso significa que a sociedade controla nossos desejos?

Resposta: Não apenas os controla, define-os! Ela me aponta: este – sim, este – não, em que grau, etc. Tudo depende do ambiente em que eu existo.

Um desejo no nível humano pode mudar sua localização e cair sob várias influências sociais. De acordo com isso, também mudará os desejos.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 03/12/18

Uma Pessoa Pode Controlar Seu Destino?

Laitman_709Pergunta: O que significa controlar o próprio destino e é realmente possível controlá-lo?

Resposta: Uma pessoa controla seu destino em diferentes campos: pessoal, público, estatal, econômico, político etc.

Se entendermos que tudo é movido apenas pela luz superior, a força superior, e somente para nos desenvolver para que possamos percebê-la, revelá-la em nós mesmos, assemelhar-se a ela, então, na medida em que começarmos a nos esforçar para se tornar como a força superior, seguiremos um bom caminho em direção a ela.

Então, todos os seus efeitos sobre nós não serão percebidos como negativos, dolorosos e forçando-nos a mudar, mas como positivos, desejáveis ​​e bons. Tudo depende da nossa atitude em relação às forças do desenvolvimento.

Pergunta: O Cabalista sabe o que ele pode mudar em sua vida e o que não pode?

Resposta: Parcialmente sim.

Pergunta: Isso significa que um Cabalista não vai onde não pode mudar nada?

Resposta: Pelo contrário, ele se envolve em absolutamente tudo. O fato é que ele precisa participar de todas as ações, de todas as manifestações das forças da natureza.

Ao mesmo tempo, ele sabe de antemão o que pode mudar. O que ele não pode mudar também é uma ação ativa porque ele se restringe. Mas baseado em toda a gama, em todas as possibilidades de sua intervenção em si mesmo, na natureza, na sociedade, na família, etc., ele sabe como agir, como recrutar corretamente todas as forças da natureza no momento, reuni-las e ativar essa combinação.

Mas, novamente, apesar disso, vivemos em um mundo que precisa de uma séria correção; cada um de nós passa por formas muito graves de quebra e é submetido a uma grande pressão. Devemos experimentar todos os erros em nós mesmos, porque, como está escrito: “Não há homem justo na terra que tenha feito o bem e não tenha pecado primeiro”. Somente depois de passar por todos os estados pecaminosos, podemos alcançar o estado dos justos.

Uma pessoa justa é aquela que pecou muito, mas hoje entende as causas e consequências de tudo o que aconteceu com ela, e na medida em que aprende com os próprios erros, já pode ser uma pessoa justa.

É impossível para uma pessoa ser gentil, boa, correta e sábia, se não passou pelos estados opostos a estes. Apenas na medida em que se enganou, ela pode estar certa hoje.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 20/11/18

Mude O Mapa Do Seu Destino

760.4Pergunta: A Cabalá pode ajudar a mudar o mapa do seu destino, mesmo que ele seja decretado nas estrelas?

Resposta: O destino de cada um de nós é definido muito claramente. Se tomarmos os pontos inicial e final de nosso caminho, então, o que quer que você diga, cada alma deve passar por todos esses estágios e alcançar seu destino final, sua completa realização.

Depende de como você trilhará seu caminho: rápida ou lentamente, caindo, engatinhando ou escalando, ou, inversamente, voando de um ponto ao outro. Faz uma grande diferença se você passar por um grave sofrimento, se ele será negativo ou positivo.

No entanto, o ponto final para cada um de nós já foi estabelecido. Portanto, tudo o que a ciência da Cabalá oferece é com o propósito de não atrasá-lo.

Digamos que uma alma sai do ponto “A” para o ponto “B”. Você pode parar no ponto “n” e passar para o ponto “m” durante várias vidas, em um sofrimento terrível ou pode chegar rápido, como se estivesse em um voo. Portanto, nós determinamos o ritmo do nosso avanço, sua magnitude e sua qualidade. Depende de nós.

Isto é o que a ciência da Cabalá oferece. A ciência da Cabalá nos permite ver toda a perspectiva, para nos aproximarmos do objetivo final que devemos alcançar.

De forma prática, cada segmento do caminho é a realização do objetivo final, apenas em uma escala cada vez maior: Nefesh, Ruach, Neshama, Haya, Yechida ou os 125 passos do desenvolvimento gradual da alma.

À medida que desenvolvemos nossa alma, começamos a sentir como alcançamos e abrimos a natureza, nos tornamos incluídos nela, começamos a vê-la e a entendê-la. É como uma grande sinfonia que nos envolve e nos permite ser seu participante integral. Alcançar essa grande harmonia, quando cada parte em bilhões de estados se conecta com todos os outros em perfeita interação, é o maior prazer.

Pergunta: Nós avançamos em um caminho reto ou há sempre uma onda senoidal?

Resposta: Existe uma sinusóide, como é dito: “Não há justos no mundo que não tropeçam”. Mas a questão é que quando você tropeça, imediatamente se levanta, avança rapidamente, de modo que até mesmo nossos erros servirão para nos empurrar em direção à busca, ou seja, nos inspiram a avançar mais.

Da Lição Diária de Cabalá em Russo, 30/12/18