Textos na Categoria 'Livre Arbítrio'

Construa Seu Próprio Futuro!

743Pergunta: Por que a natureza esconde de nós informações sobre o futuro?

Resposta: A pessoa deve construir seu próprio futuro e não extraí-lo de várias fontes e esperar. Você tem que ter certeza de que mesmo o presente em que está vivendo agora, você mesmo constrói.

Não há nada real em nossa existência atual. A realidade não está no fato de que este é o tempo presente, mas no fato de que não há nenhuma verdade nele. Em vez disso, tudo é determinado apenas em relação a você.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 21/12/21

O Que Pode Mudar Um Indivíduo?

284.03Pergunta: Por que um indivíduo sente mais os outros enquanto outro só sente a si mesmo?

Resposta: Depende da raiz da alma. Não há nada que possamos fazer aqui, uma vez que foi definido inicialmente.

Não vejo como a humanidade pode se corrigir. Dia após dia, retiramos a estrutura anterior; está ficando cada vez pior e isso é um dado adquirido, embora alguns anos atrás parecesse terrível para nós.

Mas se uma pessoa começa a se envolver em sua perfeição com a ajuda da Cabalá, isto é, se ela invoca uma certa força da natureza que a criou, ela também a muda.

Durante a vida, podemos nos limitar de alguma forma e ter medo de alguma coisa, mas em princípio não mudamos. E a Cabalá se propõe a desenvolver uma pessoa de forma que ela se sinta livre em suas mudanças. Você precisa levar a pessoa a um estado em que lhe dê total liberdade – faça o que quiser – mas, ao mesmo tempo, ela se torne um elemento totalmente útil e perfeito da sociedade.

A Cabalá é definida com esse objetivo. É por isso que existe.

Para levar uma pessoa a amar seu próximo – todas as questões são resolvidas assim. Se ela trata os outros como a si mesma e ao mesmo tempo sobe ao nível do Criador, a força mais perfeita da natureza, ela não precisa de nenhum juiz; ela é seu próprio juiz, seu próprio guarda.

De KabTV, “Close-Up. Presunção de Inocência”, 10/03/10

Como Se Tornar Um Bom Pai?

627.2Não consigo pensar em nenhuma necessidade na infância tão forte quanto a necessidade da proteção do pai (Sigmund Freud).

Pergunta: Você acha que esta afirmação está correta?

Resposta: Está correta. Para uma criança o pai é tudo! Para um menino, sim. É biológico, é natural. É um exemplo!

Pergunta: Como isso pode estar relacionado ao fato de que não sentimos nosso pai? A humanidade não sente o Criador, o governo superior, e é por isso que a humanidade é assim. Posso dizer isso?

Resposta: Claro! Se sentíssemos o Criador como a força superior que nos gera e nos define a cada momento, naturalmente, seríamos diferentes. Mas isso não é possível. Caso contrário, não teríamos livre arbítrio.

Pergunta: Então, se sentíssemos o Criador, sentiríamos todo esse amor e bondade e seríamos oprimidos por eles? É por isso que nos foi dado o livre-arbítrio?

Resposta: Claro.

Pergunta: Os filhos que não tiveram pais ou seus pais foram rudes receberam livre arbítrio?

Resposta: Não, uma criança não pode ser culpada por nada. Ela entra em uma determinada situação e pronto.

Comentário: Ou seja, você segue a linha dura que por exemplo: se houver divórcio e houver filhos, principalmente se forem meninos e o pai deixar a família, então…

Minha Resposta: Isso é ainda pior. É um trauma para toda a vida.

Pergunta: E recebemos perguntas, principalmente de mulheres, que nos escrevem o tempo todo: “O que, é melhor ter um pai tão cruel?”

Resposta: Não se houver tal atrocidade, é claro. Mas um pai normal e exigente, mesmo que vá longe demais, ainda é melhor do que ser órfão.

Pergunta: E como alguém pode se tornar um bom pai?

Resposta: É preciso ser educado.

Pergunta: Os pais?

Resposta: Os pais, desde a infância. É preciso pegar as pessoas, eu diria jovens, e tentar explicar-lhes o que é a paternidade, o que é cuidar dos outros, e fazer deles bons pais.

Pergunta: E explicar a eles que o futuro das crianças depende disso?

Resposta: Explique tudo! Claro! Caso contrário, não funcionará sem definir o objetivo.

Pergunta: Então você acha que é necessário criar essa escola para pais?

Resposta: Sim, é necessário.

Pergunta: Então, podemos corrigir o futuro da humanidade?

Resposta: Claro! Determinaremos toda a geração futura por meio disso.

De KabTV, “Notícias com o Dr. Michael Laitman”, 07/10/21

O Que Está No Controle De Uma Pessoa?

760.2Pergunta: Uma pessoa determina quem conhecer, com quem se casar ou se divorciar e ter sucesso em sua vida?

Resposta: Uma pessoa não determina absolutamente nada, exceto uma coisa: perceber rapidamente seu estado como mau, escolher o próximo estado correto como bom, reunir rapidamente todas as forças possíveis e seguir em frente.

Colocar tudo bem, dar o passo certo de acordo com o desejo da mãe natureza e caminhar de mãos dadas com ela, esse é o nosso único livre arbítrio.

Uma pessoa não pode mudar mais nada. Com base no que ela poderia tomar decisões? Ela não tem nenhum dado. Como sabemos nosso próximo estado: o que é melhor, o que é pior, com que propósito?

O que eu escolho? Onde estão duas circunstâncias definidas diante de mim e o livre arbítrio entre elas? Em quê? Uma pessoa nunca tem isso.

Percebemos a falta de informação, interpretando mal a situação como liberdade: “Eu sou livre!” Em um minuto algo vai cair na sua cabeça, por que você está gritando?!

O homenzinho vive essa ilusão o tempo todo. Mas agora estamos gradualmente saindo disso e começando a entender que a natureza é independente, global. Afinal, todas as últimas descobertas científicas falam apenas sobre isso.

De KabTV, “Close-Up. Ilha de Fogo”, 01/01/10

Governado Pela Natureza

707Em nosso mundo, as pessoas são animais no sentido de que, como os animais, não têm livre arbítrio.

A força superior (natureza) nos controla da mesma forma que todo o mundo animal, então não somos diferentes deles. Agora estamos descobrindo mais, examinando nossos genes, hormônios e psicologia.

Por exemplo, vemos como são semelhantes os destinos de gêmeos que cresceram longe um do outro – seu habitat, filhos e família – embora não sejam próximos. Ou seja, uma pessoa é determinada por dentro, e mesmo as condições externas não a mudam particularmente. Tudo está em nós. A natureza nos governa e nos guia pela vida.

Parece-nos, como crianças pequenas, que somos livres. Mas as crianças estão constantemente sob os cuidados de adultos, nós as acompanhamos o tempo todo, mas para elas parece que são livres. É o mesmo conosco, pensamos que somos livres porque somos cegos.

Pergunta:  Então, de onde vem o empenho de uma pessoa por música, poesia ou algo sublime?

Resposta: Da mesma forma, os animais cantam, dançam e brincam uns com os outros. É apenas no ser humano que é mais desenvolvido.

Não estou dizendo que uma pessoa não seja diferente do nível animal. Ela é diferente. Ela tem fantasia e muitas propriedades adicionais. Mas não corresponde ao conceito de humano no sentido que a Cabalá propõe.

De KabTV, “Close-Up. Centauros”

Como Sentir A Liberdade?

612Pergunta: Controlar o destino significa elevar-se acima do seu egoísmo. Para fazer isso, você precisa de um grupo de pessoas com ideias semelhantes, em que uma pessoa se une a outras. Esta é a melhor maneira de sair do egoísmo. Por que obtemos liberdade de escolha precisamente depois de sair do egoísmo?

Resposta: Porque você já está livre do seu ego! Liberdade não é apenas liberdade. Onde estou? Em um espaço sem ar?

Liberdade é quando, por um lado, você sente que seu egoísmo está segurando suas pernas e não o deixa sair do chão. Por outro lado, você tem a força que o arranca dele. E você está no meio e os controla constantemente.

Isso é liberdade. Do contrário, se você romper com o seu egoísmo, não sentirá liberdade. Você precisa sentir que está sendo arrancado dele.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 26/10/21

Entenda O Programa Da Natureza

294.4A natureza é uma e todas as suas partes estão em integração completa, exceto o homem, a quem foi dado o livre arbítrio propositalmente, de modo que, ao usá-lo, ele próprio chegará à integração. Na medida em que se atrasar, ele será impelido pelo sofrimento até que queira dar passos independentes e, antes que a vara caia sobre ele, comece a se empenhar pela integração com a natureza. Estamos neste estado hoje.

É por isso que ficamos deprimidos e nem a família ou este mundo são satisfatórios para nós. Nós nos distraímos com drogas, não queremos ter filhos, etc. Por quê? Porque a natureza, ao nos devastar deliberadamente, nos faz sentir a necessidade de buscar um propósito especial pelo qual valesse a pena existir. É assim que a natureza nos prepara para um novo estado.

Vemos isso em todos os casos da vida. As pessoas perdem a motivação e não querem nada, então ocorre uma crise demográfica e o mundo está despencando em tudo. Isso é propositalmente estabelecido no programa da natureza para despertar em nós uma motivação especial.

Nós existimos para compreender a intenção da natureza, a sua ideia, que tipo de provocação nos é apresentada e como podemos chegar ao estado mais belo. Podemos nos tornar os mais bem-sucedidos no amor, na família e na amizade, e na implementação de qualquer programa, e ter sucesso em tudo.

Então veremos o mundo como grande e global e sentiremos como ele funciona e como reconstruí-lo e a sociedade.

De KabTV, “Através do Tempo”

A Decepção Do Livre Arbítrio

424.02Pergunta: A maioria dos físicos concorda que não temos livre escolha, livre arbítrio. Todo o processo de desenvolvimento é predeterminado, mas os Cabalistas dizem que esse desenvolvimento tem um objetivo e os físicos acreditam que tudo acontece por acidente.

Por que temos cem por cento de ilusão de que estamos fazendo escolhas?

Resposta: É assim que nos sentimos. O homem é um elemento sentimental da natureza como, de fato, todos os outros elementos. Mas ele tem a capacidade de perceber isso e controlar isso. Portanto, apesar das garantias de físicos, filósofos ou qualquer outra pessoa, uma pessoa não concorda intrinsecamente que outra pessoa a esteja controlando.

Como resultado, todos os tipos de guerras pela liberdade foram travados ao longo da história. A pessoa quer se sentir livre, caso contrário, ela não se sente como um ser humano. Esta é a base de nossa visão indomável do mundo.

Comentário: Do ponto de vista da física, tudo o que uma pessoa pensa e faz foi codificado no processo do Big Bang.

Minha Resposta: Mas isso não significa que você deva ficar parado e não fazer nada.

Os físicos dizem que tudo está predeterminado. Enquanto a Cabalá diz não, por um lado, tudo é predeterminado, ou seja, há uma vontade completa da natureza para tudo, mas por outro lado, o homem recebe a habilidade de ter controle de seu destino.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 26/10/21

Egoísmo Ou Transgressão?

962.2Pergunta: É egoísmo ou é uma transgressão quando faço mal aos outros para me sentir bem?

Resposta: O egoísmo por si só não é uma transgressão, é a nossa natureza. Transgressão é quando o usamos em detrimento dos outros.

Isso é muito simples. Se você faz algo que o faz se sentir bem, mas ao mesmo tempo é ruim para os outros, isso é uma transgressão. Também vice-versa – se você fizer isso apenas para se sentir bem, sem prejudicar os outros, está tudo bem.

Pergunta: Ao negar o livre arbítrio inicial, a Cabalá dá à pessoa a oportunidade de escolher entre as forças egoístas e altruístas. Como podemos entender isso?

Resposta: Esse é o nosso livre arbítrio. Devo me elevar acima do meu egoísmo e tentar agir apenas para o bem do meu próximo, que é chamado em nome do altruísmo.

De KabTV, “Conversas”, 01/11/21

Impulsionado Pela Natureza

629.3Pergunta: No artigo “A Liberdade”, Baal HaSulam escreve que a lei do desenvolvimento que nos empurra em direção a seu objetivo nos torna cativos porque uma pessoa é sempre atraída pelo prazer e foge do sofrimento. Existe alguma liberdade nisso?

Resposta: Não. E que tipo de liberdade pode haver se eu for apenas um desejo de receber prazer? Sempre há um certo número de opções de prazer e sofrimento diante de mim, e eu, de acordo com minha compreensão e disposição, escolho para mim aparentemente a melhor opção. Nesse estado, sou como um animal que simplesmente escolhe escapar do mal para o bem sempre que possível e o mais rápido possível.

Pergunta: Baal HaSulam e você muitas vezes usam o termo “animal” em relação a uma pessoa. Por quê? Parece duro.

Resposta: Isso não significa que reduzimos o homem ao nível de um animal.

A questão é que nossa natureza nos controla de forma totalmente rígida, especificamente, de acordo com uma determinada fórmula, e assim nos faz escolher a cada momento o estado que parece o melhor para nós. O único problema é que ambos os animais e nós escolhemos esses estados de acordo com nossa compreensão do que nos é revelado.

Uma pessoa, vendo um certo número de possibilidades à sua frente, escolhe a melhor: em parte instintivamente, em parte razoavelmente, calculando suas opções. O animal faz o mesmo. Porém, comete menos erros porque tem instintos mais desenvolvidos, que estão em um menor conjunto de variações e possibilidades.

Mas, em princípio, é o mesmo programa. E não há nada que uma pessoa possa fazer aqui. Portanto, se apenas vivermos nossa vida da maneira usual, seremos guiados pela natureza e não teremos nenhum tipo de livre arbítrio.

Como então você pode definir o que é liberdade? Liberdade de quê? Não estou livre do meu desejo de receber prazer. A única coisa é que posso escolher um certo tipo de prazer para mim. Nesse caso, substituo um pelo outro.

Por exemplo, posso me inscrever em um grupo de perda de peso. Eles vão fazer uma “lavagem cerebral” em mim e vou me comportar de maneira diferente: vou escolher outras formas de prazer em vez de comer doces. ou posso preferir fazer arte, ciência, etc.

Assim, posso cair sob a influência de certos fatores externos, e eles me darão uma escala de valores diferente. Ou seja, posso dizer que agora escolho uma determinada atividade ela se torna importante e para mim, agora eu extraio prazer dela. Mesmo assim, alguém me empurrou para isso. Em qualquer caso, estou dentro da mesma natureza que consiste apenas em prazer e sofrimento.

De KabTV, “Close-up. Ilha de Fogo”