Textos na Categoria 'Educação'

“Usar Máscara, Liberdade Versus Amor Aos Outros?” (Medium)

Medium publicou meu novo artigo: “Usar Máscara, Liberdade Versus Amor Aos Outros?

Salvadora de vidas para alguns e símbolo de tirania para outros – a exigência de usar uma máscara em público para prevenir o contágio da COVID-19 dividiu as sociedades em todo o mundo. Na América, as reações rebeldes e viscerais de um número significativo de clientes em lojas e escritórios, onde o uso de máscara é obrigatório, surpreendeu até mesmo especialistas em saúde mental. A indignação das pessoas foi expressa nas ruas dos Estados Unidos e também em grandes cidades como Berlim e Londres, onde milhares protestaram contra a medida. Mas estamos certos sobre o que a verdadeira liberdade significa? A clareza só pode ser alcançada quando temos consideração uns pelos outros.

A natureza é como um pai amoroso dando a seu filho um remédio amargo, enquanto nos comportamos como a criança que chuta, chora e se recusa a engolir. A natureza tem um propósito claro: trazer toda a humanidade à unidade. Assim, não seremos capazes de escapar da praga até percebermos que estamos em um barco, toda a humanidade.

Apesar do amplo suporte científico para a eficácia do uso de máscara para prevenir uma disseminação mais ampla da pandemia do coronavírus, o debate sobre sua eficácia se recusa a morrer entre aqueles que desafiam as coberturas faciais e o distanciamento social como medidas preventivas. Mas há uma razão mais profunda para sua recusa: a natureza humana. As pessoas estão dispostas a arriscar a vida de outras pessoas e a sua própria para preservar o que consideram suas liberdades pessoais. Elas se perguntam: “Por que uma ordem do governo deveria ser imposta para me restringir? O que é que põe freio na minha boca como um cavalo? Eu sou uma pessoa livre!”

Por Que O Sentimento Antimáscara?

Como alguém que estudou a natureza humana por mais de quarenta anos, posso entendê-las. Elas sentem as máscaras e as limitações que simbolizam como opressivas e degradantes. Algum vírus chega e, de repente, elas são obrigadas a usar máscaras, enquanto os governos parecem impotentes para lidar com a situação. Claro que elas vão gritar nas ruas. Os países que achavam que haviam lidado com a crise da Covid-19 com sucesso encontram-se caindo novamente. O vírus nunca termina; simplesmente não vai embora e nada parece ajudar.

O desafio das pessoas contra a exigência da máscara é uma evidência de nossa incapacidade, fracasso e até indiferença em educar nossas sociedades corretamente. As pessoas não foram educadas sobre como cuidar de si mesmas e ter consideração umas pelas outras. Não há governo no mundo que possa dar o exemplo a quem quer que seja, e também não entre os responsáveis ​​pelo sistema de saúde – todos seguem interesses específicos e particulares. Estamos testemunhando um colapso total do sistema humano. Não há basicamente nada entre as estruturas sociais existentes que possamos apresentar às pessoas como um exemplo a ser respeitado e ouvido – tudo é corrupto.

É o próprio vírus que impõe nossa educação. A natureza é obrigada a se comportar de todas as maneiras para colocar o homem em alinhamento com seu sistema, para o conhecimento de sua “inclinação ao mal”. Até que o homem alcance uma consciência superior, a natureza deve mostrar a ele que a destruição em sua vida provém da destruição em seu relacionamento com os outros.

A natureza é como um pai amoroso dando a seu filho um remédio amargo, enquanto nos comportamos como a criança que chuta, chora e se recusa a engolir. A natureza tem um propósito claro: trazer toda a humanidade à unidade. Assim, não seremos capazes de escapar da praga até percebermos que estamos em um barco, toda a humanidade.

Nós influenciamos e dependemos uns dos outros. Portanto, cada um deve agir de acordo, desenvolvendo a convicção e a intenção de evitar a transmissão do vírus e ferir outras pessoas. Quando virmos nossa situação sob essa perspectiva, não veremos as medidas obrigatórias como o uso de máscara como coerção, mas como um gesto de amor e cuidado pelos outros, implementado com uma bênção.

O mundo é circular e funciona da mesma maneira, como uma unidade. No estado atual, esse círculo está sendo atingido por crises de todas as direções. Então o que fazer? Devemos primeiro perceber que estamos imersos em um sistema de conexões inter-relacionadas. Isso significa que cada ação afetará o todo. Portanto, a única maneira de superar o estado de crise é pensar e se comportar como um, em responsabilidade mútua. Essa é a nossa verdadeira liberdade de escolha.

Qual Será O Estudo De 70% Da População Mundial?

laitman_265Pergunta: Você disse que no futuro 20 a 30% da população mundial trabalhará e 70% estudará. O que vão estudar?

Resposta: Se você calcular a porcentagem de pessoas que precisamos na força de trabalho, incluindo cientistas, programadores e todos os outros especialistas apenas para fornecer às pessoas tudo o que é necessário para a existência e não produzir excedentes desnecessários para ninguém, então acho que será de 20 %.

E todo mundo vai estudar e conseguir uma bolsa para isso, não o seguro-desemprego como agora, quando as pessoas ficam sentadas em casa sem fazer nada.

Eles aprenderão sobre a integralidade do mundo e a interação correta uns com os outros, a fim de estar no nível humano, não no nível da natureza inanimada, vegetativa ou animada, mas no nível da natureza humana.

Estando devidamente interconectados, eles fornecerão ao mundo uma dependência mútua integral. Nesta esfera, todos se sentirão acima do egoísmo do nosso mundo, eterno e perfeito.

Para atingir este estado, precisamos educar toda a humanidade. E para nos alimentarmos em um nível normal, confortável, mas necessário, não precisamos de mais de 20%. E não será alguma classe de escravos porque eles darão apenas 20% do seu tempo para conseguir e produzir o que precisam.

A natureza nos levará a isso, não importa o quanto resistamos. Não podemos mais resistir, não podemos mais nos desenvolver egoisticamente e colocar apenas o dinheiro na linha de frente. Não vai adiantar nada mesmo.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 24/05/20

“Uma Catástrofe Geracional Na Educação” (Medium)

Medium publicou meu novo artigo: “Uma Catástrofe Geracional Na Educação

O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, alertou que estamos enfrentando uma “catástrofe geracional” na educação por causa do fechamento das escolas durante a pandemia de coronavírus. Por um lado, eu entendo por que isso é triste. Por outro lado, se observarmos como as pessoas se saem depois de passar toda a infância e adolescência no sistema educacional, não tenho tanta certeza de que devemos nos arrepender de seu fechamento. Na minha opinião, é na verdade a desconexão do sistema antigo que nos permitirá examiná-lo de fora, criticá-lo e criar um sistema novo e melhor.

O sistema educacional correto deve enfatizar a conexão humana, não a inculcação de informações. Deve ensinar às crianças que pessoas com visões diferentes não são inimigas.

A violência nas ruas e nas residências, a taxa de criminalidade, abuso de substâncias, prostituição, índices de depressão, suicídios, tudo isso é resultado da educação que damos a nossos filhos. Podemos lamentar o fechamento do sistema educacional, mas, a julgar pelos resultados, não foi uma história de sucesso.

A deterioração não começou com o surgimento da Covid-19. Ela já dura décadas. O sistema educacional foi construído durante a Revolução Industrial, e seu objetivo era fornecer aos agricultores que migraram para as cidades o conhecimento necessário para se tornarem operadores de máquinas. Com o tempo, adicionamos mais e mais campos de conhecimento ao sistema escolar, mas não mudamos o princípio básico: memorize o material que seus professores lhe dizem e isso é tudo o que você precisa para fazer um bom trabalho.

Em algum lugar ao longo do caminho, esquecemos que a escolaridade dá conhecimento às crianças, mas não as melhora como seres humanos. Essa parte, a que ensina como se comunicar com outras pessoas, como cuidar um do outro, como ser um elemento positivo na sociedade, foi completamente esquecida. Os pais não ensinam mais porque as crianças não estão em casa, e as escolas não ensinam porque não foram criadas para isso, então o resultado é que dezoito anos depois de nascerem, as crianças doces a quem depositamos nossas esperanças tornaram-se selvagens crescidos e incorrigíveis. É por isso que é tão bom que as escolas tenham fechado; é mais um benefício da Covid-19 para a sociedade.

O sistema educacional correto deve enfatizar a conexão humana, não a inculcação de informações. Deve ensinar às crianças que pessoas com visões diferentes não são inimigas. Pelo contrário, elas nos mostram perspectivas que de outra forma poderíamos ter perdido. Mesmo se discordássemos de outras pessoas, não saberíamos por que pensamos o que pensamos se não fosse a necessidade de articular nossos pontos de vista.

Além disso, em um mundo tão cheio de opostos, é fácil ver que, assim como nada na natureza está completo sem o seu oposto, o mesmo acontece com as pessoas. Quando temos opiniões diferentes, pode parecer que estamos discutindo sobre a opinião correta, mas, na verdade, estamos avançando o mundo inteiro para um nível mais elevado de existência.

Da mesma forma, quando olhamos para os nossos pés enquanto caminhamos, parece que eles estão competindo. Mas nós, que os vemos de cima, sabemos que a aparente competição é realmente um avanço de todo o corpo em direção ao próximo lugar que queremos ir. Se não fosse pela aparente competição, não avançaríamos, ficaríamos parados.

Mas as crianças não aprendem tudo isso na escola; elas apenas memorizam. É por isso que estou tão feliz que finalmente chegamos a um ponto em que podemos realmente nos educar, nos tornar seres humanos, não computadores humanos. Agora, talvez, haja esperança para nossa espécie.

Guia Para Formar Uma Equipe, Parte 12

laitman_530Uma Equipe É Uma Rede De Conexão

Pergunta: Muitos psicólogos dizem que uma equipe é um superorganismo, uma entidade viva separada. Essa é uma rede de conexão em que a equipe em si é mais do que a soma de indivíduos.

Os próprios membros da equipe precisam chegar a esse sentimento? Ou não é uma organização criada artificialmente, mas um modelo natural? Se nos conectarmos corretamente ao seu campo, como nos conectamos à Internet, a equipe será um guia.

Resposta: Se estivermos corretamente integrados à equipe, ela começará a nos afetar como uma força superior externa completamente separada. Embora seja criada por nós e interagimos nela porque cultivamos a unidade nela, ela se torna acima de nós e nos influencia.

Pergunta: Isso significa que a equipe em si é um condutor para alcançar algum objetivo mais elevado?

Resposta: Para alcançar o próximo nível de conexão.

Pergunta: O que as pessoas começam a sentir através dessa equipe? É algum tipo de campo de informação, uma força?

Resposta: Uma força única que as une, que carrega novas informações de um novo nível da natureza, porque é a força da conexão, que não existe na sociedade humana comum.

De KabTV, “Habilidades de Gerenciamento”, 18/06/20

Guia Para Formar Uma Equipe, Parte 11

laitman_544As Relações Financeiras São Aceitáveis ​​Em Uma Equipe?

Pergunta: Não é recomendável ter relações financeiras, pedir dinheiro emprestado ou receber serviços dentro da equipe. Estamos todos no processo de construção de conexões calorosas. As relações financeiras podem gerar conflitos indesejados? Quão crítico é isso?

Resposta: Cem por cento, isso não deveria estar acontecendo.

Isso deve ser suprimido pela amizade. Quero dizer, você pode me trazer um presente de aniversário, por exemplo, uma garrafa de uísque, e eu lhe trarei algo de presente. No entanto, não pode haver relações e dependências puramente financeiras. Elas não têm lugar na equipe.

Essas são as condições com base nas quais o grupo surge. Se houver tais excessos, devem ser interrompidos imediatamente. Essas pessoas devem ser imediatamente removidas do grupo.

Pergunta: Mesmo assim? Isto é, se de repente duas pessoas entraram em contato financeiro, alguém deu um emprego a alguém?

Resposta: Isso não é mais um grupo, não há relações amigáveis ​​entre eles.

Pergunta: Se eu sou o chefe e ele é meu subordinado, não podemos mais estar no mesmo grupo?

Resposta: Não.

Pergunta: Podemos prestar serviços uns aos outros?

Resposta: Além disso, em raras ocasiões. Depende de quais serviços.

Comentário: Por exemplo, alguém é instalador e alguém é dentista. Eles se ajudam, dão alguns descontos por seus serviços. Afinal, hoje não há confiança em ninguém. Se você chamar algum instalador, vá descobrir o que ele fará. Assim, eu já tenho um amigo.

Minha Resposta: Eu não sei. Tudo isso não é simples. Pelo menos nos estágios iniciais, é melhor obter ajuda de outros grupos. Não confunda nossos relacionamentos internos com alguns externos, oportunistas.

De KabTV, “Habilidades de Gerenciamento”, 18/06/20

Guia Para Formar Uma Equipe, Parte 10

laitman_544Princípios de Formação da Equipe: Manter O Espírito De Equipe

Pergunta: Nona regra: mantenha o espírito de equipe.

Durante as reuniões, precisamos nos elevar acima de nossos sentimentos e interagir com os membros da equipe, independentemente do nosso verdadeiro estado, ou seja, jogar o estado para o qual queremos chegar. Jogar um estado mais perfeito atrai forças sobre nós que nos mudam.

Quais são essas forças? Como tocamos esses estados artificialmente?

Resposta: É necessário delinear essas condições e exercícios para causar esses estados e tentar analisá-los mais tarde. Essa é uma prática psicológica de grupo.

Pergunta: O princípio do “hábito se torna uma segunda natureza” pode entrar em ação aqui? O fato de artificialmente começarmos a cultivar esses estados e a superar nossos sentimentos e ressentimentos pode se tornar um hábito?

Resposta: O hábito é bom quando há distúrbios que estão nos mesmos níveis, nas mesmas condições. No entanto, se houver interferências crescentes e em outras condições, o hábito não ajudará muito. Aqui você precisa da influência da equipe, do ambiente.

Pergunta: O método em si consiste em modelar as conexões corretas, descrevê-las e tentar alcançá-las de alguma maneira?

Resposta: Sim. No entanto, devemos entender que em uma equipe como essa estamos constantemente crescendo e constantemente gerando novos níveis de interação integral. Portanto, não é um trabalho mecânico.

Pergunta: Décima regra: estabelecer uma estrutura de comportamento, um sistema de controle e incentivar o autocontrole.

No primeiro estágio, o controle deve ser fornecido pelo integrador, ou devemos escolher os indivíduos responsáveis ​​da própria equipe e, em seguida, alterá-los constantemente para que não haja aversão a eles pelos outros?

Resposta: Eu acho que é melhor da própria equipe. A equipe deve mudar constantemente de papéis entre seus membros. Então todos entenderão o que é exigido deles e dos outros. E o instrutor fica do lado de fora da equipe e vê como eles funcionam.

De KabTV, “Habilidades de Gerenciamento”, 18/06/20

Guia Para Formar Uma Equipe, Parte 9

Laitman_524.01Princípios De Formação Da Equipe: Responsabilidade Por Pensamentos E Ações

Pergunta: Oitava regra: você deve ser responsável por cada palavra que diz na equipe e lembrar que nossos pensamentos e ações afetam todo o grupo.

Em outras palavras, a frivolidade prejudica acima de tudo. Ela mata todas as tentativas de construir as conexões corretas e interfere no espírito de equipe.

Como uma pessoa pode controlar seus pensamentos?

Resposta: Através da preparação. Não no momento em que os pensamentos já estão aparecendo em você, mas em todos os estados anteriores que determinam esses pensamentos.

Pergunta: Ainda haverá conflitos e interrupções nos estágios iniciais. O que podemos fazer se isso acontecer? Que tipos de punição podemos usar?

Resposta: Nenhuma. De jeito nenhum. Só precisamos incentivar as pessoas a se comportarem de maneira diferente.

Pergunta: Digamos que uma pessoa tenha de alguma forma mostrado frivolidade e crítica em relação a outra. A outra pessoa ficou ofendida. O que fazer? A equipe está destruída, elas não se falam.

Resposta: Pelo contrário, precisamos nos sentar em círculo e discutir esse problema. Resolva-o de tal maneira que apenas fortaleça as conexões entre elas. Devemos considerar todos os excessos necessários durante a formação de uma equipe.

De KabTV, “Habilidades de Gerenciamento”, 18/06/20

Como Podemos Prolongar A Vida?

laitman_560Pergunta: Em um experimento, os lares para idosos estavam conectados a orfanatos e os pesquisadores notaram que o funcionamento diário dos idosos melhorou com a presença de crianças e o medo, insegurança, indiferença e restrição anteriormente observados nas crianças desapareceram e elas se tornaram como crianças comuns, barulhentas e inquietas. Como podemos explicar isso?

Resposta: Isso aconteceu porque as duas partes não possuíam essas coisas. Os idosos careciam de crianças inquietas, e as crianças careciam do tipo que os adultos podem lhes dar. Esta é a melhor maneira que a vida se complementa.

Os órfãos adquirem uma sensação precisa e clara de segurança e bondade em relação ao mundo e à vida. Os idosos suavizam o sentimento do mundo em muitos aspectos.

Mesmo que eles não tenham uma conexão especial, a transmissão de energia, a conexão externa e até a percepção de que esse fenômeno existe, criam uma imagem e uma atmosfera totalmente diferentes.

De fato, de acordo com a natureza, somos construídos para viver com três gerações juntos – filhos, pais e avós. Duas gerações não são suficientes.

Uma criança precisa ver isso, assim como seus pais a criaram e seus pais foram criados por seus pais. Assim, ela vê continuidade, um fluxo, evolução. Ela vê como seus pais se relacionam com os pais, e esse é um modelo para ela sobre como ela deve tratar seus pais.

Ela precisa aprender muito com os avós, porque sabemos que “Israel, Saba (avô) e sabedoria” são um sistema completo em nossa conexão espiritual, e, portanto, é muito importante. Aqui, quando falamos de órfãos, o resultado deve ser incrível.

De KabTV, “Notícias com o Dr. Michael Laitman”, 27/11/18

Guia Para Formar Uma Equipe, Parte 8

laitman_530Princípios De Formação Da Equipe: Pare De Fofocar

Observação: Sétima regra: Qualquer tipo de fofoca é proibido na equipe. Até críticas são possíveis apenas em um tempo predeterminado, com preparação especial.

Meu Comentário: Isso é óbvio. De acordo com a condição anterior de que vemos apenas a nós mesmos e não aos outros, que críticas podem existir? Isso significa que eu me critico. Ou critico a maneira como vejo os outros em mim. É porque eu nunca vejo mais ninguém.

Pergunta: Com que frequência você recomenda realizar reuniões em que começamos a criticar um ao outro e a fazer reivindicações?

Resposta: Às vezes, como um exercício. Talvez uma vez por mês. Não mais que isso.

Pergunta: Até lá devo guardar tudo para mim?

Resposta: Até lá faça exercícios: tudo o que penso sobre o outro, penso em mim mesmo.

Observação: Você disse que, nos estágios iniciais do desenvolvimento da equipe, é melhor expressar críticas não diretamente, mas através de indivíduos responsáveis. Afinal, se eu contar diretamente a uma pessoa, como egoísta, ela não aceitará isso, e haverá um conflito.

Meu Comentário: Sim. É melhor fazer isso indiretamente.

Pergunta: Não é melhor ter relações diretas e honestas entre colegas?

Resposta: Talvez. Mas isso depende do estágio do treinamento.

Pergunta: Então, você não aconselharia criticar diretamente no estágio inicial?

Resposta: Não. Somente quando você tiver acumulado um número suficiente de esclarecimentos, colisões e conexões mútuas, quando começar a se entender mais profundamente, melhor, e o objetivo se tornar mais óbvio e necessário, você poderá passar para esse nível de relacionamento. .

Pergunta: Precisamos determinar com antecedência alguns tópicos sobre os quais não falaremos, pois sabemos que eles causarão conflitos? Por exemplo, política, religião e família. Ou, pelo contrário, devemos revelar tudo isso entre nós?

Resposta: Não. Não falamos sobre nada que possa ser mal recebido por outras pessoas. Não devemos abordar esses tópicos até que tenhamos se saído tão bem que paramos de ver os outros como algo além de nós mesmos. Então tudo isso vai embora. Não haverá motivo para restrições.

Observação: De fato, a diferença entre os sexos, entre homem e mulher, as diferenças nacionais e religiosas estão tão profundamente presentes na pessoa que, até que ela se erga acima delas, é melhor não tocar nesses tópicos. Isso pode destruir qualquer equipe: nos negócios, nos esportes, em todos os lugares.

De KabTV, “Habilidades de Gerenciamento”, 18/06/20

O Eterno Problema De Pais E Filhos

laitman_559Pergunta: Por que os filhos, quando crescem, ficam insatisfeitos conosco e acreditam que não somos pais ideais?

Resposta: Porque nós os criamos para serem egoístas.

Eu também estava insatisfeito com meus pais, exigia cada vez mais deles, até me tornar pai e obter o mesmo de meus filhos. O que podemos fazer?

Até que o mundo mude e melhore, será assim.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 10/05/20