Textos na Categoria 'Convenções'

O Dever De Israel Em Relação À Humanidade

laitman_962.1O dever de Israel em relação à humanidade é um tópico muito importante, porque determina todo o nosso trabalho direcionado ao resultado final: conectar todos os seres criados em um único ser em adesão ao Criador. Esse processo inclui interioridade e externalidade porque existe o Criador e o ser criado, e ambos os sistemas consistem em partes interna e externa.

A parte interna do Criador é Atzmuto, Sua essência, e a parte externa é Sua atitude em relação aos seres criados. Os seres criados consistem em Israel e nas nações do mundo na proporção da intensidade do desejo que permanece após a quebra.

O ponto que desperta em uma pessoa e a leva à correção é chamado “direto ao Criador” (Yashar-Kel), Israel. Essa pessoa deve receber ajuda de cima e também organizar o ambiente e o trabalho desde baixo.

O objetivo da criação é o fim da correção geral, e, portanto, devemos ansiá-lo o tempo todo. Isso atrairá a força superior, que deseja que todos saibam disso, do menor ao maior. Portanto, devemos levar esse conhecimento a todas as nações do mundo e fornecer-lhes uma conexão com a força da correção e da unidade, nos vendo no papel de Jonas, o Profeta. Embora não desejemos nem saibamos como fazer isso, entendemos a importância e a grandeza de nossa responsabilidade de nos tornarmos a luz para as nações do mundo.

“O resultado final está no pensamento preliminar” e, portanto, já devemos ver o objetivo final e o estado final, verificando cada passo na medida em que atingimos esse objetivo. Todo o nosso caminho é realizar o propósito da criação, o estado final corrigido, aproximando-nos cada vez mais e aperfeiçoando-nos.

O objetivo da grande convenção em Tel Aviv é conectar todo o grupo Bnei Baruch em todo o mundo, estabelecendo assim as bases para a correção geral do mundo. 1

Nós recebemos o despertar espiritual apenas porque é necessário para a nossa geração, que é obrigada a iniciar a correção. Portanto, se quisermos progredir, temos que pensar para quem estamos trabalhando. Nós, Israel, somos o canal de transição que conecta o Criador com os seres criados. Se nos tornarmos obreiros fiéis do Criador e cumprirmos nossa missão sem pensar em nossa própria recompensa e destino, mas apenas em dar satisfação ao Criador e aproximar Dele os seres criados para que Ele possa corrigi-los e cumpri-los, teremos sucesso.

Portanto, devemos levar em consideração não o nosso sucesso, mas apenas a nossa missão como servos do Criador e dos seres criados, e então podemos nos tornar parceiros do Criador na criação. O principal é explicar nosso estado futuro para a humanidade, que já existe na natureza e deve ser revelado. Se estamos prontos para esta revelação, nós a percebemos como bons tempos. Mas se não estamos prontos, a natureza ainda nos leva pelos mesmos estados ao final da correção, mas os sentimos desagradáveis ​​e sofremos. Portanto, para o benefício do Criador e o benefício dos seres criados, precisamos preparar a humanidade para os próximos passos e ajudá-los a aumentar constantemente sua conexão. 2

Por que discutimos essas dolorosas questões do antissemitismo, do Holocausto e do nazismo, se há tantos tópicos legais na Cabalá? O fato é que é para o bem da cura, e o tratamento é desagradável e doloroso. O apodrecimento era interno e agora que o médico está abrindo para curá-lo, certamente dói. No entanto, não há saída, precisamos abrir essa ferida e verificá-la para entender o que fizemos de errado e como continuar.

A correção não é revelada na natureza inanimada, vegetativa e animada, mas depende do material humano na medida em que ele sente os estágios de seu desenvolvimento. Se entendermos como devemos nos desenvolver, daremos as boas-vindas às ações do médico. Até os animais toleram a dor se sentem que uma pessoa está tentando ajudá-los.

No entanto, não devemos apenas tolerar isso, mas participar de nosso próprio desenvolvimento, e esses estágios se tornarão agradáveis ​​para nós, não apenas em nossas sensações, mas também trarão compreensão e realização. Realizaremos nosso próprio tratamento com a ajuda da força superior. Esse desenvolvimento se tornará desejável para nós, porque estaremos nos olhando de cima, desejando receber a força de doação contra nosso desejo egoísta.

De outro modo, veremos a mesma catástrofe ocorrida há oitenta anos na Alemanha, sabendo o que acontecerá se não intervirmos no curso dos eventos. O caminho para o fim da correção já foi definido, mas é possível percorrê-lo pelo caminho da luz ou pelo caminho do sofrimento – a escolha é nossa. Não há como escapar disso.

Devemos tirar conclusões da história passada para o futuro, porque a história sempre volta, as dez Sefirot são reveladas novamente em nosso mundo, é sempre o mesmo processo. Ocorre com novas armas e em uma nova escala, sempre cada vez maior, mas a imagem geral sempre se repete.

A humanidade está à beira de uma guerra mundial. Não se trata mais de ações extremistas individuais, mas de escapar da catástrofe global – a terceira guerra mundial sobre a qual Baal HaSulam escreveu. Esta não é uma perspectiva de longo prazo e pode acontecer a qualquer momento. Antigamente, uma guerra exigia longos preparativos, movimentação de tropas, navios de guerra e hoje basta apertar um botão para destruir metade do mundo.

O aumento dos ataques com base no antissemitismo são apenas sinais iniciais do processo final da correção geral do mundo durante uma guerra mundial. Afinal, vivemos na última geração, na era do fim da correção, por isso não será limitado a uma guerra local em algum lugar da Europa como antes. A guerra cobrirá todo o planeta, todos começarão a acertar as contas. Será revelado que cinquenta países têm armas nucleares, o que é desconhecido no momento. 3

A cada dia que passa, fica cada vez mais claro que o mundo precisa se unir; caso contrário, desmoronará. A cola é uma conexão que só pode ser alcançada pelo exemplo de Israel. Não há outro caminho de acordo com as leis da natureza. 4

As pessoas devem entender:
1. A chave de todo o processo histórico está no povo de Israel.
2. A forte reação do egoísmo geral das nações do mundo é causada pelo fato de os judeus hesitarem e não acelerarem a correção.

Agora fica claro como devemos agir juntos: Israel e as nações do mundo. O antissemitismo, o ódio contra os judeus, nas nações do mundo, desperta para empurrar os judeus adiante.

Está escrito nos Profetas que as nações do mundo levantarão Israel em seus ombros e os levarão a construir o Templo. Você acha que os judeus serão carregados em uma bandeja como um presente? Não, será na forma de uma demanda. O povo de Israel deve sentir a necessidade das nações do mundo de correção, de compreensão do pensamento da criação, de seu propósito. Todos os problemas deste mundo são o resultado do fato de que a humanidade não recebe resposta sobre a causa de seu sofrimento. Isso é sofrer pela falta da luz de Hassadim, a conquista do Criador, razão pela qual as drogas são tão comuns. Isso é tudo porque Israel não carrega a luz superior através deles mesmos para as nações do mundo.

As nações do mundo devem aprender seu papel, como devem usar a atitude negativa em relação aos judeus, o ódio que está despertando nelas, e transformá-lo em uma demanda para que, juntamente com o povo de Israel, possam realizar a correção. O método está no povo de Israel e o poder está nas nações do mundo, por isso devemos caminhar juntos até o fim da correção. 5

Da 1a parte da Lição Diária de Cabalá 30/12/19, O Dever De Israel Para Com A Humanidade
1 Minuto 0:00
2 Minuto 9:40
3 Minuto 13:00
4 Minuto 32:00
5 Minuto 40:40

O Criador Está Dentro Da Conexão

laitman_938.02Pergunta: Durante a Convenção, passamos por muitas coisas. Como podemos manter isso para que não vivamos de Convenção à Convenção, mas multiplicemos a experiência todos os dias?

Resposta: Na Convenção, eu tentei provar a vocês que, quando vocês se conectam, se aproximam do Criador. Vocês devem se lembrar claramente disso, gravar isso em seu coração.

Somente conectando-nos um ao outro é que nos aproximamos do Criador, porque, para começar, Ele está dentro da nossa conexão. Isso é tudo.

Pergunta: Tanto na ocultação quanto na revelação?

Resposta: Em todo lugar, sempre.

Da Convenção Mundial de Cabalá na Moldávia 08/09/19, “Juntando Todos os Estados em Direção ao Criador”, Lição 7

Alcançar O Criador No Centro Do Grupo

laitman_938.04Pergunta: No nosso caminho, devemos passar por momentos de ódio. Se o ódio não é revelado, é sinal de que não estamos avançando?

Resposta: Não devemos esperar sentimentos negativos. Se não os temos, que assim seja. Nós apenas precisamos nos mover em direção ao centro do grupo e procurar persistentemente o Criador nele.

Nosso trabalho é muito simples. Como Baal HaSulam escreve no artigo “Arvut” (Garantia Mútua), o Criador leva uma pessoa ao grupo, coloca sua mão no caminho certo e diz “Siga-o”.

Agora, no grupo, precisamos apenas aumentar a influência do ambiente sobre nós, até alcançarmos o Criador no centro do grupo. É isso aí! Não há mais nada!

Veremos que o mundo ao nosso redor é tudo ficção. Tudo isso é o mundo ilusório (Olam ha Medume). Existe apenas a dezena e o Criador dentro da dezena. Eu quero que vocês saiam da Convenção com esse pensamento, com essa verdade.

Da Convenção Mundial de Cabalá na Moldávia, 08/09/19, “Juntando Todos Os Estados Em Direção Ao Criador”, Lição 7

Argumento Sem Sentido

laitman_938.04Pergunta: Um estudante pode discutir com o professor?

Resposta: Não acho que isso seja possível, a menos que o estudante tenha se aproximado do professor. No entanto, eles também não têm argumento. Talvez haja escrutínio de alguns fenômenos ainda não claros. Que tipo de argumento eles podem ter?

Nós estamos estudando o sistema superior de governança do nosso mundo e quem o alcança não tem dúvidas sobre sua confiabilidade. Quem não o atinge está flutuando no ar. Para ele, tudo pode parecer confiável ou não – como ele quer vê-lo. Portanto, este é um argumento inútil. Ninguém faz isso.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 27/10/19

Blitz De Dicas De Cabalá – 09/07/19, Parte 5

laitman_595.03Pergunta: Como alguém pode aceitar corretamente presentes sem fim do Criador sem se curvar à vergonha de receber, como alguém pode fazer isso com alegria?

Resposta: Agradeça e faça o mesmo com os outros.

Pergunta: O que é escuridão?

Resposta: É o que o distingue do Criador.

Pergunta: Como posso fortalecer minha atitude em relação ao Criador?

Resposta: Faça o que quiser, não vai ajudar. Você é um grande herói até que Ele o belisque. Então você começará imediatamente a chorar.

Pergunta: Como a dezena não pode fugir da revelação das corrupções?

Resposta: Apoiando-se mutuamente e orando ao Criador.

Pergunta: Mesmo que você chegue à conclusão de que é impossível mudar sua natureza para doação, nasce uma forte descrença no Criador. No entanto, a oração é impossível, não há força para pedir. Você também não vê o ponto por causa da falta de fé no Criador. O que devo fazer e como não posso deixar o caminho?

Resposta: Não acredite. Quem te faz acreditar? Fé é o sentimento do Criador. Não é o que você imagina para si mesmo: eu apenas acredito que Ele existe. Isto não é Cabalá, mas religião.

Da Lição 5, Convenção Mundial de Cabalá na Moldávia 09/07/19, Voltar-se ao Criador

Blitz De Dicas De Cabalá – 07/09/19, Parte 4

595.04Pergunta: Quando pedimos ao Criador a luz da correção, através do que Ele age sobre nós?

Resposta: Através do grupo.

Pergunta: Você designou períodos de desenvolvimento espiritual: 13 anos, 20, 70 e 120. O que são esses períodos?

Resposta: São fases do desenvolvimento espiritual. Não têm nada a ver com anos em nosso mundo.

Pergunta: Como elas são chamadas?

Resposta: Concepção (Ibur), pequenez/infância (Katnut), grandeza/idade adulta (Gadlut). Você deveria estudar Cabalá.

Pergunta: Qual é esse salto comum na espiritualidade e qual é o esforço final?

Resposta: O salto comum na espiritualidade é simplesmente um salto. Não pode ser de outra maneira. Uma pessoa não pode fazer nada, apenas através de um salto comum.

O esforço final antes do salto é quando cada a pessoa se anula diante dos outros em prol do salto.

Pergunta: O que é a vergonha? Como alguém pode se acostumar a ser grato pelo sentimento de vergonha?

Resposta: Vergonha é o sentimento da minha disparidade com o Criador. Todo o resto é simplesmente me sentir chateado por ter sido pego roubando. A verdadeira vergonha é a disparidade com o Criador.

Pergunta: Em uma de suas cartas, Baal HaSulam escreveu que se alegrava com os obstáculos revelados e que se você prestar atenção a eles, eles se transformarão em uma pilha de ossos. Como podemos determinar o que é um obstáculo e o que significa prestar atenção nele?

Resposta: Se algo está entre meus amigos e eu ou entre o Criador e eu, isso é chamado de obstáculo. Então presto atenção ao fato de que isso me incomoda e me volto diretamente à oração, ao Criador, e isso se torna uma “pilha de ossos”.

Da Lição 5, Convenção Mundial de Cabalá na Moldávia 09/07/19, Voltar-se ao Criador

Blitz De Dicas De Cabalá – 07/09/19, Parte 3

Laitman_138Pergunta: Como as quatro fases do desenvolvimento da natureza (inanimado, vegetativo, animado e humano) correspondem à idade física de uma pessoa? Com que idade ela se torna homem (Adam)?

Resposta: Não há correspondência com isso. O ser criado pode se tornar um homem (Adam) em qualquer idade. A experiência espiritual não depende da idade.

Pergunta: Houve casos em que os sábios oraram para esquecer todo o seu conhecimento e começar do zero. Como é possível avançar sem análise comparativa? Por quais parâmetros uma pessoa pode comparar a revelação de seus sentimentos ou qualquer mudança?

Resposta: Quanto mais uma pessoa esquece, para que não haja mais nada no cérebro e na alma, mais rápido e melhor pode avançar.

Pergunta: Quais são os estágios de desenvolvimento do Criador na dezena?

Resposta: Esses estados são chamados de concepção, nove meses de desenvolvimento, nascimento, dois anos de amamentação, educação até os seis anos de idade, depois de 13 a 20, 70 e até os 120 anos. Essas são as fases do desenvolvimento da alma.

Pergunta: Você disse que o pensamento é primário, acima da carne. O que isso significa?

Resposta: Naturalmente, o pensamento é a coisa mais importante em nosso mundo, mesmo no egoísta. Portanto, acima do pensamento, existe apenas o próximo nível: o Criador. No entanto, o pensamento não existe por si só. O pensamento é a expressão do coração, expressão do desejo.

Pergunta: Como podemos perguntar ao Criador corretamente quando há uma divisão na dezena?

Resposta: Peçam a Ele para reuni-los. Imagine que vocês não tinham nada além de um prato e de repente ele se partiu. Vocês podem receber tudo nele. Como vocês pediriam ao Criador para juntar este prato para vocês? Caso contrário, não haverá nada.

Da Lição 4, Convenção Mundial de Cabalá na Moldávia 09/07/19, Regozije-se Com O Que Carecemos/Trabalho em Ocultação

Blitz De Dicas De Cabalá – 07/09/19, Parte 2

595.04Pergunta: Começamos a sentir a escuridão como se de dentro do nosso egoísmo. A escuridão, que em essência é igual à luz, é a escuridão externa. Isso difere de alguma maneira da escuridão que eu começo a sentir egoisticamente?

Resposta: Escuridão é o sentimento de egoísmo, ponto final. Não há outros tipos de escuridão. Existem apenas duas forças: egoísta e altruísta. A egoísta é sentida como escuridão em nosso desenvolvimento espiritual; a altruísta é sentida como luz.

Pergunta: O que significa me anular? O que devo restringir na espiritualidade e na corporeidade? Como é possível encontrar equilíbrio entre essas duas linhas?

Resposta: Esse é um problema que você pode aprender apenas em nossos cursos, apenas nas lições em uma conexão gradual com os professores: como equilibrar a vida corporal e a espiritual. Você tem que trabalhar, ter uma família e estudar Cabalá. Como você pode equilibrar tudo? Para fazer isso, você deve estar sob a supervisão de mentores.

Pergunta: Eu posso, através do meu pedido ao Criador, influenciar a percepção do mundo das outras pessoas? Ou a revelação do Criador para elas não é tarefa minha e eu preciso apenas me concentrar na oração pela conexão?

Resposta: Concentre-se apenas na oração pela conexão de sua dezena, e através dela, você já pode pedir ao Criador uma conexão maior do que na dezena. Primeiro deve haver a dezena, caso contrário você não se volta para o Criador, mas para o que quer que seja, simplesmente para o ar.

Pergunta: O que devo fazer se hoje, na lição, durante o workshop, não quero dizer nada, não tenho pensamentos nem palavras?

Resposta: Significa que ontem você estava tão cheio que nada mais se encaixa em você. O que você pode fazer? Isso passará gradualmente. Tudo o que você recebeu hoje por estar presente na lição será revelado em você mais tarde. Tudo entrou em você, mas no momento você não pode trabalhar com isso.

Pergunta: Como você pode orar corretamente pela dezena na escuridão?

Resposta: Na escuridão, você não pode orar pela dezena. Você deve segui-la, entrar nela. É por isso que você recebeu a escuridão. A dezena começa a corrigir e elevar você, e tudo vai dar certo.

Da Lição 4, Convenção Mundial de Cabalá na Moldávia, 19/07/19, Regozije-se Com o Que Carecemos /Trabalho em Ocultação

Blitz De Dicas De Cabalá – 06/09/19

laitman_597.02Pergunta: Qual deve ser a oração se você se sentir como um aglomerado de mal e corrupção?

Resposta: Isso é ótimo. Se todos nós nos sentíssemos como tais aglomerados de mal, egoísmo, inveja, ciúme, maldade e tudo o que possivelmente existe, seria perfeito. Quanto uma pessoa desejasse, se não para se livrar dele, pelo menos pintar um pouco sobre ele!

Isso é bom. Isso significa que ela já precisa mudar a si mesma.

Pergunta: Como e quando poderemos conectar todos os nossos AHP conosco?

Resposta: Para fazer isso, primeiro você deve ter Galgalta ve Eynaim e depois AHP. Antes de tudo, você deve ter desejos de doação, e poderá trabalhar com os desejos de receber em prol da doação.

Pergunta: Como podemos não chegar à inação ou indiferença por nos anularmos?

Resposta: Vamos primeiro aprender a nos anular e depois veremos. Você está certo, há uma pergunta nisso. O fato é que eu estou anulando não a mim mesmo, mas a minha participação egoísta, e peço que, em seu lugar, o Criador me dê uma nova força, a qualidade de doação.

Pergunta: Se a concessão ao amigo não leva à grandeza da meta, você deve conceder a ele?

Resposta: Se for uma dezena, eu não faço cálculos se leva ou não à meta. O mais importante é que, ao conceder ao amigo, eu me movo em direção à meta.

Da Convenção na Moldávia, “Dia Um” 06/09/19 , “Estar Preparado Para Ser Influenciado Pela Sociedade”, Lição 2

Como Você Assina Um Acordo Mútuo Com O Criador?

laitman_942Pergunta: O Criador é o principal fiador. Assinamos um acordo um com o outro diante Dele, com o entendimento de que Ele está atrás de nós.

Quando alguém do grupo cai e tentamos jogar-lhe uma corda, mas nada acontece, nos voltamos a Ele: “Você tem um contrato conosco e, portanto, pedimos que cumpra sua parte do contrato. Fizemos tudo para ajudar o amigo a se levantar, mas não temos forças. Você é um participante do nosso acordo, pedimos que o retire agora”.

Entendemos corretamente ou não?

Resposta: Não. Por que você não recorre imediatamente ao Criador? Você acha que é capaz de alguma coisa?

Observação: Nós pensamos que devemos colocar nosso “meio shekel”, pagar nosso preço, chegar ao ponto em que não podemos mais fazer nada e depois pedir a Ele.

Meu Comentário: Em princípio, está correto. Mas é melhor entender imediatamente que, exceto pelo Criador, ninguém pode ajudar de qualquer maneira.

Pergunta: Como assinamos um acordo mútuo para sentir que Ele também participa dele?

Resposta: O Criador não participa, ele define. Ele detém a sua garantia. Afinal, Ele mantém todo o sistema.

O que significa essa garantia mútua? Em um sistema completamente fechado, todos são fiadores do resto. E se ele não cumprir sua parte, tudo entrará em colapso. Portanto, devemos obter imediatamente o Criador como uma força que atua em nós.

Outra coisa é que podemos nos voltar a Ele e dizer: “Sim, não podemos manter essa rede de forças. Faça com que entendamos onde fazer isso, nos direcione, ajude, dê força! Dê uma compreensão do que fazer! Governe!” Para Ele, é uma grande alegria.

Da Lição 7, Convenção Mundial de Cabalá na Moldávia 08/09/19, Reunindo Todos Os Estados Em Direção Ao Criador