“Como A Conexão Pode Resolver Nossos Problemas?” (Linkedin)

Meu novo artigo no Linkedin: “Como A Conexão Pode Resolver Nossos Problemas?

Agitações sociais, desastres naturais, uma pandemia, crise econômica, polarização – caindo sobre nós todos de uma vez na América e no resto do mundo. Essa é a primeira vez na história em que os golpes vêm em uma escala global, independentemente de origem ou nacionalidade, sexo ou status. E os problemas só aumentarão até que usemos esta oportunidade única de perceber que navegamos nessas águas turbulentas juntos por uma razão, que somente através de nossa conexão seremos capazes de permanecer à tona nesta tempestade.

Se nos movermos em direção a uma conexão positiva acima de nossas inclinações divisivas – priorizando valores de unidade em toda a sociedade humana – iremos garantir uma boa saúde para todo o planeta e um novo nível harmonioso de existência se abrirá para nós.

Fome, guerras e desastres naturais estão na previsão e ninguém promete que o pior já ficou para trás. Pelo contrário, todos os indicadores mostram que o mundo está longe de ser curado. Em meio à crise atual e às previsões sombrias, há uma sensação de cansaço nas pessoas. Justamente quando começamos a esperar nos recuperar das repercussões abrangentes da Covid-19, uma segunda onda irrompe com novos bloqueios no horizonte, a economia encolhe ainda mais e colocar comida na mesa se torna mais difícil do que nunca.

Como se tudo isso não bastasse, as condições climáticas extremas tornaram-se o novo normal. Pela segunda vez na história, a temporada de furacões na América foi tão ativa que os 21 nomes de tempestades selecionados para cobrir esta temporada já se esgotaram e o Centro Nacional de Furacões teve que montar uma nova lista com opções de nomes usando o alfabeto grego.

Todos os problemas, todos os desequilíbrios que o mundo está experimentando são, na verdade, o resultado de uma luta entre duas forças da natureza: a força de separação e a força de conexão. Mas a que tipo de conexão estamos nos referindo aqui? Estamos nos referindo a um elo indivisível que deve ocorrer entre os indivíduos no nível humano, o nível mais alto da natureza, acima da flora e da fauna. Isso é crucial porque os seres humanos, e especificamente as relações entre nós, têm a influência mais profunda nos níveis inferiores da natureza.

Rastreando uma Força Positiva

Quando os humanos se conectam corretamente, isso cria uma espécie de campo magnético que permeia o resto da natureza. Até agora, a humanidade tem sido movida por pensamentos negativos e comportamento imprudente e opressor uns em relação aos outros, afetando negativamente o ecossistema. Os vírus que transmitimos uns aos outros são a expressão biológica de nossos relacionamentos prejudiciais e negativos. Portanto, se não corrigirmos nossa conexão mútua, futuras pandemias ficarão na fila esperando para serem reveladas.

Não é a questão do que vai acontecer a seguir ou onde vai acontecer; o mundo inteiro está em constante agitação, e a amplitude das calamidades aumenta a cada dia. Somos testemunhas da velocidade da bola de neve e da magnitude desses choques.

Nós existimos em um sistema global, holístico e completo em que todos os elementos estão perfeitamente integrados, com exceção das pessoas. Mas não há saída para nós, nenhuma possibilidade de fuga, porque embora não estejamos totalmente cientes de nossa interdependência absoluta, somos regidos pela lei do sistema integral global em que todos influenciam a todos, bem como todas as outras partes de natureza. Então, se continuarmos sendo governados por nossos egos – que nos direcionam a cuidar de nós mesmos, secretamente satisfeitos com os infortúnios e adversidades dos outros – nos levaremos ao ponto da destruição do planeta Terra e da “coroa da criação”, a raça humana.

Temos uma alternativa? Sim temos. Precisamos cultivar consideração mútua e responsabilidade – a força positiva – hoje mais do que nunca para equilibrar nosso estilo de vida egoísta – a força negativa – e nos poupar de quantidades incontáveis ​​de sofrimento desnecessário. Devemos começar cercando-nos ativamente de um ambiente que nos inspire a cuidar uns dos outros, a cooperar e nos conectar positivamente.

Em suma, a natureza evolui constantemente por meio de uma série de crises, e o resultado final delas é nos ativar para alcançar uma maior cooperação e unidade. Precisamente neste momento de crise universal, estamos sendo preparados para fazer uma mudança em escala global para a integração total com a natureza.

Se nos movermos em direção a uma conexão positiva acima de nossas inclinações divisivas – priorizando valores de unidade em toda a sociedade humana – iremos garantir uma boa saúde para todo o planeta e um novo nível harmonioso de existência se abrirá para nós.

Comente