A Relevância Da Torá No Mundo Moderno

Dr. Michael LaitmanA seção Kedoshim é a principal seção da Torá e é traduzida como “Santidade”. Santidade é o nível de Bina, o nível da subida completa e absoluto acima dos desejos egoístas. Portanto o cumprimento correto de todas as leis descritas nela devia nos levar a um estado de doação.

Comentário: Mas o sistema de proibições é examinado nesta seção e nos diz o que vai acontecer se nós pecarmos.

Resposta: As proibições não são para nos assustar. O medo não ajuda a pessoa. Nós somos feitos de modo que nada pode nos parar. Além disso, não se trata de medo dos governantes deste mundo ou medo de ser punido pelo Criador como considerado pelas religiões.

Isto especifica a opção de pecado e o castigo. Nós devemos entender toda a cadeia de ações espirituais a fim de evitar qualquer movimento na direção do pecado, e evitar cometer atos que são proibidos. É por tais atos que você se desprende da subida, onde você não prejudica ninguém além de si mesmo.

O entendimento correto de todo o sistema, ou seja, a entrada, a saída, a parte interna do sistema, o modo como funciona, etc., não é apenas uma condição, mas leis ocultas da natureza que não sentimos. Portanto, é dito, “Não aja assim, não faça aquilo.”

Estas são leis basicamente internas, o que significa que se relacionam com o desejo, a intenção, a mente e o coração. Elas são explícitas e se relacionam com o sistema geral da natureza, mas estão ocultas de nós e não as vemos a menos que comecemos a implementá-las.

Nós começamos a sentir parte das leis da natureza desde o nascimento por tentativa e erro, como um bebê, que acha que algumas coisas funcionam enquanto outras não. Ele olha para os outros e repete suas ações, fica preso em algo e chora, o que significa que se acostuma com o que é permitido e o que é proibido.

Existem leis de relações mútuas entre as pessoas que dizem, “isso é permitido, e isso é proibido”, mas a pessoa ainda não vê o significado oculto dentro delas. Gradualmente, ela começa a entender que pode ser punida por algumas coisas, e em relação a outras ela terá permissão de continuar. Ela começa a perceber que algumas coisas não são legais, e aqui a vergonha, a inveja e o desejo de controle a detém, o que significa que diferentes desejos a guiam e dirigem.

Também existem leis que ela não sente, quando não sente dando ou doando a partir do ambiente e da sociedade, e estas são também leis da natureza! Estas são leis que a sabedoria da Cabalá nos ensina, e esta é a razão pela qual ela é chamada de parte oculta da Torá.

Em geral, estas são as mesmas leis e a mesma moralidade, mas elas são sentidas num nível que a humanidade tem que alcançar para cumprir. Hoje, nós atingimos um nível em que temos que cumprir as leis da vida neste planeta, que se tornou uma área pequena, integral.

Nós vemos como as fronteiras são anuladas e não importa aonde vamos, é a mesma cultura em massa por todo o lado. As pessoas estão começando a perceber que tudo é coletivo. Se houver quaisquer características locais únicas, elas não resultam das profundezas da história, mas são artificialmente criadas para atrair turistas.

Nós mudamos internamente e nos tornamos cosmopolitas, vivendo em um espaço comum. Preservamos o que existia antes só para lucrar com isso. O atributo exclusivo dos nossos tempos é a abordagem pragmática para tudo o que antes parecia sagrado, e que considerávamos nosso legado.

Agora nós temos que manter as leis da unidade, mas, infelizmente, não sentimos a verdadeira unidade, nem vivendo num planeta como uma família totalmente dependentes uns dos outros.

A Torá nos fala como toda a humanidade deve atingir a vida correta e cooperativa. Anteriormente, poucos conheciam a essência da Torá, mas hoje a sua revelação ao mundo em sua verdadeira Luz é necessária.

Assim, a nação que recebeu as leis que nos falam como viver em unidade penetra as nações do mundo, como um rio, e começa a elevá-las a esse nível. Ao mesmo tempo, nós precisamos lembrar constantemente às pessoas que não inventamos essas leis, essas convenções e costumes, e nem ninguém. Elas são simplesmente as leis da natureza. Agora nós simplesmente chegamos a um novo nível de nosso desenvolvimento, desde os níveis inanimado, vegetal e animal até o nível humano.

Antes disso nós vivíamos e crescíamos como animais, instintivamente, cumprindo o que se desenvolvia dentro de nós. Agora, no entanto e apesar de nosso nível animal, nós devemos conscientemente começara nos aproximar de alguma forma das outras pessoas, mesmo que tenhamos repulsa por isso. Este é o nível humano que é oposto em todos os sentidos ao nível animal. Este é o nível que estamos alcançando agora.

Portanto, a Torá está se tornando cada vez mais relevante hoje.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 23/04/14

Comente