Textos com a Tag 'Zohar'

Quem Escreveu O Livro Do Zohar?

Laitman_132Pergunta do Facebook: Quem foi o autor do Livro do Zohar, o Rav Shimon ou um grupo de autores, seus dez companheiros? Eu não entendo como seria possível escrever junto.

Resposta: O Rav Shimon não poderia ter escrito esse livro sozinho porque tinha que primeiro transmitir esse livro por meio de seus alunos.

Primeiro, todos discutiram entre si, cada um expressando sua admiração por ele e suas impressões. Eles não se complementavam; em vez disso, as integraram e reuniram em uma única opinião, elevando-se acima de si mesmos. Em consequência, a realização mais elevada surgiu, o Livro do Zohar.

Ao unir-se entre si, eles foram elevados ao próximo nível onde aparentemente se tornaram um único autor, uma única pessoa.

Comentário: Mas nas fontes é dito que Rav Shimon falou e Rav Aba registrou …

Resposta: É necessário entender o que significa “registrou”. Isso não se refere ao registro física. Em vez disso, eles alcançaram um estado em que a Luz branca foi escrita em um fundo preto, isto é, dentro deles.

Este era o esforço coletivo de uma pessoa generalizada que incluía todos eles, quando todos eram um. Portanto, um poder está oculto no Livro do Zohar. Além disso, especificamente por causa deste fato, é necessário lê-lo em conjunto e não sozinho.

Se lemos O Livro do Zohar individualmente, não há nenhum benefício nisso. Para fazer isso, devemos reunir dez pessoas (um Minyan), conectar-se em um todo, e ao ler o texto juntos, em um grau particular, todo mundo começa a sentir o que os autores do Livro do Zohar sentiram.

Pergunta: Você penetra o Livro do Zohar ou o Livro do Zohar penetra você?

Resposta: O Livro do Zohar é a Luz que nos circunda. Portanto, na mesma medida em que os leitores se conectam, possibilitam que a Luz entre na integração compartilhada entre eles e a formatam. O sentimento do livro vem disso.

Isso também é dito sobre a Torá, que é “letras brancas escritas em um fundo preto”, isto é, que é a Luz, que é escrita sobre os desejos.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 25/01/16

Ao Ler O Livro Do Zohar, Mudamos O Destino

Pergunta: Será que podemos mudar o nosso destino através da leitura do Livro do Zohar?

Responda: O Livro do Zohar carrega uma poderosa Luz na condição de que a pessoa saiba como estudar o Livro corretamente, como despertar e atraí-lo para que ele a influencie.

O estudo deve ser em um grupo para que a pessoa direcione-se de uma forma particular para a iluminação que está escondida no O Livro do Zohar. Não é possível despertar e atraí-lo de qualquer outra forma. Esta Luz nos influencia, eleva-nos, e muda o nosso destino.

[201713]

De KabTV de “Noticias com Michael Laitman” 23/01/16

 

O Mundo Inteiro Está Dentro De Mim

Pergunta: Estou construindo uma imagem espiritual dentro de mim, e, basicamente, relativa à minha imagem interior?

Resposta: O Livro do Zohar diz que o mundo inteiro é encontrado dentro de nós, que é finalmente o que uma pessoa descobre. A pessoa não pode falar sobre o que está fora dela, porque tudo está dentro de seus sentidos.

Embora eu esteja retratando imagens como existentes na minha frente, elas realmente existem dentro de mim, na minha imaginação, na minha consciência. Uma pessoa constrói uma imagem dentro de si e relaciona-se com ela; Em outras palavras, ela existe no modelo em que se constrói. Se tivesse diferentes sentidos, iria construir uma imagem completamente diferente.

[197447]

Da Lição de Cabalá em russo 28/8/16

Material relacionado:
Filmes Sobre A Realidade Espiritual

Estudo Do Livro de Zohar Em Aramaico

Pergunta:​ Vale a pena estudar ​o Livro do Zohar​ em idioma aramaico?

Resposta:​ Não é necessário estudá-lo em aramaico, hebraico ou em qualquer outra língua, porque você não vai entender nada de qualquer jeito.  Você deve primeiro estudar a ​sabedoria da Cabalá​ em si como uma chave para o material nos livros de origem, e só depois que você vai começar a entender o que é dito ​no Livro do Zohar, ​ caso contrário, será apenas a leitura de páginas incompreensíveis que só vai levar você a rejeitá-las.

Pergunta:​ ​Será que a leitura​ do Livro do Zohar em aramaico desperta algum tipo de iluminação?

Resposta:​ Sim. Mas eu suspeito que as pessoas “irão se perder” ao lê-lo e serão suscetíveis de pensar que já tiveram contato com a sabedoria da Cabalá e não tem mais nada a procurar lá. Por isso, é melhor começar com um curso introdutório de três meses sobre a sabedoria da Cabalá.

No curso, você será capaz de obter uma idéia sobre o regime geral da criação, a sua gestão e o propósito de uma pessoa dentro deste sistema. Dessa forma você saberá o que está acontecendo consigo, o que precisa acontecer, como pode gerenciar este sistema, influenciá-lo, e quais reações você pode obter de retorno a partir dele.

O que isto significa é que você pode estar em cooperação mútua com o sistema geral e gerir a sua vida.

A sabedoria da Cabalá é uma ciência.

[196205]
Da KabTV do “Notícias com Michael Laitman” 26/10/16

Material Relacionado:
O Que Devemos Esperar Ao Estudar O Livro Do Zohar?
Que Parte Do Zohar Devemos Ler?
Uma Recomendação Para A Leitura Do Livro Do Zohar

Nova Vida # 525 – Compreender A Lei Da Vida

Nova Vida # 525 – Compreender A Lei Da Vida

Dr. Michael Laitman em conversa com Oren Levi e Tal Mandelbaum ben Moshe

Resumo

Suponha que chegamos a um país estranho e sem conhecer as leis de lá, nos deparamos com muitos problemas. Então, estamos realmente em uma rede que executa a legalidade das forças mundiais. Nós não as conhecemos, e, portanto, nós sofremos.

O Livro do Zohar fala sobre essa lei e nos permite aproveitar a vida em nosso mundo. De repente, começamos a compreender que a vida será cada vez mais difícil porque não sabemos destas leis.

Então, comecemos a nos adaptar ao mundo e o mundo parece tornar-se adaptado a nós, em troca. No momento em que melhorarmos nossas qualidades egoístas, o mundo parecerá como um diferente, corrigido.

Quando mudamos a nossa abordagem de receber para doar, para unir, para a doação, e até mesmo para amar, ela abre o mundo para nós. Os sábios que descobriram isso há muito tempo não poderiam nos dizer sobre isso até hoje porque não estávamos prontos para digeri-lo. Nós retratamos a realidade que vivemos.

Não seremos capazes de mudar a nossa vida para melhor, se continuarmos a operar a partir de nosso egoísmo. Portanto, só destruímos o mundo, cada vez mais, de um ano para o outro. Precisamos mudar nossa abordagem, e para provocar uma mudança positiva, primeiro temos que aprender a lei segundo a qual o mundo é gerido.

[154.645]

De KabTV “Nova Vida # 525 – Compreendendo a lei da vida” 22/2/15

icon for podpress Video: Reproduzir Agora | Download icon for podpress Audio: Reproduzir Agora | Download

Prevenir As Previsões Do Zohar

Laitman_065Pergunta: Como O Livro do Zohar prevê todos os eventos que ocorrem agora se ele foi escrito no século II da Era Comum (II d.C.)?

Resposta: Mesmo que O Livro do Zohar tenha sido escrito há dois mil anos, seus autores eram pessoas que sentiam todos os processos naturais que moveram, movem e moverão a humanidade.

Estes processos são conceitos que aprendemos ao longo do eixo do tempo. Mas, na verdade, o tempo não existe na realização espiritual; se uma pessoa sobe acima dela, ela pode ver tudo o que acontece no mundo do começo ao fim.

Se uma pessoa é corrigida e sua civilização é corrigida, os eventos adversos previstos pelo Livro do Zohar não terão que acontecer. Sem a correção, as forças severas da natureza vão pressionar toda a humanidade para nos levar a alcançar a correção. Portanto, O Zohar descreve como tudo vai acontecer no mundo se a pessoa não começar a suavizar essas forças.

Atualmente, ainda estamos longe de estabelecer relações harmoniosas entre nós que possibilitarão suavizar essas forças rígidas que estão pressionando o nosso desenvolvimento. Portanto, tudo que O Livro do Zohar previu há dois mil anos está se materializando.

Com a ajuda do Criador teremos êxito na prevenção da realização das profecias do Zohar.

De KabTV “Conversas com Michael Laitman” 16/12/15

Cresçam Até Revelarmos O Segredo

laitman_276_06Nós estamos num nível em nossa evolução, quando o real significado da Torá está oculto de nós. Quando falamos sobre os segredos da Torá, não devemos esquecer que o verdadeiro segredo é que é impossível compartilhá-la com os outros, porque a pessoa não pode perceber o que você descobre.

É como explicar a uma criança, por exemplo, um conceito muito complicado ou um dispositivo ultrassecreto, mostrando-lhe desenhos e tabelas, mas isso ainda permanece um mistério para ela. A pessoa deve se preparar para a revelação de um segredo.

Portanto, nós só podemos elevar ligeiramente o véu que esconde o segredo para mostrar que está lá para a pessoa entender a Torá; não é uma coleção de histórias. Daqui em diante tudo depende da pessoa.

É como se nós abríssemos um pouco a porta dizendo: “Olha, esse é o próximo nível, esse é o lugar onde o outro mundo se encontra, a entrada para a dimensão superior. Você também pode ir até lá, ver, ouvir, compreender, estudar, explorá-lo, e existir nele, enquanto vive em nosso mundo. Nada limita você, exceto você mesmo. Você pode expandir o seu alcance, a sua percepção, seu conhecimento, suas impressões e seus sentidos a ponto de que eles incluam todo o infinito. Mas cabe a você! Faça os esforços e você vai ter sucesso”.

O ponto principal é que a pessoa deve ver o mistério, não que algo está escondido dela, mas que ela não cresceu o suficiente para alcançá-lo. Se ela fizer os esforços, o segredo se tornará uma realidade. Ele não está protegido de forma alguma, exceto pela mente limitada de uma pessoa e o sentimento interior.

Quando o nevoeiro se dissipa, a pessoa descobre um enorme campo de atividade, o infinito.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 29/06/15

O Que É Desejável Ao Criador?

Pergunta: Cito seu livro: “Como o próprio objeto de estudo, a Cabalá toma a única criação, a única coisa que existe além do Criador – o self do homem, ou “eu”, e investiga-o. Esta ciência divide o “self” em partes, explica a estrutura e propriedades de cada lado, e a finalidade de sua criação.

A cabalá explica como cada parte do self (si mesmo) do homem, chamado de “a alma”, pode ser mudada, de modo que se poderia alcançar a meta da criação, o estado desejado tanto pelo Criador e o próprio homem “(O Zohar, Página 34).

A questão é: O que significa “desejado pelo Criador” significa? Como algo pode ser desejável ou não desejável para o Criador se o Criador não é uma personalidade?

Resposta: Algo diz ser desejável … porque, no cerne da criação está o desejo do Criador para deleitar as criaturas.

[167777]

Material Relacionado:

Como O Criador Aprecia?

A Quem Estamos Dando Prazer?

Que Parte Do Zohar Devemos Ler?

Laitman_151Pergunta: O Livro do Zohar é uma parte importante do estudo da Cabalá, mas, ao mesmo tempo, ele é dividido em várias partes e é muito complicado. Há três volumes que explicam os cinco livros da Torá (o Pentateuco).

Além disso, há O Novo Zohar e outros livros que não estão incluídos nos outros volumes, tais como Os Segredos das Letras (Sitrei Otiyot), Raza de Razin, e assim por diante.

Recentemente, eu me deparei com um livro chamado Parashat Pinchas (a seção semanal da Torá, Pinchas) em russo, traduzido por Efraim Bauch, e não encontrei este livro nas edições que você publicou.

Então, tudo isso é o O Livro do Zohar? Será que todos estes livros atraem a Luz, mesmo o acima mencionado Raza de Razin, que fala sobre as diferentes linhas na palma da mão? Por favor, me diga o que é O Livro do Zohar completo?

Resposta: Existem muitas versões, comentários e traduções do Livro do Zohar. Para evitar confusão, eu recomendo somente O Livro do Zohar com o comentário Sulam pelo Baal HaSulam, ou o Zohar La’am em hebraico, ou a versão que é traduzida em diferentes línguas.

A Noite Da Noiva

Dr. Michael LaitmanO Livro do Zohar, “A Noite da Noiva”: Todos os dias do exílio são chamados de noite, pois é quando o rosto do Criador está oculto de Israel, na medida em que as forças impuras governam e separam os Seus servos fiéis Dele. No entanto, este é o momento em que a noiva se une com o marido…

A união entre a noiva e seu marido (O Zohar usa a palavra “marido” em vez de “noivo”) ocorre graças à Torá e Mitzvot (mandamentos) dos justos, referido como “aqueles que guardam a Torá ..”.

O ponto no coração, o despertar espiritual durante o longo exílio – que significa na duração de seis mil anos – cresce apenas pela escuridão, pelo sentimento de exílio. Nós temos que transformar cada vez essa escuridão em Luz, até que, após os seis dias de ação, chegamos ao sétimo dia do sétimo milênio, um estado de Luz total.

Portanto, todo o nosso trabalho é aceitar o estado como escuridão, como noite, e transformá-lo em dia. Nós determinamos que o estado, a sensação que temos recebido, é dia e não noite.

Parece como a escuridão no que diz respeito ao nosso ego, ao desejo de desfrutar, e no que diz respeito ao nosso desejo de doar parece como uma oportunidade e como Luz.

Da 3ª parte da Lição Diária de Cabalá 21/05/14, O Zohar