Textos com a Tag 'Zohar'

O Significado dos Livros Cabalísticos, Parte 9

Laitman_165Cinco Regras para Estudar O Livro do Zohar

Pergunta: Para abordar corretamente o estudo do Livro do Zohar, vários postulados podem ser distinguidos. A primeira regra é chamada “o coração entende” (“a-lev mevin“). Isto é, O Livro do Zohar é estudado pelo coração. O que isto significa?

Resposta: Pelo desejo. Você tem que mudar seus desejos. Em vez do desejo de receber, lute pelo desejo de doar, em vez do desejo de se distanciar, afastar-se, deseje atrair e amar.

Observação: A segunda regra: “o homem é um mundo pequeno”. Isto é, O Livro do Zohar inclui muitos conceitos que nos são familiares do mundo material, embora, de fato, o mesmo que na Torá, ele fala dos estados internos experimentados pelo homem.

Meu Comentário: Sim, ele descreve o mundo superior, mas com as palavras e ações do nosso mundo.

Pergunta: Portanto, os Cabalistas dizem que, ao ler O Livro do Zohar, é necessário interpretar as palavras escritas nele como uma expressão de todos os tipos de ações internas?

Resposta: Como ações das forças superiores, não como algo acontecendo em nosso mundo. Em princípio, você só precisa fazer o oposto: perceber tudo o que O Livro do Zohar descreve na qualidade de doação e amor, em sair de si mesmo, não na qualidade de recepção, amor egoísta.

Observação: A terceira regra: “a luz que retorna à fonte”. Uma pessoa que chega a uma lição deve entender que há uma influência especial no Livro do Zohar, uma força especial que podemos extrair daí.

Meu Comentário: O Livro do Zohar é estudado com a intenção de atrair a força que pode mudar uma pessoa, de transformar uma pessoa egoísta em uma pessoa altruísta.

Pergunta: Então, quando chego à lição, preciso saber o que quero mudar em mim mesmo?

Resposta: É por isso que você vem para a lição. Esta é a própria ideia, poder, propriedade, propósito do Livro do Zohar.

Pergunta: Regra Quatro: Antes de concluir o estudo, deve haver o reconhecimento do mal e da oração. Do que se trata isso?

Resposta: O reconhecimento do mal da natureza egoísta é adquirido gradualmente.

A oração é o pedido de uma força que pode me mudar, de alguma forma me elevar acima de mim e me tornar uma criatura útil, boa e agradável para o Criador. Isso, em geral, é a preparação para a leitura correta do Livro do Zohar.

Pergunta: A quinta regra: “como um homem com um coração”. Os Cabalistas dizem que é impossível estudar O Livro do Zohar sozinho, apenas em um grupo de pessoas. Por quê?

Resposta: Como O Livro do Zohar foi escrito em uma dezena, você precisa estudá-lo na dezena. Porque, sob sua influência, uma pessoa se aproxima do resto e, apenas na conexão correta com eles, começa a entender do que ele está falando.

Pergunta: Isso significa que não posso ler sozinho em casa, devo ligar para alguém?

Resposta: Você pode ler sozinho, mas não obterá nenhum benefício disso.

Pergunta: O que me dá fazer isso cercado por outras dez pessoas? Eu não me comunico com elas, apenas sentamos e lemos juntos?

Resposta: Você deve dizer que se comunica com elas, que todas se conectam com seus corações. Digamos que, assim como você descasca batatas, precisa retirar seu coração da casca externa e todos os demais e conectar seus corações em um grande coração.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 18/12/18

Quando Você Não Entende O Que Lê…

laitman_209Pergunta do Facebook: Como você pode atrair a luz superior se não entende o que leu? Quem precisa do Livro do Zohar, que, em suas palavras, não é dado para compreensão?

Resposta: Os livros Cabalísticos foram dados para que, lendo e mesmo sem entender nada neles, nos esforçássemos pelo bem – eternidade, amor, doação, luz superior – e pedíssemos que Ele nos fizesse assim.

É realmente bom que você não entenda nada. Seu cérebro então fica desocupado com o que está escrito no livro, mas com a solicitação de se tornar bom, eterno, superior, doando e amando a todos. Quando você se tornar assim, começará a entender tudo o mais.

De KabTV, “Respostas Às Perguntas do Facebook”, 10/03/19

Para Quem É O Livro Do Zohar?

Laitman_065Zohar para Todos, Torá, “BeHaalotcha” 58: Ai daquele que diz que a Torá vem contar contos literais e as palavras incultas de Esaú e Labão. Se for assim, ainda hoje podemos transformar as palavras de uma pessoa sem instrução em uma lei, e até mais agradável do que as suas. E se a Torá indica assuntos mundanos, até mesmo os governantes do mundo têm entre si coisas melhores, então vamos segui-los e transformá-los em uma lei da mesma maneira. No entanto, todas as palavras da Torá têm o sentido mais alto.

É muito difícil explicar O Livro do Zohar para iniciantes. Este é um livro completamente fechado. Seus textos parecem literários ou históricos, muitas vezes assustadores, místicos.

Quando comecei a estudar com o Rabash, me ofereceram estudar o artigo “Introdução à Ciência da Cabalá” do Baal HaSulam, que é uma das introduções ao Livro do Zohar. Mas todo o método, a técnica do trabalho espiritual, é claramente descrito nele na linguagem da Cabalá e não na linguagem dos sentimentos.

O Livro do Zohar não pode ser usado como um livro texto. Ele só pode ser usado como material para aulas extras para pessoas que estão estudando seriamente a Cabalá.

Pergunta: Que segredos estão escondidos nele?

Resposta: É impossível revelar esses segredos a uma pessoa, porque tudo ficará obscuro para ela, pois ela não tem uma mente correspondente que deve reunir coisas incompreensíveis.

O fato é que uma pessoa que atualmente estuda Cabalá tem uma psicologia terrena comum. Ela deve trabalhar em si mesma até que a Luz comece a mudá-la um pouco e, de acordo com isso, perceberá diferentemente o material que está sendo estudado.

Pergunta: Então por que O Livro do Zohar foi escrito?

Resposta: Para que você tenha algo para estudar, que possa mudar, e na medida de suas mudanças, sinta como o mundo, que costumava parecer unilateral, está mudando, e agora você o vê como integral.

Então você perceberá isso de maneira completamente diferente: complementar, intercambiável, como um todo comum. Toda a natureza inanimada, vegetativa, animada e humana será percebida como um sistema.

Mas você vai viver nisso. Você será incapaz de mudar alguma coisa sem mudar todo o resto.

O Livro do Zohar é um comentário sobre a Torá. Na Torá, absolutamente tudo que diz respeito ao caminho de uma pessoa e de toda a humanidade é registrado do começo até o fim. Somente a pessoa que muda de acordo com a ascensão nos passos espirituais alcança o que está escrito nele.

Da Lição de Cabalá em Russo 26/08/18

Tudo Está Contido Dentro De Uma Pessoa

laitman_929O Livro do Zohar, “Tazrya”: Todos os mundos, o Superior e o inferior, estão dentro do homem. Tudo o que é criado no mundo é para o bem do homem e tudo vive e se desenvolve por causa do homem.

Parece à pessoa que ela existe entre outras pessoas, animais, plantas e a natureza inanimada, incluindo o universo inteiro. De fato, todos esses níveis de desejo são apenas um desejo. É chamado de “humano”.

Tudo está dentro de cada um de nós: os mundos egoísta e altruísta, o Criador e toda a criação.

O humano é o desejo criado pelo Criador, que inclui tudo.

Nossa tarefa é nos tornarmos como o Criador, mudando a aplicação de nossas propriedades egoístas de receber para doar.

Da Lição de Cabalá em Russo 26/08/18

Para Quem É O Zohar?

Laitman_522.03Pergunta: Pode haver um leitor aleatório do Livro do Zohar, ou ele cai nas mãos de alguém que amadureceu?

Resposta: Não há nada que aconteça por acaso em nosso mundo, nem mesmo na vida comum, sem mencionar que apenas pessoas que são escolhidas para isso alcançam a sabedoria da Cabalá. Portanto, não pode haver acidentes aqui.

Mas quanto à comunicação com o mundo superior, leis completamente diferentes operam.

Da Lição de Cabalá em Russo 05/05/17

O Livro Do Zohar, O Livro Principal Da Sabedoria Da Cabalá

Laitman_065Uma pessoa existe no mundo em um determinado volume onde ela nasce, se desenvolve e vive. Durante sua vida, muitas questões podem surgir nela, como: por que estou vivendo? Qual o sentido da vida? Existe um Criador? Será que o Criador é a natureza? A vida simplesmente passa e acaba?

Nós sabemos que nada acontece na natureza sem uma causa e que tudo se desenvolve dentro de um processo de causa e efeito, mas ainda não entendemos o que finalmente acontece conosco, qual é o motivo de nossa existência e quais serão os resultados de nossas vidas. Quando uma pessoa tem perguntas como essas, ela chega ao estudo da sabedoria da Cabalá.

O livro principal da sabedoria da Cabalá é O Livro do Zohar que descreve todas as transformações que uma pessoa sofre e fornece respostas completas a todas as questões acima. Mas O Livro do Zohar não deve ser usado como um guia comum em que certo capítulo se envolve no sentido da vida e outro no objetivo da criação. O Livro do Zohar não é uma enciclopédia. Ele foi escrito de acordo com um princípio totalmente diferente. Não é um livro comum e científico, embora contenha um material totalmente científico. Ele se baseia numa ciência que opera de forma diferente.

A ciência que conhecemos no nosso mundo preenche e carrega nossos cérebros e mentes com vários dados que podemos analisar e chegar a diferentes conclusões. Mas O Livro do Zohar é estudado de maneira diferente. Estudar O Livro do Zohar não tem nada a ver com o nível intelectual em que a pessoa está ou possa estar. Não tem nada a ver com preencher a mente com diferentes conceitos e perguntas sobre se uma pessoa pode agir de acordo com esses conceitos. O Livro do Zohar expande o quadro da percepção de uma pessoa para que ela possa ver muito mais alto, amplo e profundo do que em nosso mundo. Uma pessoa recebe conhecimento da força superior.

Essa informação é inicialmente percebida como uma sensação superior a partir da qual a pessoa começa a extrair conhecimento. É como quando as crianças, no nível do nosso mundo, comparam diferentes experiências entre si: eu tentei, fiz isso, entendi isso; elas acumulam informações sobre causa e efeito que as ajudam a entender e alcançar nosso mundo. O mesmo acontece no processo de alcançar e entender o mundo superior. É somente através do nosso trabalho prático que compreendemos a gestão do nosso mundo e como ele afeta o mundo superior, etc.

O Livro do Zohar nos coloca em um estado especial. Na medida em que o estudo é feito corretamente, quando eu o leio, e o mais importante, como eu o leio corretamente, eu solicito e evoco uma Luz especial sobre mim mesmo, uma força que expande as fronteiras da minha compreensão, realização e sentimento.

Quando uma pessoa sente, percebe e alcança essas fronteiras e compara todos os diferentes dados, novas dimensões, níveis, compreensões, avaliações e valores deste mundo totalmente diferente dentro de si mesma, uma nova ciência emerge dentro dela, chamada sabedoria da Cabalá. É a ciência do sistema de controle do nosso mundo porque o nosso mundo é baseado nas sensações de uma pessoa de si mesma e do mundo ao seu redor.

Quando a pessoa tenta cada vez mais estimular e evocar a Luz para revelar o mundo superior dentro de si mesma, sente-a dentro de si mesma, acha-a, e a conexão entre os dois mundos torna-se clara para ela, isto é, a conexão entre o mundo em que vivemos agora e o mundo que lhe é revelado pessoalmente. Ao mesmo tempo, ela alcança um estado no qual os dois mundos existem nela com cooperação mútua e ela opera entre eles.

Ao mesmo tempo, usando O Livro do Zohar, a pessoa começa a descobrir uma ferramenta para entender novas definições, nomes e sentimentos. Agora ela alcança o mundo em duas dimensões, além dos quadros do tempo, espaço e movimento. Mais importante ainda, a pessoa restaura a conexão com a força superior de gestão; elas se influenciam mutuamente e, por fim, se tornam parceiras. O Livro do Zohar nos permite alcançar tudo isso.

Essa é a razão pela qual uma pessoa começa a entender que o principal é estimular e evocar a força superior para si mesma para que ela a ensine mais, preencha-o mais, expanda seus horizontes e crie definições e entendimentos totalmente diferentes dentro dela. A pessoa que existe em nosso mundo e no mundo superior ao mesmo tempo tem que entender a conexão entre os dois.

O Livro do Zohar ensina a pessoa a gerenciar seus sentimentos e a conexão entre os sentimentos associados ao mundo superior e os sentimentos associados ao nosso mundo.

Da Lição de Cabalá em Russo 12/02/17

Como Podemos Verificar A Influência Do Livro Do Zohar?

Laitman_137Pergunta: Como eu posso verificar se a Leitura do Livro do Zohar restaura minha conexão espiritual com a força da governança superior?

Resposta: Você pode sentir isso com base nas mudanças em suas qualidades e atitudes em relação aos outros. Durante tudo isso, você passa por uma série de estados confusos. Você experimenta uma mudança em várias noções conceituais, na atitude em relação ao escrutínio, em relação à revelação, compreensão, análise e síntese.

Eu me lembro de passar por isso sozinho e vejo isso em meus alunos: como as pessoas ficam sem foco, não têm percepção, compreensão, internalização e audição claras. Esses estados significam mudanças que ocorrem numa pessoa. Os Cabalistas estão cientes dessas mudanças e as recebem bem.

No entanto, a pessoa começa gradualmente a controlar tais estados, se alegra com eles porque eles significam mudanças em seu nível de consciência.

Da Lição de Cabalá em Russo 04/06/17

Poderia O Livro Do Zohar Ter Sido Escrito Por Dez Mulheres?

laitman_260.01Pergunta: Hipoteticamente, poderia O Livro do Zohar ter sido escrito por dez mulheres?

Resposta: Hipoteticamente, sim. No entanto, estamos organizados de tal forma que a aspiração à unidade espiritual entre pessoas reside nos homens, enquanto a força de apoiar e unir os homens reside nas mulheres.

É por isso que nosso mundo está inicialmente dividido em qualidades opostas: masculina e feminina, doação e recepção. Na Cabalá, isso é estudado muito seriamente, pois é uma pedra angular de nossos relacionamentos mútuos.

Geralmente, como dois homens se unem? Um de algum modo é um homem em relação ao outro, e o outro de alguma forma é uma mulher em relação ao primeiro. Obviamente, não estamos falando de fisiologia ou psicologia, nem nada relacionado a nossas noções mundanas, mas apenas de qualidades espirituais. Qualquer discernimento espiritual que revelamos em nós consiste em uma parte masculina e feminina.

Em nosso mundo, até entrarmos no nível do mundo superior, os homens naturalmente têm uma vantagem aqui. Eles são considerados cruciais e de importância primordial nas sociedades Cabalísticas.

As mulheres formam grupos em torno dos homens e começam a receber as qualidades espirituais através deles, porque os homens fazem o avanço nisso, como fazem em tudo o resto neste mundo; eles são sempre os descobridores, construtores e destruidores – e as mulheres seguem atrás.

No entanto, quando os avanços dos homens são seguidos pelos “batalhões” de mulheres, o resultado é a criação de qualidades espirituais e o desenvolvimento de novas almas. Existe uma ativação das qualidades femininas, que não são simplesmente complementares, mas muito essenciais, que se destacam e começam a trabalhar nos planos espirituais.

Pergunta: Então, a demanda fundamental vem das mulheres?

Resposta: Sim, é dito muitas vezes na Torá, que você tem que ouvir sua esposa, a mulher.

A Torá está escrita de uma maneira muito interessante; apesar do fato de aparentemente falar de homens, sempre há uma mulher em algum lugar que os direciona, como uma esposa na família.

O homem é considerado o chefe da família, mas na realidade, qualquer parte do mundo que já visitei e qualquer um que eu tenha perguntado: os índios da América do Sul ou qualquer outra pessoa, para não mencionar nos países europeus, nem os africanos, a mulher é sempre o fundamento da vida, a base do mundo. E o mesmo se aplica à Cabala.

No entanto, o avanço ocorre através da força masculina, que é seguida, apoiada, empurrada, influenciada e até dirigida pela força feminina.

Da Lição de Cabalá em Russo 04/06/17

Bestseller: Unlocking The Zohar

Meu livro Unlocking The Zohar (Desbloqueando O Zohar) tornou-se um best-seller no maior site Amazon


O Libro Do Zohar: Sintonizar-se Para A Percepção Do Criador

Laitman_151Pergunta: Como O Livro do Zohar pode ser útil se apenas seus fragmentos foram encontrados?

Resposta: O Livro do Zohar foi realmente escrito em um volume muito grande que possivelmente continha cerca de cem livros. Deste livro antigo, nós recebemos, talvez, apenas uma décima parte.

No entanto, não precisamos de mais. Quando os Cabalistas começaram a explorar esse livro dez séculos atrás, a partir do século XI, descobriram que não perderam nada. Afinal, O Livro do Zohar permite que a pessoa tenha a percepção correta do Criador, e assim ela segue sozinha de acordo com o princípio “A alma da pessoa lhe ensina”.

Portanto, o que não está escrito no Livro do Zohar, você abre e escreve em seu coração, isto é, em seus desejos corrigidos.

Pergunta: Nós não precisamos conhecer o comentário sobre as palavras que não compreendemos?

Resposta: Se uma pessoa já percebe as imagens superiores do Criador em si mesma, ela não precisa de livros.

Observação: Mas estamos falando daquelas pessoas que são leitoras pela primeira vez do Livro do Zohar. Elas lêem e não conhecem o significado dessas palavras.

Resposta: Não importa se elas sabem ou não. O principal é que sua aspiração à realização evoca uma força especial, chamada Zohar – esplendor. As pessoas que estudam Cabalá atraem seletivamente a Luz circundante, e esta começa a purificá-las, elevá-las e mudá-las, até o ponto em que se tornam capazes de sentir o mundo superior, o Criador.

Pergunta: O Livro do Zohar fala das leis da comunicação entre pessoas?

Resposta: Sim, mas hoje em dia elas não nos são reveladas como leis da comunicação. O fato é que primeiro O Livro do Zohar afeta uma pessoa de tal forma que atrai a Luz superior que a purifica e a muda, conectando-a corretamente com os outros. Depois, em conexão com outros amigos, ela começa a revelar seu significado.

Da Lição de Cabalá em Russo 04/06/17