Textos com a Tag 'messias'

Como Se Tornar Um Messias?

laitman_534Comentário do Facebook: Você afirma que o Messias é uma força e não que uma pessoa se torna um Messias.

Resposta: Messias (Mashiach) é uma força, que com as qualidades de doação e amor nos tira do egoísmo.

Uma pessoa que alcança as qualidades de doação e amor com a ajuda desta força faz uma completa correção interna. Ao alcançar esse nível, ela também pode ser chamada de Messias.

Pergunta: Não era isso o que eles chamavam de grandes Cabalistas, incluindo o Ari, na sua época?

Resposta: Sim. Em outras palavras, é uma pessoa que tem uma força que lhe ajuda a se corrigir completamente. Mas isso não significa que, tendo recebido isso, ela agora também é capaz de corrigir os outros porque o livre arbítrio permanece e cada um deve fazer isso por si mesmo.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 23/11/17

As Eras Dos Dois Messias

Dr. Michael LaitmanMashiach ben Yosef é um estado espiritual que o grande Cabalista Ari introduziu na alma coletiva quebrada chamada “Adão após o pecado” que inclui toda a humanidade.

Por suas correções, o Ari levou-a a um estado especial que preparava todas as almas individuais, partes da alma coletiva de Adão, para a possibilidade de restaurar a conexão correta com a ajuda do método da Cabalá.

É por isso que, a partir da época do Ari (século XVI) em diante, é permitido estudar e usar a sabedoria da Cabalá para conectar almas humanas e construir o Terceiro Templo.

A humanidade deve construir uma conexão na qual todas as almas se fundem corretamente: aquelas que, juntamente com Abraão, Moisés e Josué, passaram por todos os estágios de descendência, correção e ascensão ao Primeiro e Segundo Templos; e aquelas que já deixaram o sistema na antiga Babilônia.

Dessa forma, quando a mistura das almas atingiu o seu resultado correto, cada pessoa adquiriu a possibilidade de estudar a sabedoria da Cabalá, de se corrigir e se envolver em reunir a alma coletiva da mesma maneira que se monta um quebra-cabeça.

Depois do Ari, seus grandes seguidores, Baal Shem Tov e seus discípulos, estavam no mesmo estado. Eles fizeram todo o possível para corrigir a parte judaica da humanidade, ou pelo menos sua parte que mais tarde foi chamada de “Hassidismo”, porque o primeiro grau que todos devem alcançar é Hesed.

Para isso, era necessário se elevar acima do ego para que o ego não governasse a pessoa, mas que a pessoa governasse o ego a partir da altura que alcançou acima dele.

É por isso que existem dois Messias. O primeiro é Messias Ben Yosef (o grau de Yesod). Sua missão é elevar a humanidade ao nível de doação em prol da doação, a propriedade de Bina, a propriedade do Hassidismo. Yosef é o justo (Tzadik) que não trabalha com as propriedades egoístas e corrige apenas as altruístas. Com a sua ajuda, não alcançamos o amor, mas o correto relacionamento uns com os outros sem integração mútua.

O segundo é o Messias ben David (o grau de Malchut) que nos permite corrigir nossos desejos mais egoístas de recepção em prol da doação, ou seja, alcançar o amor, a adesão uns com os outros e com o Criador. Nós já temos que estar neste estado. No entanto, para alcançá-lo totalmente, ainda há muito a ser feito.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno”, 14/09/16

Quem É O Messias?

Laitman_421_01Pergunta: Baal HaSulam escreveu em seu artigo, “A Última Geração”, Parte 1: “E eles virão ao Messias, a Jerusalém, e ele vai ensinar-lhes essa Torá”. De quem ele está falando e quem é o Messias a quem eles virão?

Resposta: Todas as nações do mundo se voltarão para a força superior da natureza, a força de unidade e amor que vai puxar a humanidade para fora do pecado original, do ego. Essa força é chamada Messias, da raiz hebraica “Limshoch – puxar”.

Nós só podemos atrair essa força quando temos o desejo de ascender espiritualmente ao nível do amor absoluto e doação que se baseia no temor completo de cumprir o mandamento geral da Torá, “ama teu amigo como a ti mesmo”. Esse nível é chamado de temor completo, Ira Shalem, ou Jerusalém. Se você deseja cumprir isso, você está convidado a participar de nossos cursos.

Trabalho Na Geração Do Messias

laitman_281_02Todo o trabalho até a geração do Messias é na auto-anulação, embora haja diferenças de acordo com o destino de cada alma. Em cada geração há almas elevadas que têm missões especiais.

Isto continua até chegarmos ao tempo do Messias, em que estamos hoje. O mundo inteiro torna-se uma alma, uma família, e então temos que executar ações de acordo com o tempo em que vivemos.

Isso não significa que temos que sentar e esperar o Messias, e tendo a esperança de algum milagre de Cima. Não existem milagres. Há apenas um milagre: a centelha que desperta em uma pessoa. Tudo o resto depende de seus esforços e do seu trabalho, e não há aqui nenhuma concessão por parte do sistema superior. Nossa missão é atrair a Luz que Reforma para nós mesmos e corrigir a incorporação de tudo em tudo.

Hoje isso é cumprido pela disseminação, usando todas as oportunidades que temos. Afinal, é a ação mais real e prática de correção que podemos realizar. Esta é a razão porque não podemos escapar deste trabalho. Nós temos que entender que todo o nosso estudo e todos os sistemas que construímos se destinam apenas a continuar a disseminação do método de correção e conexão.

Esta é a parte principal de nosso trabalho, através do qual seremos recompensados com uma alma corrigida e alcançaremos a forma de Adam (homem). Então vamos descobrir qual é a altura das 600.000 almas que formam essa Malchut. Todas as almas de Israel estão incluídas em Malchut do mundo de Atzilut e se elevam com ela à altura de GAR de Atzilut, chamada 600.000, que é 620 vezes maior, ou a realização completa da mínima Luz de Nefesh de Nefesh de Nefesh até à realização da completa Luz de NRNHY.

Este é o nosso trabalho, e o mais importante é não esquecer que a nossa incorporação mútua é a realização da correção. Sua incorporação prática é a incorporação de toda a nação, como se diz: “O Criador habita entre o Seu povo”. É lá que encontramos nossa correção e a correção de nossa alma.

Não podemos esquecer que isso requer um trabalho contínuo e a preocupação com as pessoas. Existem diferentes níveis aqui: a natureza inanimada, vegetal e animal, e homem; até mesmo um pobre mendigo é tão importante quanto um príncipe. Aqueles que estão no nível de toda a nação têm o poder de sua grande massa de bilhões de pessoas. No nível vegetal há menos partes e há ainda menos no nível animal, enquanto que no nível humano existem apenas algumas.

Por fim, nós nos encontramos com o mundo inteiro, com todas as pessoas de todos os tipos que mais tarde vão ser esclarecidas. Não podemos identificá-las imediatamente. Nós vemos que as pessoas são acesas no início e depois esfriam, ou seguem o caminho correto ao longo de uma linha muito fina e depois, de repente, se desviam e são atraídas para uma direção desconhecida.

Nós temos que cuidar de todos, como crianças, até que eles cresçam. Nós devemos nos lembrar que é realmente graças a esses cuidados que podemos nos corrigir e crescer. Nós só podemos alcançar uma alma pela disseminação; essa é nossa missão.

Da Preparação para a Lição Diária de Cabalá 21/03/14

“Suas Fontes Se Estenderão Para Fora”

laitman_214Pergunta: Eu quero lhe fazer uma pergunta que provavelmente foi feita muitas vezes: quando é o Messias virá?

Resposta: De uma carta do Baal Shem Tov, “Keter Shem Tov”: “Quando eu subi lá, era impossível dizer e falar mesmo face a face, até que entrei no salão do Messias onde o Messias estuda com todos os Tanaim e os justos e também com sete pastores. E eu perguntei à boca do Messias, ‘Quando você virá’?”.

“E ele respondeu, ‘você deve saber quando seu estudo se tornar famoso e revelar-se em todo o mundo e suas fontes se estenderem para fora; tudo o que eu lhe ensinei e que você alcançou. E elas também serão capazes de executar singularidade e subir como você e todas as Klipot, cascas (o ego) forem aniquilados e será o tempo da misericórdia e redenção Celestial”.

Escuridão Antes Da Vinda Do Messias

Laitman_119Nas pegadas do Messias a insolência vai aumentar e a honra diminuir; a videira dará o seu fruto [abundantemente], mas o vinho será caro; o governo vai recorrer a heresia e não haverá nenhuma repreensão [a oferecer-lhes]; o ponto de encontro [dos estudiosos] será utilizado para a imoralidade; a Galiléia será destruída, Gablan desolada, e os habitantes da fronteira vão perambular [implorando] de cidade em cidade sem ninguém ter piedade deles. [Talmude, Capítulo “Sotah” 49:6].

No mundo existem dois estados, superior e inferior, e a partir deles é possível o nascimento do nível seguinte.

O primeiro estado é aquele no qual a força superior é revelada ao homem. O povo espera por isso, anseia por Ele, entende e compreende o que alcançou. Este estado é chamado de “o caminho da Torá”, o caminho da Luz, de reconhecimento e sabedoria, e nós o pavimentamos por nós mesmos, restringindo o tempo e atraindo sobre nós as forças da natureza em desenvolvimento.

Mas, no outro estado, é o oposto: o homem o nega completamente, entra em seu ego, e faz nele o que quer. A terra de Israel ou o desejo pelo Criador, por doação e amor, não é importante para ele. Este estado é completamente oposto ao primeiro estado, e quando nós chegamos ao seu fim num estado endurecido, é quando estamos prontos para a revelação do Messias, porque até mesmo a menor Luz vai nos mostrar a nossa futilidade e nós vamos começar a sentir a necessidade da doação da Luz Superior em nós.

Essa contradição entre a situação atual e futura pode ser sentida como um anseio muito forte da pessoa pelo próximo nível, ou, pelo contrário, um distanciamento completo dele. Em seguida, uma pequena quantidade de Luz será suficiente para nós vermos que estamos na escuridão. E sem ela não vamos sentir nada.

Hoje nós não sentimos que estamos na escuridão, como se não tivéssemos olhos, não houvesse Luz. E se Ele nos iluminar um pouco, vamos sentir escuridão. E se não, então será o suficiente para nós com o que existimos. Este é o nosso mundo agora.

Comentário: Mas a completa escuridão é anterior à vinda do Messias.

Resposta: Por enquanto, nós não estamos em completa escuridão, porque tudo é medido com  relação ao homem. Portanto, se o homem não determina seu estado de completa escuridão, não vamos ser capazes de falar sobre isso.

A humanidade precisa determinar os dois estados. O sentimento normal de escuridão pelo povo é por causa da pressão dos Cabalistas e a partir das massas. Elas foram capazes de torturar e matar os Cabalistas. Um estado como este da humanidade é um dos sinais da vinda do Messias.

Pergunta: Então, por que o Messias não está vindo?

Resposta: O povo não entendeu isso; eles só viram a terrível execução do rabino Akiva, sem compreender que ele estava dando o último passo para a eternidade. Precisamente neste momento, veio a morte de vinte e quatro mil de seus alunos e a destruição do templo.

E também hoje, o povo não entende ainda em que período vive. Eles não sentem que precisam da força do Messias. Portanto, nós precisamos ensinar, educá-los e disseminar o método de conexão e unidade.

De KabTV “Será que o Messias Virá?” 14/11/14

Exigir A Força Do Messias

Dr. Michael LaitmanRabbi Judá, Tratado Yoma 10a: O filho de David não chegará até que o ímpio reino de Roma espalhe [sua influência] por todo o mundo por nove meses. O ímpio reino de Roma é a força que domina o coração e a mente da pessoa, rejeitando tudo o que a Cabalá diz sobre o propósito da humanidade. Ele lança a pessoa ao nível de nosso mundo em preocupações e objetivos materiais, e ela fica imersa no culto do corpo e politeísmo.

Isto é o que aconteceu em Roma e na Grécia, conforme elas foram mutuamente se completando: a Grécia na filosofia e na ciência, e Roma na força física e na luta pelo poder terreno. Portanto, Roma e Grécia, nesse sentido, são o oposto de Jerusalém.

O reino das más ações são aqueles países governados pelo mal, mas não explicitamente. É possível chamar os Estados Unidos, por exemplo, de reino do mal, uma vez que parece ser um país livre?

No entanto, ao mesmo tempo, tal estado parece prevalecer no cenário pessoal, público e de Hollywood de toda a sociedade, visando tornar a pessoa um robô absoluto, fazendo uma lavagem cerebral, na medida em que ela não pensa em nada e age de acordo com as normas prescritas por este ambiente.

Nós vemos isso não só nos Estados Unidos, mas também em muitos outros países que operam no mesmo princípio. Só nos Estados Unidos, isso é visto de forma mais clara e vívida.

“Espalhar por todo o mundo por nove meses” significa alcançar a maturação final e o nascimento. Quando ela estiver realmente pronta para crescer em nosso mundo e conquistá-lo totalmente, a força do Messias vai se manifestar na fronteira entre o desenvolvimento intrauterino e extrauterino. Daí ela pode se manifestar a partir da condição oposta.

No entanto, do que está acontecendo no mundo, nós podemos concluir que não estamos neste estado e que ainda devemos trabalhar duro para alcançá-lo. De qualquer forma, nós chegaremos a ele ao nos esforçarmos para frente, num caminho ruim ou bom.

Nós queremos criar o nosso caminho para que a humanidade evite catástrofes, guerras, desastres e crises, para que todos esses problemas sejam resolvidos dentro de nós na luta contra a nossa natureza e convocando a força que nos puxa para fora, que é chamada de Messias, o libertador.

Portanto, nós devemos nos esforçar só pelo bem, e por outro lado, mesmo que nos sintamos maus, não vai ser real, porque vai se manifestar apenas em relação ao bem que revelamos. Em outras palavras, um pouco do mal será suficiente para percebermos que não pode ser pior, porque tudo é determinado em comparação.

Vamos encher o mundo com a Luz, e então veremos dentro dela, pequenos pontos de egoísmo (escuridão). Isto será suficiente para desejarmos nos livrar deles e apelar ao Messias, à força que vai nos libertar do ego.

De KabTV “O Messias Virá?” 14/11/14

Esperar Pelo Messias

Dr. MIchael LaitmanPergunta: O que é “a vinda do Messias”? Será que já entramos neste período?

Resposta: Não, a vinda do Messias é a revelação da força que tirará a humanidade do seu velho ego, aqueles que compreendem e anseiam por isso, e também aqueles que sequer sentem que estão no ego.

Por isso se diz que o homem tem que estar em um dos dois estados extremos, no estado bom ou no estado mau. Nós sabemos disso de acordo com os nossos estados espirituais diários.

Pergunta: Existe um estado intermediário?

Resposta: Estados intermediários não despertam a necessidade de redenção. Redenção do quê?

Eu preciso esperar e ansiar que esta força venha até mim. Tal estado precisa ser desejado, e eu, com toda a força, devo exigir o Messias, atrair essa força para mim, e tentar agir de modo que ela vai me puxar para frente.

Eu estou na expectativa de quando ela vai me redimir do ego, quando vai me elevar ao amor geral e doação, e eu vou me espalhar em todo o universo, de tal maneira que não vou sentir a mim mesmo, mas apenas o que está fora de mim.

O outro estado é completamente oposto ao primeiro estado. É completamente egoísta, selvagem e assustador. Mas, precisamente ao estar nele, eu entendo que sou um egoísta completo. Eu não espero e não chamo, porque entendo que existo nela e sinto o ego somo ruim.

Em cada grau de desenvolvimento espiritual, nós passamos alternadamente entre os dois estados. A transição de grau em grau ocorre em analogia com a mudança das formações sociais. Se a sociedade não rejeita completamente seu estado atual, ela não pode mudar a si mesma, ou seja, realizar uma revolução natural e subir para o próximo nível. Ela deve se separar de todas as relações que a conectam a este grau e se elevar. Em outras palavras, a fim de subir para um grau mais elevado, um potencial negativo deve se acumular.

Além disso, deve haver certa disseminação junto ao público, consentimento das massas, tensão interna na sociedade, luta entre as diferentes classes, etc., que sempre mudam o sistema. Enquanto isso, eu não vejo esses sinais no amadurecimento interior da sociedade. Por isso, nós ainda não entramos no período do Messias”.

De KabTV “O Messias Virá?” 14/11/14

Messias Ben José E Messias Ben David

Laitman_043Pergunta: Por que o Messias ben (filho de) José deve ser morto?

Resposta: Rav Kook escreveu: Messias ben José só revela a importância de Israel, mas o objetivo de Israel é unir o mundo numa família e chamar o Senhor. Portanto, “Messias ben José está destinado a ser morto e o Messias ben David irá governar”.

Isto significa que nós ainda estamos num período de Messias ben José, e a necessidade de elevar o valor de Israel, Yashar – El (direto ao Criador), acima de tudo, e por causa disso, chegará o momento em que nós uniremos o mundo inteiro, trabalharemos para o Messias ben David.

Esperando O Messias

Dr. Michael LaitmanPergunta: Alguns dias atrás, você disse que se mantivermos o mesmo nível de conexão que temos alcançado o Messias virá. Será que estamos indo na direção certa? Como podemos proporcionar o apoio mútuo e como vamos continuar o nosso trabalho corretamente?

Resposta: Nós estamos caminhando na direção certa e eu estou muito satisfeito com o resultado da Convenção e com a conduta de vocês após a Convenção. No entanto, ainda nos falta a conexão interna, a qual não depende de nós, mas do mundo à nossa volta, uma vez que temos que atrai-lo até nós. Portanto, nós não vamos receber a força do Messias até que existam centenas de milhares e até milhões atrás de nós, uma vez que precisamos receber a força do Messias para eles.

Nós temos que construir uma “camada de gordura”, de modo que haja um lugar à nossa volta, onde as pessoas vão entender, ouvir e sentir de certa forma qual é a solução para a crise. Então, a nossa oração não será egoísta e não “a fim de receber”. Nós não recebemos nada na espiritualidade sem razão, mas só se tivermos a quem transmiti-la para fora. Caso contrário, será uma queda, uma terrível quebra!

Somente quando nos conectarmos a milhões vamos gradualmente ser capazes de transmitir a Luz que Corrige a eles e a nossa realização espiritual será um bilhão de vezes maior do que o que transmitimos a eles. Portanto, nós precisamos de uma quantidade de pessoas de fora a quem estaremos mais ou menos conectados, o que pode ser o resultado de uma palestra que damos, de dar a alguém um livro, ou contar a alguém sobre nossas ideias, etc. Não há necessidade de qualquer conexão física, já que é por essas ações que eles já se conectam a nós em alguma medida através da rede virtual espiritual.

Nós estamos no caminho certo, e tentamos cumprir tudo. A principal coisa é participar das aulas e da disseminação: não importa se o resultado pareça bom ou não. Nós temos que proporcionar às pessoas o mínimo de informação de que esta é a única maneira de corrigir o mundo, e isso basta. Se pudéssemos atrair dois milhões de pessoas desta forma, nós realmente seríamos recompensados com a Luz que nos elevaria ao próximo nível. Isso é chamado de Messias, ou a força que nos atrai através da Machsom (barreira) do estado mais baixo ao próximo estado mais elevado,

Pergunta: Quando uma pessoa comum se conecta a nós? Suponha que ela leia alguma coisa e diga que concorda. Será que ela já se tornou parte de nós?

Resposta: Ela tem que participar da conexão entre nós de alguma forma, pelo menos passivamente, como ler o que está em nosso site ou através da leitura do material que você a envia. Não importa como uma pessoa responde, já que você a alimenta um pouco com extratos ou artigos, ou a convida para uma refeição sem pedir nada em troca, mas simplesmente convidando-a, visto que nos reunimos. Se ela só lê algo que publicamos, ela já faz parte de nós. Não subestime essas conexões pequenas e fracas!