Textos com a Tag 'Espiritualidade'

A Estrutura Da Divisão Espiritual

232.08Pergunta: Está escrito na Torá que o sogro de Moisés lhe deu a estrutura das “dezenas” para organizar o povo. Ele disse: “Mas você deve escolher dentre toda a nação homens de posses, tementes a Deus, homens de verdade, que odeiam o ganho monetário, e você deve nomear sobre eles chefes de mil, chefes de cem, chefes de cinquenta e chefes de dez”.

Essa é apenas a hierarquia interna de nossos desejos ou a nação foi de fato dividida dessa maneira no mundo corpóreo?

Resposta: Às vezes costumava ser assim.

Se desejamos nos tornar semelhantes ao Criador, nos aproximar Dele em nossas propriedades, temos que construir a nós mesmos, nossa sociedade, o estado, até mesmo o mundo e toda a humanidade de acordo com o mesmo princípio descrito na Torá, ou seja, temos dividir tudo em dez, cinquenta, cem, etc. Tudo!

Isso porque quando nos unimos dessa maneira podemos alcançar a propriedade de doação mútua, interconexão, garantia mútua (Arvut). Com a ajuda desta relação entre nós seremos capazes de nos relacionar da mesma forma com o Criador.

Pergunta: Mas por que exatamente existe essa divisão em dez, cinquenta, cem, mil?

Resposta: Vem das mesmas dez Sefirot. Se temos o superior, doando, Sua doação se espalha pelos dez degraus até atingir a última Sefira Malchut, que recebe tudo.

A distância de dez degraus do estado de doação – Keter (coroa), até o estado de recepção – Malchut (reino da recepção) reflete totalmente o desenvolvimento do desejo do Criador de doar ao desejo de receber da criação.

Se a criação por seu lado deseja se tornar semelhante ao Criador, ela tem que fazer uma restrição sobre si mesma: não receber da maneira que o Criador a fez, mas o contrário, agir em semelhança com o Criador, ou seja, de baixo para cima, de volta de Malchut a Keter realizando-se na propriedade de doação.

Na verdade, a restrição não foi pela ação em si, mas pela intenção. No entanto, quando restringimos a intenção, a ação também é simultaneamente restringida. Depois disso, a ação pode se desenvolver na direção oposta, em direção à recepção. O principal é a intenção.

Pergunta: Mas de onde vieram cinquenta, cem e mil?

Resposta: Não importa. As ações em cinquenta, cem, mil etc. caem sob as mesmas condições, as mesmas leis que na dezena.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 10/05/22

Percepção Da Espiritualidade

237Pergunta: Você diz constantemente que o primeiro passo na implementação da metodologia Cabalísitica é o mais difícil, e depois tudo corre bem. Por que a primeira transição é tão difícil?

Resposta: Porque a primeira transição é uma mudança cardinal, a mudança da própria natureza para o oposto – de egoísta para altruísta – e todos os outros passos são apenas ascensões altruístas. Ou seja, eles já são semelhantes entre si e você não muda inversamente.

Pergunta: Em seu sentimento, quando você mesmo experimentou isso, quão maravilhosa foi essa transformação?

Resposta: É impossível transmitir em palavras como sua percepção do mundo, visão de mundo e existência do mundo mudam, porque não existem tais meios neste mundo.

Pergunta: Mas você disse que todas as mudanças ocorrem nas sensações, ou seja, não tanto na matéria, mas em relação a tudo o mais. Isso significa que no nível da matéria tudo permanece o mesmo?

Resposta: O que significa “o mesmo”? Se o mesmo existe subjetivamente em relação a você, o que significa que tudo permanece o mesmo? Como pode ser?

A matéria é desejo. O desejo funciona de uma maneira completamente diferente. Ou seja, existe matéria inanimada, vegetativa e animada; este é o nosso mundo inteiro, incluindo todos que estão nele, incluindo as pessoas, e o próximo nível é a matéria humana.

Humano é Adão, da palavra “Domeh” (semelhante ao Criador). Você começa a possuir esta matéria, ela se torna sua. Quando um desejo toma a forma de Adão (semelhante ao Criador), você sente o próximo grau nele.

Comentário: Você costuma dar o exemplo de que as pessoas esperam algo que está em algum lugar além do horizonte, mas todas as mudanças reais estão acontecendo aqui, agora, neste momento.

Minha Resposta: Sim, porque não há nada além do horizonte. Você está em um certo desejo, você precisa mudar sua aplicação, sua forma, de “para você” para “para os outros”, para doação, para fora de você. Isso é o que você precisa fazer.

De KabTV, “Eu Recebi Uma Chamada. Percepção Espiritual”, 11/03/09

Indicadores Internos Na Espiritualidade

234Pergunta: Quando um aluno segue inquestionavelmente as instruções do professor, não é idolatria?

Resposta: Não. Ele adora o conhecimento e as percepções de seu professor, não a pessoa em si.

Comentário: Neste caso, qualquer um pode dizer: “Não me curvo diante de uma pessoa, mas diante de suas ideias, diante de suas qualidades”.

Minha Resposta: Em princípio, cada pessoa pode determinar o que adora e se é idólatra. Como você sabe o que e como, e em direção ao que ela se dirige. Não há indicadores externos nas coisas espirituais, apenas internos.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 05/04/22

Através Do Prisma Da Abordagem Da Espiritualidade

284Pergunta: Você disse que quando uma pessoa ganha uma grande quantia de dinheiro na loteria, é uma maldição. O que você quer dizer com isso?

Resposta: Isso a distrai de seu caminho normal de vida e não é um presente de cima, mas uma maldição. Por isso o Criador disse: “Eis que te dou recompensa e maldição, e escolhes um bom caminho”.

Comentário: Mas o homem não escolheu. Ele acabou de preencher um bilhete de loteria e ganhou.

Minha Resposta: Bem, dê-o.

Comentário: Isso também não é fácil. Você precisa entender a quem dar e como.

Minha Resposta: Na verdade, eu prefiro não levar nada para mim, nem um apartamento, nem um carro, nem o que criei na vida ou no mundo. Precisamos apenas do essencial para a existência. Mais do que isso, pode se transformar em uma rejeição da espiritualidade para uma pessoa.

Tudo deve ser medido pelo prisma de nos aproximar do desenvolvimento espiritual ou nos distanciar. Não há outro critério.

Se uma pessoa está em uma busca espiritual, ela mesma determina se isso é uma bênção ou uma maldição para ela. Já é fácil.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 22/02/22

O Principal É O Desejo De Espiritualidade

528.01Baal HaSulam, Shamati 99: “Ele Não Disse Perverso Ou Justo”: Se a pessoa não tem nenhum desejo ou desejo por espiritualidade, se estiver entre pessoas que têm anseio e desejo por espiritualidade, se ela gosta dessas pessoas, ela também tomará a força delas para prevalecer, seus desejos e aspirações, embora por sua própria qualidade, ela não tenha esses desejos e anseios e o poder de superação.

Se uma pessoa se encontra dentro de um grupo e as pessoas que ela vê no grupo são agradáveis ​​a ela e não a repelem, ao estar com elas, ela é gradualmente imbuída de seus objetivos, aspirações, desejos e ideais.

Portanto, devemos estar cientes de que estamos em um grupo Cabalístico e nos rebaixar diante de nossos amigos para invejá-los e nos aproximar deles.

Pergunta: O que significa que as pessoas que lutam pela espiritualidade são agradáveis ​​para mim?

Resposta: Você as ama, as respeita e quer ser como elas e estar com elas porque elas, como você, anseiam por espiritualidade. E você percebe que sem essas pessoas você não alcançará a espiritualidade.

Pergunta: Elas estão me agradando apenas porque anseiam por espiritualidade? Eu não me importo com o que elas realmente são?

Resposta: Claro que não! Que diferença faz se são pretas, brancas, ruivas, têm barba ou orelhas caídas! O principal é que eu tenho os mesmos desejos que elas e luto pelo mesmo objetivo. Eu entendo que sem elas não vou conseguir.

Imagine que você está em um mar revolto no mesmo barco com pessoas feias e assustadoras. Mas você não chegará à costa sem elas! O que você pode fazer? De qualquer forma, você gradualmente percebe que é isso que seu egoísmo retrata para você.

Da Convenção Internacional “Elevar-se Acima de Nós Mesmos” 08/01/22, “Obter a grandeza da meta dos amigos” Lição 4

Não Há Nada Além Da Espiritualidade

276.02Pergunta: Há alguns dias, em uma aula, falamos sobre orgulho. Você disse: “Eu também sou uma pessoa muito orgulhosa”. Agora estamos falando da grandeza dos amigos. Se os amigos do grupo devem ser exaltados, de que tipo de orgulho do grupo estamos falando?

Resposta: O orgulho é o que me impede de me ver inferior aos meus amigos.

Pergunta: Como devo trabalhar com esta propriedade em grupo se uma pessoa está no caminho há muitos anos e não consegue superar seu orgulho? Afinal, não tem nada a ver com espiritualidade. É dado a ela por natureza.

Resposta: Todas as propriedades são espirituais, apenas em mais ou menos. Não há nada além da espiritualidade. Qualquer propriedade que possamos apenas imaginar é espiritual. E mesmo que chamemos algo de anti-espiritual, está relacionado à espiritualidade, embora seja “anti”.

Além da propriedade de doação, o Criador, não há nada. Tudo o que se manifesta, mesmo contra Ele, ainda é medido em relação a um padrão: o Criador.

E precisamos ter certeza de que distinguimos claramente entre as propriedades a favor e contra. E tudo ficará bem.

Estude profundamente as lições que estamos aprendendo agora. Elas abrirão claramente as portas para o mundo superior para você. Você vai ver como tudo isso compensa. Não há nada que valha a pena em nosso mundo de qualquer maneira. E o mundo espiritual virá e preencherá tudo.

Da Convenção Internacional “Elevar-se Acima de Nós Mesmos” 07/01/22, “Aderir aos Amigos” Lição 3

Ponto Zero Onde Começa A Espiritualidade

237A pessoa entra no mundo espiritual e começa a sentir o Criador depois de cruzar o ponto chamado zero. Ela trabalha para subjugar seu desejo de receber mais e mais, e assim chega ao ponto zero. Quando ela cruza este ponto, significa que ela nasceu no mundo espiritual, na qualidade de doação.

Claro que este não é um caminho fácil e simples; esta é a realidade que não entendemos, e tudo é alcançado subjugando o egoísmo em relação a todos os obstáculos que se encontram em nosso caminho.

É por isso que o início do trabalho é indicado pelo ponto zero. É como se uma pessoa não existisse e não tivesse seu próprio desejo, uma vez que o anula antes de seu desejo de estar na espiritualidade, na doação.

Não podemos imaginar tal estado zero onde nossos desejos são anulados como se eles não existissem. Na verdade, eles existem e até crescem, e parecem cada vez mais assertivos para a pessoa. Ela se lembra de toda a sua vida, com os diversos eventos pelos quais passou. Tudo isso para lhe revelar todo o desejo de receber que possui.

Ela começa a examinar toda a sua vida de um novo ponto de vista. Um por um, todos os tipos de fotos, imagens e pensamentos de sua vida aparecem diante dela, sua atitude para com os outros e os outros para com ela, e ao analisá-los, ela chega à conclusão de que é um zero absoluto em tudo e no que diz respeito a todos. Na verdade, isso é verdade: todos são zero em relação aos outros.

Só quando a pessoa passa por todo esse reconhecimento é que ela se transforma em um embrião espiritual e começa a crescer em espiritualidade, de forma espiritual, com forças e pensamentos espirituais. Tudo isso se deve ao fato de que ela anula cada vez mais seu desejo egoísta.

O desejo permanece e cresce, a partir deste ponto zero, mas a luz superior dá a ele a forma de Adão, semelhante ao Criador. E desta forma a pessoa cresce sob a proteção de cima por nove meses enquanto está no ventre da mãe.

Tudo começa do zero, a partir da anulação completa, quando a pessoa se volta constantemente ao Criador e atribui cada vez mais a Ele seu sucesso na anulação.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 30/12/21,, “Anulação Perante os Amigos”

Desenvolvimento Pré-natal Na Espiritualidade

237Pergunta: A pessoa sente seu estado espiritual pré-natal?

Resposta: Devemos começar a sentir que estamos todos dentro do Criador, como está escrito: “Não há outro além Dele”.

Se eu me coloco no sentimento de que estou dentro do útero da mãe espiritual superior, chamada Elokim, e esta é a propriedade de Bina, que me eleva, cuida totalmente de mim e determina todos os meus sentimentos, pensamentos, propriedades e ações, e tento segurá-la com todas as minhas forças, isso significa que eu aderi a ela, ao seu ventre, e quero agir apenas em harmonia com ela. É assim que eu me desenvolvo.

Tente pensar nisso o tempo todo: “Não há outro além Dele. E tudo isso só para me desenvolver na direção certa. Ele é bom e faz o bem”. Se continuo pensando assim o tempo todo, vou aderir ao superior e começo a sentir que estou dentro da mãe espiritual.

Depois de passar por várias dessas etapas, eu nasço, o que significa que começo a entendê-la ainda mais, a senti-la, a vê-la. É assim que ocorre o processo de nascimento, talvez não de maneira muito agradável, um tanto dramática, mas relativamente breve.

Depois disso, uma conexão diferente com o superior é percebida que flui constantemente, apenas em um nível superior, quando você já entende mais, sabe mais, balbucia, sorri no sentido espiritual e sente uma reação diferente.

Você tem uma conexão, mas não em um nível inanimado onde o principal para você é agarrar, e você ainda não sente nada. É como uma mãe insensível que não reage realmente a você porque você ainda não tem os sentimentos de percepção correspondentes.

Então, desenvolvendo sua percepção, você a vê de uma maneira diferente, como uma criança que começa a sentir sua mãe.

De KabTV, “O Poder do Livro do Zohar” # 18

Nascimento Na Espiritualidade

232.04Comentário: O embrião no útero cresce com a cabeça para cima. Quando nasce, vira a cabeça para baixo.

Minha Resposta: O fato é que não é o próprio embrião que age dessa maneira, mas o Criador. O embrião apenas se anula.

O Criador vira de cabeça para baixo, e tudo o que estava nele deixa a etapa anterior. Ele passa pelo canal do parto, nasce, o cordão umbilical é retirado, e depois disso já é considerado um recém-nascido e inicia um trajeto independente. Ou seja, tanto quanto possível, ele se anula em relação ao Criador de acordo com as condições que encontra entre si mesmo e Ele.

Pergunta: Enquanto o embrião está no desenvolvimento intrauterino, não há tempo nem volume em relação a ele. Mas quando uma pessoa nasce, existe um mundo diferente, uma existência diferente, onde já existe ar e tudo mais. Quando uma pessoa nasce espiritualmente, ela também experimenta esse contraste?

Resposta: Sim, é um mundo diferente. Então, é dito: “Eu vi o mundo invertido”. No mundo espiritual, a propriedade de doar e a propriedade de receber são invertidas. Tudo o que era importante para mim se torna sem importância.

Se em nosso mundo eu e meu benefício somos importantes para mim, a propriedade de receber prevalece. No mundo espiritual, dar aos outros prevalece porque através deles me encontro conectado com o Criador e eles são a parte mais importante da minha alma.

Em geral, os outros não existem. O Criador e eu existimos. Tudo o que há entre nós é minha alma. Ou seja, eu vejo todas as oito bilhões de pessoas como meu verdadeiro eu. Essa, em princípio, é a reviravolta.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 06/08/21

Alusões Às Propriedades E Ações Espirituais

630.2Pergunta: Em Purim, tradicionalmente, bolos doces são comidos em forma de se assemelhar aos bolsos de Hamã. O que há com este símbolo?

Resposta: Em nosso mundo, existe uma conexão entre a raiz e o ramo. Portanto, devemos de alguma forma exibir tudo isso nos ramos. As pessoas deveriam estar apegadas a essas coisas.

Pergunta: Não é primitivo que no século XXI estejamos seguindo essas tradições?

Resposta: Eu acredito que nosso século é o mais primitivo de todos os séculos anteriores. Quanto mais nos desenvolvemos, mais nosso egoísmo cresce. Portanto, de repente começamos a nos sentir como uma espécie de grandeza e a criticar os séculos anteriores, os cientistas e todos os outros. Mas eles entendiam muito melhor do que nós a estrutura dos mundos, as forças da criação.

Eles conheciam essas raízes, as viam, adivinhavam e entendiam com o que estavam lidando, não a fim de fazer algum tipo de história a partir disso, mas para incluí-las no sistema de correção para que cada geração fizesse sua própria correção e gradualmente chegaríamos à correção completa, que é chamada de “Purim”.

Pergunta: É por isso que eles introduziram ao povo a tradição de comer doces em forma de bolsos de Hamã?

Resposta: Claro. Tudo isso foi feito pelos grandes Cabalistas. Existem inúmeras alusões às propriedades e ações espirituais que devemos realizar.

Pergunta: É costume dar presentes em Purim. Em honra de quê? Em honra da alegria?

Resposta: Sim, porque quando nos conectamos, nos realizamos: eu sou você, você é eu. E cada indivíduo não pode se realizar.

Purim é a correção final. O Criador criou o egoísmo, a inclinação ao mal que foi completamente corrigida.

De KabTV, “Estados Espirituais”