Textos com a Tag 'Egoísmo'

Não Fuja Dos Desejos Egoístas

laitman_528_01Pergunta: É possível abordar a espiritualidade abstendo-se de satisfazer desejos como riqueza e controle? É possível se satisfazer sentido esses desejos por meio do trabalho na Dezena?

Resposta: Não. Primeiro, precisamos passar por muitas e diferentes possibilidades egoístas : riqueza, controle, respeito, todos os tipos de prazeres. Não há como fugir disso.

Para empurrar uma pessoa para a correção, são especificamente esses desejos que se desenvolvem em uma pessoa e ela deve se elevar acima deles.

Portanto, não acredito que caiba a nós fugir de quaisquer desejos e classificá-los como desejos necessários e desnecessários, bons e maus. Não é necessário se envolver com eles; em vez disso, a pessoa deve se envolver com a atração máxima da Luz superior dentro do grupo, com a entrada no primeiro nível espiritual. É no que estamos envolvidos todos os dias nas lições matutinas.

Apesar do anseio pela espiritualidade, vários desejos e problemas aumentam para nós o tempo todo: financeiro, familiar, saúde e outros.

Não podemos fugir deles, e devemos simultaneamente agir e entender que a solução para os problemas espirituais sempre acontece em um contexto de problemas materiais.

Quanto mais avançarmos, mais entenderemos que precisamos superar todos esses problemas, e eles serão resolvidos de forma muito simples.

Suponha que algum problema apareça e fique claro que apareceu porque você não trabalhou o suficiente na conexão com os amigos; se você aprofundar a conexão, o problema material começará a desaparecer.

Do Webinar 21/05/17

No Emaranhado Obscuro Do Egoísmo

laitman_232_01Pergunta: Desde que eu era jovem, queria entender como posso beneficiar outras pessoas e qual é o sentido da minha vida. Essa busca me levou ao emaranhado obscuro do egoísmo de outras pessoas.

Por algum motivo, elas estavam sempre felizes em se aproveitar da minha busca e da minha gentileza para o seu próprio benefício. Para onde as minhas boas intenções me levaram?

Resposta: Você tem procurado sem um método! Você simplesmente queria fazer o bem a outras pessoas egoístas que se aproveitaram disso.

Pergunta: Como eu posso aprender a dar corretamente?

Resposta: Essa é toda uma ciência. Você deve ser mais rigoroso e mais perspicaz. Não deve deixar que ninguém o use. Uma pessoa deve ser muito engenhosa para lidar com seu ego, com a serpente, e trabalhar com ele.

Você não deve ser um tolo ou, pelo menos, não ingênuo. É bom que você tenha esses atributos. Mas agora você já sabe que deve mudar a si mesmo.

Da Lição de Cabalá em Russo 26/02/17

As Ferramentas Básicas Da Gestão Do Egoísmo

laitman_933.jpgPergunta: Que ferramentas a sabedoria da Cabalá oferece para gerir o egoísmo?

Resposta:

  • Limitar-se com a ajuda da Luz superior, que a pessoa recebe por meio do grupo.
  • Anular-se em relação ao grupo e, nesse grau, sentir-se o ponto mais baixo.
  • Investir todos os meus esforços no grupo e ajudar os amigos do grupo, a fim de alcançar o ponto mais alto.

O espaço entre o ponto mais baixo e o ponto mais alto determina o formato da revelação do Criador para a pessoa.

Da Lição de Cabalá em Russo 26/02/17

“Mil Curtidas Ou Vou Soltá-lo”

Laitman_180Nas Notícias (The Grio): “Um pai argelino foi condenado na segunda-feira a dois anos de prisão depois de balançar seu filho pela janela para pedir “curtidas” no Facebook.

“De acordo com a BBC, os usuários do Facebook estavam em pânico e ficaram indignados quando o pai não identificado pendeu seu filho pela janela em Argel. Ele postou uma foto do menino precariamente empoleirado, juntamente com a promessa de ‘soltá-lo’ se não tivesse 1.000 curtidas.

Pergunta: Para onde estamos indo?

Resposta: Nós chegamos a um estado em que não ficamos mais intimidados, porque receber mil curtidas se tornou, aparentemente, mais importante do que ser preso. Já estamos lidando com um egoísmo que não pode ser controlado.

Nós devemos entender que somente a força superior pode substituir o egoísmo por outro instinto oposto, um novo instinto de doação e amor que será adquirido por nós. Só assim podemos sobreviver.

Pergunta: Se uma pessoa recebesse 1.000 ou 100.000 curtidas por mostrar o que é o amor, a doação, isso poderia mudar o mundo?

Resposta: Sim. Mas se você se voltar a ele como para com um egoísta, não poderá fazer nada. Nós precisamos nos conectar, atraindo gradualmente a luz superior, a força superior. Ela pode realmente fazer isso, que é como as pessoas começarão a ser mudadas sob sua influência e depois deixarão de dar “curtidas”.

Pergunta: Portanto, o desejo de doar e amar aparecerá em uma pessoa?

Resposta: Inevitavelmente, sob a influência da luz superior. Como é possível de outra forma? Afinal, até hoje estamos fazendo tudo de forma involuntária. Não importa se você é escravo dessa ou daquela força. Nossa única escolha é sob qual força ser um escravo.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 22/06/17

Egoísmo E Altruísmo

Laitman_049_01Pergunta: Qual a diferença entre egoísmo e altruísmo?

Resposta: O egoísmo difere do altruísmo apenas na intenção: sobre se eu quero fazer algo para mim ou para os outros.

Eu posso beijá-lo e será por mim mesmo, e posso dar um tapa em você algumas vezes, e será por você. Em outras palavras, a ação em si não tem sentido. É apenas a intenção que determina a sua essência.

Da Lição de Cabalá em Russo 26/02/17

O Incansável Crescimento Do Egoísmo

Dr. Michael LaitmanO egoísmo é criado em nós especificamente para que nós, por meio do desenvolvimento dele, alcancemos a possibilidade do livre-arbítrio e comecemos a usá-lo, a despeito de nós mesmos. Então nós alcançaremos o Criador.

A propriedade do crescimento ilimitado do ego é um atributo incrível que não existe na natureza.

Se eu quiser algo e prová-lo, vou querer o dobro; se eu consumir duas vezes mais, vou querer quatro vezes mais, e assim por diante. Eu constantemente preciso dobrar o meu prazer; de outra forma, não posso senti-lo como um prazer.

Isso significa que a força do Criador está dentro do ego, e continua crescendo. Isso não existe nos outros níveis da natureza, mas o faz em nosso egoísmo. No homem, na quarta fase do desenvolvimento, após os níveis inanimado, vegetal e animal, há a centelha do Criador que está realmente concentrada no ego, que continua a crescer exponencialmente.

Pergunta: Se uma pessoa gosta do fato de que os outros se sentem mal, isso significa que é um verdadeiro egoísmo?

Resposta: Sim, quando a satisfação é à custa dos outros, eu sinto muito prazer. Ao mesmo tempo, meu egoísmo sai de minhas estruturas internas. Um leão, por exemplo, que devora certo animal, está satisfeito e não precisa de mais nada. Um homem que devora um, procura outra coisa para devorar.

Isso significa que desejos muito grandes emergem em nós e constantemente exigem renovação e são insaciáveis. Por outro lado, quanto mais você tenta satisfazê-los, mais faminto se sente. Se você satisfaz um egoísmo duplo, você está quatro vezes mais faminto, e assim por diante, e é impossível fazer qualquer coisa com tal poço sem fundo.

Pergunta: Isso se aplica a toda a humanidade?

Resposta: Aplica-se a todas as pessoas desenvolvidas. Um ser humano subdesenvolvido é como um animal, como um bebê, que você dá algo e ele está satisfeito. Um homem desenvolvido, por outro lado, quer o mundo inteiro, e mesmo isso não é suficiente para ele.

O desejo de receber tudo à custa dos outros é um tipo especial de egoísmo. Nós podemos ver a competição entre pessoas ricas e famosas, como artistas, por exemplo, que queimam de inveja uns dos outros.

Pergunta: Mas o Criador criou tudo isso. Como é que isso nos aproxima Dele para alcançarmos Seus atributos?

Resposta: Acontece de uma maneira muito amarga quando uma pessoa começa a perceber que não vai alcançar nenhum prazer, não será satisfeita “até que a morte nos separe: eu e meu saco de ouro”.

Pergunta: Você acha que uma pessoa gentil, de bom coração e honesta é uma pessoa subdesenvolvida?

Resposta: Sim, ela ainda não é egoisticamente desenvolvida o suficiente. Mas hoje, isso pode acontecer muito rapidamente.

Quando uma pessoa começa a entender que não há nenhuma razão para perseguir novas realizações, porque estas não a satisfazem, ela começa a procurar um substituto em um nível superior e chega à sabedoria da Cabalá.

Da Lição de Cabalá em Russo 26/02/17

Mude A Visão Egoísta

laitman_423_02A sabedoria da Cabalá diz que nascemos como egoístas, separados e solitários. Além disso, nos tratamos egoisticamente. Cada um olha para os outros e os vê apenas através da visão do uso benéfico.

Nós avaliamos os outros pelo quanto eles podem nos prejudicar ou trazer algum lucro. E se não, eu não os percebo. Isso é chamado de olhar os outros apenas através da visão egoísta.

Portanto, o nosso trabalho reside em mudar a visão e ver de que jeito podemos dar a todos tudo o que temos e nos tornarmos maestros do Criador.

Em princípio, eu não tenho nada para dar, mas se quiser fazer isso, posso me conectar imediatamente com o Criador. Então o Criador trabalhará através de mim para o mundo inteiro. E o mundo inteiro, para o qual eu trabalharei, será chamado de  minha alma. Essa é uma conexão altruísta.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 19/10/16

A Batalha Pela Independência Do Egoísmo

Dr. Michael LaitmanNós precisamos entender o que significa a independência para Israel, porque ela é radicalmente diferente da independência considerada em outros níveis: inanimado, vegetal, animal e até mesmo entre outras as nações do mundo.

Em última análise, toda a humanidade deve alcançar a independência na compreensão de Israel porque este grupo está realizando o programa de correção para o mundo inteiro, como que em uma fase preliminar, em um laboratório.

Portanto, alcançar a independência para este grupo deve ser visto como o futuro estado de independência para todo o mundo. E hoje é especialmente sentido o quanto o mundo precisa disso. Para entender o que a independência significa, primeiro precisamos experimentar o que significa ser um escravo de nosso próprio desejo de prazer.

Pouco a pouco, as pessoas estão se conscientizando de que a nossa natureza egoísta nos escraviza e nos usa impiedosamente, impedindo-nos de viver ou morrer.

Como criaturas maltratadas, passamos toda a nossa vida simplesmente tentando evitar o sofrimento. Pequenas alegrias são consideradas uma vida feliz. É por isso que precisamos entender que a independência é principalmente a independência de nossa natureza, de nosso egoísmo.

Esse tipo de independência tem níveis. Em vez de estar sob o controle do egoísmo, precisamos ficar sob o controle de um novo poder porque é impossível estar sem qualquer força animadora com a qual possamos controlar nossas vidas. Mas devemos escolher essa força, preferindo-a sobre todas as outras possibilidades.

Portanto, a independência tem um significado muito amplo e elevado, incluindo dentro de si toda a realidade. Afinal, a independência é inerente apenas ao Criador, e se quisermos realmente alcançar a independência, precisamos nos elevar à condição Dele, ao Seu nível, à Sua natureza.

Esse tipo de independência não é fácil de alcançar. Afinal, para isso, precisamos não só atravessar a natureza de doação, mas também construí-la acima de nossa própria natureza egoísta.

É por isso que, se quisermos receber nossa independência, devemos estar preparados para uma batalha incessante com o nosso egoísmo até o fim da correção. Só podemos estabelecer a nossa independência em oposição ao egoísmo, porque um se opõe ao outro: a independência contra a escravidão.

Não importa o estado que a pessoa experimente, ele deve ser sentido como se alguém estivesse saindo do Egito ou antes da saída. Nós precisamos abordar isso muito seriamente, porque se quisermos crescer espiritualmente, haverá batalhas sérias diante de nós contra as forças de separação, à medida que o nosso egoísmo for revelado.

Essas forças se elevarão constantemente entre nós de várias maneiras, tentando criar conflitos entre nós. E sobre todos esses fenômenos, precisamos nos unir.

Principalmente, precisamos entender que a única coisa que impede nossa independência é a escravidão. É por isso que, sem primeiro entrar no Egito, é impossível alcançar a liberdade. Este dilema está diante da nação de Israel que precisará demonstrar a toda a humanidade o exemplo de alcançar a independência, unidade e correção. Depois disso, todas as nações alcançarão o mesmo.

Portanto, ainda não estamos comemorando o Dia da Independência, mas sim a oportunidade de alcançá-la!

Da Lição: “Dia da Independência”, 25/04/17

Há Um Caminho Para Fora Do Impasse Egoísta

Laitman_115_05Já está claro para todos que a natureza de uma pessoa é egoísta e até mesmo os atos mais misericordiosos são cometidos por nós para o nosso próprio prazer, caso contrário não os faríamos. É impossível abordar o egoísmo para mudá-lo, afinal, é a natureza que está em nossa base.

Se tentarmos limitá-lo, então, depois de todos os nossos truques, ele acabará por crescer ainda mais. Cada vez que tocamos no egoísmo, ele aumenta; um monstro tão terrível espreita dentro de nós. Você o toca levemente e ele cresce, toca um pouco mais e cresce mais. Você quer destruí-lo, agarrá-lo, e ele cresce novamente! Então o que podemos fazer?

Somente a força que criou o egoísmo pode corrigi-lo, ou seja, não precisamos limitar o próprio desejo egoísta, mas sim nos voltar à força que criou o egoísmo e afetá-lo por meio dessa força. Só então poderemos ter sucesso. Ou seja, não destruímos o egoísmo e não o cultivamos, mas queremos controlá-lo.

Se o egoísmo é toda a nossa natureza, é óbvio que nada pode ser feito diretamente com ele. No entanto, o método da Cabalá nos dá a possibilidade de um caminho alternativo: voltar-se à força que criou o egoísmo e limitá-lo através dessa força. Então nós podemos nos tornar nossos próprios mestres.

Caso contrário, não podemos lidar com nosso egoísmo. O egoísmo é nossa doença congênita, uma espécie de cleptomania. Houve casos em que pessoas ricas e famosas sofriam de cleptomania, um desejo doloroso de roubar. Uma mulher entra na loja e rouba uma pequena colher ou alguma outra coisa pequena. É uma doença, e ela não consegue parar.

É o mesmo com uma pessoa baseada no egoísmo, que não consegue lidar com seu desejo de receber. Se amarrarmos as mãos, ela tentará agarrar com os dentes. Essa é a nossa natureza. As pessoas pensam que é possível superar seu desejo egoísta. Mas não é assim. Você só pode oferecer uma compensação mais favorável. Por exemplo, uma pessoa que quer perder peso e parecer bonita está pronta para passar fome por isso.

Mas isso não significa que ela superou seu desejo por comida. Ela simplesmente substituiu esse pequeno desejo egoísta de comer e desfrutar a comida por um desejo egoísta mais forte de ser magra. O desejo em si não mudou, apenas o uso que ele tem.

Portanto, a humanidade deve entender que não pode prescindir do método da Cabalá, senão os países mais desenvolvidos se voltarão ao nazismo. Baal HaSulam escreveu no livro A Última \Geração que, no processo de desenvolvimento, liberais e socialistas de repente se transformam em nazistas.

“Acontece que o mundo erroneamente considera o nazismo um ramo particular da Alemanha. Na verdade, é o ramo de uma democracia e do socialismo que ficaram sem religião, costumes e justiça. Assim, todas as nações são iguais nisso; não há esperança alguma de que o nazismo perecerá com a vitória dos aliados, pois amanhã os anglo-saxões adotarão o nazismo, pois eles também vivem em um mundo de democracia e nazismo”.

De acordo com a forma como os democratas se comportam hoje nos EUA, é o começo do nazismo. Afinal, se o presidente foi eleito legalmente, ele deve ter a oportunidade de agir e governar o país. Mas os democratas discordam disso e estão fazendo tudo para impedir isso. O mesmo acontecerá em breve na Europa.

O problema não está em uma pessoa específica, mas na abordagem. A sociedade tem se desenvolvido e amadurecido, a fim de se transformar em uma sociedade nazista.

Pergunta: Isso significa que não há saída, já que é impossível mudar a natureza egoísta das pessoas?

Resposta: Há uma saída! Há uma ferramenta chamada a Luz de Retorno (Ohr Hozer), que é a Luz superior, capaz de corrigir o egoísmo de uma pessoa. As pessoas precisam saber disso. O mais importante é o reconhecimento do mal. Se os democratas permanecessem no poder, o mundo chegaria inevitavelmente a uma guerra. No final de seu mandato, a administração Obama começou a falar abertamente sobre uma guerra mundial como algo inevitável.

Hoje, quando Trump chegou ao poder, a guerra já está esquecida, e a situação começou a se acalmar. No entanto, isso não se adequa aos partidos de esquerda.

Da 2ª parte da Lição Diária de Cabalá 01/02/17, Lição sobre o Tópico: “Mismah Arosa (Documento Arosa)”, “O Que Deve Ser Feito?”

Impossível, Mas Necessária

Dr. Michael LaitmanPergunta: Por um lado, uma pessoa não pode se livrar de sua natureza egoísta – a força superior realiza isso. Por outro lado, você diz que uma pessoa não recebe algo que não possa fazer.

Resposta: Uma pessoa, como na matemática, recebe uma condição que é impossível, mas necessária. Aqui, surge a pergunta natural: “Como?” Se não podemos fazer nada, mesmo assim a correção é obrigatória, então é impossível evitá-la também.

A solução é usar a sabedoria da Cabalá para atrair a força que nos transformará, em vez de mudarmos a nós mesmos! Por essa razão, a Cabalá foi dada à humanidade.

Certamente, não somos capazes de sair de nossa natureza egoísta que nos obriga a pensar só em nós mesmos e em ninguém mais. Quer façamos isso consciente ou inconscientemente, essa ainda é a única coisa que existe em nós.

No entanto, podemos atrair sobre nós uma força especial chamada Torá, ou Luz superior, a propriedade de amor e doação, que vai nos transformar.

Hoje estamos começando a ver a partir de nossos próprios erros que nós, como cães, estamos perseguindo nossos próprios rabos, incapazes de fazer qualquer coisa com nós mesmos e com o mundo. Nós só podemos levantar nossas mãos e nos render à mercê do fluxo da evolução: o que quer que aconteça, acontece.

A julgar pelo número de pessoas que sofrem de depressão, uso de drogas e todos os outros parâmetros, uma parcela maior da humanidade está começando a perceber que está em um estado de desespero. E agora algo deve ser feito.

A única solução é nos elevar acima de nós mesmos. Isso só pode ser feito com a ajuda da força superior. A sabedoria da Cabalá é o método para revelá-la.

Quando todos perceberem que essa é a única saída de um beco sem saída, seremos bem-sucedidos.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 10/05/16