Textos com a Tag 'Egoísmo'

O Ponto A Partir Do Qual Começa A Saída Do Egoísmo

567.04Pergunta: O que é a saída do Egito? O que é o “Egito” do ponto de vista espiritual?

Resposta: Sair do Egito é sair do egoísmo e entrar na qualidade de doação, unidade e amor.

Pergunta: De onde começa?

Resposta: Uma pessoa começa a sentir que vive sem rumo, nenhum “deus” ou crença a preenche, eles não lhe dão uma resposta completa sobre qual é o sentido da vida, seu propósito. Ela gradualmente supera o que lhe foi ensinado e o que o ambiente ensina e se apega.

Ela sente que precisa de algo mais: saber por que uma pessoa vive, para quê e como tudo funciona. É uma questão sobre sua existência, que parece completamente sem sentido para ela.

Pergunta: Esses desejos que se desenvolvem ao longo da evolução são chamados de aspirações espirituais?

Resposta: Essa é a aspiração inicial.

Pergunta: Então a homem revela a força única da natureza?

Resposta: Não. Isso não acontece imediatamente. O fato é que ele nem sabe onde ou como procurar essa força da natureza e como ela controla uma pessoa.

Sua principal tarefa é encontrar o Criador, pois essa é a única força que controla tudo. Por você mesmo, e como se estivesse contra você, não importa como, mas sempre há apenas uma força. Revelar isso é o mais importante para uma pessoa.

Porém, a pessoa não sabe como encontrá-la. Ela vem estudar em grupo e é informada de que essa força é o oposto do egoísmo. Essa é a força espiritual que existe agora nela, em que todo o nosso mundo foi criado, e ela deve se aproximar dessa força do Criador, a qualidade de doação, amor e conexão.

Afinal, toda a nossa ação é nos unir novamente em uma única alma, que se dividiu em 600.000 partes, e nós devemos unir essas pequenas almas privadas em uma única alma.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 15/04/19

Trabalho No Egoísmo

631.1Pergunta: Existe o chamado efeito Ringelmann quando, conforme o número de membros do grupo aumenta, a contribuição individual média diminui.

Digamos que você e eu possamos levantar 100 quilos cada um. Se estivermos juntos, levantamos muito menos e se formos oito de nós, vamos içar cerca de 50% do que todos podem levantar. Isso é chamado de preguiça social.

Além disso, quanto maior o número no grupo, mais esse efeito se manifesta. Como esses dados podem ser usados ​​para unir o grupo?

Resposta: Precisamos mostrar às pessoas como somos egoístas e quanto devemos nos entregar inteiramente à ascensão geral, a fim de, em última instância, elevar completamente tudo o que pudermos.

Comentário: De qualquer forma, quando estamos na dezena e você nos dá alguma tarefa, mas eu pessoalmente não sou responsável pela sua implementação, minha atividade diminui.

Minha Resposta: Isso ocorre porque você confia nos outros e espera que eles façam isso. Esta é a lei.

É necessário trabalhar o nosso egoísmo para que cada um de nós queira fazer isso sozinho, embora a tarefa seja destinada a cinco pessoas. Então, você obterá um resultado muito melhor do que antes.

De KabTV, “Habilidades de Comunicação”, 25/09/20

Preparação Do Egoísmo Para Mudanças Futuras

294.2Pergunta: Por que a humanidade levou tanto tempo para chegar a condições equitativas e igualdade de todos perante a lei? Além disso, embora não seja igualdade espiritual, você ainda vê algum progresso nisso?

Resposta: Sim, vejo algum progresso. A humanidade demorou muito para chegar ao estado atual porque trabalhamos com o egoísmo. Nos estágios inferiores de seu desenvolvimento, o egoísmo é realmente impenetrável. Demorou milhares de anos para prepará-lo de alguma forma para mudanças futuras.

Ainda não sentimos essas mudanças, mas em breve elas começarão a se manifestar. Veremos como em diferentes estágios do desenvolvimento humano, em diferentes estágios históricos, estávamos nos preparando para essas mudanças. Podemos passar por eles.

O fato de tudo ter sido distribuído dessa forma ao longo do tempo indica apenas que a natureza entende com quem está lidando e sabe fazer tudo de acordo com a lei de seu desenvolvimento intrínseco.

É necessário trazer gradualmente o egoísmo à consciência da necessidade de mudanças éticas, morais e, finalmente, espirituais.

De KabTV, “Habilidades de Comunicação”, 11/09/20

Tudo Vem Do Egoísmo

959Pergunta: Existem dois princípios básicos de comunidades virtuais.

Primeiro: conexão horizontal livre, todos podem se comunicar com todos sem um intermediário.

Segundo: uma oportunidade para cada um encontrar o seu lugar, ou seja, se tornar uma pessoa completamente diferente, diferente da realidade.

Você acha que esses princípios ajudarão uma pessoa no desenvolvimento pessoal ou espiritual? Afinal, hoje temos a oportunidade de nos comunicar com todos e eu posso me comunicar com milhões.

Resposta: Por um lado, isso certamente é uma coisa boa. Mas a questão é como o usamos. Você está falando de capacidades técnicas. Mas o que elas contêm? Esse é o problema.

Pergunta: A Internet permite que uma pessoa aja como se estivesse à distância, sem estar fisicamente presente na sociedade, e faça alguns contatos, interações, comunicações. Isso é uma manifestação do egoísmo crescente?

Resposta: Tudo vem do egoísmo, não há mais nada aqui. Devemos entender que não podemos escapar de nós mesmos, de nossa natureza. Assim que começarmos a corrigi-la sistematicamente, chegaremos naturalmente a um tipo qualitativamente novo de conexão entre nós.

De KabTV, “Habilidades de Comunicação”, 10/07/20

Parceria Egoísta

273.01Pergunta: Recentemente, eu recebi um e-mail de alguém que começou um negócio com um amigo há mais de 30 anos. Ele escreve: “Quando abrimos o negócio, decidimos que cada um se complementaria: meu parceiro dá ideias e eu as implemento, resolvo todos os problemas. Dividimos tudo meio a meio.

“Trabalhamos assim por mais de 10 anos, até ganharmos muito dinheiro. Aí ele exigia 80% do faturamento total para si e justificava tudo pelo fato de as ideias serem dele. Aí não resisti e disse que todos esses anos eu o havia apoiado, pagando pelos dias vazios em que ele estava pensando, de férias, deprimido, etc.

“Nesse dia, o princípio da igualdade foi violado e nos tornamos inimigos. Não nos falamos por um mês. Então descobri que ele me processou. Antes amigos mais próximos, hoje somos inimigos ardentes”.

Se considerarmos essa situação pelo prisma da integralidade da natureza, qual seria a distribuição de renda e qual a igualdade entre esses parceiros? É correto que eles originalmente dividiram tudo ao meio? Afinal, um deles quebrou o contrato posteriormente.

Resposta: O fato é que a parceria deles era puramente egoísta e, portanto, não tenho ideia de como resolver esse problema. Não tenho nada a ver com isso.

Meu trabalho é estudar sistemas completamente diferentes que se complementam e trabalham em princípios completamente diferentes onde, dando ao outro, você ganha.

Se eles entendessem o propósito da natureza, cada um pegaria o quanto for necessário para viver normalmente e daria todo o excedente à sociedade. É assim que o lucro real seria medido. Ou seja, a solução está em um plano completamente diferente.

Pergunta: O mais triste é que o processo de formação desses dois empresários pode levar décadas. E o que eles devem fazer antes de chegarem à revelação da gestão superior? Como deveriam compartilhar os lucros? Existem etapas aqui?

Resposta: Eu acho que tudo é muito mais fácil do que você pensa. Digamos que sua riqueza desapareceu e ainda resta um mínimo para viver. Agora deixe-os construir relacionamentos uns com os outros. Isso é tudo.

De KabTV, “Habilidades de Gestão”, 11/09/20

O Que Prevalecerá: O Egoísmo Humano Ou O Amor?

962.1Pergunta: Existe um termo “vaccine nationalism” (“nacionalismo das vacinas” em tradução livre). É quando uma vacina é desenvolvida exclusivamente para alguém, sem acordo comum para criar uma vacina para todos. Tudo é mantido em segredo e tudo é feito não em prol da rápida recuperação das pessoas, mas por interesses políticos ou nacionais. Isso é o que está acontecendo no mundo agora.

Se você pensar nisso, por que não podemos reunir as maiores mentes humanas e fazer com que o mundo inteiro trabalhe para elas, para que possam criar uma vacina o mais rápido possível? Todos trabalhariam em seu benefício, ajudando-as e pensando em seu sucesso. Por exemplo, prenda todos em Oxford para que o foco esteja neles. Claramente, a vacina teria sido produzida cem vezes mais rápido do que é agora.

Então, por que, mesmo em tempos de tanto perigo como o que enfrentamos agora, não podemos nos reunir e tomar essa decisão?

Resposta: Todos querem aproveitar este momento. Estamos falando de bilhões de dólares, prêmios Nobel, todas as honras, poder, tudo que você poderia desejar. Quem desistiria disso?

Pergunta: Isso significa que a saúde nem mesmo é considerada aqui. A vacina, a princípio, não é criada nem para que as pessoas tenham saúde, mas para se exibir?

Resposta: Só por isso! Quem se preocupa com saúde?! O que podemos esperar das pessoas se Deus (o Criador) Se virou do avesso e nos opôs a Ele? Não há limites aqui.

Pergunta: E se todos sentissem o perigo de que cada um de nós pudesse pegar este vírus e que estaríamos em nosso leito de morte amanhã. Agora vá e tome a decisão de reunir todas as mentes para que a vacina esteja pronta amanhã. As pessoas tomariam essa decisão em tal situação?

Resposta: Não.

Pergunta: Isso é inacreditável! Eu vou morrer amanhã. Mas se eu tomar essa decisão agora, eu e todos os outros viveremos. E mesmo nessas circunstâncias eu ainda não tomaria a decisão de somar esforços com o resto do mundo e desenvolver a vacina juntos?

Resposta: Bem, em geral, vemos que o mundo está enfrentando a ameaça de uma guerra termonuclear e outros problemas e nada pode ser resolvido. Ao contrário, eles pensam em como usá-la antes dos outros para suprimir, matar e destruí-los.

O egoísmo humano é ilimitado, igual em magnitude ao amor do Criador pelas pessoas. E é por isso que você não pode fazer nada a respeito.

Pergunta: Então, essas duas forças estão em oposição uma à outra? Egoísmo e o Criador com Seu amor.

Resposta: Sim. É por isso que não há limite para o nosso ódio um pelo outro.

Pergunta: Como saímos disso?

Resposta: Não sei. Falo sobre tudo isso, tento transmitir e explicar isso a todos o máximo que posso. Mas o fato é que as pessoas não consideram isso, não entendem, e eu realmente não vejo o futuro tão brilhante quanto os outros. Acho que depois desse vírus haverá grandes problemas. Nós seremos espremidos.

Pergunta: Espremido contra a parede sem saída?

Resposta: Sim. Mas de qualquer maneira, em algum lugar, de alguma forma, chegaremos à conclusão de que não temos outra escolha, e isso virá com grande sofrimento, a menos que decidamos fazer algo conosco antes disso. Portanto, acho que em algum momento, vamos decidir que temos que mudar a nós mesmos.

Pergunta: O que é esse “buraco” em nós que precisa ser perfurado para que percebamos que o mal da natureza existe em nós?

Resposta: É o pericárdio, a bolsa que envolve o coração. Precisamos fazer um buraco nele para que uma gota de luz entre. Isso fará o resto.

Irá corroer o egoísmo, torná-lo suave, maleável, receptivo e disposto a perceber o que é, o que está acontecendo com ele e com os outros também. Caso contrário, seria muito difícil.

Pergunta: Então, os pensamentos sobre os outros só aparecem se essa gota de luz penetrar na pessoa?

Resposta: Sim.

Pergunta: Não entendi bem: o que é esse lugar no coração?

Resposta: Nosso coração está envolto em uma casca. E esta casca é tão dura, tão pesada.

Pergunta: Isto é, a luz vai perfurar um pouco e entrar. Então o trabalho começará. Sua tarefa pessoal é ajudar a luz a fazer esse buraco na pessoa. O que isso significa para você?

Resposta: Um buraco é uma falta (Hissaron). Quando uma pessoa sente que absolutamente deve ter a qualidade de doação, a qualidade de amor entra em seu coração, porque, de outra forma, ela não sente os outros e não pode fazer nada a respeito, mesmo que queira, ela não pode. E essa sensação de bater na parede (não posso fazer nada!) fará com que essa abertura apareça.

Pergunta: Essa sensação de bater na parede é alegre ou terrível?

Resposta: É um sentimento de extrema necessidade. É uma oração e um grito, e o apelo aos outros com clamor de urgência, gritos.

Pergunta: Cada pessoa tem que chegar a esse ponto? Ou talvez uma equipe, um pequeno grupo para começar?

Resposta: Não acho que todo mundo precisa. Pelo menos um grupo como o nosso, nossa equipe.

Pergunta: O que atrairá o resto da humanidade para ele?

Resposta: Eles verão que algo está acontecendo neste grupo que de repente estendeu a mão ao Criador e conseguiu atraí-lo para si.

Pergunta: Este grupo começará a irradiar esperança para toda a humanidade?

Resposta: Sim, e todos verão isso.

O grupo é Israel, que tem uma conexão interna com o Criador por meio da qual eles entendem que são obrigados a trazer a qualidade de doação e amor para o mundo.

Pergunta: É este o buraco que será feito?

Resposta: Acho que é isso que faremos.

Pergunta: Você tem essa confiança?

Resposta: Confiança, não posso dizer. Há muita esperança e algum sentimento interno de que isso é possível, de que o Criador fará isso por nós.

Pergunta: Ainda é tudo Ele, de uma forma ou de outra. Você acha que um esforço suficiente quase foi feito para que isso aconteça a qualquer momento?

Resposta: Esforço são todos os anos qualitativos e quantitativos e, em geral, tudo o que a humanidade fez até hoje. Tudo está sendo somado.

De KabTV, “Notícias com Dr. Michael Laitman”, 07/09/20

Nosso Fiel Assistente

115.06Pergunta: Um estudo foi conduzido em Harvard por 80 anos, onde cientistas tentaram descobrir o principal fator para a felicidade na vida das pessoas. Eles concluíram que o relacionamento entre as pessoas é o mais importante.

Por um lado, queremos muito ser felizes e entendemos que o fator mais importante são os relacionamentos. Investimos muito dinheiro na medicina, dedicamos muito tempo a um estilo de vida saudável mesmo sabendo que o fator decisivo até para a saúde humana é o relacionamento entre as pessoas.

Ainda assim, não importa o quanto investimos, não podemos perceber totalmente, mesmo de forma puramente egoísta, que os relacionamentos entre nós são a coisa mais importante. Por quê?

Resposta: Porque o egoísmo é um ajudante contra você. Não apenas o pressiona a fazer o que é bom para você. Este é um assistente muito especial que o leva não a atingir o estado animal mais confortável, mas a um estado superior. Apenas de uma forma especial.

O egoísmo é construído com base no fato de que você o abandona e se eleva acima dele. Ele está constantemente pressionando para isso, mas de maneira exatamente oposta.

Portanto, no mundo material não há maior ajudante para o nosso desenvolvimento do que o egoísmo, embora ele constantemente nos confronte com nós mesmos. Ele constantemente nos empurra para a luta, para os opostos, para as contradições, tudo para descobrir quem somos, o que somos, para que servimos.

De KabTV, “Habilidades de Comunicação”, 30/07/20

Romper Com O Cativeiro Egoísta

942Pergunta: Como o grupo ajuda uma pessoa a superar seu egoísmo?

Resposta: Não podemos superar nosso egoísmo sozinhos. Se tentarmos, cairemos em depressão e autocrítica e vivenciaremos diferentes estados até entendermos que somente conectando-nos com os outros podemos ascender acima de nosso egoísmo, acima da separação, vazio e falta de sentido que nos pressionam.

Uma pessoa deve fugir de si mesma para o grupo. Só então será capaz de escapar do cativeiro egoísta.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 07/10/18

Precisamos De Uma Vacina Contra O Egoísmo?

552.03Pergunta: Se você tivesse a oportunidade de vacinar as pessoas contra o egoísmo para que todas começassem a ter um estilo de vida social e acreditassem que a sociedade é superior a cada indivíduo, você aproveitaria a oportunidade? Ou você ainda esperaria que um homem fizesse isso conscientemente?

Resposta: Em nenhum caso eu faria isso porque matar o egoísmo significa matar nossa natureza. Tornar um homem bom sem ter que lutar contra seu egoísmo significa torná-lo um idiota gentil e ingênuo.

Uma pessoa deve educar-se e superar seu egoísmo. Este é um trabalho imenso que não termina em uma vida terrena, mas continua durante muitos ciclos de vida.

Portanto, não devemos interferir na natureza, porque simplesmente removeremos a coisa mais preciosa de um homem – seu egoísmo e a oportunidade de decidir independentemente o que é a liberdade de vontade e como ele deve experimentá-la.

De KabTV “A Era Pós-Coronavírus” 07/05/20

O Declínio Do Império Do Egoísmo

115.05Não entendemos onde está nossa liberdade de escolha ou como alcançá-la e implementá-la para não prejudicar outras pessoas, porque todos estamos conectados. Veja a turbulência na América hoje, é uma verdadeira guerra civil. Também há manifestações em Israel e as mesmas coisas acontecerão cada vez mais em todo o mundo porque a situação vai piorar.

O mundo está perdendo seus laços egoístas pelos quais estava conectado: você dá para mim e eu dou para você, mercadoria-dinheiro-mercadoria-dinheiro. Esse foi o sistema em que vivemos por milhares de anos, até que o esprememos totalmente. Na década de 50 do século passado, esse sistema atingiu seu apogeu e então começou a apodrecer. Isso era inevitável porque, do contrário, nunca chegaríamos à correção espiritual.

Portanto, hoje nos encontramos em um mundo que revela tais problemas que não permitirão que ele volte ao seu estado anterior. As mentes financeiras e governamentais estão tentando descobrir como manter os sistemas existentes onde havia equilíbrio entre o quanto uma pessoa investe e o quanto ela pode obter ou comprar.

Esse sistema egoísta era relativamente equilibrado e todos entendiam que isso era a vida. De repente, ele desmoronou em um instante. Ninguém sabe como consertá-lo ou o que acontecerá conosco no futuro. Encontramo-nos em uma situação em que o mecanismo anterior parou de funcionar. O egoísmo, a força motriz, me manteve em confronto com os outros o tempo todo, determinou quanto cada um daria, quanto receberia e nos uniu com relações egoístas.

Mas essa conexão não funciona mais. O que regulará nossos relacionamentos? Nós criamos exército, polícia, sistema educacional, cultura e sistemas financeiros. Nosso egoísmo nos impulsionou a construir uma sociedade egoísta, que de repente parou de funcionar. Esta é uma crise que não é igual a nenhuma outra crise anterior da história.

Pareceu-nos que atingimos uma excelente organização da sociedade humana, que corresponde à nossa natureza egoísta. Tivemos a oportunidade de viajar, ver o mundo e entender uns aos outros porque todos eram movidos por um desejo – ganhar mais. Ao que parece, o que estamos perdendo? Só nos falta uma coisa: com isso não implementamos o propósito da criação.

E veja o que aconteceu, como o Criador arruinou todos os nossos planos para uma vida boa com a ajuda do coronavírus. Agora descobrimos que todos os nossos preparativos para uma vida boa não nos ajudam, nem um único sistema egoísta funciona. Então o que você pode fazer? A única maneira é passar de um sistema egoísta para um altruísta.

Afinal, por que não podemos passar para outro sistema ainda mais egoísta se o anterior parou de funcionar? Mas a questão é que existe um programa superior que nos governa. Do nosso nível, não somos capazes de apreciá-lo, mas os Cabalistas explicam como usá-lo. Se aceitarmos, poderemos seguir em frente, senão permaneceremos no estágio anterior até que esse programa nos obrigue a seguir em frente.

No final da correção, o sistema funcionará de ambos os lados: tanto do lado do grande egoísmo quanto do lado da grande doação. Essas duas forças trabalharão uma contra a outra, e o ser criado, no meio entre elas, as usará de forma integral, harmoniosa e perfeita.

Da 2ª parte da Lição Diária de Cabalá 28/07/20, Escritos do Baal HaSulam , “A Liberdade”