Textos com a Tag 'Egoísmo'

Como Curar O Egoísmo?

laitman_433.02Pergunta: Eu me lembro de mim na primeira infância nos anos 80. Nadávamos em rios e bebíamos água deles; flores e frutos na floresta cheiravam tão fortemente que seu aroma era simplesmente intoxicante.

E hoje vejo como tudo mudou. Agora, esses rios são inadequados mesmo para a irrigação de gado. Consequentemente, tenho um certo sentimento de que nós, nosso egoísmo, engolimos este planeta. O que podemos fazer para curar o egoísmo? Como podemos corrigi-lo?

Resposta: Em princípio, isso não é tão difícil. Nós só precisamos querer isso juntos e nos apoiar, para que milhares de pessoas se reúnam e tentem agir de maneira não egoísta, mas acima do egoísmo, usando o mínimo possível.

E não precisamos fazer nada de especial, mas antes de tudo, apenas poupar a natureza, parar de roubar nossa Terra. Em segundo lugar, poupar as pessoas, ou seja, tratar um ao outro com o máximo de compreensão e amizade.

Se agirmos dessa maneira em relação à natureza e ao homem, atrairemos até nós mesmos as forças positivas da natureza, a luz superior, como a chamamos, e ela nos corrigirá. Nós nos tornaremos mais amigáveis, abertos, confiantes.

Poderemos ver através da natureza como as forças do bem e do mal interagem umas com as outras. E as equilibramos como mais e menos em circuitos elétricos. Afinal, é impossível sem o sinal de menos.

Precisamos aprender como fazer isso. Toda a minha vida foi dedicada a ensinar as pessoas a usar adequadamente as duas forças inerentes à natureza: positiva e negativa.

O poder negativo é o nosso egoísmo. Ele se manifesta em todos os lugares e apenas nos queima. Mas há uma força positiva que não estamos revelando. Só pode emergir quando somos despertados para ela. Se o despertar não existe, ela (força positiva) não aparece e permanecemos apenas sob o controle da força negativa. Como resultado disso, chegamos a um estado em que tudo se torna apenas negativo: natureza inanimada, vegetativa, animada e o homem.

De KabTV, “Encontros com a Cabalá: Victoria Bonya”, 29/03/20

A Essência E A Raiz Da Conexão, Parte 9

Laitman_200.04Por Que Mudar Seu Egoísmo Natural?

Pergunta: Dizem que nós, humanos, olhamos o mundo através do prisma do nosso egoísmo. Você poderia dar um exemplo disso?

Resposta: Não posso dar um exemplo, porque tudo o que vejo no mundo, vejo através dos meus sentimentos: quão agradável ou desagradável é para mim. Caso contrário, não consigo ver nada.

Eu não veria nada ao meu redor se não avaliasse, de forma inconsciente e instantânea, o quão próximo ou longe isso está de mim, do meu egoísmo, do meu desejo de conforto e de várias sensações.

Pergunta: Por que mudar se a natureza nos criou dessa maneira?

Resposta: Esse é o nosso desenvolvimento natural. O desejo de desfrutar está impresso em nós; é a nossa natureza. Portanto, se eu avalio algo, vejo algo, ouço algo e sinto algo, é apenas nesse desejo.

Pergunta: Será que, se mudarmos tudo isso, será contra a natureza, o Criador?

Resposta: Será contra a nossa natureza atual, mas nos levará ao próximo nível. Avaliaremos tudo não como é visto em nossos olhos, mas como é visto nos olhos do próximo nível superior. Então vamos subir.

De KabTV, “Análise Sistemática do Desenvolvimento do Povo de Israel”, 24/03/19

Como Sei O Que É O Meu Egoísmo?

laitman_552.03Pergunta: Você diz que alguém tem um grande egoísmo, alguém tem um pequeno egoísmo e, de acordo com isso, diferentes condições são dadas para corrigi-lo pelo Criador. Mas como eu sei qual é o meu egoísmo: grande ou pequeno?

Resposta: Por que você precisa saber disso? Não há necessidade. Ele é o que é. Como se costuma dizer: “O Criador não dá chifres a uma vaca cruel”.

Cada um tem certas propriedades específicas e trabalha com elas. Portanto, não inveje ninguém. Cada um tem seu próprio conjunto de qualidades corporais e espirituais que o ajudarão a alcançar a raiz de sua alma.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 08/03/20

Sementes Do Exílio, Parte 5

laitman_747.04Resistir Ao Egoísmo

Pergunta: Após a supressão da rebelião de Bar Kochba, os judeus se espalharam por todo o mundo. O grande sábio Rabi Akiva não sabia disso?

Resposta: Naturalmente, ele sabia que seria assim. Mas um não interfere no outro. Os judeus devem resistir a isso e tentar se corrigir o tempo todo, mesmo que estejam em queda livre.

Pergunta: O Rabi Akiva sabia que depois de entrar no quarto exílio, o povo teria que se unir e, como resultado, construir o Terceiro Templo. Mas ele não sabia quando isso aconteceria. Ele pensou que isso ocorreria imediatamente, mas levou 2.000 anos. Ele estava enganado sobre o tempo? Ou é errado interpretar esses eventos?

Resposta: Eu não sei. Não posso falar pelo Rabi Akiva.

Eu sei apenas uma coisa: a lei espiritual é tal que, quando você tem a oportunidade de fazer algo bom para a conexão entre as pessoas, deve fazê-lo. Você não tem motivos para iniciar esse processo, porque ainda estamos sob a autoridade do desenvolvimento das leis da natureza.

Pergunta: Então, ainda havia alguma possibilidade?

Resposta: Mesmo que não existisse, ainda somos obrigados a resistir ao egoísmo que se desenvolve, cresce e nos controla. Resista a ele em qualquer estágio e em qualquer condição.

De KabTV, “Análise Sistemática do Desenvolvimento do Povo de Israel”, 08/07/19

O Segredo Do Uso Do Egoísmo

laitman_232.05Pergunta: Por um lado, precisamos reduzir o ego e anulá-lo. Por outro lado, dizem que o ego não é destruído e até cresce. O que isso significa?

Resposta: O fato é que não destruímos o ego, mas seu uso por nossa própria causa.

Os desejos para nós mesmos são chamados de desejos egoístas. Os desejos pelo Criador são desejos altruístas. Devemos mudar nossas intenções por nossa causa e por causa do Criador.

Portanto, não se preocupe, nada desaparece ou é destruído. Entenda que o ego é criado especialmente de cima para ser um menos contra um mais. Portanto, quando menos e mais trabalham juntos, podemos receber a energia entre eles, algum tipo de esforço produtivo.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 16/02/20

Deixe A Luz Trabalhar Com O Egoísmo!

laitman_611Pergunta: A supressão do egoísmo nos aproxima do Criador? Como alguém trabalha com o ego?

Resposta: Não há necessidade de combater o egoísmo. Primeiro de tudo, se você fizer isso, o ego irá derrotá-lo. Segundo, ao quebrar o ego, você terá vários egos dentro de si. É melhor não fazer isso.

Somente o mundo superior pode trabalhar com o egoísmo. Ele criou o ego, não você. O egoísmo está acima de você. É uma propriedade da natureza que o Criador criou. Você acha que somos capazes de resistir ou fazer algo com essa propriedade? De modo nenhum. Tente se convencer de que você é fraco, de que não entende o que fazer com ele. Nada vai funcionar.

Você só precisa de uma coisa: com a ajuda dos amigos, com a ajuda do grupo, atraia a luz superior. Este é o nosso esforço. A luz já sabe o que fazer com o ego, porque a luz o criou. Portanto, deixe a luz trabalhar com o ego.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 16/02/20

Mãos Manchadas De Egoísmo

laitman_546.02Pergunta: Como podemos explicar, do ponto de vista da conexão das raízes espirituais com os ramos materiais, por que o principal remédio contra o coronavírus é lavar as mãos?

Resposta: O vírus se manifesta no nosso ponto mais fraco. No entanto, não se trata de mãos sujas cobertas com sujeira material, mas de vasos de recepção, que as mãos simbolizam.

Nós sujamos as mãos o tempo todo pelo fato de querermos agarrar mais para nós mesmos. Como o coronavírus é transmitido principalmente pelas mãos sujas, saliva e ar, afeta diretamente nossos órgãos de recepção.

Da Lição de Cabalá para as Mulheres “Perguntas e Respostas”, 04/04/20

Onde Está A Salvação Do Coronavírus?

laitman_947Como saímos do nosso egoísmo? Saímos do nosso desejo de desfrutar querendo estar em conexão um com o outro. Portanto, ninguém presta mais atenção em si mesmo, mas apenas no que está entre nós. E entre nós está o espaço espiritual. Ele está fora de mim.

Eu sou o meu egoísmo, fora dele está a força de amor e doação, o Criador, um lugar chamado mundo superior. Existe o objetivo de nossas vidas, o propósito da criação, que devemos alcançar.

Cada vez, à medida que nos elevamos acima do nosso egoísmo, nosso “eu” e damos um passo em direção a um amigo, começamos a sentir o mundo espiritual, a força superior, uma realidade fora de nós, fora do nosso ego. Assim, temos a oportunidade de nos afastar do coronavírus. Este vírus nos empurra para fora do nosso egoísmo; nos obriga a sair do nosso “eu”.

Este é o remédio mais eficaz e adequado. Sair do egoísmo é a solução para todos os problemas; o vírus é enviado para curar o egoísmo. Ele nos mostra a necessidade de nos elevar acima do nosso egoísmo, acima do nosso “eu” e nos conectar com os outros. É assim que encontramos o remédio certo e corrigimos adequadamente nosso estado.

Eu devo fugir de mim mesmo, o egoísta, para o espaço entre nós, para onde está o mundo espiritual, o Criador. Mas eu não entendo o que é “entre nós”. Este é um espaço que ainda não sinto a existência. Mas devemos nos esforçar pela conexão, e então sentiremos que nesta ponte entre o meu egoísmo e o seu está o mundo superior, outra dimensão, que está um nível acima de nós.

É onde encontramos a terra de Israel (“terra” significa desejo e “Israel” significa direto ao Criador, Yashar-Kel); é aqui que podemos ansiar pelo Criador e poder senti-Lo, é onde Ele existe. É aqui que está o mundo futuro, nossa vida espiritual eterna – tudo está lá, na conexão entre nós.

Portanto, ame os amigos como a si mesmo é a principal lei de todas as correções nas quais o Criador habita.

A conexão com os amigos se torna mais importante para mim do que eu. Quanto mais importante meu amigo é, maior é o meu progresso, e mais distante estou deste mundo até que o mundo espiritual se torne mais importante para mim, ou seja, amor e doação aos amigos, nossa conexão se torna mais importante do que eu.

Isso significa que eu quebro a barreira entre o Egito e Israel, atravesso o Mar Vermelho (Mar Final, Iam Suf em hebraico), a fronteira final além da qual não há como voltar atrás. Afinal, antes disso, ainda existe o perigo de retornar ao Egito.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá, 01/04/20, Lição sobre o Tópico “Pessach)”

O Egoísmo É O Vírus

115.06Pergunta: No início da epidemia, as pessoas tinham permissão para reunir até 5.000 indivíduos, depois até 2.000, depois 500, 100, até 10. E hoje você não pode se reunir com 10 pessoas. Isto é, a natureza nos separa à força, mas com que finalidade? O que vai acontecer a seguir?

Resposta: A Cabalá diz: A assembleia dos pecadores é ruim para eles e ruim para o mundo. E a separação dos pecadores é boa para eles e boa para o mundo.

Pergunta: Qual é o nosso pecado?

Resposta: É que nascemos originalmente em pecado. E estas não são frases religiosas. A natureza humana é pecaminosa, pois somos egoístas e pensamos apenas em nós mesmos, como melhorar as coisas para nós mesmos e piorar para os outros. Tudo é relativo. Vivemos comparando constantemente nossa condição pessoal com os outros.

Portanto, a separação das pessoas entre si, em princípio, enfraquece sua inveja e ciúme e, assim, acalma o estado da sociedade. Afinal, se a sociedade é formada por pessoas que são amigas ​​entre si, na medida de sua simpatia, elas podem se aproximar. E se ela for egoísta, então, nessa medida, elas devem se afastar uma da outra.

Pergunta: Isto é, a natureza nos criou como egoístas, por isso é como se não houvesse reivindicações contra nós?

Resposta: Sim, é dito na Torá: Eu (o Criador) criei o egoísmo. Explorando a natureza, vemos que a atração e rejeição de todas as suas partes, todas as leis da natureza, são baseadas nas propriedades egoístas da matéria.

Pergunta: Portanto, se não usarmos nosso egoísmo corretamente, a natureza gerará todos os tipos de vírus e outros cataclismos, para que reconheçamos a necessidade de corrigir o ego. O egoísmo é o mesmo vírus?

Resposta: A qualquer momento, desejamos receber o máximo prazer e, melhor ainda, se isso acontecer às custas de outras pessoas. Toda a nossa natureza egoísta é um vírus. A natureza inanimada, vegetativa e animada e os seres humanos estão em Seu poder e se manifestam apenas dessa maneira.

De KabTV, “O Coronavírus Muda a Realidade” da Kab TV, 19/03/19

Anticorpos Contra O Egoísmo

laitman_961.2O coronavírus é consequência da conexão interrompida entre as pessoas. Tudo está harmoniosamente conectado na natureza, no nível das partículas elementares, isto é, na matéria inanimada, bem como nos níveis vegetativo e animado.

Nesses níveis, todos usam os outros apenas na medida necessária à qual seu instinto natural obriga. Um lobo pega e come a ovelha não porque deseja prejudicá-la; ele só precisa comê-la para sobreviver. Mas depois que o lobo estiver cheio, ele não tocará outras ovelhas. Não haverá outro desejo de matá-las.

Se uma pessoa aparecer em vez do lobo, ela matará todas as ovelhas, enviará a carne para a loja, ganhará dinheiro e descobrirá como gastá-lo para seu próprio prazer.

O egoísmo da pessoa não conhece fronteiras. Seu desejo de desfrutar não permanece nos prazeres animais de comida, sexo e família. Ele tenta usar os outros a seu favor, conquistar o mundo inteiro, elevar-se acima de tudo com a ajuda do dinheiro, honra e poder. Esse desejo destrói nossas vidas, tornando-nos inimigos um do outro.

Riqueza, fama e conhecimento são realizações egoístas que exigem que uma pessoa esteja acima das outras. Assim, ela lança todos os tipos de truques para ganhar dinheiro com os outros. Isso já envolve competição.

Nós não competimos uns com os outros em relação a comida, sexo e família; nós simplesmente os apreciamos como qualquer animal faria. No entanto, o nível humano é caracterizado pelo fato de exigir dinheiro, honra e conhecimento. Esse desejo egoísta não pode ser satisfeito; exige mais e mais.

Mas a natureza, que é um sistema global integral, discorda disso, assim como uma árvore discorda de ser derrubada. A natureza resiste e produz anticorpos que impedem uma pessoa de invadir e destruir os sistemas naturais.

A natureza é uma lei integral que une todos os elementos e não permite que se governe, mas apenas para manter uma conexão mútua com o restante dos elementos. Portanto, assim que vamos longe demais com nosso interesse próprio, imediatamente sentimos a resistência de outras pessoas, da sociedade ou de algumas partes da natureza.

Avanços adicionais são possíveis apenas com a condição de que uma pessoa observe a lei integral da natureza, sem esquecer que estamos todos dentro da mesma esfera conectada por uma rede.

O universo e a Terra com tudo o que existe: natureza inanimada, plantas, animais e pessoas estão incluídos em um mecanismo e dependem um do outro. Em todo esse sistema, existe apenas uma lei, que exige que todos se complementem.

O egoísmo humano é o único componente que odeia a todos e quer usá-los para seu próprio benefício. Não apenas nós, humanos, queremos usar a natureza, mas também lutamos uns com os outros.

O egoísmo nos levou a um mundo global em nossa busca de ganhar mais e mais um do outro. Mas não aspiramos a boas conexões entre nós, o que contribuiria para todas as partes da natureza. Pelo contrário, onde quer que uma pessoa se infiltrasse na natureza, ele tentava subjugá-la, destruindo espécies inteiras por capricho, sem pensar nas gerações futuras e nem mesmo no seu amanhã.

Dizem: “Vão viver um do outro”. Isto é, cada um produz algo próprio: um planta pepino e o outro assa pão, então trocamos um com o outro. Mas, gradualmente, esse fenômeno positivo se torna negativo, porque todo egoísta quer ser monopolista e derrotar todos.

Alguém abre uma padaria, depois outra, depois uma terceira, e começamos a competir um com o outro, adicionamos aditivos químicos ao pão, drenamos a terra sem pensar no futuro. O principal é ter sucesso aos olhos dos outros, ganhar dinheiro, honra e poder. Estamos prontos para agir até em nosso próprio prejuízo, como os Estados Unidos e a Rússia, que estão jogando enormes quantias de dinheiro em armas, mas não podem parar o confronto.

As pessoas estão se tornando egoístas maiores e querem escravizar-se e explorar-se cada vez mais a tal ponto que uma reação vem repentinamente do nível biológico na forma de um vírus. Como exatamente o nível humano está associado a um vírus primitivo? O fato é que todos os níveis estão conectados entre si: natureza inanimada, vegetativa e animada e os seres humanos estão conectados em um sistema.

Portanto, ocorre uma disputa entre as pessoas e um terremoto ocorre em resposta a ela. Tudo na natureza começou com uma pequena partícula que começou a se unir cada vez mais a outras partículas. Assim surgiram os átomos, e as moléculas vivas começaram a transmitir energia e informação entre si até que organismos mais complexos aparecessem.

Não existe uma única partícula minúscula no universo que não esteja conectada através deste campo com o universo inteiro, com cada um de seus elementos em todos os níveis: inanimado, vegetativo, animado e humano. E a conexão mais decisiva está no nível humano, no nível do pensamento, isto é, nas relações – ela determina e controla tudo.

A velocidade do pensamento é infinita; ele não é limitado pela velocidade da luz e, portanto, tudo é esclarecido no pensamento. Aquele que não entende que todas as partes da natureza estão conectadas em um sistema é como uma criança que diz que o copo caiu e se partiu sozinho.

Portanto, a principal conclusão da epidemia global do coronavírus será que as relações entre as pessoas, a rede que nos conecta, é o fenômeno mais importante e mais alto deste mundo que define toda a nossa vida. Se o equilibrarmos, restauraremos a harmonia em todos os níveis e viveremos como se estivéssemos no céu.

De KabTV, “Nova Vida # 1211 – Anticorpos Contra o Egoísmo”, 10/03/20