Textos com a Tag 'Doação'

Perceba A Propriedade De Amor E Doação

935Pergunta: O que significa o estado “faremos e ouviremos”?

Resposta:  Ao tentar perceber a qualidade de amor e doação em nós mesmos, nos comprometemos a cumprir essa condição entre nós. Então, na medida em que o percebemos em nós mesmos e entre nós, podemos perceber o que ele nos dá, como nos muda.

Pergunta: O que significa que uma pessoa deve primeiro fazer e depois ouvir?

Resposta: Para compreender em nossas relações, tanto quanto possível, a propriedade de amor e doação. Então começamos a perceber o que a propriedade espiritual realmente significa.

Pergunta: “Ouvir” é um sentimento, significa perceber?

Resposta: Sim.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 09/04/21

Radar De Doação

935Se nossa oração chega ou não ao Criador não depende nem mesmo de sua força, mas de sua qualidade, de nosso desejo de nos unirmos para ser como o Criador. Se nos unirmos como um homem, assim como o Criador é um, podemos receber uma resposta Dele, sentir como Ele reina em nós.

Como se quiséssemos captar Sua onda, gire o botão do receptor de rádio e sintonize-o para que comece a tocar dentro de nós. Desta forma, nós nos ajustamos mais e mais até nos tornarmos pelo menos de alguma forma semelhantes ao Criador, e apreendemos Sua qualidade dentro de nós. Primeiro, será a luz mais fraca de Nefesh, depois Ruach, Neshama, Haya e Yechida de Nefesh de Nefesh, etc., até chegarmos ao fim da correção quando o Criador se reveste completamente em nossa conexão. Assim, começaremos a revelar nossa conexão com as outras dezenas e com o mundo inteiro.

Nossa semelhança com o Criador, graças ao qual Sua onda pode soar dentro de nós, depende de quanto estabelecemos conexões entre nós, como se entre as partes de um receptor de rádio que deve se conectar e sintonizar com uma onda externa. Então esta onda começará a soar dentro de nós. Isso é chamado de revelação do Criador à criação.

Dependendo do quanto queremos nos complementar, nos unir, construímos, portanto, um receptor capaz de captar o Criador. A conexão com o Criador só é possível através da conexão entre nós, como se diz: “E do amor aos amigos a pessoa pode alcançar o amor ao Criador”. O amor é o nível mais alto de conexão.

E quando nos comunicamos uns com os outros conectando todos os detalhes do nosso receptor de rádio, começamos a revelar a voz do Criador dentro de nós. O mesmo princípio se aplica tanto ao trabalho espiritual quanto à tecnologia. A única diferença é que nós mesmos servimos como partes deste receptor que deve se unir e se sintonizar com a onda do Criador, ou seja, para doar.

Se quisermos estar em doação mútua e, a partir dela, em doação ao Criador, o Criador faz uma correção ao nos sintonizar para que possamos nos unir corretamente e permitir que Ele seja revelado em nossa união. Então, podemos captá-lo como um radar.

Da Lição Diária de Cabalá 22/03/21, “ Pessach

O Germe Da Doação

945A revelação do Criador em nós começa com um estado chamado de “embrião”. Essa é a primeira ação espiritual que deve ser realizada preparando um lugar dentro de nós para o embrião da doação, a sensação da primeira revelação do Criador.

Para isso, é necessário alcançar a inclusão mútua com os amigos para que a nossa união não seja em prol de nós, mas em prol dos outros.

Ainda não podemos agir em prol do Criador e, portanto, por enquanto devemos amar apenas as criaturas a fim de vir a amar o Criador através do amor pelas criaturas. A conexão deve ser tal que ninguém fique com o seu egoísmo, mas queira se juntar aos outros, se perder aí, se afogar nos amigos. Se todos perderem seu “eu”, a força do egoísmo, então um lugar será formado entre nós para a revelação do Criador.

Essa é a preparação para o embrião espiritual:

  1. Anulação por cada um de si mesmo.
  2. Sair de si mesmo e alcançar a inclusão nos outros além de seu egoísmo.
  3. Conectar todas essas inclusões mútuas.

Quando alcançamos essa conexão mínima, um lugar é formado em nós para a revelação do Criador que pode colocar essa autoabolição e unificação e começar a crescer como um embrião dentro de nós, a propriedade de doação, como uma forma dentro de outra.

Cada vez devemos abrir um espaço em nós mesmos para que este embrião da força de doação cresça e se desenvolva mais e mais. Cancelamos nosso egoísmo em todos os tipos de propriedades, desejos, pensamentos, em diferentes níveis, permitindo a cada vez que a força de doação se manifeste em nós em vez da força de recepção. Quanto mais reduzimos a força de recepção, mais a força de doação é revestida em nós, ou seja, o Criador.

A cada passo, o Criador se revela com maior força, amplitude e profundidade interior, até que reine sobre todos os nossos desejos, sobre toda a terra. O Criador e Seu nome se tornarão um, como um desejo e uma luz, todas as pessoas em unidade comum.

E isso começa com o fato de que cada dezena cria condições dentro de si para a revelação do Criador, a fim de começar a crescer dentro de si o embrião da força superior. Nossa Malchut se corrige e pode começar a sentir o Criador nela. Devido ao fato dela fazer uma redução em suas propriedades, não querer usá-las de forma egoísta, elas gradualmente se transformam em propriedades de doação.

Assim, o Criador coloca uma forma dentro da outra, dentro de nossa forma egoísta, uma forma altruísta começa a emergir e se desenvolver.

Tudo isso é revelado de acordo com nossos esforços, conhecimento e compreensão para que nos sintamos parceiros do Criador neste trabalho; nós começamos a senti-Lo, entendê-Lo e dar-Lhe prazer.

Da Convenção Mundial de Cabalá, “Descobrindo a Vida na Dezena” 27/02/21, “Ibur na Dezena”, Lição 5

Doação É A Qualidade Que Precede O Amor

294.3Comentário: Você estava falando sobre sacrifício e amor porque um não pode existir sem o outro. Mas o amor é como um presente. Ou você tem ou não. Ou vem ou não vem.

Minha Resposta: O que significa “vem”? De quem, de quê?

Comentário: Talvez pelo esforço ou por outra coisa. Mas vem como resultado.

Minha Resposta: Como resultado! Isso significa que o amor também pode ser desenvolvido.

Pergunta: O que procuramos está em nossas mãos? Se você trabalhar duro vai conseguir?

Resposta: Claro! No entanto, deve-se chegar ao entendimento de que isso é resultado de um trabalho e não de alguns sentimentos. E nada mais.

Pergunta: O amor é sempre um sacrifício?

Resposta: Você não deve falar de amor. É um sentimento realmente elevado que preenche nossos desejos quando eles são totalmente direcionados para a doação. Este já é o voo perfeito. Portanto, é melhor não falar sobre amor, mas simplesmente sobre a qualidade de doação.

Doação é uma qualidade que precede o amor.

Pergunta: Isso não implica sacrifício?

Resposta: A qualidade de doação implica que não posso receber nada para meu próprio bem, exceto a necessidade mínima para a existência. Isso já é chamado de doação, embora não haja praticamente nada disso aqui. Ou seja, eu me restrinjo em receber, mas em prol do objetivo.

De KabTV, “Professor – Aluno”, 07/02/19

O Que Uma Pessoa Pode Dar E Para Quem?

632.3Pergunta: O que, de fato, uma pessoa pode dar e para quem? Se para o Criador, então novamente, o quê? E o Criador precisa disso?

Resposta: Uma pessoa não deve dar nada a ninguém. Ela só precisa se unir a todos para se tornar esse sensor, esse receptor, que é capaz de absorver todo o universo, toda a natureza.

Para fazer isso, ela precisa se livrar de seu egoísmo, elevar-se acima dele. Afinal, o egoísmo nos restringe muito e nos permite ver hoje apenas o que pode ser do interesse para mim, como um pequeno egoísta.

E se eu quiser me elevar acima da minha natureza animal, então através do grupo, através de exercícios especiais, preciso sair de mim mesmo.

De KabTV, “Pergunte ao Cabalista”, 20/03/19

Como Podemos Aprender A Doar Sem Exemplos?

938.07Pergunta: O que é ação “para o bem do Criador”?

Resposta:  Para o bem do Criador significa que eu tento, usando a mim mesmo e meu amigo, alcançar tal estado entre nós, onde nos esforçaremos tanto por doação mútua absoluta, relacionamento e amor, a ponto de revelar uma força superior que existe na natureza além do nosso egoísmo.

Pergunta: Isto é, se eu faço uma ação e espero algum tipo de benefício, isso não é chamado de ação de doação. E se eu fizer algo sem nenhum benefício para mim e ao mesmo tempo ainda desfrutar, isso é considerado doação?

Resposta: Ainda há um benefício. Trata-se de produzir a própria ação de doação.

Pergunta: Existem exemplos disso?

Resposta: Em nosso mundo, não.

Pergunta: Como aprendemos sem exemplos?

Resposta: Tente expressá-los entre vocês em um grupo. Portanto, devemos estar em um grupo de nossa própria espécie para de alguma forma cultivar essas ações, para implementá-las entre nós, para operar com elas.

Pergunta: Por que tudo está organizado de forma que não haja exemplos? Se o Criador quer que eu dê, deixe-O mostrar o que é dar.

Resposta: Onde você vai ver isso?

Comentário: Digamos na sociedade.

Minha Resposta: Essa sociedade não existe! Está tudo bagunçado!

Comentário: Deixe os Cabalistas darem um exemplo.

Minha Resposta: Você não será capaz de ver ações altruístas, porque irá avaliá-las na medida de sua depravação. A única coisa que precisa ser feita, de acordo com o conselho dos Cabalistas, é fazer e começar a perceber essas relações entre eles. Embora eles ainda não estejam em seus desejos, você pode realizá-los em suas ações. Isso é chamado de “acima de seus desejos”.

Comecem a tratar um ao outro como se estivessem realmente em uma boa conexão, apaixonados, em doação, em assistência mútua. Então vejam como isso afeta vocês e os puxa para frente.

Pergunta: Suponha que eu esteja em uma cidade, todos os habitantes são Cabalistas e cientes, altruístas, e somente eu sou um egoísta. Eu não poderei ver suas relações corretas?

Resposta: Se os Cabalistas não demonstrarem isso, você não verá. E se essas forem pessoas comuns que brincam umas com as outras, dando e ajudando umas às outras, você verá e seguirá em frente.

Pergunta: Isto é, a própria intenção está escondida de mim. Por que você não pode mostrar isso?

Resposta: Para que você peça para ver e implementar isso. Portanto, a Cabalá é chamada de “ciência secreta”. Você tem que querer isso. Você é obrigado a procurar um ambiente apropriado, criá-lo, ficar impressionado com ele e, então, gradualmente adquirirá a propriedade de doação.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 03/04/19

A Doação Pura Existe Na Natureza?

49.01Pergunta: O que é o estado de doação? O que sente uma pessoa que está neste estado?

Resposta: A sabedoria da Cabalá, que estuda a natureza do homem, o estado do mundo e todo o universo, afirma que não há doação no nível corporal. Toda a natureza do nosso mundo é o egoísmo, ou seja, o desejo de receber.

Ninguém dá nada a ninguém. Ninguém pode. Nenhum ser inanimado, vegetativo, animado ou humano pode dar algo a alguém sem receber algo em troca. E isso não é doação, mas sim uma troca, recepção.

Se eu dou para receber algo bom em troca, isso significa que estou recebendo. Quando pagamos em dinheiro por uma compra em uma loja, doamos?

Pergunta: Então, isso é um tipo de altruísmo egoísta?

Resposta: Não existe o conceito de altruísmo. Foi inventado por filósofos.

Comentário: Mas você mesmo deu um exemplo de células no corpo que parecem dar para o bem de todo o corpo.

Minha Resposta: Para o bem do corpo, porque elas participam do metabolismo geral do corpo, sem o qual elas mesmas não seriam capazes de viver. E nas células cancerosas o programa interno dessa coexistência é interrompido e, portanto, elas matam o corpo e a si mesmas. Ou seja, elas agem em seu próprio detrimento. Elas atiram no próprio pé, por assim dizer.

Pergunta: Isso significa que não há doação pura na natureza?

Resposta: Não. Só existe recepção. É por isso que nossa sabedoria é chamada de sabedoria da Cabalá, a ciência de receber, porque fala claramente de recepção.

Muitas vezes ouvimos uma esposa censurar seu marido: “Eu te dei minha vida inteira!” Ou os pais dizem aos filhos: “Nós demos nossas vidas a vocês!”

No entanto, ninguém dá nada a ninguém! Acontece que, se valorizamos esse objeto, ao dar a ele sentimos que estamos recebendo. Muitas vezes até pedimos: “Por favor, pegue, coma” e assim por diante. Ou seja, para nós, é como um ato de receber e não dar.

Portanto, se você olhar para qualquer coisa em nosso mundo corretamente do ponto de vista da Cabalá, verá que ninguém doa a ninguém e eles não podem! Isso não é inerente ao nosso programa. A doação absoluta vem apenas do Criador.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 28/01/19

Viva Para Doar

261Onde está a garantia de que na sociedade do futuro os líderes não tomarão para si mais do que todos têm direito e não destruirão todas as boas iniciativas como aconteceu na União Soviética?

A sociedade futura é uma sociedade aberta na qual não há coerção nem ditadura de cima. Tudo é administrado apenas por amigos. Portanto, não é possível que aconteça o mesmo que aconteceu na Rússia.

Os Cabalistas, que entendem os processos que ocorrem na sociedade e são confiáveis ​​aos olhos da sociedade, estarão à frente disso.

A sociedade do futuro se empenhará em estabelecer o mesmo padrão de vida para todos. Não há medo de que um trabalhe duro e o outro seja preguiçoso. Todos trabalharão o máximo que puderem para a sociedade e encontrarão o papel certo para si.

Em tal sociedade, não haverá necessidade de forçar as pessoas a trabalhar porque a pessoa verá que, ao investir na sociedade, ela está investindo no mundo superior futuro, na correção de sua alma. Portanto, ela não precisará de incentivo ou punição – ela aceitará qualquer oportunidade de beneficiar a sociedade, sentindo que isso a beneficia pessoalmente. Para ela, não haverá diferença entre ela e a sociedade.

O objetivo da sociedade corrigida é o “ama o seu próximo como a si mesmo”.

Não haverá dinheiro no mundo futuro, então como podemos medir quanto esforço uma pessoa investiu na sociedade? Como podemos verificar isso? Chegaremos a um estado em que todos nos sentiremos dentro de um sistema comum que nos conecta e, dentro dele, veremos quanto cada um de nós investiu. Consequentemente, nós ajudaremos todos a se envolverem ainda mais com a sociedade para crescer com ela.

Gradualmente, o sistema de conexões entre nós, chamado Shechiná, será revelado a todos nós e precisaremos elevá-lo aos céus.

Tal sociedade será construída inteiramente na doação, e a recepção nela existirá apenas para ser capaz de viver e doar. A pessoa perceberá uma oportunidade de doar como recompensa.

Da 3ª parte da Lição Diária de Cabalá 26/11/20, “Conectando o Mundo na Última Geração”

Onde Obter A Energia Para Doar?

610.2Pergunta: No artigo “A Paz”, o Baal HaSulam escreve que “Sua Providência nos ordenou que observássemos com toda a nossa força a Mitzva de doar aos outros com absoluta precisão, de tal forma que nenhum membro de nós trabalharia menos do que a medida necessária para garantir a felicidade da sociedade e seu sucesso. Enquanto estivermos ociosos realizando isso ao máximo, a natureza não irá parar de nos punir e se vingar”.

Onde uma pessoa pode encontrar a energia para cumprir a lei de doação?

Resposta: Apenas na sociedade.

Pergunta: Acontece que existe um plano superior que controla o quanto eu dou e quanto eu recebo, não apenas fisicamente, mas na comunicação com outras pessoas. De que forma eu posso adicionar?

Resposta: Em sua atitude para com os outros. Uma pessoa tem o que é necessário e suficiente. A natureza nos forneceu tudo, muito mais do que animais que passam horas todos os dias em busca de alimento. Precisamos apenas da interação certa entre nós e os outros para atingir o objetivo mais elevado.

Pergunta: Então, dar para a sociedade significa correr e fazer algo por ela?

Resposta: Não. O homem é o elemento mais infeliz da natureza. Ele deve sempre cuidar de como se sustentar. Nenhum dos animais trabalha tanto por sua toca, comida ou por causa da prole. Tudo é muito mais simples para eles. O homem é uma criatura escravizada pela natureza.

Veja como vivemos. Uma pessoa está crescendo até a idade de 20 anos. Ela é sempre obrigada, obrigada e obrigada. Ela não faz nada por si mesma. Apenas parece que sim.

Mesmo quando ela adquire algumas habilidades e pensa que se desenvolve visitando museus, teatros, discotecas e tudo o mais, isso é imposto a ela pela sociedade. Estes não são seus desejos interiores pessoais, mas o que ela recebeu de outros e é obrigada a cumprir.

Pergunta: O que as pessoas farão na sociedade integrada sobre a qual você tanto escreve?

Resposta: Nesta sociedade futura, uma pessoa, por meio de sua conexão integral correta com os outros, experimentará o próximo nível de natureza e se elevará a ele o tempo todo.

Para ela, a cada dia, a cada minuto, será a realização da harmonia superior, a perfeição máxima. Em princípio, é isso que deve nos preencher. É assim que fomos criados, mas ainda não sentimos isso.

Uma pessoa explorará o que lhe falta para obter a felicidade completa e a receberá.

De KabTV, “Habilidades de Comunicação”, 21/08/20

Dê A Este Mundo

laitman_562.03Pergunta: Quando o cuidado com os problemas corporais pode ser a melhor ação espiritual? Será que um Cabalista transfere a responsabilidade por seus fracassos ou ociosidade para o Criador? Como não podemos nos confundir aqui? Que diretrizes temos?

Resposta: O Criador atribui deveres ao homem e o homem os repassa ao Criador? Parece bom, mas não é assim. Recebemos nosso mundo, nossos atributos, tudo o que existe em nós para interagir adequadamente um com o outro e com o Criador.

Os problemas corporais foram dados a nós para mantermos todos os estados do mundo. Ninguém está forçando você a trabalhar 20 horas por dia, realizando trabalhos primitivos. Você pode trabalhar em qualquer outro lugar. Esse é o seu negócio.

Mas a Cabalá diz: “Você deve ganhar a vida.” Você não tem o direito de viver à custa de outras pessoas. Você deve trabalhar mesmo se tiver pais ricos.

Você pode optar por não receber dinheiro ou doá-lo, mas deve trabalhar. Trabalho e salário não são a mesma coisa. Todos devem produzir algo no mundo, e os salários não têm nada a ver com o trabalho em si.

Há pessoas que são pagas e não trabalham. Há quem seja voluntário e não seja pago. Mas devemos trabalhar.

Quando comecei a estudar com o Rabash, eu tinha meu próprio negócio e o encerrei. Eu disse ao Rabash que, de acordo com meus cálculos, podia me dar ao luxo de não trabalhar por quatro anos. O que tinha era suficiente para mim e minha família.

Mas ele disse: “Não. Esse é o seu cálculo com o seu dinheiro, mas o cálculo com a sua alma é diferente. Se você deseja encerrar seus negócios, vá em frente, mas ainda precisa trabalhar pelo menos quatro a seis horas por dia”. E continuei trabalhando quatro horas por dia porque, além disso, passava muito tempo com ele.

Isto é, você deve dar ao mundo. E quanto a receber, esse é o seu negócio.

Pergunta: Como posso saber se o que quero está acima da minha necessidade?

Resposta: Cada pessoa deve determinar isso por si mesma.

Você deve participar da lição matinal por três horas por dia e passar mais uma ou duas horas na lição da noite. Seis a oito horas vão para o seu trabalho profissional. Você também deve prover sua família e, depois disso, fazer o que quiser. Quaisquer outros cálculos não têm sentido. Mas você deve saber que, desde o início, deve separar três horas para estudar.

De KabTV,“Fundamentos de Cabalá”, 05/01/20