Textos com a Tag 'Doação'

Doação Egoísta E Doação Espiritual

547.06Por que a Rússia falhou em construir uma sociedade baseada no amor aos outros? Eles poderiam ter feito algo de uma maneira diferente para que esse experimento fosse bem-sucedido?

É impossível mudar a história. A história nos é dada não para aprendermos e nos corrigirmos, mas para que entendamos que era impossível fazer o que eles tentaram fazer.

Eles queriam construir o comunismo egoísta. Em vez de ser direcionado para beneficiar o Criador, ele foi direcionado apenas para beneficiar as pessoas.

Não basta pensar apenas em doar às pessoas. Em vez disso, precisamos de uma doação verdadeira e espiritual. Significa que devemos nos elevar à fé acima da razão e adquirir a propriedade de doação, que operará em nós em vez da propriedade de recepção. No entanto, isso só pode ser feito se implementarmos o método da Cabalá.

Da mesma forma, os kibutzim foram criados com a intenção de fazer melhor para si mesmos. O fato é que há uma intenção egoísta por trás de tudo. Mas estamos falando de doar fora de nós mesmos. É a isso que a humanidade deve chegar – adesão ao Criador. Portanto, é impossível fazer isso sem a sabedoria da Cabalá e todas as suas condições destinadas a atrair a luz superior e para que ela nos influencie.

Ou seja, é absolutamente necessário estudar e implementar o método da Cabalá que pode atrair a luz superior, que mudará nossa natureza. A luz deve mudar nossa percepção da realidade para que vejamos diante de nós o mundo que queremos doar e vivamos fora de nós mesmos.

Todas as formas de sociedades comunistas foram construídas sobre o princípio oposto: o desejo de se isolar, de se agrupar em um campo contra todo o resto e de se tornar mais forte do que todos. Esta abordagem é exatamente o oposto da verdadeira doação.

Da 2ª parte da Lição Diária de Cabalá 17/01/22, Baal HaSulam, “A Paz”

Aprenda A Dar A Uma Pessoa

528.04E é por isso que nos reunimos aqui – para estabelecer uma sociedade onde cada um de nós segue o espírito de doar ao Criador ( Rabash, “Propósito da Sociedade-1”).

Nossa tarefa e objetivo mais importante é doar ao Criador. E o Criador é percebido por nós apenas como uma força comum, uma propriedade, um espírito que preencherá todo o espaço entre nós. O Criador é chamado de lugar. Este é o lugar entre nós.

A relação de uma pessoa com o Criador é a relação de uma pessoa com um lugar. Portanto, o mais importante para nós é cuidar do lugar entre nós, ou seja, das nossas relações, do que pode se manifestar entre nós.

E para alcançar a doação ao Criador, devemos começar com a doação ao homem, que é chamada de “amor aos outros”. Por quê? Porque não há Criador como tal. Criamos essa qualidade a partir dos relacionamentos entre nós, e a qualidade desses relacionamentos determina o Criador que criamos.

Assim como é dito “Você Me criou” e “Você Me cria”, não é o Criador que cria uma pessoa, mas é a pessoa que, por meio de seus próprios esforços, tendo recebido a instrução, cria o Criador.

Assim como em nosso mundo construímos tudo ao nosso redor e nos equipamos, da mesma forma devemos nos ajustar, conectar uns com os outros e organizar conexões entre nós para que o Criador seja revelado nelas.

Aqui já estamos começando a trabalhar em conjunto com a força superior, que está totalmente oculta e não pode se manifestar de forma alguma, mas apenas na medida da semelhança de qualidades. Dependendo da forma como nos relacionamos com Ele, podemos revelá-Lo. Portanto, nosso principal relacionamento com o Criador é chamado de qualidade de doação.

Mas como o Criador está oculto e é impossível sentirmos pelo toque como podemos revelá-Lo, nos aproximarmos dele, e fazermos tudo isso gradualmente, passo a passo, nós precisamos ter algo em nossas mãos. Para isso, o Criador criou uma conexão entre nós egoístas, e a partir dela devemos entender nossos estados, onde estamos, ou seja, começar a tratar a conexão entre nós como algo fundamental, a base a partir da qual extraímos entendimento sobre nós mesmos e sobre o nosso mundo.

Se mudarmos nossos relacionamentos, começaremos a sentir como estamos abrindo cada vez mais esse espaço. E assim construiremos não um mundo material, imaginário, mas um mundo que é resultado da conexão entre nós. Nestas aproximações graduais, passo a passo, revelaremos o poder da conexão, a qualidade da conexão e suas manifestações especiais, que são chamadas de Criador.

Inicialmente, essa força, essas qualidades nos criaram para ser o oposto de nós mesmos no nível mínimo. E se avançarmos na revelação dessa qualidade, nos sentiremos em dois estados opostos: que não sabemos nada, não entendemos nada, não queremos estar em conexão uns com os outros e nos opomos às conexões entre nós; isto é, somos opostos ao Criador; e, ao mesmo tempo, que possamos nos aproximar e nos conectar.

Da Convenção Internacional “Elevar-se Acima de Nós Mesmos” 06/01/22, “Aproximar-se do Criador por meio da rede de conexões entre nós”, Lição 1

A Propriedade Mais Completa

608.02A propriedade de doação é a propriedade mais completa, independente e mais elevada que pode ser manifestada em nosso estado. Portanto, se desejamos alcançar a conexão com o Criador, devemos dominar essa propriedade, a propriedade de doação.

Mas para aprender a entender essa propriedade, senti-la, classificá-la, de alguma forma dar-lhe todos os tipos de nomes, devemos cultivar todos os tipos de comunicação uns com os outros. E para que possamos entender que tipos de conexão são possíveis entre nós, para nos desenvolvermos cada um e todos, somos criados em uma sociedade de opostos – homens e mulheres.

Precisamos chegar a um estado em que, acima de todas as rejeições egoístas que o Criador fez de forma especial, em oposição à propriedade de doação, devemos nos aproximar de tal conexão mútua, que seria chamada de amor ao próximo. E isso se chama amor quando você começa a perceber o outro não apenas como você mesmo, mas acima de si mesmo, quando ele se torna mais importante para você do que você mesmo.

Da Convenção Internacional “Elevar-se Acima de Nós” 06/01/22, “Aproximar-se do Criador através da rede de conexões entre nós”, Lição 1

O Espírito De Doação Entre Nós

943Estamos envolvidos em um ataque à ocultação do Criador partindo do pressuposto, do que os Cabalistas que já alcançaram isso nos dizem, que existe apenas uma única força, a ocultação, e devemos anular a ocultação por nossos esforços.

A sabedoria da Cabalá nos diz como podemos revelar essa força superior, o que devemos fazer para revelá-la e como compreender os estágios de nossa revelação do Criador. Isso acontece ao nos elevarmos acima de nós mesmos, acima de nossas propriedades que nos separam, à propriedade do Criador que é um para todos, um campo comum.

Portanto, estamos aqui reunidos para criar este campo comum, esta rede de conexões, entre nós, que existe, mas está oculto de nós pelo egoísmo que nos é imposto. Não devemos apenas anular, mas nos elevar acima dele e usá-lo na direção oposta. Então começaremos a sentir o seu oposto, a verdadeira qualidade deste campo, deste espaço em que existimos.

Então, quando eu perguntei ao Rabash: “O que devemos dizer em uma reunião de amigos?”, ele começou seu discurso com a frase: “Nós nos reunimos aqui para estabelecer uma sociedade para todos que desejam seguir o caminho e método do Baal HaSulam”.

Tecnicamente, não há Criador. Seguimos o espírito de doação entre nós. Quando alcançamos a qualidade de doação, começamos a sentir que esta é a única qualidade que preenche o mundo inteiro. Somos criados em oposição a Ele para que nos tornemos seres criados, ou seja, existimos fora desta criação para que possamos senti-la de fora, externamente e explorá-la.

Na medida de nossa semelhança com esta qualidade de doação e amor, que revelamos por meio de nossos esforços, podemos ser moldados a partir de duas propriedades opostas: das propriedades de desconexão e unificação, das propriedades de ódio e amor.

Essas duas propriedades recíprocas nos manterão independentes do Criador, para que não nos dissolvamos e desapareçamos Nele. Ao contrário, seremos capazes de ser como Ele, conectados e, literalmente, fundir-nos com Ele e, ao mesmo tempo, existir de forma independente e separada, como seres criados.

Este é, em princípio, o ponto mais alto do desenvolvimento do homem quando o homem é chamado de Adão, da palavra “Edomeh – semelhante ao Criador”.

Da Convenção Internacional “Eleve-se Acima de Si Mesmo” 06/01/22, “Abordando o Criador por meio da rede de conexões entre nós”, Lição 1

Dominando A Qualidade De Doação E Amor

232.06Pergunta: Eu falei com muitos psicólogos e tentei entender qual é o problema da psicologia. Eles dizem que é muito difícil encontrar métodos de gerenciamento do egoísmo porque ele está em constante crescimento, especialmente hoje em dia.

Como os Cabalistas lidam com o fato de que o egoísmo está crescendo constantemente? Como podemos contrabalançá-lo?

Resposta: Os Cabalistas dizem que não há necessidade de contrabalançar o egoísmo, não há necessidade de fazer nada com ele. Você apenas tem que trabalhar o tempo todo para dominar a qualidade de doação e amor, elevar-se acima do ego e não permanecer no nível dele. Essa é a abordagem da Cabalá.

Ao nos elevarmos acima do egoísmo em direção à qualidade de doação, amor, conexão, interação e comunicação uns com os outros, começamos a compreender quão diverso é o egoísmo, quão forte é e quão difícil é para nós lidarmos com ele.

Mas, ao mesmo tempo, revelamos qualidades em nós que são opostas ao egoísmo. Então, com base na combinação de qualidades egoístas e altruístas, podemos entender a psicologia e a ciência da Cabalá.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 15/10/21

Servir À Propriedade De Doação

525Profetas, Josué, 24:1-2: … E eles se apresentaram diante de Deus. E Josué disse a toda a nação: “Assim diz o Senhor, o Deus de Israel: ‘Há muito tempo, os seus antepassados, inclusive Terá, pai de Abraão e de Naor, viviam além do Eufrates e serviam a outros deuses.

Existem apenas duas possibilidades de existência: ou em nosso próprio egoísmo, no qual nascemos e nos desenvolvemos, ou atravessando o rio e entrando na terra de Israel, ou seja, em um nível completamente diferente, em um desejo diferente, em uma terra diferente.

Portanto, é dito que o pai de Abarão e o pai de Nahor serviam a outros deuses, isto é, não à propriedade de doação e amor, mas ao egoísmo comum.

A terra é Ratzon (desejo). Israel vem da palavra “Yasher El – direto ao Criador”.

Quando você pretende atingir o nível, a propriedade, o desejo do Criador, você se torna uma pessoa completamente diferente. E aqui você tem que trabalhar em si mesmo.

Pergunta: A Torá é sobre uma pessoa. O que significa que eu já vivi e orei a outros deuses? O que há em mim?

Resposta: Significa que você era egoísta e pensava apenas em si mesmo. Então você começou a se familiarizar com o fato de que existe outro objetivo no mundo, um grande objetivo, aceitou e começou a se ajustar a ele, aproximando-se lentamente dele.

Pergunta: De que outros deuses estamos falando aqui?

Resposta: De todos os deuses egoístas, e há muitos deles. Todos adoram algo próprio, o que desejam. Desejos de dinheiro, poder, fama e tudo mais, esses são os deuses. E para aqueles que desejam alcançar o nível de doação e amor ao próximo, o Criador é um.

De KabTV, “Segredos do Livro Eterno“, 06/09/21

Doação De Acordo Com A Cabalá

622.02Pergunta: O que é a propriedade de doação de acordo com a Cabalá? O fato é que outros métodos também operam com essa propriedade.

Resposta: Sim, mas em outros métodos, isso significa doar no nível do nosso mundo: dar, amar.

Os Cabalistas dizem de forma bem diferente: “Não sabemos o que é a propriedade de doação. Mas, ao estudar a Cabalá, invocamos uma energia especial que a revela para nós”. Deve ser sentida, deve ser lidada, e a pessoa começará a se sentir em descidas, em subidas, em todos os tipos de mudanças internas, até que a propriedade de doação comece a aparecer nela.

Essa propriedade a separa do mundo animal e ao mesmo tempo faz com que ela se importe com este mundo e esteja em equilíbrio com ele.

Pergunta: Isso não permite que uma pessoa devaneie?

Resposta: Não, de maneira nenhuma. Você me vê voando? Certamente não! Eu sou uma pessoa muito real. Eu amo essa vida.

A Cabalá obriga as pessoas a trabalhar, a ser frutíferas, a se multiplicar, a fazer tudo nessa vida que uma pessoa comum faz. Portanto, não há nada aqui que fale de algum tipo de elevação espiritual.

Essa conquista significa a obtenção do sistema que governa nosso mundo.

De KabTV, “Close-Up”

A Nação De Doação

632.3Pergunta: Com base na construção espiritual do mundo, os judeus devem ser corrigidos primeiro?

Resposta: Sim. Os judeus deveriam ser corrigidos primeiro e ser o exemplo para o mundo inteiro. Esta é a missão deles, como está escrito: “E vós sereis para mim um reino de sacerdotes e uma nação santa”.

O que significa ser uma nação sagrada? Ser a nação de doação. Santidade é a qualidade de doação e amor ao próximo. Os judeus deveriam demonstrar isso por si mesmos e levá-lo ao mundo. É disso que se trata a Cabalá.

De KabTV, “Close-Up”

Perceba A Propriedade De Amor E Doação

935Pergunta: O que significa o estado “faremos e ouviremos”?

Resposta:  Ao tentar perceber a qualidade de amor e doação em nós mesmos, nos comprometemos a cumprir essa condição entre nós. Então, na medida em que o percebemos em nós mesmos e entre nós, podemos perceber o que ele nos dá, como nos muda.

Pergunta: O que significa que uma pessoa deve primeiro fazer e depois ouvir?

Resposta: Para compreender em nossas relações, tanto quanto possível, a propriedade de amor e doação. Então começamos a perceber o que a propriedade espiritual realmente significa.

Pergunta: “Ouvir” é um sentimento, significa perceber?

Resposta: Sim.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 09/04/21

Radar De Doação

935Se nossa oração chega ou não ao Criador não depende nem mesmo de sua força, mas de sua qualidade, de nosso desejo de nos unirmos para ser como o Criador. Se nos unirmos como um homem, assim como o Criador é um, podemos receber uma resposta Dele, sentir como Ele reina em nós.

Como se quiséssemos captar Sua onda, gire o botão do receptor de rádio e sintonize-o para que comece a tocar dentro de nós. Desta forma, nós nos ajustamos mais e mais até nos tornarmos pelo menos de alguma forma semelhantes ao Criador, e apreendemos Sua qualidade dentro de nós. Primeiro, será a luz mais fraca de Nefesh, depois Ruach, Neshama, Haya e Yechida de Nefesh de Nefesh, etc., até chegarmos ao fim da correção quando o Criador se reveste completamente em nossa conexão. Assim, começaremos a revelar nossa conexão com as outras dezenas e com o mundo inteiro.

Nossa semelhança com o Criador, graças ao qual Sua onda pode soar dentro de nós, depende de quanto estabelecemos conexões entre nós, como se entre as partes de um receptor de rádio que deve se conectar e sintonizar com uma onda externa. Então esta onda começará a soar dentro de nós. Isso é chamado de revelação do Criador à criação.

Dependendo do quanto queremos nos complementar, nos unir, construímos, portanto, um receptor capaz de captar o Criador. A conexão com o Criador só é possível através da conexão entre nós, como se diz: “E do amor aos amigos a pessoa pode alcançar o amor ao Criador”. O amor é o nível mais alto de conexão.

E quando nos comunicamos uns com os outros conectando todos os detalhes do nosso receptor de rádio, começamos a revelar a voz do Criador dentro de nós. O mesmo princípio se aplica tanto ao trabalho espiritual quanto à tecnologia. A única diferença é que nós mesmos servimos como partes deste receptor que deve se unir e se sintonizar com a onda do Criador, ou seja, para doar.

Se quisermos estar em doação mútua e, a partir dela, em doação ao Criador, o Criador faz uma correção ao nos sintonizar para que possamos nos unir corretamente e permitir que Ele seja revelado em nossa união. Então, podemos captá-lo como um radar.

Da Lição Diária de Cabalá 22/03/21, “ Pessach