Textos na Categoria 'Estudo Cabalístico'

O Dualismo Da Natureza

laitman_562_02Pergunta: Há muitos exemplos na física que verificam o fato de que a nossa natureza é dupla. É a divisão da matéria em partículas materiais e energéticas, ou em outras palavras, em férmions e bósons.

Todos os objetos e fenômenos em nosso mundo são binários ou duais, e duas forças são observadas em cada fenômeno.

Todos os sistemas que os físicos estudam são absolutamente equilibrados ou aspiram ao equilíbrio. As duas forças no sistema devem se complementar e equilibrar para alcançar um estado equilibrado.

Resposta: De acordo com a sabedoria da Cabalá, o mundo também está basicamente dividido em duas forças opostas: a força que doa e a força que recebe, e tudo o que acontece é apenas a expressão das diferentes variações da relação entre elas.

Da Lição de Cabalá em Russo 25/12/16

É Impossível Sobreviver Sozinho

laitman_543_01Nas Notícias (MedPulse): “Uma pessoa, pela própria evolução, não está programada para sobreviver sozinha. Por isso, tendemos mais a imitar, e nossa saúde e bem-estar são diretamente afetados pela presença ou ausência de laços sociais. …

“Funcionários da Universidade do Texas descobriram que pessoas doentes que têm o apoio de amigos ou parentes se recuperam mais rapidamente e gastam menos tempo no hospital após a internação.

“Os especialistas estudaram dados de mais de 119 mil pacientes que estavam em reabilitação após lesão, acidente vascular cerebral e várias operações.

“Verificou-se que aqueles pacientes que eram cercados pela atenção de familiares e amigos precisavam de menos tempo para se recuperar. Aparentemente, a emoção positiva da comunicação tem efeitos benéficos sobre a saúde.

“A tolerância à dor está associada ao número de amigos.

“No jornal Scientific Reports, os resultados de estudos científicos foram publicados [mostrando] que pessoas com muitos laços sociais parecem tolerar a dor, mais do que os indivíduos menos ‘socializados’”.

Meu Comentário: A ciência da Cabalá fala há muitos anos sobre a influência do ambiente, da conexão mútua e da unidade como base da natureza. Agora no século XXI os cientistas estão finalmente chegando a isso. É difícil para os cientistas sentirem a Cabalá como uma ciência. Só uma pessoa com um “ponto no coração” é capaz disso, alguém com um desejo especial, que depende da estrutura de sua alma.

Eu me lembro de dar uma palestra na Universidade de Miami para 2.000 estudantes, depois da qual falei com 70 ou 80 professores. Eu expliquei as principais leis da Cabalá para eles. Eles concordaram com a cabeça e disseram: “Sim, isso é muito interessante, é o que acontece aqui com a gente também”, e nos separamos como amigos.

Eu não os culpo de forma alguma, porque uma pessoa recebe um anseio por algo, como um anseio por música. Ela tem esse desejo ou não.

Por exemplo, eu tenho um ouvido absoluto, mas nunca tive o desejo de estudar música seriamente dez horas por dia. Assim, o fato de eu ter ouvido absoluto não significa nada.

Assim é na Cabalá. Se as pessoas tiverem um ponto no coração, virão estudar porque sentem que há algo interessante aqui. Depois disso, muitas delas veem o abismo do trabalho que devem fazer em si mesmas, e vão embora.

Pergunta: O que isso significa? Afinal, elas têm um ponto no coração.

Resposta: Há uma Reshimo de Hitlabshut (informação sobre a Luz) e uma Reshimo de Aviut (informação sobre o desejo). A Reshimo (reminiscência), que brilha para uma pessoa, puxa-a para a frente, e o que ela precisa sacrificar por essa necessidade não está mais nela.

Por isso, estamos esperando por pessoas que são oprimidas pela falta de sentido da vida. Eu estou esperando por uma pessoa assim.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 10/10/16

A Lei Básica Do Mundo Espiritual

laitman_232_06Pergunta: Qual é o mecanismo para a descoberta da lei de equivalência de forma (semelhança de propriedades) na natureza?

Resposta: A lei da equivalência da forma age em todos os níveis, mas nós não reconhecemos que ela está operando em todos os lugares. Se você e eu temos as mesmas características, estamos próximos um do outro, nós nos entendemos. É possível descrever isso com corpos físicos e também com elementos químicos.

No entanto, a lei de equivalência da forma não descreve a natureza em nosso mundo porque, como regra geral, esses objetos se rejeitam, mas ela descreve a natureza no espaço espiritual, o que acontece de acordo com o grau de similaridade das características internas, não as físicas.

Na espiritualidade, só há a aproximação e o afastamento dos objetos de acordo com o grau de semelhança ou diferença de características. Essa é a lei básica do comportamento no espaço espiritual.

Devido ao poder dessa lei, em nosso mundo não podemos discernir características que não sejam encontradas em nós. Uma pessoa só pode ver o que está nela. Por exemplo, uma pessoa cruel não verá bondade e misericórdia em outros porque para fazer isso deve haver uma similaridade de características.

Essa é a razão pela qual não percebemos o Criador como o bom que faz o bem, a menos que nós mesmos sejamos assim. O Criador é revelado apenas como uma recompensa do bem e do calor, que estão ausentes em nós.

Pergunta: Isso deve ser aceito como um axioma ou alguém deve acreditar na lei?

Resposta: No momento, você deve aceitar isso como um axioma de modo que seja usado como a base para o que nós fazemos.

Através do método Cabalístico, nós criamos um novo sentido gradualmente. Este sentido será um pouco semelhante às características do Criador, e assim começamos a descobri-Lo dentro de nós até o grau de nossa similaridade e equivalência com Ele, até que O alcancemos plenamente.

Pergunta: Essa é a razão pela qual é tão difícil para as pessoas entenderem um Cabalista?

Resposta: Na verdade, é impossível entender um Cabalista. Mesmo um Cabalista não pode entender outro Cabalista que está em um nível mais elevado, porque ele é sempre limitado pelo conjunto de características espirituais que já foram criadas dentro dele e ele está pronto para sentir.

Da Lição de Cabalá em Russo 25/12/16

Uma Ilusão Ou Um Gosto Da Experiência Espiritual?

Laitman_065Pergunta: Quando estou imerso na leitura do Livro do Zohar, sinto ondas muito poderosas de emoções. Trata-se de uma ilusão corpórea ou uma experiência espiritual?

Resposta: Se você estudar a sabedoria da Cabalá, ouvir ou assistir as lições, você está, sem dúvida, participando do processo de autocorreção. Essa é a razão pela qual você sente os botões da espiritualidade.

Da Lição de Cabalá em Russo 27/11/16

O Que Acontece Nos Mundos Superiores?

Dr. Michael LaitmanPergunta: Como Cabalista, você pode nos dizer o que acontece nos mundos superiores?

Resposta: Para fazer isso você deve estudar, porque é impossível explicar o sistema inteiro da criação em poucas palavras.

Este é um sistema muito complexo. Ele explica como a energia superior construiu nosso universo, o planeta Terra, nós, e como estamos nos movendo de forma gradual do mundo mais baixo para a conquista dos mundos superiores, como somos mudados e de acordo com nossas mudanças, como nós atingimos o mundo superior cada vez mais.

Além disso, nossa realização é construída sobre uma unidade cada vez maior. Quanto mais forte a nossa unidade transcende o ego, mais claro é o nosso sentimento do mundo superior.

Da Lição de Cabalá em Russo 30/10/16

A Cabalá Não Prevê Nada

Laitman_065Pergunta: O Livro do Zohar é considerado uma profecia? Afinal, ele descreve o futuro.

Resposta: A sabedoria da Cabalá não prevê nada. Ela ensina à pessoa como atingir os níveis espirituais. Quando uma pessoa consegue isso, tudo o que aparentemente poderia ser chamado de profecia torna-se realidade para ela. A sabedoria da Cabalá explica como é possível avançar e viver em outra dimensão agora.

Da Lição de Cabalá em Russo 01/01/17

Saber Onde Pisar

laitman_760_2Pergunta: Uma pessoa que vive sabiamente precisa saber como dar o próximo passo para não falhar ou cair. Uma pessoa que vive no mundo corpóreo segue seu coração e não importa onde vá, seu próximo passo é sempre em terreno sólido. E os Cabalistas?

Resposta: A sabedoria da Cabalá é destinada apenas a dar à pessoa a oportunidade de onde dar o seu próximo passo e como avançar o mais rápido possível.

Da Lição de Cabalá em Russo 01/01/17

Olho Por Olho, E Onde Está O Amor?

laitman_558Pergunta do Facebook: Qual é o significado de “olho por olho, dente por dente?”

Resposta: Isso significa que temos que estabelecer as relações corretas entre as pessoas no nível da natureza, no nível egoísta.

Por um lado, não devemos levar em conta nada além da igualdade, quando a força de ação causa uma força igual de oposição.

Por outro lado, se todas as pessoas no mundo se opuserem, então há um entendimento de que o sistema de conexão deve ser maior do que a natureza delas.

A sabedoria da Cabalá ajuda uma pessoa a adquirir o atributo de conexão acima do egoísmo. Isso é chamado de “fé acima da razão” ou “o amor cobrirá todas as transgressões”. O amor não apaga nada. Nós vemos toda a poluição e todos os problemas entre nós, até que ponto cada um se opõe aos outros e como cada um é diferente do outro, que é dado a nós pela natureza! Mas, ao fazer esforços juntos, nós construímos uma ponte de um tipo totalmente diferente de conexão acima de tudo, compreendendo quem somos.

A sabedoria da Cabalá nos oferece um método chamado de “linha do meio”, que nos ajuda a fazer isso. Se pensarmos no mundo, em uma vida normal e nas boas relações mútuas entre nós, só poderemos alcançar isso com este método.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 30/01/16

Por Que As Pessoas Mentem

laitman_559Pergunta: Os cientistas dizem que as pessoas mentem para preservar seu valor aos olhos dos outros. Segundo os psicólogos, a chamada “mentira branca” é usada neste caso. O que é uma mentira do seu ponto de vista?

Resposta: A mentira é uma reação defensiva natural de um organismo que não quer se ver danificado e humilhado. Que diferença faz para mim se é uma mentira ou a verdade? A principal coisa é manter-me em um certo nível. Se eu precisar mentir, vou mentir, e se precisar dizer a verdade, vou dizer a verdade. Eu não levo em conta nem um nem outro, eu considero apenas meu estado interior.

Portanto, as pessoas não têm qualquer compreensão do que é uma mentira ou a verdade. Tudo é determinado apenas em relação à pessoa. Você não pode dizer a alguém, “Por que você está mentindo?” Ele vai dizer: “Eu não estou mentindo, para mim esta é a verdade”. Por que é a verdade? Porque desta forma, eu me sustento na melhor condição possível. Essa é a única verdade!

A verdade objetiva não existe porque a nossa natureza é apenas o desejo de receber prazer e manter-se no estado de máximo conforto possível a qualquer momento no tempo. Portanto, o que sustenta este estado é a verdade para mim, e o que não sustenta é uma mentira.

Pergunta: O que é uma mentira no sentido Cabalístico?

Resposta: No sentido Cabalístico, tudo é avaliado apenas com respeito ao propósito da criação. Tudo o que está de acordo com o propósito da criação é uma verdade, e tudo o que não está de acordo é uma mentira. O que leva à doação, amor, adesão com a força superior e ascensão ao próximo nível é a verdade. Tudo o contrário é uma mentira.

Pergunta: E se isso não está relacionado com o propósito da criação e existe como nós neste mundo? É a verdade ou uma mentira?

Resposta: Nada pode ser dito. Nós vemos em épocas diferentes e em culturas diferentes critérios completamente diferentes para a verdade ou a mentira.

Pergunta: Isso significa que vivemos em um mundo sem coordenadas?

Resposta: Claro. As coordenadas indicam como meu coração egoísta me contorce. Um minuto eu posso dizer, “Sim, isso é verdade” e no minuto seguinte eu digo, “Não, isso é mentira”.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 01/03/17

Lendo Um Livro De Cabalá

Pergunta: Como é que o poder em um livro de Cabalá forma novos sensores dentro de mim e abre a cortina para o mundo espiritual que está oculto de mim?

Resposta: O livro não faz nada; qualquer livro, não importa por quem foi escrito é meramente papel.

O que nos faz realizar todo o trabalho é o nosso desejo. Nós convocamos e invocamos o impacto da Luz Circundante (Ohr Makif), que nos rodeia, na medida em que ansiamos sermos conectados uns aos outros.

Enquanto lemos o livro, estabelecemos uma conexão com a fonte cabalística superior, e isso impacta-nos e nos transforma. Não é o livro em si, mas o que queremos compreender nele, o que queremos para assemelhar-nos. Portanto, ao estudar a sabedoria da Cabalá, invocamos para nós mesmos o campo de força que nos rodeia, e é o que nos muda.

[203915]

Da Lição de Cabalá em russo 27/11/16

Material Relacionado:
Como Deve Ser A Leitura Dos Livros De Cabalá?
Como A Pessoa Lê Textos Cabalísticos?
A Chave É Pensar Sobre A Unidade