Textos na Categoria 'Estudo Cabalístico'

Termos Cabalísticos: “Zivug”

laitman_583.01Comentário:  Quando você fala sobre tópicos profundamente filosóficos, de repente usa as palavras “amor” e “doação”.

Minha Resposta: Não apenas. Na ciência da Cabalá, termos como “Zivug“, “adesão” e “cópula” são frequentemente usados.

Tudo o que acontece em nosso mundo em corpos, corpos externos, entre corpos, etc., ocorre naturalmente nas forças espirituais que controlam nossos corpos e nossas almas. Portanto, devemos nomear todas essas ações e condições especificamente. Pegamos as palavras que expressam as ações do nosso mundo e as chamamos de ações espirituais.

Assim, a combinação de dois desejos, chamamos Zivug, isto é, relação sexual, fusão. No mundo espiritual, há nascimento, gravidez, parto e assim por diante. Em geral, tudo o que existe em nosso mundo é uma consequência do mundo superior e, portanto, eles têm os mesmos termos. Na espiritualidade, tudo isso acontece nos desejos, não nos corpos e na matéria.

Pergunta:  Da mesma forma que os átomos se juntam e uma molécula é obtida, os desejos também se unem?

Resposta: Sim. Como resultado, surgem desejos mais coletados e mais integrados. Os desejos que são coletados em um sistema HaVaYaH específico são chamados Sefirot, Partzuf e depois Paz.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 17/06/19

Termos Cabalísticos: “Yesh Mi Ain”

Laitman_144Comentário: Na Cabalá, existe o termo “Yesh Mi Ain“, que se traduz como “existência a partir da ausência”.

Minha Resposta: Eu não traduziria esse termo. É melhor deixar “Yesh Mi Ain“.

Aqui, entende-se que tudo o que existe vem do zero – do fato de que, de alguma forma, em algum lugar, uma vez no campo da alta natureza espiritual, uma mente elevada, um plano para a criação surgiu. E tudo o que se segue desce e se desenvolve a partir desse pensamento. Portanto, Yesh Mi Ain é o que existe agora, mas que antes não existia.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 17/06/19

Visite Nosso Site, Leia E Cresça

laitman_600.02Pergunta: Se uma pessoa não pode estar em um grupo porque viaja muito e está constantemente em movimento, mas ao mesmo tempo lê livros e estuda a sabedoria da Cabalá, ela pode descobrir o Masach dentro dela? O ambiente em que ele está pode interromper esse processo?

Resposta: Obviamente, uma sociedade comum interrompe o estudo de uma pessoa porque tem objetivos diferentes. Uma pessoa precisa de uma sociedade que estude com ela para avançar, não da sociedade da qual faz parte em sua vida cotidiana. É claro que a família, o local de trabalho etc. não desaparecem, mas fora isso, ela deve estar em um ambiente que apoie seu desenvolvimento espiritual. É impossível avançar de qualquer outra maneira.

Para estudar no ambiente certo, temos um enorme sistema virtual e os materiais em nossos arquivos são exibidos em nossos sites gratuitamente, incluindo livros, filmes e praticamente todos os nossos materiais. Você também pode participar de nossas aulas diárias, que são traduzidas para vários idiomas.

Mas sem o apoio do ambiente certo que avança em direção a um objetivo comum, você não alcançará nada.

Pergunta: Isso significa que, se a pessoa viaja, isso não interrompe necessariamente seus estudos porque existe hoje uma sociedade virtual?

Resposta: Claro. Em 1995, quando abri meu primeiro site Cabalístico, não foi uma questão simples. Eu costumava sentar e digitar todas as letras. Essa é a razão pela qual tudo está pronto para todos vocês hoje. Visite nosso site, leia e cresça! Caso contrário, você não avançará. Como você pode imaginar sua adaptação ao mundo superior e ao gerenciamento da criação, se você não estuda?

Pergunta: E se eu quiser estudar, mas apenas a partir de livros, você acha que é possível ou não?

Resposta: Se você é atraído apenas por livros, comece a “engoli-los”. Mas você deve saber que existe uma grande variedade de outras fontes em nosso arquivo que o ajudarão a avançar mais intensamente.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 02/02/20

Termos Cabalísticos: “Reshimo”

laitman_527.12Reshimo é um registro informacional que existe na criação para que, de alguma forma, possa se orientar no passado, presente e futuro, e se direcionar para a meta.

Geralmente, as pessoas simplesmente entendem onde elas existem. E os idosos com demência (perda de memória) não têm isso, então apenas fazem as coisas sem qualquer base. Do mesmo modo, o Reshimo comanda decisivamente um homem e determina seu movimento para a frente.

Um Reshimo está na alma, em cada nível e subnível. Onde há um desejo, onde há luz, há sempre um Reshimo, que conecta essa luz e esse desejo e os controla dentro da alma.

De KabTV, “Fundamentos da Cabalá”, 17/06/19

Termos Cabalísticos: “Masach”

laitman_234Masach (tela) representa a força antiegoísta que uma pessoa ganha com a ajuda da luz superior.

É como se a pessoa colocasse uma tela em seu desejo e depois pudesse trabalhar com ele na direção oposta e agir gentilmente com os outros e com o Criador. Ela então é capaz de trabalhar pela doação sem receber nenhum prazer para si mesma.

Pergunta: Qual é o problema em receber para si?

Resposta: Com isso, você se separa do Criador, para de sentir o mundo superior e se limita apenas à sensação do nosso mundo.

Observação: Mas foi assim que o Criador nos criou.

Minha resposta: Ele nos criou de tal maneira que, a partir deste estado, subiríamos a Ele, retornaríamos ao estado de fusão com Ele.

Pergunta: Por que isso foi ocultado? Por que os sábios não ensinaram isso nos últimos mil anos?

Resposta: Para criar a ilusão de livre arbítrio em uma pessoa.

Observação: Mas se me ensinassem isso na escola, eu saberia que não tenho liberdade de escolha.

Minha Resposta: você não pode aceitar essas coisas na infância e fazê-las existirem automaticamente. Você deve desejá-los você mesmo.

Houve gerações em que as pessoas aprendiam desde tenra idade e não tinham problemas. Mas essas foram as primeiras gerações. Agora, com nosso enorme egoísmo, devemos começar nossa jornada muito antes do Machsom, antes da manifestação do Criador, antes de entendermos onde estamos e com quem estamos lidando. Isso faz parte da nossa correção.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 17/06/19

A Cabalá Não É Uma Religião, Mas Uma Ciência

laitman_214Comentário: Muitas pessoas olham a Cabalá como uma religião. Outras a consideram uma seita.

Minha Resposta: Isso significa que elas simplesmente não sabem nada sobre a Cabalá. A Cabalá é uma ciência, não uma religião. Primeiro, qualquer um pode estudá-la, independentemente de sua origem. Meus alunos, representantes de diferentes nações, vivem em todos os continentes. Se você der uma olhada na lição matinal, verá pessoas de todas as nacionalidades.

Em segundo lugar, a Cabalá não força a pessoa a realizar nenhuma ação religiosa. Os Cabalistas não têm fetiches, objetos sagrados ou ritos. É simplesmente a compreensão de uma esfera superior do nosso mundo e nada mais. Nada mais!

Quando você a compreende, começa a sentir a eternidade, a perfeição, a inclusão mútua de tudo em tudo. Você começa a mudar sua visão de mundo, sua atitude em relação ao mundo. Essa metodologia molda você, faz de você uma pessoa diferente.

De KabTV, “Encontros com a Cabalá: Victoria Bonya”, 29/03/20

Termos Cabalísticos: “Alma”

laitman_626Pergunta: De onde veio o termo “alma”?

Resposta: O termo “alma” vem da palavra “Neshama“. Existem cinco estados do desejo na Cabalá semelhantes ao Criador: Nefesh, Ruach, Neshama, Haya e Yechida.

Nefesh, Ruach e Neshama são estados nos quais podemos alcançar e permanecer constantemente. O mais alto deles é Neshama. Portanto, este é o nome da nossa parte espiritual.

Além disso, também existem estados chamados Haya e Yechida. Mas essas são adições temporárias suplementares ao estado da alma.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 17/06/19

Termos Cabalísticos: “Gmar Tikkun”

Laitman_013.02Gmar Tikkun é a correção final completa do egoísmo em doação e amor quando transformamos o ego na qualidade oposta.

Aqui, a ciência da Cabalá vem em nosso auxílio. Com a ajuda dessa metodologia, a luz superior afeta o desejo egoísta, elevando-o gradualmente a novos desejos: doação, amor e conexão com os outros. Esta é uma mudança séria da nossa essência para o seu oposto.

Pergunta: Podemos dizer que essa é uma mudança de uma percepção egocêntrica do mundo para uma percepção holística do mundo?

Resposta: Claro.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 17/06/19

Termos Cabalísticos: “MAN, Machsom”

Laitman_177.06MAN é um acrônimo para Mei Nukvin (águas femininas). Uma mulher na Cabalá está sempre associada ao desejo, e um homem está sempre associado à doação. Uma mulher é o desejo de receber, um homem é o desejo de dar. Portanto, as águas femininas significam a ascensão do desejo de baixo para cima, para o Criador. Além disso, elas incentivam o Criador a começar a criação, correção e realização desses desejos. Nesse caso, os pedidos de baixo para cima são chamados de oração ou MAN.

Pergunta: Esse é o MAN (maná) mencionado no deserto?

Resposta: Esse é o MAN (maná), que a Torá diz que todas as manhãs as pessoas apanhavam e do qual se alimentavam.

Pergunta: Muitas vezes na Cabalá, o termo Machsom [barreira] é usado. O que ele significa?

Resposta: Machsom é um estado pelo qual uma pessoa deve percorrer o caminho, desde a sensação de apenas nosso mundo até a sensação do mundo superior. Em outras palavras, essa é a fronteira entre o nosso mundo e o mundo espiritual, uma espécie de barreira psicológica.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 17/06/19

Termos Cabalísticos: “Mundo Superior, Realização Espiritual”

laitman_261Pergunta: Por que o mundo espiritual é chamado de “superior”?

Resposta: Nós o chamamos de superior porque ele está acima de nossas propriedades. Nossas propriedades são as propriedades de recepção e, portanto, somos muito dependentes de nossos desejos egoístas e de sua realização.

No mundo superior, essas são propriedades que consistem no desejo de dar, realizar, amar e nutrir os outros. Uma vez que eles (as propriedades) são independentes, livres em sua essência, são chamados superiores.

Além disso, eles estão mais próximos do Criador em seus atributos. Ele é doação e amor absolutos. Portanto, tudo o que está mais perto Dele, nós definimos como acima de nós, ou seja, mais próximo da causa principal.

Pergunta: Falando no mundo superior, costumamos chamá-lo de espiritual. O que significa a palavra “espiritual”?

Resposta: O mundo superior é chamado espiritual porque não é material.

Pergunta: Existe uma diferença entre os termos “mundo espiritual” e “mundo superior”?

Resposta: Não, esses são nomes comuns e não especificados.

Pergunta: O que é realização espiritual?

Resposta:  A compreensão da natureza na qualidade de doação, igual ao Criador, é chamada de realização espiritual.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 17/06/19