Textos na Categoria 'Estudo Cabalístico'

Nós E O Criador

laitman_558Pergunta: O Criador está dentro de nós ou nós estamos dentro do Criador? Como um Cabalista sente isso?

Resposta: Ambos. Não faz diferença porque é um estado mútuo. O Criador é tudo o que existe. Não faz diferença que estrutura você atribui a Ele: quadrada, triangular ou redonda; nós estamos dentro Dele.

Da Lição de Cabalá em Russo 12/03/17

Como Surgiu A Primeira Matéria?

laitman_747.04Pergunta: Como a Cabalá explica o primeiro surgimento da matéria?

Resposta: A primeira substância aparece de um ponto de Luz ou de um fino raio de luz que produz o desejo oposto à Luz sob ele. Um raio de Luz não é um raio de luz em nosso mundo, mas um desejo de doar que cria o desejo de receber sob ele. Um desejo é uma força.

Pergunta: De onde o Criador tem um desejo?

Resposta: Não podemos dizer nada sobre o próprio Criador. Nós aprendemos a sabedoria da Cabalá a partir do momento em que alcançamos o Criador e Seu relacionamento para conosco, o que significa o início do surgimento de uma intenção de criar uma criatura e trazê-la a um estado particular. Sobre o que existia antes disso, não podemos dizer nada, porque Ele ainda não foi chamado de Criador.

Pergunta: Se é assim, o desejo de criar a criatura é o Big Bang?

Resposta: Sim, mas isso não aconteceu no mundo físico como dizem os físicos.

Pergunta: De acordo com a sabedoria da Cabalá, há cinco mundos. Eles foram criados após a criatura?

Resposta: Esses mundos não foram criados e não existem por conta própria. Eles existem apenas dentro de uma pessoa. Quando alcançamos o mundo superior, imediatamente descobrimos isso em uma imagem de cinco mundos. Se não os percebemos, então esses mundos não existem.

Por exemplo, o mundo de Atzilut é o mundo do Criador, que significa Sua revelação, portanto, é chamado de “Atzilut” da palavra “Etzlo” (com Ele).

Pergunta: Por que o Criador é chamado de primeiro? É porque Ele precedeu a criatura?

Resposta: É porque o desejo Dele existe no começo de tudo o que acontece e Ele administra todas as ações.

Da Lição de Cabalá em Russo 12/03/17

O Livro Do Zohar, Aprendendo A Linguagem Espiritual

laitman_531.01Não devemos ansiar em entender o que lemos no Livro do Zohar com nossa mente corpórea. É melhor desligar a mente e tentar ouvir ou ler e, ao mesmo tempo, abrir a boca como um bebê que não entende nada que lhe dizem.

Embora o bebê não entenda e não perceba nada, quando você diz algo diretamente a ele, ele olha para você e tenta entender. É muito importante que o bebê em mim abra a boca dessa maneira e simplesmente tente entender o que lhe é dito.

Em nosso mundo, um bebê aprende como falar dessa maneira; nós temos que ensinar a linguagem espiritual da mesma maneira, e assim a adquiriremos. Se processarmos o texto do Zohar através da nossa compreensão do nosso mundo, não entenderemos nem saberemos nada.

Nada no Livro do Zohar tem algo a ver com o nosso mundo. Ele nos conta sobre animais, pessoas, palácios, montanhas, rios, etc., mas todas essas imagens se referem aos atributos do mundo superior, a diferentes vetores que não conhecemos ou sentimos completamente.

Portanto, não devemos fazer nada porque podemos imaginar tudo o que queremos em nossos atributos e sentimentos egoístas distorcidos, mas tudo isso não tem nada a ver com o mundo espiritual, de modo que só nos confundiremos.

Determinou-se que O Livro do Zohar realmente será revelado em nossa geração, que está muito longe da espiritualidade e não pode imaginar nada sublime de maneira correta. Portanto, ela pode facilmente renunciar à necessidade de conectar o texto do Zohar ao mundo corpóreo e lê-lo apenas para evocar a Luz superior até nós mesmos, que revelará o Livro dentro de nós e descreverá o que está acontecendo dentro nós e não do lado de fora.

Nós devemos lembrar que apenas uma pessoa que entende que O Livro trata das forças que nos impactam pode entender e perceber O Livro do Zohar corretamente.

Da Lição de Cabalá em Russo 12/02/17

Sinais De Progresso No Estudo

laitman_219.01Pergunta: Como eu posso verificar se estou progredindo no estudo da Cabalá? Como o progresso é medido?

Resposta: Um sinal de progresso no estudo é uma mudança na sua atitude em relação à vida. Quanto mais eu entendo que a vida é muito maior do que o tempo entre o meu nascimento e minha morte, mais preparado estou para sair dessas limitações; quanto mais profundamente eu conheço minha vida e descubro as forças escondidas que afetam esse mundo, mais eu progredi.

De “Perguntas De Principiantes” 24/07/17

Para Abrir O Livro Do Zohar

laitman_530Pergunta: Como a força superior amplia nossos limites de conhecimento e nossas sensações quando lemos O Livro do Zohar?

Resposta: O Livro do Zohar se aproxima de nós e nos é revelado na medida em que, ao estudá-lo, nós nos conectamos, nos abrimos uns aos outros e tentamos combinar e criar um desejo comum como resultado de nossos diferentes desejos egoístas e focamos na obtenção do nível superior: o Criador.

Essa é a razão pela qual tudo depende da forma como as pessoas se conectam entre si; elas entendem corretamente a condição que devem adquirir na conexão mútua, para que O Livro do Zohar se abra nelas.

Da Lição de Cabalá em Russo 12/02/17

Sentir O Livro Do Zohar

Laitman_633.4Pergunta: Será que todos sentem O Livro do Zohar da mesma maneira?

Resposta: Basicamente, sim. Quando falamos de nossos sentimentos nesse mundo, há diferenças de opinião e mal-entendidos. E quando falamos de realizações espirituais, não há problemas porque as referências são absolutamente precisas e há uma terminologia comum.

Pergunta: Como eu posso desenvolver a minha sensibilidade usando O Livro do Zohar?

Resposta: A sensibilidade ao Livro do Zohar emerge apenas na medida em que a pessoa lê. Você deve começar a lê-lo. A parte principal está no primeiro volume. Você deve reler várias vezes e verá como o livro, de repente, começa a operar em você; isso acontece muito rapidamente.

Boa sorte a todos nós que podemos nos colocar corretamente sob a iluminação superior chamada O Zohar.

Da Lição de Cabalá em Russo 05/02/17

Uma Cabalá Diferente

laitman_570Pergunta: Eu posso entender algumas das queixas que as pessoas religiosas têm contra você, mas por que você também é criticado por estudiosos que estudam Cabalá nas universidades?

Resposta: Os estudiosos que estudam Cabalá sentam-se nas universidades e ninguém tem qualquer problema com eles, enquanto que conosco, o Bnei Baruch, todo mundo nos ataca e todos estão insatisfeitos conosco. Portanto, a questão não é que estamos estudando Cabalá, mas precisamente o quanto esse tipo de estudo da Cabalá não é tolerado pela religião e por pessoas religiosas e seculares.

Os acadêmicos da universidade escrevem sobre o que cada um pensa da Cabalá. Isto veio dos gregos antigos que estudaram a Cabalá dos profetas, mas a compreenderam em um nível puramente superficial e assim é como começaram a escrever sobre ela. Depois, as gerações seguintes escreveram sobre as gerações precedentes dos filósofos e o que acreditavam.

Em outras palavras, a Cabalá acadêmica não segue o objetivo de alcançar o Criador e o mundo superior e de fazer Cabalistas de seus alunos, apenas visa estudar pesquisadores universitários anteriores.

Talvez essas pessoas também venham a nós com um desejo de estudar a Cabalá na superfície como nas universidades, e assim saem insatisfeitas conosco, por supostamente estarmos estudando a “coisa errada.” Da mesma forma, os cientistas que nos estudam nas universidades não nos entendem e internamente se ressentem de nós por sermos diferentes, não como eles.

Eles não podem compreender que a nossa Cabalá é DIFERENTE da deles: nós temos a realização do mundo superior a partir dos Cabalistas que a percebem na prática, enquanto que o que eles têm é estudar as opiniões de seus antecessores que não atingiram o mundo superior.

Escreva Na Tábuas Do Seu Coração

laitman_281.02Pergunta: No passado, era inaceitável e até mesmo proibido escrever as explicações dos professores que ensinavam a Torá; por que não nos comportamos assim hoje?

Resposta: Eles não registavam as palavras do professor no passado, mas aprendiam oralmente, não porque era difícil gravar em tábuas de madeira, por exemplo, mas porque os estudantes ouviam e alcançavam o mundo superior ao processar a profundidade das palavras do professor.

Agora a situação é diferente; nós ouvimos e gravamos para saber mecanicamente, não através da realização da vida. Quando um estudante segue seu professor como um Partzuf inferior que segue um Partzuf superior através da adesão com ele, um retrato vivo do mundo superior é revelado ao estudante. Portanto, o aluno recebe a sua realização “boca a boca” do nível superior, o que significa através da partilha de um Masach (tela) com o professor.

Isso é chamado de “escrever nas tábuas do seu coração” nos desejos corrigidos. E hoje as pessoas aprendem letras mortas e palavras porque não há Luz nelas; não há nenhuma característica de doação, somente conhecimento externo. Isto é chamado de exílio do mundo superior.

Assim, após a queda do nível de realização espiritual que aconteceu 2000 anos atrás, eles começaram a gravar as palavras dos sábios da Torá para que quando saíssemos do exílio no futuro, ascendêssemos ao amor e doação e pudéssemos revitalizar seus textos através da Luz superior.

Criação É Desejo

laitman_243.05Pergunta: O que é a criação de acordo com a Cabalá?

Resposta: A criação é o desejo de receber, que pode ser encontrado em diferentes formas: nos insetos, nas pessoas, no espaço, nos anjos, em tudo

Há desejos nos níveis inanimado, vegetal, animal e falante, e os níveis de intenção são determinados em conformidade.

Pergunta: Qual a diferença entre intenção e desejo?

Resposta: O desejo é despertado em nós pela Luz superior, e a intenção é a maneira como usamos nosso desejo.

Da Lição de Cabalá em Russo 19/03/17

Curso Gratuito De Cabalá Autêntica – Primavera 2017 (Inscrições Abertas)

CURSO GRATUITO DE CABALÁ AUTÊNTICA

Uma experiência com consequências para toda a vida fornecida pela PRÓPRIA NATUREZA

Começa na Terça-feira, 03 de outubro e 2017

AGORA É O MOMENTO MAIS IMPORTANTE DA SUA VIDA…SE VOCÊ PERMITIR

Neste curso, você vai descobrir uma compreensão mais profunda da natureza, do mundo, e quem você realmente é, vai receber ferramentas para desenvolver uma nova abordagem para a vida, e experimentar uma perspectiva única que o ajudará a dar sentido aos eventos no mundo de hoje. Ao contrário de uma série de equívocos sobre a Cabalá que você normalmente ouve, isso está aberto para qualquer pessoa independentemente de quaisquer diferenças que aparentemente existam entre as pessoas (raça, idade, sexo, cultura, etc.) e você está livre para avançar no seu próprio ritmo, sem pressões ou obrigações.

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES (Clique Aqui)