Uma Luta Em Que Todos Nós Estamos

laitman_220Pergunta: Na luta contra o coronavírus, é claro que já recebemos um cérebro global: informações e experiências divergem em todos os países.

Como podemos alcançar um coração global? Como sentimos os outros? E de que sentimentos você está falando? Os médicos que salvam vidas trabalhando 16 horas por dia não fazem isso por sentimentos? Afinal, muitas pessoas têm a opção de não trabalhar.

Resposta: Eu não acho que os médicos tenham opção de trabalhar ou não. Eu não acho que eles mesmos decidam ficar em casa. Em princípio, sua profissão e circunstâncias não excluem o sacrifício pessoal.

Mas o fato é que chegou a hora de entender que estamos conectados um ao outro e cada país não pode se cuidar sozinho, porque o vírus praticamente não tem fronteiras.

Como é transmitido e como surge, ainda não sabemos nada. Portanto, absolutamente todo mundo participa da luta contra ele. Até agora, esta é a melhor conquista que a pandemia nos trouxe.

De KabTV, “A Era Pós-Coronavírus”, 30/04/20

Comente