“O Mundo Pós-Coronavírus” (Thrive Global)

Thrive Global publicou meu novo artigo: “O Mundo Pós-Coronavírus

Definitivamente, estaremos vivendo em um mundo novo e diferente após a pandemia de coronavírus.

Dave Heinzel instala um de seus letreiros feitos à mão com o ditado “Tudo ficará bem”, juntamente com um coração vermelho em 3D que ele criou em resposta à pandemia do COVID-19 em frente a uma casa na West Lawrence Avenue, quarta-feira, 25 de março de 2020, em Springfield, Illinois. Heinzel começou a receber solicitações de sinalização nas mídias sociais e a demanda aumentou para mais de 200 solicitações. “Eu realmente acho que tudo ficará bem”, disse Heinzel. “Vai ficar pior e não vai ser divertido e vamos perder pessoas que conhecemos, mas tudo ficará bem”. Usp News Coronavirus A Usa Il

Antes de discutir o mundo pós-coronavírus, ajuda entender que a causa mais profunda do vírus foi a reação da natureza à maneira egoísta, competitiva e exploradora em que estávamos vivendo nossas vidas.

A natureza nos enviou esse vírus para limpar o excesso de resíduos que estávamos acumulando em nosso paradigma de cada um tentando lucrar ao máximo com os outros na corrida ao sucesso individual.

Nossa abordagem egoísta superinflada da vida acabaria levando a um grande sofrimento, como uma guerra mundial. No entanto, o coronavírus apareceu. De certa forma, ele nos purifica de uma maneira muito mais calma do que se tivéssemos deixado nossas relações tensas atingirem um pico explosivo.

Não Há Nada Prejudicial Na Natureza

Muitos percebem o coronavírus como uma grande catástrofe, mas, quando entendemos as leis e o modus operandi da natureza, vemos que não há nada prejudicial na natureza.

Estávamos causando dano um ao outro em nossas atitudes mutuamente imprudentes e divisivas, e o coronavírus apareceu para nos distanciar um do outro, dando-nos a chance de revisar como e por que vivemos nossas vidas da maneira que fazemos.

Agora que a natureza descartou de maneira cuidadosa e engenhosa o lixo que estávamos coletando, temos a oportunidade de preencher nossas relações com amor e bondade – restabelecer a sociedade humana de uma maneira muito mais brilhante e positiva para nossos filhos e netos.

Assim, eu espero que possamos utilizar com sucesso esse período de coronavírus para impactar uma mudança positiva em nossas atitudes uns com os outros e nas construções sociais que construímos aqui.

Também espero que deixemos para trás toda a divisão social, ódio, xenofobia, exploração, manipulação, abuso, depressão, estresse e ansiedade do velho mundo egoísta, e demos um salto significativo para um mundo novo e oposto de conexão positiva, amor, igualdade, apoio, encorajamento, felicidade, confiança, altruísmo, cuidado e responsabilidade mútua.

Rejeite O Velho Mundo Egoístico. Procure Um Novo Mundo Mutuamente Considerado

Atualmente, bilhões de dólares estão sendo investidos pelos governos na esperança de reviver a corrida de ratos que estávamos realizando antes do ataque do coronavírus. Seria muito lamentável se o fizermos. Duvido muito que isso seja positivo para qualquer um.

Enquanto estamos agora em um estado de crise amplamente reconhecido, ouvimos muito pouco sobre como antes do coronavírus estávamos em outra crise. Nossas intensivas relações de divisão nas sociedades e entre países – especialmente entre os Estados Unidos, Rússia, China e Europa – e várias outras facções, estavam nos levando à guerra e ao colapso financeiro e industrial.

Quando entendemos a extensão da crise em que estávamos nos metendo, vemos a pandemia de coronavírus como uma boia de salvação que a natureza nos lançou.

Portanto, seria sensato perceber que não havia nada de positivo em nosso mundo antigo e, portanto, nada que valesse a pena retornar. Era um mundo devastado pela extração de todos os recursos em que podíamos pôr as mãos.

Além disso, a ironia do nosso velho mundo é que ele se baseava em todos nós, tentando nos divertir, mas descobrindo que ficava cada vez mais difícil nos divertir. No final, se fizéssemos um cálculo preciso de quanto desfrutávamos em comparação com o quanto estávamos insatisfeitos e sofrendo de uma maneira ou de outra, encontraríamos as balanças pesadamente inclinadas para “insatisfeito e sofrimento”.

Nós nos enganávamos que estávamos indo bem. O que havia de tão positivo em nosso mundo antigo? Alguma coisa que fazíamos nos deixava uma sensação de felicidade e alegria duradouras? Além disso, se fôssemos pessoas comuns apenas tentando sobreviver e servir nossas famílias, ou pessoas que lutavam por mais riqueza, respeito, poder e conhecimento – todos nós apenas experimentaríamos uma satisfação momentânea, apenas para sermos deixados vazios novamente, precisando novamente buscar mais satisfação.

Por fim, éramos todos iguais na maneira como vivíamos nossas vidas: estávamos em uma perseguição perpétua por diversão que sempre escorregava entre os dedos no momento em que começávamos a entrar em contato com ela.

O Coronavírus Lava O Lixo Egoísta E Nos Dá Espaço Para Criar Um Mundo Melhor

Portanto, agora entramos em um período de limpeza que está lavando os resíduos egoístas, competitivos e socialmente divisivos que estavam se acumulando. Como estávamos enchendo nossos oceanos com lixo plástico e radioativo, estávamos fazendo uma bagunça na sociedade humana.

Nesse momento, nossa melhor jogada seria construir um mundo novo e muito mais positivo.

O coronavírus e todas as suas consequentes condições sociais de distanciamento ao redor do mundo nos deram tempo e espaço para refletir sobre como estávamos levando nossa sociedade egoísta do passado à ruína. Além disso, se comparássemos o coronavírus atual com as pandemias passadas, veríamos que a quantidade de mortes é relativamente pequena. Isto é, a natureza trouxe essa oportunidade para uma transformação positiva com relativa misericórdia e gentileza.

Portanto, seríamos imprudentes se retornássemos ao nosso velho mundo de 10 a 12 horas de trabalho, com grandes porções dos dias passados ​​em engarrafamentos, várias crises em escala pessoal, social e ecológica, além de uma dívida que aumenta continuamente.

Nosso uso ideal dessa era de transição é ajudar um ao outro a dar um passo adiante em um novo mundo: pensar em como podemos reparar nossos relacionamentos, superar as diferenças que tínhamos e implementar novas relações de consideração e responsabilidade mútuas entre a sociedade humana.

Portanto, eu espero que quando as condições sociais de distanciamento forem levantadas e a era do coronavírus terminar, também continuemos ao longo de uma linha que começamos agora: aquela em que valorizamos conexões humanas positivas que beneficiam toda a humanidade sobre quaisquer objetivos egoístas. Fazer isso garantiria nosso equilíbrio com a natureza, revelaria um novo mundo de felicidade e confiança para todos e nos protegeria de qualquer dano adicional que trouxéssemos sobre nós mesmos.

Publicada em 29 de março de 2020

Comente