O Coronavírus Está Mudando A Realidade, Parte 3

laitman_961.2O Coronavírus É O Começo Das Pragas Egípcias?

Pergunta: Agora estamos no limiar do feriado de Pessach e o símbolo desse feriado são as dez pragas enviadas ao Faraó. A epidemia de coronavírus é o início de uma série de cataclismos?

Resposta: Não há dúvida de que estamos em um estágio muito interessante em nosso desenvolvimento, que hoje exige que nos aproximemos um do outro de maneira mais correta. O que é exigido de nós não é o comércio mútuo, nem renda mútua, quando usamos um ao outro querendo lucrar às custas de outra pessoa, mas o relacionamento entre eles através de boas conexões. Então podemos voar, mover e conectar o quanto quisermos.

Pergunta: Você está falando sobre algum tipo de relacionamento sensorial interno?

Resposta: Sobre intenções.

Pergunta: De fato, hoje sentimos uma grande dependência de todos em relação a todos. Se uma geleira estava derretendo em algum lugar antes ou havia uma guerra, isso não era sentido. Hoje, porém, isso afeta o mundo inteiro e, naturalmente, todo mundo está preocupado. Há relativa solidariedade aqui, mas é aparentemente negativa: não quero depender dos outros.

Como podemos passar da integração forçada quando sentimos essa dependência para uma integração positiva?

Resposta: Não há nada que possamos fazer. Só podemos aprender com o exemplo do Egito antigo. Lá também tudo foi feito através dos golpes, através das dez pragas egípcias.

Imagine que não haverá o coronavírus, portanto haverá outra coisa. Digamos que vivamos em silêncio, como fizemos alguns meses atrás.

De repente, há uma guerra em algum lugar da África e da América Latina, não importa onde, por causa da qual a extração de algumas matérias-primas, por exemplo, metais de terras raras, pare. Por causa de alguns quilogramas produzidos em um ano, toda a economia pode parar. O que você vai fazer então?

Todos os governos começarão imediatamente a perseguir esses dois países, que estão em guerra entre si e parando a exportação de material necessária para o mundo inteiro. O mundo ainda descobrirá a dependência global e precisará tomar medidas para garantir que as relações entre todos sejam tranquilas e boas. Caso contrário, não haverá nada.

Comentário: A propósito, a Wikipedia dá a seguinte definição de interdependência: “em um relacionamento interdependente, presume-se que todos os participantes de forma emocional, econômica, ambiental, moral e de alguma outra maneira se influenciem”. Em outras palavras, a dependência não é apenas física, mas também moral.

Minha Resposta: Sim, ela se manifesta em todos os níveis.

Pergunta: Isso significa que existe uma falta de entendimento dessa dependência na sociedade?

Resposta: Essa é a principal coisa. É por isso que, se quisermos arruinar a vida um do outro, paramos de negociar, mesmo em nosso próprio prejuízo, apenas para ter certeza de que será ainda pior para o outro.

Pergunta: Que tipo de dor você acha que as pessoas sentem hoje? Como o vírus afeta as pessoas? Em que estado está a humanidade?

Resposta: Hoje, as pessoas ainda não sentem a essência completa desse problema. Elas digerem, mas ainda não estão engasgando, por assim dizer; não estão realmente preocupadas: “Bem, é claro, existe um vírus. Bem, de 100 milhões, 100 pessoas morrem. E daí?” Veja bem, essa não é a escala que pode impressionar o mundo.

Comentário: Foi o mesmo no Egito, esses golpes também começaram lentamente. No entanto, temos a chance de recuperar nossos sentidos.

Minha Resposta: Sim. Ao disseminar o método de conexão integral, podemos explicar que tudo isso pode ser interrompido.

De KabTV, “Coronavírus Está Mudando a Realidade”, 12/03/20

Comente