Meus Pensamentos No Twitter 11/06/19

Dr Michael Laitman Twitter

Meu novo artigo em russo, em co-autoria com Lera Khachaturian, foi publicado: “Uma Abordagem Integral à História do Mundo”.

Percepção da realidade na luz simples:
Em vez do nosso mundo, que descreve nossa percepção distorcida para nós,
podemos sentir o Criador único, a única coisa que existe.
Nós existimos dentro Dele e tudo está imerso no oceano de luz branca.
Essa será a verdadeira realidade.

Se vejo você na minha frente, significa que você está em mim como uma forma específica de desejo com qualidades específicas. Na medida em que corrijo minha atitude para com você, é como se eu devolvesse você a mim mesmo. Você se torna incluído em mim, eu paro de vê-lo do lado de fora.
Eu retorno o mundo inteiro dentro de mim.

O egoísmo está aumentando, tentando nos separar. Esforçando-nos para nos unir, continuamos a alcançar uma consciência mais elevada, e dentro dela – o propósito da criação, que é necessário para entrar no novo mundo, para elevar-se acima de todas as limitações na dimensão Superior – espaço infinitamente ilimitado.

O volante do universo:
Determinamos nosso grau ao longo da escada do avanço na medida de nossa unidade na dezena: quanto mais conexão – mais alto é o grau. Quanto mais alto você for, maior será a percepção do sistema integral de todos os mundos que você obtém e, até esse ponto, você os influencia.

Há uma “tela de cinema” ao meu redor, onde eu vejo o mundo – dentro de mim e as mudanças que ocorrem em mim em todos os quatro níveis: humano, animado, vegetativo e inanimado. Estes são os 4 níveis de desejo que são projetados na “tela” externa, como em um filme.

No entanto, é impossível alcançar o Criador sem o mundo. Eu tenho que tratar o mundo como o Criador, e os meios se transformarão no campo de adesão com Ele.

O mundo inteiro é um campo de jogo do Criador comigo. O Criador muda minhas qualidades e isso é o que eu vejo no mundo. Portanto, os cálculos não são com o mundo, mas com o Criador, através das intenções.

Se eu não visse a imagem do grande mundo, ele seria sentido dentro de mim em proporções tão minúsculas que eu não poderia avançar. Mas tudo dentro de mim, multiplicado um bilhão de vezes, é revelado fora de mim. Portanto, o mundo é a projeção externa de mim mesmo.
O mundo é o estado interior de uma pessoa!

O mundo inteiro está dentro de mim. Não há mundo fora de mim. Eu sinto a mim, e todas as mudanças que ocorrem em mim são percebidas como as mudanças no mundo ao meu redor. Eu projeto meus sentimentos e atitudes para fora, e os vejo como as imagens do mundo. O mundo é meu estado interior.

Combine a imagem dupla do mundo:
Uma pessoa deve entender que há uma imagem dupla do mundo em seu campo de visão, e ela deve combiná-la.
Combinando-se em um todo com os outros, em um único objeto, ela se corrige e vê o mundo corrigido.

Cabalá:
O mundo é eu, o que vejo fora de mim, através do meu egoísmo. Eu vejo o oposto de mim.
Eu sou eu, percebido no meu egoísmo. Eu me vejo amado.
A correção é ver todos como você. “Ame os outros como a si mesmo”. Nesse caso, eu descubro um novo mundo – espiritual, acima do meu egoísmo.

Somente a cooperação global pode eliminar todas as ameaças à existência da humanidade. Em parte, através do cumprimento obrigatório dos requisitos de cooperação, que a #ONU deve prescrever. Isso é influência de baixo. Os Cabalistas, por outro lado, operam de cima, afetando a raiz…

Do Twitter, 11/06/19

Comente