Seus Primeiros Passos

Laitman_137Quando o ponto no coração desperta na pessoa, a atrai tão fortemente ao Criador que ela está pronta para fazer qualquer coisa para satisfazer esse desejo. Isso decorre do fato de que ele é o desejo mais elevado de uma pessoa.

Assim é que, com os olhos ardentes, a pessoa encontra seu caminho para o estudo da Cabalá e está pronta para aceitar quaisquer condições. Mas no começo ela não entende nem ouve nada do que está sendo ensinado, como se estivesse dentro de um casulo, dentro de si mesma.

Ela vem estudar regularmente e participa de todos os eventos, porque quer ser aceita como membro e fazer parte do grupo dos que estudam a sabedoria da Cabalá. Depois de alguns meses, ela tem a sensação de uma descida e afunda na escuridão, indiferença, fraqueza; a Luz diminui e ela não entende o que está acontecendo com ela.

Esse é um sinal de que a primeira camada foi revelada nela, a camada mais leve de seu egoísmo espiritual, além de seu egoísmo terreno diário no qual ela se encontrava antes como todas as outras pessoas. Isso significa que uma nova camada espiritual do ego está sendo revelada sob a camada do seu ego terreno. Embora a pessoa não entenda o que está acontecendo com ela e não sinta qualquer alteração, esse estado é diferente de todos os outros estados que ela tem vivido em sua vida, um estado nebuloso, que ela não entende.

A revelação da nova camada de egoísmo ocorreu como resultado de assistir às aulas de Cabalá em um grupo, de sua participação nos eventos do grupo; como resultado de sua participação em um grupo Cabalístico, ela agora recebe sua primeira parcela da Luz que Reforma. A Luz reforma a pessoa e a traz de volta ao Criador, à Luz, ao atributo de amor e doação aos amigos, e gradualmente a toda a humanidade através de avançadas ações mútuas.

Está escrito: “Tu me cercaste por trás e pela frente”. Primeiro ela revela uma nova camada de ego da pessoa, a inclinação ao mal, e, depois, espera-se a resposta certa da pessoa. De um modo geral, a resposta certa significa uma oração, o pedido da pessoa pela ajuda do Criador para ascender acima do seu egoísmo, de modo que, apesar das perturbações, ela irá considerar que o egoísmo foi enviado a ela e se revela nela pelo próprio Criador. O Criador lhe dá a chance de superar os obstáculos para que ela possa estar sempre ciente da singularidade do Criador e Sua liderança absoluta e boa, (que não há outro além Dele e que Ele é o bom que faz o bem).

O problema de um iniciante é que ele não pode se controlar quando descobre o novo desejo nele, a mudança no tamanho do desejo. Parece-lhe que o mundo entra em colapso, que o método não é realista, etc. Ele tem muitas queixas não de si mesmo e nem mesmo do Criador, mas dos professores e do local de estudo.

Nesse ponto, muitos costumam deixar o estudo com uma atitude negativa. Nós não vemos tais números maciços de pessoas que abandonam qualquer outro método porque em nenhum lugar as pessoas estudam como sair de seu egoísmo. Por outro lado, em um grupo de alunos como no Bnei Baruch, onde aprendemos a “sacrificar” o nosso egoísmo, a nossa natureza e, em vez disso, aprendemos a adquirir o atributo do altruísmo, a natureza do Criador.

Por isso, é dito no que diz respeito à sabedoria da Cabalá que “mil entram no estudo e apenas um vem a ser um instrutor (a Luz)”. Mas os 999 estudantes que não atingem a Luz também estão em contato com ela e a recompensa é muito alta. (Veja os escritos de Baal HaSulam). Aqueles que deixam o método e, especialmente, aqueles que falam contra ela porque não podem adquiri-la, porque são muito preguiçosos, se mantém ainda mais longe da correção de sua alma.

Um Comentário

  1. Sentimento tive desta fase.
    Mas tudo contribuí para a próxima etapas. Tu

Comente