Equilibrar O Corpo É Equilibrar O Mundo

Dr. Michael LaitmanRambam, Mishne Torah, Capítulo 4, Lei 1: A pessoa deve comer apenas quando está com fome e beber só quando está com sede. Ela também não deve atrasar a micção ou a defecação um minuto sequer.

Todos os resíduos do corpo (saliva, suor, e secreções naturais) devem ser constantemente secretados pelo corpo, por isso a pessoa não deve se conter quando sente o desejo do corpo de secretar esses resíduos.

Além disso, a pessoa também deve se livrar da tensão nervosa e de seus impulsos emocionais. Se você não consegue ficar parado, não se sente, se você não pode ficar de pé, não fique, se você tem que correr, corra. Isso significa que você não deve construir quaisquer tensões e não deve acumular quaisquer resíduos, sejam espirituais, morais, físicos ou mentais.

Isto é muito importante, pois a pessoa deve trabalhar em si mesma, a fim de se equilibrar totalmente. Em geral, se ela pensa seriamente no autoequilíbrio, ela pensa na adesão com o Criador, em como se conectar corretamente com o mundo ao seu redor.

Nós devemos ser compatíveis com o equilíbrio geral de todo o sistema global, de todo o mundo, de todo o universo. A fim de fazer isso, nós precisamos primeiro receber conhecimento especial. Rambam estava certamente nesse nível, enquanto que o homem moderno não sabe nada sobre isso.

Pessoas que viveram milhares de anos atrás tinham um mecanismo naturalmente equilibrado, de modo que ele automaticamente evocava nelas o desejo de certas ações e não outras que as equilibrava com a natureza.

Elas dormiam numa determinada posição e em certas horas, se elas tinham constipação, comiam ervas especiais e, portanto, se equilibravam em relação aos métodos naturais. Elas faziam isso de forma instintiva, internamente, como os animais fazem.

No entanto, na medida em que o ego cresce, a pessoa se afasta e se desprende do estado animal natural. O homem construiu um ambiente artificial e parou de sentir o equilíbrio natural com a natureza, com aqueles ao seu redor, consigo mesmo, em si mesmo, causando assim grandes tensões corporais internas e está contendo todas as secreções dentro dela: as mentais, morais, físicas e fisiológicas. Isto leva a um bloqueio e ao envenenamento de todos os organismos. Diferentes “venenos” são criados na forma de maus pensamentos e más relações começando no nível das células em diante, uma vez que tudo é um único sistema.

De KabTV “A Medicina do Futuro”, 07/04/ 13

Comente