A Preocupação Mútua É A Solução Dos Problemas

Dr. Michael LaitmanPergunta: Se as pessoas mudassem a si mesmas, ao que tudo indica, elas simplesmente deixariam de desperdiçar o seu poder e energia. Hoje, dois trilhões de dólares por ano são desperdiçados apenas em armamentos. Neste processo, uma imensa quantidade de resíduos e lixo é produzida, que deve ser processada utilizando grandes quantidades de energia. As pessoas continuam vivendo em lugares que são incompatíveis com a vida, continuam extraindo recursos da terra que não são renováveis. A humanidade não tem noção clara do que está ocorrendo. A maioria das pessoas não quer falar sobre isso, porque não pensa nisso, mas só no pão de cada dia…

Resposta: A razão para isto é que uma solução clara para todos os problemas permanece oculta das pessoas. No entanto, ela existe, e para descobri-la, os líderes, a elite dominante, devem ser substituídos para que uma nova humanidade possa ter em suas mãos o processo de organização.

Pergunta: Você tem certeza que essas pessoas não vão querer usar seu controle sobre as mentes e criar um novo ciclo de elite, uma redistribuição da riqueza e do governo?

Resposta: Não, porque os nossos desejos estão mudando. As pessoas perderam a sua relação com a vida que elas tinham no passado, que era adquirir e acumular sem limite. O resultado foi uma grande decepção em tudo. É preciso mudar a pessoa e nada mais.

De acordo com a avaliação da Cruz Vermelha, muitas pessoas em países europeus como a Grécia, Espanha, Itália, Portugal e Romênia, estão morrendo de fome, apesar do fato de que milhões de toneladas de alimentos são jogados fora!

O problema não é que não há comida suficiente; o problema está nas relações entre as pessoas. Se corrigirmos as relações entre nós, vamos equilibrar tudo no mundo. No entanto, isso não pode ser feito a menos que haja preocupação por todos.

Através da educação integral, a pessoa adquire essa sensação em poucas semanas. Se os países da Europa tivessem entrado na educação integral antes da formação do mercado comum, tudo teria sido diferente. Era preciso começar não com uma moeda única, nem com regras econômicas comuns, mas com uma educação uniforme, com o entendimento de que a humanidade é um corpo inteiro.

Primeiro eles precisariam criar uma comunhão especial entre as pessoas, para criar uma sinergia de caráter, compreensão e comunicação. Como numa família, todo mundo é diferente, mas é, de fato, uma família. Este é o problema da Europa.

A mesma coisa aconteceu na União Soviética, quando começaram a impor o novo regime pela força, sem a educação prévia da população. E agora isso pode acontecer de novo na Europa, se eles começarem a usar a força. Para nossa grande tristeza, eles estão indo nesta direção no momento atual; aqui e ali, eles adotaram várias sanções econômicas. Stalin fez isso de forma muito mais simples com o Terror Vermelho, e deu no que deu. Nós vemos o que está acontecendo em Chipre. Este também é um tipo de terror contra a vontade.

Mas há um programa de desenvolvimento muito claro para a humanidade. Nós devemos alcançar a próxima fase de desenvolvimento, e vamos alcançá-lo. O único problema é como chegar a isso da forma mais rápida, melhor, e mais suave. E isso depende da preparação das pessoas, da educação.

De KabTV “A Crise Global” 19/03/13

Comente