Esta Estranha Palavra “Natureza”

Dr. Michael LaitmanPergunta: Quando realizamos palestras e seminários sobre educação integral, as pessoas sentem que há algo que não estamos dizendo a elas, até que começamos a falar com mais detalhes sobre o conceito de natureza. Em que ponto está tudo bem revelar o conceito de “natureza”, e é necessário fazê-lo?

Resposta: É absolutamente necessário! O conceito de natureza pode ser explicado da seguinte forma: Nós estamos todos conectados. Nossa consciência está ligada em um único sistema, de modo que somos capazes de passar nossos pensamentos e desejos um ao outro.

Há uma razão pela qual a ideia de “olho bom” ou “mau-olhado” existe. Nós podemos passar pensamentos. Há pessoas que são mais sensíveis a isso. Elas até podem ler pensamentos, e há aquelas que são menos sensíveis. Uma pessoa pode sentir quando alguém está olhando para ela por trás e assim por diante.

Isto é, nós falamos sobre os planos sutis que existem na natureza. Não podemos medi-los suficientemente. Há agências de inteligência que lidam com isso que não revelam todos os segredos para nós, mas isso não importa. O que importa é que hoje nossa interconexão está gradualmente se tornando revelada à humanidade.

Esta interligação total e integral que existe entre nossas mentes individuais cria uma rede única que também está conectada com a natureza inanimada, vegetal e animal. Tudo isto junto cria a natureza. Quando aspiramos à integralidade e ao respeito mútuo, nós revelamos a rede da natureza.

É como uma rede de computadores. Cada um de nós é como um computador que está conectado a todos os outros computadores. Quando todos os sete bilhões de computadores se conectam, isso constitui uma única natureza.

A questão é que o campo comum da mente não existe dentro de cada indivíduo, mas entre nós, na rede que nos conecta. É por isso que, quando nos conectamos uns com os outros, quando os nossos modems pessoais se conectam, nós criamos esta grande rede mundial, vasta e consciente. Então, nesta rede, começamos a sentir um único movimento da natureza e, mais importante, a nossa própria evolução, para onde vamos e como nos desenvolvemos.

Nós podemos prever nossos próximos estados porque nos sintonizamos ao nível da natureza, onde reside todo o seu plano. Este plano desenvolve cada um de nós. Ele tira de nossas memórias pessoais, as Reshimot individuais. Então, a pessoa vai ver seus próximos estados porque vai se sentir incluída neste sistema.

Isto é, quando nossa mente se torna integral, nós entramos no nível da natureza e vamos além das limitações do tempo e espaço, de tudo o que os físicos quânticos, psicólogos e outros cientistas falam hoje. Você pode fazer isso com a ciência. Você vai ser compreendido.

Da Lição Virtual 28/10/12

Comente