Utilizando O Seu Egoísmo Para O Bem Do Outro

Dr. Michael LaitmanPergunta: Você está dizendo que a força de recepção vai continuar crescendo, do mesmo modo que a força de doação continua se desenvolvendo em nós? Será que ela não vai diminuir?

Resposta: Uma nova força de recepção vai crescer em você tanto quanto a força de doação se desenvolverá em você. Não é a força de um pequeno egoísta, que você estava usando no nível animal ou no nível de uma pessoa do “velho mundo”. Agora, duas forças estão se desenvolvendo em você, as forças de uma pessoa do novo mundo.

Até agora você estava se desenvolvendo instintivamente, como qualquer animal. Mas, ao contrário do animal, você desenvolveu tal nível de egoísmo que ele simplesmente se tornou insuportável. Agora, você está tentando desenvolver a força de doação com a ajuda do ambiente.

A doação supõe mais do que um dom; ela significa dar, a participação mútua, a proximidade, suporte, misericórdia, até o nível do amor. O amor inclui todas as outras manifestações de conexão e a capacidade de sentir os desejos do outro. Isso é chamado de força de doação.

Quando que eu começo a desenvolver essa força dentro de mim, uma segunda força começa a crescer em paralelo a ela, a força de recepção, e isso me ajuda a doar. Como eu não tenho nada, eu sou incapaz de dar aos outros, não há maneira de eu estabelecer uma conexão com eles. Mas usando toda a minha força de recepção, eu posso doar aos outros.

Eu tenho apenas a força de recepção por natureza, e eu já existia com ela desde o início do universo até agora. Agora surge a pergunta: Como eu posso aprender a dar aos outros, à sociedade, que não vai me aceitar, e ainda vai pensar que sou um selvagem, um ninguém. Eu vou sentir vergonha diante dos meus filhos, da minha esposa, dos parentes, de todas as pessoas que são importantes para mim, o meu ambiente mais próximo, que um egoísta possui.

Eu sinto que todo mundo lamenta a minha existência. Então, eu começo a entender que preciso começar a doar. Mas como eu posso doar? Eu posso doar através da força de recepção que eu tenho, conectando-me à doação.

Eu tenho um grande egoísmo que me permitiu vencer, construir e fazer as coisas. Agora, eu uso a mesma força para beneficiar os outros. Isso é chamado de força de doação. Mas isso são coisas muito internas, que um novato provavelmente não consegue entender. Elas não vão convocar uma resposta interna, uma reação, porque não são construídas dessa maneira. Deste ponto em diante, nós já precisamos da força de correção contida na Luz que Reforma.

Portanto, nossa conclusão é a seguinte: ao adquirir a força de doação, eu desenvolvo uma capacidade interior de ver o mundo inteiro como se fosse transparente, para ver através dele, para saber o que acontece, para corrigir a mim, minha família, meu ambiente social imediato e distante, e para organizar minha vida de uma maneira perfeita.

Isso me permite atingir o estado de felicidade absoluta. Eu me sinto incluído na realidade eterna, e eu subo ao nível humano, que me dá a sensação de que vale a pena viver, existir e continuar nossa espécie, ter filhos. Eu sinto satisfação e realização na vida.

Tudo isso acontece através da aquisição da força de doação através do ambiente adequado.

Da “Discussão sobre a Educação Integral” # 12, 16/12/11

Comente