Como Uma Mulher Pode Experimentar O Milagre Da União?

Dr. Michael LaitmanPergunta: Nós temos observado as fases psicológicas da divisão e da integração e observamos que os homens conseguem atingir a integração e as mulheres geralmente não conseguem. De alguma forma, isto está conectado às leis que você está falando?

Resposta: Claro. Nós já discutimos as características dos grupos de homens e de mulheres. O grupo das mulheres se concentra no grupo dos homens e existe em torno dele sob a forma de ajuda, apoio, como a parte que obriga os homens a avançar rumo à união. Então, a união que os homens alcançam também se expande para a parte das mulheres.

É por isso que trabalhar num grupo de mulheres é completamente diferente. Ele é aparentemente dirigido para a parte externa, o grupo dos homens. E as mulheres se conectam entre si apenas para influenciá-lo. É melhor que elas entendam a eficiência do seu trabalho mútuo, cujo propósito é influenciar o grupo dos homens.

Mas, este é um problema bastante complicado e não pode ser resolvido tão rapidamente. Só depois de muitos eventos especiais, quando as mulheres começarem a experimentar a união, que o grupo dos homens alcança e emana para elas, somente então elas estarão prontas de alguma forma a se unir para provocar a próxima subida dos homens e receber algum combustível deles. Elas desenvolvem esta necessidade especial. Isso não é corporal nem inerente: origina-se a partir do nível integral.

É por isso que sob a influência da união do grupo dos homens, uma nova demanda por união surge nas mulheres, mesmo pela união entre elas. Em outras palavras, o vazio, o desejo de união, surge nelas. Em primeiro lugar, elas começam a sentir sua participação pessoal nessa união, e cada uma delas recebe sua própria realização do grupo dos homens. Então, quanto mais eles se conectam, mais elas sobem acima da sua essência feminina e se tornam capazes de se unir entre si numa única parte feminina, numa única imagem de mulher.

Talvez eu expresse meus pensamentos de uma maneira um pouco complicada porque estes são graus muito avançados que não são adequados para grupos iniciantes. Tudo isto se manifesta melhor na prática. Por esta razão, isto não deve ser discutido teoricamente com as mulheres uma vez que, inicialmente, isto é contra sua natureza e só vai contrariá-las.

Da “Discussão sobre Educação Integral” #11, 16/12/11

Comente