A Intenção Mais Importante

Laitman_051Pergunta: “Não há outro além Dele” é a intenção mais importante em tudo o que fazemos?

Resposta: Você também deve adicionar que o Criador faz tudo e, portanto, tudo é correto e para o bem da pessoa. E você vê isso de forma incorreta, conforme a sua incompatibilidade com os atributos do Criador.

Pergunta: Eu devo pensar no por que faço tudo que faço durante o dia se quiser revelar o Criador? Qual deve ser a resposta a essa questão?

Resposta: Em primeiro lugar, nós devemos sempre perguntar: “O que eu devo fazer e para quê?” Depois eu devo decidir se executo essa ação ou não, e implementar a minha decisão.

Conversas Com Seth E Jesse Bogner

Minhas conversas com nossos amigos, os meus alunos, pai e filho, Seth e Jesse Bogner, subiram para o primeiro lugar no espaço americano da mídia social.

Dr. Michael Laitman em conversa com Seth e Jesse Bogner

ConversationsWithSethAndJesseBogner1

“A Violência nos EUA”

ConversationsWithSethAndJesseBogner2

“Tiroteios e Violência nos EUA: Os Afro-americanos Perderam A Esperança”

ConversationsWithSethAndJesseBogner3

“A Crescente Frustração dos Estudantes nos EUA”

ConversationsWithSethAndJesseBogner4

“Corrupção Política”

A Sabedoria Da Cabalá E A Religião

laitman_265Pergunta: Você está se afastando do judaísmo tradicional?

Resposta: Sem dúvida. A razão para isso é que temos que revelar o conhecimento sobre o mundo em que estamos vivendo com as pessoas. Isto é o que a sabedoria da Cabalá revela. Ela ensina à pessoa como descobrir o mundo que lhe é oculto, mais precisamente, a descobrir o Criador, porque nada exceto este “campo da vida” existe.

A religião ensina à pessoa ações mecânicas que ela deve realizar, a fim de mecanicamente, mas inconscientemente, estar em conformidade com esse campo. Ela aspira a manter a pessoa só no nível da implementação de instruções. Esta forma é conveniente para a dominação religiosa e também subordina a pessoa, porque tudo está claro: realize isso e você vai receber uma recompensa!

A Cabalá explica que através dessa aplicação mecânica aceitável, o estado de uma pessoa é chamado de “exílio” de espiritualidade, ou seja, exílio de sentir o Criador.

Esse período de realização de ações mecânicas terminou no tempo do Ari, no século XVI. O Baal Shem Tov, o grande seguidor do caminho do Ari, começou a introduzir a sabedoria da Cabalá às massas de uma forma prática. Os opositores se levantaram contra ele, e iniciou-se uma guerra entre os partidários da revelação da Cabalá às pessoas e aqueles que se opunham a esse movimento.

Atualmente, a parte religiosa da sociedade realiza as Mitzvot (mandamentos) mecanicamente, e uma grande parte da sociedade está se afastando cada vez mais de qualquer tradição. Eu acredito que é especificamente para a parte que está se “afastando” que é necessário revelar a Cabalá, o coração do Judaísmo, a verdadeira Torá, a capacidade de descobrir o Criador. Quando as pessoas não encontram respostas para o sentido das coisas, elas se afastam completamente do povo judeu. O exemplo para isso é o judaísmo americano.

Estudar a sabedoria da Cabalá revela a possibilidade e a oportunidade de descobrir o Criador.

A nossa organização Bnei Baruch convida todos os interessados a em entrar na vida espiritual e na sensação de eternidade, porque é dito que “todos Me conhecerão, do menor ao maior deles” (Jeremias 31:33), “e todas as nações afluirão a ela”(Isaías 2:2). Qualquer resistência a nós vai desaparecer no futuro, tanto pelos nossos adversários e por essa parte da sociedade que ainda não percebe que a sabedoria da Cabalá traz a liberdade de todos os problemas e uma subida à sensação de plenitude. Isso é porque o egoísmo humano está crescendo constantemente e empurra a pessoa à descoberta do Criador como “ajuda feita contra ela”.

“A Economia Mundial Está Á Beira Do Colapso”

Nas Noticias (FreePress): “A economia mundial entrou numa fase de desenvolvimento em que todos perdem. Isto é o que o renomado investidor , Bill Gross, que até 2014 dirigiu um dos maiores fundos de obrigações, “PIMCO” e agora lidera “Janus Capital”, publicou no seu “Visão Mensal de Investimento”. De acordo com o financista, a situação de impasse é claramente visível se analisarmos o ritmo do crescimento do crédito no mundo”.

“Observa Gross que o crescimento médio anual de crédito estava acima de 9% até 2000, hoje é inferior a 4%. “Crédito é o óleo combustível para aquecimento do sistema, e se o sistema é incapaz de gerar o crescimento do crédito suficiente, o crescimento real da economia cai ou mesmo vai na direção oposta,” – Diz Bill Gross.

“Para ilustrar, o financista deu o exemplo do jogo de tabuleiro “Monopoly”. Quando todas as propriedades são compradas e todos os objetos construídos sobre eles, os jogadores só tem que caminhar para completar a ruína…”. Leia mais →

Por Que Sofremos? Parte 3

Pergunta: É difícil a superação do sofrimento: a perda de entes queridos, doenças. Qual é a essência do superar?

Resposta: O sofrimento obtém um papel especial em nossas vidas; desenvolve-nos. Durante a sua história a humanidade passou por muitas fases de evolução, desenvolvendo sociedades e famílias, e tudo isso foi devido ao sofrimento.

Isso decorre do fato de que surgimos a partir da quebra, de uma alma despedaçada chamada Adam HaRishon. Por isso nos encontramos mais e mais divididos, a fim de sermos capazes de corrigir a nós mesmos, mais e mais.

É por isso que, de geração em geração, até mesmo de ano para ano, e em nossos dias, já a partir de dia para dia, novos fenômenos, deficiências, problemas pessoais e gerais, e uma crise da humanidade e da sociedade são revelados no mundo. Anteriormente, esses problemas não existiam e de repente surgiram aparentemente de debaixo da terra, mas isso é exatamente o que nos move para frente. Leia mais →

Nova Vida # 525 – Compreender A Lei Da Vida

Nova Vida # 525 – Compreender A Lei Da Vida

Dr. Michael Laitman em conversa com Oren Levi e Tal Mandelbaum ben Moshe

Resumo

Suponha que chegamos a um país estranho e sem conhecer as leis de lá, nos deparamos com muitos problemas. Então, estamos realmente em uma rede que executa a legalidade das forças mundiais. Nós não as conhecemos, e, portanto, nós sofremos.

O Livro do Zohar fala sobre essa lei e nos permite aproveitar a vida em nosso mundo. De repente, começamos a compreender que a vida será cada vez mais difícil porque não sabemos destas leis.

Então, comecemos a nos adaptar ao mundo e o mundo parece tornar-se adaptado a nós, em troca. No momento em que melhorarmos nossas qualidades egoístas, o mundo parecerá como um diferente, corrigido.

Quando mudamos a nossa abordagem de receber para doar, para unir, para a doação, e até mesmo para amar, ela abre o mundo para nós. Os sábios que descobriram isso há muito tempo não poderiam nos dizer sobre isso até hoje porque não estávamos prontos para digeri-lo. Nós retratamos a realidade que vivemos.

Não seremos capazes de mudar a nossa vida para melhor, se continuarmos a operar a partir de nosso egoísmo. Portanto, só destruímos o mundo, cada vez mais, de um ano para o outro. Precisamos mudar nossa abordagem, e para provocar uma mudança positiva, primeiro temos que aprender a lei segundo a qual o mundo é gerido.

[154.645]

De KabTV “Nova Vida # 525 – Compreendendo a lei da vida” 22/2/15

icon for podpress Video: Reproduzir Agora | Download icon for podpress Audio: Reproduzir Agora | Download

Meus Artigos Na Mídia

Durante as primeiras semanas em julho, meus artigos foram publicados nas seguintes publicações:

The Jerusalem Post:

Além do Preto e Branco na América
Opinião: A América Está Indo Rumo a um Choque de Civilizações?
Brexit – A Grã-Bretanha Fez um Favor a Si Mesma e ao Mundo
Compreendendo o Processo de Paz

The Huffington Post:

Ataque ao Aeroporto de Istambul: Um Reflexo da Nossa Sede de Sangue

Jewish News Negócio:

Ataque ao Aeroporto de Istambul: Um Reflexo da Nossa Sede de Sangue
Michael Laitman: Minha opinião sobre a Questão LGBT

Classificando Os Valores Da Vida

laitman_423_01Pergunta: Se tudo o que obtemos do Criador é projetado para o nosso bem e para a correção, e tudo negativo é uma mudança na forma de nossos desejos, o que deve ser “limpado” de nossas vidas?

Resposta: O Criador gera uma imensa quantidade de “lixo” em nossas vidas e nós temos que selecionar as necessidades a partir dele e descartar o resto. Nós devemos separar o que é bom e o que é ruim, o que é imperativo e o que não é imperativo. Essa classificação nos transforma em uma criatura correta. Com base nisso, entendemos como o Criador opera.

Diante de nós está uma pilha de lixo na forma dos chamados valores: esportes, filmes, viagens, poder, riqueza, etc. Tudo isso nos atrai de modo que não podemos diferenciar o bem do mal, a luz da escuridão, a lógica do ilógico, e o proposital do vazio.

Se classificamos tudo corretamente, vemos que não há quase nada para escolher, exceto os nossos pensamentos e sentimentos internos. Todas as influências externas que nós temos, digamos, através da tela da televisão ou do computador, são essencialmente vazias.

Ao separar o necessário do desnecessário, nós constantemente escolhemos de modo que esses esclarecimentos acabem por revelar diante de nós um imenso mecanismo, o imenso sistema chamado Criador.

Da Lição de Cabala em Russo 10/04/16

Por Que Sofremos? Parte 2

Laitman_514_04Pergunta: Por que é impossível viver sem sofrimento? Que papel tem o sofrimento em nossa vida?

Resposta: O sofrimento nos move para a frente. Do mesmo modo que incitamos um animal para que ele caminhe na direção certa, o sofrimento desperta uma pessoa.

Quando a pessoa recebe um golpe em um de seus desejos (por comida, sexo, família, dinheiro, honra ou conhecimento), ela desperta para a ação externa e interna, ou seja, muda a fim de eliminar o sofrimento e sua fonte, ou pelo menos para se afastar dele, para suavizá-lo de alguma forma.

Portanto, o sofrimento desempenha uma função muito importante; nós não seríamos capazes de fazer qualquer coisa sem ele. Por exemplo, eu me sento e falo sentindo certas limitações, tentando se comportar para que não me envergonhe, ou seja, esse é o quinto tipo de sofrimento que viola o meu desejo de honra. E o meu companheiro sofre com o desejo de saber o que vou dizer; esse é o sexto tipo de sofrimento.

A vida seria impossível sem sofrimento. Mesmo elétrons, moléculas e células do nosso corpo que se colidem, misturam e dividem também sofrem com isso.

O sofrimento é a base para o sentimento. Se não houvesse sofrimento, não sentiríamos nada. A única questão é com o que queremos extinguir o sofrimento? Se, quando sofro de fome, eu me sento para uma refeição, eu desfruto com base no sofrimento que me dá fome. No momento em que o sofrimento desaparece, o apetite e o prazer da comida também desaparecem.

Tudo é baseado no sofrimento e ele é essencial para desfrutar. No momento em que sou saciado, o prazer desaparece; é assim com tudo. A pessoa que deixa de sentir o sofrimento perdeu os desejos, não se sente qualquer deficiência, torna-se indiferente e desaparece. Essa é a morte real. Quando deixamos de desejar, nós morremos.

Portanto, nós nos importamos tanto que as crianças tenham desejos fortes e corretamente dirigidos, e as estimulamos com presentes e punições. O sofrimento é o fundamento da nossa vida. Se não há sofrimento, não há vida e nenhum sentimento. Tudo é medido nessa escala, do sofrimento ao prazer.

De KabTV “Nova Vida” 23/06/16

Nova Vida # 522 – De Uma Nova Sociedade Para Uma Nova Família

Nova Vida # 522 – De Uma Nova Sociedade Para Uma Nova Família
Dr. Michael Laitman em conversa com Oren Levi e Yael Leshed-Harel

Nas últimas décadas, nós já passamos por uma mudança dramática. Surtos, lutas e conflitos familiares tornaram-se comuns.

Resumo

A solução para os problemas na família será encontrada somente quando soubermos para onde a natureza está nos levando, o que é a lei da equivalência de forma, e equalizarmos nossa forma com Ele. Todos nós devemos nos tornar uma grande família. Quando nós construirmos uma nova sociedade, as famílias vão se dar bem, haverá amor, consideração e reciprocidade; tudo o que quisermos que esteja na família temos que criar na sociedade por nós mesmos.

Na sociedade que estamos construindo, cada pessoa vai começar o dia com 15 minutos vendo algo sobre relações interpessoais corrigidas. Depois disso, no trabalho, o dia começará com um workshop de conexão sobre as relações corretas entre as pessoas.

No final do dia, vamos passar para um workshop que vai nos preparar para voltar para casa e como agir com calma e se relacionar com os membros da família em casa. Processos sociais de educação em todo o país como estes nos trarão a sensação de uma vida maravilhosa; vamos estar nas nuvens. Isso vai curar nossas conexões com os membros da família e colegas de trabalho e também vai comprar segurança para nós.

A direção é: cada um deve ver como ele transcende seu egoísmo para uma vida mais elevada. De modo que cada um terá forças para se relacionar bem com a família em casa, é necessário apoio social. Esse estado futuro será chamado de outro mundo, um mundo corrigido onde a força de amor e doação irá prevalecer entre nós.

Sem um processo nacional de educação social, nenhuma família terá sucesso em se contentar apenas com o crescente egoísmo. O ego crescente fará com que cada membro da família se encerre em seu próprio canto, sem qualquer conexão com os outros. Vale a pena a realização de um workshop familiar: vamos falar sobre o que é uma boa família, o que nos permitirá fazer concessões, e assim por diante ….

Somente a educação do povo trará a educação da família. A direção é: todos nós somos amigos; todos somos uma família.

De KabTV “Nova Vida # 522 – Em Homenagem ao Dia da Família – De Uma Nova Sociedade Para Uma Nova Família”, 15/02/15