Curso Gratuito De Cabalá Autêntica – Outono 2017 (Preparação para a Convenção Internacional de Cabalá em São Paulo)

CURSO GRATUITO DE CABALÁ AUTÊNTICA

Uma experiência com consequências para toda a vida fornecida pela PRÓPRIA NATUREZA

Começa na Terça-feira, 28 de março de 2017

AGORA É O MOMENTO MAIS IMPORTANTE DA SUA VIDA…SE VOCÊ PERMITIR

Neste curso, você vai descobrir uma compreensão mais profunda da natureza, do mundo, e quem você realmente é, vai receber ferramentas para desenvolver uma nova abordagem para a vida, e experimentar uma perspectiva única que o ajudará a dar sentido aos eventos no mundo de hoje. Ao contrário de uma série de equívocos sobre a Cabalá que você normalmente ouve, isso está aberto para qualquer pessoa independentemente de quaisquer diferenças que aparentemente existam entre as pessoas (raça, idade, sexo, cultura, etc.) e você está livre para avançar no seu próprio ritmo, sem pressões ou obrigações.

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES (Clique Aqui)

CONVENÇÃO INTERNACIONAL DE CABALÁ – 29 e 30 de ABRIL de 2017, SÃO PAULO


Convidamos a todos os alunos e ex-alunos do Bnei Baruch para o Congresso Internacional de Cabalá em São Paulo (Brasil).

Pela ocasião da vinda do Rav Michael Laitman ao Brasil, nos dias 29 e 30 de abril de 2017, estudantes do grupo Bnei Baruch de todo mundo se reunirão em São Paulo (SP) para dois dias de conexão e práticas cabalísticas.

Serão lições, workshops, yeshivot haverim (assembleias de amigos), refeições, dentre outras atividades culturais, com o objetivo único de nos levar para um novo nível espiritual de união e amor.

Data: Dias 29 e 30 de abril de 2017

Local: Hotel Novotel Center Norte, São Paulo – SP

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES

Quem Retrata A Imagem Do Mundo Para Nós?

Laitman_711Pergunta: Quem retrata a imagem do mundo para mim?

Resposta: São meus atributos, que eu recebo de cima. Mas nós podemos mudá-los.

Essa é a razão pela qual nos reunimos em grupos, em dezenas, e agimos de acordo com o que os Cabalistas nos dizem, para que possamos nos parecer com os atributos superiores e começar a senti-los.

Da Lição da Cabalá em Russo 27/11/16

O Que A Definição Oficial De Antissemitismo Vai Melhorar?

Laitman_417Nas Notícias (BBC): “A Primeira-Ministra britânica Theresa May fará um discurso na segunda-feira em apoio à definição oficial de antissemitismo, que, na sua opinião, faz com que seja mais fácil de processar os autores de crimes motivados por ódio aos judeus.

“Uma definição clara do que deve ser considerado antissemitismo vai ajudar a polícia, municípios, universidades e outras organizações, de acordo com o governo.

“A Aliança Internacional em Memória do Holocausto (IHRA) espera que essa definição oficial, acordada apenas neste ano, será usada a nível internacional.

“Nessa formulação, o antissemitismo é chamado de “certa atitude em relação aos judeus, que pode ser expressa como ódio aos judeus”.

“‘Além disso, o texto afirma que ‘manifestações retóricas e físicas de antissemitismo dirigidas contra judeus ou não-judeus, e (ou) a sua propriedade contra as instituições da comunidade judaica e edifícios religiosos’”.

Meu Comentário: Pode ser que uma definição oficial aceita para o antissemitismo possibilite denunciar mais concretamente as pessoas por atividades ou declarações relevantes, mas não vai “curá-las” do antissemitismo!

A origem do antissemitismo está no surgimento do “ponto no coração” nos judeus, que é o brotamento da característica altruísta que surgiu neles na época de Abraão até a destruição do Segundo Templo, isto é, pelos 1.500 anos em que os judeus existiram dentro da estrutura do princípio: “E amarás o teu amigo como a ti mesmo” (Levítico 19:18) ou lutaram para realizar esse princípio. A destruição do Templo foi o momento em que os judeus caíram do nível do altruísmo.

A natureza humana se opõe ao princípio do altruísmo, de modo que quando eles sentem que existem em um grupo particular, odeiam esse grupo de pessoas inconscientemente. Na Torá é dito que esse ódio nasceu na humanidade quando a Torá foi recebida. É um método para corrigir a natureza humana de egoísta (todos os atos destinados a si mesmo) para altruísta (todos os atos destinados para o bem dos outros).

A natureza humana certamente não mudará devido à adoção de uma definição oficial para o termo “antissemitismo”. A atitude negativa natural (especial) dos antissemitas para com os judeus não desaparecerá. Na introdução ao Livro do Zohar é dito que o ódio contra os judeus existirá em todas as gerações, até o período em que todas as nações do mundo começarão a mudar sua natureza egoísta para uma natureza altruísta. A crise no desenvolvimento que está começando a ser revelada em nossos tempos vai forçá-los a isso cada vez mais.

Assim, a sabedoria da Cabalá, o método para mudar a natureza humana, está sendo revelado em nosso tempo. Os judeus são obrigados a ser os primeiros a aprender o método. Seu papel será então revelá-lo ao mundo inteiro. Dessa forma, as relações mútuas no mundo começarão a melhorar. Sem aceitar este método dos judeus, o mundo vai conseguir esta mudança como resultado das guerras mundiais.

Da introdução ao Livro do Zohar, é absolutamente claro que o aparecimento do antissemitismo entre as nações do mundo é um fenômeno natural, uma lei, enquanto o desarraigamento do antissemitismo das nações do mundo só é possível se os judeus se adaptarem à correção de sua natureza e darem um exemplo a todas as nações do mundo dessa maneira, tornando-se uma “Luz para as nações” (Isaías 49:6).

Medicina Holística

Dr. Michael LaitmanTorá, Deuteronômio, 21:20-21: E dirão aos anciãos da cidade: Este nosso filho é rebelde e contumaz, não dá ouvidos à nossa voz; é um glutão e um bêbado.

Então todos os homens da sua cidade o apedrejarão, até que morra; e tirarás o mal do meio de ti, e todo o Israel ouvirá e temerá.

“Um glutão e um bêbado” é um desejo que, como uma célula cancerígena, absorve em si a Luz de Hochma e a Luz de Hassadim respectivamente. Naturalmente, esse tipo de desejo precisa ser morto.

Pergunta: O que se quer dizer com “e todo o Israel ouvirá e temerá”?

Resposta: A correção espiritual deve ser realizada em um ambiente geral e ter um impacto sobre toda a nação, sobre todas as almas. Ela deve ser realizada de tal maneira que finalmente corrija todo o sistema de conexão entre as pessoas ou entre as almas.

Uma pessoa traz para o sistema todo esse estresse sob o qual impulsivamente entra em um modo diferente. Dessa forma, uma parte cancerígena se livra de sua intenção estúpida e mais uma vez começa o crescimento. Naturalmente, nada é perdido da alma coletiva.

Pergunta: Seria interessante ver o que aconteceria se os médicos que estão tentando descobrir os mistérios do câncer se tornassem Cabalistas?

Resposta: Eles ainda seriam incapazes de fazer qualquer coisa. Claro, eles descobririam que essa doença está relacionada com a violação do programa interno de uma célula pela qual ela começa a devorar a si mesma ou as células circundantes e por isso perde sua capacidade de existir. Porque, em última instância, ela começa a se dividir de forma independente, sem levar em conta o espaço circundante, e morre juntamente com todo o organismo.

Em princípio, é claro que esse é um mecanismo egoísta que atravessa todos os limites. Ela não tem autocontrole, o que se refere ao fato de que ela se destrói.

Por exemplo, vivendo em uma aldeia, eu não consigo queimar todos os campos ao meu redor. O que vou fazer depois? O que vou comer? Mas é exatamente assim que uma célula cancerígena irracional se comporta porque o egoísmo se torna seu mestre. Dessa forma, ela destrói tudo ao seu redor e morre. O princípio de uma célula cancerígena é: você morre hoje, e eu amanhã.

A questão é que todo o sistema deve ser tratado em conjunto, como um todo. É por isso que em todos os séculos, este tipo de medicina entra na moda novamente. Mas eu não vejo que finalmente vencerei porque um método holístico de tratamento médico entrará no objetivo final apenas em conjunto com a Cabalá. Por enquanto, permanecemos dentro da estrutura da medicina comum.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno”, 26/09/16

Que Esforços Serão Coroados Com Êxito?

laitman_219_01Pergunta: No desenvolvimento espiritual, como é possível entender quais esforços terão êxito e quais se tornarão vazios?

Resposta: Nos artigos do meu professor Rabash, afirma-se muito bem que esforços devemos investir para descobrir o próximo nível de existência, o que não acontecerá como teoria abstrata, mas precisamente por meio da elevação da pessoa a esse nível.

No entanto, o corpo físico continuará a existir no nosso mundo no nível bestial, enquanto a pessoa atinge o próximo nível de existência internamente e estabelece-se lá para sempre, sentindo o fluxo eterno e completo da natureza superior. Não há mais tempo, movimento, ou qualquer das características que são típicas do nosso mundo.

Da Lição de Cabalá em Russo 01/01/17

Três Cidades De Refúgio

laitman_740_01Torá, Deuteronômio, 19:02 – 19:03: Três cidades separarás, no meio da terra que te dará o Senhor teu Deus para a possuíres. Prepararás o caminho para ti mesmo, e os termos da tua terra, que te fará possuir o Senhor teu Deus, dividirás em três, e isto será para que todo o homicida se acolha ali.

Nós estamos falando de uma pessoa que cometeu um homicídio culposo. Ela não planejou e executou-o; tudo aconteceu inadvertidamente e veio do governo superior. O Criador preparou-a.

Há uma diferença em saber se uma pessoa sabia disso com antecedência e concordou com isso.

Claro, o Criador controla tudo. No entanto, precisamos distinguir claramente se o crime aconteceu de acordo com a vontade de uma pessoa ou não. Suponha, eu estava construindo uma varanda no décimo andar estritamente de acordo com os cálculos, mas ela desabou e matou alguém. Eu fiz isso deliberadamente? Não. Eu devo ir para a cadeia agora? Parece que sim, que devo.

No entanto, não há prisão na Torá. As prisões não são uma correção! Nós vemos que as pessoas que saem das prisões são criminosas e terroristas ainda piores. Portanto, uma pessoa que cometeu homicídio culposo deve ir para uma cidade de refúgio.

Três cidades foram construídas para essas pessoas. Isso indica certa governança do Criador que quer separá-las das outras. Dessa maneira, o Criador marca Seu limite por meio delas. A pessoa deve viver nessa cidade sem o direito de sair dela. Se ela violar essa condição, pode ser morta.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 07/09/16

Não Destruirás Suas Árvores, Colocando Nelas O Machado

Dr. Michael LaitmanTorá, Deuteronômio 20:19: Quando sitiares uma cidade por muitos dias, lutando contra ela para a tomar, não destruirás suas árvores, colocando nelas o machado, porque delas comerás; pois que não as cortarás (pois as árvores do campo são mantimento para o homem), para empregar no cerco.

Uma árvore é a propriedade de uma pessoa que cresce e produz frutos. A atitude em relação às árvores silvestres que não dão frutos é totalmente diferente daquela em relação às árvores que dão frutos, porque esse é o seu futuro, seus próximos estados. Tais propriedades dentro de você devem receber um tratamento especial.

Pergunta: O que significa, “não destruirás suas árvores, colocando nelas o machado”?

Resposta: Talvez os rudimentos de um futuro estado espiritual estejam começando a se manifestar dentro de você, e é por isso que não devem ser abatidos. As árvores, especialmente aquelas que dão fruto, requerem um tratamento muito especial.

A árvore frutífera “dentro de mim” é composta pelos meus estados que produzirão resultados no futuro, me aproximando do grau apropriado. Afinal, eu arei meu egoísmo e plantei as sementes que vão crescer em uma árvore da qual vou comer. Uma pessoa tem que perceber que seus estados futuros se desenvolvem somente dessa maneira.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 21/09/16

Tonalidades Da Percepção Da Realidade

laitman_754Pergunta: Por que as forças espirituais produzem imagens físicas e não espirituais dentro de mim?

Resposta: As forças espirituais não produzem nada em você, mesmo que seja isso que digamos. Uma pessoa, uma abelha, uma cobra, como todos os outros animais, todos olham para o mundo com seus olhos e cada um vê à sua maneira. Uma cobra pode perceber o mundo como campos de calor, uma abelha na forma de um favo de mel, e assim por diante.

Por que as pessoas pensam que vemos tudo da mesma maneira? É apenas porque somos educados juntos, preenchendo nossas mentes e memórias com todos os tipos de imagens deste mundo, e geralmente olhamos para ele como se ele produzisse imagens idênticas para nós. Mas, na verdade, não podemos compará-las.

Até mesmo um Cabalista que começa a alcançar o mundo superior, percebe-o com uma característica e inclinação pessoal, sua individualidade. Mesmo que ele compare a sua imagem com outras, as imagens são impossíveis de comparar, só podem ser descritas. Portanto, nós comparamos nossas descrições e não a própria imagem que existe dentro de nós. Essa imagem é completamente pessoal para cada um, e não temos possibilidade de compará-las com o que é visto pelos outros.

Da Lição da Cabalá em Russo 27/11/16

Missão Do Povo Judeu

Unity, The Way To A Good FuturePergunta do Facebook: Você está sempre falando da missão do povo judeu. Você tem certeza de que eles serão capazes de cumpri-la?

Resposta: Sim. Isso é estabelecido na base da natureza. A questão reside apenas em quão rapidamente eles aceitam o trabalho e de que maneira irão realizá-lo, a fim de dar a toda a humanidade um exemplo de conexão.

Essa é essencialmente a missão do povo judeu. Eles devem se unir internamente e demonstrar a toda a humanidade como construir a sociedade e o Estado corretamente.

É exatamente por isso que o povo judeu se encontra novamente em sua própria terra depois de 2.000 anos, para construir mais uma vez o Estado e criar uma nação unificada, uma sociedade correta, uma família e assim por diante. Este fenômeno não existe na natureza! Temos que construí-lo aqui, agora, nesta terra. E, de repente, nos encontraremos no centro de toda a comunidade humana.

De repente, todos nos olharão, mas desta vez não com ódio, como fazem agora, mas pelo contrário, com a compreensão de que isso é exatamente o que esperavam de nós, e, portanto, odiavam e pensavam negativamente de nós porque não estávamos cumprindo nossa missão.

Isso é chamado se tornar uma “luz para as nações” – demonstrar o exemplo de conexão com elas para que elas também se unam.

Pergunta: Isso significa que o povo judeu vai construir uma sociedade do futuro, mas não para si?

Resposta: O povo judeu não existe para si. Esse é o problema. Eles precisam entender que devem existir para todos os outros povos. A lei do altruísmo, a doação, “ama o teu amigo como a ti mesmo”, estão nos chamando para isso.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 15/02/17

Deixe-O Escapar E Permanecer Vivo

Laitman_509Torá, Deuteronômio, 19:04: E este é o caso no que se refere ao homicida, que irá fugir ali, para que viva; aquele que por engano ferir o seu próximo, a quem não odiava antes.

O próximo é aquele com quem a pessoa que cometeu o assassinato teve algum tipo de contato. Esta ação pode ser identificada e analisada, e se não há nenhuma conexão entre o próprio crime e sua relação, então o homicídio é considerado não intencional e o indivíduo não é preso.

Torá, Deuteronômio, 19:05: Como aquele que entrar com o seu próximo no bosque, para cortar lenha, e, pondo força na sua mão com o machado para cortar a árvore, o ferro saltar do cabo e ferir o seu próximo e este morrer, aquele se acolherá a uma destas cidades, e viverá.

Esse é um dano muito grave de um indivíduo para outro.

Aquele que causou danos sérios ao seu companheiro não tem escolha, não há saída de acordo com as leis da Torá. Ele tem que ir para a cidade de refúgio. Ele deve evitar a punição porque cometeu um homicídio involuntário. Seu isolamento é sua correção. Enquanto permanece na cidade de refúgio, ele começa a entender que, em certa medida, está sob o controle desfavorável do Criador.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 07/09/16

Mais Fácil Falar Do Que Fazer

laitman_938_03Pergunta do Facebook: Tudo o que você diz soa muito simples. Então por que é tão difícil cumpri-lo?

Resposta: A questão é que o cumprimento do método é de acordo com nossos desejos, impulsos e anseios egoístas. Em contraste com eles, temos que alcançar uma forte conexão interna com os outros, a fim de criar um estado entre nós de atração mútua para o centro, não para um de nós, mas para todos em relação aos demais.

Isso não é uma coisa simples, mas é no que devemos nos envolver. Então começaremos a sentir que temos uma grande ajuda da natureza, do Criador, uma vez que a natureza e o Criador são a mesma coisa. Se fizermos isso, sentiremos um novo estado entre nós, a próxima dimensão, o mundo superior, o Criador, e ao mesmo tempo, sentiremos que não existimos no nosso corpo material, mas externamente a ele. Isso é o que nós aspiramos.

É necessária uma fina intenção interna, que a pessoa alcança depois de anos, até chegar a um estado de separação de si mesma, porque o fio fino que conecta todos os nossos impulsos ao ego tem que ser quebrado.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 02/01/17