Jerusalém: A Capital Da Humanidade Unida

Laitman_421.01Jerusalém é o lugar do Templo e, ao mesmo tempo, o local da destruição. Precisamos chegar a um estado em que Jerusalém, que significa “temor/respeito completo” (Ira’a Shlema), habitará em nossos corações, em nosso desejo, e com a aquisição da intenção de doar, nós construiremos lá um vaso espiritual perfeito chamado “o Templo”.

Tanto o primeiro vaso espiritual – recepção em prol da doação – quanto o segundo – doação em prol da doação – pertenciam apenas à cabeça da alma comum. O terceiro vaso incluirá ambas, doação em prol da doação e recepção em prol da doação a todas as nações, como está escrito: “Minha casa será chamada casa de oração para todos os povos” (Profetas, Isaías 56:07). Isto é, para todo o desejo de desfrutar criado no nível humano. Todos receberão igualmente a revelação da força superior em unidade comum. As diferenças entre as pessoas desaparecerão e este mundo desaparecerá no final da correção, como escreve Baal HaSulam. Somente um desejo comum em que todos se unem em perfeita unidade permanecerá, totalmente preenchido com a Luz superior.

Todos estarão em plena realização da força superior, como um só coração, sem diferenças. Pelo contrário, a separação prévia irá trabalhar para fortalecer a unidade, como está escrito: “O amor cobrirá todas as transgressões”.

A Jerusalém restaurada deve ser assim. Mas, por enquanto, como vemos, ela está em estado de destruição total. Não há cidade no mundo que seja mais dividida, dilacerada por toda oposição e contradição possíveis. Tudo deve ser revelado como material para correção.

O Dia de Jerusalém nos lembra de uma correção necessária. Acontece que não é uma celebração em homenagem à cidade em si. É uma celebração em honra da oportunidade que nos foi dada pela libertação.

Nós celebramos o dia em que Jerusalém nos é dada como local de trabalho e local onde ocorrerá a correção no futuro. Então, o povo de Israel e todas as outras nações, assim como a terra de Israel e o mundo inteiro, serão revelados em adesão com um único Criador.

Através disso, Israel cumprirá sua missão de ser uma Luz para as nações. A missão do povo de Israel como cabeça do Partzuf espiritual em relação ao corpo é corrigir toda a humanidade. No entanto, a correção deve se espalhar para todas as nações, e a revelação do Criador em todo o Seu poder acontece precisamente no corpo da alma comum, isto é, nas nações do mundo.

Está escrito que no final da correção a terra de Israel se espalhará para o mundo inteiro. Isto é, o desejo de desfrutar que se relaciona com a realização do Criador se espalhará para todo o universo e todos se unirão e se tornarão uma nação do Criador, como está escrito: “Todos Me conhecerão, do menor deles ao maior deles”.

Jerusalém não se refere apenas à unificação de Israel, mas também à unificação de toda a humanidade. Este ponto particular, esta cidade, existia mesmo antes de nossos antepassados ​​virem à terra de Israel; eles não a criaram do zero.

O fato de que as nações do mundo, por exemplo, os EUA e outros, mudem suas embaixadas para Jerusalém é uma espécie de símbolo. No entanto, isso não realiza a correção em si – a correção deve ser do povo de Israel. Chegou a hora de todos aqueles que estão no grau de Israel (Yashar-Kel), isto é, se esforçando para revelar o Criador, se unirem entre si e com o Criador, e se tornarem a cabeça do Partzuf espiritual. Nossa união, e nada mais, é o mais importante.

Da 3ª parte da Lição Diária de Cabalá, 13/05/18, Escritos do Baal HaSulam, “Um Mandamento”

Shavuot

laitman_254.01O feriado de Shavuot não é apenas uma data no calendário – é um estado espiritual. É por isso que tudo depende de alcançarmos ou não esse estado de entrega da Torá. Para fazer isso, devemos nos unir, nos conectar uns com os outros, tornar-nos como um homem com um coração e ficar ao pé da montanha; em outras palavras, devemos entender que nos foram dadas condições muito importantes, nas quais devemos trabalhar com crescente diligência e unidade.

Somente aumentando constantemente nossa conexão é que subiremos a montanha ainda mais alto. Elevar significa aumentar continuamente nossa conexão acima de todos os problemas, dificuldades e perturbações que o Criador coloca diante de nós em nosso caminho, a fim de nos ajudar a se conectar mais e mais, e criar um vaso no qual a Luz de NaRaNHaY será gradualmente revelada. .1

A conexão deve ser espiritual. No entanto, nesse momento, um enorme egoísmo é revelado, uma verdadeira armadura e, ao mesmo tempo, uma intenção de doar. Na medida em que nos unimos entre nós e com o Criador, convertemos o poder do egoísmo de cada pessoa em uma armadura espessa. Por si só, é uma coisa terrível sem uma gota de bondade, mas através de meios unificadores, trazemos a ela a força da vitalidade, a força da Luz, e ela se transforma em armadura contra os poderes malignos.

É assim que convertemos a força do mal na força do bem. Essas duas forças estão uma em oposição à outra. Toda a espessura da armadura egoísta é a nossa inclinação inicial ao mal, acima da qual construímos uma intenção de doar, doar em prol de doar. Nos unimos na doação mútua e, graças a isso, os egos individuais de cada um se unem e se transformam em um poder de resistência, em uma defesa.

Os inimigos nos fornecem esta armadura, forçando-nos a nos voltarmos ao Criador à força de união, e é por isso que eles trabalham em nosso favor. Se soubermos utilizar isto corretamente, então, graças a isso, conseguiremos a restrição, uma tela defensiva e a Luz Refletida, construindo nosso próprio Kli.

O vaso espiritual é construído especificamente com base no enorme egoísmo sendo revelado em cada um de nós. Nós nos unimos acima desses desejos egoístas, distantes e desconectados que se odeiam. Não queremos usá-los dessa maneira, mas nos unimos por meio de uma tela, conectando todos esses desejos à única fonte superior, ao Criador.

Abaixo está o poço com cobras se contorcendo – nossa Malchut. No entanto, não usamos esse egoísmo da maneira habitual, mas apenas para doar ao Criador, e é por isso que nos unimos. Assim, acima de nós aparece uma tela, e todo o veneno das cobras é transformado em remédio. Tudo depende apenas de como ele é usado. 2

Da 2ª parte da Lição Diária de Cabalá, 14/5/18, Lição sobre o Tópico: “Shavuot”

1 minuto 1:07:35

2 minuto 1:28:00

Ocultação Que Dá Liberdade

laitman_528.01Pergunta: Você diz que eu posso receber força através do grupo. O grupo é um transmissor do Criador ou uma fonte de força espiritual?

Resposta: Ambos. O fato é que, com relação a mim, o grupo é a manifestação do Criador. Portanto, eu tento me aderir ao Criador na medida em que tento me fundir com o grupo. Ao doar ao grupo, eu doo ao Criador. Mas eu não vejo nem sei disso.

Se eu visse o Criador em vez do grupo, seria obrigado a doar incessantemente a Ele, como um escravo. Eu estaria automaticamente na forma de um anjo. No entanto, é assim que eu tenho livre arbítrio, por não ver o Criador. Ele está escondido atrás deste mundo.

Portanto, “Olam” (mundo) vem da palavra “Alama” (ocultação). Acontece que a ocultação é uma grande bênção que nos dá livre arbítrio. Somente na medida em que posso permanecer livre de alcançar o Criador, posso revelar essa grande força que controla tudo: passado, presente e futuro.

Pergunta: Digamos que eu conheço uma pessoa rica que é respeitada em todo o mundo. Visto que não quero usá-la para meu próprio benefício, eu sempre escondo minha relação com ela de todos e até mesmo de mim mesmo. É possível imaginar nosso relacionamento com o Criador desta forma?

Resposta: Eu não uso minha relação com o Criador a meu favor, embora Ele seja completamente revelado a mim. Está escrito: “Ele é fiel em toda a minha casa” (Números 12: 07). Ele confia em você e você deve criar uma tela dentro de si para fazer uma restrição (Tzimtzum) em seus desejos – não aceitar nada do Criador e trabalhar apenas para a doação.

Pergunta: Ele está constantemente tentando se revelar para mim e eu, por mim mesmo, constantemente O oculto?

Resposta: Ele é revelado apenas quando você aprende a ocultá-Lo.

Da Lição de Cabalá em Russo 03/12/17

Com O Grupo De Amsterdã

Dr. Michael Laitman

Da minha página no Facebook Michael Laitman 23/05/18

Agora em Amsterdã: uma reunião espontânea com o grupo holandês – eles estão se preparando para uma conferência na Europa a ser realizada no final de junho. Fico feliz em ter a oportunidade de me encontrar fisicamente com meus queridos alunos. Até amanhã à noite em Israel!

Nova Vida # 994 – Memória Coletiva, Parte 1

Nova Vida # 994 – Memória Coletiva, Parte 1
Dr. Michael Laitman em conversa com Oren Levi e Tal Mandelbaum ben MosheResumo:

O campo da memória coletiva é o segredo da natureza; todas as criaturas estão conectadas em um único campo de memória coletiva. É como um computador muito grande gerenciado por um poder superior. Cada nação tem seus próprios Reshimot ou genes espirituais, que são impressões registradas de tudo o que foi escrito em seu desejo coletivo de receber. O destino de toda nação é determinado por essa raiz espiritual, que é revelado apenas aos Cabalistas. Os Cabalistas são aqueles que podem usá-lo corretamente, para o benefício de todos. A única nação que tem acesso a esse campo de memória coletiva é Israel, já que seu papel é conectar todos ao poder superior.

De Kab TV “Nova Vida # 994 – Memória Coletiva”, Parte 1, 10/04/18

Meus Pensamentos No Twitter 23/05/18

Dr Michael Laitman Twitter

Agora em #Amsterdam: uma reunião espontânea com o grupo #Holandês – estão se preparando para uma conferência na Europa a ser realizada no final de junho. Fico feliz em ter a oportunidade de me encontrar fisicamente com meus queridos alunos. Até a noite de amanhã em Israel! #Cabalá

No corpo, cada parte cuida de todo o resto – isso se chama amor.
Para nós, amor é prazer de nos satisfazermos.
#amor #pemsaentos

Do Twitter  23/05/18

O Trabalho Entre

Laitman_200.01Todo o trabalho principal não está nas Convenções, mas entre elas. E todo dia pode ser como uma Convenção, como uma grande subida ou descida: tudo se acumula junto.

Todo dia tem que ser como um novo começo, e até várias vezes por dia. Nós não temos que esperar até que o grau anterior desapareça de nossos sentimentos. Embora, de qualquer forma, ele esteja registrado para a eternidade como já corrigido por nós, porque avançamos alguns passos à frente e alcançamos uma nova conexão tanto em quantidade quanto em qualidade. Mas, então, esse estado desaparece para continuarmos nosso trabalho.

A ocultação pode ser causada por duas razões: ou simplesmente permitimos que o estado alcançado desapareça ou começamos a nos engajar em um novo tipo de conexão, em novas metas, e, portanto, o grau anterior já se esgotou. 1

A próxima Convenção na Itália é especial, no sentido de reunir muitos grupos diferentes que pertencem ao grupo europeu unido. Esta é a verdadeira Babilônia destruída que precisamos unir.

A Europa é o centro de toda a civilização moderna, o lugar que influenciou grandemente a história da humanidade. Portanto, devemos tentar unir acima de todas as diferenças toda esta Babilônia, que como se tivesse sido movida da Mesopotâmia para a Europa.

Com as nações europeias de hoje e as condições modernas, um tipo inteiramente novo de trabalho é exigido tanto em qualidade quanto em quantidade. Nós precisamos superar essas dificuldades como idiomas e culturas diferentes. A Europa é como um mundo em miniatura. 2

Não importa em que estado nos encontramos, seja grandeza ou pequenez, nossa preocupação deve ser apenas de nunca deixar nossa raiz. Não há necessidade de tentar manter o mesmo tipo de conexão e até mesmo a mesma intensidade: deixe-os mudar e desaparecer. O mais importante é manter a conexão em si, agarrar-se ao mesmo Criador, ao mesmo princípio: “Não há outro além Dele”. É em relação a Ele que queremos renovar nossa unidade alcançando um novo estado. , uma nova deficiência. 3

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá, 09/05/18, Lição sobre o tema “Continuando o Congresso com uma Subida”
1 minuto 0:30
2 minuto 2:05
3 minuto 62:00

Por Que O Criador Não É Um Egoísta?

laitman_285.03Pergunta: O Criador está se desenvolvendo e mudando?

Resposta: O Criador não está mudando. Somos nós que estamos mudando em relação a Ele e podemos atribuir essas mudanças a Ele. Mas, na verdade, não há mudanças Nele. É uma Luz superior totalmente pura e imutável.

Nós podemos comparar isso ao sol que estamos olhando alternadamente com e sem óculos de sol, mas a Luz não muda quando você faz isso.

Pergunta: Por que o Criador não é um egoísta?

Resposta: Porque Ele é perfeito. É uma força que consiste na propriedade de doação e amor porque é sua natureza. Como ela não tem o desejo de receber ou desfrutar às custas de alguém ou de algo, não pode ser negativa.

Da Lição de Cabalá em Russo 21/01/18

Nova Vida # 991 – O Círculo Da Vida, Parte 2

Nova Vida # 991 – O Círculo Da Vida, Parte 2
Dr. Michael Laitman em conversa com Oren Levi e Nitzah Mazoz

Resumo

O círculo da vida existe para que transcendamos esta vida para uma vida espiritual, completa e eterna em uma dimensão superior. A correção da alma geral requer uma conexão emocional entre a pessoa e as gerações que a precederam. A pessoa vai do amor das pessoas ao amor do Criador. Em última análise, todos nós precisamos estar conectados como uma pessoa com um coração. Então, poder e informação sobre toda a nossa existência e uma nova vida em um nível superior serão descobertos.

De KabTV “Nova Vida # 991 – O Círculo da Vida”, Parte 2, 03/04/18

Meus Pensamentos No Twitter 22/05/18

Dr Michael Laitman TwitterDuas condições são necessárias para a recepção da Torá:
– esclarecer que o ego não dá nem a oportunidade nem a força para escapar de sua autoridade rumo à unidade, à revelação da força superior, doação.
Queremos desesperadamente alcançar tudo isso.
#Judaico #Israel #ego #Cabalá

Chegamos à recepção da #Torá quando genuinamente precisamos dos desejos de doar e não desejamos nada além disso.
Por isso, estamos prontos para “vagar pelo deserto, atravessar o Mar Vermelho, passar por todas as pragas egípcias” – desde que possamos adquirir os desejos de doar no final.
#Judaico

A #Torá nos leva ao Doador da Torá, e isso é mais importante, pois abre um novo mundo para o homem.
Não há outro caminho para revelar o Criador do que unir desejos quebrados, esclarecendo a forma de conexão e adesão com o Criador.
#Israelense #TrabalhoEspiritual_ML

3. A #Torá é luz superior, vestida em nossos desejos deliberadamente quebrados, uma vez que a vantagem da luz vem da escuridão. A luz é revelada pela correção de desejos, na medida em que a revelamos no contraste das qualidades.
#Trabalhoespiritual_ML #Cabalá #Sabedoria

2. A Torá é como um software que organiza nosso #desenvolvimento para nos levar à meta. Ao concordar com o Programador, nos tornamos parte e O ajudamos no trabalho. A missão do homem é restaurar a conexão entre as partes remotas e quebradas e recriar a estrutura feita pelo Criador.

1. A #Torá é um programa especial de existência, uma força capaz de conectar todas as partes da realidade. Todos os elementos da criação se conectam através de incontáveis ​​conexões em uma única harmonia, para expressar o próprio Criador pela força do desejo que foi criado pelo Criador.

Eu invejo os amigos
Me orgulho estar entre eles!
É minha esperança ser como eles!
# poesia #unidade #citaçãododia

Do Twitter 22/05/18