Textos na Categoria 'Sentido da Vida'

Como Alcançar Uma Alma?

laitman_222A pessoa passa por sofrimentos e muitos anos de busca pelo sentido da vida. Tudo isto se acumula nela gradualmente em um único sistema, um desejo, um anseio, uma tensão interna, que cria um sentimento de que ela precisa descobrir a sua existência espiritual.

Quando ela chega a tal momento na vida, ela é trazida à sabedoria da Cabalá, à sabedoria da revelação do Criador ao homem em nosso mundo, e essa é a alma.

A pessoa entende que, de repente, descobriu um método maravilhoso, uma sabedoria antiga que tem 6.000 anos. Ao estudar esse método, ela vê que tudo o que ele diz é verdade. Ele veste os desejos com os quais ela quer revelar a sua alma, o Criador.

Então ela aprende como isso é feito. Ela esclarece as coisas aos poucos e descobre que uma alma se refere à construção de um desejo de doar e amar os outros, estranhos, inclusive o Criador, de uma forma totalmente não egoísta, sem qualquer recompensa externa para si mesma, tomando e dando tudo, sem saber a quem, para quê, ou como, mas sem receber qualquer prazer com isso de forma alguma.

Pergunta: É isso o que você diz aos alunos que são iniciantes?!

Resposta: Eu lhes digo a verdade. Os novatos não têm para onde correr. O Criador ainda vai trazê-los. Seu plano é predeterminado.

Embora se diga: “Não coloque um obstáculo diante de um homem cego”, eu não considero um obstáculo o que eu digo, porque todos os medos que eles vão encontrar ao longo do caminho serão esquecidos no final. Eles vão ansiar tanto em avançar que vão saltar sobre eles.

Se uma pessoa leva as coisas a sério, ela é preenchida com pensamentos tais como: “Eu não tenho nada nesta vida de qualquer maneira; não quero viver como um animal; realmente não importa se minha vida termina agora ou em mais 20 ou 30 anos; eu quero dar tudo a fim de encontrar tudo”.

Pergunta: Considera-se uma revelação para a pessoa quando ela entende que a sua alma está no atributo de doação, que ela alcança por si mesma, ao não pensar em si mesma, mas nos outros?

Resposta: No início, a pessoa não entende isso. Somente quando começa a mergulhar no método e a se aproximar deste estado é que ela vê até que ponto é totalmente imaginário e impossível se satisfazer. Para ela, o desejo de doar e amar alguém simplesmente não existe. Quando ela examina a si mesma, vê que está pronta para tudo, menos isso. Na verdade, isso é o que a convence de que o amor e a doação são realmente o caminho correto.

Mas como você alcança isto? Aqui, ela descobre que isto é alcançado com a ajuda do grupo e de ações especiais nele, quando ela gradualmente sai de si mesma. É de acordo com o grau de seus esforços que ela começa a receber ajuda de cima, e gradualmente percebe como isso é importante e necessário, e quanto essa é a única coisa que pode existir em nossas vidas já que o resto está programado.

Assim, a pessoa avança gradualmente ao experimentar restrições e pressões. Mas já está claro para ela que este é o único caminho, e é problema seu segui-lo ou não.

Basicamente, todas as nossas ações para alcançar a alma se resumem a evocar e atrair a força que vai me separar de mim mesmo para o ambiente, para o círculo, para a dezena, na qual vou me fundir. Assim, o encontro com o Criador ocorrerá no centro da dezena

A dezena são dez homens que decidiram sair totalmente de seu ego, lança-lo sobre as fronteiras do seu círculo, e aspirar a estar no centro do círculo, no lugar onde trazem somente a aspiração e o anseio pelo Criador.

Pergunta: E o que dez mulheres fazem?

Resposta: A mesma coisa, mas as mulheres têm que encontrar dez homens dentro delas. O anseio pelo Criador é chamado masculino. Nós vamos entender isso mais tarde. No que diz respeito ao Criador, no entanto, somos todos mulheres.

De KabTV “Uma Conversa Sobre a Alma” 30/03/17

Para Que Uma Pessoa Vive Neste Mundo?

laitman_543_01Pergunta: As lições na sabedoria da Cabalá mudam a atitude da pessoa em relação ao mundo. O que eu devo fazer se os amigos e colegas no trabalho me convidarem para ir pescar ou esquiar?

O que eu devo fazer com os membros da família que estão ofendidos por eu investir tanto tempo na sabedoria da Cabalá, com os pais que me repreendem por estar envolvido em algo que não está claro o que é?

Resposta: Este é um problema. Eu experimentei tudo isso sozinho. Eu tive as mesmas situações com relação aos meus pais. Quando comecei a estudar a sabedoria da Cabalá, eu fechei um negócio próspero e fui viver perto do meu professor.

Compreensivelmente, o padrão de vida da minha família diminuiu e meus pais ficaram prejudicados um pouco por isso, mas eu não tinha outra escolha. Pois se não fosse pela sabedoria da Cabalá, eu não teria sentido que houvesse uma razão para viver neste mundo. Essa foi a minha escolha, e também depende de você fazer a sua escolha.

Pergunta: É impossível viajar para esquiar com amigos uma ou duas vezes?

Resposta: Claro, se você tem um desejo por isso, você pode. Mas é duvidoso que isso apareça.

Se estamos seriamente envolvidos com a sabedoria da Cabalá, ela prende completamente a atenção de uma pessoa e ela está nisso toda a sua vida.

E por que mais ela vive no nosso mundo se fazemos essa pergunta do ponto de vista de um verdadeiro Cabalista? Infelizmente, as pessoas não sabem para que estão vivendo.

Da Lição de Cabalá em Russo 11/12/16

A Que Nos Conduz A Natureza?

laitman_546_04Comentário: O conceito de “trabalho” engloba mais de metade da vida de uma pessoa. Ela começa a se preparar para ele desde tenra idade: estudando na escola, na Universidade, pensando sobre o que quer ser. Mas agora tudo isso terminou; um ponto de viragem inesperado apareceu.

Minha Resposta: Nossa geração está agora em um estado muito interessante em que o trabalho que criou uma pessoa, o qual realmente determina toda sua vida pessoal, familiar, social e política e até planetária, de repente começou a perder sua importância.

Uma pessoa já não está incluída no conceito de trabalho, uma ideia que é contrária à teoria de Darwin. Ele acreditava que o trabalho é o que construiu o ser humano a partir do macaco.

Além disso, a teoria de Karl Marx, que seria a vitória do trabalho socialista, onde cada um iria receber de acordo com suas necessidades e dar de acordo com sua habilidade de seu próprio livre-arbítrio, também não funciona porque hoje nada é exigido das pessoas.

Hoje nós viajamos o mundo inteiro em busca de trabalho. Isto está acontecendo há algum tempo. Então, o conceito de trabalho foi alterado. Portanto, a abordagem onde uma pessoa escolheria uma ocupação de acordo com o desejo do seu coração, fornecendo-lhe satisfação material e status social, desapareceu completamente. É interessante que a arte também desapareceu. Afinal de contas, literatura, música, poesia, cinema e teatro são também trabalhos que estão gradualmente mudando seus objetivos e definições em nossas vidas diárias.

Os desejos, intenções e objetivos da humanidade estão mudando. Então tudo o que pode ser transmitido de uma pessoa para outra já não tem importância para ela. Se alguém escreve algo, desde o início isso não tem interesse para mim.

Nosso ego começou a subir mais alto. Ele quer sensações maiores e mais significativas. Se você já está vivo, então a vida certamente será boa. Romances emocionais e telenovelas no estilo dramalhão, que são abundantes na nossa televisão, tornaram-se menos importantes porque o desejo por eles está desaparecendo gradualmente.

Assim, o que restará para uma pessoa? Nada! A revelação do sentido da vida não pode ser encontrada na literatura, arte, música, ou em qualquer coisa, nem mesmo na tecnologia.

As pessoas irão criar robôs para trabalhar para a humanidade. E o que virá a seguir? Não haverá nenhum trabalho, não haverá nada a fazer, e ninguém irá obriga-lo a fazer nada. Inventar algo artificial só causará a poluição da atmosfera e da terra.

Pergunta: Para onde a natureza está nos empurrando? É para onde todas as pessoas vão se sentar e começar a pensar no sentido da vida?

Resposta: Não. O sentido da vida não é alcançado ao se sentar e pensar, mas através da construção de um sentimento de conexão interna entre nós, dentro do qual começamos a sentir dimensões completamente diferentes, um mundo novo, e outro mundo novo, e assim por diante, cada vez mais alto.

Um mundo espiritual não é um espaço tridimensional, como nosso mundo. Não há nenhum fluxo de tempo. Nós vamos além da velocidade da luz, além da comunicação mental e pessoal entre nós e subiremos a métodos de comunicação completamente diferentes.

A conexão entre nós vai se tornar completamente diferente, será no nível interno que não tem nenhuma conexão com os neurônios cerebrais ou células nervosas. Nós seremos um único corpo. Aos nossos corpos físicos será adicionada uma conexão mental, espiritual, entre nós, e vamos começar a sair para outro mundo.

Da Lição de Cabalá em Russo 18/12/16

Nós Temos Proteção De Cima? Parte 4

Dr. Michael LaitmanPergunta: Se a natureza nos controla em tudo e executa seu próprio programa, então a qual objetivo ela nos conduz?

Resposta: O objetivo da natureza é reunir suas partes e todas as partes juntas a uma consciência da força que controla todo o sistema e desenvolve a criação. Tudo o que acontece conosco na vida é destinado a nos mover em direção à conscientização e à revelação da força superior, o Criador.

Os níveis inanimado, vegetal e animal não têm livre-arbítrio e são dependentes do ser humano, subindo e descendo com sua realização deste sistema. O ser humano faz o trabalho para toda a criação. É porque todas as partes da natureza existem em um único sistema. Os níveis vegetal e animal são mais baixos e primitivos em relação ao ser humano, e é por isso que inicialmente estão incluídos nele.

A força superior conduz o ser humano a estados de acordo com o processo de desenvolvimento, levando-o finalmente ao local de estudo, livros e professores. Aqueles que amadureceram e estão prontos para este tipo de estudo recebem um mentor, e sob sua liderança, podem continuar a se desenvolver em um nível diferente, na realização da força superior e do sistema superior.

De Kab TV “Nova Vida” #818, 26/01/17

Se A Vida Não Está Cheia De Significado Eterno…

Dr. Michael LaitmanComentário: Eu estou pronto para viver na face da Terra para sempre em um estado de alta prosperidade. Há muito trabalho a fazer; ele será suficiente por muito tempo ….

Minha Resposta: Você está falando como uma criança brincando que está sendo arrastada para a cama, mas resiste e grita que não acabou de brincar. A humanidade já começou a entender que tudo isso não passa de brinquedos.

Portanto, se a vida não está cheia de significado eterno e equivale à existência do corpo bestial no mundo material, então ela não tem sentido.

Isso pode ser visto na atitude da geração atual para com a vida. Eles tomam drogas e não precisam de nada. Eles estão cansados, não querem trabalhar, e não querem estudar. Talvez eles ainda queiram ganhar dinheiro… mas que tipo de meta é essa? Em última análise, vemos que a humanidade está “marchando” em direção à degeneração.

A sabedoria da Cabalá explica isso como um atraso em nosso desenvolvimento espiritual. Nós, como frutos muito maduros, estamos começando a apodrecer lentamente. Esse é o estado da humanidade moderna.

Portanto, não precisamos pensar em viver para sempre no corpo bestial, mas em como alcançar uma vida real que é eterna, infinita, perfeita e espiritual.

Da Lição de Cabalá em Russo 01/01/17

Por Que Precisamos De Altruísmo Corpóreo?

Pergunta: Por que eu deveria dar e o que deveria dar? Por que precisamos de altruísmo corporal e o que isso tem a ver com a alma?

Resposta: Quando começamos a participar na criação da alma dentro de nós e ao alcançá-la, não é mais altruísmo corporal.

Ninguém está chamando as pessoas para passear nas ruas e fazer caridade, ajudar os pobres e os miseráveis, proteger a vida selvagem e a ecologia. Vemos que tais ações não produzem o resultado desejado e realmente não ajuda ninguém.

Quando falamos de doação, nos referimos à doação de seu conhecimento sobre o sentido da vida.

A principal coisa para nós é a pergunta sobre o sentido da vida: “Porque estou vivendo”?, E isso é precisamente o que temos para transmitir, para invocar em outras pessoas e mostrar-lhes como esse significado é revelado.

[203306]

Da Lição de Cabalá em russo 06/11/16

Material relacionado:

Autoexpressão Livre Por Meio Do Altruísmo

Não Há Altruísmo!

Altruísmo: O Programa Oculto Da Natureza

 

Nova Vida # 823 – O Sistema Da Realidade

Nova Vida # 823 – O Sistema Da Realidade
Dr. Michael Laitman em conversa com Oren Levi e Tal Mandelbaum ben Moshe

Resumo

A natureza é um sistema integral fechado no qual cada parte afeta todas as outras partes.

O corpo humano é gerido pelas leis da natureza e pertence ao nível animal. Nós temos que desenvolver o nível falante acima dele. Enquanto não sentirmos o sistema, nossa percepção de recompensa e castigo é falsa. ”Ama teu amigo como a ti mesmo” é um estado de estar incorporado em todo o sistema, o que garante uma resposta positiva. Se você receber uma resposta que parece negativa, é porque o sistema realmente orienta você a avançar para um nível superior.

De KabTV “Nova Vida # 823 – O Sistema Da Realidade”, 02/02/17

Como Começa O Caminho Da Alma?

laitman_222Pergunta: A partir de que estado começa o caminho da alma?

Resposta: O caminho da alma começa com a pergunta sobre o sentido da vida que cada pessoa faz, mas está escondida profundamente.

Geralmente essa pergunta surge na infância, mas depois desaparece com o início do desenvolvimento hormonal. A pessoa mergulha em cuidados com a família, filhos e os rendimentos e não procura mais a resposta.

Mas essa é a pergunta mais importante. Na verdade, qual é razão de viver se não sei para que estou vivendo? Apenas para sobreviver?

Portanto, nós temos de tentar elevar essa pergunta acima de tudo e temos que viver, trabalhar, dar à luz e construir apenas para finalmente entender o sentido da existência.

Da Lição da Cabalá em Russo 16/11/16

O Que É O Nosso “Eu”?

laitman_535_02Pergunta: O que é o “eu” de uma pessoa?

Resposta: O “eu” de uma pessoa é o seu ponto no coração, ou seja, o anseio inicial pela raiz superior, pela obtenção do sentido da vida.

AnyoneCanReceiveAndToBestow

Os desejos com os quais uma pessoa nasce não fazem parte de seu “eu”, porque esses são desejos bestiais que só aspiram a se satisfazer. E o sentido da vida não está nisto porque todos os desejos bestiais morrem junto com o corpo físico.

Da Lição da Cabalá em Russo 06/11/16

Inovação Nos E.A.U: Você Pode Ler No Trabalho

laitman_527_07Nas Notícias (Arabian Business): “A nova legislação dará aos funcionários tempo para ler durante o horário de trabalho, e obriga as cafeterias a fornecer materiais de leitura …

“Os Emirados Árabes Unidos (EAU) emitiram na segunda-feira a primeira lei desse tipo que visa consolidar a importância da leitura no país.

“O xeque Khalifa bin Zayed Al Nahyan, presidente dos Emirados Árabes Unidos, emitiu a legislação dizendo que a leitura e o conhecimento são essenciais para o progresso dos Emirados Árabes Unidos. …

“Nosso objetivo é preparar gerações que trabalhem para um futuro melhor dos Emirados Árabes Unidos”, disse o Presidente em um comunicado. …

“O xeque Mohammed bin Rashid Al Maktoum, Vice-Presidente e Primeiro-Ministro dos Emirados Árabes Unidos e governante de Dubai, elogiou a lei recentemente aprovada e saudou-a como uma iniciativa cultural e legislativa sem precedentes. …

“Nosso objetivo é tornar a leitura um hábito diário em nosso povo, onde as entidades relevantes serão obrigadas a traduzir essa lei em realidade”, disse ele.

Meu Comentário: Avanços no mundo de alta tecnologia e religião exigem leitura e ainda apoiam o interesse da geração em leitura. Mas no final, gradualmente nos afastamos do desenvolvimento egoísta. A literatura e a música são medidas do desenvolvimento egoísta da sociedade, uma vez que são criadas pelo puro egoísmo. Eu não acho que elas vão permanecer, exceto por apenas alguns grupos individuais, mas nada mais.

Mas grandes obras musicais, especialmente óperas e obras-primas literárias, permanecerão porque expressam a profundidade das emoções humanas, mesmo sendo egoístas. Os romances clássicos descrevem uma fase no desenvolvimento humano e assim permanecerão parte de nossa cultura.

Pergunta: Que tipo de literatura você acha que as pessoas vão preferir ler nas próximas décadas?

Resposta: Somente manuais para operar programas de computador.

Pergunta: Então as pessoas vão abandonar os romances?

Resposta: Elas já estão desistindo deles. O declínio na leitura de romances já começou. O fato é que a diferença entre as gerações é grande.

Se quisermos manter contato com a geração jovem, as pessoas mais velhas precisarão se aproximar delas e não esperar que os jovens façam isso. Quando meu neto, por exemplo, joga jogos de computador, eu tento brincar com ele. E se eu oferecer para ler um livro, ele se recusa e diz: “Vovô deixe-me sozinho”. Não temos escolha; os idosos devem seguir os jovens.

Pergunta: E quanto à literatura que lida com o sentido da vida. As pessoas ainda serão atraídas por ela?

Resposta: Sim, mas ela também vai mudar. O sentido da vida, sobre o qual a sabedoria da Cabalá nos fala, está acima do tempo, de modo que deve ser apresentado às pessoas na linguagem moderna.

Se tomarmos a coleção de escritos filosóficos de Rambam, por exemplo, os diálogos de Ramhal, os escritos poéticos de Rav Kook, os escritos de Baal HaSulam que estão em um estilo científico, ou os escritos emocionais de Rabash, todos eles são muito difíceis de perceber hoje.

Comentário: Você simplifica os escritos de Baal HaSulam e Rabash para nós.

Resposta: Ainda podemos ler os escritos de Baal HaSulam e Rabash, mas os escritos de Ramhal e de ARI não podem ser entendidos por nossa geração.

A sabedoria da Cabalá será reescrita em uma linguagem mais leve e fácil no futuro, mas esse não será o meu destino.

Isso deve ser feito por causa da humanidade, mesmo agora, e não apenas por aqueles que são atraídos para o objetivo da criação, mas por toda a humanidade, para que eles entendam o que os grandes Cabalistas dizem sobre o sistema superior da natureza, incluindo o método e a ciência, e todos devem avançar nessa direção.

Eu espero que tais talentos surjam entre meus alunos.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 02/11/16