Textos na Categoria 'Disseminação Cabalística'

Como Ajudar Uma Pessoa Com Um Ponto De No Coração Desperto?

laitman_565.01Pergunta: Se de repente eu encontro pessoas ao meu redor com um importante ponto de no coração desperto, qual é a coisa mais correta a fazer?

Resposta: Se o ponto no coração despertar em você, significa que você é atraído para atingir o sistema que controla tudo. Você deve revelar o que é o destino, por que existe, como entender o sistema que governa o mundo. Você precisa se envolver em seu desenvolvimento espiritual.

E se você conhecer pessoas com o mesmo desejo de espiritualidade, convide-as para uma palestra introdutória ou para o nosso webinar. Você deve ajudá-las. Isso irá atraí-lo para a Cabalá ainda mais porque elas receberão energia espiritual através de você.

Mesmo que você não as veja mais, mas restaure o contato delas com a fonte superior, a conexão delas com ela passará por você e, graças a elas, você avançará. Então, vale a pena fazer isso.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 02/02/20

Tempo Da Revelação Da Cabalá

226Pergunta: Por que a revelação generalizada da Cabalá só começou em 1995?

Resposta: A Cabalá foi revelada gradualmente, porque é exatamente assim que o ego se desenvolve na humanidade. Ele começou como muito pequeno e, em seguida, a Cabalá começou a surgir e a se desenvolver com a chegada do grande Cabalista Ari. Este é um ponto.

Em segundo lugar, a Cabalá não é uma ciência nova. O primeiro livro de Cabalá foi escrito 5.780 anos atrás. Há mais livros de cerca de 2.000 a 3.000 anos atrás. Há um enorme corpo de trabalho Cabalístico, incluindo livros contemporâneos.

Pergunta: Por que a Cabalá ficou em espera e não foi revelada até precisamente o nosso tempo?

Resposta: A Cabalá não ficou em espera. Ela está sendo revelada à humanidade apenas de acordo com a capacidade da humanidade de implementá-la corretamente. Veja o que acontece com o conhecimento que é revelado à humanidade antes de estar pronta para percebê-lo corretamente: inventamos bombas atômicas e outras coisas prejudiciais.

Enquanto a Cabalá está sendo revelada apenas na medida em que a humanidade pode usá-la sem prejudicar os outros. Mas a diferença mais importante entre a Cabalá e todas as crenças religiosas, opiniões ou qualquer outra coisa é que ela aspira pelo amor universal que não vemos em nenhum outro lugar.

Vemos que as religiões se odeiam e as nações estão em um estado de ódio mútuo, porque todos os outros métodos e teorias são baseados no egoísmo. A Cabalá se destaca deles. Encoraja o amor e vê o amor universal como resultado das correções feitas por ele. Isso precisa ser estudado. É claro que podemos descartá-lo. No entanto, é o método da Cabalá que explica como superar o egoísmo, deixando-nos alcançar o amor.

Pergunta: O que significa, como escreve Baal HaSulam: “Até que o mundo se torne uma família”?

Resposta: Sim, a um ponto em que toda a humanidade se sinta novamente como uma única nação. No final, a Cabalá nos levará a isso. Os eventos que aconteceram em nosso mundo nos últimos 100 a 200 anos e aqueles em nosso futuro próximo mostrarão isso com absoluta certeza. Este é o tempo da revelação da Cabalá.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 02/02/20

Ensinar Cabalá

laitman_963.8Pergunta: Se dizemos que o ponto no coração está oculto em cada pessoa, o que precisamos fazer para que ele seja revelado no maior número possível de pessoas? É mesmo necessário ou a pequena porcentagem existente já é suficiente?

Resposta: É claro que é preferível levar o maior número possível de pessoas a trabalhar em si mesmas, a se elevar acima do egoísmo e a se unir em todo o mundo.

Assim, atrairíamos a luz superior divina, que nos purificaria, preencheria e nos uniria para que percebêssemos o sentido desta vida e nos elevássemos acima de nossa existência animal para um estado eterno.

Portanto, é necessário, é claro, ensinar e disseminar a Cabalá.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 02/02/20

Concluindo A Correção Geral

laitman_963.6Pergunta: Se restasse apenas uma pessoa no mundo que não entende nada enquanto o resto já entendeu tudo, você explicaria o método a ela?

Resposta: Antes de tudo, isso não poderia acontecer. À medida que mais e mais pessoas no mundo se corrigem, o campo criado por elas envolve o resto, e elas entenderão e valorizarão a espiritualidade – o atributo de doação – mais, e também aspirarão mais a ela.

É por isso que uma situação hipotética, onde apenas uma pessoa é corrigida, é praticamente impossível.

No entanto, mesmo se assumirmos que isso pudesse acontecer, eu obviamente iria com prazer a essa pessoa e tentaria convencê-la a concluir a correção geral de todo o mundo, de todos os tempos. É possível que eu tenha sucesso.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 05/01/20

Passando Conhecimento Espiritual Na Época De Abraão

laitman_942Pergunta: Como Abraão ensinou as dezenas de milhares de pessoas que se reuniram ao seu redor se ainda não havia um Pentateuco que estabelecesse os mandamentos?

Resposta: Naquela época, as pessoas estavam em um nível em que os entendiam internamente.

Comentário: Abraão escreveu vários livros, dos quais apenas o Livro da Criação (Sefer Yetzira) chegou até nós. Eu o li muitas vezes, mas não diz nada sobre conexão.

Minha Resposta: No Livro da Criação, Abraão escreveu sobre a força superior que influencia as pessoas. Ele escreveu este livro para que pudéssemos entender a força superior da maneira como ele a descreveu.

Para fazer isso, precisamos ter a ferramenta apropriada. Esta ferramenta é a conexão com outras pessoas nas quais as leis superiores são reveladas.

Pergunta: No entanto, não foi escrito em nenhum lugar especificamente sobre a conexão. Era óbvio para elas?

Resposta: Sim. Isso é chamado de “Torá Oral”, que Abraão explicou aos seus seguidores.

Pergunta: Rambam escreveu: “Abraão semeou esse grande princípio em seus corações e escreveu livros sobre ele”. No entanto, esses livros descrevem o que uma pessoa sente em conexão com o Criador, com a força superior da natureza. Isso significa que a comunicação entre as pessoas foi passada boca a boca?

Resposta: Essa é uma sabedoria prática que Abraão transmitiu a seus discípulos Isaac e Jacob.

Pergunta: Eles não eram seus filhos?

Resposta: Você pode chamá-los de “filhos”, não importa. No entanto, a Cabalá se refere aos discípulos através dos quais o método de correção do egoísmo humano foi passado para toda a nação, para todo o grupo de pessoas que se reuniram ao redor de Abraão na Babilônia.

Tudo isso é descrito na Torá através de uma pessoa. Primeiro o que aconteceu com Abraão, depois com Ló, e assim por diante. Onde estão as outras dezenas de milhares de pessoas que se reuniram ao seu redor?

O fato é que a descrição não leva em consideração o número de pessoas de quem Rambam falou, mas apenas seu nível espiritual. O nível espiritual já é de 70, 50, 10 pessoas e assim por diante – não importa, porque na espiritualidade não contamos o número de cabeças, mas a força de sua conexão um com o outro.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 24/06/19

Ferramenta De Conexão: Disseminação

laitman_294.1Pergunta: Um dos meios de conexão é o trabalho conjunto sobre disseminação. Pelo menos no período recente, todos os Cabalistas escreveram que a sabedoria da Cabalá precisava ser espalhada para a humanidade. Esse trabalho conjunto também cria o grupo?

Resposta: Sim. Este trabalho foi realizado por várias centenas de anos. Contudo, do século XX em diante, e mais ainda em nossos dias, é claro para todos que a Cabalá deve dar à humanidade um programa para o seu correto desenvolvimento. Caso contrário, a humanidade voltará à guerra nuclear, à enorme derrota, destruição e autodestruição.

Portanto, tendo o cuidado de passar essas informações para outras pessoas, para o mundo, lançamos jornais, publicamos livros, fazemos filmes e videoclipes. Este trabalho conjunto nos aproxima.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 11/03/19

Bnei Baruch – Somos Responsáveis Pelo Mundo Inteiro

laitman_294.3Vivemos um momento especial em que o mundo começa a sentir que deve mudar sua atitude diante da vida, da realidade, da humanidade, da sociedade, da família, de tudo. Todo mundo entende que isso é necessário, mas ninguém sabe como fazer isso. As declarações de políticos e legisladores mostram seu total desamparo. A humanidade esgotou todas as opções e não há mais lugar para ir: as pessoas não têm atração pelas opiniões da extrema esquerda, direita ou centro. A nova geração é totalmente indiferente a tudo.

É um sinal de que chegou a hora da última geração em que somos obrigados a descobrir a essência da vida para todos. O Criador escolheu o nosso grupo Bnei Baruch para realizar esse objetivo, dando-nos esse desejo. O desejo vem da luz. Se uma pessoa é iluminada um pouco pelo mundo espiritual, o desejo de espiritualidade desperta nela. E se de repente a luz começar a nos atrair para a vida corporal, nos afogaremos na corporeidade. Todos nós despertamos apenas graças à luz.

Portanto, se recebemos esse despertar, somos responsáveis ​​por todo o mundo e somos chamados Isra-El (direto ao Criador). O Criador não cuidará de nós se não conseguirmos realizar esta tarefa para a humanidade. Nos reunimos na Convenção não apenas para uma conexão interna, mas para gerar uma força com a nossa unidade que possa atrair toda a humanidade. É necessário se unir fortemente à Convenção e atrair a luz que reforma, que nos avançará, para que o mundo sinta que tem alguém a seguir, que existe um grupo em que a força superior habita, Israel, “direto ao Criador ”, o grupo liderado por Abraão. 1

O mundo evoluiu para um estado em que deve receber uma nova força, aspiração e objetivo que antes estavam ausentes. Até agora, o mundo caminhava em direção a uma meta material e egoísta, uma conquista de cada vez. Esse tipo de desenvolvimento se esgotou. Isso é evidente na geração jovem, que é muito menos atraída pelos valores materiais. Para um despertar completo, faltam apenas mais algumas epidemias, como o coronavírus. Claro, elas virão, porque nós mesmos as despertamos com nossa atitude. 2

Quero ser incluído em Adam HaRishon, no sistema comum em que todas as almas estão conectadas. Quero sentir almas, não corpos, vivendo em uma única alma. Preciso realizar esse despertar, se o tenho, porque é um presente genuíno do alto, um despertar de uma parte da divindade do alto.

O mundo precisa de uma mudança de direção, porque está perdido e carece de compreensão de onde seguir. Estes não são apenas sinais da última geração. Essa é a nossa realidade.

Todo mundo que quer realizar sua alma é obrigado a se conectar com outras almas. É assim que reunimos a alma de Adam HaRishon e, depois de unir essas partes, sentiremos a vida espiritual dentro delas. 3

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 25/01/20, Preparação para a Convenção, Parte 1
1 Minuto 30:30
2 Minuto 46:55
3 Minuto 1:11:05

O Dever De Todas As Almas

laitman_222Baal HaSulam, “Introdução à Boca de um Sábio”: Sabe-se de livros e de autores que o estudo da sabedoria da Cabalá é uma necessidade absoluta para qualquer pessoa de Israel. Se alguém estuda toda a Torá e conhece a Mishnah e a Gemara de cor, se também está cheio de virtudes e boas ações mais do que todos os seus contemporâneos, mas não aprendeu a sabedoria da Cabalá, deve encarnar mais uma vez neste mundo para estudar os segredos da Torá e a sabedoria da verdade. …

Esta é a razão pela qual reencarnamos, geração após geração, através de nossa geração atual, que é o resíduo das almas sobre as quais a intenção da Criação não foi concluída, pois elas não alcançaram os segredos da Torá nas gerações passadas.

Baal HaSulam escreve que precisamos revelar a sabedoria da Cabalá para que todas as almas (e cada um de nós é o portador de um pedaço da alma comum) possam se conectar em uma alma comum chamada “Adão” e alcançar o estado de completa equivalência com o Criador, isto é, subir ao nível do conhecimento absoluto, imortalidade e perfeição.

Pergunta: Podemos imaginar, do ponto de vista Cabalístico, que a criação é um enorme desejo de receber, que, como está em constante desenvolvimento, sofre todos os tipos de metamorfoses ao longo do eixo histórico, e cada pessoa é um desejo de receber individual?

Resposta: Sim. Esses desejos, interagindo uns com os outros como em um caleidoscópio, esclarecem constantemente vários lados do Criador e gradualmente se conectam.

Pergunta: Isso significa que essas são as mesmas almas?

Resposta: Sim. As mesmas almas descem ao mundo, apenas em níveis diferentes e em combinações diferentes entre si.

De KabTV, “Fundamentos da Cabalá”, 08/01/19

O Futuro Do Mundo, 15 Anos À Frente

laitman_941Pergunta: Como você vê o desenvolvimento futuro do mundo daqui a 15 anos? O que virá em primeiro plano? Qual é o papel de Israel nisso?

Resposta: O caminho desejável do desenvolvimento é a consciência do povo de Israel, junto com nossos grupos no mundo, e a assim chamada humanidade progressista de que o mais importante é se unir e mostrar ao mundo um exemplo de unidade.

Quando conseguirmos nos unir pelo menos um pouquinho, a luz superior passará por nós e será sentida em todos os níveis da humanidade. As pessoas sentirão que a vida real e a possibilidade de progredir para o próximo estágio de desenvolvimento, saindo para um novo nível de existência, estão na unidade.

Estando neste mundo corpóreo, ao mesmo tempo começaremos a penetrar na matéria superior, na existência superior, nas áreas em que o nosso cérebro não funciona, mas nos comandos que o controlam.

Eu espero sinceramente que comecemos a sentir isso nos próximos anos. Está à nossa porta, mas depende de nós o quanto estaremos prontos para adaptar esse conhecimento e sensações.

Da Lição de Cabalá em Russo 13/01/19

De Uma Pequena Sala Para Um Mundo Enorme

laitman_944Pergunta: Por que os Cabalistas esconderam a Cabalá por muitos anos?

Resposta: Olhe para você mesmo. Você já estuda Cabalá há anos. Como seria possível revelar tudo o que ela estuda para você de uma vez? Mesmo quando você começa a estudar qualquer ciência, ela é revelada gradualmente porque você precisa coletar dados, armazená-los, adaptar-se a eles e mastigá-los dentro de si.

E a Cabalá é uma ciência que inclui simultaneamente sentimentos dentro de você. Isto é, você mesmo deve mudar e adaptar-se sensualmente ao material com o qual trabalha. Aos poucos, você se acostuma e muda de acordo com ele; você vai sentir e absorvê-lo de forma diferente. Estes são estágio muito sérios e longos de incorporação de uma pessoa na Cabalá e a Cabalá na pessoa.

Essa não é uma ciência comum que as pessoas deduziram de suas conclusões. Sob a orientação dos Cabalistas, você descobre um mundo, descobre a si mesmo e seus sentimentos, e começa a aplicar seu conhecimento ao mundo que existe ao seu redor. Você a aproxima cada vez mais de si mesmo e a sente.

Portanto, ocorre que isso leva tempo, não é possível passar por isso instantaneamente. Por exemplo, você não pode levar uma criança a um balé clássico, ao teatro ou a um experimento científico, pois ela não a entenderá. Você pode levá-la com você, mas ela não receberá nada disso. Pelo contrário, ela ficará assustada ou entenderá tudo incorretamente.

Portanto, o problema não é que os Cabalistas não querem revelar tudo imediatamente. Eles, como verdadeiros metodologistas, entendem que isso requer um caminho muito longo para o crescimento interior de uma pessoa. Esse é o problema.

Essa maturação pode demorar 20 ou 30 anos. Afinal, você se adapta ao sistema que funciona de acordo com leis diferentes do que o seu corpo animal, o nosso mundo inferior primitivo funciona.

Você é como uma criancinha que sai de sua creche, na qual todo o seu mundo foi encapsulado, no grande mundo. Existem interações completamente diferentes, existem estranhos e outras leis.

Portanto, você precisa se adaptar. Assim como em nosso mundo temos pais e professores que nos guiam e criam sistemas especiais de amadurecimento e incorporação neste mundo, é o mesmo na Cabalá.

No entanto, tudo é muito mais difícil na espiritualidade, porque no mundo corpóreo temos desejos naturais e órgãos dos sentidos, mas na Cabalá devemos desenvolvê-los. Isso significa que devemos estar unidos em dezenas, através das quais poderemos começar a sentir o mundo superior e nos adaptar a ele.

Só agora estamos começando esse processo, saindo gradualmente do nosso pequeno “berçário”, nem mesmo para o grande mundo, mas para o “quintal”. É exatamente isso que estamos começando a fazer agora.

Da Lição de Cabalá em Russo 05/02/19