Textos na Categoria 'Disseminação Cabalística'

Por Que A Humanidade Não Sabe Nada Sobre Cabalá?

laitman_251Pergunta: A Cabalá é um método de comunicação adequada entre pessoas. A humanidade vem se desenvolvendo há milhares de anos. Por que a humanidade não conhece nada sobre esse método no início do século XXI?

Resposta: Isso não tem nada a ver com a inteligência de uma pessoa, mas depende se a necessidade de descobrir o motivo de sua existência, a questão do por que está vivendo, surgiu nela. Se ela precisa disso, chega à sabedoria da Cabalá.

Pergunta: Mas por que uma pessoa não sabe disso? Nós descobrimos tantas coisas em nosso mundo, inventamos tantas inovações tecnológicas, mas não temos nenhum conhecimento básico sobre a sabedoria da Cabalá.

Resposta: Uma pessoa não precisa saber o que não deve saber ainda. Portanto, a Cabalá não foi revelada às pessoas até o século XX, exceto para Cabalistas individualmente.

Ainda hoje, muitas pessoas ainda não precisam conhecê-la. Somente aquelas que quiserem serão capazes de alcançar a sabedoria da Cabalá. A próxima fase intermediária será quando todos aspirarem ao conhecimento Cabalístico.

Da Lição de Cabalá em Russo 29/01/17

Você Deve Ajudar As Pessoas A Descobrir A Sabedoria Da Cabalá?

laitman_565_01.jpgPergunta: Eu tenho estudado a sabedoria da Cabalá há três anos. Muitas vezes me sinto culpado por não ser capaz de falar sobre a sabedoria da Cabalá com as pessoas que estão tentando se encontrar. Como posso fazer isso, como posso ajudá-las?

Resposta: Dê-lhes um livro de presente ou convide-as para uma palestra, mas não mais do que isso. Não force uma pessoa. Se lhe interessa, ela vai descobrir tudo.

Da Lição de Cabalá em Russo 22/01/17

A Sabedoria Da Cabalá Está Aberta Para Todos

Dr. Michael LaitmanPergunta: Será que os sacerdotes no antigo Egito conheciam a sabedoria da Cabalá? Dizem que Pitágoras aprendeu com eles.

Resposta: De acordo com fontes Cabalísticas, vieram pessoas da Grécia antiga para estudar na Judéia, mesmo no tempo dos profetas, e elas escreveram sobre isso.

O filósofo Alemão Johann Reuchlin, por exemplo, que viveu na Idade Média diz que: “Meu professor Pitágoras, o pai da filosofia, não aprendeu do Grego, mas na verdade dos Judeus”.

Os Judeus não esconderam seu conhecimento de ninguém, e Abraão inicialmente queria falar e ensinar sobre este conhecimento por toda a Babilônia, mas os Babilônios se opuseram a ele. Tudo depende dos desejos das pessoas. Ainda hoje vemos que as pessoas não o querem.

A sabedoria da Cabalá teve que ser escondida por apenas 1.500 anos, desde o primeiro século d.C. até o tempo do ARI, porque a humanidade teve que se desenvolver internamente e amadurecer durante esse tempo. Do ARI em diante foi possível revelar a sabedoria da Cabalá a todos. O Baal Shem Tov começou a fazer isso, e hoje ela está aberta a todos.

Da Lição de Cabalá em Russo 22/01/17

Cabalistas E Organizadores De Grupo

laitman_947Pergunta: A sabedoria da Cabalá ensina o indivíduo como reunir pessoas em um grupo, em uma comunidade. Qual é a diferença entre Cabalistas reais e pessoas comuns que organizam grupos e comunidades?

Resposta: Cabalistas são capazes de montar uma comunidade para que ela se torne uma boa comunidade que todos precisam, onde as pessoas vão querer estar conectadas entre si e ficar conectadas em todas as situações da vida.

Eles ensinam as leis da natureza em que existimos.

Da Lição de Cabalá em Russo 08/01/17

Por Que Você Está Nos Assustando?

laitman_547_05Pergunta do Facebook: Por que você continua nos assustando em seus posts o tempo todo? Você continua dizendo que a humanidade é como um pequeno coelho se escondendo e tremendo sob um arbusto.

Resposta: Claro! É assim que eu vejo as pessoas se comportando! Por um lado, elas tentam prejudicar umas as outras, e por outro, têm medo de ser tratadas da mesma maneira. É assim que toda a nossa vida é gerida.

Se não mudarmos, é claro que elas vão ser ruins!

Eu “assusto” as pessoas para avisá-las antecipadamente dos sofrimentos, para que elas possam evitar o sofrimento. É como dizemos a uma criança: “Você não deve fazer isso, você vai cair, você vai se machucar, e vai doer”.

Minhas intenções são muito boas, mas o que posso fazer se as pessoas pensam que estou apenas dizendo isso? É como os pais que querem proteger uma criança de problemas, mas não pode evitar o que vai acontecer! Vou tentar ser mais gentil.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 15/02/17

Inovação Nos E.A.U: Você Pode Ler No Trabalho

laitman_527_07Nas Notícias (Arabian Business): “A nova legislação dará aos funcionários tempo para ler durante o horário de trabalho, e obriga as cafeterias a fornecer materiais de leitura …

“Os Emirados Árabes Unidos (EAU) emitiram na segunda-feira a primeira lei desse tipo que visa consolidar a importância da leitura no país.

“O xeque Khalifa bin Zayed Al Nahyan, presidente dos Emirados Árabes Unidos, emitiu a legislação dizendo que a leitura e o conhecimento são essenciais para o progresso dos Emirados Árabes Unidos. …

“Nosso objetivo é preparar gerações que trabalhem para um futuro melhor dos Emirados Árabes Unidos”, disse o Presidente em um comunicado. …

“O xeque Mohammed bin Rashid Al Maktoum, Vice-Presidente e Primeiro-Ministro dos Emirados Árabes Unidos e governante de Dubai, elogiou a lei recentemente aprovada e saudou-a como uma iniciativa cultural e legislativa sem precedentes. …

“Nosso objetivo é tornar a leitura um hábito diário em nosso povo, onde as entidades relevantes serão obrigadas a traduzir essa lei em realidade”, disse ele.

Meu Comentário: Avanços no mundo de alta tecnologia e religião exigem leitura e ainda apoiam o interesse da geração em leitura. Mas no final, gradualmente nos afastamos do desenvolvimento egoísta. A literatura e a música são medidas do desenvolvimento egoísta da sociedade, uma vez que são criadas pelo puro egoísmo. Eu não acho que elas vão permanecer, exceto por apenas alguns grupos individuais, mas nada mais.

Mas grandes obras musicais, especialmente óperas e obras-primas literárias, permanecerão porque expressam a profundidade das emoções humanas, mesmo sendo egoístas. Os romances clássicos descrevem uma fase no desenvolvimento humano e assim permanecerão parte de nossa cultura.

Pergunta: Que tipo de literatura você acha que as pessoas vão preferir ler nas próximas décadas?

Resposta: Somente manuais para operar programas de computador.

Pergunta: Então as pessoas vão abandonar os romances?

Resposta: Elas já estão desistindo deles. O declínio na leitura de romances já começou. O fato é que a diferença entre as gerações é grande.

Se quisermos manter contato com a geração jovem, as pessoas mais velhas precisarão se aproximar delas e não esperar que os jovens façam isso. Quando meu neto, por exemplo, joga jogos de computador, eu tento brincar com ele. E se eu oferecer para ler um livro, ele se recusa e diz: “Vovô deixe-me sozinho”. Não temos escolha; os idosos devem seguir os jovens.

Pergunta: E quanto à literatura que lida com o sentido da vida. As pessoas ainda serão atraídas por ela?

Resposta: Sim, mas ela também vai mudar. O sentido da vida, sobre o qual a sabedoria da Cabalá nos fala, está acima do tempo, de modo que deve ser apresentado às pessoas na linguagem moderna.

Se tomarmos a coleção de escritos filosóficos de Rambam, por exemplo, os diálogos de Ramhal, os escritos poéticos de Rav Kook, os escritos de Baal HaSulam que estão em um estilo científico, ou os escritos emocionais de Rabash, todos eles são muito difíceis de perceber hoje.

Comentário: Você simplifica os escritos de Baal HaSulam e Rabash para nós.

Resposta: Ainda podemos ler os escritos de Baal HaSulam e Rabash, mas os escritos de Ramhal e de ARI não podem ser entendidos por nossa geração.

A sabedoria da Cabalá será reescrita em uma linguagem mais leve e fácil no futuro, mas esse não será o meu destino.

Isso deve ser feito por causa da humanidade, mesmo agora, e não apenas por aqueles que são atraídos para o objetivo da criação, mas por toda a humanidade, para que eles entendam o que os grandes Cabalistas dizem sobre o sistema superior da natureza, incluindo o método e a ciência, e todos devem avançar nessa direção.

Eu espero que tais talentos surjam entre meus alunos.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 02/11/16

O Mundo Precisa De Todos

laitman_938_04Pergunta: Eu não quero fazer uma pergunta. Eu só quero dizer, viva!. Viva uma vida longa. O mundo precisa de você. Eu preciso muito de você. Obrigado!

Resposta: Eu estou muito contente, mas você também, especialmente aqueles que estudam a sabedoria da Cabalá, precisam se tornar muito importantes para o mundo. O mundo precisa de cada um de nós. Nós devemos tentar ser um condutor do conhecimento superior ao mundo inteiro, porque cada um de nós já recebeu certo anseio por isso.

Vamos desenvolver isso e, juntos, alcançar a meta.

Da Lição de Cabalá em Russo 30/10/16

Curso Gratuito De Cabalá Autêntica – Outono 2017 (Inscrições Encerradas)

CURSO GRATUITO DE CABALÁ AUTÊNTICA

Uma experiência com consequências para toda a vida fornecida pela PRÓPRIA NATUREZA

Começa na Terça-feira, 28 de março de 2017

AGORA É O MOMENTO MAIS IMPORTANTE DA SUA VIDA…SE VOCÊ PERMITIR

Neste curso, você vai descobrir uma compreensão mais profunda da natureza, do mundo, e quem você realmente é, vai receber ferramentas para desenvolver uma nova abordagem para a vida, e experimentar uma perspectiva única que o ajudará a dar sentido aos eventos no mundo de hoje. Ao contrário de uma série de equívocos sobre a Cabalá que você normalmente ouve, isso está aberto para qualquer pessoa independentemente de quaisquer diferenças que aparentemente existam entre as pessoas (raça, idade, sexo, cultura, etc.) e você está livre para avançar no seu próprio ritmo, sem pressões ou obrigações.

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES (Clique Aqui)

As Eras Dos Dois Messias

Dr. Michael LaitmanMashiach ben Yosef é um estado espiritual que o grande Cabalista Ari introduziu na alma coletiva quebrada chamada “Adão após o pecado” que inclui toda a humanidade.

Por suas correções, o Ari levou-a a um estado especial que preparava todas as almas individuais, partes da alma coletiva de Adão, para a possibilidade de restaurar a conexão correta com a ajuda do método da Cabalá.

É por isso que, a partir da época do Ari (século XVI) em diante, é permitido estudar e usar a sabedoria da Cabalá para conectar almas humanas e construir o Terceiro Templo.

A humanidade deve construir uma conexão na qual todas as almas se fundem corretamente: aquelas que, juntamente com Abraão, Moisés e Josué, passaram por todos os estágios de descendência, correção e ascensão ao Primeiro e Segundo Templos; e aquelas que já deixaram o sistema na antiga Babilônia.

Dessa forma, quando a mistura das almas atingiu o seu resultado correto, cada pessoa adquiriu a possibilidade de estudar a sabedoria da Cabalá, de se corrigir e se envolver em reunir a alma coletiva da mesma maneira que se monta um quebra-cabeça.

Depois do Ari, seus grandes seguidores, Baal Shem Tov e seus discípulos, estavam no mesmo estado. Eles fizeram todo o possível para corrigir a parte judaica da humanidade, ou pelo menos sua parte que mais tarde foi chamada de “Hassidismo”, porque o primeiro grau que todos devem alcançar é Hesed.

Para isso, era necessário se elevar acima do ego para que o ego não governasse a pessoa, mas que a pessoa governasse o ego a partir da altura que alcançou acima dele.

É por isso que existem dois Messias. O primeiro é Messias Ben Yosef (o grau de Yesod). Sua missão é elevar a humanidade ao nível de doação em prol da doação, a propriedade de Bina, a propriedade do Hassidismo. Yosef é o justo (Tzadik) que não trabalha com as propriedades egoístas e corrige apenas as altruístas. Com a sua ajuda, não alcançamos o amor, mas o correto relacionamento uns com os outros sem integração mútua.

O segundo é o Messias ben David (o grau de Malchut) que nos permite corrigir nossos desejos mais egoístas de recepção em prol da doação, ou seja, alcançar o amor, a adesão uns com os outros e com o Criador. Nós já temos que estar neste estado. No entanto, para alcançá-lo totalmente, ainda há muito a ser feito.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno”, 14/09/16

Não Espere A Vara Para Alcançar A Felicidade

Laitman_002Pergunta: Será que hoje as pessoas estão mais inclinadas ao tipo de evento que aproxima as pessoas e promove o avanço para se assemelhar ao Criador, ou podemos esperar que o Criador nos envie a opção de alcançá-Lo através da “vara” rumo à felicidade?

Resposta: A humanidade está em um estado precário. As pessoas entendem que o futuro não tem nada de bom. Além disso, os problemas estão aumentando na ecologia, alterações climáticas, etc., coisas que, de repente, não podemos impactar. Em outras palavras, nos sentimos desamparados diante dos problemas que encontramos. O que podemos fazer se, em vez de altas temperaturas nos 40º, as temperaturas excederem os 50º graus?

Condicionadores de ar não vão ajudar. Tudo vai falhar.

Nós estamos gradualmente começando a nos sentir impotentes diante da natureza. No passado acreditávamos que certamente a conquistaríamos, mas hoje vemos que o oposto é verdadeiro. Nós, na verdade, somos seus reféns. A questão é: o que podemos fazer e será que podemos influenciá-la?

Acontece que podemos, mas apenas de uma forma positiva. Não fazendo o que queremos, mas apenas nos comportando adequadamente. Ao nos fecharmos em relacionamentos integrados, corretos e bons uns com os outros, nos tornamos a parte mais elevada da natureza, e a partir desse nível podemos influenciá-la. Mas só com a condição de que nos comportaremos adequadamente.

Isto é o que a sabedoria da Cabalá nos diz. Os pensamentos corretos e as ações corretas entre as pessoas afetam a natureza. Aqueles que não querem entender isso não precisam entender, mas vão avançar rumo à felicidade pela vara.

A natureza tem uma maneira muito simples de afetar o homem através de desastres, de modo que uma pessoa se sente imediatamente pequena, desamparada e treme de medo. E todos nós temos a chance de sentir isso quando a natureza nos obriga a começar a nos mudar para nos equilibrar.

Pergunta: Nós podemos explicar a uma pessoa no nível corpóreo que seus pensamentos positivos podem parar uma tempestade, uma epidemia ou uma terrível onda de calor?

Resposta: O pensamento é a força mais poderosa do nosso mundo!

Não há nada que possamos fazer sobre isso. Já mencionamos como os cientistas hoje se tornam cada vez mais internos, penetrando nos níveis mais sutis da natureza.

Antigamente nós informávamos o número de toneladas de aço ou ferro produzido ou que colocávamos certo número de tanques nas fronteiras. Ninguém precisa disso agora. O mundo mudou e tornou-se mais virtual. As guerras são conduzidas por outros meios. A vida também deve ser diferente.

Nossos pensamentos são a força mais séria, e muitos governos já percebem isso. Eles construíram sistemas inteiros para se envolver nisso.

Mas nós estamos falando de como a humanidade deve corrigir o mundo. E isso só é possível através do método da sabedoria da Cabalá.

Da Lição da Cabalá em Russo 03/07/16